Artigo, Hélio Schwartsman - Vai morrer de quê ?

Neste artigo para a "Folhas" deste domingo, Hélio Schwasrtsman explica que estamos ficando masis saudáveis, mas isso apenas nos empurra para mortes mais sofridas. Leia tudo:

Foi Arthur Schopenhauer quem afirmou que o homem está condenado a ser um eterno insatisfeito. Nós nos esforçamos e sofremos para tentar obter aquilo que desejamos, mas, quando finalmente conseguimos, o sentimento de satisfação é no máximo efêmero e, assim, mergulhamos no tédio, para dele sair apenas quando surge um novo desejo, num ciclo torturante que se repete ao longo de toda a vida.
A fim de não desmentir o filósofo, faço hoje uma análise pessimista dos avanços da medicina. Sim, é verdade que esse ramo do saber deu, ao longo dos últimos séculos, passos notáveis, que tiveram significativo impacto na saúde e na vida das pessoas.
Destacam-se aí as medidas de saneamento básico, que reduziram bastante as diarreias --historicamente as maiores assassinas de bebês--, vacinações e o advento dos antibióticos. Isso já bastou para mudar radicalmente o mapa da mortalidade. Em 1950, 40% dos óbitos no Brasil se deviam a moléstias infectocontagiosas; hoje, elas são menos de 10%. Em termos de expectativa de vida ao nascer, passamos dos 43,3 anos em 1950 para 73,5 em 2010.
Ótimo, não é mesmo? Sim, mas, como todos precisamos morrer de alguma coisa, quando tiramos as doenças infecciosas da frente, pulamos para o próximo item da lista, que são as moléstias cardiovasculares.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

O Globo defende abertura para empreiteiras estrangeiras

Reportagem do jornal "O Globo", publicada neste domingo, defende a abertura do mercado brasileiro de infra-estrutura às empresas internacionais, em razão da Operação Lava Jato.

. Segundo o jornal, empresas brasileiras, envolvidas no escândalo, deveriam ser declaradas inidôneas. A abertura comercial no setor de serviços é uma antiga reivindicação de setores políticos e empresariais, preocupados com a cartelização que tem dominado o setor brasileiro de obras públicas, o que resulta em grossa corrupção do tipo que ocorre hoje na Petrobrás.

. No RS, a Operação Solidária, desfechada há 6 anos pela PF, identificou cartel de empreiteiras. Muitas delas foram punidas. Também na Sema, no governo Tarso, ocorreu algo semelhante, mas ninguém foi punido até agora, embora os processos estejam na Justiça. 

. As empreiteiras têm sido os maiores doadores de candidatos a todos os cargos públicos, desequilibrando e corrompendo as disputas eleitorais no País. 

PSDB diz que Dilma gastou demais, não cumpriu a meta fiscal e agora quer mudar a legislação para não tomar crime de responsabilidade

CLIQUE AQUI para ver e ouvir: "Dilma ganhou com a esquerda
e governa com a direita". 
CLIQUE AQUI para ler, também, artigo de Aécio Neves, "Trinta dias",
publicado neste domingo pela "Folha de S. Paulo".

A análise a seguir é de hoje, do site do PSDB. Leia:

O que é Lei de Responsabilidade Fiscal: É a lei que define como o governo federal, estados e municípios podem aplicar o dinheiro público. A LRF estabelece os limites para essas despesas e tem como um dos objetivos evitar que os governantes gastem mais recursos do que dispõem, mantendo, assim, as contas públicas em dia.

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) orienta a preparação dos Orçamentos Públicos, definindo quais as despesas serão ou não obrigatórias e, entre outros pontos, qual deverá ser a poupança a ser feita pelo país.

CLIQUE AQUI para examinar os artigos da lei que definem o crime.

Economia gaúcha poderá fechar 2014 como uma das piores da década

Na quinta-feira a FEE anunciará o tamanho do PIB do RS no terceiro trimestre.No acumulado dos dois primeiros trimestres, a alta foi de apenas 0,2%.

. O PIB local poderá andar perto dos 0,1% registrados para o PIB nacional no terceiro trimestre.

. 2014 caminha para níveis extremamente baixos de crescimento para a economia do RS, que poderá ser a pior da década.

. Saiba como foram os PIBs nos últimos três governos (a projeção de 1,95% para este ano, dificilmente acontecerá).

RIGOTTO
- 2003: 1,6
- 2004: 3,3
- 2005: -2,8
- 2006: 4,7
Média, 3,1%

YEDA
- 2007: 6,5
- 2008: 2,7
- 2009: -0,8
- 2010: 7,8
Média, 4,05%

TARSO
- 2011 – 5,7
- 2012 - -1,80 (É MENOS 1,80)
- 2013 – 6,.37
- 2014 – 1,95 (projeção da Farsul)
Média, 3,05%

Opinião do editor - A única solução para acabar com a corrupção na Petrobrás é desprivatizá-la

A "Folhas" deste domingo diz que os funcionários da estatal escondem o crachá ao sair por temer hostilidade nas ruas. O jornal transcreve um diálogo que comprova isto. Leia:
Funcionário (dirigindo-se ao motorista de táxi): Toca para a Petrobrás.
Motorista do táxi - Você estás roubando lá também ?".
CLIQUE AQUI para saber mais.


Ao contrário do que defende Marcus Coester no artigo a seguir sobre a Petrobrás, os problemas da estatal não estão centrados na escolha das pessoas, mas na sua condição de estatal apropriada inteiramente pelos interesses privados dos seus empregados.

. Os empregados da Petrobrás impuseram todos os diretores, garrotearam os Conselhos de Administração e Fiscal, dominaram o controlador (os contribuintes, via governo federal) e locupletaram-se de tal forma que seus melhores e mais altos quadros diretivos acabaram flagrados em plena corrupção e enfiados na cadeia.

. O fato dos empregados da estatal manifestarem silêncio obsequioso diante do Petrolão é apenas demonstração de que são coniventes com o que acontece.

. Em menor ou maior proporção, algo semelhante acontece até mesmo em estatais menores, como CEEE e Ceasa, RS, ou Eletrobrás.

. A única solução para a Petrobrás é a sua imediata desprivatização.

Artigo, Marcus Coester - Petrobrás 2014...

Neste artigo para "Zero Hora", Marcus Coester demonstra os enormes avanços que a Petrobrás conseguiu no campo da exploração petrolífero do petróleo, passando pela Bacia de Campos até chegar ao Pré-Sal. Ele constata que a peça-chave para os problemas atuais da estatal baseia-se na escolha das pessoas. Marcus Coester é empresário, diretor da Fiergs/Ciergs e coordenador do Comitê de O&G Fiergs.

Em uma conversa com um empresário mexicano em Puebla, cerca de 10 anos atrás, comparávamos a Petrobras e a Pemex, tendo a última um faturamento três vezes superior à rival brasileira. Mas no final da discussão o mexicano se rendeu com uma afirmação surpreendente: “a diferença fundamental é que a Pemex é uma estatal mexicana, enquanto a Petrobras é uma companhia petroleira…”. Criada em 1953 pelo presidente Getúlio Vargas, a maior e mais importante empresa brasileira vive hoje, quem sabe, uma de suas maiores crises institucionais.
Umbilicalmente ligada à politica e ao desenvolvimento nacional, um dos fatores para o sucesso internacional da Petrobras foi o contínuo investimento no conhecimento e no desenvolvimento profissional de seus mais de 80 mil colaboradores. Quem talvez melhor personifique este processo, sendo uma espécie de antítese do ex-diretor Paulo Roberto Costa, é o geólogo Carlos Walter Marinho Campos, que em 1974 foi responsável pela descoberta do campo de Garoupa e pela revelação da região petrolífera que logo se tornaria a mais importante do Brasil. Carlos Walter entrou na Petrobras como trainee e chegou ao cargo de diretor, quando, contrariando recomendações internacionais, convenceu o governo federal a investir na busca de petróleo no mar. Com 80% da produção nacional na bacia de Campos, nome dado em homenagem ao seu descobridor, o país atingiu a autossuficiência em 2006, o sonho impossível de 30 anos antes. A evolução do núcleo técnico formado inicialmente por Carlos Walter chegaria anos depois ao pré-sal, colocando as reservas do Brasil entre as mais significativas e promissoras do globo.

A relação de governo que norteia a alta administração da Petrobras tornou possível Carlos Walter, a bacia de Campos e o pré-sal, mas em sua versão perversa também criou Paulo Roberto Costa e uma estarrecedora rede criminosa. O aprimoramento da governança corporativa e compliance da companhia, assim como os mecanismos de controle, investigação e justiça são relevantes para que a Petrobras cumpra o papel que a sociedade brasileira espera. Ainda assim, a peça chave continuará sendo sempre a escolha das pessoas, sejam elas os membros do conselho de administração e dirigentes da Petrobras, sejam elas nossos governantes e parlamentares.

