Yeda, Fogaça e Ibsen não conseguem eleger-se no RS

O ex-prefeito José Fogaça, PMDB, 103.500 votos, e a ex-governadora Yeda Crusius, PSDB, 71.794 votos, não conseguiram eleger-se, mas marcaram uma suplência nos seus Partidos.

. Caso Sartori ou Aécio vençam, poderão assumir suas cadeiras na Câmara, já que os novos governantes buscarão deputados eleitos para seus governos.

. Outra surpresa foi a votação do ex-deputado Ibsen Pinheiro, que disputava uma cadeira na Assembléia. Ele fez apenas 15.125 votos, insuficiente sequer para uma suplência.

PT foi o Partido que perdeu mais deputados estaduais, mas continua o mais numeroso na Assembléia do RS.

As bancadas na Assembléia que perderam deputados foram a do PSDB, que tinha seis representantes e agora só tem quatro, PT, que caiu de 14 para 11 e DEM, que ficou sem nenhum representante.

. Na próxima legislatura, novas bancadas surgirão: PSD, PSOL, PV, PPL e PR, cada um com um deputado. O nome mais conhecido é o do vereador Pedro Ruas, PSOL.

. As demais bancadas: PT, 11; PMDB e  PDT,8; PP, 7:: PTB, 5; PSDB, 4; PSB, 3; PCdoB, 2; PRB, 1.

. Uma das surpresas foi a derrota do deputado Paulo Oddone. Seu lugar vai para a vereadora Ana Ortiz, um fenômeno eleitoral recente. Ela já tinha surpreendido quando se elegeu vereadora.Entre as novidades, a maior é Tiago Simon, filho do senador Simon, mas também Regina Becker, mulher do prefeito Fortunati.

Fortunati mostra força política e eleitoral ao eleger a mulher, Regina Becker, PDT

O prefeito José Fortunati, Porto Alegre, demonstrou força política e eleitoral nesta eleição, porque ajudou a eleger a mulher, Regina Becker Fortunati. Ela foi uma das mais votadas do PDT para a Assembléia Legislativa, 46.788 votos.

. O PDT fez 7 deputados, mantendo o tamanho da bancada.

Bestialógico de Luciana Genro faz Levy Fidélix decuplicar votação no Brasil

Graças às grosserias e declarações bestialógicas que fez no último debate da Globo, Luciana Genro, PSOL, ajudou Levy Fidélix a decuplicar seu eleitorado. Em 2010, Fidélix, ainda tendo o aerotrem como mote principal de campanha, alcançou 57 960 votos. Ou 0,06% do total.


. Agora, tendo a guerra aos gays como motor de sua candidatura, conseguiu 0,62% dos votos. Ou 430 000 votos com 94% das urnas apuradas. Levy conseguiu quase decuplicar o seu número de fieis.

Sartori vence primeiro turno e aguarda apoio de Ana Amélia para vencer o PT no round final

Resultado final RS, 99,5% das urnas apuradas:

José Ivo Sartori, PMDB: 41,55%
Tarso Genro, 33,61%
Ana Amélia, 21,50%

. Isto significa que Sartori e Tarso irão para o segundo turno. A tendência de Ana Amélia é apoiar Sartori.

Morreu a jornalista Maria Isabel Hammes

Morreu na tarde deste domingo, aos 55 anos, em decorrência de um câncer, uma das principais jornalista de economia do RS, a colunista do jornal Zero Hora, Bela Hammes.

. Bela era casada há 32 anos com o fotógrafo Carlos Rodrigues, com quem teve os filhos Tomás, 30 anos, jornalista, e Felipe, 26 anos, relações-públicas.

Veja quem foram os governadores eleitos no 1º turno

O governador do Paraná Beto Richa (PSDB) foi reeleito neste domingo, com 55,6% dos 99,7% votos apurados. Em meio a uma onda de violência orquestrada pelo crime organizado de dentro dos presídios, Santa Catarina reelegeu Raimundo Colombo (PSD), derrotando o senador Paulo Bauer (PSDB). Veja a seguir quem são os doze governadores eleitos no 1º turno:

ES – Paulo Hartung (PMDB)
MA – Flávio Dino (PCdoB)
MG – Fernando Pimentel (PT)
MT – Pedro Taques (PDT)
PE – Paulo Câmara (PSB)
PI – Wellington Dias (PT)
PR – Beto Richa (PSDB)
RR – Chico Rodrigues (PSB)
SC – Raimundo (PSD)
SE – Jackson Barreto (PMDB)
SP – Geraldo Alckmin (PSDB)
TO – Marcelo Miranda (PMDB)
 
. Vai haver segundo turno para eleger governadores em pelo menos dez estados nas eleições deste ano, segundo dados de apuração das urnas divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A apuração ainda não foi encerrada. Veja a seguir os resultados que já estão definidos:
 
AM - José Mello (PROS) x Eduardo Braga (PMDB)
AP – Waldez (PDT) x Camilo (PSB)
DF - Rollemberg (PSB) x Jofran Frejat (PR)
CE - Camilo (PT) x Eunício (PMDB)
GO – Marconi Perillo (PSDB) x Iris Rezende (PMDB)
MS – Delcídio (PT) x Reinaldo (PSDB)
PB – Cássio Cunha Lima (PSDB) x Ricardo Coutinho (PSB)
RJ – Pezão (PMDB)  x Crivella (PRB)
RO – Confúcio Moura (PMDB) x Expedito Jr. (PSDB)
RS – José Ivo (PMDB) x Tarso Genro (PT)

Conheça as votações dos candidatos a deputado federal e deputado estadual pelo RS

Votação dos candidatos a deputado Federal
CLIQUE AQUI para acompanhar nomes e votações.

