Nova lei dos royalties já está em vigor

A nova lei de redistribuição dos royalties do petróleo não depende de mais nada para ser aplicada.

. O governo deve apenas repassar aos Estados a nova parte que cabe a cada um.

. No caso do RS, governo estadual e prefeituras, que recebiam R$ 92 milhões por ano, passarão a receber R$ 680 milhões.

EVENTOS EMPRESARIAIS EM GRAMADO
Varanda das Bromélias, o melhor boutique hotel da Serra Gaúcha
Grupos de até 85 pessoas. Duas salas de apoio.
Rua Alarisch Schulz 158, bairro Planalto, 5 minutos do centro, em meio a um bosque
Fone 054.3286.6653. E-mail: reservas@varandadasbromelias.com.br Site www.varandadasbromelias.com.br
CONSULTE AGORA MESMO

Ministra diz que Rodovia do Parque será inaugurada este ano

A BR-448, conhecida como Rodovia do Parque, é hoje a maior obra de infraestrutura rodoviária do governo federal e ela foi visitada nesta terça-feira pela ministra do Planejamento Mirian Belchior. Ela disse que inaugurará a obra este ano.

. A BR-448 terá 22,4 quilômetros de extensão e passará por Sapucaia do Sul, Esteio, Canoas e Porto Alegre.

- A ministrada participou da 11ª Reunião de Trabalho do Pleno Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES),o Conselhão, quando apresentou as novas seleções que estão abertas no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2. À tarde, ela falou com prefeitos gaúchos na sede da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs).

A Rodovia do Parque

A BR-448, a chamada Rodovia do Parque, é uma das obras mais aguardadas pela comunidade do Vale dos Sinos. Assim que liberada, a rodovia irá ajudar a engarrafada BR-116. A estimativa é que 40% do fluxo da 116 se desloque para a 448, que tem início em Esteio, por traz do Parque de Exposições Assis Brasil, e segue até a BR-290, em Porto Alegre, tendo ainda ligação com a BR-386, a Tabaí-Canoas. O custo da obra está orçado em mais de R$ 850 milhões.

Hubbner sai da Aneel

Nelson Hubbner, afastou-se nesta terça-feira do comando da Aneel.

MP recebe denúncia contra ex-prefeito de São Lourenço do Sul

A denúncia é grave e o Ministério Público não poderá ignorá-la, porque dependendo dos resultados o ex-prefeito Zé Nunes, PT, São Lourenço do Sul, RS, poderá ser enquadrado na Lei de Responsabilidade Fiscal. Zé Nunes é candidato a deputado estadual, em dobradinha com o deputado Henrique Fontana.

. A denúncia protocolada pelos vereadores Tonho Lessa, PMDB, e Lourenço Crespo, PTB, revela que no dia 27 de dezembro o presidente da Câmara de Vereadores, no apagar das luzes, convocou apenas vereadores do PT para votar um projeto de lei que nem tinha cumprido tramitação, “zerando” a dívida que o ex-prefeito deixou no Fundo de Aposentadoria.

- São Lourenço é terra do vice-governador Beto Grill, PSB. O PT venceu novamente as eleições do ano passado. Na atual legislatura, o PT perdeu a maioria na Câmara.

Ex-marido de Dilma apóias D’Ávila para o STF

Se depender do ex-deputado Carlos Araújo, o advogado gaúcho Humberto D’Ávila será ministro do STF. D’Ávila foi pedir-lhe apoio.

Aécio provoca em seminário do PSDB: "Vamos reestatizar a Petrobrás !"

* Clipping www.brasil247.com.br

PSDB inicia seminário batendo duro na gestão e nos resultados da maior estatal do País; discurso central será do presidenciável Aécio Neves, que chegou ao evento provocando os petistas: "Queremos reestatizar a Petrobras, que foi partidarizada pelo PT"; tucanos criticam queda de 47,1% no valor de mercado nos últimos dois anos; "Petrobras fez o País deixar de receber R$ 15 bilhões ao não realizar leilões de exploração de petróleo", criticou ao 247 o ex-governador Alberto Goldman

247 – Os tucanos juntaram munição pesada contra a Petrobras e abriram fogo na tarde desta terça-feira 12, em Brasília, no seminário 'Recuperar a Petrobras é o Nosso Desafio'. Tudo está reunido no que eles chamam de "Livro Negro da Petrobras", um conjunto de números que, segundo os chefes do partido, atesta a decadência da maior estatal do País. Apropriando-se do slogan da empresa, o partido ocupa o plenário 2 da ala de comissões da Câmara, desde 14h00, para fazer críticas à atual gestão da companhia. Os partidos oposicionistas DEM e PPS também estão no evento. "O PSDB resolveu chamar para si a responsabilidade de mobilizar todos os brasileiros que não querem ver um de seus maiores patrimônios destruído", registra o site da agremiação.

