Este áudio é tido como a delação do doleiro que incrimina Lula e Dilma na corrupção da Petrobrás

Este material registraria o áudio da delação do doleiro contra Lula e Dilma.



Ontem a noite, circularam nas redes sociais um áudio apresentado como sendo do doleiro ao MPF e à Polícia Federal .

. Há controvérsia sobre a veracidade do material. Ainda assim, o editor disponibiliza o material para conferência do leitor, até porque o material já é público.

CLIQUE AQUI para examinar tudo que está no You Tube.

A resposta de Veja: "Dilma ataca o mensageiro e não a mensagem. Seria uma temeridade esperar pelas eleições".

Sobre a fala da presidente no horário eleitoral

A presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição, ocupou parte de seu horário eleitoral para criticar VEJA, em especial a reportagem de capa desta semana. Em respeito aos nossos leitores, VEJA considera essencial fazer as seguintes correções e considerações:

1) Antecipar a publicação da revista às vésperas de eleições presidenciais não é exceção. Em quatro das últimas cinco eleições presidenciais, VEJA circulou antecipadamente, no primeiro turno ou no segundo.

2) Os fatos narrados na reportagem de capa desta semana ocorreram na terça-feira. Nossa apuração sobre eles começou na própria terça-feira, mas só atingiu o grau de certeza e a clareza necessária para publicação na tarde de quinta-feira passada.

3) A presidente centrou suas críticas no mensageiro, quando, na verdade, o cerne do problema foi produzido pelos fatos degradantes ocorridos na Petrobras nesse governo e no de seu antecessor.
4) Os fatos são teimosos e não escolhem a hora de acontecer. Eles seriam os mesmos se VEJA os tivesse publicado antes ou depois das eleições.

5) Parece evidente que o corolário de ver nos fatos narrados por VEJA um efeito eleitoral por terem vindo a público antes das eleições é reconhecer que temeridade mesmo seria tê-los escondido até o fechamento das urnas.

6) VEJA reconhece que a presidente Dilma é, como ela disse, “uma defensora intransigente da liberdade de imprensa” e espera que essa sua qualidade de estadista não seja abalada quando aquela liberdade permite a revelação de  fatos que lhe possam ser pessoal ou eleitoralmente prejudiciais.

CCs de Tarso fazem terrorismo eleitoral dois dias antes da eleição

A tropa de choque de Tarso Genro, formada por cargos em comissão (CCs), está fazendo terrorismo eleitoral, porque artistas gaúchos denunciam a pressão que recberam nas últimas horas por parte de militantes do PT nomeados pelo candidato ao governo do Estado pela Coligação Unidade Popular pelo Rio Grande. Na tarde de quinta-feira, 23, a curadora-chefe do Museu de Arte do Rio Grande do Sul (Margs), Ana Méri Zavadil Machado, disparou série de mensagens eletrônicas alertando para o risco de “retrocesso” no setor das artes caso Tarso e Dilma Rousseff percam as eleições. “Se Tarso e Dilma não ganharem as eleições poderemos perder nosso prédio anexo, não acontecerão mais exposições com obras do acervo! Ao que tudo indica, serão quatro anos de limbo para a cultura de um modo geral, ou seja, RETROCESSO!”, escreve a CC. Vários artistas se indignaram com o teor do texto.

. Ao encerrar a mensagem, a curadora-chefe do Margs ressalta: “É importante lembrar-se de tudo o que foi feito nestes quatro anos, pois levaremos anos para retomar de onde paramos! Pois estamos entre o RETROCESSO ou a CONTINUIDADE de um projeto de sucesso para os nossos museus.” E conclui: “Vote com consciência.”