Votação dos candidatos a deputado Estadual
CLIQUE AQUI para acompanhar nomes e votações.

Lasier Martins é o novo Senador pelo RS

99% das urnas apuradas no RS, é matematicamente certa a vitória do jornalista Lasier Martins para o Senado. Eis os números:

Lasier Martins, PDT: 37,5%
Olívio Dutra, PT: 35%

99,5%¨das urnas apuradas, Aécio (33,6%) encosta em Dilma (41,5%) e pode virar a eleição

99,5% das urnas de todo o Brasil apuradas até agora, impõem também verdadeira humilhação aos institutos de pesquisa, Ibope e Datafolha entre eles. Entre parênteses, boca de urna do Ibope, 18h.

Dilma Roussef, PT: 41,5% (44%)
Aécio Neves, PSDB: 33,6% (30%)
Marina Silva, PSB: 21,8% (22%)

. Trata-se de uma virada surpreendente e espetacular.

Dilma vence no RS, mas Aécio vence em Porto Alegre

Aécio Neves registra virada surpreendente no RS, 99% das urnas já apuradas:

Dilma Roussef, PT: 43,2%
Aécio Neves, PSDB: 41,4%
Marina Silva, PSB: 11,5%

Em Porto Alegre:

Aécio Neves, 39,5%
Dilma Roussef, 37,5%

. Até ontem, as pesquisas davam a Aécio a metade da votação de Dilma no Estado. 

Aécio vai a 30% na boca de urna do Ibope e enfrentará Dilma no segundo turno

Dilma e Aécio no segundo turno.



Boca de urna do Ibope, divulgada agora, apresenta grande projeção do senador Aécio Neves, que desloca Marina para o terceiro lugar e com isto candidata-se a enfrentar Dilma.

Dilma Roussef, PT: 44%
Aécio Neves, PSDB: 30%
Marina Silva, PSB: 22%

Com 93,5% dos votos apurados, Sartori vira a eleição e lidera com folga a disputa para o Piratini

Sartori promove virada história no RS, ultrapassa Ana Amélia e impõe fragorosa derrota a Tarso Genro, PT.



O Ibope errou o tempo todo. O tempo todo favoreceu o candidato Tarso Genro, PT, até mesmo na pesquisa de boca de urna. O erro em relação ao candidato vencedor chega a ser criminoso. 

No RS as apurações poderão encerrar as 20h, conforme o TRE. O resultado tem sido surpreendente e não deve sofrer alteração até o final, porque os números são constantes.

. Entre parênteses, boca de urna das 17h, hoje.

José Sartori, PMDB: 40,66% (29%)
Tarso Genro, PT: 32,37% (35%)
Ana Amélia, PP: 21,76% (6%)
Vieira da Cunha, PDT: 4,24% (2% na última pesquisa do Ibope.

. É evidente a transferência de última hora de boa parte da votação da senadora do PP para o candidato do PMDB. Ele também desidratou o contingente eleitoral que estava com Tarso.

. Sartori começou a campanha com 5% há apenas dois meses, mas nas últimas semanas iniciou uma progressão geométrica. Neste sábado, Ibope e Datafolha deram apenas 29% para ele e para Ana Amélia, contra 35% de Tarso. Foram erros brutais dos dois institutos.

Coronel do Blog faz esta postagem no seu Twitter: "Ibope errou feio no RS. Ibope ladrão".

Aviso do Coronel do Blog no seu Twitter:

CORONELDOBLOG (@coroneldoblog)
05/10/14 17:36


Preparem-se para um erro histórico do Ibope no Rio Grande do Sul, conforme acusamos no Blog dias atrás. Ibope ladrão! Montenegro FDP!

. Se houver erro grosseiro - e as apurações até agora indicam isto - também o Datafolha errou bastante. 

Artigo, Ricardo Fiuza - A força do voto aloprado

Neste artigo, publicado na edição deste final de semana da revista Época, Ricardo Fiúza diz que tem gente indignada com a denúncia de espionagem do Ministério da Justiça na Polícia Federal para prejudicar Marina Silva. Essa gente não aprende que esse tipo de coisa é normal. 

. Escreve Fiúza:

- Nas urnas, o Brasil vem dizer novamente ao bando criminoso do PT: vão fundo. É isso que o País espera. 