BB monta mutirão para auditar contratos fraudulentos do Pronaf no RS

Somente agora, mesmo depois de ter afastado sete funcionários, o Banco do Brasil resolveu  montar um mutirão para auditar os 6.300 contratos do Pronaf que foram assinados no Vale do Rio Pardo.

. BB e entidades como Associação Santa-Cruzense dos Agricultores Campneses, Aspac, aparelho do MPA (Movimento dos Pequenos Agricultores) e MDA (Ministério da Agricultura) estão sendo investigados pela Polícia Federal e MPF num golpe que pode chegar a R$ 80 milhões. Os empréstimos eram obtidos por procurações passadas para a Aspac e muito dinheiro não chegou nas mãos dos pobres colonos, servindo para financiar lideranças do PT que controlam tudo na área. A PF chegou a investigar o deputado Bohn Gass, mas também vereadores do PT de Santa Cruz e Sinimbu.

Análise - O PIB e as lições do fracasso dos governos do PT

Neste editorial, o jornal "O Estado de S. Paulo" diz que a economia nacional continua presa num atoleiro, movendo-se muito devagar e sem perspectiva de acompanhar o avanço global no próximo ano e talvez no seguinte, de acordo com os novos números do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

. Leia mais:

Sem grande melhora para exibir, o governo pode, no entanto, anunciar o fim da recessão, porque no terceiro trimestre o Produto Interno Bruto (PIB) foi 0,1% maior que no segundo. Mas ficou 0,2% abaixo do nível de um ano antes. Nos detalhes, o contraste ainda foi mais feio. A produção industrial foi 1,5% menor que a de julho a setembro de 2013 e o investimento produtivo, 8,5% inferior. Houve, sem dúvida, alguma recuperação depois do desastre na primeira metade do ano, quando a produção geral encolheu em dois trimestres consecutivos, com taxas negativas de 0,2% e 0,6%. Mas a anemia econômica permanece.


. A nova equipe responsável pela economia terá de providenciar boas doses de vitamina, mas, ao mesmo tempo, deverá cuidar dos fundamentos, consertando as contas públicas e contendo a inflação. O déficit acumulado pelo setor público em 12 meses, de 5,01% do PIB, foi um dos mais altos do mundo, embora a presidente Dilma Rousseff insista em dizer o contrário. A estabilidade, como foi dito na apresentação dos futuros ministros da Fazenda e do Planejamento e do presidente do Banco Central, é condição para o crescimento e para a continuidade da inclusão social.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Nova lei sêca contra cigarros entra em vigor na terça-feira

A lei extingue os ‘fumódromos’ até em locais abertos, proíbe de vez as propagandas dos cigarros, charutos, narguilés etc, e passa a vigorar nesta terça-feira. 

. Dados do Ministério da Saúde dão conta de que 200 mil pessoas morrem, por ano, vítimas dos efeitos do tabaco no País. Inclusive os fumantes passivos.


. A norma entra em vigor na terça, 180 dias após decreto de Dilma regulamentando a lei. Apesar dos esforços, a bilionária indústria do tabaco perdeu a briga.

Tabaré Vázquez deverá ser eleito neste segundo turno, hoje, no Uruguai

No sétimo pleito à Presidência da República desde a redemocratização do país, o candidato da coalizão governista Frente Ampla, o ex-presidente Tabaré Vázquez, é o favorito na disputa contra o oposicionista Luis Lacalle Pou, do Partido Nacional.

. Todas as pesquisas eleitorais divulgadas na última semana apontam para uma folgada vitória de Tabaré Vázquez neste domingo. A diferença entre as candidaturas de Vázquez e Lacalle Pou estaria oscilando entre 10 e 14 pontos percentuais.

. Segundo projeções da empresa Cifra, 52,2% votariam em Vázquez e 37,8%, em Lacalle Pou. Votos em branco e nulos somariam 4,4% e 5,6% ainda não sabem ou não dizem em quem votarão

Jacques Wagner descansa no Kur, Gramado

O governador Jacques Wagner, PT da Bahia, descansa com a mulher no Kurotel, Gramado. Ele é apontado como candidato forte ao ministério das Comunicações, agora inflado com verbas de propaganda.

. O Kur é spa caríssimo, só frequentado pelas elites brancas.

Meia dúzia de arquitetos cariocas e gaúchos querem impedir demolição do Memorial Luiz Carlos Prestes

Símbolos das opressoras ditaduras comunistas, nazistas e fascistas, foram derrubados em todo o mundo. Ao lado, cabeça do carniceiro Stálin, derrubada do pedestal durante a Primavera de Praga, esmagada pelos tanques da URSS. Prestes sempre foi agente assalariado e servo da espionagem do governo comunista russo. 



Única obra de Oscar Niemeyer em Porto Alegre, o Memorial Luiz Carlos Prestesfoi defendido em uma manifestação organizada por algumas dezenas de arquitetos vindos do Rio e outros do RS, na tarde deste sábado. O grupo — que contou com a presença do arquiteto e urbanista Paulo Niemeyer, bisneto de Oscar Niemeyer e coautor da obra — realizou um ato contra a proposta de demolir o local.

. O Memorial é uma homenagem ao líder comunista gaúcho que tentou implantar a ditadura comunista no Brasil. Na sua trajetória, Prestes esteve a serviço da União Soviética, de quem recebeu abrigo e dinheiro. Ele também foi responsável por assassinatos praticados em nome da causa e por sua ordem e conivência. O gaúcho pautou sua vida no combate feroz às liberdades públicas e privadas, inclusive as de imprensa, de organização e de movimentação. 

. A homenagem em andamento não tem sentido algum e deve ser revista, o que implica na demolição do monstrengo criado pelo arquiteto comunista Oscar Niemeyer, ou sua destinação ao previsto Memorial Lupicínio Rodrigues. 

. No dia 8 de novembro, a edificação foi alvo de um protesto contra o comunismo. Na data, cartazes, cruzes e até uma coroa de flores foram fixados na grade da construção, situada à beira do Guaíba. Entre as frases escritas nos cartazes estavam "abaixo ao comunismo" e "devemos derrubar o memorial ao comunista Prestes

Doleiro Youssef permanece internado em Curitiba. Ninguém sabe quando ele terá alta. Permanecem suspeitas sobre lento envenenamento.

Advogado e familiares do doleiro acham que ele pode morrer a qualquer momento. Na internação anterior, foram fortes as informações de que ele estaria sendo envenenado na prisão.

O estado de saúde de Alberto Youssef, investigado na Operação Lava Jato, é considerado bom. A informação consta no boletim médico divulgado pelo Hospital Santa Cruz, de Curitiba, onde o doleiro foi internado por volta das 15 horas deste sábado, depois de sofrer um desmaio na carceragem da Polícia Federal (PF).

. Segundo o documento, Youssef, que está sob escolta da polícia, está consciente e realiza exames complementares para elucidação diagnóstica. Ele chegou com febre ao hospital, e, segundo o advogado dele, Antonio Figueiredo Basto, também teve dor abdominal e problemas de pressão. 
.
. As primeiras informações eram de que ele teria alta neste domingo, mas agora ninguém sabe quando isto acontecerá.

. Preso desde março na PF de Curitiba, o doleiro é um dos delatores do esquema de corrupção na Petrobras. Esta é a quarta vez que problemas de saúde fazem com que Yousseff tenha de ser levado a uma instituição de saúde.

Partidos estimam que até 100 políticos sejam pegos no caso Petrobras. Editor inclui Lula e Dilma na lista.

CLIQUE AQUI para ler, também, o artigo "Apenas a indignação da sociedade brasileira acabará com a corrupção".

O site em português do jornal El País de hoje diz que temendo serem flagrados na Operação Lava Jato, congressistas já procuram escritórios de advocacia para prepararem suas defesas. O editor pode acrescentar, o que não fez El País, que Lula e Dilma estarão na lista. 

. A seguir, material editado para os leitores desta página:

Em abril, logo após surgirem as primeiras informações do esquema de corrupção da Petrobras e dois dos cabeças do grupo presos começarem a falar com a polícia, havia políticos que alardeavam aos quatro ventos de que o Congresso brasileiro iria abaixo com as denúncias. O escândalo de desvios de ao menos 10 bilhões de reais que parecia grudar apenas nos partidos governistas, porém, é mais amplo. Conforme oito líderes partidários ouvidos pelo EL PAÍS nesta semana, as principais legendas brasileiras se preparam para uma enxurrada de críticas por terem seus correligionários envolvidos nas denúncias e, pior, de batalhas nos tribunais.

. Falando sob a condição de não terem seus nomes divulgados, esses dirigentes de partidos estimam que entre 60 e 100 congressistas, a maioria deles deputados e ex-deputados, estejam em vias de serem investigados pela ligação com a quadrilha que tomou conta da maior companhia brasileira entre 2004 e 2012, entre os governos petistas de Lula da Silva e Dilma Rousseff. “Não tem como fugir. Vai sobrar para todo mundo. Pelo que temos visto será uma carnificina”, disse um dirigente partidário.

