Veja lista os políticos que receberam propina do Petrolão

Nova reportagem da revista segue o rastro do dinheiro e lista nomes de políticos beneficiados pelas propinas da Petrobrás. Já nas bancas.



Reportagem de VEJA desta semana revela o papel de Rafael Ângulo Lopez no esquema do petrolão. Ele era o homem que entregava em domicílio a propina desviada da Petrobras. Braço-direito do doleiro Alberto Youssef, Rafael cruzava o país com fortunas em cédulas amarradas ao corpo. Discreto, nunca foi apanhado. Na lista de clientes, tem ministro, parlamentar, tesoureiro de partido e até um ex-presidente. Em troca da redução de pena, o entregador quer contar tudo que sabe.

. O instituto da delação premiada está permitindo a revelação de crimes que de outra forma jamais seriam desvendados.

. No epicentro de tudo está o PT, a organização criminosa que se adonou e destruiu a Petrobrás. 

Bolsa despenca atrás da Petrobrás. Dólar alcança maior cotação desde 2005.

O Ibovespa aprofundou as perdas nesta tarde, seguindo piora nas bolsas dos Estados Unidos, a alta maior do dólar e a derrocada das ações da Petrobras. Por volta das 16h50 (de Brasília), o índice caía 3,58%, para 48.079 pontos. Papéis de siderúrgicas lideravam as quedas: CSN e Gerdau perdiam mais de 6%.

. No mesmo horário, o dólar comercial avançava 0,16%, para R$ 2,6519.É a maior cotação desde 2005.

No apagar das luzes do governo Tarso, Banrisul acerta até contrato de transição com a Icatu Seguros

Este negócio é obscuro, é feito a toque de caixa, como se percebe pela nota abaixo do editor, em final de governo, e envolve valores bilionários. 

O Banrisul informou nesta sexgta-feira que Cade e Banco Central autrorizaram-no a participar da empresa holdiong que "irá controlasr uma sociedade seguradoras que deeterás o monopólio pasra comercialização  de produtos de seguros de pessoas e previdência nos seus canais de distribuição" (agências bancásrias).

. O Banco será minoritário.

. Como está tocando o negócio a toque de caixa, no apagar das luzes do governo petista, sem consulta a Sartori e nem à Assembléia, o Banrisul sabe que não há mais tempo para obter autorização da Susepe para a participação do banco na nova empresa e por isto firmou "instrumento contratual específico", que concede ao Icatu o direito de colocar na rede todos os seus produtos de seguros e previdência pelo prazo de 20 anos. A pressa é tanta que o "instrumento contratual específico" só valerá até que a nova empresa seja formada, quando todas as cláusulas passarão para ela.

Governo quer levar Lei de Meios ao Congresso a partir do segundo semestre do ano que vem

Ao lado, o peso das grandes redes de TV. A idéia do governo é evitar a concentração na televisão. Redes como as da Globo, RBS, SBT e Band não seriam mais toleradas. 



Anunciada como prioridade do PT para o segundo mandato de Dilma Rousseff, a regulação dos meios de comunicação não deverá sair do papel tão cedo, se depender da vontade da presidente.

Dilma prometeu na campanha eleitoral que discutiria um projeto sobre o assunto em seu segundo mandato, mas não definiu data para encaminhamento de sua proposta ao Congresso Nacional.

Há um mês, em entrevista a quatro jornais no Palácio do Planalto, ela indicou que pretende iniciar o debate no segundo semestre do próximo ano, abrindo um processo de consulta pública antes de enviar um projeto de lei.

"Isso não vai ser agora", disse a presidente.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Economia mundial vive contrachoque do petróleo. Saiba o que vai acontecer ?

Os gráficos e artes aí ao lado são do Estadão. Clique em cima para ampliar e ler melhor.


Nesta reportagem de grande consistência, o repórter Andrei Netto, correspondente do jornal “O Estado de S. Paulo” em Paris, diz que a economia mundial vive um contrachoque do petróleo, constatação a que chegou depois que o preço do insumo caiu 38% em apenas meio ano, provocvando mudanças drásticas em países e empresas.

. Caso a queda prossiga e fique abaixo dos US$ 60 por barril, até mesmo a exploração do pré-sal estará ameaçada, porque os custos ficarão maiores do que o preço final.

