Vice liga para cumprimentar Dilma pela eleição. Obama alegou que estava muito ocupado para telefonar.

O psidente Barak Obama não ligou para Dilma. Ele alegou que estava muito ocupado.

Vice-presidente americano Joe Biden telefonou, nesta quinta (6), para a presidente Dilma Rousseff para cumprimentá-la pela vitória nas urnas em 26 de outubro e sugeriu que a petista faça visita de Estado ao país. Em nota, a Presidência informou que Dilma disse a Biden considerar que o momento é “extremamente oportuno” para planejar a ida dela aos EUA e classificou as relações com o país norte-americano como “muito importantes” para o Brasil. 

Folha demite Eliane Cantanhêde

A colunista Eliane Cantanhêde foi demitida hoje da Folha de S. Paulo. Ela é uma das profissionais mais independentes do jornal.

. A Folha demitiu 25 profissionais nos últimos 30 dias.

Entrevista, Décio Itiberê - TSE valida votos de Janta. Com isto, assume Zé Otávio, PP, e sai Marroni, PT

José Otávio garante sua vaga. Sai Marroni, PT.



ENTREVISTA
Décio Itiberê, advogado do deputado José Otávio Germano e do PP do RS

O TSE convalidou os 45.540 votos de Claudio Janta, SDD, e com isto o deputado José Otávio Germano, membro da mesma coligação de Janta, sairá da suplência ?
A decisão saiu agora no pleno do TSE, com relatório a meu favor do ministro Luiz Fux e presidência de Dias Toffoli.

Se Zé Otávio entra, quem sai ?
Pelos cálculos dos quocientes eleitorais de cada coligação, a do PP soma mais do que o PT e portanto sai Fernando Marroni.

Qual era o problema ?
A diplomação de Janta foi impugnada no RS porque ele era acusado de dívida eleitoral. Provei com certidão do próprio TRE que isto não procedia.

Lembro que no início deste caso o senhor foi contratado por Claudio Janta. O que houve ?
Não quero falar sobre isto.

Então quer dizer que Yeda Crusius, PSDB, segunda suplente, agora é primeira suplente ?
Isto mesmo.

Foi dura a luta ?
O que prosperou foram os embargos de declaração com efeitos infringentes. Não tinha escapatória.

Aécio desmente acordo com o PT. Ele diz que quer "ir fundo nas investigações sobre o Petrolão".

Nesta quinta de manhã, jornalistas geralmente alinhados com o PT e o governo, como Josias Souza, além de boa parte da mídia chapa branca, informaram que PSDB e PT tinham feito acordo para melar a CPMI da Petrobrás.

. Aécio Neves diz que é tudo mentira.

. O presidente do PSDB federal, o senador Aécio Neves divulgou uma nota para informar que o partido “não pactua” com acordos celebrados com o objetivo de inibir investigações na CPI mista da Petrobras. Na véspera, conforme já comentado aqui, tucanos e petistas acertaram-se a portas fechadas para excluir da pauta da comissão requerimentos de convocação de personagens que as duas legendas preferem não inquirir.
A nota de Aécio tem dois parágrafos. Num, lê-se o seguinte: “O PSDB não pactua com qualquer tipo de acordo que impeça o avanço das investigações da CPMI da Petrobras.”

Noutro, está escrito: “Lutamos pela instalação da CPMI. Temos de ir a fundo na apuração do chamado 'petrolão' e na responsabilização de todos que cometeram eventuais crimes, independentemente da filiação partidária. Essa é a posição inarredável do PSDB.”

Dólar sobe pelo 5º dia seguido e passa de R$ 2,56, maior valor desde 2005

O dólar comercial fechou em alta pelo quinto dia seguido nesta quinta-feira, com avanço de 1,82%, a R$ 2,561 na venda. É o maior valor de fechamento desde abril de 2005.

Nas últimas cinco sessões, o dólar acumulou alta de 6,35%.

A indefinição sobre as próximas medidas econômicas que serão tomadas pela presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) tem feito com que os investidores busquem  mais dólares. Com o aumento da procura, o preço da moeda tende a subir.

Indefinição no cenário político

"O fator local é de indefinições e, quando você não sabe o que vem pela frente, você corre para o dólar", disse o especialista em câmbio da corretora Icap, Italo Abucater, à agência de notícias Reuters.

ONU acusa Venezuela de prender adversários e torturar presos políticos

CLIQUE AQUI para ler toda a reportagem de Veja e examinar videos. 

