Recrudescimento da crise política eleva dólar para R$ 3,90

O dolar voltou a disparar nesta segunda-feira, tudo por conta da nova onda de instabilidade política do País, tudo decorrente das prisões do senador Delcídio Amaral e do banqueiro André Esteves.

A moeda americana fechou cotada a R$ 3,90.

A alta foi de 1,65%.

Procuradoria Geral da República pede ao STF autorização par investigar senadores Calheiros e Barbalho

Os chefes da Câmara e do Senado estão sob investigação da PGR e sujeitos a julgamentos no STF.

O presidente do Senado já responde a três inquéritos no âmbito da Lava Jato. Renan Calheiros terá, portanto, esta quarta investigação.

Ele e seu colega de bancada do PMDB, Jader Barbalho, se forem levados a julgamento e condenados, irão para a cadeia.

O deputado Jardel pedia cocaína pelo telefone. No gabinete, contava dinheiro "expropriado" dos CCs.

O Ministério Público Estadual passou para a RBS os principais videos e fotos que provam que o deputado Mário Jardel, PSD, costumava pedir o fornecimento de cocaína, usando como sinônimo a palavra "picanha". Fotos mostram traficantes entrando na casa do parlamentar para entregar a encomenda.

Outro video devastador é o que apresenta o deputado e um funcionário do seu gabinete, contando o dinheiro expropriado de funcionários.

O presidente da Assembléia está encaminhando tudo para a Comissão de Ética.

Os deputados estaduais não terão alternativa senão cassar imediatamente o mandato do deputado do PSD, já que as provas levantadas pelo MPE são assombrosas.

CLIQUE AQUI para examinar a matéria do site www.zerohora.com.br, mas sobretudo as fotos e o video.

Visite o nosso Facebook agora mesmo. Ali, tudo é imperdível. E duríssimo na crítica.

O editor recomenda a visualização do seu Facebook de hoje. Ele está imperdível. O que caracteriza a edição da página não são as notas do editor, mas a disponibilizações feitas pelos leitores, sobretudo videos, charges e fotos que nunca estão reunidas num só espaço.

CLIQUE AQUI para visitar.

Centro, Moove e Matriz vão administrar conta publicitária do Banrisul

As agências que se classificaram para administrar a conta publicitária do Banrisul são Centro, Moove e Matriz.

Ainda correrá prazo para recursos e abertura dos envelopes.

Dilma conhecia Cerveró desde os tempos em que foi secretária de Olívio Dutra, PT

As conversações de Delcídio Amaral e Bernardo Cerveró sobre as relações antigas entre Nestor Cerveró e Dilma Roussef, são confirmadas por quem acompanhou a passagem da presidente pela secretaria de Minas e Energia durante o governo Olívio Dutra, PT.

Isto tudo remonta ao ano de 2000, ano em que Dilma enfiou a CEEE no obscuro projeto da Termogaúcha, em sociedade com a Petrobrás, Repsol e Ipiranga.

A intenção era usar gás argentino, que já comprometera a usina da AES Uruguaiana.

Quem reepresentava a Petrobrás para manter o projeto de pé era Nestor Cerveró.

Só sete anos mais tarde a estatal federal tirou o pé do acelerador que impulsionava seu setor de energia térmic

Violuntarismo de Dilma Roussef resultou em grosso prejuízo para os sócios da Termogaúcha

Documentos obtidos pelo editor da época do fracassado projeto da Termogaúcha,  mostram que Dilma avalizou a compra de turbinas a gás e a vapor da empresa GE (General Eletric), por US$ 100,3 milhões. Na época, ela ocupava o cargo de presidente do Conselho de Administração da CEEE.

Em 2006, as turbinas foram vendidas por menos da metade do preço pago: US$ 43,1 milhões. Na época, Dilma presidia o Conselho de Administração da Petrobras, uma das sócias, que tentou comprar as turbinas. Cardeal foi para a Eletrobras.

Os sócios ainda gastaram para estocar as turbinas no exterior no período.

A principal crítica ao projeto é que a gestão se precipitou por não ter garantias.
"Foi feito sem ter a venda da energia, o que é uma tradição no setor elétrico. A gente só começa um empreendimento quando essa energia está vendida, o que dá contratualmente segurança", afirmou o atual presidente da CEEE, Sérgio Camps. "A CEEE vai sair com prejuízo de pelo menos R$ 60 milhões [investimento e dívidas] nessa participação frustrada."

