Brinquedos assassinos: o dia em que os ‘gadgets' atacaram a internet

Felipe Infante de Castro assina o artigo a seguir que o publisher Geraldo Samor disponibilizou hoje na sua newsletter diária. Leia tudo:

A maior ataque da história da internet — ocorrido sexta-feira — expôs a vulnerabilidade da rede aos milhões de aparelhos conectados a ela, ecoando o plot do filme ‘Terminator', em que uma inteligência artificial se volta contra os seres humanos.

Por algumas horas da manhã de sexta, e intermitentemente ao longo do dia, a internet não funcionou em quase toda a Costa Leste dos Estados Unidos e em parte da Costa Oeste. Também foram relatados problemas na Europa, Austrália, Índia e na América do Sul.

O evento teve pouca cobertura no Brasil, mas suas repercussões são amplas e alarmantes, reforçando a ‘segurança digital' como um dos maiores riscos dos próximos anos para as pessoas, empresas e governos.

Além de sua escala sem precedentes, o ‘black friday’ da internet teve um componente digno de filmes de ficção: os hackers sequestraram dispositivos caseiros como câmeras de segurança, roteadores e babás eletrônicas, e os fizeram acessar — todos ao mesmo tempo —  um número muito pequeno de endereços eletrônicos.

CLIQUE AQUI para ler mais.

Melo e Marchezan vão a novo embate, esta noite, 23h, na TV Record

Esta noite, 23h, haverá novo debate entre Marchezan Júnior e Sebastião Melo. Em todos os debates da semana passada, os dois candidatos pareceram exageradamente contidos, tudo depois de uma semana de enormes tensões políticas ocorridas na campanha, decorrentes da tragédia que vitimou Plínio Zalewski.

A pesquisa do Ibope do final de semana, não ajudou a interpretar o pulso real do eleitor neste segundo turno, que está cada vez mais arredio a uma definição que não seja de última hora.

Empresário morto na Cavalhada foi confundido com traficante

O empresário Marcelo Oliveira Dias, 44 anos, foi morto por engano na tarde de quinta-feira, no estacionamento do supermercado Zaffari, na Avenida da Cavalhada, na Zona Sul de Porto Alegre. 

Ele foi confundido com um traficante da região.

Desde o início das investigações, a polícia considerou esta hipótese.

A resolução do caso foi anunciada em entrevista coletiva com o secretário de Segurança Pública, Cézar Schirmer, que falou sobre a prisão dos dois assassinos.

Saiba quem são os políticos mais influentes nas redes sociais

Clique em cima da imagem para ver melhor ou vá até o link e veja o original da revista.


Nos últimos três anos, 48 milhões de brasileiros começaram a acompanhar deputados federais e senadores nas redes sociais, revela a revista Exame na edição mais recente e que já está nas bancas. O interesse, porém, não é totalmente retribuído pelos políticos: no Facebook, por exemplo, apenas 18% deles costumam responder os usuários.

Leia a reportagem:

Na lista de mais influentes da Câmara dos Deputados, quatro parlamentares ficaram empatados no primeiro lugar do pódio das redes sociais: Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) e seu pai, Jair Bolsonaro (PSC-RJ), a deputada  Jandira Feghali (PCdoB-RJ)  e Marco Feliciano (PSC-SP). Todos somaram a nota 8.

Já no recorte pelo Senado Federal, o posto de mais influente é dividido entre os senadores Magno Malta (PR-ES), Romero Jucá (PMDB-RR) e Ronaldo Caiado (DEM-GO), também com média final 8.

Entre os 10 mais influentes do Congresso, apenas Aécio Neves (PMDB-MG), Alberto Fraga (DEM-RJ) e Alessandro Molon (REDE-RJ) pontuaram 7 pontos – os demais tiveram 8 pontos (veja a lista a seguir).

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Começaram protestos contra Renan nas ruas de São Paulo

São Paulo, via WhatsApp

O grupo Ativistas Sem Movimento foi para a avenida Paulista, esta manhã, e com 40 militantes deitados na pista formou o brado que a foto ao lado estampa:

- Fora Renan !