. Parlamentares já começaram a consultar advogados sobre o passo a passo de um processo jurídico e de como se livrar da prisão

. Considerados peixes pequenos na política brasileira, os nomes de Vargas e Argôlo deverão rapidamente sumir do noticiário. Vazamentos feitos à mídia já mostraram que surgiram nos depoimentos os nomes dos presidentes da Câmara e do Senado, Henrique Eduardo Alves e Renan Calheiros, ambos do PMDB. O tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, e ex-governadores como Sérgio Cabral, do PMDB do Rio de Janeiro, e do finado Eduardo Campos, do PSB de Pernambuco, também teriam sido citados. Os envolvidos e seus correligionários negam qualquer irregularidade.

Abril mata INFO impressa. Publicação será apenas digital.

A Abril não publicará mais a revista INFO, dedicada ao tema da Tecnologia da Informação. A publicação prosseguirá no formato digital, na Web.

Sérgio Machado, PMDB, não voltará para a presidência da Transpetro

Charge de Chico Caruso remete a investigações em curso nos EUA.


Sérgio Machado, PMDB,licenciado da Transpetro, é o único dirigente do atual comando da Petrobras ou de suas subsidiárias que teve o nome relacionado diretamente ao esquema de propinas investigado na Operação Lava Jato que ainda se mantém no cargo, mas ele não voltará mais para ele.

. Em depoimento ao juiz federal Sérgio Moro, o ex-diretor Paulo Roberto Costa disse que recebeu R$ 500 mil em dinheiro das mãos de Machado, sendo que em outro inquérito, o Ministério Público do Rio investiga desde 2010 a evolução patrimonial do ex-deputado, que seria, segundo os promotores, incompatível com sua renda

Saiba quem é o novo ministro da Saúde de Dilma

O atual ministro da saúde, Chioro, será mantido no cargo. O editor apurou que ele tem experiência em medicina social, qualificação, doutorado em ciências pela Unifesp, e é da área, mas desenvolveu  
toda uma atividade profissional ligada ao PT nos Conselhos de Saúde de São Paulo e de São Bernardo do Campo, onde foi secretário de Saúde, o que significa que a política petista da saúde, que é coletivista em excesso, com erros no atendimento primário, na distribuição regional de níveis de atendimento e cheia de furos, não vai mudar.

. Dilma o manteve para agradar ao PT...

CLIQUE AQUI para examinar a tese de doutorado do ministro sobre politica de contratualização de hospitais
CLIQUE AQUI para ver o curriculum.

Greve do Detran do RS começa nesta segunda-feira

Decidida em Assembleia-Geral da Categoria na quarta, 26, a greve dos Servidores do DETRAN inicia nesta segunda-feira. 

. A categoria, que é composta por aproximadamente 700 Servidores, pede resposição salarial, adequação das progressões, publicação e pagamento das promoções, além do cumprimento de acordos assumidos pelo governo do Estado em 2011 e 2012.

. Às 9h de segunda-feira o Comando de Greve reún-se com a Casa Civil, inicia a rodada de negociação.

Unisinos inaugura dois institutos tecnológicos de R$ 20 milhões

A Unisinos, São Leopoldo, RS, acaba de inaugurar mais dois institutos tecnológicos de referencia internacional, no caso os itts Performance e Nutrifor. A universidade investiu R$ 20 milhões nos empreendimentos. O itt Performance investiga, avalia e certifica o desempenho de sistemas para construção civil e é composto por 5 laboratóios de eferência, sendo o primeiro instituto tecnológico brasileiro acreditado pelo Cradle toCradle Products Innovation Institute, enquanto que o itt Nutrifor concentra-se nas áreas de alimentos para a saúde, nutrição e nutracêutica, atuando no desenvolvimento de novos alimentos, tecnologia e processos, atuando com 7 laboratórios de alta tecnologia.

Saiba mais: unisinos.br/itt

Tião Vianna, o Lacerda do PT, despacha haitianos indesejados sem viso prévio

Tião Vianna, governador da dinastia Vianna. Os petistas da família dominam a política local. Tarso levou quasse uma semana para reagir à última "descortesia" do colega. 



O governador petista Tião Vianna, Acre, ao despachar haitianos indesejados para fora do Estado, sem consulta prévia a ninguém, repete a prática do udenista ex-governador Carlos Lacerda, que recolhia mendigos do Rio e os remetia para a Baixada Fluminense.

. A diferença é que Tião Vianna ainda não mandou atirar ninguém no rio Guandu.

Lojas Renner promete endurecer controles para evitar trabalho-escravo entre fornecedores

Neste final de semana a empresa gaúcha Lojas Renner anunciou que vai “revisar e aperfeiçoasr o pocesso de auditoria e certificação de fornecedores”. É que na semana passada o Ministério do Trabalho estourou a Oficina de Costura Letícia Paniágua Verduges, conratada por dois fornecedores da Renner, a Kabriolo e a Betilha, na qual foram resgatados tabalhadores-escravos.

Aluguéis corporativos de alto padrão subiram 15% no último trimestre em Porto Alegre

Subiram muito os preços médios dos aluguéis cobrados dos escritórios corporativos de alto padrão em Porto Alegre, segundo dados levantados pela MarketBeat, empresa da consultoria americana Cushman & Wakefield, que atua fortemente na Capital do RS.

. Os dados demonstram que nos últimos três meses o avanço foi de 12%.

. Isto significa que o valor do metro quadrado útil ao mês foi para R$ 64,60.

. A alta tem tudo a ver com a elevada ocupação. A taxa de vacância ficou em 3,5% no período, 5 vezes mais baixa do que em SP e no Rio.

Via Porto compra concessionárias Honda da Sulbra

A catarinense Via Porto comprou as quatro concessionárias da Honda que eram administradas pelo grupo Sulbra no RS.

Nassif avisa que Polícia Federal quer pegar Dilma Roussef

Alinhadíssimo com o PT desde que o Partido chegou ao governo, o jornalista Luis Nassif afirma, em postagem na sua página na internet, neste sábado , que há esforços sendo feitos por integrantes da Polícia Federal para encontrar elementos na operação Lava Jato que permitam acusar a presidente Dilma Rousseff de improbidade administrativa.

. Diz o jornalista governista:

- Escarafuncham até viagens da Lula à África, depois que deixou a presidência, bancada por empreiteiras. Nada encontrarão por aí, mesmo porque, como é de conhecimento geral, são eventos públicos para estimular negócios de empresas brasileiras na África. Mas mostra a que ponto chega a gana da PF.

. Não será preciso investigar mais nada para que o resultado pevisto por Nassif ocorra, já que a própria revista Veja, em duas edições, comprovou quem detinha o mando de fato do Petrolão.

Tomografia já avalia estado de saúde do delator do Petrolão

O doleiro Alberto Youssef  apresentou febre e dores abdominais e o atendimento médico na superintendência da PF do Paraná, onde está preso, não conseguiu reverter a situação. A informação foi confirmado ao Estado pelo advogado do doleiro, o criminalista Figueiredo Basto. O advogado disse que seu cliente chegou a desmaiar na carceragem.

. Ele foi internado estas tarde no Hospital Santa Cruz.


. Conforme pessoas que acompanham a internação do doleiro, ao chegar ao hospital ele já não apresentava mais febre e as dores abdominais diminuíram. Mesmo assim, será submetido a uma tomografia e outros exames. A expectativa é que ele pode voltar à superintendência da PF amanhã, se esse quadro se mantiver. No hospital o doleiro disse aos médicos que estava com sono e gostaria de dormir.

- O editor acompanha o caso com informações de fontes oficiais do Paraná.

Delator do Petrolão é internado novamente em Curitiba. Advogado acha que ele pode morrer.

O doleiro Alberto Yousseff foi internado esta tarde mais uma vez no Hospital Santa Cruz, em Curitiba. Ele sofreu um desmaio em função do seu problema coronário e o atendimento médico na superintendência da Polícia Federal do Paraná, onde o doleiro está preso, não conseguiu reverter a situação.

. No final da semana da eleição, o doleiro também foi internado e as suspeitas era de que tinha sido envenenado.

. O advogado dele, o criminalista Figueiredo Basto, acha que ele pode morrer:

- Evidentemente o risco de morte não deixa de existir. Ele tem coronariopatia grave.

. Esta é a quarta vez que Youssef é internado. Em outubro, na véspera da eleição presidencial, a pressão dele teria baixado, segundo investigadores, a 6 por 3. Na ocasião, o doleiro foi internado pela terceira vez e boatos se espalharam na internet de que ele havia morrido por envenenamento. Nessa ocasião anterior, nota assinada pela Polícia Federal, e não pelo hospital, informou que ele teve "uma forte queda de pressão arterial causada por uso de medicação no tratamento de doença cardíaca crônica".