 Leia a íntegra das mensagens encaminhada aos artistas gaúchos

Na manhã desta sexta-feira, 24, às 9h20, outra CC reencaminhou o mesmo conteúdo da curadora-chefe. Dessa vez foi Manoela Pavan Silveira, nomeada por Tarso para exercer a função de assistente especial II (CC 9), na Secretaria da Cultura. No corpo do e-mail, pode-se ler também as conquistas da administração de Tarso exibidas nos programas eleitorais.

O Margs é dirigido por Gaudêncio Fidelis, apadrinhado político da ex-ministra e deputada federal reeleita Maria do Rosário. Há poucos dias, a equipe do comitê eleitoral da deputada petista foi flagrada alertando que, se a presidente Dilma e o governador gaúcho não forem reeleitos, os benefícios do Bolsa Família serão suspensos. O contato com os eleitores era feito por telefone.

Denúncia de Veja faz Dilma soltar fogo pelas ventas.

CLIQUE AQUI para ver Diretamente do futuro, Danilo Gentili. É uma crônica bem humorada sobre o Brasil comunista com Dilma.

No comentário a seguir, o editor analisa a reportagem da revista Veja, a bala de prata que tanto esperavam os adversários do PT, de Lula e de Dilma. Ao acusar diretamente Lula e Dilma pela corrupção na Petrobrás, o doleiro Alberto Youssef meteu fogo na disputa presidencial, a menos de 48 horas do início da votação.

. Aécio está quieto no seu canto, mas Dilma solta fogo pelas ventas, porque acusou o golpe ao dedicar todo seu programa eleitoral ao caso (leia abaixo) e partiu para a disputa judicial, tentando sem êxito censurar Veja.

. E vem mais.

. Clique na imagem a seguir para ouvir o editor. O título do comentário é o seguinte: Denúncia de Veja faz Dilma soltar fogo pelas ventas.

A calúnia como arma de destruição

No editorial da nova edição de ISTOÉ: o massacre de reputações promovido pelo PT é algo sem precedentes na história do Brasil

Foram dias de massacre de reputações sem precedentes. Para se manter no poder, os articuladores da candidata Dilma Rousseff adotaram o que chamaram de estratégia de desconstrução do adversário cuja essência era um bombardeio de mentiras e calúnias, transformando essa na mais torpe eleição dos últimos tempos. 

. Nas peças de campanha e nas palavras dos principais arautos petistas, liderados pelo ex-presidente Lula, o oponente de Dilma, Aécio Neves, foi classificado de nazista, que agride mulheres, não gosta de trabalhar, tem problemas com bebida e, para completar, iria desempregar os brasileiros e acabar com o programa “Bolsa Família”.

. Qualquer um que avaliasse mais detidamente a tática oficial, que despejou milhões em campanha, poderia perceber a inconsistência de tamanha artilharia de insultos e ilações – e o intuito por trás dela. Nada ficaria de pé nesse carnaval de difamações. Mas o seu martelar incessante nas propagandas de TV, nas mídias digitais e nos palanques Brasil afora foi inebriando massas, tentando convencê-las de uma falsa luta do bem contra o mal, de “nós contra eles”. Faltou lucidez e a esperança de parte da população foi embalada por quem controla a máquina numa caixa de promessas vazias. Nas ruas a militância partidária, incessante no seu afã de caluniar, distribuía panfletos apócrifos com teores terroristas, falando da ameaça que viria de uma vitória da oposição.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

Áudios no Jornal Nacional podem tornar insuportável a crise política enfrentada por Dilma, Lula e o PT às vésperas das eleições

São fortes os rumores de que o Jornal Nacional reverberá as denúncias de corrupção feitas por Veja, atingindo diretamente Dilma e Lula.

. Pior: na TV, áudios em poder da Globo tornariam insuportável a crise política às vésperas das eleições.

Aécio radicaliza com Dilma. PSDB pedirá a extinção do PT. Tensão pré-eleitoral atingiu limite máximo.

"Ùnica resposta de Dilma foi tentar censurar Veja", disse Aécio na coletiva. 