. Leia tudo:

Talvez seja preciso o MEC patrocinar uma megaedição da biografia de Hugo Chávez e distribuí-la gratuitamente em todo o território nacional, para os brasileiros finalmente entenderem que o Estado existe para servir aos companheiros. Se bem que, pela performance da companheira Dilma no primeiro turno, pode-se concluir que boa parte do eleitorado já aceitou que não há separação de bens entre o PT e a máquina pública brasileira.

. Segundo a denúncia, o secretário nacional de Justiça visitou na calada da noite, extraoficialmente, em plena campanha eleitoral, o diretor da Polícia Federal. Queria saber sobre um inquérito contra a gestão de Marina no Ministério do Meio Ambiente, que corre em segredo de Justiça. Foi uma missão, segundo a acusação, encomendada pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Como se sabe, o ministro Cardozo é um funcionário criterioso. Só aparece para ações cruciais, como criticar publicamente as penas dadas aos mensaleiros. É isso que o país espera de um ministro da Justiça.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

O editor aposta nestes nomes gaúchos para a Câmara dos Deputados

AFONSO MOTTA      1200  PDT        
GIOVANI CHERINI   1221  PDT  
ONYX LORENZONI    2522  DEM        
FLAVIO ZACHER     1234  PDT  
POMPEO DE MATTOS  1212  PDT  
MÁRCIO SOUZA      4343  PV   
BUSATO      1414  PTB        
JOÃO DERLY  6565  PC do B          
SÉRGIO MORAES     1412  PTB        
RONALDO NOGUEIRA  1423  PTB        
ANDRÉ MACHADO     6554  PC do B    
ASSIS MELO  6510  PC do B    
CAJAR NARDES      2222  PR   
RENAN BERLEZE RECCHIA   1444  PTB  
SCHMITT     9000  PROS 
ELTON PRIMOROSA   1411  PTB  
MÁRCIO BIOLCHI    1520  PMDB       
JOSÉ FOGAÇA 1510  PMDB       
OSMAR TERRA 1522  PMDB       
PERONDI     1502  PMDB       
ALCEU MOREIRA     1500  PMDB 
GIOVANI FELTES    1515  PMDB 
DANIEL KIELING    1530  PMDB 
IRAJÁ ANDARA RODRIGUES  1529  PMDB 
MARIA DO ROSÁRIO  1370  PT   
MARCO MAIA  1314  PT               
PAULO PIMENTA     1307  PT         
PEPE VARGAS 1301  PT   
HENRIQUE FONTANA  1313  PT   
RONALDO ZULKE     1300  PT         
IVAR PAVAN  1330  PT    PT         
FABIANO PEREIRA   1373  PT         
BOHN GASS   1320  PT   
MARCON      1355  PT   
PAULO FERREIRA    1351  PT   
FERNANDO MARRONI  1345  PT   

A lista a seguir não vai em ordem de votação e nem significa que todos os listados estão eleitos. Basta que o leitor encaixe cada nome numa das 31 vagas para saber o resultado. Esta lista foi listada com base em pesquisas do editor junto a dirigentes partidários, candidatos, institutos de opinião e analistas.

LUCI MARI JORGE   1303  PT   
JOÃO SEM MEDO     1388  PT   
LAURO ALEMÃO      1390  PT   
CLARICE ARAGUAIA  1340  PT   
LUIZ CARLOS HEINZE      1144  PP         
NELSON MARCHEZAN JUNIOR 4545  PSDB       
COVATTI FILHO     1111  PP   
RENATO MOLLING    1122  PP         
JERÔNIMO GOERGEN  1133  PP         
YEDA CRUSIUS      4544  PSDB 
CARLOS GOMES      1011  PRB        
CLAUDIO DIAZ      1155  PP         
AFONSO HAMM 1166  PP   
JOSÉ OTAVIO GERMANO     1112  PP
OSVALDO GOMES     1199  PP   
MANO CHANGES      1100  PP   
DR. CARLOS SZULCSEWSKI  4550  PSDB 
CLAUDIO JANTA     7711  SD   
ELISABETE FELICE  4509  PSDB 
EDMAR HERMANY     1178  PP   
DANRLEI DE DEUS GOLEIRO 5501  PSD        
HEITOR SCHUCH     4012  PSB  
JOSE STEDILE      4080  PSB        
ANABEL      4014  PSB  
ALEXANDRE ROSO    4020  PSB   UNIDOS

WAMBERT DI LORENZO      5556  PSD               

Pesquisa do Ibope em SP, Rio, MG, DF, Bahia,Ceará, Pernambuco e Paraná

São Paulo
Geraldo Alckmin, PSDB: 52%
Paulo Skaf, PMDB: 22%
Alexandre Padilha, PT: 20%

Rio
Luiz Fernando Pezão, PMDB: 34%
Antony Garotinho, PR: 28%
Haverá segundo turno

Minas
Fernando Pimentel, PT: 53%
Pimenta da Veiga, PSDB: 37%
O candidato do PT vence no primeiro turno

Distrito Federal
Rodrigo Rollemberg, PSB: 44%
Jofran Frejat, PR: 29%
Agnelo Queiroz, PT, atual governador: 21%
Haverá segundo turno

Bahia
Rui Costa, PT: 49%
Paulo Souto, DEM: 39%
Lídice da Mata, PSB: 9%
Há dúvida sobre segundo turno

Ceará
Eunício Oliveira, PMDB: 49%
Camil Santana, PT: 44%
Há dúvida sobre segundo turno

Pernambuco
Paulo Câmara, PSB: 58%
Armando Monteiro, PTB, com apoio do PT: 38%
Vitória de Paulo Câmara no primeiro turno.