Na época, era administrado pelo PT.

Auditorias e analistas estimam que a dívida da CEEE seja de R$ 35 milhões.

Publicidade: Vá esta noite no Bier Markt, Porto Alegre. Programe sua festa de fim de ano.

CLIQUE AQUI para ler esta reportagem do Jornal do Comércio sobre o Biermarkt. Ao lado, 36 torneiras de chopes de marcas diferentes um do outro. Não há nada igual no RS.

Reserve confraternização de fim de ano com seus colegas, funcionários e amigos. Vá conhecer, hoje, segunda-feira.  Primeiros lugares de Veja em várias edições, com melhores cartas de cervejas ou de chopes artesanais. São mais de cem rótulos de diversos Países. Também petiscos inspirados na gastronomia alemã. Mais de 100 rótulos de várias partes do mundo. 

Biermarkt
Rua Castro Alves, 442
Moinhos de Vento, Porto Alegre, RS

Biermarkt Vom Fass
Rua Barão de Santo Ângelo, 497
Moinhos de Vento, Porto Alegre, RS

Endereços, fones, mais informações: www.biermarkt.com.br

Maiores apostas do varejo são no Natal

Vilson Noer, presidente da Associação Gaúcha do Varejo, esta tarde:

- Agora é apostar tudo no Natal. 

Entrevsita, Antonio Sartori - Governo Macri poderá abrir o ano com fortíssimas exportações de grãos

ENTREVISTA
Antonio Sartori, diretor da Brasoja Agro

O novo governo argentino já deixou claro que quer faturar algo como US$ 10 bilhões logo no início do ano, tudo por conta de gorssas exportações do agro. Como fará isto, se os produtores não querem vender o que possuem estocado ?
É uma questão de câmbio. Os argentinos convivem, hoje, com seis tipos diferentes de câmbio.

Câmbio, como ?
A cotação atual é irreal. Mas há também o caso das chamadas retenciones, que é o imposto de exportação, que oscila entre 25% a 35%.

O que fará Macri ?
Ele assumirá no dia 20. Já avisou que quer câmbio único, o que significa brutal desvalorizaqção do peso. Seu ministro da Agricultura é inimigo das retenciones.

Qual o volume retido de grãos ?
Só de soja são 20 milhões de toneladas.

Opinião do editor - Não falta pessoal, mas falta foco, competência e autoridade na Segurança Pública do RS

O que disse ao editor, esta tarde, o deputado e ex-secretário da Segurança Pública, Ênio Bacci:
- Falta gestão para acabar com a insegurança pública no RS.
É foco, competência e autoridade.
Não se trata de falta de pessoal.
É fazer mais com menos.
Isto não é retórica.
Trata-se de decisão de fazer e tirar a bunda da cadeira.
Se não se vê policiais nas ruas, bote-se na rua o secretário da Segurança, o comandante da Brigada e o chefe de Polícia, pela ordem - já que não se pode botar na rua o governador. 

Um carro é roubado ou furtado a cada 40 minutos em Porto Alegre

Um carro é roubado ou furtado a cada 40 minutos em Porto Alegre, 24 horas por dia, sete dias por semana. os dados cobrem janeiro a setembro e são oficiais.

Foram 1.200 carros por mês.

Nunca, antes, na história deste Estado, foi roubado ou furtado carro em Porto Alegre.

É 52% de tudo que some no RS.

Quase 40% mais do que no ano passado.

Yeda entrega "Cabo de Guerra" ao governador Perillo

A ex-governadora Yeda Crusius, que participa hoje de reunião nacional do PSDB Mulher, entregou esta manhã um exemplar do livro do editor, "Cabo de Guerra", para o governador Marcondes Perillo.

O livro conta a história do Déficit Zero, mas a ênfase das 499 páginas é centrada na história do enfrentamento de Yeda com o Eixo do Mal.

- "Cabo de Guerra", 499 páginas, pode ser adquirido junto ao editor, polibioadolfobraga@uol.com.br, R$ 75,00, com entrega grátis em todo o País.

CLIQUE AQUI para conhecer o capítulo do livro com a história da repactuação de parte da dívida do governo gaúcho com a União. O governo Yeda foi o único que fez isto em toda a história. Foram US$ 1,2 bilhão tomados junto ao Banco Mundial, apesar do boicote de Dilma.