Membros do Comitê de Direitos Humanos questionaram os representantes venezuelanos apontando fatos e números que comprovam as torturas no país

Jose Ribas, estudante de Caracas que foi linchado por Colectivos dentro da universidade - 08/04/2014 - Luiz Maximiano/VEJA

O Comitê contra a Tortura da Organização das Nações Unidas (ONU) acusou a Venezuela nesta quinta-feira de ser responsável pela tortura, maus-tratos e humilhações em mais de 3.000 presos detidos após a onda de protestos do início do ano. A equipe da ONU apontou diversos fatos e citou números alarmantes sobre os muitos casos de abuso e a ineficácia do sistema judiciário venezuelano. Pela primeira vez em doze anos, a Venezuela compareceu ao Comitê, que entre hoje e sexta-feira analisará se o país cumpre com os acordos da Convenção contra a tortura e outros tratos ou penas cruéis, desumanos ou degradantes. Para a ONU, a Venezuela atua como se vivesse "em um estado de exceção".

. A Venezuela enfrentou uma onda de protestos a partir de fevereiro devido à inflação, à falta de emprego e de produtos básicos – como papel higiênico, açúcar, farinha ou leite – e à altíssima violência que provoca em média 65 mortes por dia no país. Os protestos começaram com manifestações estudantis e depois ganharam o apoio da oposição e de outros setores da sociedade. Os confrontos entre manifestantes e forças de segurança resultaram em 43 mortos, mais de 400 feridos e mais de 3.000 detidos.

Clique a seguir para ver e ouvir o editor analisar a errática política externa brasileira, comandada pelo manjado - para os gaúchos - Marco Aurélio Top Top Garcia. O título do comenrário é: Nunca antes na diplomacia. Um livroo imperdível sobre os erráticos anos do PT.

Banco do Brasil nega saída do presidente Bendine

O Banco do Brasil negou a notícia de que seu presidente, Aldemir Bendine, teria pedido ao ministro da Fazenda, Guido Mantega, para deixar o cargo. Segundo a instituição, a informação é um "boato".
"O Banco do Brasil informa que eventuais nomeações e demissões de presidentes ocorrem conforme determina o estatuto social da organização. Nesse sentido, o BB nega especulações sobre 'entrega de cargo', e lamenta a publicação de boatos."

De acordo com a agência de notícias Estadão Conteúdo, um mês antes das eleições, Bendine teria informado ao ministro que, num eventual segundo mandato da presidente Dilma Rousseff, ele não iria continuar no cargo.

Mantega teria pedido a Bendine que aguardasse no cargo até a escolha do seu sucessor.

Famurs, decepcionada,diz que renegociação da dívida não tem efeito nenhum a curto prazo

O presidente da Famurs e prefeito de Tapejara, Seger Menegaz, manifestou decepção com a proposta de renegociação da dívida pública do Rio Grande do Sul, aprovada pelo Congresso Nacional, nesta quarta-feira.

O que ele mandou dizer ao editor:

. O acordo não tem nenhum efeito a curto prazo. Não muda nada para os municípios. A proposta da entidade era de redução do percentual do orçamento destinado ao pagamento do déficit. Por esse caminho, sobraria mais dinheiro para investimentos no Estado. O mais importante, que era diminuir o valor das parcelas, não foi contemplado na negociação. Atualmente, o governo é obrigado a destinar 13% do orçamento para o pagamento do déficit. O percentual corresponde a três vezes o montante que o Estado investe em obras e melhorias.

Por unanimidade, o Senado Federal aprovou o projeto de lei que altera as dívidas de Estados e municípios com a União. Pela proposta, os juros passam a ser de 4% ao ano mais a Taxa Selic ou o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que são a base para o cálculo da inflação no país. O antigo indexador era formado pelo Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI), que orienta os preços da economia interna, mais uma taxa de juros de 6% a 9% ao ano.

Entenda a dívida do RS
Em 1998, o Rio Grande de Sul e outros Estados e municípios assinaram um acordo com a União para pegar empréstimo e resolver problemas financeiros. Desde então, o governo estadual destina 13% de sua receita líquida para o pagamento dessa dívida de R$ 9,8 bilhões. Nesses 15 anos, o Rio Grande do Sul já pagou quase R$ 17 bilhões, mas o passivo inicial acumulou juros de 269%, tornando o déficit impagável. Atualmente, a dívida ultrapassa os R$ 45 bilhões.

Farra de CCs na Procempa escandaliza Câmara de Vereadores de Porto Alegre

A farra de CC's na Procempa, empresa estatal municipal de Porto Alegre da área de TI, bate todos os demais setores da administração pública. É a empresa que tem a maior proporção (18% de CC's) em relação a totalidade de funcionários do quadro.

. Os salários dos CC's da Procempa variam de R$ 5 mil (o mais baixo) a R$ 23 mil, que são percebidos pelos gerentes (6) de departamentos e chefetes. O gasto anual da Tesouro Municipal, com os CCs da empresa de TI é de R$ 12 milhões anuais. 

. Agora quem administra a casa é o PT. 

. O prefeito José Fortunati sabe de tudo e para dar a impressão de que atua na área enviou na semana passada um projeto à Câmara de Vereadores determinando a extinção de três cargos de gerências.