. Vale a pena ler com atenção.

. A reviravolta não atinge apenas os interesses brasileiros, mas atacam situações já gravíssimas de países como a Venezuela.

. A Opep não quer reduzir a produção e com isto forçar altas, até porque a estratégia dos grandes produtores é inviabilizar a produção de petróleo a partir do xisto betuminoso dos EUA.

CLIQUE AQUI para saber masis.

Entrevista, Jerônimo Goergen - Nós não vamos aceitar o emplacamento das máquinas agrícolas. Isto não é negociável.

ENTREVISTA
Jerônimo Goergen, deputado Federal PP do RS

Muitos leitores querem saber por que o senhor não votou quando foi a plenário o veto de Dilma à emenda que acabava com o emplacamento das máquinas agrícolas ?
Eu estava viajando.

Sim ?
Acompanhei a comitiva que foi a Abu Dhabi registrar a inauguração da primeira fábrica brasileira de carnes na região, um marco na história do Brasil, porque a carne brasileira será industrializada ali e atingirá mercados do Oriente Médio que jamais alcançaríamos. Comigo estavam o ministro da Agricultura, o deputado Marchezan, a senadora Ana Amélia, entre outros.

E como está o caso das placas ?

Como tu mesmo publicou, conseguimos adiar por um ano. A resolução do governo sairá na semana que vem. Nesse meio tempo, vamos acabar com essa exigência inaceitável. 

Conheça os nomes e valores recebidos pelos 466 aposentados da Assembléia do RS. Eles custam R$ 120 milhões por ano aos cofres do Estado

O editor resolveu usar a Lei de Acesso a Informações e por isto protocolou pedido no gabinete do presidente da Assembléia Legislativa do RS, porque queria saber qual o número de servidores inativos da casa e quanto cada um percebe mensalmente dos cofres públicos, já que existiam denúncias de que aposentadorias de valores muito altos superariam o teto.

. A lista foi entregue e vai publicada no link a seguir, constando ali os nomes e valores recebidos pelos 466 servidores, 278 dos quais são mulheres.

. Não se trata de pensionistas e nem de ex-deputados estaduais aposentados, cujas listas não são controladas pela Assembléia.

. Os 478 aposentados da Assembléia do RS custam R$ 120 milhões por ano aos cofres públicos, o que dá uma média de R$ 250 mil por aposentado.

. O leitor perceberá que 4 servidores recebem mais de R$ 30 mil por mês, muito acima do teto estadual, três vezes mais do que recebe um secretário de Estado. 197 recebem mais de R$ 25 mil por mês.

. Praticamente ninguém ganha menos de R$ 10 mil. Apenas 43 estão nesta condição.

CLIQUE AQUI para examinar a lista completa.

Gustavo Caleffi lançará nesta segunda seu livro "Caos Social"

Caos Social – A violenta realidade brasileira, escrito pelo especialista gaúcho Gustavo Caleffi, tem o objetivo de apresentar um diagnóstico da segurança no Brasil, além de identificar os motivos para o constante aumento da criminalidade urbana que assola o país há tantos anos. No livro, Caleffi apresenta estudos e noticias de jornais que relatam a realidade da insegurança no Brasil, e traz uma visão global de grande parte dos fatores que geram a criminalidade.

A jornalista Milena Fischer é a organizadora da obra, que será lançada na segunda-feira, 15 de dezembro, a partir das 19h30, no Dado Bier do Bourbon Country. Às 21h, Caleffi fará uma rápida explanação sobre o tema.

O autor:

Gustavo Caleffi, Porto Alegre, é sócio diretor da Squadra Gestão de Riscos, administrador de empresas, com MBA em Direccion de Seguridad en Empresas pela Universidade de Comillas (Espanha), certificado pela empresa israelense ISDS em “Advanced VIP Protection Course”, especialista em Gestão de Riscos Estratégicos e Segurança, atua no segmento de segurança há mais de 15 anos.