Paraná
Beto Richa, PSDB : 55%
Roberto Requião, PMDB: 27%
Gleise Hoffmann, PT: 14%
Vitória de Richa no primeiro turno

Clique aqui para companhar em tempo real a apuração em todo o Brasil.

Clique aqui para acompanhar em tempo real a apuração dos votos em todo o Brasil. No RS, 17h36min, já surgiram no visor 7% dos votos, apanhando mais os resultados do Alto Uruguai e das Missões. Alguns nomes bem conhecidos surgem no visor.

. Acompanhe.

Boca de urna do Ibope torna indefinida posição do candidato que enfrentará Tarso no segundo turno

A pesquisa boca de urna do Ibope praticamente confirmou os números da pesquisa de ontem do Datafolha, mas comparando os números, é possível constatar que Tarso perdeu um ponto, Sartori congelou no que tinha e Ana Amélia perdeu 3 pontos. Os 4 pontos perdidos devem ter ido para outros candidatos, mas a pesquisa boca de urna do Ibope não listou nenhum nome adicional, o que impede checar o que aconteceu com eles.

Tarso Genro, PT: 35%
José Ivo Sartori, PMDB: 29%
Ana Amélia, PP: 26%

Não é possível saber quem disputará com Tarso o segundo turno, porque Ana Amélia e Sartori estão tecnicamente empatados, já que a pontuação de ambos está dentro da margem de erro, 3%.

Estes poderão ser os candidatos mais votados para a Assembléia do RS

Os nomes a seguir foram tabulados pelo editor as partir de pesquisas que fez junto a dirigentes partidários, institutos de opinião pública, candidatos e os próprios candidatos. 

. Os nomes não vão por ordem de votação e compreendem mais do que as 55 vagas existentes, mas listam os que devem ser os que receberão maior número de sufrágios.

. Quem for mais curioso, pode encaixar os nomes nas quantidades de vagas que cada bancada fará na Assembléia (nota a seguir).
   
MANUELA D AVILA   65656 PC do B          
EMILIA FERNANDES  65165 PC do B    
JULIANO ROSO      65665 PC do B    
GUIOMAR VIDOR     65653 PC do B    
MISSIONARIO VOLNEI      22222 PR   
PIAIA 65123 PC do B                
LUCAS REDECKER    45111 PSDB       
SERGIO PERES      10300 PRB  
ZILA BREITENBACH  45345 PSDB 
SANCHOTENE FELICE 45009 PSDB 
ADILSON TROCA     45123 PSDB 
JORGE POZZOBOM    45678 PSDB 
MARQUINHO LANG    10255 PRB  
MAURO SARAIVA JUNIOR    45555 PSDB 
DANIEL GUERRA     10000 PRB  
AURELIO DA PADARIA      45000 PSDB 
CESAR OLIVEIRA    77111 SD   
PEDRO RUAS  50000 PSOL       
FERNANDA MELCHIONNA     50500 PSOL 
ELTON WEBER 40120 PSB        
PAULO ODONE 23023 PPS  
GISELE UEQUED     40940 PSB        
MIKI BREIER 40400 PSB        
CATARINA PALADINI 40040 PSB  
VICENTE SELISTRE  40500 PSB  
LUIZ NOÉ    40140 PSB  
ANY ORTIZ   23200 PPS  
EDSON BRUM  15200 PMDB       
MARIA HELENA SARTORI    15140      
FÁBIO BRANCO      15550 PMDB       
IBSEN PINHEIRO    15123 PMDB       
ALEXANDRE POSTAL  15150 PMDB       
GILBERTO CAPOANI  15160 PMDB       
MOSSINI     15915 PMDB  PMDB       
VALTER NAGELSTEIN 15510 PMDB       
BOESSIO     15170 PMDB  PMDB 
DR. LEVI    15800 PMDB  PMDB       
VILMAR ZANCHIN    15444 PMDB 
COSTELLA    15234 PMDB  PMDB       
GABRIELA MARKUS   15515 PMDB 
NELSON HARTER     15602 PMDB 
NEUSA KEMPFER     15115 PMDB 
DR RAUL     15888 PMDB  PMDB 
SILVANA COVATTI   11111 PP         
PEDRO WESTPHALEN  11233 PP         
FETTER      11800 PP    PP         
JOÃO FISCHER - FIXINHA  11112 PP         
FREDERICO ANTUNES 11122 PP         
ERNANI POLO 11411 PP    PP         
AIRTON SOUZA      11900 PP         
ADOLFO BRITO      11240 PP   
MARCEL VAN HATTEM 11022 PP   
SERGIO TURRA      11333 PP   
KEVIN KRIEGER     11011 PP   
MARCUS VINICIUS   11211 PP   
FRANCISCO APPIO   11222 PP   
CARMEN FLORES     11200 PP   
TARCISIO ZIMMERMANN     13003 PT         
VALDECI OLIVEIRA  13713 PT         
MAINARDI    13555 PT    PT         
EDEGAR PRETTO     13655 PT         
NELSINHO METALÚRGICO    13630 PT         
TORTELLI    13030 PT         
ANA AFFONSO 13813 PT         
VILLA 13013 PT    PT         
DANIEL BORDIGNON  13456 PT         
RENE CECCONELLO   13001 PT         
MIRIAM MARRONI    13631 PT         
MARISA FORMOLO    13123 PT         
STELA 13113 PT    PT    13   
JEFERSON FERNANDES      13120 PT   
ALDACIR OLIBONI   13580 PT   
SOFIA CAVEDON     13400 PT   
NELSON SPOLAOR    13000 PT   
NESTOR SCHWERTNER 13413 PT   
SERGIO KNIPHOFF   13714 PT   
MARCOS DANELUZ    13010 PT   
SERGINHO    13100 PT    PT         
ZÉ NUNES    13500 PT    PT   
VILSON ROBERTO    13513 PT   
LUNELLI     13913 PT    PT         
SPOTORNO    13132 PT    PT         
DUDA CALVIN 13051 PT    PT         
MAURICIO DZIEDRICKI     14777 PTB  
LARA  14789 PTB        
CLASSMANN   14200 PTB        
MARCELO MORAES    14114 PTB        
RONALDO SANTINI   14470 PTB        
SPEROTTO    14714 PTB   PTB  
DELEGADO RANOLFO  14007 PTB  
PASTOR CELSO MORAES     14120 PTB  
JURANDIR MACIEL   14567 PTB  
PAULO BRUM  14122 PTB   PTB         5
GILMAR SOSSELLA   12333 PDT        
ENIO BACCI  12777 PDT  
MARLON SANTOS     12512 PDT        
JULIANA BRIZOLA   12001 PDT        
CIRO SIMONI 12233 PDT  
EDUARDO LOUREIRO  12412 PDT        
DR BASEGIO  12456 PDT        
MATTEO CHIARELLI  25222 DEM        
GERSON BURMANN    12312 PDT  
FLAVIO LUIZ LAMMEL      12125 PDT  
PAULO BORGES      25000 DEM  
KALIL SEHBE 12345 PDT  
DECIO FRANZEN     12678 PDT
REGINA BECKER FORTUNATI 12580 PDT  
VINICIUS RIBEIRO  12612 PDT  
MARCIO BINS ELY           12000    PDT                        