. A proposta é para inglês ver, pois os três cargos estão vagos a mais de dois anos.

- Os gastos e a farra de CC's foram denunciados à Câmara de Vereadores pelo Sindicato dos Funcionários da empresa e teve a aquiescência da bancada do PMDB (Idenir Cecchim e Lourdes Sprenger), que consideram os gastos excessivos. Nenhum outro vereador se manifestou para defender o prefeito.

Desordem, caos e inversão de mando no sistema de segurança pública sob o governo do PT do RS

O violento aumento do número de assassinatos este ano no RS demonstra a completa falência do sistema de segurança pública do Estado.

. Isto inclui o caótico sistema prisional. 

. As duas informações a seguir são de hoje e amplificam a desordem do sistema de segurança pública sob governo do PT

O repouso do bandido - A foto ao lado foi  compartilhada no Facebook pelo juiz Sidinei Brzuska, da Vara de Execuções Criminais de Porto Alegre. Trata-se de um condenado no regime aberto, mas beneficiado com prisão domiciliar. A imagem foi recuperada em aparelho de telefone celular, apreendido em estabelecimento do regime fechado.

O bandido mais perigoso comanda assaltos desde a penitenciária de segurança máxima - A reportagem a seguir é de Cid Martins, Rádio Gaúcha:

Após uma investigação de 11 meses, a Polícia Civil faz uma operação na manhã desta quinta-feira para desarticular quadrilha liderada pelo criminoso mais procurado do Estado na década passada, que atacou diversos carros-forte e a sede de uma empresa de transporte de valores.

José Carlos dos Santos, o Seco, comandava de dentro da Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc) uma das mais perigosas quadrilhas de roubos de veículos e tráfico de drogas do Rio Grande do Sul.

A operação cumpre 24 mandados de prisão e 29 de busca em 17 cidades da Região Metropolitana, Vale do Sinos, Vale do Caí e Santa Maria. No entanto, das 24 prisões que estão sendo efetuadas, seis são de presos que auxiliam Seco no esquema de furto, roubo e clonagem de carros e caminhões nestas localidades, para depois enviar até Santa Catarina (principalmente Florianópolis), Paraná (basicamente Foz do Iguaçu) e Paraguai. Até o momento, 16 pessoas foram presas. Entre elas está a companheira de Seco.
Além da Pasc, outros presídios onde havia detentos atuando com o Seco eram o Central e a Penitenciária Estadual do Jacuí (PEJ). Somente este ano, o grupo teria roubado 200 veículos.

Ministério pedirá demissão coletiva no dia 18. Objetivo é liberar Dilma para novas escolhas.

Ministérios teriam sido orientados a disponibilizar pastas até o dia 18 de novembro para deixar a presidente Dilma Rousseff à vontade para a reforma do segundo mandato

Rosseto vai discutir escândalo do Pronaf na Câmara

O ministro Miguel Rosseto, MDA, prometeu comparecer na quarta-feira à audiência pública da Comissão de Agricultura da Câmara que discutirá o Escândalo do Pronaf.

. Empréstimos fraudulentos tomados em nome de 6.300 pequenos agricultores do Vale do Rio Pardo no BB, com dinheiro do Pronaf, envolvem políticos e dirigentes de entidades, todos ligados ao PT. O caso é investigado pelo MPF e PF.

Crédito fácil pasra loira amiga derrubou o presidente do Banco do Brasil

Presidente do Banco do Brasil entrega cargo após denúncias. Bendine teria facilitado crédito para a socialite Val Marchiori (foto ao lado), por quem se deixou encantar. O governo Dilma faz água por todo lado. Esta é a segunda queda de alto dignitário da nomenklatura do Planalto. 

Desgastado por denúncias de favorecimento a uma amiga em empréstimos concedidos pelo Banco do Brasil (BB) e BNDES, o presidente do BB, Aldemir Bendine, entregou o cargo ao ministro da Fazenda, Guido Mantega. Mas a saída dele só será anunciada oficialmente depois da nomeação do novo ministro da Fazenda. O secretário executivo da pasta, Paulo Rogério Caffarelli, deve ser convidado a assumir o comando do BB, de onde é funcionário de carreira. Entre assessores palacianos, Cafarelli é visto como o substituto natural de Bendini.

Bendine foi alvo de denúncias recentes, como o financiamento concedido pelo BB à socialite Val Marchiori em condições favorecidas e o relato de seu ex-motorista, ao Ministério Público Federal, confessando que fez diversos pagamentos em dinheiro vivo a mando do chefe. Com as denúncias, Bendine ficou desgastado demais para fazer o seu sucessor.

. Os empréstimos somaram R$ 2,7 milhões. 

Produção automobilística caiu 7,1% em outubro (sobre setembro, cresceu 3,6%). Viés é de melhora.