Engenheiro monta relatório de denúncias contra terceiro escalão da Petrobrás.

Esta reportagem é assinada por Daniel Fraiha e foi publicada na respeitadíssima newsletter Petronotícias desta segunda-feira.

As denúncias reveladas mostram que a Petrobrás está contaminada por dentro e por fora, buscando urgente devassa.

Leia tudo:

A crise de credibilidade da Petrobrás já deixou de ser uma questão apenas de marca para a empresa há tempos e vem afetando fortemente milhares de funcionários qualificados da companhia. Muitos deixaram de ostentar os crachás verdes com o mesmo orgulho do passado e passaram a guardá-los apenas para os momentos necessários, como na própria jornada de trabalho. É uma consequência inevitável dos desdobramentos da Operação Lava Jato, que descobriu grandes esquemas de corrupção em diversas diretorias da empresa, mas, ainda assim, a forma como a Petrobrás tratou denúncias internamente tem um grande peso neste ponto. O caso do engenheiro aposentado João Batista de Assis Pereira, que serviu por 42 anos à estatal, sendo 12 como consultor terceirizado, é emblemático em relação a essa situação.

Desde a década passada ele vinha criando atritos com gerências superiores por questionar pleitos indevidos, com todo o embasamento técnico para provar seus pontos, mas a sua luta por preservar os cofres da empresa só lhe ajudou a perder posições na companhia. As investidas para apurar por conta própria as irregularidades acabaram, por fim, custando-lhe o emprego, segundo alega, e agora ele tenta de todas as maneiras contar às autoridades os detalhes dos desmandos e das irregularidades que presenciou na companhia.

Assis Pereira enfatiza que é extremamente importante a extensão das investigações também para o terceiro escalão da Petrobrás, e conta um problema que teve em 2007 com o então Gerente de Implementação de Empreendimentos para o Espírito Santo, Engº Marco Túlio Pereira Machado, que na época era subordinado ao Gerente Executivo Pedro Barusco, e que hoje o substitui. Assis Pereira diz que questionou um aditivo pedido pela Engevix numa obra da Unidade de Tratamento de Gás em Cacimbas (UTGC), mostrando à área jurídica com argumentos técnicos a razão da negativa, o que foi ratificado pelos advogados da empresa, mas incomodou o gerente Marco Túlio, que teria reclamado com Assis e o afastado de licitações importantes a partir dali. Hoje, passados alguns anos do episódio, a Engevix teve seus principais executivos presos por conta de negócios escusos com a Petrobrás e agora negocia com as autoridades um acordo de leniência para tentar se salvar. Já o engenheiro Marco Túlio Pereira Machado é um dos nomes mais fortes da área de engenharia da estatal e ganhou notoriedade por mandar para a China as construções de algumas plataformas que seriam feitas em estaleiros brasileiros.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Opinião do editor - O caso do deputado Jardel era o caso de uma tragédia anunciada

A Assembléia do RS entrou em compasso de espera desde que foi conhecido o caso de corrupção que envolve o deputado Mário Jardel, PSD, esta manhã.

Até a sessão da CPI das Próteses foi cancelada.

Este segundo caso de corrupção em poucas semanas desgasta de modo formidável a Assembléia.
Nunca, antes, na história do Legislativo do RS, aconteceu algo semelhante. O Poder foi violado por grampos telefônicos, microfones de escutas ambientais, devassa em gabinetes e supressão de prerrogativas historicamente preservadas, como a de manter, suspender e eliminar mandatos. 

O caso de Jardel, no entanto, era o caso de uma tragédia anunciada e tudo deve-se a ele mesmo, mas também aos que o apoiaram e elegeram, porque até as pedras das ruas sabiam do seu envolvimento continuado com drogas, que nem é o principal crime em apuração.

Mais uma vez, deputados são apanhados em flagrante ao empregar fantasmas, falsificar prestações de contas e embolsar dinheiro de funcionários. 

Sua vaga na Assembléia deve ser ocupada por outro jogador, Tarciso Flecha Negra, que é vereador em Porto Alegre, também do PSD. 