. Muita gente quer ver o doleiro morto.

. Youssef é um dos principais delatores do esquema de corrupção na Petrobras. Ele contou que os contratos de empreiteiras eram superfaturados para abastecer os partidos aliados: PP, PT e PMDB. A primeira fase da delação já foi concluída, mas ainda não foi homologada pelo juiz.

Vêm aí três novos Partidos: Rede, Partido Liberal e Partido Novo

Três novos partidos já anunciaram que até abril terão cumprido todas as exigências do TSE e passarão a ter seus registros oficializados. São eles: O REDE de Marina Silva; O Partido Novo de economistas liberais com origem no sistema financeiro; e o Partido Liberal, mais um partido criado pelo ex-prefeito Gilberto Kassab, depois do PSD.

            

Conheça o golpe do governo que ajudara a Friboi a aniquilar a concorrencia

Neste artigo que distribuiu hoje, o jornalista Diego Casagrande denuncia que a gigante JBS-Friboi, empresa que foi presenteada pelo BNDES com mais de R$ 10 bilhões do dinheiro dos brasileiros sem garantias efetivas durante o governo Lula, agora conta com novo apoio do governo Dilma: uma medida provisória assinada na calada da noite por Dilma que pode arrasar os pequenos frigoríficos, tirando-os do caminho da JBS-Friboi e abrindo caminho para o monopólio absoluto. 

. Leia mais:

. A MP de Dilma transfere integralmente para o governo federal, via Ministério da Agricultura, o controle do serviço de inspeção dos produtos de origem animal (gado, peixes, aves, leite, salsicha, mel, etc). Atualmente, a fiscalização e liberação de licenças para funcionamento é dividida com estados e municípios, levando-se em conta o tamanho e abrangência da comercialização. Por exemplo, um frigorífico que abate apenas 10 cabeças por dia e vende somente em seu município, é fiscalizado pelos agentes do município. No RS, 60% dos municípios têm seus serviços de inspeção municipal. Centralizar a inspeção no governo federal será uma medida catastrófica. Na verdade, trata-se de um golpe urdido em Brasília e altamente lesivo à nossa economia.

 . A União não tem a mínima estrutura para isso, o que ocasionaria falta de inspeções e de concessão de licenças, levando a um aumentando da informalidade e do abate clandestino, transformando pequenos empresários em foras da lei. Sem falar no impacto negativo na geração de empregos, renda e desenvolvimento. As pequenas empresas não terão como fazer as adequações à legislação federal - por não ter escala e condições econômicas - e poderão quebrar. A quebradeira do setor seria tão ruinosa para a economia quanto salutar para a JBS-Friboi, que ficaria de dona absoluta das carnes produzidas no Brasil. Obrigado Dilma. A JBS-Friboi agradece.

 . Não por acaso, a JBS-FRIBOI foi a maior doadora da campanha eleitoral de 2014 – para todos os partidos e candidatos - ultrapassando a cifra de R$ 50 milhões.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Vereadores de Santa Cruz querem acesso às provas do inquérito sobre o Escândalo do Pronaf

Vereadores de Santa Cruz que integram a comissão especial criada na Câmara para acompanhar as investigações da Operação Colono se reuniram com Gustavo Schneider, diretor da Polícia Federal na região, na manhã de sexta-feira. Além de apresentar ao delegado os objetivos da comissão, eles solicitaram acesso ao conteúdo do inquérito. Schneider, entretanto, alegou que isso não seria possível, já que o caso ainda não retornou para a instância local.


.m À frente do grupo, Edmar Hermany (PP) informou, após a reunião, que a comissão pretende agora recorrer à 7ª Vara da Justiça Federal de Porto Alegre e ao Supremo Tribunal Federal. “Até agora, não temos nenhuma informação oficial sobre a investigação”, disse. Além dele, compareceram à reunião os outros dois integrantes da comissão, Alberto Heck (PT) e Francisco Carlos Smidt (PTB).

Polícia Federal aguarda Justiça Federal para retomar investigações no caso do Escândalo do Pronaf

O ministro Teori Zavascki e o Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, dia 2 de outubro, interromperam a execução de mandatos de busca e apreensão que iria começar naquele dia em Santa Cruz do Sul, sob a alegação de que Bohn Gass, deputado do PT, tinha foro privilegiado e poderia ser atingido. A decisão truncou todo o inquérito da Operação Colono, que estava para ser concluída. O caso envolve duramente o PT do RS. R$ 80 milhões estão em jogo no âmbito de contratos fraudulentos tomados do Pronaf no BB. Boa parte do dinheiro acabou no bolso de líderes petistas e de campanhas eleitorais do PT. 

O chefe da Delegacia da Polícia Federal de Santa Cruz do Sul, Gustavo Schneider, disse nessa sexta-feira que as pessoas investigadas por supostos desvios de recursos do Programa Nacional de Desenvolvimento da Agricultura Familiar (Pronaf) no Vale do Rio Pardo serão ouvidas em breve. A PF aguarda o retorno do inquérito, que tramita no Supremo Tribunal Federal, para retomar a Operação Colono.

. São informações da edição deste sábado do jornal A Gazeta, Santa Cruz do Sul, das quais o editor já tinha conhecimento e chegou a noticiar aqui neste espaço. O processo voltou à Justiça Federal de Porto Alegre, que já deveria ter reaberto o caso e ainda não fez isto. Leia a nota de A Gazeta:

Embora toda a investigação tenha sido feita em Santa Cruz, o caso foi remetido à instância superior por conta da suspeita de participação de um deputado federal, Elvino Bohn Gass (PT) – integrantes do Congresso Nacional têm foro privilegiado.
No início deste mês, porém, o STF arquivou a apuração contra o petista sob alegação de falta de provas. 
Com isso, o processo deve voltar à 7ª Vara da Justiça Federal de Porto Alegre. Até agora, no entanto, a PF de Santa Cruz não foi informada oficialmente de que isso tenha ocorrido. 
A delegacia também não tem conhecimento formal de que o sigilo da operação tenha sido levantado, embora isso tenha sido determinado pelo próprio STF. Conforme Schneider, ouvir os investigados será o próximo passo assim que o inquérito retornar. “Não sabemos quando isso acontecerá, mas a investigação está em fase final. Já temos as nossas convicções e o que nos resta é ouvir as pessoas para confrontá-las com as provas que levantamos”, explicou. Entre os apontados pela operação estão dois vereadores da região: Wilson Rabuske, de Santa Cruz, e Maiquel Raenke, de Sinimbu – ambos são do PT

Hoje, meia noite, tem Aécio na Globonews

Hoje, sábado, meia noite, Roberto D'Ávila entrevista Aécio Neves na Globonews.

Doleiro do Petrolão intermediava negócios em 747 obras

Uma lista apreendida pela Polícia Federal (PF) na casa de Alberto Youssef mostra que os negócios do doleiro não se limitavam à Petrobras. A lista, revelada pela revista Carta Capital, mostra que Youssef, por meio de empresas de fachada, intermediou negociações entre construtoras e empresas públicas e privadas. A nota é da Agência Estado. Lia:

Nem todas as 747 obras que aparecem na lista de Youssef foram executadas pelas empreiteiras representadas pelo doleiro e 59% delas tinham a Petrobras como contratante. Nas 41% restantes aparecem o Metrô de São Paulo e as estatais de saneamento Sabesp, Copasa (MG), Caema (MA), Casal (AL), Cagece (CE), Cedae (RJ), Saneago (GO) e a Saned, de Diadema. Há também empresas privadas como a Vale, Fiat e empresas do Grupo X.
A lista encontrada com Youssef em março trazia o nome da obra, o telefone fixo e o contato de alguém da empresa que contrataria a obra, além de informações detalhadas sobre o projeto. Na outra ponta, como clientes de Youssef, além das construtoras citadas na Lava Jato aparecem cerca de cem empresas. A Delta Engenharia, o Grupo Shahin, a IHS Engenharia, a Potencial Engenharia e a CR Almeida estão entre as empresas que teriam sido representadas por Youssef nas negociações.
Entre as obras citadas na lista, estão várias projetadas contra a seca no Nordeste, em especial as administradas pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas(Dnocs), órgão ligado ao Ministério da Integração Nacional. A Pasta era administrada até o ano passado pelo senador eleito Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE).


Eles sabiam de tudo - Advogado da Petrobrás também avisou os governos do PT sobre "anomalias" nas contratações da Petrobrás

Os jornalistas Robson Bonin e Hugo Marques,Veja, contam em reportagem lembram que na semana passada, a revista mostrou que mensagens eletrônicas encontradas pela Polícia Federal nos computadores do Palácio do Planalto revelavam que o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff tiveram, em 2009, a oportunidade de interromper a ação dos corruptos que atuavam no coração da Petrobras — e a desperdiçaram.