A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, Anfavea, informou esta tarde ao editor todos os resultados da indústria automobilística em outubro. Os dados mostram que o licenciamento no mês apresentou ligeiro crescimento e a produção pequena baixa com relação ao mês anterior. No último mês 306,9 mil unidades foram comercializadas, o que representa crescimento de 3,6% frente as 296,3 mil de setembro. Já no comparativo com outubro do ano passado, as vendas foram inferiores em 7,1% com 330,2 mil veículos naquele mês. No acumulado a queda foi de 8,9% com 2,83 milhões de unidades este ano e 3,11 milhões em 2013.

. Luiz Moan Yabiku Junior, presidente da Anfavea, acredita que os resultados deste mês reforçam o viés de retomada de crescimento no segundo semestre deste ano:

- O desempenho de julho a outubro comprova que teremos um segundo semestre melhor que o primeiro. Ainda há alguma imprevisibilidade, mas no sentido positivo, quanto aos próximos dois meses por razões como a oferta de crédito, sazonalidade, elevação do IPI e motivação gerada pelo Salão do Automóvel. Mas o fato é que o viés é de otimismo.

A produção acompanhou o resultado do licenciamento em outubro: este foi o segundo melhor mês do ano com 293,3 mil veículos, o que significa baixa de 2,5% no comparativo com setembro quando a indústria automobilística registrou o recorde do ano ao produzir 300,8 mil unidades.

. Na análise com outubro do ano passado a produção encolheu 9% – foram 322,5 mil unidades naquele período. Na soma dos dez meses já transcorridos neste ano, a produção mostrou declínio de 16% quando confrontadas as 2,68 milhões de unidades deste ano com as 3,19 milhões de 2013.

Amadeu Weinmann lançará esta noite "Os Pica-Paus e os Chimangos" na Feira do Livro

Esta noite, 19h, no Pavilhão dos Autógrafos, o advogado Amadeu Weinmann lançará seu livro “Os Pica-Paus e os Chimangos”. Será na Feira do Livro, Porto Alegre. 

Análise, Mansueto Almeida - O PLC 99/2003 (frenegociação da dívida dos Estados) e a Reforma Tributária

Neste artigo publicado no dia 5, Mansueto Almeida analisa o projeto do governo que refinanciou as dívidas dos municípios e Estados, avisando que a proposta deveria ter servido de moda de troca para implementar a reforma tributásria.

. Leia:

O governo comete um grande erro hoje com a votação e aprovação do Projeto de Lei da Câmara No 99 de 2013 que modifica a Lei de Responsabilidade Fiscal e refinancia a divida dos estados e municípios. Quero aqui fazer aqui três comentários.
Primeiro, a renegociação da divida dos estados e municípios seria inevitável porque com um crescimento tão baixo e dado o forte crescimento da divida dos estados nos últimos dois anos, eles terão problema de pagar a divida nova e a antiga em dois anos. Assim, já se esperava que em algum momento houvesse uma renegociação da divida dos estados e municípios.

No entanto, um governo comprometido com a proposta de uma reforma tributária deveria utilizar a possibilidade de renegociação da dívida com moeda de troca de um projeto de reforma tributária para reduzir a complexidade do nosso sistema tributário e adoção de um imposto dobre Valor Adicionado. Ou seja, a renegociação das dividas dos entes subnacionais deveria ser a moeda de troca da reforma tributária.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

Balancete do 3o trimestre do Banrisul será divulgado dia 12

O Banrisul já avisou ao mercado que divulgará dia 12 o balancete do seu terceiro trimestre.

Campanha milionária da mulher do prefeito Fortunati recebeu valores de empreiteiros, fornecedores e amigos da prefeitura de Porto Alegre. Conheça a lista.

A lista dos 10 maiores doadores da campanha da mulher do prefeito José Fortunati, Regina Becker, que se elegeu com surpreendentes 47 mil votos para deputada estadual, gastando o total de R$ 1,4 milhão (Regina foi a candidata que mais gastou nestas eleições para a Assembléia), inclui pelo menos 9 empreiteiras que constroem, fornecem ou possuem interesse de algum tipo na prefeitura de Porto Alegre.

. O maior doador foi Alexandre Grendene, que desembolsou R$ 350 mil, um valor bastante elevado para os padrões do RS.

. Qual o interesse de Bartele ? Ele não é fornecedor e nem empreiteiro, mas o editor apurou e constatou que o dono da Grendene tem interesse em bancar o Hospital Veterinário, menina dos olhos de Regina, que levaria o nome da filha dele, Victória.

. Logo em seguida estão as empreiteiras que construíram ou constroem as elevadas da Bento (ela levou R$ 41 milhões este ano) e da Rodoviária (R$ 6 milhões em 2014).