. O presidenciável Aécio Neves é o principal palestrante do seminário. Ele deverá atacar a queda de 36% do lucro da empresa, registrada entre 2011 e 2012. O resultado foi o pior da estatal em oito anos. O endividamento da companhia, equivalente a 2,8 vezes a sua geração de caixa, contra 0,6, em média, das concorrentes estrangeiras, deverá ser outro ponto frisado por Aécio. "Queremos reestatizar a Petrobras, que foi partidarizada pelo PT", provocou o senador ao chegar ao evento.

. "O PSDB vem alertando há tempos [para] a situação caótica da Petrobras", comentou o senador Alvaro Dias (PSDB-PR). 

CLIQUE AQUI para ler mais.

Lucro do Banrisul caiu muito mais do que lucros do Itaú, Bradesco e Santander

O mercado financeiro está assustado com os resultados apontados nos balanços dos chamados bancos médios. O Banrisul é um deles.

.O lucro líquido do banco estadual gaúcho fechou 2012 em queda de 9,5%, alcançando R$ 818,6 milhões, bem abaixo dos R$ 904,4 milhões do ano anterior.

. O ano não foi bom para os bancos, mesmo os grandes.

. No caso do Banrisul, a queda de 9,25% do seu lucro líquido foi bem maior do que a da registrada por Itaú, Unibanco, Bradesco e Santander. A queda média do lucro líquido do quarteto foi de 5,27%.

EVENTOS EMPRESARIAIS EM GRAMADO
Varanda das Bromélias, o melhor boutique hotel da Serra Gaúcha
Grupos de até 85 pessoas. Duas salas de apoio.
Rua Alarisch Schulz 158, bairro Planalto, 5 minutos do centro, em meio a um bosque
Fone 054.3286.6653. E-mail: reservas@varandadasbromelias.com.br Site www.varandadasbromelias.com.br
CONSULTE AGORA MESMO

Copelmi passou seu mega-aterro de Minas do Leão para a Revita

O mega-aterro sanitário de Minas do Leão, RS, foi vendido pelo grupo Copelmi para a Revita.

AGV batalha pela extinção dos 5% do ICMS para produtos comprados por empresas do Simples

A Associação Gaúcha do Varejo, AGV, que no dia 20 completará um ano de vida, trabalha muito junto ao governo estadual para que ele beneficie as empresas inscritas no Simples e cancele a cobrança do ICMS sobre os produtos provinientes de outros Estados.

. O RS e mais cinco Estados impõem alíquota de 5% para o ICMS e exigem o pagamento até mesmo das empresas do Simples, que possuem tratamento tributário simplificado e não poderiam pagar esta “sobretaxa”. A cobrança é feita até mesmo sobre produtos que não são fabricados no Estado.

- No caso das empresas do Simples, elas sequer conseguem creditar-se do imposto pago.

Governo gaúcho despreza PPPs e concessões, enquanto Minas, SP e Rio emplacam projetos de R$ 70 bi

Engessado por prejuízos ideológicos invencíveis, o atual governo estadual gaúcho não consegue dar um passo adiante em qualquer tipo de parceria com o setor privado e teima em manter um discurso de impossíveis investimentos estatais.

. O caso da Rodovia do Progresso não é isolado, mas é emblemático.

. PPPs e concessões não avançam.

. Enquanto isto, o governo federal privatiza rodovias, aeroportos, ferrovias e portos, ao mesmo tempo em que os governos de SP, Rio e Minas emplacam R$ 70 bilhões de investimentos em infraestrutura.

- O RS, como demonstraram reportagens publicadas no domingo e na segunda-feira pelo jornal Zero Hora, é o Estado que menos rodovias asfaltadas possui em relação ao total da malha. O RS perde até para Rondônia, Piauí e Alagoas. É o 27º no ranking.

Fortunati despreza posição da base aliada e veta projeto que parcela ITBI. Veto poderá ser derrubado na Câmara.