Entrevista, Correio Braziliense - O Brasil está à beira do precipício

Economista diz que resgate do país custará caro à sociedade, com mais inflação e desemprego. Ele considera o ajuste fiscal "cavernoso"

O Brasil está caminhando rapidamente para o precipício e o resgate custará caro à sociedade, com mais inflação, desemprego e aumento das desigualdades sociais. É o que diz o economista Paulo Rabello de Castro, coordenador-geral do Movimento Brasil Eficiente.

Para ele, o ajuste fiscal conduzido pelo governo “é cavernoso” e não será suficiente para evitar o colapso das contas públicas. “O que é preciso é um ataque emergencial às despesas, ou seja, cortes”, afirma. A situação é tão dramática, que o país sequer tem meta fiscal para este ano e, afim de evitar problemas com o Tribunal de Contas da União (TCU), a presidente Dilma Rousseff oficializa hoje um contingenciamento de R$ 10,7 bilhões no Orçamento, paralisando a estrutura governamental. Isso, porém, não evitará o pior.

O ideal, no entender de Rabello de Castro, é que o Brasil ponha fim à obrigatoriedade de gastos, que, na opinião dele, é “uma confissão de incompetência, imoralidade e falta de ética”. Ele recomenda que Dilma e o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, combinem melhor o jogo para tirar o país do atoleiro. A seguir, os principais trechos da entrevista.

Como o senhor define o atual ajuste fiscal?

Não existe outro termo além de cavernoso.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Procuradores falam em "organização criminosa operando dentro da Assembléia do RS"

Os procuradores do Ministério Público Estadual denunciam a existência de uma organização criminosa no gabinete do deputado Mário Jardel, PSD.

A lista da quadrilha inclui vários funcionários do gabinete, seu advogado e até a mãe e o irmão do ex-jogador.

A melhor cobertura do que aconteceu é dos repórteres do jornal Zero Hora. O editor recomenda a leitura, bastando que clique aqui para ter acesso ao site do diário. 

Deputado Jardel poderá ser preso a qualquer momento

O afastamento de um deputado estadual gaúcho por ordem judicial é inédita. Muitas das acusações contra Jardel são iguais às que levaram à cassação, semana passada, do deputado Diógenes Bassegio.

Ainda não se sabe se o MPE pediu a prisão do deputado. 

O editor soube que isto poderá acontecer a qualquer momento.

Justiça afasta deputado Jardel. MPE faz devassa na Assembléia. Deputado do PSD é acusado até por tráfico de drogas.

Ele foi grampeado e filmado. Se não for preso, o deputado não escapará da cassação. 

O deputado do PSD, ex-jogador do Grêmio, Mário Jardel, acaba de ser afastado do seu mandato na Assembléia do RS por decisão judicial. O afastamento durará 180 dias e visa impedir que obstrua as investigações. 

Ele foi apanhado na Operação Gol Contra, movida pelo Ministério Público Estadual, no âmbito de uma devassa que culmina dois meses de apurações.

O MPE apurou indícios de crimes como concussão, peculato, falsidade documental, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Também é investigado o financiamento ao tráfico de drogas com dinheiro público desviado do parlamento.

Cunha diz que novo ataque contra ele é obra do governo Dilma. E vai retaliar. Vem impeachment por aí.

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, acha que tem dedo do governo nas anotações feitas contra ele pelo chefe de Gabinete do senador Delcídio Amaral (leia nota abaixo).

E por isto vai retaliar.

Eduardo Cunha suspendeu a trégua que vinha ensaiando com o governo.

Isto significa liberação do pedido de impeachment contra Dilma.

Petrobrás confirma renúncia do presidente do Conselho de Administração

 A nota que o editor acaba de receber da Petobrás:

O presidente do Conselho de Administração (CA) da Petrobras, Murilo Pinto de Oliveira Ferreira, que se encontrava em período de licença deste colegiado desde 14 de setembro de 2015, comunicou sua renúncia.

O conselheiro Luiz Nelson Guedes de Carvalho, que se encontra no exercício da presidência do CA desde 14 de setembro de 2015, permanecerá na ocupação de tal função até a próxima reunião ordinária deste colegiado, quando o CA deliberará sobre a questão.

Entrevista, Jerônimo Goergen - Insegurança pública ficou descontrolada no meio rural

ENTREVISTA
Jerônimo Goergen, deputado Federal do PP do RS

A gente reclama muito da insegurança pública nas grandes cidades do RS, como Porto Alegre, mas no meio rural o drama é parecido.
Acabo de receber, pelo telefone, o relato de três ocorrências diferentes neste final de semana  

O que houve ?
São quadrilhas especializadas no roubo de defensivos e implementos agrícolas.