. Além das duas empreiteiras, a lista do Top 10 inclui até Queiroz Galvão e CR Almeida, comprometidas até a medula no caso do Petrolão.

. A lista dos demais doadores inclui outros empreendedores da construção civil, inclusive a Multiplan, dona do BarraShoppingSul, que doou miseráveis R$ 20 mil, apesar dos interesses bilionários que possui no bairro Cristal e que dependem de aprovação da prefeitura. 

. Clique na imagem abaixo para ver a lista com valores e quem são os doadores:


Consumidor continua resistindo em comprar a prazo

Apesar da melhora no último mês, acumulado das consultas para vendas a prazo registra queda de 0,80%, mostra indicador do Serviço de Proteção ao Crédito

As consultas para vendas a prazo, que sinalizam o ritmo de atividade no comércio, voltaram a crescer levemente no mês de outubro. Embora a alta verificada seja de apenas 0,07% na comparação com outubro de 2013, houve uma melhora em relação a setembro, quando a queda havia sido de 0,10%. Os dados são do Indicador Mensal de Vendas a Prazo calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

Para a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, a leve alta na comparação anual mostra sinais pontuais de melhora nas vendas a prazo, mas ela alerta que ainda é cedo para falar em reversão de tendência. O que impacta os maus resultados:

- Desaquecimento da economia.
- Redução da renda e da confiança do consumidor.
- Infla~ção corroendo o poder de compra
- Juros elevados

Após retração acumulada nos três trimestres deste ano, o varejo tem a expectativa de que nos próximos meses a atividade no comércio volte a apresentar índices melhores em função das festas de fim de ano. O período é marcado pelas contratações temporárias, pagamento de 13o salário e abono salarial. Em pesquisa recente, o SPC Brasil verificou que 87% dos consumidores das capitais têm a intenção de comprar presentes para o Natal", diz a economista.

Consolidado do ano mostra vendas recuando

Como reflexo da atividade econômica estagnada, no acumulado dos dez primeiros meses de 2014, frente à igual período de 2013, as vendas parceladas acumulam queda de 0,80%. Já na comparação mensal, em geral mais volátil, as vendas aceleraram e cresceram 3,36% sobre o mês de setembro, quando a alta havia sido de apenas 0,43% ante agosto.

Sartori e Fortunati discutiram o metrô ? É pouco provável. Metrô é agenda de Dilma.

O governador eleito do RS, José Ivo Sartori, voltou à prefeitura, 11h, para nova conversa com o prefeito José Fortunati. A pauta da reunião seria a construção do metrô de Porto Alegre, o que parece pouco provável, porque o assunto não é tão urgente e nem parece ser prioridade para o novo governo, que a rigor pouco tem a ver com o assunto, já que os valores possivelmente investidos no projeto serão basicamente dos governos do município e federal.

. O metrô não existe. Foi uma invenção de Dilma.

. A reunião Sartori x Fortunati teve objetivos políticos de mais longo prazo e envolvem as eleições municipais de 2016.

Miguel Rosseto terá que dar explicações ao TCU sobre mini-Pasadena

Miguel Rosseto (foto)e o PT são velhos conhecidos da BSBios, que é gaúcha, RS. A denúncia original foi levantada pelo deputado Luiz Carlos Heinz, que tem se indomodado bastante desde que levantou o assunto. 

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rosseto, terá que apresentar explicações ao TCU (Tribunal de Contas da União) sobre a compra de duas refinarias de biodiesel no sul do país pelo preço de R$ 200 milhões. A aquisição foi feita pela Petrobras Biocombustível no período em que Rosseto dirigia a companhia. Para o TCU, há indícios de irregularidades na aquisição por ela ter sido comprada descumprindo normas da estatal e por quase o dobro do valor que a proprietária anterior havia pago meses antes. A denúncia partiu da Comissão de Agricultura da Câmara. O relator do processo no TCU, ministro José Jorge, considera que o processo é semelhante ao da compra da Refinaria de Pasadena, nos EUA, pela Petrobras. Rosseto participou da equipe de coordenação da campanha de reeleição da presidente Dilma Rousseff. Ele é cotado para se manter no ministério, mas em pasta de maior importância. As usinas de biocombustíveis são em Marialva (PR) e Passo Fundo (RS). Elas foram adquiridas entre 2009 e 2011 da empresa BSBios. 

. Segundo o relatório, valores de ativos para mensurar o preço das usinas foram muito maiores que os preços que a própria Petrobras considerava para alguns produtos. O valor usado para estimar o custo da glicerina, por exemplo, era o triplo do que a estatal pagava na época. Segundo o relatório, só nesse item o preço da usina subiu R$ 20 milhões. 