Em entrevista que concedeu há pouco no Rio, o candidato do PSDB, senador Aécio Neves radicalizou o discurso contra a presidente Dilma Rousseff e o PT;

. Pouco antes, documento assinado pelo coordenador jurídico da campanha, deputado Carlos Sampaio afirmou  que os crimes narrados na revista Veja pelo doleiro Alberto Youssef  podem levar à "extinção do Partido dos Trabalhadores".

.  O candidato Aécio disse ainda que a presidente Dilma tenta "censurar" a revista.

. A radicalização política sinaliza que os perdedores, quaisquer que sejam, não aceitarão a derrota. Serão  tempos sombrios pela frente

Estes trackings diários dão vitória a Aécio Neves

BTG
Aécio Neves, 53%
Dilma Roussef, 47%

Itaú
Aécio, 53%
Diloma, 47%

PSDB
Aécio 53,5%
Dilma, 46,5%

Saiba por que o escândalo do Pronaf protagonizado pelo PT do RS é um crime contra a humanidade

O médico Carlos Alberto Reis Lima,  do município de Amaral Ferrador, Vale do Rio Pardo, região onde se concentra o grosso dos produtores gaúchos de fumo, disse esta tarde que o que acontece na região é um crime contra a humanidade, conduzido pelo PT. A escandalosa fraude do Pronaf já levou ao suicídio pelo menos 10 dos 114 casos de suicídio registradas na área nos últimos 3 anos. Venâncio Aires, na região, é campeã mundial de suicidos, segundo a OMS. A PF está investigando os crimes.

No dia 2 de outubro, quando 60 agentes da Polícia Federal preparavam-se em Santa Cruz do Sul para iniciar a execução de mandatos de busca e apreensão no âmbito do Escândalo do Pronaf, desembarcou ordem vinda do Procurador Geral da República, baseada em decisão do STF, suspendendo tudo.

. A explicação foi de que a operação poderia “tumultuar o processo eleitoral” em curso.

. Leia-se o seguinte: a operação amplificaria dramaticamente as investigações da chamada Operação Colono, prejudicando as campanhas de Tarso Genro e Dilma Roussef.

. Rodrigo Janot é agora o Engavetador Geral da República do governo do PT.

. A Operação Colono investiga fraudes de proporções terríveis, envolvendo líderes do PT, como o deputado Elvino Bohn Gass e o ex-ministro do MDA, Pepe Vargas, tudo por conta de empréstimos fraudulentos do Pronaf, envolvendo ONGs aparelhadas pelos petistas, entre elas o Movimento dos Pequenos Agricultores, que consistia em falsificação de empréstimos para pequenos e pobres agricultores no âmbito do Pronaf, cujos recursos eram usados por dirigentes partidários em suas campanhas eleitorais e despesas pessoais no RS. Os pequenos agricultores não recebiam o dinheiro, mas o Banco do Brasil acaba executando todos eles, alguns com dívidas não contraídas de até R$ 70 mil,  levando desespero e morte a centenas de lares. 7.300 pequenos agricultores da região do fumo foram lesados.

. Os jornais Folha de S. Paulo, Zero Hora e A Gazeta, esta de Santa Cruz do Sul, epicentro do caso, foram fundo na revelação do inquérito em andamento, inclusive com grampos, revelando a mancebia entre os líderes gaúchos do PT, MDA e Banco do Brasil

. A Polícia Federal está furiosa com o MPF que o impede de levar avante as investigações e está disposta a indiciar todo mundo sem levar adiante a Operação Colono.

CLIQUE AQUI para ler a reportagem de hoje do jornal A Gazeta.
CLIQUE AQUI para ver post sobre o assunto do médico CFarlos Alberto Reis Lima 

Bancões possuem pesquisas internas revelando empate técnico. É por isto que Bolsa registra forte alta nesta sexta-feira.