A Icatu Seguros, sócia do Banrisul, deu meio milhão para ajudar Luciana no seu Curso Pré-Vestibular

A ex-deputada Luciana Genro, do PSOL teve problemas  para explicar o conteúdo da reportagem de página inteira que a revista Veja publicou sobre cursinho pré-vestibular que montou em Porto Alegre.  A revista descobriu que entre  as empresas que patrocinaram o cursinho pré-vestibular de Luciana recebeu pelo menos R$ 500 mil de uma parceira do Banrisul, empresa controlada pelo governo tocado por seu pai, Tarso Genro. Trata-se da  Icatu Seguros, que está se tornando sócia do banco.  A Associação 17 de Setembro, de São Paulo, que está por trás do negócio, pode receber recursos públicos. O jornalista Otávio Cabral contou na matéria que por trás de tudo estão interesses políticos.

. "Em nome do pai", é o título da reportagem de Otávio Cabral. O pai, no caso, é o governador Tarso Genro. Veja denuncia:

- Luciana continua uma opositora do pai na política. Mas se apoiou no prestígio dele para entrar na vida empresarial.


. A filha de Tarso processou Veja e foi derrotada. A sentença contra ela foi publicada no dia 3 de outubro.

- Leia nesta página mais notas sobre a Icatu Seguros. 

Zamin levou Saut, Icatu Seguros, sem licitação, para dentro do Banrisul. Agora eles viram sócios.

Foi Túlio Zamin quem levou a Icatu Seguros, sem licitação, para dentro do Banrisul. Dali a Icatu não saiu nunca mais, mesmo sem licitação algumas. Um negócio que proporcionou receitas bilionárias para a Icatu.

. César, como é conhecido pelos amigos, patrocinou um casamento de altíssimo luxo com a ex-modelo Leila Fraga, ano passado, no Leopoldina, o mesmo onde casou Paula, a filha de Dilma. CLIQUE AQUI para ver as cenas do luxuoso casamento. 

. O homem da Icatu no Estado é César Saut (foto ao lado). Ele manteve o rentável negócio nos governos do PT, PMDB e PSDB, sempre sem licitação. 

.Desde aquela época, a Icatu Seguros monopoliza os serviços de seguro oferecidos ao distinto público pelo banco (a Sulamerica só faz seguros na área imobiliária, que representam menos de 10% da receita da área).

. O presidente foi punido pelo Tribunal de Contas do Estado, o que não o impediu de voltar ao cargo sob a nova administração petista. 

. Agora, o mesmo Tulio Zamin conclui às pressas,no apagar das luzes, um modo de eternizar o uso da marca e da rede do banco, inclusive funcionários, para vender apólices de seguro e contratos de previdência para o distinto público.

- O Equilibrista do Ano - O Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Rio Grande do Sul (IBEF-RS) realizou nesta quinta-feira a 28ª edição do troféu “O Equilibrista”. A cerimônia aconteceu no Centro de Eventos São José do Hotel Plaza São Rafael e teve César Saut como principal homenageado. O Vice-Presidente Corporativo da Icatu Seguros foi indicado e escolhido pelos associados do IBEF-RS como o executivo de finanças do ano.

Assembléia "convidará" presidente do Banrisul para que se explique sobre empresa milionária que cria com a Icatu Seguros

Tulio Zamin com Tarso. Os dois estão no centro da foto.



O deputado Frederico Antunes decidiu "convidar" o presidente do Banrisul, Tulio Zamin, para que compareça à Assembleia e explique de que modo o banco será minoritário na nova seguradora Rio Grande Seguros, que além de tudo usará toda a rede do banco para vender apólices de seguro de vida e de previdência, que envolverá negócios bilionários.

. A Rio Grande Seguros será convertida em subsidiária integral da Holding Banrisul Icatu, sendo que o banco gaúcho terá 49,99 por cento da holding e o Icatu ficará com os 50,01 por cento restantes.

. A criação da empresa não foi aprovada pela Assembleia, que sequer foi consultada sobre o aporte milionária de dinheiro do Banrisul, sem que este tenha o controle da companhia, que será totalmente privada.
 
. O deputado do PP quer saber por que toda a pressa em final de governo, no apagar das luzes.

- Leia mais sobre a Rio Grande Seguros, abaixo.

Ex-gerente da Petrobrás denuncia no jornal Valor: "Me ameaçaram de morte, com arma na cabeça". Oposição pede a cabeça da diretoria da Petrobrás.