. Outra suspeita do TCU é que o valor da Usina de Marialva estaria estimado na época em não mais que R$ 48 milhões, mas acabou adquirida por R$ 110 milhões. O relator deu prazo de dez dias para que a Petrobras, Rosseto e Ricardo Castello Branco, também ex-dirigente da Petrobras Biocombustível, apresentem as justificativas para os problemas apontados pelos auditores. A Folha não conseguiu contato com o ministro. 

Empresário da japonesa Toyo espanta MPF com revelações oceânicas sobre a corrupção na Petrobrás

O caso do Petrolão é tão grave quanto revelou ontem o senador Aécio Neves. 

Os depoimentos do empresário Júlio Camargo à Justiça Federal, sob delação premiada – garante fonte ligada às investigações – fazem parecer irrelevantes as revelações do ex-diretor Paulo Roberto Costa e do megadoleiro Alberto Youssef sobre o esquema que roubou a Petrobras. Isto é o que revela hoje o jornalista Claudio Humberto no seu site Diário do Poder. Leia mais:

Ele não é apenas um executivo da japonesa Toyo Setal, responsável por depósitos no exterior depois convertidos em propina para políticos: “ele é o coração do esquema de corrupção”, diz a fonte.

O MPF acredita que Júlio Camargo protagonizou a formação de cartel de grandes fornecedores da Petrobras que alimentaram o Petrolão.

Júlio Camargo é mais que um “executivo”, como tem sido chamado. Ele seria, para os investigadores, líder e articulador do esquema corruptor.

Ao propor delação premiada, Júlio Camargo mostrou que a Operação Lava Jato atingiu em cheio o esquema de corrupção na Petrobras.

O grupo japonês que ele representa tem contratos no valor de R$ 4 bilhões com a Petrobras.

Segundo outro delator, o ex-diretor da estatal Paulo Roberto Costa, contratos dessa natureza, obtidos com fraude em licitação e cartel, rendiam 3% de seu valor para políticos do PT, e título de propina, e 1% para os demais partidos governistas envolvidos no esquema, como PP e PMDB.

Além de haver assumido o compromisso de contar tudo sobre o esquema de corrupção do Petrolão, Júlio Camargo se comprometeu a pagar multa de R$ 40 milhões. Saiu-lhe barato: milionário apaixonado por cavalos, Júlio Camargo é conhecido por levar seus “puro sangue” para competições em aviões climatizados.

Artigo, Cleber Benvegnu - A elite estatal e seus reféns

A pior das elites estatais encontra-se no domínio completo da economia, da política e da sociedade por parte do Estado, como é o caso de Cuba, mantido há 50 anos sob controle criminoso da família Castro. Há 50 anos o povo comemora sua digna pobreza e falta total de liberdade e perspectivas, agradecendo ao governo comunista pela dádiva de estar sob o cutelo dele. 


Neste artigo publicado na edição de hoje de Zero Hora, o jornalista Cleber Benvegnu diz que a  mais perversa das elites é a elite estatal. Ela quer que você compre um carro e diga: “Obrigado, governo. Como você é bondoso!”. Faça uma faculdade e diga: “Obrigado, governo. Eu te devo essa!”. Suba na vida e diga: “Obrigado, governo. Eu não seria nada sem você!”. 

. Leia mais:

Ela sequestra seu pensamento e inverte a lógica da vida social, fazendo parecer que você serve ao governo, e não o contrário.

O protagonismo das pessoas é substituído pelo protagonismo do aparato estatal. Embalada no glamour da luta de classes, essa elite se apresenta como monopolista da justiça. Como se o dinheiro dos impostos, que subsidiam absolutamente todos os beneplácitos estatais, não viesse da própria sociedade. Como se o Estado, ele mesmo, gerasse riqueza e desenvolvimento.

A história é repleta de exemplos de elite estatal, à direita e à esquerda _ na América Latina, recentemente, esse último exemplo é mais vasto. Mistura supremacia coronelista com populismo assistencialista. Discursa para um lado e, com os seus, age para o outro. 

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Vivo passa a cobrar por uso de internet que excede franquia no RS

A partir desta quinta-feira os usuários do plano pré-pago da Vivo no Rio Grande do Sul irão experimentar uma nova forma de cobrança da internet. Trata-se do pagamento de pacote adicional assim que sua franquia terminar.

. Atualmente, quando o usuário atinge a franquia contratada, ele passa a receber o sinal de internet com a velocidade reduzida. Com a medida, para continuar com acesso internet, o cliente ter que pagar um “pacote adicional ou ficar sem sinal”.

. A medida pode ser estendida para outras regiões do Brasil nos próximos meses, mas ainda no há prazo para que isso ocorra.

Joal Teitelbaum participa de reunião da American Society for Quality

O empresário gaúcho Joal Teitelbaum está nos Estados Unidos para a reunião do “Board of Directors” da American Society for Quality (ASQ). Vice-Presidente Internacional do Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade (PGQP).