Onde ocorreram os casos ?
No município de Sarandi (RS), a Agronegócios Barbiero foi arrombada na madrugada de domingo, quando os assaltantes levaram dois veículos da empresa carregados de produtos usados em lavouras. Já em Salto do Jacuí (RS), a Grandespe Destilaria São Pedro também sofreu a investida de criminosos, com o roubo de equipamentos e insumos, cujo prejuízo está avaliado em R$ 40 mil. Em outra fazenda, no Tocantins, assaltantes armados fizeram os trabalhadores reféns e levaram cerca de R$ 500 mil em agroquímicos. No município baiano de Luís Eduardo Magalhães, uma das grandes fronteiras agrícolas do Brasil, a cena tem se repetido com frequência.

Por que defensivos e outros agroquímicos ?
Esses tipos de produtos estão sendo muito visados pelos criminosos pelo alto valor de revenda, já que são cotados em dólar.

Como combater ?

Tenho um projeto que inclui no rol dos crimes hediondos o roubo, furto, receptação e contrabando de agroquímicos. As organizações criminosas encaram isso como uma rentável fonte de financiamento para outras práticas, como roubo a banco e tráfico de drogas. 

Artigo, Gustavo Franco - Abertura, já !

CLIQUE AQUI para ler, também, "Algo muda no Brasil", Celso Ming, Estadão. 

No início dos anos 1980, Brasil e Coreia tinham níveis semelhantes de renda per capita e de produtividade do trabalho.

Na época, havia muitas dúvidas sobre os modelos de desenvolvimento econômico mais apropriados ao que vinha pela frente, e entre os países hoje conhecidos como emergentes destacavam-se duas “escolas”: de um lado estavam os chamados “tigres asiáticos” (Coreia, Taiwan, Hong Kong e Cingapura), que buscavam maior integração na economia global através da “promoção de exportações” (e importações), e de outro, os latino-americanos, com seus modelos de “substituição de importações”, ênfase no mercado interno e autossuficiência.

Eu dava meus primeiros passos como pesquisador, e, em conferências internacionais, os encontros com os colegas asiáticos tinham lugar em um clima de certa rivalidade, muitas vezes sadia e bem-humorada, mas com alguns estranhamentos patrióticos inevitáveis. Todos eram acadêmicos em busca de verdade, mas com certa torcida.

Nós defendíamos nossas cores argumentando que o modelo não era importante se o país fosse competitivo e que, como o mercado interno dava escala ao produtor nacional, o protecionismo devia ser utilizado de forma pragmática. Ademais, era justo que o Brasil procurasse reduzir sua vulnerabilidade externa em razão dos estragos causados pelos preços do petróleo.

Como éramos ingênuos…

CLIQUE AQUI para ler todo o texto. 

Artigo, Percival Puggina - MEC - O assalto final às mentes.

Será impossível no espaço deste texto escrutinar o subproduto do Plano Nacional de Educação que atende pelo nome de Base Nacional Comum Curricular (BNCC). É o que poderíamos chamar de veneno diluído em abundantes doses curriculares. Ninguém morre intelectualmente com uma pitada, mas depois de uma dúzia de anos não sobra neurônio com autonomia. O objetivo final do petismo na Educação e na Cultura é tornar-se hegemônico. No meio, fica tudo: da música ao teatro, da internet à sala de redação, do seminário religioso à reserva indígena, do sistema bancário à barraquinha da praia, dos corações às mentes. Para conquistar mentes e corações, os companheiros burocratas do MEC trataram, primeiro, de unificar tudo, inclusive os exames vestibulares através do ENEM (com o qual a BNCC tem que "dialogar").

CLIQUE AQUI para examinar o blog e ler tudo. 

Família e defesa não querem mais saber de pontes com o PT. Idéia é fazer com que o senador conte tudo.

CLIQUE AQUI para ler, também, "Fogo no circo".
CLIQUE AQUI para ler "O PT nas cordas"

Na sua coluna Radar de hoje, site da revista Veja, a jornalista Vera Magalhães conta que a  família e a defesa de Delcídio do Amaral estão decididos a barrar qualquer tentativa por parte do PT, do governo e do ex-presidente Lula de estabelecer “pontes” e tentar acalmar o senador petista, preso na semana passada na Lava Jato.