Quiseram calá-la com arma na cabeça e ameaça de morte sobre suas filhas. 

Esta tarde, depois de conhecidas as denúncias da gerente, inclusive com a publicação de abundantes provas no jornal Valor, osdeputados Antonio Imbassahy (PSDB), Mendonça Filho (DEM) e Rubens Bueno (PPS) dizem que Graça Foster perdeu a condição de permanecer no posto e defendem a renovação da diretoria da estatal;

A Petrobras divulga hoje, após o pregão, resultado que era esperado para 14 de novembro

A geóloga Venina Velosa da Fonseca, Petrobrás,  que encaminhou denúncias  a presidente da estatal, Graça Foster, e para José Carlos Cosenza, que substituiu o delator Paulo Roberto Costa na Diretoria de Abastecimento, conforme reportagem de capa do jornal Valor de hoje, que você pode ler abaixo.
Venina foi gerente da estatal e chegou a ser transferida para a Ásia. Suspeitas da geóloga começaram ainda em 2008.

. Eis o tipo de ameaças de morte que ela enfrentou para retirar o que disse, segundo suas próprias declarações:

- Desde 2008, minha vida se tornou um inferno, me deparei com um esquema inicial de desvio de dinheiro, no âmbito da Comunicação do Abastecimento. Ao lutar contra isso, fui ameaçada e assediada. Até arma na minha cabeça e ameaça às minhas filhas eu tive.

. Numa das ocasiões em que pediu a Paulo Costa algum tipo de reação aos desmandos, ela ouviu a seguinte advertência do então diretor:

- Você quer derrubar todo mundo.

. Paulo Costa disse a frase com o dedo indicador apontando para o retrato de Lula.

LEIA reportagem completa mais abaixo. 

Aloysio rebate Lula: "Nem todo papel higiênico do mundo consegue limpar sujeiras do PT na Petrobrás"

Os ataques a oposição feitos na noite de quarta-feira pelo ex-presidente Lula em discurso na abertura da segunda etapa do 5º Congresso do PT, foram rebatidos na tarde desta quinta-feira, na tribuna do Senado, pelo líder do PSDB , Aloysio Nunes Ferreira (SP). 

. O tucano chamou as declarações de Lula de “pérolas” e disse que ele subestima o sentimento de indignação da grande maioria dos brasileiros do bem que não aceitam a corrupção e querem um Brasil decente.


Não senhor ex-presidente! Não nos interessa saber a cor do papel higiênico que se usa nos palácios. Mas eu lhe digo que nem todo papel higiênico do mundo seria capaz de limpar a sujeira que fizeram na Petrobras nesses últimos 12 anos. 

CLIQUE AQUI para ler mais. O material é do blog do Coronel. 

Vendas do varejo cresceram 1,8% em outubro, diz IBGE

As vendas no varejo brasileiro subiram 1,0 por cento em outubro, as últimas conhecidas, na comparação com setembro, avançando 1,8 por cento sobre um ano antes, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira.


. A expectativa em pesquisa da Reuters era de que as vendas teriam alta de 0,50 por cento em outubro na comparação mensal

Mais sujeira na Petrobrás: PF investiga negócios sujos da estatal com BTG na Nigéria.

No sentido relógio, os bonecos são de André Esteves, Lobão e Fernando Baiano.


Os jornais de hoje revelam que informante ouvido pela Polícia Federal no dia 28 de abril de 2014 denunciou operação fechada pelo banco BTG Pactual, de André Esteves, na Petrobras.

. É outra sujeira da Petrobrás, uma caixa de surpresas de onde não cessam e sair bruxas.

. Segundo o informante, que vem tendo o nome mantido em sigilo pela PF, o banco comprou 50% de um bloco de petróleo na Nigéria por um valor inferior ao que seria correto. Em poucos meses a Petrobras vendeu 50% de participação de seus negócios na África por apenas US$ 1,5 bilhão contra um valor mínimo previsto anteriormente de US$ 3,5 bilhões – avaliado anteriormente pelos bancos internacionais. O BTG diz que pagou menor preço, em licitação.

. Também  houve delação de negócios que envolvendo o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, e o lobista Fernando Baiano, que está preso.