. A pauta da reunião que será realizada na cidade de Milwaukee (WI) será o projeto que elabora ações relacionadas com o estado global da qualidade e a construção de um novo modelo em função das transformações no Planeta, desde a cultura da qualidade até os fundamentos e critérios de gestão e governança, nos setores público e privado, em seus diversos segmentos.

. Joal destaca que “um dos temas, e que é do maior significado para o Rio Grande do Sul, o Brasil e o Cone Sul, é o do corredor bioceânico central, interligado os portos do norte do Chile à cidade de Porto Alegre e ao porto de Rio Grande”.

Desvios no Pronaf: Comissão de Agricultura aprova audiências em Santa Cruz do Sul e em Brasília

Requerimentos assinados pelo deputado Heinze (foto) foram aprovados na Comissão de Agricultura e tem o objetivo de esclarecer as denúncias

A Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (5/11), dois requerimentos assinados pelo deputado federal Luis Carlos Heinze (PP/RS) que propõem a realização de uma audiência pública em Brasília e um encontro regional em Santa Cruz do Sul para ouvir os possíveis envolvidos na denuncia de desvio de dinheiro do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar - Pronaf.

. Dentre os apontados pela investigação da Polícia Federal está o deputado do PT gaúcho, Elvino Bohn Gass. Os parlamentares que estiveram na reunião que aprovou os requerimentos, mencionaram, inclusive, a possibilidade de abertura de uma CPI para apurar o caso, já que o parlamentar citado também faz parte da Comissão.

. O que disse o deputado Heinze:

. “Nossa maior preocupação é com as vítimas do esquema. Teve gente que cometeu suicídio por causa das dívidas que ficaram. Temos que apurar este caso, especialmente por se tratar de um programa que beneficia uma grande e importante parcela da agricultura familiar”

Serão convidados para falar: o ministro de Estado do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rosetto, o deputado federal citado nas investigações, Elvino Bohn Gass, o coordenador do Movimento dos Pequenos Agricultores – MPA – e vereador de Santa Cruz do Sul, Wilson Rabuske (PT), o também vereador do município de Sinimbu, Maikel Ismael Renke, o ex-presidente da Associação Santa-Cruzense dos Pequenos Agricultores Camponeses – Aspac – Perci Schuster, representantes da Polícia Federal, os presidentes dos sindicatos Rural, Marco Antônio dos Santos, e dos Trabalhadores Rurais de Santa Cruz do Sul, Renato Goerck, da Associação dos Fumicultores do Brasil – Afubra – Benício Albano Werner, e da Cooperativa Mista dos Fumicultores do Brasil – Cooperfumos – José Gilberto de Oliveira Tuhtenhagem.

ENTENDA: desde 2012, a Polícia Federal (PF) investiga denúncias levada à Delegacia da Polícia Federal de Santa Cruz do Sul que apontam suspeitas de desvio de recursos destinados ao Pronaf. A PF quebrou o sigilo de 107 contas bancárias e apontou que 26 mil depósitos foram responsáveis pelo repasse de R$ 104 milhões no período de 2006 a 2012. Pelo menos R$ 79 milhões eram do Pronaf.

A Operação Colono, como ficou conhecida a investigação, produziu um inquérito enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF) por suspeita de envolvimento de um deputado federal com foro privilegiado, Elvino Bohn Gass (PT), reeleito neste ano.

Só Yeda, antes, repactuou parte da dívida com a União. Saiba como foi.

Embora seja importante,  porque o estoque total da dívida terá diminuição de R$ 15 bilhões, o governo gaúcho não reduzirá de cara as prestações mensais, porque estas foram estabelecidas em 13% da Receita Corrente Líquida. Isto significa que a prestação mensal não se vincula ao bolo, mas ao compromisso quantificado previamente e irredutível.

. Este ano, somente com a União, o governo estadual pagará R$ 2,6 bilhões, sem contar mais R$ 500 milhões de empréstimos tomados junto ao Banco Mundial e BNDES.

. O valor equivale a um mês e meio de arrecadação do ICMS.

. Uma derrama.

. A única ação anterior para reduzir a dívida foi tomada pela ex-governadora Yeda Crusius, que na prática trocou o indexador da dívida, ao tomar um empréstimo de US$ 1,1 bilhão junto ao Banco Mundial para abater valor igual do estoque da dívida com a União. O objetivo de Yeda foi justamente o de reduzir o alto custo do serviço do contrato com o governo federal, substituindo-o por melhor serviço da dívida com o Bird. O acordo foi assinado em 31 de março de 2008. De lá para cá, o governo estadual economizou R$ 700 milhões com a diferença.

- O capítulo completo sobre a repactuação da dívida com a União feita por Yeda e mais aspectos do seu governo e o enfrentamento com o Eixo do Mal, estão no livro Cabo de Guerra do editor.
Exemplares físicos, 499 p´ginas – R$ 75,00 (é só pedir para polibio.braga@uol.com.br).