Saiba como quantos deputados gaúchos poderá ter cada bancada partidária na Câmara e na Assembléia

O editor ouviu dirigentes partidários e institutos que buscam aferir intenções de votos para as eleições proporcionais, além de candidatos. Com base no que tabulou, eis as projeções para a formação das bancadas:

Assembléia: PCdoB, 3; PSDB, 6; PRB, PSOL e DEM, 1 cada um; PSB, 3; PPS, 1; PMDB, 8; PP, 7; PT, 12; PTB, 5; PDT, 6; DEM, 1


Câmara dos Deputados: PDT, 2; DEM, PRB, Solidariedade e PSD, 1 cada um; PTB, 3; PMDB, 5; PT, 8; PP, 5; PSDB e PSB, 2

Datafolha, 2o turno: Dilma, 48%; Aécio, 42%. Dentro da margem de erro de três pontos, empate técnico.

Do blog do Coronel.

Em 2010, às vésperas do primeiro turno, o Datafolha dava 50% de votos válidos para Dilma. Havia uma séria possibilidade de não haver segundo turno. Quando as urnas se abriram, Dilma obteve 46,9%. Para o segundo turno, o Datafolha mostrava Dilma Rousseff com 52% dos votos válidos contra 40% de José Serra. Uma diferença de 12%.

. Hoje, quatro anos depois, Dilma é dada com 46% dos votos válidos no primeiro turno. Mas a grande diferença está no confronto do segundo turno. Ali a petista aparece com 48% dos votos válidos, contra 42% de Aécio Neves. Uma diferença de 6%. A metade do que o Datafolha mostrava em 2010. E apenas 2% a mais do que o Datafolha prevê que terá no primeiro turno.


. A conclusão óbvia é que temos um candidato mais competitivo, mesmo que ele vá fazer menos votos do que Serra fez no primeiro turno. A votação de Aécio está projetada em 25% e Serra passou de 30% em 2010. No entanto, existe um profundo sentimento anti-PT que coloca Aécio em mais condições de vencer a eleição. Na verdade, para eliminar os 6%, no confronto direto com Dilma, basta subir 3%. Há muitas chances do Aécio vencer a eleição.

Primeiras urnas dão vitória de Aécio em Paris e Israel

Os eleitores brasileiros residentes na França já terminaram de votar e a contagem dos votos foi divulgada. Com 3070 votantes, o candidato do PSDB, Aécio Neves, chegou em primeiro lugar na capital francesa com 1170 votos, seguido por Dilma Rousseff, do PT, com 961 e Marina Silva, do PSB, com 739. Mais de 65% dos brasileiros inscritos no consulado francês não votaram.