- Na foto ao lado, o prefeito José Fortunati. Ele vetou um projeto que seu próprio governo tinha apoiado no final do ano passado. O esforçado e competente vereador Vendrúsculo está magoadíssimo com o prefeito, porque acha que a palavra empenhada e o apoio dado deviam ser honrados, o que não aconteceu. Agora ele quer que os vereadores derrubem o veto. 

O vereador Bernardino Vendrúsculo, PSD, já começou a trabalhar pela derrubata do veto aposto pelo prefeito José Fortunati ao seu projeto que reintroduz o parcelamento do ITBI.

. A Câmara aprovou o projeto no final do ano passado, com apoio dos vereadores da base do governo.

- O parcelamento do Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (entre os vivos) já existia por iniciativa de Vendrúsculo, favoreceu faixas enormes da população que com isto regularizaram os registros dos seus imóveis e não ocasionou perda de receita para a prefeitura.

Dilma plagia projeto do PSDB (vetado por Lula) e faz campanha eleitoral antecipada no caso da Cesta Básica

* Clipping, editorial do Estadão de hoje.
Título original: A jogada da cesta básica.

Só não se diga que ela não avisou ou foi incoerente. Na última sexta-feira, apenas quatro dias depois de dizer - em um daqueles comícios disfarçados de solenidades tão a gosto de seu mentor Lula - que em tempos de campanha "podemos fazer o diabo", a presidente Dilma Rousseff se permitiu uma dupla diabrura eleitoral. Numa bem produzida fala de 11 minutos em cadeia nacional em que apareceu sobriamente trajada de cinza, no lugar do costumeiro vermelho-PT, anunciou a isenção dos impostos federais que incidem sobre os produtos da cesta básica. Plagiou, assim, com a maior naturalidade, uma proposta do PSDB, apoiada pelo DEM e o PPS, que vetara em setembro do ano passado. A oposição, por sua vez, havia aproveitado uma idêntica iniciativa petista - aparentemente desestimulada pelo Planalto -, reproduzindo-a sob a forma de uma emenda acoplada a uma medida provisória em tramitação no Congresso.

Recorde-se, em primeiro lugar, que a presidente, ao liberar o vale-tudo na conquista das urnas, retoricamente fingira preservar disso as ações de governo. Segundo a sua argumentação um tanto tortuosa, titulares de cargos eletivos, ainda quando adversários, deveriam se respeitar, "pois fomos eleitos pelo voto direto". Como se aquelas ações, sobretudo numa campanha sucessória desencadeada com extravagante antecipação por um sôfrego Lula em favor de sua pupila, já não nascessem contaminadas pela gana da reeleição ou, simplesmente, não tivessem sido concebidas em razão disso. "Nunca vi quem está no governo precipitar uma eleição", comenta o ex-presidente Fernando Henrique, "já que atrapalha a governabilidade." Atrapalharia, é o caso de atalhar, se a governabilidade importasse mais, para a dupla Lula-Dilma, do que o crasso cálculo eleitoral. Para eles tanto faz que "tudo que a presidente fizer daqui por diante será atribuído a intenções eleitorais", na observação de Fernando Henrique.

A maioria do eleitorado, decerto acreditam, não está "nem aí" para o achincalhe da governança - desde que isso a faça sentir-se beneficiada. Tampouco sabe, para ficar no exemplo da hora, que poderia estar usufruindo da bondade da cesta básica há seis meses, não fosse o veto eleitoreiro da presidente petista à emenda da oposição nesse sentido.

CLIQUE AQUI para ler tudo.


Editorial, Folha - Rombo nas contas externas bateu em US$ 58,6 bilhões em 12 meses

* Clipping Folha de S. Paulo, hoje.

Os últimos resultados das contas externas brasileiras acendem uma luz amarela. Nada que indique uma crise cambial a se avizinhar, mas já não se produz a abundância de divisas dos últimos anos.

. Depois de um longo período de estabilidade em torno de 2% do PIB, voltou a crescer o deficit na conta-corrente (que inclui tanto o resultado da balança comercial quanto o saldo de receitas e remessas de juros, lucros, royalties e outros serviços). Nos 12 meses encerrados em janeiro, o rombo atingiu 2,6% do PIB (US$ 58,6 bilhões).