A 20 dias de ir embora, governo Tarso apressa associação minoritária milionária do Banrisul na seguradora da Icatu.

A menos de 20 dias de deixar o governo, o governador Tarso Genro continua tocando com velocidade o aporte de valores milionários do Banrisul na nova empresa Rio Grande seguros, da Icatu, na qual terá posição minoritária. Tarso quer assinar tudo antes de passar o cargo ao novo governo.

. A pressa é inédita e pode ser abortada, porque o negócio não tem sentido do modo como está sendo conduzido, já que o Banrisul será minoritário na seguradora, que além disto usará toda a rede do banco para vender apólices de seguro de vida e de previdência, que envolverá negócios bilionários. A Rio Grande Seguros será então convertida em subsidiária integral da Holding Banrisul Icatu, sendo que o banco gaúcho terá 49,99 por cento da holding e o Icatu ficará com os 50,01 por cento restantes.

. O novo governo nao foi consultado sobre o caso, que envolve valores bilionários.  "A Icatu Seguros constituiu carteira com cerca de 1,5 milhão de clientes pessoas físicas e 17 mil clientes pessoas jurídicas em razão da relação existente desde 2002", disse trecho do documento submetido ao Cade.

. A Assembléia não autorizou nada e nem foi ouvida no caso. .

. O Icatu, no início do atual governo, patrocinou cursinho pré-vestibular montado pela filha de Tarso, Luciana Genro. 

. O governo anunciou a operação há 60 dias e o Cade aprovou tudo esta semana. 

. Os valores do acordo não foram divulgados.

. Antes do negócio, o Banrisul já disponibilizava seus canais de venda para a venda de seguros dessas modalidades para a Rio Grande Seguros, mas de maneira não-exclusiva.

Sartori quer anunciar secretariado na segunda-feira, mas nomes poderão sair por partes

O governador José Ivo Sartori quer anunciar segunda-feira a lista completa do seu secretariado, mas dificlmente conseguirá fazer isto, já que as conversações com os aliados estão mais complicadas do que ele imaginava.

. O novo governador busca apoio, mas quer nomes profundamente identificados com as áreas para as quais forem indicados.

Engevix (Petrolão) já demitiu 1.500 trabalhadores em Rio Grande

A Engevix, empreiteira denunciada pela PF no Petrolão, começou a demitir no Pólo Naval de Rio Grande. As demissões começaram depois que zarpou o casco da P-66. Foram demitidos 1.500 trabalhadores.

. Em Rio Grande, a empreiteira monta outros dois cascos.

. Na segunda-feira, dirigentes dos Metalúrgicos de Rio Grande irão a Graça Foster, Petrobrás, para reclamar das 1.500 demissões e saber do futuro da Engevix e dos seus fornecedores.

"Clarividente política econômica de Tarso" fecha o ano com PIB de mais 0,1%, diz Farsul

O governo Tarso Genro deixará como herança para o governo José Sartori uma economia caminhando a passos de tartaruga, rumo ao precipício. 

. Ontem, a Farsul somou-se à Fiergs e Federasul, que já tinham projetado PIB gaúcho raquítico para 2014.

. O número da Farsul é igual a 0,1%.

. Que pode ser menos 0,1%.


. Durante a campanha eleitoral, cavalgando vistosa e maciça propaganda falsa preparada pela agência de publicidade Escala, Tarso Genro anunciou que o crescimento da economia gaúcha durante seu governo era exemplo e farol para o mundo ocidental, tudo êxito da sua clarividente política econômica, cujo vetor sempre foram os arranjos produtivos locais, como foi o caso do Pólo Naval do Jacuí. 

Martins aposenta-se da Gerdau

Jose Paulo Martins aposenta-se hoje na Gerdau, onde trabalhou 20 anos.

Ajuste de Dilma terá volta da Cide, aumento do PIS/Cofins e menos gastanças

A nova equipe econômica, liderada por Joaquim Levy e Nelson Barbosa, já listou as medidas para ajustar as contas públicas em 2015; entre elas, estã:

- A volta da Cide (um imposto sobre os combustíveis).
- Aumento da alíquota do PIS/Cofins sobre importados.
- Mudanças na tributação de cosméticos.
- Redução de gastos com seguro-desemprego, abono salarial e pensão por morte ou invalidez.