. Já em israel de um total de 207 eleitores o candidato Aécio Neves venceu com 70% dos votos válidos. Aécio teve 145 votos, Marina Silva recebeu 36 votos e Dilma Rousseff obteve nove votos.

PMDB gaúcho fechará com Aécio no caso de Marina não passar

Caso Marina Silva não passe para o segundo turno, o PMDB do RS fechará com o tucano Aécio Neves para presidente.

. O Partido não vê como possa apoiar uma candidata que apóia claramente o governador Tarso Genro, adversário do PMDB no Estado.

Dilma admite segundo turno ao votar em Porto Alegre.

Ao votar em Porto Alegre, a presidente Dilma Roussef admitiu publicamente que terá que enfrentar nova campanha:

- Trabalho com dois turnos. A hipótese que tenho trabalhado desde o início da eleição são dois turnos. O resto só as urnas vão definir o que acontecerá e como acontecerá.

. Ela explicou:

- Não sou eu quem tem que preferir [quem enfrentar]. É o povo. Não sou instância de decisão neste caso. Não tem como me decidir diante de um candidato ou de outro.

. As pesquisas indicam que o adversário de Dilma poderá ser Aécio Neves, tecnicamente empatado com Marina, mas com viés de alta, ao contrário da sua adversária. 

Saiba por que na pesquisa estimulada, a que vale, Tarso, Ana Amélia e Sartori estão empatados. Datafolha e mídia mudaram a leitura no último dia.

Datafolha e os demais grandes institutos só divulgaram votos válidos, coisa que até aqui não tinham feito. A comparação correta, portanto, é com os votos estimulados, lista completa, como vinha ocorrendo, embora votos válidos sejam números relevantíssimos.

. É o modo usal de medir a evolução das intenções de voto.

. Na estimulada, Tarso tem 31%, Ana e Sartori estão empatados com 25%. Como a margem de erro é 3% para cima e para baixo, pode-se dizer, como dizem todos os jornais, revistas, rádios, TVs, políticos, analistas: a disputa está empatada. Basta reduzir 3% de Tarso e aumentar 3% de Ana e Sartori para chegar a este resultado. É para isto que os institutos apontam margem de erro.

. Isto significa que as eleições de hoje para governador sairá no detalhe de uma foto, como acontece no turge.

. Muitos leitores, eleitores, analistas e consultores de marketing político não destacam como devem, o verdadeiro empate técnico existente entre Ana Amélia, Sartori e Tarso Genro, considerando-se a pesquisa de ontem do Datafolha.

. É incorreto trabalhar apenas com os votos válidos para chegar a alguma conclusão, até porque se desconsideram os votos dos eleitores em trânsito, dos demais candidatos, brancos e nulos e indecisos, um formidável número que chegou ontem a 17,5%, praticamente 1/5 do eleitorado gaúcho. Veja:

Vieira da Cunha, PDT: 2%
Robaina, PSOL: 1%
Outros candidatos juntos: 0,5%
Brancos e nulos: 3%
Indecisos: 11%
TOTAL - 17,5%.

. Outro dado: existem  muitos eleitores em trânsito. Não dá para fazer previsões. O Rio Grande do Sul pode surpreender muita gente. Um dia antes do pleito,

. O jogo não está jogado. Há um mês e meio, o peemedebista tinha apenas 7% dos votos, contra 39% da pepista e 30% do petista. Sartori subiu em velocidade geométrica, mas na última amostragem nãomostrou - nem poderia - o mesmo ímpeto, batendo no seu teto. A disputa está empatada no segundo turno: 51% a 49% para Tarso contra Ana Amélia e 50% a 50% no caso de disputarem os candidatos do PT e do PMDB.

Além de Bohn Gass, outros líderes do PT são investigados no Escândalo do Pronaf. O caso não se limita a Santa Cruz. A rede de desvios atinge todo o Estado.

As investigações interrompidas pela Polícia Federal em Santa Cruz do Sul não abrangem apenas líderes d PT ligados ao Movimento dos Pequenos Agricultores, como o deputado Elvino Bohn Gass. O caso vai muito além do Vale do Rio Pardo, onde pelo menos 6 mil agricultores podem ter sido enganados em desvios de recursos do Pronaf.

. A ordem de Brasília pegou a Polícia Federal de surpresa na terça-feira, porque 60 homens já estavam na cidade para iniciar o cumprimento de mandatos de busca e apreensão.

. Segundo vazou em Santa Cruz, Brasília não queria causar marolas na campanha do governador Tarso Genro, já que líderes do PT estão envolvidos no escândalo, mas a ordem é retomar tudo na segunda-feira, dia 6.

. Acontece que por ordem do ministro da Justiça, a Polícia Federal investiga desde junho a denúncia de que índios kaingangs, no município de Tenente Portela, estariam sendo vítimas de fraude igual a que ocorreu no Vale do rio Pardo, também envolvendo recursos do Pronaf, o Programa Nacional de Fortalecimento da agricultura Familiar.