. Do lado da balança comercial, que fechou 2012 com superavit de US$ 19,4 bilhões, houve deterioração rápida: saldo negativo de US$ 5,2 bilhões em janeiro e fevereiro e queda do acumulado em 12 meses para US$ 13,7 bilhões.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Alceu Moreira garante pressão sobre governadores para mudar equação na dívida com a União

Nesta quarta-feira, o deputado gaúcho Alceu Moreira fará pressão sobre os governadores que visitarão o Congresso, visando sensibilizá-los a convencer o governo Dilma Roussef sobre a necessidade de mudar o indexador das dívidas estaduais com a União.

. O grosso da pressão recairá sobre os governadores do PT, sobretudo o governador Tarso Genro, que não fala publicamente sobre o caso.

- Se conseguir mudar o indexador atual, IGP-DI mais 6% de juros ao ano, o RS economizará R$ 600 milhões por ano. A única “repactuação” feita até agora da dívida ocorreu no governo Yeda Crusius. Ela conseguiu US$ 1,2 bilhão com o Banco Mundial, pagando serviço bem inferior, e trocou o valor por parte igual da dívida com a União. Em três anos, o governo do RS economizou R$ 1,8 bilhão com a iniciativa.

EVENTOS EMPRESARIAIS EM GRAMADO
Varanda das Bromélias, o melhor boutique hotel da Serra Gaúcha
Grupos de até 85 pessoas. Duas salas de apoio.
Rua Alarisch Schulz 158, bairro Planalto, 5 minutos do centro, em meio a um bosque
Fone 054.3286.6653. E-mail: reservas@varandadasbromelias.com.br Site www.varandadasbromelias.com.br
CONSULTE AGORA MESMO

Nagelstein permanece no comando. Ele fez agrado a Mendes Filho ao viajar para Paris.

Não houve atrito algum nos atos que precederam o licenciamento do vereador Valter Nagelstein, que se afastou da presidência do PMDB de Porto Alegre para viajar a Paris.

. Na Câmara, o ato de Nagelstein foi interpretado como jogada política que o habilita a disputar novo mandato na presidência do Partido, além de pavimentar sua eleição para a presidência da Câmara, ano que vem. É que ao permitir a posse de Pablo Mendes Ribeiro, ele teria assegurado o apoio do ministro da Agriculturas, o pai, aos seus pleitos.

Neopetistas do PDT demonstraram força inesperada na disputa interna

- No ano 2000, para não votarem em Alceu Collares para prefeito e assim apoiar Tarso Genro, PT, os neopetistas da época romperam com Brizola, fizeram um racha no PDT e por pouco não destruíram o Partido no Estado. A dissidência foi bancada e estimulada pelo PT. Dez anos depois, os neopetistas antigos e novos unem-se para nova investida. Brizola morreu magoado com velhos companheiros, como Sereno Chaise, Dilma e Araújo, que lhe viraram as costas. O PDT se recuperou, voltou a ser um grande Partido no RS e por isto o PT quer destruí-lo novamente. 

Ao conseguir 84 votos dos 299 votos depositados válidos depositados na urna, o grupo liderado pelos Brizola e que tem como guru o ex-marido de Dilma, Carlos Araújo, demonstrou inesperada força política dentro do PDT.

. Os adversários, que emplacaram os 11 delegados à convenção nacional que reelegerá Carlos Lupi, esperavam que os Brizola conseguissem apenas 10% dos votos, mas eles obtiveram 30% do bolo.

. Quando estiver em jogo a refiliação de Carlos Araújo, o resultado poderá ser bem pior para o grupo liderado pelo presidente Romildo Bolzan e Vieira da Cunha.

- Na reunião do diretório, segunda-feira a noite, os adversários de Vieira da Cunha e de Carlos Lupi eram todos alinhados com os governos do PT (Dilma e Tarso), com os quais estão comprometidos. O PT estimula nova dissidência dentro do PDT. No ano 2000, Carlos Araújo, sua mulher na ocasião, Dilma Roussef, e o ex-prefeito Sereno Chaise, saíram ruidosamente do Partido, rompidos com Brizola. Foram todos para o PT, menos Araújo, que ficou sem Partido. O caso abalou o PDT no RS. 

Fortunati está do lado de Vieira da Cunha e de Carlos Lupi

Embora prefira apresentar-se na posição de pacificador, o prefeito José Fortunati tem jogado pesado ao lado de Vieira da Cunha e do presidente do PDT, Romildo Bolzan Júnior.

Sai linchamento gay de Serra, Haddad e Mercadante. Todos recebem Troféu Pau de Sebo.

* Clipping www.veja.com.br, by Reinaldo Azevedo.