PT de Porto Alegre no calote do aluguel

O PT de Porto Alegre deve um ano de aluguel. Já são R$ 96 mil. A proprietásria da casa começou a reclamar publicamente.

. Sem apelar ao Petrolão, o PT local é pobre.

. Ele deve, não nega, e promete pagar tudo até o Natal.

Risco de colapso energético atinge grau máximo

Se não fôsse o cenário de virtual recessão econômica, o colapso já teria ocorrido. 




O risco de faltar energia no país em 2015 atingiu 5%, o nível máximo tolerado pelo governo, informou nesta quarta-feira (5) o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE). Por conta disso, o colegiado voltou a admitir que “ações conjunturais específicas podem ser necessárias” para garantir o atendimento da demanda por eletricidade, mas não explica quais.

Banrisul ainda não divulgou balanço do terceiro trimestre

Os principais bancos brasileiros já divulgaram os números do terceiro trimestre e do acumulado do ano.

. Menos o Banrisul.

André Gerdau quer medidas que estanquem a crise industrial no Brasil

O presidente da Gerdau, André Johannpeter, reclamou mudanças na política econômica do governo federal, porque enxerga dias mais negros para a indústria brasileira. O grupo gaúcho amargou perdas substantivas nos seus lucros, ao divulgar ontem os números do terceiro trimestre (leia abaixo). O que disse André aos jornalistas, ontem, em SP:

- Nossa expectativa é que haja retomada do crescimento. Precisamos de medidas que já temos tratado nos últimos anos para dar competitividade ao Brasil (...) Se nada for feito a participação da indústria (no PIB) pode cair abaixo de 10 por cento.

. "O cenário hoje mostra que devemos reduzir esse nível de investimento. Estamos com nível de 70 a 75 por cento de capacidade ocupada no Brasil e no mundo", disse o executivo em teleconferência com jornalistas.

Gerdau corta invstimentos e revisa plano para mineração

O grupo siderúrgico Gerdau, líder no segmento de aços longos nas Américas, cortou em 12,5 por cento os investimentos previstos para este ano e colocou em revisão plano de ampliação de sua capacidade de produção deminério de ferro, em um cenário de baixa demanda por aço no Brasil e queda no preço da commodity.

. A companhia informou que o lucro líquido do terceiro trimestre caiu para menos da metade do lucro apurado no mesmo período do ano passado, afetado pela fraqueza da economia brasileira e queda na demanda na América Latina, enquanto o resultado financeiro negativo maior pesou por conta da desvalorização do real contra o dólar.

. Segundo o presidente-executivo da Gerdau, André Gerdau Johannpeter, o plano de investimento da companhia para este ano foi reduzido de 2,4 bilhões de reais para 2,1 bilhões de reais.
Os investimentos previstos para este ano, mesmo antes da redução, já estavam abaixo da média anual de 2,6 bilhões de reais nos últimos três anos. Nos nove meses até setembro, os investimentos da Gerdau em ativo imobilizado totalizaram 1,6 bilhão de reais.

. "O cenário hoje mostra que devemos reduzir esse nível de investimento. Estamos com nível de 70 a 75 por cento de capacidade ocupada no Brasil e no mundo", disse o executivo em teleconferência com jornalistas.

. Às 13h56, ontem,   as ações da Gerdau exibiam alta de 0,96 por cento, a 11,55 reais, enquanto o Ibovespa recuava 1,17 por cento.

. Entre julho e setembro, o lucro líquido da companhia somou 262 milhões de reais, queda de 59,2 por cento na comparação anual.

. As vendas de aço longo no Brasil no terceiro trimestre caíram 11 por cento sobre o mesmo período do ano passado, para 2,42 milhões de toneladas, segundo dados do Instituto Aço Brasil (IABr) que representa o setor.

. A Gerdau encerrou o período com dívida líquida de 13,45 bilhões de reais, ante 12,47 bilhões de reais ao fim do segundo trimestre.

Câmara cassa prefeito de Rosário do Sul

A Câmara de Vereadores de Rosário do Sul, RS, cassou o mandato do prefeito Luís Henrique Antonello, PSB.

Bolsa de apostas já inclui nomes possíveis para secretariado de Sartori

Jornalistas e políticos ligados começaram a listar os nomes mais prováveis para a composição do secretariado do governador José Ivo Sartori.

. A lista de hoje inclui:

José Fogaça, Ibsen Pinheiro, João Carlos Brum Torres, Carlos Búrigo, Celso Bernardi, Cassiá Carpes, Paulo Oddone, Antonio Hohfeldt, Frederico Antunes, Afonso Hamm, Enio Bacci, Ricardo Russowsky.

. Amanhã será a primeira reunião entre as equipes de transição dos governos eleito e em exercício, no Piratini.