. Os indígenas alegam que seus dados pessoais foram usados indevidamente para conseguir financiamentos que somam mais de R$ 7630 mil. Segundo eles, o dinheiro teria sido desviado por integrantes do Movimento dos Pequenos Agricultores. 

Rodrigo Constantino explica por que Luciana Genro é um atraso para a democracia

Aécio, no último debate da Globo, dedo em riste, disse o que todo o Rio Grande sabe há muito tempo: "Você é uma leviana !". Ela só faltou dizer que iria se queixar para o pai. 



Este artigo de Rodrigo Constantino, intitulado "A utopia concreta de uma menina mimada: Luciana Genro é um atraso para nossa democracia", revela o comportamento de uma menina mal-educada e despreparada para o embate público. Quem viu seu desempenho irresponsável no confronto do Eixo do Mal contra Yeda Crusius, já sabia há mais tempo de quem se tratava. Leia o artigo:

A primeira pergunta que fiz quando Luciana Genro participou pela primeira vez no debate da TV Globo ontem foi: quantas vezes ela entrou na fila para ser essa mala sem alça? É impressionante sua postura infantil, seu discurso batido, datado, que já era ultrapassado no século XX. Acusar até o PT de ser de “direita” é realmente uma piada de muito mau gosto. Mas eis que, escutando a CBN hoje, descubro que o jornalista Kennedy Alencar julgou sua participação no debate muito produtiva, graças à oratória boa da candidata do PSOL. Como é? Com aquela fala insuportável e aquele tom arrogante? Kennedy, com aquele esforço homérico para parecer moderado na forma, deixou sua máscara cair e transparecer seu conteúdo de esquerdista radical, que todos já conheciam. Uma conhecida matou a pau quando escreveu que Luciana Genro ganharia as eleições, se ao menos as crianças pudessem votar. De fato: seu discurso ridículo só pode mesmo conquistar a alma de um infante, ao menos em idade intelectual. Talvez por isso Gregório Duvivier tenha declarado voto nela…

CLIQUE AQUI para ler mais. 

Corrupção da Alstom começou com líderes do PT na administração paulistana de Erundina

Investigações sobre o caso Alstom mostram que a operação começou antes do governo tucano
E envolveu até um parente do jurista Hélio Bicudo.

. A reportagem é da edição deste final de semana da revista Época. Assina o jornalista Pedro Marcondes de Moura.

. leia mais:

Os primeiros indícios de que agentes públicos brasileiros recebiam propina da multinacional francesa Alstom e de que eram parte de um esquema mundial de corrupção vieram à tona em 1997. A principal prova era um memorando interno da empresa, um manuscrito em que apareciam três codinomes ligados a três indicações de percentuais (leia acima). O memorando é essencial para entender o funcionamento do esquema que pagou, de acordo com o Ministério Público Federal, o equivalente a R$ 23,3 milhões (em valores atuais) em propina a agentes públicos do Estado de São Paulo. Em troca da propina, segundo as acusações, a Alstom conseguiu contratos com estatais paulistas para ampliar e construir subestações de energia que abasteceriam o metrô. Dois dos codinomes da corrupção foram rapidamente desvendados. O primeiro, a sigla “C.M.”, referia-se ao lobista Cláudio Mendes. O segundo nome, “Splendor”, não era um codinome, mas uma empresa de consultoria que trabalhava para a Alstom. O terceiro se tornou um grande mistério: “Neves”. Quem era “Neves”? Até recentemente, não se sabia.

Num depoimento para autoridades suíças, a que ÉPOCA teve acesso, o ex-executivo e consultor da Alstom Michel Cabane desvendou o mistério. Ele se devia, em parte, à caligrafia do autor do memorando. O nome, na verdade, não era “Neves”, mas “Neveu”, ou sobrinho em francês. “Neveu” era Mário Bicudo Filho, um ex-funcionário da Companhia Energética de São Paulo (Cesp) que já morreu. Essa descoberta levou a outra: o esquema Alstom não começou no governo tucano – o domínio do PSDB em São Paulo se iniciou com a eleição de Mário Covas em 1994 –, mas bem antes, durante as gestões de Orestes Quércia (1986-1990) e Luiz Antonio Fleury Filho (1991-1994). Mário Bicudo atuava nesse período, assim como o lobista Cláudio Mendes. Se Mário Bicudo era o sobrinho, quem era o tio? A resposta, confirmada pelo depoimento: o tio de Mário Bicudo era o jurista, ex-procurador e ativista dos direitos humanos Hélio Bicudo. Nos documentos da Alstom, ele aparece identificado pelo codinome “Tonton” – titio, em francês.

. Hélio Bicudo foi um dos fundadores do PT e integrou a administração de Luiza Erundina na prefeitura de São Paulo. 

CLIQUE AQUI para ler toda a reportagem. 

Saiba por que o Brasil joga na terceira divisão do comércio internacional

Nesta entrevista com Arturo Porzecanski, realizada em Washington pelo jornalista Raul Juste Lores, o Brasil é apresentado como um jogador da terceira divisão do comércio internacional. Para o especialista em América Latina, o próximo presidente terá trabalho para recuperar a imagem do país lá fora

. O editor recomenda a leitura com atenção.]