O advogado da Petrobras avisou o Planalto dos riscos de a estatal continuar contratando obras sem licitação apesar das sucessivas advertências do Tribunal de Contas da União sobre irregularidades.Em 29 de maio de 2007, o então advogado da estatal junto ao TCU, Claudismar Zupiroli, enviou um e-mail à então secretária ­executiva da Casa Civil, Erenice Guerra. Ele relatou sua preocupação com o fato de o TCU estar no pé da Petrobras pelo uso abusivo de um decreto que permite gastos sem licitação na estatal

Leia tudo:

Chefe da Casa Civil do governo Lula, Dilma recebeu do então diretor de Abastecimento e Refino da Petrobras, Paulo Roberto Costa, um e-mail alertando para o risco de que obras sob sua responsabilidade fossem paralisadas por recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU). Cérebro da quadrilha que desviou bilhões dos cofres da companhia, Paulo Roberto estava preocupado com a ação dos auditores que começaram a farejar pistas da existência do cartel de empreiteiras que superfaturava contratos na estatal. Para impedir que o dinheiro parasse de jorrar no bolso dos corruptos, o diretor sugeriu que o governo agisse politicamente para neutralizar as denúncias do tribunal. E assim foi feito. Logo depois de receber a mensagem, Dilma se pôs a criticar a iniciativa do TCU, e Lula vetou a decisão do Parlamento de interromper as obras suspeitas, entre elas a de construção da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.

. Na esteira da apuração da reportagem, VEJA perguntou à presidente, que também comandava o Conselho de Administração da Petrobras na ocasião, se era comum um diretor desconsiderar a hierarquia, dirigir-se diretamente ao Palácio do Planalto e tomar a liberdade de oferecer sugestões políticas para um problema administrativo. Dilma não respondeu. 

CLIQUE AQUI para ler mais. 

Istoé diz que PT tucanou com Levy na Fazenda

Para tirar o País da recessão e disciplinar as contas públicas, a presidente Dilma adota o receituário do PSDB, que tanto criticou na campanha, e anuncia uma composição ministerial com jeito de oposição.

. Leia a reportagem de capa de Istoé:


Se os símbolos dos partidos políticos retratassem as posições das legendas e dos seus principais representantes, a estrela do PT no segundo mandato de Dilma Rousseff poderia ganhar um bico tucano, símbolo maior do PSDB. Mesmo sob os protestos do seu partido e de aliados fisiológicos, Dilma dá aos primeiros contornos do seu próximo governo uma aparência semelhante ao que seus opositores defenderam durante a eleição. A explicação para a mudança de rumo é simples: a presidente precisa tirar o País do atoleiro em que se encontra. E o sucesso do próximo mandato depende diretamente da retomada do crescimento e do controle dos gastos públicos, que andam desgovernados. Para fazer isso, foi preciso assumir, mesmo que a contragosto, que ela e sua equipe econômica erraram muito nos últimos anos. Ao reconhecer que algumas das propostas defendidas pelo adversário Aécio Neves (PSDB) durante a campanha eram mesmo vitais para a correção de rota, ficou difícil para Dilma fugir de uma composição ministerial com jeito de oposição e se livrar da acusação de ter cometido estelionato eleitoral.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

Tesoureiro do PT, guerreiro do povo brasileiro, é desagravado pelo PT em Fortaleza

A reunião do Diretório Nacional do PT se transformou em ato de desagravo a João Vaccari Neto, tesoureiro do Partido, citado como operador em esquema de desvios da Petrobrás.

. Foi ontem em Fortaleza.

. Vaccari foi econômico ao se defender:

- Eu sei o que fiz.

. Todo o Brasil sabe.

CLIQUE AQUI para saber como o PT transforma seus bandidos em heróis. O artigo é de Rodrigo Constantino. 

Justiça Federal pede autorização do STF para investigar ministro da Agricultura

Os repórteres Fábio Fabrini e Nivaldo Souza, Estadão, contam hoje que a Justiça Federal em Mato Grosso pediu ao Supremo Tribunal Federal que autorize a investigação do ministro da Agricultura, Neri Geller. Filiado ao PMDB naquele Estado, ele é suspeito de envolvimento em fraudes na negociação de terras da União destinadas à reforma agrária.

. Neri Geller é gaúcho de Selbach, mora no Mato Grosso, onde fez fortuna e carreira política.

. O governo vazou que está constrangido.

. O ministro da Justiça disse que não há investigação contra ele e que o ministro só aparece nos inquéritos de modo oblíquo. 


. Conforme o inquérito da Operação Terra Prometida, deflagrada na quinta-feira, 27, pela Polícia Federal, Neri e os irmãos Odair e Milton integram o chamado “Grupo Geller”, que possuiria entre 15 e 18 lotes obtidos irregularmente no Assentamento Itanhangá/Tapurah, do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Odair e Milton estão presos em Cuiabá desde a noite de quinta, quando se apresentaram à PF.

CLIQUE AQUI para ler mais.

Sueca Skanska que vai embora, participou de uma das obras de ampliação da Refap

A razão social da empresa sueca envolvida com a Petrobras e que decidiu ir embora do Brasil é Skanska.

.Ela é uma das maiores do mundo na área de obras de engenharia.

 . A Skanska E antiga prestadora de serviços de engenharia usada pela Petrobras, tanto que participou de uma ampliação da Refap em Canoas na década de 90. Seus escritório no Brasil são em SP. 

Veja diz que escolha de Levy foi o passo certo

Veja que já está nas bancas aplaude escolha de Levy.



"Uma nova chance para a economia" é o título da reportagem de capa da revista VEJA desta semana. Ela mostra que a escolha de Joaquim Levy para o comando do Ministério da Fazenda traz a perspectiva de uma mudança radical na política econômica, com a previsão do controle nos gastos públicos e a volta do combate à inflação. 

. A revista diz que  é um passo na direção certa. 

. Resta saber como Dilma Rousseff conviverá com ideias diferentes das suas.

Novos atos públicos contra a corrupção e o governo Dilma ocorrerão esta tarde no Brasil

Esta tarde, ocorrerão  novos atos públicos em várias cidades  brasileiras contra a corrupção e o governo Dilma.

. Em Porto Alegre, os protestos acontecerão na Praça da Matriz.

BB, finalmente, sai da cadeira e vai aos colonos para saber sobre fraudes nos seus empréstimos via Pronaf

Na próxima semana, a superintendência do Banco do Brasil mandará uma equipe de 10 funcionários a Santa Cruz do Sul para atender a todos os agricultores que tiverem dúvidas em relação aos seus financiamentos.

. Foi o que avisou o banco

. O BB também investiga participação de empregados seus nas fraudes.


. O banco, que demora demais para agir, avisou que o processo é importante para avaliar e aprimorar os critérios estabelecidos para a contemplação pelo Pronaf.

. Muitos agricultores sentem-se  ameaçados e intimados, eficando pouco à vontade para fazer suas denúncias.

Onde está Bohn Gass ?, pergunta o colono com a corda no pescoço

Um colono que passou o tempo todo andando de um lado para o outro no auditório da Faculdade Dom Alberto, Santa Cruz do Sul, hoje, durante a audiência pública do Escândalo do Pronaf (leia abaixo), perguntava a cada momento:

- Onde está o deputado Bohn Gass?

. O deputdo do PT foi um dos primeiros investigados na Operação Colono.

. O escândalo do Pronaf já registrou 10 suicídios, a maioria por enforcamentos.

Sem pudor algum, MPA e MST confrontam publicamente pobres colonos lesados no Escândalo do Pronaf

Vários depoimentos dramáticos marcaram a audiência pública realizada hoje em Santa Cruz do Sul para abrir denúncias contra líderes do PT implicados na Operação Colono. São pessoas pobres, pequenos agricultores, lesados em atos de banditismo explícito e enganados na sua boa fé.
A Polícia Federalk  rastreou 26 mil depósitos que passaram por 107 contas ligadas a dirigentes ou funcionários da Aspac, entidade ligada ao Movimento dos Pequenos Agricultores e MST, que são braços ongueiros do PT. A suspeita é que grande parte dos R$ 79 milhõesliberados pelo Pronaf entre 2006 e 2012 possam ter sido desviados. A suposta fraude atingiu Santa Cruz do Sul e outras cidades do Vale do Rio Pardo. O deputado Bohn Gass e o vereador Wilson Rabuscke, ambos do PT, foram ou são investigados.

, O auditório da faculdade que sediou hoje uma sessão das comissões especiais de Agricultura do Senado e da Câmara Federal para discutir a fraude, foi tomado por grupos opostos. De um lado, mesmo sem disfarçar o cinismo e a falta de pudor, representantes do MPA, vestidos de vermelho e com bandeiras da sua entidade e do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST, matriz do MPA). De outro, agricultores que se desligaram do movimento e se dizem fraudados. Gritos e vaias de lado a lado marcaram a sessão.