Ontem, li nos sites dos grandes portais que o Grupo Gay da Bahia, chefiado por Luiz Mott, resolveu conferir o troféu, atenção para o nome!, “Pau de Sebo” para o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, para o ex-governador José Serra e para o ministro da Educação Aloizio Mercadante. Eles foram considerados “inimigos dos homossexuais” porque teriam se oposto ao chamado kit gay nas escolas. É uma vigarice intelectual, uma trapaça, uma safadeza — ou os gays estariam imunes a esses males? Nenhum dos três, é evidente, é “inimigo dos homossexuais”. Haddad e Mercadante podem ter muitos defeitos — este, que se saiba, não! Incluir Serra na lista, então, evidencia mais uma vez o rigor intelectual com que opera o tal Mott, professor de antropologia da Universidade Federal da Bahia. Em outras circunstâncias, ele já teve a chance de demonstrar que, como intelectual, é um excelente candidato a animador de auditório… É uma vergonha!

Haddad, longe de ser “inimigo dos homossexuais”, poder ser considerado até mais do que um “amigo”: é um verdadeiro “gayzista”. Foi na sua gestão que se criaram os famigerados kits gays para ser distribuídos nas escolas — a crianças do Ensino Fundamental também. Entre as pérolas que lá estavam, vocês devem se lembrar, havia um filminho que declarava a superioridade da bissexualidade sobre a heterossexualidade porque a pessoa aumentaria em 50% a chance de ter com quem sair no fim de semana.

(...)

O troféu conferido a Serra evidencia a cegueira dessa militância. O ex-ministro da Saúde merecia ser considerado, isto sim, quase um herói — não exatamente da causa gay, mas, se me permitem, de uma causa humanista de especial interesse para os gays. Quando o mundo praticamente não olhava para o problema, ele foi à luta, enfrentou resistências internas, a indústria farmacêutica, uma série de preconceitos e quebrou a patente de remédios que compõem o chamado “coquetel anti-AIDS”. Estruturou aquele que foi considerado pela ONU o maior e mais eficaz programa de prevenção e combate à doença. Milhares de gays — e também de héteros e de hemofílicos — se salvaram em razão desse programa, que, de outro modo, não teria essa extensão. Quando governador de São Paulo, Serra criou o Ambulatório de Saúde Integral para Travestis e Transexuais, um grupo que tem particularidade e que requer tratamento específico.
Por que ele seria, então, “inimigo dos homossexuais”? Ah, porque ele se opôs ao kit gay!  Aí se evidencia a essência totalitária disso que chamo “sindicalismo gay”.

(...)

- É evidente que essa é a versão, digamos, “de família”. Não é preciso ser muito sagaz para desconfiar que, para a plateia de Mott, a graça do “pau” e do “sebo” do título está na ambiguidade… Asqueroso! Reitero: se Serra jamais tivesse movido uma palha em favor da quebra de patentes e da distribuição do coquetel; se jamais tivesse criado qualquer centro de referência de tratamento de homossexuais, se jamais tivesse salvado uma vida, mas se dissesse favorável ao kit, então ele ganharia um “Triângulo Rosa”, que é o troféu que o grupo confere aos “amigos dos gays”.

CLIQUE AQUI para ler a íntegra do artigo.

Prefeito de Lajeado ordena que lixo da cidade seja armazenado nos próprios caminhões. Empresa estaciona a frota diante do Fórum.

- A foto ao lado é do jornal Informativo do Vale, edição de hoje. O jornal é de Lajeado.

* Clipping blog VideVersus

O prefeito de Lajeado (RS), o petista Luiz Fernando Schmidt, conseguiu produzir algumas proezas nesta segunda-feira que serão difíceis de igualar, e poderiam colocar a cidade no anedotário nacional, como uma reedição de Sucupira. Ele simplesmente instalou o estado de calamidade na sua cidade, ao determinar o fechamento do aterro sanitário municipal, proibindo a entrada do lixo coletado pelos caminhões da Urbanizadora Lenan. O "Odorico Paraguassu" de Lajeado obrigou que metade do lixo da cidade, coletado pelos caminhões da Urbanizadora Lenan, ficasse dentro dos caminhões. O diretor da empresa não encontrou outra solução senão mandar que os caminhões estacionassem na frente do fórum da cidade, à espera de que a Justiça local decida processo ajuizado na semana passada. Mas, a Justiça, até agora, parece insensível ao clima de efetiva calamidade instalada na cidade. Como os caminhões não puderam descarregar o lixo no aterro municipal, a metade do lixo produzido na cidade ficou nas ruas, sem coleta. Durante o dia, o "Odorico Paraguassu" de Lajeado, o prefeito petista Luiz Fernando Schmidt, mandou publicar ato - “Extrato de Dispensa de Licitação” -  anunciando formalmente a contratação W. K Borges e Cia Ltda, que é dos mesmos donos da Mecanicapina, e que também está sendo processa por improbidade administrativa na 2ª Vara da Fazenda Pública, no Foro Central de Porto Alegre.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Senador denuncia: "O Sistema S (Sebrae, Senai, Senac, Senar) é uma caixa preta"