O que os leitores desta página precisam saber é que Partidos, candidatos, entidades empresariais e de trabalhadores, mas sobretudo os bancões, todos possuem pesquisas eleitorais próprias. Pela ordem, as mais confiáveis são dos bancões, porque investem pesado para não serem surpreendidos e com isto perder muito dinheiro. 

A Bovespa operava em alta de mais de 4%, depois de ter caído 9% ao longo da semana; enquanto isso, o dólar recuava nesta sexta-feira (24), em meio a especulações sobre o resultado do segundo turno da eleição presidencial no domingo. Por volta das 14h20, o Ibovespa, principal índice de ações da Bolsa, subia 4,52%, a 53.003,62 pontos; o dólar comercial tinha queda de 1,74%, a R$ 2,47 na venda. Para explicar o movimento, profissionais do mercado ouvidos pela agência de notícias Reuters falaram de rumores sobre levantamentos eleitorais realizados por bancos apontando ainda empate técnico entre Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB), diferentemente do que indicaram duas pesquisas eleitorais, do Ibope e do Datafolha, na véspera

. Nesta manhã, pesquisa do instituto Sensus trouxe o tucano à frente, mas com menor vantagem em relação à pesquisa anterior, o que também ajudava. 

Vá esta noite com seus amigos.
Os melhores do gênero, segundo Veja.
Cartas de cervejas e chopes artesanais, cardápio, serviços:
www.biermarkt.com.br

Dilma tenta censurar revista Veja. TSE nega liminar e arquiva tudo.

O ministro Admar Gonzaga, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou nesta sexta-feira o pedido de liminar feito pela campanha da presidente Dilma Rousseff de retirada da publicação da reportagem da revista “Veja”, publicada no site e no Facebook da revista, que traz informação atribuída ao doleiro Alberto Youssef de que Dilma e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sabiam do esquema de corrupção na Petrobras. Para negar o pedido, o ministro Admar Gonzaga justificou que o artigo da lei eleitoral citado na representação (art. 57-D, § 3º, da Lei das Eleições) para pedir a retirada do ar não está em vigor nas eleições deste ano. Ele arquivou a representação, sem julgamento do mérito.

Na representação, a coligação de Dilma sustenta que a matéria veiculada pela Revista “Veja” é ofensiva à candidata e foi publicada na edição online da revista e em sua página do Facebook. De acordo com a representação, a revista teria antecipado sua edição para sexta-feira para "tentar afetar a lisura do pleito eleitoral". A representação diz ainda: " a matéria absurda de capa [...] imputa crime de responsabilidade à candidata Representante (...) e a mensagem ofensiva da capa da revista tem por objetivo bem delineado: agredir a imagem da candidata Representante" .Em seu curto despacho, o ministro Admar Gonzaga afirmou o seguinte: "O dispositivo invocado para a suspensão da veiculação (§ 3º do art. 57-D da Lei nº 9.504/1997), consoante entendimento deste Tribunal Superior (Consulta nº 1000-75), não tem eficácia para o pleito de 2014, razão pela qual indefiro liminarmente a petição inicial e extingo o processo sem resolução do mérito, nos termos do art. 267, I, do Código de Processo Civil."

- Direito de respostas - Advogados eleitorais do PT afirmaram que a campanha de Dilma Rousseff entrará, ainda no dia de hoje, com pedido de direito de resposta e outras medidas contra a revista “Veja”. A defesa deverá sustentar que a divulgação é notoriamente difamatória à candidata Dilma.