Leia mais:

A avaliação é que “não há como consertar” o estrago causado pela nota oficial do presidente do PT, Rui Falcão, negando solidariedade ao senador horas antes de o Senado decidir se ele continuaria ou não preso.

“Qualquer tentativa de estabelecer pontes será dinamitada, e não vai nem chegar nele”, diz uma pessoa que faz parte do grupo restrito que tem acesso a Delcídio e acompanha a estratégia de defesa.

Black Friday é promoção marqueteira irresponsável.

A promoção anual intitulada Black Friday não é organizada por ninguém no Brasil. Trata-se de uma ação espontânea do comércio.

Entidades como a CDL de Porto Alegre acham que a promoção é irresponsável e acaba prejudicando varejistas e consumidores.

Primeira parcela do 13o terá que ser paga hoje

Hoje é a data final para o pagamento da primeira parcela do 13o salário dos trabalhadores. A segunda vencerá no dia 20 de dezembro.

O Dieese calcula que o valor total injetará R$ 11 bilhões na economia gaúcha.

Dono do BTG processou Relatório Reservado por denúncia no caso dos blocos de petróleo vendidos pela Petrobrás na África

O editor publica a seguir, no link, material do Relatório Reservado, no qual os editores queixam-se de ações cível e penal movida contra eles pelo ex-presidente do BTG Pactual, André Esteves, preso no Rio.

A publicação foi acusada de mentir ao informar que o BTG pagou US$ 1,5 bilhões por blocos de exploração de petróleo que a Petrobrás possuía na África, operação que teria sido prejudicial à estatal, já que os blocos valeriam US$ 7 bilhões.

Na época, a diretoria internacional da Petrobrás estava nas mãos de Cerveró.

CLIQUE AQUI para ler o link que o editor armou sobre o assunto.

Artigo, Ricardo Noblat, O Globo - Basta de Dilma !

A reputação de Dilma Rousseff, até aqui, se amparava em duas coisas: foi torturada durante a ditadura militar e não delatou (“coração valente”); embora seja um fracasso como administradora, nunca roubou em causa própria e nem deixou que roubassem (“a faxineira ética”).

Aí vem a Lava-Jato e carimba na testa de Dilma a acusação de que ela comanda o governo mais corrupto da História do Brasil. Mais corrupto do que os dois governos de Lula.

Estamos diante de uma injustiça com Dilma, invenção de Lula, o presidente do mensalão, apontado dentro do governo como o verdadeiro responsável pela montagem do esquema que assaltou a Petrobras?

Lula, que antes de subir a rampa do Palácio do Planalto pela primeira vez, morava de favor em apartamento de um amigo, e dois anos depois de ter descido a rampa pela última vez já era um homem rico?

Pouco importa que, sob esse aspecto, não se faça justiça a Dilma. A vida é assim e pronto.

A mais recente pesquisa do Datafolha aponta a corrupção como o maior problema do país. Desde 1996, ela jamais havia sido citada como o problema campeão das aflições dos brasileiros. O campeão sempre foi a Saúde.

De resto, Dilma não é tão inocente como parecia.

Em depoimento à Lava-Jato, o senador Delcídio Amaral (PT-MS) disse que fora consultado por Dilma, na época ministra das Minas e Energia de Lula, sobre a indicação de Nestor Cerveró para a diretoria da Petrobras.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Alckmin adere à campanha "Fora Dilma !"

Sempre comedido e mantendo boas relações com o governo federal, o governador Geraldo Alckmin resolveu assumir o discurso pela imediata substituição da presidente Dilma Roussef.

A nota é da jornalista Natuza Nery, a seguir:

Veja bem Alckmin, que via como “precipitada” a discussão sobre a deposição, mantém a tese de que a Constituição deve ser respeitada, mas já não trata como remota a possibilidade de Dilma ter cometido crime de responsabilidade.

Esclarece O governador diz que nunca foi contra o impeachment, mas passou a admitir nos bastidores que “não estava se fazendo entender”.

Chico Alencar, diretamente da Comissão de Ética para medalhista da Assembléia do RS.

O deputado carioca Chico Alencar, Psol, que responde a processo na Comissão de Ética da Câmara, receberá hoje a Medalha da 54a. Legislatura da Assembléia do RS, tudo por proposta de seu companheiro de Partido, Pedro Ruas. 

Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força, acusa Chico Alencar de ter usado recursos da Câmara para fins eleitorais por ter parte da sua campanha financiada por funcionários de seu gabinete e de ter supostamente apresentado notas frias por serviços prestados por empresa fantasma para ser ressarcido pela Câmara.

O deputado nega tudo e diz que é perseguição.

O discurso é o mesmo de Eduardo Cunha em relação a Rodrigo Janot.

Bilhete em poder da PGR diz que Cunha poderia ter recebido R$ 45 milhões para aprovar MP favorável ao BTG

Cunha diz que o caso é "absurdo" e que ele não manda nos 500 deputados, que nem de longe fazem tudo o que ele quer. Ao lado, mensagem do deputado no seu Facebook de ontem a noite. 

A Procuradoria Geral da República, que mantém guerra aberta com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, teria recebido R$ 45 milhões do BTG Pactual para aprovar MP de interesse do banco.

Uma anotação com a informação foi encontrada na casa do ex-chefe de Gabinete de Delcídio Amaral, Diogo Ferreira. 

A informação foi passada ao STF, ontem, no âmbito do pedido de transformação do tipo de prisão de Delcídio e Diogo. Escreveu a PGR:

- Em troca de uma emenda à medida provisória nº 608, o BTG Pactual, proprietário da massa falida do banco Bamerindus, o qual estava interessado em utilizar os créditos fiscais de tal massa, pagou ao deputado federal Eduardo Cunha a quantia de 45 milhões de reais.

Morre em Israel o jornalista Nahum Sirotsky

Morreu em Israel o jornalista Nahum Sirotsky. Ele trabalhou durante quatro décadas na RBS.

Esteves renuncia à presidência do BTG Pactual

O banqueiro André Esteves frenunciou ontem à presidência do BTG Pactual. Ele está preso no Rio e teve sua prisão provisória transformada em preventiva, portanto sem prazo para acabar.

O BTG já teria iniciado processo de venda de ativos, entre os quais o da rede de hospitais D'Or, que valeria R$ 2 bilhões.

Juiz da 3a. Vara da Fazenda Pública bloqueia todos os bens de Tarso Genro.

O ex-governador Tarso Genro foi de novo penalizado em juízo, desta vez no âmbito da 3a. vara da Fazenda Pública de Porto Alegre. Ele responde a dois processos na condição de ex-prefeito de Porto Alegre e num deles já foi condenado. 

Ele acaba de ter todos os seus bens bloqueados.

O processo atinge também o ex-secretário João Vitor Domingues, o atual secretário dos Transportes, Pedro Westphalen e dois dirigentes do Daer. 

O caso é de 2002 em eação que exigiu do governo estadual a realização de licitação para 1,8 mil linhas de transporte intermunicipal que são reguladas pelo Daer.Na ação, o MP pede a aplicação de multa de mais de R$ 1 bilhão aos responsáveis.Os réus questionam o fato de gestores dos governos anteriores, que também não fizeram o procedimento licitatório, estarem livres do processo judicial. E reclamam que não houve direito ao contraditório antes da liminar. O argumento de defesa é de que a aplicação da multa e o bloqueio de bens são equivocados.

 Ainda não há decisão de mérito quanto a isso, mas os bens foram bloqueados como forma de garantir o pagamento da multa, caso a sentença acate a formulação do MP. O órgão cobra a realização de licitação para as linhas intermunicipais de transporte como forma de melhor organizar o sistema, com avanços na prestação de serviço. Atualmente, as empresas de transporte atuam com concessões "precárias".

Novo dia ameno, sol claro e céu azul no RS

Nova manhã de sol, céu azul e temperatura amena no RS. O dia será todo assim, segundo os institutos de meteorologia. Pode chover em áreas próximas da divisa com Santa Catarina, com chuva em várias cidades. 

12 raus neste momento, 7h47min, em Porto Alegre. A temperatura, no entanto, dobrará de tamanho durante o dia. Em Gramado, agora, 10 graus.  São dados do Weather Cjhanel do editor. 

As mínimas rondam os 10°C em São José dos Ausentes e Gramado, com máximas, por sua vez, de  30°C em Santa Rosa. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 13°C e 26°C.


O sol predomina na maior parte desta semana no Estado.