O senador Ataídes de Oliveira (PSDB-TO) acusou o Sistema S (Sesc, Senac, Senai, Sesi, Senar, Sebrae...) de não ter transparência o suficiente. Oliveira chegou a publicar um livro, intitulado de “A caixa preta do Sistema S”, para divulgar os resultados de auditoria realizada a seu pedido pelos órgãos de fiscalização. Para ele, o sistema comete pelo menos dois crimes: falta de publicidade e arrecadação direta de empresários, sem passar pela Receita Federal. O senador destacou que, só o Sesi e o Senai, arrecadaram em 2012 R$ 1,3 bilhão e R$ 1,7 bilhão, respectivamente . Porém, o valor não foi informado a Receita Federal. “Não restou dúvida de que o chamado Sistema S é uma verdadeira caixa preta, que não respeita em nada o artigo 37 da Constituição Federal, que trata dos princípios básicos da coisa pública: impessoalidade, moralidade, eficiência, publicidade e legalidade. Nada disso vem sendo cumprido pelos entes ligados ao sistema S”, denunciou."

* Clipping coluna Claudio Humberto.

Presidente da Venezuela ataca opositor Capriles: "Ele é gay; um maricão. Eu, sim, tenho mulher".

- A foto ao lado é de Henrique Capriles. Ele ficou amuado com a denúncia do presidente e reclamou respeito pela "diversidade sexual". 

Eleição que definirá o sucessor de Hugo Chávez parte para ataques pessoais entre o presidente interino, Nicolás Maduro, e o opositor, Henrique Capriles; "Eu, sim, tenho mulher, escutaram? Eu gosto de mulheres", provocou Maduro nesta segunda-feira; adversário chamou as palavras de "declarações homofóbicas"

247 – A disputa presidencial na Venezuela, que definirá o sucessor de Hugo Chávez, morto na terça-feira 5, vem mostrando contundentes ataques pessoais. Durante discurso nesta segunda-feira, a uma multidão que acompanhou a inscrição de sua candidatura, o presidente interino Nicolás Maduro insinuou que seu opositor, Henrique Capriles, fosse gay. "Eu, sim, tenho mulher, escutaram? Eu gosto de mulheres", provocou Maduro, visto como favorito nas eleições.
Em seguida à declaração, Maduro beijou sua mulher, Cília Flores, que se afastou do governo chavista para ajudar na campanha do marido. Capriles, que tem 40 anos e é solteiro, rebateu à noite os ataques do presidente interino: "Quero enviar uma palavra de rechaço às declarações homofóbicas de Maduro. Não é a primeira vez. Creio numa sociedade sem exclusão, na qual ninguém se sinta excluído por sua forma de pensar, seu credo, sua orientação sexual".
Em 2012, Nicolás Maduro foi mais direto em suas provocações, chamando Capriles de "maricón", uma versão pejorativa da palavra gay.

* Clipping www.brasil247.com.br

EVENTOS EMPRESARIAIS EM GRAMADO
Varanda das Bromélias, o melhor boutique hotel da Serra Gaúcha
Grupos de até 85 pessoas. Duas salas de apoio.
Rua Alarisch Schulz 158, bairro Planalto, 5 minutos do centro, em meio a um bosque
Fone 054.3286.6653. E-mail: reservas@varandadasbromelias.com.br Site www.varandadasbromelias.com.br
CONSULTE AGORA MESMO

Silêncio dos inocentes - Pont e Pretto denunciam juízes como sem-vergonhas e corruptos. E os juízes calam.