 Um dos depoimentos que provocou comoção foi o de Wilson Class, agricultor deHerveiras. Ele diz que muitas vezes empunhou a bandeira do MPA e agora quer que a entidade seja responsabilizada pelos R$ 37 mil em dívidas contraídas em seu nome - e que ele nega.
— Eu era agricultor, hoje trabalho de peão (empregado rural). Tive meu CPF trancado, não tenho dinheiro para comprar semente e nem óleo para o trator, nada... Minha filha teria direito ao FIES, é uma aluna estudiosa, mas não posso pagar porque meu nome está sujo nos bancos — reclamou e não foi contestado.

. Senado, Câmara dos Deputados, Câmara de Vereadores, BB, PF, MDA, todos continuarão investigando o caso. Os culpados serão indiciados, processados e enfiados na prisão. 

Tarso protesta contra governador lacerdista do Acre, do PT, que manda embora tudo que é haitiano que encontra pela frente

O governador Tarso Genro saiu finalmente de cima do muro e resolveu "protestar" contra seu colega governador e petista, Tião Vianna, do Acre, que repetindo o que fazia o udenista Carlos Lacerda na década de 60 com os mendigos, simplesmente manda para fora do Estado todos os haitianos que encontra pela frente.

. Em ofício ao colega, diz Tarso:

- O governo gaúcho manifesta inconformidade com a maneira com que vem sendo tratada a questão de cidadãos haitianos migrantes para o Brasil. 

. No documento, o estado gaúcho requer o estabelecimento de um procedimento formal e organizado entre os estados, que permita previsibilidade e planejamento das ações para recepção aos cidadãos haitianos.

De acordo com o Governo do Rio Grande do Sul, informações não oficias sobre a vinda dos imigrantes davam conta de pelo menos quatro ônibus direcionados ao Rio Grande do Sul, entre um total de 24 destinados a várias capitais. Nestas quinta e sexta-feira (27 e 28), todos os imigrantes que chegaram a Porto Alegre foram recepcionados por equipes do governo do Rio Grande do Sul e da prefeitura de Porto Alegre, com encaminhamento solicitado para outros estados, como São Paulo, Paraná e Santa Catarina.

Paulo Francis já sabia que a Petrobrás era mesmo um saco sem fundo para corruptos

O editor conheceu Paulo Francis no Rio, 1962, quando ele era repórter da TV Rio e ambos conversamos no antigo Colégio D. Pedro II sobre o movimento estudantil. Mais tarde nos encontramos nas trincheiras do jornal Correio da Manhã. Depois disto, trocamos figurinhas na sucursal da Globo em Nova Iorque.

. O relato a seguir, replica material já disponibilizado várias vezes, mas que volta a ser muito atual:

. Leia:

(...) Há menos de 20 anos, o jornalista e intelectual Paulo Francis denunciou, no programa de TV “Manhattan Connection”, que “diretores da Petrobrás” punham dinheiro na Suíça. Apesar do alerta de Lucas Mendes (“olha, que dá processo”), Francis não tirou o dedo do gatilho. Referiu-se a um amigo que num almoço com um banqueiro suíço ouvira deste o seguinte comentário: “Bom mesmo é brasileiro, porque esses bilionários árabes depositam US$ 1 milhão, US$ 2 milhões, mas uma semana depois tiram. Os brasileiros põem US$ 50 milhões, 60 milhões e deixam”. Segundo Francis, toda aquela grana era fruto de roubalheira, de superfaturamento da Petrobrás.
Sem provas concretas para substanciar sua denúncia, Francis acabou processado pelo presidente da Petrobrás no foro de Nova York - um processo impagável de US$ 100 milhões.

O presidente da Petrobrás esticou o litígio até onde pôde. Queria infernizar o jornalista, porquanto dispunha de recursos (jurídicos e financeiros) ilimitados para “cozinhar” o processo.  Afinal o presidente venceu a parada. Mas não nos tribunais: nesse processo kafkiano, deprimido, Paulo Francis morreu de um ataque cardíaco, em 4 de fevereiro de 1997.

Agricultores fizeram fila para depor sobre escândalo do Pronaf patrocinado por líderes do PT do RS

O repórter Humberto Trezzi passou o dia em Santa Cruz, RS, onde agricultores fazem fila para depor sobre escândalo do Pronaf

A foto ao lado é de Ronaldo Bernardi/Agencia RBS. O ex-prefeito e vereador Edmar Hermany, também advogado, ouve as denúncias. 

Leia toda a reportagem, que é esclarecedora:

. Santa Cruz do Sul está em ebulição. A Câmara de Vereadores começou a receber na manhã desta sexta-feira levas de pequenos agricultores endividados, que dizem terem sido logrados num golpe envolvendo o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Os lesados fazem fila para prestar depoimento no plenarinho, onde são ouvidos de forma sigilosa, porque a maioria teme represálias pelo fato de fazerem denúncias. À tarde os depoimentos serão tomados numa audiência pública organizada pela Câmara Federal e Senado. O encontro, com presença de deputados, será no auditório da Faculdade Dom Alberto, no centro de Santa Cruz.

. Os denunciantes dizem ter sido lesados pela Associação Santa-Cruzense dos Agricultores Camponeses (Aspac), entidade ligada ao Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) e apontada pela PF como líder de um esquema fraudulento. Conforme inquérito, a Aspac intermediava contratos dos filiados com o Banco do Brasil (BB), para obter financiamentos do Pronaf. O dinheiro liberado, em alguns casos, parava nas contas da própria associação, e parte seria repassada a contas particulares de dirigentes da entidade – sem que os agricultores soubessem. Muitos desses colonos, mesmo sem receber os financiamentos, ficaram endividados e seus nomes foram parar na Serasa (serviço de consulta de crédito usado pelos bancos), como devedores.

CLIQUE AQUI para ler tudo. A reportagem é bem circunstanciada e completa, embora não ataque os agentes políticos da trama, inclusive o deputado Bohn Gass, PT, investigados pela Polícia Federal, porque lideraram o esquema e se beneficiaram dele., O escândalo envolve 6.300 colonos e R$ 80 milhões.

O melhor do gênero, segundo Veja
Vá hoje com seus amigos, colegas, conhecidos, namorada ou esposa.
100 rótulos diferentes de cervejas e chopes artesanais de várias partes do globo. Também comidinhas.
www.biermarkt.com.br

Governo Tarso prometeu 104 acessos asfálticos municipais e só entregou 14

Uma comitiva do governo do Estado viajou hoje para Lagoão, na Região do Alto da Serra do Botucaraí, nesta sexta-feira, onde fez a entrega simbólica de quatro acessos municipais asfaltgados.
Foram entregues os acessos a Canudos do Vale (ERS-424), Relvado (ERS-433), Água Santa (ERS-428) e a ligação entre Ibirapuitã e Nicolau Vergueiro (VRS- 810), obras executadas pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer).

. A Famurs informou esta tarde ao editor que das 104 obras prometidas pelo governador Tarso Genro no Plano de Obras do do Estado, apenas 14 foram concluídas até agora. Dos 90 trechos restantes, 29 estão localizados em duas regiões do norte gaúcho, as mais prejudicadas.

Municípios da região do Norte do RS sem nenhum acesso asfáltico, conforme denúncia feita também hoje:

Barra do Guarita (Amuceleiro)
São Valério do Sul (Amuceleiro)
Sede Nova (Amuceleiro)
Dois Irmãos das Missões (Amzop)
Engenho Velho (Amzop)
Lajeado do Bugre (Amzop)
Novo Tiradentes (Amzop)
Pinheirinho do Vale (Amzop)
São José das Missões (Amzop)

São Pedro das Missões (Amzop)

Colono mantém denúncia de fraude na audiência de Santa Cruz. Petista reage e bate boca na platéia.

É de tensão o ambiente no auditório da Faculdade Dom Alberto, Santa Cruz do Sul, RS, onde se desenrola a audiência pública que Senado e Câmara promovem para investigar o Escândalo do Pronaf. 6.300 colonos da região foram lesados em empréstimos fraudulentos tomados junto ao BB na conta do Pronaf. O dinheiro foi embolsado por lideranças de organizações ligadas a pequenos agricultores e do PT.

. Há pouco o agricultor Edegar Woll disse que passou procuração para o MPA, este tomou empréstimo de R$ 15 mil em seu nome e não lhe entregou o dinheiro, mas a conta está sendo cobrada pelo BB. Presente ao encontro, o coordenador do MPA, Wilson Rabuscke, vereador do PT, investigado pela PF, bateu boca com Woll, que manteve a denúncia.

. Edgar Rubin Woll, de Santa Cruz do Sul. Ele diz ter acertado financiamento do Pronaf, de R$ 15 mil, para comprar um trator usado. Em 25 de abril de 2012, foi ao Banco do Brasil e soube, por funcionários, que o dinheiro tinha entrado em sua conta — inclusive tirou extrato mostrando isso. Quando tentou sacar, o dinheiro não estava mais.