. A segunda etapa do ajuste contemplará o bloqueio de verbas orçamentárias – o que poderá levar o ajuste a R$ 100 bilhões

Gerente da Petrobras diz ter alertado Graça sobre roubalheiras na Petrobrás

Em reportagem exclusiva, hoje, o jornal Valor diz que a gerente apresentará ao MPF emails e documentos que comprovam alertas ignorados pela estatal. Nesta sexta, a Petrobrás negou ter ficado omissa. CLIQUE AQUI para ler a resposta, que é bastante vaga.

. A reportagem a seguir, uma nova bomba no caso Petrolão, é de Juliano Basile. Leia:

BRASÍLIA - Defendida pela presidente Dilma Rousseff, a atual diretoria da Petrobras recebeu diversos alertas de irregularidades em contratos da estatal muito antes do início da Operação Lava-Jato, em março deste ano, e não apenas deixou de agir para conter desvios que ultrapassaram bilhões de reais como destituiu os cargos daqueles que trabalharam para investigar as ilicitudes e chegou a mandar uma denunciante para fora do país. As irregularidades foram comprovadas através de centenas de documentos internos da estatal obtidos pelo Valor PRO, serviço de informação em tempo real do Valor. Elas envolvem o pagamento de R$ 58 milhões para serviços que não foram realizados na área de comunicação, em 2008, passam por uma escalada de preços que elevou de US$ 4 bilhões para mais de US$ 18 bilhões os custos da Refinaria Abreu e Lima e atingem contratações atuais de fornecedores de óleo combustível das unidades da Petrobras no exterior que subiram em até 15% os custos.

As constatações de problemas nessas áreas foram comunicadas para a presidente da estatal, Graça Foster, e para José Carlos Cosenza, que substituiu o delator Paulo Roberto Costa na Diretoria de Abastecimento e é responsável pela Comissão Interna de Apuração de desvios na estatal.

Para Graça foram enviados e-mails e documentos comunicando irregularidades ocorridas tanto antes de ela assumir a presidência, em 2012, quanto depois. A presidente foi informada a respeito de contratações irregulares na área de comunicação da Diretoria de Abastecimento, sob o comando de Paulo Roberto Costa, e de aditivos na Abreu e Lima, envolvendo o "pool" de empreiteiras da Operação Lava-Jato. Em 2014, foram remetidas a Graça denúncias envolvendo os escritórios da estatal no exterior. Nenhuma providência foi tomada com relação a esse último caso, ocorrido sob a sua presidência. Cosenza, que em depoimento à CPI mista da Petrobras, em 29 de outubro passado, declarou nunca ter ouvido falar em desvios de recursos na estatal em seus 34 anos na empresa, também recebeu, nos últimos cinco anos, diversos e-mails e documentos com alertas a respeito dos mesmos problemas.

. As advertências de que os cofres da Petrobras estavam sendo assaltados partiram de uma gerente que foi transferida para a Ásia. Venina Velosa da Fonseca está na estatal desde 1990, onde ocupou diversos cargos. Ela começou a apresentar denúncias quando era subordinada a Paulo Roberto como gerente executiva da Diretoria de Abastecimento, entre novembro de 2005 e outubro de 20009. Afastada da estatal, em 19 de novembro, Venina vai depor ao Ministério Público, em Curitiba, onde tramita o processo da Lava-Jato.

. As suspeitas da geóloga tiveram início em 2008, quando ela verificou que os contratos de pequenos serviços - chamados de ZPQES no jargão da estatal - atingiram R$ 133 milhões entre janeiro e 17 de novembro daquele ano.

CLIQUE AQUI para saber mais sobre o novo escândalo. 

Eis as 100 cidades mais ricas (PIB) do Brasil. Porto Alegre é a sétima.

Saiu a lista das cidades de maior PIB do Brasil. O material é do IBGE.  Porto Alegre ocupa a sétima posição. CLIQUE AQUI para ver a lista das 100 Mais, inclusive com valores.

. 57 municípios concentram 50% do PIB do Brasil.