A audácia anti-democrática dos deputados Raul Pont e Edegar Pretto nas denúncias que fizeram contra os juízes do TRE (“Um bando de sem vergonhas”, segundo Pont) e do Tribunal Regional Federal (“Estão todos no bolso das concessionárias”, segundo Edegar Pretto) só não é mais eloquente do que o silêncio dos membros das duas das mais importantes Cortes de Justiça do RS. O mais surpreendente é também o silêncio de entidades como Ajuris e OAB, sempre dispostas a exigir explicações até mesmo de empresas de telecomunicações que não garantem sinais civilizados. A Assembléia Legislativa, sempre omissa quando se trata de defender suas próprias prerrogativas, nem pensou em movimentar sua lerda Comissão de Ética para enquadrar os dois deputados. Os dois deputados neotrotskistas, líderes do Partido do governador,  já avisaram inúmeras vezes que não possuem compromissos com a democracia e com a economia de mercado, que ambos querem suprimir. Como se sabe, o estado democrático de direito e a economia de mercado são regime e sistema protegidos por dispositivos constitucionais, o que certamente não é a mesma posição dos magistrados, da OAB, da Ajuris e da maioria da Assembléia do RS. 

. Recupere o que disseram os dois deputados, membros do Partido do Mensalão e cujos líderes nacionais, os ex-presidentes Zé Dirceu e José Genoíno, são criminosos condenados por desviar dinheiro público e tungar dinheiro privado, no intuito de desmoralizar as instituições republicanas e corromper eleitores e parlamentares com o objetivo de perpetuar o PT no Poder:

Deputado Raul Pont, presidente do PT
– Nós não controlamos esse bando de sem-vergonha que compõe o Tribunal Eleitoral.  
. A gravação da denúncia do deputado foi disponibilizada na mídia no dia 24 de agosto do ano passado. Raul Pont falou durante ato em Sapiranga. quando o PT substituiu o candidato a prefeito, Egon Kirchhiem, impugnado pelo TRE. Egon foi punido porque foi incluído na Lei da Ficha Limpa. 
CLIQUE AQUI para ver e ouvir a gravação

Deputado Edegar Pretto, PT
- O Tribunal Regional Federal da 4ª. Região (Porto Alegre) está no bolso das concessionárias.
. A denúncia de que os juízes federais do TRF são todos corruptos foi feita pelo deputado na semana passada, dia 6 de março, no auditório da Ulbra, Carazinho, quando ele participou de ato público com a presença do governador Tarso Genro, para protestar contra a decisão do TRF de reconhecer contratos de concessões rodoviárias assinados pelo governo do Estado.

Falco, ex-Oi, assume a presidência da CVC

Dois anos após deixar a presidência da Oi, Luiz Eduardo Falco está de volta ao comando de uma grande empresa brasileira: o fundo americano Carlyle anunciou ontem que ele foi escolhido para comandar a operadora de turismo CVC. Falco, que tem uma longa passagem pela TAM no currículo, vê uma clara oportunidade de abrir o capital da companhia em bolsa: "O consumo está crescendo no País, e hoje o brasileiro não tem a chance de investir no turismo."

. No RS, a CVC detém o controle de vários hotéis. O mais reluzente deles é o Serrano, de Gramado. 

Insegurança pública gaúcha cobra nova vítima, desta vez uma jovem assaltada de apenas 22 anos

A foto ao lado é de Luana, a jovem de 22 anos, vítima de bandidos celerados e da omissão de um governo que não faz no RS.

Esta reportagem a seguir de Zero Hora, demonstra de que modo recorrente acontecem assaltos, roubos e assassinatos em Porto Alegre, sem que ninguém esteja seguro em qualquer lugar da Capital. É o fracasso do setor de insegurança pública do governo do PT. Enquanto o governo troteia pelo interior em campanha eleitoral antecipada, produzindo factóides sobre estradas que não manterá e nem ampliará, as pessoas morrem assaltadas, roubadas e assassinadas em Porto Alegre. Não existe mais nenhum local seguro na Capital, a não ser no carro blindado e superescoltado do governador. Leia a nota de Zero Hora:

Uma jovem morreu e o namorado ficou ferido após serem vítimas de uma tentativa de assalto no bairro Partenon, em Porto Alegre. O ataque aconteceu por volta das 21h desta segunda-feira na Rua São Luiz.
 Lauane Custódio Lucas, 22 anos, e Bruno Crixel Zimpel, 27 anos, voltavam da academia quando foram surpreendidos por pelo menos três pessoas em frente ao prédio onde morava a garota. O casal havia saído do carro, um Rénault Mégane prata, e estava entrando no prédio quando foi abordado.