"O mundo está colocando o polegar para baixo ao pensar no Brasil, e quem se eleger vai ter muito trabalho em mudar essa percepção", diz o economista Arturo Porzecanski, 65, que há 37 anos estuda a América Latina.

. O uruguaio foi economista-chefe dos bancos J. P. Morgan, ABN-Amro e Ing-Barings por quase três décadas e desde 2005 dirige o Programa de Relações Econômicas Internacionais da American University.

. Ele acha que o Brasil "andou para trás" em inflação e protecionismo, que o BNDES "não tem nada a ver com a escolha de campeões nacionais da Coreia" e que o país precisa "desesperadamente achar novos mercados".


. "O Brasil está jogando na terceira divisão", diz.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Votação já começou no RS

As 8h começou a votação no RS e em todo o Brasil. Os eleitores poderão depositar seus votos até as 17h.

Tempo será bom, com nuvens, neste domingo de eleições no RS

O tempo é bom, o sol teima em atravessar as nuvens que encobrem Porto Alegre neste momento (8h15min), mas as condições do tempo serão favoráveis neste domingo eleitoral na maioria das cidades do Rio Grande do Sul. O sol aparece na maior parte do Estado, mas acompanhado por nuvens em algumas regiões. A parte do território gaúcho que preocupa é o Oeste, onde, principalmente na região de Uruguaiana, há possibilidade de chuva.

Não se pode afastar chuva localmente forte e até trovoadas. À noite, a instabilidade pode alcançar pontos do Sul do Estado. 


. A máxima deve ser de 29ºC em Santa Rosa, e a mínima de 6ºC em São José dos Ausentes. Em Porto Alegre, a temperatura deve variar entre 27ºC e 15ºC.

A eleição mais imprevisível do país

Neste domingo, 142,5 milhões de eleitores escolherão presidente, governadores, senadores e deputados federais e estaduais pelo país, segundo escreve no site www.veja.com.br de hoje o jornalista Gabriel Castro, de Brasília. Leia tudo:

A turbulenta história do pleito de 2014 ganhou contornos trágicos com a morte de Eduardo Campos em plena campanha, em um acidente aéreo no dia 13 de agosto, na cidade de Santos (SP). O luto que marcou a campanha e interrompeu a carreira de um político promissor também devolveu à corrida a ex-senadora Marina Silva (PSB), que havia se transformado em vice de Campos após ter o registro de seu novo partido, a Rede, negado pela Justiça Eleitoral. Por vias tortas, Marina tornou realidade aquilo que com Eduardo Campos era ainda uma expectativa: a quebra da polarização entre PT e PSDB. Mesmo os coadjuvantes cumpriram um papel significativo na eleição presidencial. A diversidade de ideias esteve melhor representada do que nos últimos pleitos e isso se refletiu na discussão de temas como aborto e casamento entre pessoas do mesmo sexo e até a privatização da Petrobras: nanicos como Pastor Everaldo (PSC) e Eduardo Jorge (PV) defenderam posições frontalmente opostas sobre esses temas, sem medo da rejeição que assusta os principais concorrentes e empobrece o debate.

. O cenário estadual deve traduzir o cenário de equilíbrio pós-2014: derrotado por antecipação em quase todos os Estados importantes, o PT deve obter em Minas Gerais uma vitória significativa – e essencial para a manutenção do poder do partido. Para o PMDB, a prioridade é manter o governo do Rio de Janeiro, onde o favorito é Luiz Fernando Pezão.  Os tucanos devem obter outra vitória em São Paulo com Geraldo Alckmin. O PSB deve consolidar-se no posto de quarta força eleitoral do Brasil.

13 Estados poderão eleger governador no primeiro turno

Estes candidatos a governador deverão ser eleitos em primeiro turno:
Renan Filho (PMDB), em Alagoas; Eduardo Braga (PMDB), no Amazonas; Paulo Hartung (PMDB), no Espírito Santo; Flavio Dino (PC do B), no Maranhão; Pedro Taques (PDT), no Mato Grosso; Paulo Câmara (PSB), em Pernambuco; Wellington Dias (PT), no Piauí; Raimundo Colombo (PSD), em Santa Catarina; Jackson Barreto (PMDB), em Sergipe; e Marcelo Miranda (PMDB), no Tocantins.

. Em outros três Estados --Acre, Ceará e Rio Grande do Norte--o primeiro colocado nas pesquisas está com metade dos votos válidos, o que torna difícil prever se a disputa será decidida neste domingo ou irá para o segundo turno.

Cotrijal diz que seu novo investimento em sementes poderá chegar a R$ 55 milhões

A Cotrijal confirmou neste final de semana o investimento de R$ 55 milhões que está fazendo na construção e equipamento da unidade de beneficiamento de sementes que já está concluindo no limite entre Não-Me-Toque e Carazinho. A obra está 95% concluída. A unidade terá capacidade anual para 600 mil sacas de sementes de soja, trigo e aveia.