- Decidi cobrar do pessoal da Aspac e do gerente do banco. Eles disseram que era engano, que o dinheiro não tinha entrado na conta. Quando reclamei, me puseram para fora e sugeriram que eu procurasse meus direitos - reclama Woll, que ingressou com ação judicial por perdas materiais, contra o BB e a Aspac. Ele conseguiu liminar para tirar seu nome da Serasa - do contrário, não conseguiria mais financiar a lavoura.

. Bem pior é a situação do casal M. e R., agricultores de Linha Eugênio, interior de Santa Cruz do Sul. Eles dizem que toda a família foi lesada no golpe do Pronaf, em mais de R$ 100 mil: o agricultor, sua mulher e um casal de filhos adultos. Todos tiraram financiamento, intermediado pela Aspac.

- Só recebi R$ 1 mil depois de muito reclamar, embora tenham tirado no meu nome um empréstimo de R$ 16 mil e outro de R$ 5 mil.

. A audiência atraiu a Santa Cruz do Sul agricultores até de outras regiões do Estado. Um grupo de Amaral Ferrador (Metade Sul do Estado) compareceu para denunciar outro tipo de golpe envolvendo o Pronaf. São 76 agricultores que contraíram financiamentos e, junto com eles, pagaram seguros de vida. O pagamento foi feito para pessoas que eles dizem serem ligadas ao MPA e que intermediavam os empréstimos.

. Outros depoimentos ocorrem.

. BB, PF e MPF não mandaram representantes, mas o MDA fez isto.

. O escândalo pode chegar a R$ 80 milhões. 6.300 produtores foram prejudic ados. 10 delesz se suicidaram de vergonha ou estresse.

. Estão em Santa Cruz os deputados federais Luiz Carlos Heinze e Alceu Moreira, além dos estaduais Edson Brum, Ernani Polo, Nelsinho Metalúrgico e Jorge Pozzobom.

Guru de Marina diz que Dilma fez os petistas de palhaços

Guru da ex-ministra Marina Silva durante sua campanha presidencial, Roberto Gianetti da Fonseca publicou hoje instigante artigo na Foilha, intitulado "Guinada ortodoxa?". Ele diz que Dilma fez os petistas de palhaço.

. Leia tudo:

Assim que soube da indicação de Joaquim Levy ao cargo de ministro da Fazenda de Dilma 2 veio-me à lembrança o alerta de Nietzsche: "Aos intelectuais que ingressam na política um papel cômico costuma estar reservado: eles acabam sendo a boa consciência de uma política de Estado".

À luz do fiasco da "nova matriz" em Dilma 1 seria de se esperar algum movimento corretivo da política econômica no segundo mandato, com a prevalência da "curva de aprendizado" sobre o cenário da "aposta redobrada". A surpresa, contudo, é a aparente radicalidade do movimento prenunciado pela escolha de um "Chicago boy" de ilibada reputação fiscalista como titular da Fazenda --uma guinada de 180°!

Será? Salta aos olhos a discrepância entre o teor campanha --baseada na negação da necessidade de qualquer ajuste na economia e na mentira calculada sobre as intenções alegadamente conservadoras e excludentes de Aécio e Marina-- e o perfil dos ministros indicados pela presidente: não só Levy, mas a ruralista Kátia Abreu, na Agricultura, e o ex-chefe da CNI Armando Monteiro no Desenvolvimento.

É inteiramente compreensível que os intelectuais petistas e os líderes de movimentos sociais, feitos de palhaços na campanha, estejam furiosos com a traição e denunciem em manifesto a "regressão" em curso e a capitulação de Dilma 2 às "forças do rentismo e do atraso".

CLIQUE AQUI para ler tudo.
CLIQUE AQUI para ler, também, "O PT está se aburguesando", de Gustavo Franco, em O Globo.
CLIQUE AQUI para examinar "Governo muda política econômica", jornal Valor.

Audiência do Escândalo do Pronaf começou. Auditório superlotou. Rádio Santa Cruz transmite boletins ao vivo.

Já começou a audiência pública marcada por Senado, Câmara dos Deputados e Câmara dos Vereadores em Santa Cruz.

. Os 250 lugares da Faculdade Dom Alberto estão tomados, mas muitas pessoas aguardam do lado de fora e não conseguem entrar.

. A Rádio Santa Cruz, com quem o editor conversou há pouco, transmite boletins e está com repórter no local.

. O deputado Bohn Gass, PT, investigado inicialmente pela PF no Escândalo do Pronaf, não está na audiência, que ouvirá pequenos agricultores lesados em empréstimos fraudulentos tomados no BB por entidades que deveriam representá-los e tomaram o dinheiro para desfrute dos seus dirigentes e campanhas eleitorais do PT no Vale do Rio Pardo. 6.300 colonos podem ter sido prejudicados, 10 deles se suicidaram quando souberam que teriam que pagar o que não deviam. O total da fraude é calculado em R$ 80 milhões. O caso é objeto da Operação Colono, PF, que no entanto foi truncada por ordem do STF e do chefe do MPF, Rodrigo Janot, tendo sido reaberta há poucas semanas.

CLIQUE AQUI para acompanhar a cobertura da Rádio Santa Cruz. Se não abrir o áudio, clique no link alternativo.

Entrevista, Alceu Moreira - Entenda o que (e como) estão em votação os casos da LDO e do superavit fiscal do ano

ENTREVISTA
Alceu Moreira, deputado Federal, PMDB do RS

O que está em votação neste momento? LDO? Por que esses vetos são votados antes? 
O que está em votação na verdade é o projeto 36/2014, do Congresso, que altera a meta do superávit. Os vetos foram votados a toque de caixa porque estavam trancando a pauta de votação, o que impedia o Congresso de votar qualquer outro projeto. Por isso o governo pressionou de todas as formas o presidente do Congresso, Renan Calheiros, para limpar a pauta.

A votação da LDO antecede a votação do Orçamento? Se não for votado o que acontece?
Sim, porque a LDO é na verdade um guia que orienta a elaboração do orçamento da União. Se o Orçamento não for votado, o governo só pode gastar até  1/12 do que estava previsto, até que ele seja votado e sancionado.

Por que a LDO tem que ser votada antes do projeto?
Na verdade o projeto precisa ser votado até o dia 31 de dezembro para que a conta do ano feche para o governo. Por isso a pressa. Ele muda o cálculo do superávit, desobrigando o governo de cumprir a atual meta fiscal. Como a meta já foi descumprida, se o cálculo não mudar, a presidente pode ser enquadrada na Lei de Responsabilidade Fiscal.

Como é esse projeto de anistia de Dilma ?
O projeto retira da LDO o teto de abatimento da meta do superávit, que já foi ultrapassada pelo governo.

Se ele não for aprovado, o que acontece ?
A presidente pode ser acionado pelo descumprimento da LRF, já que não cumpriu o limite de gastos. Podendo ser processada criminalmente, inclusive, com a possibilidade da abertura de um processo de cassação.

Podes mandar link do projeto de anistia ?

http://www.senado.gov.br/atividade/materia/detalhes.asp?p_cod_mate=118860

O melhor do gênero, segundo Veja
Vá hoje com seus amigos, colegas, conhecidos, namorada ou esposa.
100 rótulos diferentes de cervejas e chopes artesanais de várias partes do globo. Também comidinhas.
www.biermarkt.com.br

Tarso resolve doar em regime de urgência imóveis no valor de R$ 10 milhões

Logo que o atual governo petista assumiu, a equipe de Tarso Genro apontava a venda de patrimônio físico (imóveis espalhados pelo interior e Porto Alegre sem uso pelo Estado) como uma boa fonte de receita para as já combalidas finanças públicas.

. Pois bem, criou-se então no âmbito da Secretaria da Administração (leia-se Stela Farias) o projeto Otimizar (Programa de Gestão do Patrimônio) com a finalidade de levantar este patrimônio e proceder nos respectivos leilões. O projeto buscou R$ 18 milhões de financiamento do Banco Mundial.

. De prático, para as finanças públicas, o projeto está fechando com receita de R$ 3,7 milhões com o leilão de 31 imóveis (20% do valor do financiamento), sem falar que o governo seguiu pagando aluguéis caros em alguns casos, como a nova sede da EGR e do Detran (paga desde o inicio do governo pela locação de um prédio de sete andares e não utiliza as salas - custo de R$ 1,5 milhão).

. Acontece que gora no final do governo, Tarso abre a sua caixinha de bondades e encaminhou projeto para doação de imóveis localizados na Rua Botafogo, Porto Alegre, em favor da Associação dos  Funcionários da Secretaria da Agricultura (AFUSA).

. Estes imóveis estão avaliados no mercado em algo perto de R$ 10 milhões.

. Ninguém consegue entender o que quer a Afusa com imóveis tão caros e nem por que razão o governador conseguiu conceder tão inédito benefício. 

. O PL 256/2014 tramita em regime de urgência e será votado nos primeiros dias de dezembro.