Os protestos que visam enfiar na cadeia todos os corruptos do PT, agora voltam-se para enfiar na cadeia todos os corruptos do PMDB.

Chegará a vez dos demais Partidos.

Artigo, Percival Puggina - Cunha juntou-se aos seus

Afeito ao debate político, sei que sempre há quem busque convencer e vencer sem ter razão. Os meios para alcançar esse resultado foram estudados por Arthur Schopenhauer, que listou 38 estratagemas úteis a tão torpe objetivo. O último na lista do autor e o mais vil de todos na minha opinião, é aquele em que o debatedor, sentindo-se perdido, deixa de lado o tema e passa a atacar a pessoa de seu adversário. Schopenhauer dá a isso o nome de argumentum ad personam. Recentemente, os adjetivos fascista, coxinha, golpista, direita raivosa, cumpriram esse objetivo. Idêntica intenção motivou a associação, tão insistentemente apontada quanto falsa, de que o impeachment era uma iniciativa de Eduardo Cunha apoiada por gente como ele. O inverso também não é verdadeiro.

O tema era outro e os fatos não foram esses. Em março de 2015, a nação saiu às ruas clamando contra a corrupção e pelo impeachment de Dilma, dando origem às dezenas de requerimentos nesse sentido que se acumularam sobre a mesa de Eduardo Cunha, então presidente da Câmara dos Deputados.

CLIQUE AQUI para ler mais.

Alckmin, leve, livre e solto, veio a Santa Maria para apoiar Pozzobom. Aécio sofre em Minas com João Leite.

Alckmin, recebido apoteoticamente, ontem, em Santa Maria.


O governador de SP, Geraldo Alckmin, foli ontem a Santa Maria, RS, para participar de uma caminhada no Calçadão Salvador Isaia, seguida de um comício na Praça Saldanha Marinho, tudo para apoiar seu candidato a prefeito, o deputado Jorge Pozzobom, PSDB.  Na eleição presidencial de 2006, Alckmin foi o candidato mais votado em Santa Maria, com 60% dos votos, e fez questão de relembrar esse fato na sua fala ao público.

O deputado é da corrente tucana gaúcha que apoia Alckmin, que não virá a Porto Alegre porque o candidato Marchezan Júnior é do grupo de Aécio Neves.

Após a aposta acertada no nome de João Doria para a prefeitura de São Paulo, o governador do Estado, Geraldo Alckmin, voltou a ficar um passo à frente de seu principal adversário na disputa pela indicação tucana à Presidência em 2018, percorrendo o País para apoiar correligionários.

Enquanto o paulista tem investido em estratégias de viagens e reuniões com políticos em outros Estados, o senador Aécio Neves tem precisado permanecer em Minas Gerais para tentar impedir a derrota de seu aliado, João Leite, no segundo turno em Belo Horizonte


Ex-deputado Braulio Marques é velado na Assembléia do RS

Faleceu, neste sábado o ex-deputado constituinte Dorval Bráulio Marques. O corpo está sendo velado neste domingo, das 9h às 21h, no Salão Júlio de Castilhos, no Palácio Farroupilha. A cerimônia de cremação, reservada à família, será no Crematório Metropolitano de Porto Alegre.  

Ele nasceu em Uruguaiana, em 4 de abril de 1945. Formou-se pela Faculdade de Direito de Santo Ângelo, em 1973, e fez pós-graduação na Pontifícia Universidade Católica do RS em 2001. Atuou como advogado nas áreas Cível, Administrativa e Criminal. Lecionou na Faculdade de Direito da Ritter dos Reis, na Escola Superior do Ministério Público, na Escola Superior de Advocacia, na Escola Superior da Defensoria Pública e no Centro Universitário La Salle.

Em 1976, foi eleito vereador pelo MDB, e reelegeu-se em 1982, já pelo PMDB. Candidato a deputado estadual pelo PMDB , ficou como suplente e assumiu em 1988, cumprindo o mandato até 1990. Em 2004, tomou posse como desembargador. 