Vá esta noite com seus amigos.
Os melhores do gênero, segundo Veja.
Cartas de cervejas e chopes artesanais, cardápio, serviços:
www.biermarkt.com.br

MDA tira nota para confirmar Escândalo do Pronaf no RS

O editor recedeu a nota a seguir do MDA, na qual confirma o Escândalo do Pronaf no RS, diz que investigou o caso e entregou o relatório à Polícia Federal. O Pronaf é administrado pelo MDA. Nos grampos da PF, o deputado Bohn Gass, PT, aparece em falas com o então ministro Pepe Vargas, também do PT. Sobre isto não fala a nota. leia:

O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) não foi comunicado oficialmente sobre a Operação Colono da Polícia Federal. Mas, assim que soube das denúncias, pelos agricultores, enviou equipe ao Rio Grande do Sul para apurar os fatos. Ao constatar que esses agricutores haviam realmente sido lesados, o MDA, por determinação do ministro interino Laudemir Müller, fez um relatório e o entregou à Policia Federal. O Ministério está colaborando com a Polícia Federal com o objetivo de proteger os agricultores familiares, em especial àqueles que foram lesados, e também o Programa Nacional de Desenvolvimento da Agricultura Familiar (Pronaf), que é o maior programa de crédito para a agricultura familiar.

Entrevista, Gustavo Grisa - Os candidatos não debatem nada sobre a crise econômica do RS

ENTREVISTA
Gustavo Grisa, economista, sócio da Agência Futuro, especialista em desenvolvimento de cidades e regiões, MBA pela Thunderbird School (EUA), autor do livro RS-Sem Medo do Futuro (2009).

O debate econômico das eleições para governador no RS é pobre, e centra apenas na questão do endividamento e da gestão do Estado. O que há ?
Os candidatos deixaram de lado o ambiente empresarial e a competitividade econômica. Há uma outra questão, muito mais grave, e que é parte da causa do desequilíbrio financeiro: a economia do RS está parando, em um processo que descola negativamente da tendência nacional.

Isto é culpa do governo Tarso ?
Esse tema não é novo; é recorrente nos últimos 20 anos em nosso Estado. Atendência é que em breve a participação do RS na economia do Brasil estacione na faixa dos 6%, e que o Estado seja ultrapassado definitivamente pelo Paraná.

Quais seus números ?
Os indicadores de produção industrial da FIERGS apresentam uma retração sistemática, os índices de exportação (queda de -8,5% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior) apresentam uma situação sintomática de recessão consistente e até mesmo depressão, sintoma de problemas econômicos que são estruturais, e vão muito além da conjuntura. Eventuais bons resultados econômicos (os famosos "verões indianos") nas últimas duas décadas são sazonais, e a regra é um crescimento abaixo da média do País e da Região Sul.

Os governos gaúchos e a classe dirigente gaúcha, de todos os Partidos, têm evitado entrar a fundo em uma solução econômica estratégica para o Estado,
Em parte por esse não ser um problema imediatamente sentido pela população e detectado em pesquisas, em parte por não haver consenso em soluções, e as soluções demandarem inovação institucional, arrojo e abandono de modelos tradicionais. O RS já é há muito tempo um território de Renda Média, e precisa de uma estratégia econômica vinculada à sua realidade, como SC e PR têm feito com mais eficiência.

Os problemas de má gestão do governo não explicam tudo ?
 Esse sol não adianta ser tapado com a peneira. Mas o endividamento e crise financeira do Estado não é tudo.

O que fazer para mudar o ambiente econômico do RS ?
 Seria preciso enfrentar o desafio com um choque institucional modernizador - oportunizando PPPs - e acelerar a modernização da infraestrutura e de uma economia de alta produtividade, trazendo novos investimentos e empreendedores.Esse é um processo sistêmico, que não acontece em um mandato, ou é responsabilidade de um ou outro Partido político. E não pode ser tratado com a repetição de velhos remédios e soluções genéricas.

Vá esta noite com seus amigos.
Os melhores do gênero, segundo Veja.
Cartas de cervejas e chopes artesanais, cardápio, serviços:
www.biermarkt.com.br

Brasil registras pior déficit em transações correntes da história

O Brasil registrou déficit em transações correntes de 7,907 bilhões de dólares no mês passado, o pior resultado para setembro, influenciado sobretudo pelas remessas de lucros e dividendos e pela balança comercial, informou o Banco Central

Dilma usa todo seu último prograsma de TV para antecipar defesa diante das denúncias de corrupção publicadas por Veja

O principal colunista de O Globo acha que o impeachment de Dilma é inevitável. O editor escreveu isto ontem. 