O melhor do gênero, segundo Veja
Vá hoje com seus amigos, colegas, conhecidos, namorada ou esposa.
100 rótulos diferentes de cervejas e chopes artesanais de várias partes do globo. Também comidinhas.
www.biermarkt.com.br

Rádios de Santa Cruz emitirão boletins sobre audiência pública do Escândalo do Pronaf

As emissoras de rádio e a TV Câmara não farão transmissão em tempo real da audiência pública sobre o Escândalo do Pronaf, 14h,Santa Cruz do Sul, RS, mas as rádios Gazeta e Santa Cruz emitirão boletins a todo momento, conforme informações apuradas pelo editor.

.  Clique num dos dois endereços e acompanhe:

RÁDIO GAZETA AM
http://www.grupogaz.com.br/popup_radio.php?id=5
Rádio Santa Cruz AM

http://www.grupogaz.com.br/popup_radio.php?id=5

Apesar da trinca de ases de Dilma, mercado abre o dia mau humorado



A Bolsa reagiu mal ao anúncio sobre o "espetacular" crescimento do PIB, mais 0,1%,, tirando o País da recessão técnica, e também preferiu não comnemorar a oficialização pelo Planalto da equipe econômica, quando foram confirmados os nomes de Joaquim Levy e Nelson Barbosa para os ministérios da Fazenda e do Planejamento e de Alexandre Tombini, mantido no Banco Central.

. O mercado não se convenceu com discurso de Levy e índice fechou em queda; hoje, ações da Petrobras caem com desvalorização do petróleo; às 12h30, Ibovespa subia 1%

Sem condições políticas e morais, deputados aprovarão reajuste de 16% do piso estadual na terça-feira

A Assembléia do RS votará na terça-feira o projeto do governo que aumenta em 16% o piso salarial estadual.

. Depois que criou aposentadoria especial para os próprios deputados, nenhum deles terá coragem de votar contra o aumento despropositado. Estão sem condições políticas e morais para se opor ao Piratini.

. Tarso Genro sairá do governo como herói dos trabalhadores privados, já que os que governa não serão objeto do benefício. Aliás, Tarso não conseguiu sequer pagar o piso salarial nacional do magistério, lei que ele ajudou a assinar e não cumpriu.

Pressão sobre colonos antecede audiência pública do Senado e Câmara em Santa Cruz

Há enorme pressão sobre os colonos de Santa Cruz do Sul e Sinimbu para que não falem esta tarde, 14h, quando abrir a audiência pública que Senado, Câmara dos Deputados e Cãmara de Vereadores realizarão em Santa Cruz.

. 6.300 pequenos agricultores que passaram procurações a entidades da área, lideradas por quadros do PT, foram fraudados em empréstimos tomados do Pronaf junto ao Banco do Brasil. Pelo menos 10 colonos se suicidaram. A Polícia Federal abriu investigações via Operação Colono, mas foi impedida de cumprir mandatos de busca e apreensão no dia 2 de outubro. O STF não queria que a PF investigasse o deputado Bohn Gass, PT, porque ele tem foro privilegiado. O PT do Vale do Rio Pardo está todo envolvido no escândalo.

Nova rede da corrupção surge nas contas suiças de Paulo Costa

Os procuradores do MPF que foram à Suiça para repatriar US$ 23 milhões depositados em contas do ex-diretor da Petrobrás, Paulo Costa, ficaram surpresos com a identidade dos depositantes.

. Eles estão voltando ao Brasil.

. As autoridades suíças disseram que os procuradores terão farta munição para encerrar as investigações com êxito.

. Ainda no âmbito da Lava Jato, o jornal Folha de S. Paulo de hoje informou que uma das maiores empresas de obras do mundo, a Shanska, que está no Brasil desde 1990 e possui contratos de US$ 4 bilhões com a Petrobrás, resolveu ir embora do País por causa do escândalo.

. O caso não é único.

. Também a holandesa SBM, envolvida na corrupção da Petrobrás, pensa deixar o Brasil.

CLIQUE AQUI para ler tudo sobre as contas da corrupção na Suiça.
CLIQUE AQUI para examinar a notícia sobre a Shanska.

Ministério do Trabalho estoura terceirizados que faziam trabalho-escravo para Lojas Renner

O Ministério do Trabalho continuará investigando para verificar se outras terceirizadas também praticam trabalho-escravo para atender as necessidades das Lojas Renner.

. Ontem foi estourada uma oficina de São Paulo e libertados os escravos.

. Hoje os procuradores fornecerão detalhes em SP.

. Mais oficinas podem ter sido flagradas.

.A direção das Lojas Renner disse que sabia do caso, descredenciou o violador e avisou que não admite este tipo de crime.

Schirmer fica em Santa Maria

Não existe a menor chance de que o prefeito de Santa Maria, Cesar Schirmer, seja o secretário da Fazenda de Sartori.

. Ele quer completar seu mandato.

. Schirmer já deixou claro que seu compromisso não é apenas político com a cidade, mas também pessoal.

FHC usa floreio para dizer que Justiça pode cobrar o mandato ilegítimo de Dilma

O ex-presidente FHC afirmou hoje que o sistema político pode vir a ser afetado por decisões judiciais.

. A declaração foi o fecho de uma entrevista na qual o líder tucano deixou claro que o novo governo petista bordeia a ilegitimidade.

. Ela acha que isto poderá custar o mandato de dilma.

. Leia:

- Estamos assistindo neste momento processos complicados de corrupção, a justiça atuando, e isso afeta os partidos e os governos. Não é de estranhar-se que no Brasil a solução para esse imbróglio político não venha a partir do sistema político mas sim de decisões judiciais. Dada a situação política e o constrangimento que há para mudar essa situação, de repente pode ser que haja uma judicialização de decisões que venha afetar o próprio sistema político.

Autoridades venezuelanas assinam ordens de prisão contra políticos da oposição

As autoridades da Venezuela assinaram mandados de detenção contra dois políticos da oposição e mais seis cidadãos, pela participação em um "plano" contra o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.

. Segundo comunicado divulgado nesta sexta-feira pelo Ministério Público venezuelano, a ordem de detenção inclui o ex-candidato presidencial Henrique Salas Römer e o líder opositor e diplomata Diego Arria Salicetti. O advogado Gustavo Tarre Briceño e os cidadãos Robert Alonso Bustillos, Ricardo Emilio Koesling Nava e Pedro Mario Burelli Briceño também estão incluídos.

. A ex-deputada da oposição María Corina Machado Parisca, de 47 anos, foi notificada para apresentar-se ao Ministério Público na próxima quarta-feira, para responder sobre um processo em que é acusada de envolvimento em conspiração para assassinar o presidente. Em 31 de março, o Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela determinou que "ao aceitar uma representação de outro país" sem autorização do Parlamento, a ex-deputada "perdeu de pleno direito o seu lugar parlamentar". Em 28 de maio, o "alto comando político" da revolução bolivariana acusou vários dirigentes da oposição de, com o apoio de um banqueiro, promover um golpe de Estado e um atentado contra o presidente Nicolás Maduro.

Artigo, Percival Puggina - O que eu diria, agora, a Aécio Neves

Na terça-feira, dia 25 deste mês, ocorreu uma reunião conjunta da Câmara e do Senado para apreciar vetos presidenciais. Trinta e oito dessas interdições trancavam a pauta e atrasavam a votação do que mais interessava ao governo: o projeto que desobriga a presidente da República de cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal. Incrível, mas verdadeiro! Em ano eleitoral, o governo gastou nosso dinheiro além da conta em busca de votos, e quer uma lei que retroaja efeitos para inocentá-lo do crime de responsabilidade cometido. Tudo ao modo carinhoso e benevolente do PT quando as matérias envolvem suas conveniências. Os trabalhos da tumultuada sessão eram presididos pelo notório senador Renan Calheiros. Também ele, seguindo a cartilha da mistificação, assegurava, com serenidade franciscana, que não estava fazendo aquilo que fazia diante de todos: rasgar acordos e o Regimento Interno para atender ordens do Palácio do Planalto. Como consequência, o Plenário rugia. Senadores e deputados batiam boca no microfone de apartes. E por toda parte. Resultava quase impossível falar e ser ouvido. Ademais, todos os argumentos da oposição eram rejeitados liminarmente por Renan Calheiros. O Plenário fremia em sucessivas questões de ordem, razões, irrazões e desordens.


De súbito, o senador Aécio Neves pediu a palavra e anunciou que iria à tribuna. Foi surpreendente o que aconteceu. Sobre a agitação do Plenário, lotado por membros das duas Casas, fez-se inesperada quietude e silêncio. Quem estava sentado levantou-se para ver melhor e todos se voltaram para o orador como se fossem cantar-lhe o hino à Bandeira. Calou-se a oposição, claro. E se calou, também, a ainda mais numerosa e barulhenta base do governo. Do começo ao fim do discurso.

CLIQUE AQUI para ler tudo.