Polícia prende bandidos que mataram empresário no estacionamento de supermercado de Porto Alegre

A Polícia Civil confirmou neste domingo a prisão de suspeitos da morte do empresário Marcelo Oliveira Dias, de 44 anos (foto ao lado), em um supermercado da zona Sul de Porto Alegre. 

Uma entrevista coletiva foi chamada para esta tarde, às 15h, no Palácio da Polícia.

Como se sabe, na tarde dessa quinta, o empresário foi atingido por diversos disparos dentro de um Peugeot. Ele estava acompanhado pela filha de quatros anos, que também ficou ferida. De acordo com informação da Brigada Militar no momento do registro da ocorrência, três suspeitos foram vistos durante a ação. Eles fugiram em um Ford Fiesta branco.

O empresário administrava com um irmão uma cadeia de piscinas para treinamento e diversão.

PSDB lidera disputa, mas enfrenta dissidências em Porto Alegre

Truculento, Aécio usou seu poder discricionário para intervir no PSDB do RS quando percebeu que o pupilo perderia a disputa interna. Até hoje não permitiu a realização de eleições no diretório estadual.


Marchezan Júnior não quis falar com a reportagem da Folha.

O jornal Folha de S. Paulo deste sábado, resolveu examinar as dissidências que enfrenta o candidato Marchezan Júnior dentro do seu próprio Partido, onde o Movimento PSDB Democrático vem questionando sua liderança desde o ano passado, quando por decisão autocrática do senador Aécio Neves, resolveu derrubar a direção estadual, hostil ao tucano. O deputado foi nomeado interventor federal, já que perderia a disputa que se avizinhava. O PSDB Democrático reclama por eleições e democracia interna. 

Boa parte dos principais líderes do PSDB Democrático debandou e resolveu apoiar o adversário de Marchezan Júnior, Sebastião Melo.

Líder na disputa pela Prefeitura de Porto Alegre, o tucano Nelson Marchezan Junior é chamado por correligionários de "interventor" e de autor de um "golpe".

Na eleição para prefeito deste ano, parte do grupo dissidente participa de atos pró-Melo. Secretário-geral do PSDB no RS até 2015, Jorge Hias diz que o racha interno encolheu o partido ao provocar a dissolução de diretórios não favoráveis ao hoje candidato a prefeito. "A intervenção redundou em uma candidatura que, a nosso ver, é ilegítima. É uma candidatura dele mesmo", diz Hias, que apoia Melo.

O PSDB elegeu apenas um vereador nestas eleições de Porto Alegre.

Yeda e outros críticos de Marchezan preferem adiar a discussão sobre a situação interna do PSDB para depois da eleição para não prejudicar o partido em meio à possibilidade de vitória. No Twitter, a ex-governadora disse que o grupo dissidente voltará a discutir dentro do PSDB o que fazer para "restabelecer a ordem democrática".

CLIQUE AQUI para ler toda a reportagem.

Análise, Marcos Lisboa, Folha - Vamos fazer de conta que está tudo bem?

A Secretaria do Tesouro Nacional divulgou, nesta semana, um relatório que revela a gravidade da crise fiscal nos Estados.

As despesas com pessoal, ativos e inativos, correspondem a mais de 50% da receita corrente líquida em todos os Estados e chegam a 78% no caso de Minas Gerais.

A Lei de Responsabilidade Fiscal estabelece que essas despesas não podem superar 60% da receita. Segundo o trabalho do Tesouro, porém, oito Estados estão acima do limite e a maioria está acima de 55%.

A crise fiscal não deve surpreender. Nos últimos anos, os gastos estaduais cresceram significativamente.

As despesas com pessoal, por exemplo, cresceram mais de 40% acima da inflação em dez Estados, entre 2009 e 2016. Esses aumentos foram em parte financiados com receitas temporárias, como royalties de petróleo e novos empréstimos concedidos com apoio do governo federal.

Os dados reportados pelo Tesouro divergem, em alguns casos significativamente, dos apresentados pelos Estados. A divergência decorre das metodologias adotada.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Sírio-Libanês administrará novíssimo Hospital Regional de Santa Maria (R$ 45 milhões)

O secretário estadual de Saúde do Rio Grande do Sul, João Gabbardo dos Reis, anunciou na manhã de sexta-feira que o Hospital Regional de Santa Maria, finalmente, entrará em funcionamento na metade do próximo ano.No início das atividades, a instituição não irá operar com a capacidade máxima. A expectativa do Estado é que até o fim de 2017, o Regional esteja em total operação. 