PP pode decidir hoje impasse sobre nome para secretaria dos Transportes

Caso o PP emplaque mais uma secretaria, o deputado Pedro Westphalen poderá participar do governo Sartori. Ele é médico e chegou a ser cotado para a secretaria da Saúde. O problema é que o Partido foi contemplado com duas secretarias, no caso Agricultura e Transportes. Agricultura tem nome definido, o deputado Ernane Polo, mas Transportes, que iria para o deputado Adolfo Britto, ficou sem nome, já que Britto alegou problemas de saúde e não assumirá o cargo. Neste caso, Westphalen ocuparia a secretaria dos Transportes, muito embora sua preferência tenha sido Saúde.

. Além disto, Pedro Westphalen trabalhas há bastante tempo a idéia de ser nomeado conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. 


PDT decide hoje se vai para o governo Sartori

Será hoje a reunião do diretório do PTB que decidirá sobre a proposta de participação do Partido no governo Sartori. Nas conversações já realizadas, o deputado Vieira da Cunha iria para a Educação,enquanto que Eduardo Loureiro ou Gerson Burmann assumiriam a secretaria de Obras, que será encorpada com a incorporação da atual secretaria de Habitação e Saneamento, que será extinta.

Só deputados do PT gaúcho votaram pelo emplacamento dos veículos agrícolas. Veja como votou cada deputado do RS.

Manifestações de grande porte e imporância ocorreram em todo o interior gaúcho, tudo para protestar contra a decisão do governo Dilma de mandar emplacar todas as máquinas e veículos agrícolas existentes no Brasil.

. Muitos deputados federais gaúchos trabalham muito para que o governo reveja a posição. Na quarta-feira, o ministro das Cidades prometeram fazer. Entre os parlamentares mais atuantes estão os deputados Alceu Moreira, Jerônimo Goergen, Luiz Crlos Heinze, Afonso Hamm e Ana Amélia Lemos.

. Quando foi a voto o assunto no Congresso, veto de Dilma a emenda do deputado Alceu Moreira contra o emplacamento,  este foi o resultado da posição de cada deputado do RS:

Contra: Alceu Moreira (PMDB)/ Perondi (PMDB/ Osmar Terra (PMDB)/ Luiz Carlos Heinze (PP)/ Renato Molling (PP)/ Afonso Hamm (PP)/ Onyx Lorenzoni (DEM)/ Beto Albuquerque (PSB)/ Alexandre Roso (PSB)/ José Stédile (PSB)/ Giovani Cherini (PDT)

A favor: Bohn Gass (PT)/ Pepe Vargas (PT)/ Henrique Fontana (PT)/ Paulo Pimenta (PT)/ Ronaldo Zülke (PT)/ Maria do Rosário (PT)/ Manuela D'Ávila (PCdoB)

Brancos* ou nulos**
Vilson Covatti (PP)*
Luiz Carlos Busato (PTB)*
Marcon (PT)**

Não votaram: José Otávio Germano (PP)/ Vieira da Cunha (PDT)/Assis Melo (PCdoB)/ Danrlei (PSD)/Enio Bacci (PDT)/Jerônimo Goergen (PP)/Eliseu Padilha (PMDB)

Nelson Marchezan Jr. (PSDB)/Marco Maia (PT)/ Sérgio Moraes (PTB)

PF encontra nome de Maria do Rosário na lista da empreiteira Engevix, envolvida no Lava Jato

Ao lado, fac simile de uma das listas apreendidas.


Ampla reportagem divulgada pelo jornal O Globo e também pelo Jornal Nacional de ontem a noite, mostram que as principais referências nos papéis encontrados naempreiteira Engevix Queiroz nominam claramente o nome da deputada gaúcha Maria do Rosário. Na Queiroz Galvão, os nomes mais em evidência são dos candidatos petistas derrotado para o governo de São Paulo, Alexandre Padilha, e senador Lindbergh Farias, do Rio de Janeiro.

. Outros nomes chamam atenção como “R. Jucá”, mas como o senador.

. O Jornal Nacional de ontem a noite jogou a reportagem sobre os 36 denunciados do Petrolão para o final do seu noticiário. Embora concedendo bom espaço, o JN tratou o assunto com certo desleixo e completa falta de entusiasmo. 

. Há duas semanas, um dos herdeiros dos Marinho encontrou-se em Brasília com a presidente Dilma Roussef.