 . Aos gritos, os bandidos pediram a chave do veículo que, segundo informações iniciais da Polícia Civil, teria sido jogada em direção aos assaltantes. Mesmo assim, um tiro foi disparado. O projétil de pistola acertou e atravessou o ombro de Bruno, atingindo Lauane na altura do pescoço.

Artigo, Benjamin Steinbruch - Elevar juros é andar na contramão

* Clipping Folha, terça-feira.
O autor é presidente da Cia. Siderúrgica Nacional

Começo este artigo citando dois amigos eminentes professores de economia. O primeiro é o ex-ministro Antonio Delfim Netto. Em artigo sobre as precárias condições em que se encontra o que, segundo ele, imaginava-se ser a "ciência monetária", Delfim conclui com a seguinte observação: "Diante de tanta confusão 'científica', é preciso recomendar humildade aos nossos sacerdotes adoradores da religião do 'tripé', que supõem não existir vida fora da manipulação da taxa Selic". O segundo é o professor Luiz Gonzaga de Mello Belluzzo, que disse o seguinte: "Se você olhar a composição da inflação dos serviços, vai notar que é muito mais alta, na média dos dois anos, do que nos outros setores. Começou a subir a remuneração daqueles que prestam serviços pessoais. Isso denota mudança também nos preços relativos. Às vezes os economistas confundem mudança de preços relativos com inflação". As duas observações olham para o mesmo horizonte, aquele que vislumbra um possível aumento dos juros básicos pelo BC em abril, para supostamente combater a inflação --na reunião da semana passada, a taxa foi mantida em 7,25%. As previsões de aumento da taxa, como sempre, estão em pesquisas feitas com os próprios interessados nessa elevação. Há uma forte pressão das forças do mercado financeiro para arrancar do BC pelo menos uma elevação mínima, de 0,25 ponto percentual na taxa Selic. Antes de mais nada, renovo minhas convicções anti-inflacionárias

Miriam Leitão avisa que ministro Mantega virou administrador de preços

- Ao lado, charge de Miriam Leitão, disponibilizada na Web pelo Google.

* Clipping O Globo, by Miriam Leitão

A inflação deve estourar o teto da meta nos próximos meses e foi isso que motivou a desoneração da cesta básica. O governo tenta dar um alívio nos preços para evitar a alta dos juros. A inflação dos alimentos está em dois dígitos. Os preços sobem, apesar do PIB estagnado. Mesmo sem a desoneração, a expectativa é de que os alimentos desacelerem ao longo do ano.

Ontem, o Boletim Focus do Banco Central, que coleta previsões de uma centena de instituições financeiras, mostrou aumento na previsão de inflação para o ano, de 5,70% para 5,82%. É reflexo do IPCA de fevereiro, que veio acima do esperado. Mesmo sendo um mês beneficiado pela redução do preço da energia, e com atrasos nos reajustes das tarifas de ônibus, a taxa ficou em 0,60% e levou o acumulado em 12 meses para 6,31%.Na semana que vem, as projeções devem cair, incorporando a desoneração da cesta básica, anunciada na sexta-feira à noite, com o mercado já fechado. O ministro da Fazenda teve reuniões com empresários do setor, ontem, para cobrar o repasse. Voltamos ao tempo em que a agenda do ministro é administrar preços.

Para um PIB que cresceu 0,9% em 2012, a inflação tem surpreendido demais, para cima. A taxa tem rodado na parte superior da banda com episódios de estouro do teto. Em setembro de 2011, bateu em 7,31%. Agora, está próximo do limite de 6,5%.

Para um país que tem uma carga tributária altíssima, desonerações são sempre bem-vindas, principalmente em alimentos. Mas, segundo o consultor Alexandre Schwartsman, ex-diretor do Banco Central, queda de imposto, em geral, tem efeito temporário na luta contra os preços. Eles caem num primeiro momento, mas logo voltam a subir com a pressão da demanda.
- Inflação é aumento de preço persistente e disseminado.

CLIQUE AQUI para ler mais.


EVENTOS EMPRESARIAIS EM GRAMADO
Varanda das Bromélias, o melhor boutique hotel da Serra Gaúcha
Grupos de até 85 pessoas. Duas salas de apoio.
Rua Alarisch Schulz 158, bairro Planalto, 5 minutos do centro, em meio a um bosque
Fone 054.3286.6653. E-mail: reservas@varandadasbromelias.com.br Site www.varandadasbromelias.com.br
CONSULTE AGORA MESMO