O hospítal exigiu investimentos de R$ 45 milhões. Foi tudo dinheiro público.

Eis o que disse João Gabbardo sobre o novo hospital:

- Antes precisávamos mandar pacientes para Brasília em algumas situações e, agora, poderemos ter esses atendimentos aqui. O hospital não será referência para região, mas também para o Estado todo.

Ele avisou que o hospital será gerido pelo Grupo Sírio-Libanês, de São Paulo, e o foco será a reabilitação. Os hospitais Mãe de Deus e Moinhos de Vento, de Porto Alegre, serão parceiros do gestor.

O secretário de Saúde disse que há compromisso do Ministério da Saúde em repassar R$ 5 milhões por mês para a gestão do Hospital Regional, quando este estiver operando com a capacidade total.
A compra de equipamentos será feita pelo Ministério da Saúde e Governo Estadual, em 50% para cada. Já os funcionários devem ser contratados pelos hospitais envolvidos, com critérios próprios de seleção.

RS ganha primeira vara federal regional especializada em execução fiscal

A região das Missões, no noroeste do Rio Grande do Sul, acaba de receber a primeira vara federal regional especializada, no caso a 3ª Vara Federal de Santo Ângelo, que já atua como apoio itinerante a outras unidades da Justiça Federal do RS, porque ela passa a dedicar-se exclusivamente à matéria de execução fiscal. Instituída pela Resolução 110/2016 do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, a iniciativa visa distribuir de forma mais adequada a carga de trabalho entre as varas federais do Estado e também aprimorar os processos de trabalho de forma mais objetiva, pois a especialização leva a apenas um rito de tramitação.

A 3ª Vara Federal de Santo Ângelo vai absorver todas as ações de execução fiscal das subseções de Cruz Alta, Ijuí, Palmeira das Missões, Santa Rosa, Santiago e Santo Ângelo.

Com sistema de tramitação processual totalmente eletrônico, a Justiça Federal gaúcha pode atuar de forma descentralizada e, ao mesmo tempo, interconectada. Assim, o cumprimento dos atos processuais será realizado nas subseções de domicílio das partes, além do atendimento ao jurisdicionado ser compartilhado entre as unidades envolvidas. As audiências também serão feitas, via de regra, por meio de videoconferência. Com informações da Assessoria de Imprensa da Justiça Federal do RS.

Dono da Odebrecht diz que deu Itaquerão de presente para Lula

O acordo de delação de Emílio Odebrecht, presidente do conselho de administração da empresa da família, afirma de que a Arena Corinthians foi construída pela empreiteira como uma espécie de presente para o ex-presidente Lula, torcedor do time, segundo reportagem da Folha de S.Paulo.

O Itaquerão custou R$ 1,2 bilhão, quase 50% acima da estimativa inicial do projeto, e foi palco da abertura da Copa do Mundo de 2014.

A defesa de Lula desqualificou as acusações.

Disse o advogado Cristiano Zanin Martins, que cuida da defesa do ex-presidente Lula, em nota:

- A Lava Jato não conseguiu apresentar qualquer prova sobre suas acusações contra Lula. Na ausência de provas, trabalha-se com especulações de delações. Se a delação já não serve para provar qualquer fato, a especulação de delação é um nada e não merece qualquer comentário.

Época Negócios fala bobagens sobre o editor e o Caso Vivo x Cris Duclos

A revista Época Negócios, em reportagem publicada por Sérgio Xavier, cita O Antagonista e também o blog do editor para falar do escândalo Vivo envolvendo Cris Duclos, ex-diretora de marketing da Vivo demitida da empresa comandada por Amos Genish num episódio que permanece nebuloso.

Sobre este casoi, O Antagonista conta como foi toda a história.

O editor assina embaixo, já que tem provas de tudo o que diz o blog e já falou também sobre todo o assunto.

CLIQUE AQUI para recuperar a nota de O Antagonista.


Redes sociais escalam secretários para Melo e Marchezan Júnior

As redes sociais já especulam sobre os possíveis secretariados de Marchezan Júnior e Sebastião Melo.

Os nomes mais recorrentes nas duas listas são os de Christiano Tatch, PMDB, Fazenda, no caso de Melo, e de Marisa Abreu, PSDB, Educação, no caso de Marchezan Júinior.

Brigadiano reage a assalto e mata dois bandidos em Canoas, RS

Desde ontem a noite o RS tem outro herói da Brigada Militar.

Um policial militar da BM reagiu a um assalto em uma barbearia do bairro Mathias Velho, em Canoas, na Região Metropolitana do RS e matou d euma só vez os dois criminosos. 

Foio tudo neste sábado, 21h, na Avenida Rio Grande do Sul. 

Domingo de Gre-Nal abriu com sol claro, céu azul e temperatura amena em Porto Alegre

Em Porto Alegre o domingo de Gre-Nal amanheceu com céu azul, sol claro e temperatura amena. No Rio Grande do Sul, o dia promete ser de muitas nuvens. A atmosfera se instabiliza e pode chover em várias regiões.

Em parte do Estado, o sol pode aparecer entre as nuvens ao longo do domingo. Não faz nem frio nem calor, e a temperatura fica agradável na maior parte do período.

Em Porto Alegre, a mínima prevista é de 14ºC e a máxima de 24ºC neste domingo. Na segunda, as temperaturas sobem e variam entre 17ºC e 27ºC. Na terça, a mínima será de 19ºC e a máxima de 27ºC e, na quarta, os termômetros variam entre 17ºC e 24ºC.

Avianca retoma vôos para Caracas

A Avianca prometeu retomar seus vôos para a Venezuela neste domingo. A companhia resolveu suspender os serviços na sexta-feira, depois que dois dos seus Boeings foram interceptados por caças venezuelanos.

CUT e Cpers querem parar Porto Alegre nesta segunda-feira

CLIQUE AQUI para ler editorial de O Globo: "Corporações tentam demonizar a PEC do teto dos gastos".

CUT e Cpers prometem paralisar o centro de Porto Alegre nesta segunda-feira, 8h30min, com concentração na avenida Alberto Bins, seguida de passeata, tudo para protestar contra a aprovação da PEC 241, a PEC do Teto dos Gastos.

A proposta foi aprovada em primeiro turno e irá para segundo turno, esta semana, na Câmara. Depois seguirá para o Senado.

Na parte da tarde, o Sindicato dos Servidores Federais do Rio Grande do Sul (Sindiserf-RS), em conjunto com várias entidades de servidores federais, organizam ato em frente à Faculdade de Educação (Faced), no Campus Centro da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs). Por volta das 18h30min, começa o ato organizado pela Frente Povo Sem Medo, na Esquina Democrática

Senado quer "conter excessos da PF, MPF e JF". Diretor da Polícia Legislativa segue preso em Brasília.

CLIQUE AQUI para ler "Disputa de Poder", Merval Pereira, O Globo deste domingo.

A Polícia Federal soltou três dos quatro policiais legislativos presos nessa sexta-feira durante a operação Métis. O único que permanece na Superintendência da PF em Brasília é Pedro Ricardo Carvalho. Como ele ocupa o cargo de diretor da Polícia do Senado, recai sobre ele as suspeitas de liderança nas ações de varredura da Polícia Legislativa na residências de parlamentares – que, segundo a PF e a Justiça, teriam sido feitas com intuito de atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato.

A ordem partiu de juiz singular e o presidente do Congresso, senador Renan Calheiros, já questionou a ordem, que além disto considerou abusiva, gerando atrito político com o próprio governo que apoia. Ele bateu boca com o ministro da Justiça, que ontem de manhã teve que se explicar com o presidente Michel Temer. Renan prometeu "conter os excessos da PF, MPF e JF".

O caso pôs em evidência a Polícia Legislativa, responsável por fazer a segurança de parlamentares, prevenir e apurar infrações nas instalações pertencentes ao Congresso Nacional.