O último programa eleitoral vespertino (13h) do senador Aécio Neves não tocou no assunto, mas a presidente Dilma Roussef usou todos os seus 10 minutos para atacar a revista Veja e não as denúncias e acusações feitas contra ela, contra Lula e contra o PT no caso Petrolão. "Dilma e Lula sabiam de tudo", disse o doleiro Alberto Youssef a procuradores do MPF e à Polícia Federal na terça-feira, dispondo-se a entregar as contas numeradas que administrou para o PT em pasraísos fiscais. 

. A delação poderá custar o mandato de Dilma e a prisão de Lula.

. Aécio Neves poderá usar a bala de prata no seu programa noturno e no debate da Globo, pouco mais tarde. 

. Dilma está visivelmente transtornada.; 

. A resposta da presidente Dilma Rousseff à edição antecipada da revista Veja, às vésperas do segundo turno das eleições, veio rápida, mas ao mesmo tempo o PT repercutiu geometricamente a reportagem de capa da publicação. No último dia de propaganda eleitora, a candidata à reeleição pelo PT respondeu à denúncia veiculada pela revista de que ela e o ex-presidente Lula tinham conhecimento prévio do esquema de corrupção que está sendo investigado na Petrobras dizendo que responderá por essa "barbaridade" na Justiça. "Dessa vez, ela não ficará impune".

. Dilma prometeu dar respostas nas urnas.

. É o que se espera.

CLIQUE AQUI para examinar a defesa antecipada de Dilma. 

Pozzobom pensa até em CPI para apurar o Escândalo Pronaf

O deputado Jorge Pozzobom, PSDB, disse esta tarde ao editor que na segundas-feira encaminhará propostas para investigar o Escândalo Pronaf no RS. Pozzobom chegou a pensar numa CPI, mas achou mais oportuno aguardar as eleições de domingo, já que não quer que sua proposta seja acusada de oportuinismo eleitoral.

Governo Dilma já gastou mais de R$ 46 milhões com cartões corporativos em 2014

Até setembro deste ano, a conta dos cartões corporativos do governo Dilma ultrapassou os R$ 46,2 milhões. Entre julho e setembro, quando a campanha pela reeleição começou, a conta subiu mais de R$ 12 milhões.

. Segundo informações do site Diario do Poder, só Presidência da República gastou mais de R$ 15,5 milhões. Outros R$ 14 milhões são escondidos sob a alegação de “sigilo”. O Ministério da Justiça, via Polícia Federal, já usou quase R$ 11 milhões.

EXCLUSIVO NO RS: Leia aqui a revista Veja desta semana - Petrolão: Dilma e Lula sabiam de tudo

http://www.polibiobraga.com.br/veja.pdfA revista VEJA desta semana traz com exclusividade na reportagem de capa da edição das eleições, uma matéria que poderá ser a bala de prata que abaterá Dilma. Em depoimento prestado na última terça-feira, o doleiro que atuava como banco clandestino do petrolão implica a presidente e seu antecessor no esquema de corrupção. É caso de cadeia. Lula pode ser preso a qualquer momento, já que não tem foro privilegiado, bastando que o juiz federal Sérgio Moro assim decida. Dilma, no entanto, enfrentará julgamento político no Congresso (impeachment) antes ou depois das eleições, caso seja eleita apesar dos crimes narrados por Veja.  Leia mais:
 
Na última terça-feira, o doleiro Alberto Youssef entrou na sala de interrogatórios da Polícia Federal em Curitiba para prestar mais um depoimento em seu processo de delação premiada. Como faz desde o dia 29 de setembro, sentou-se ao lado de seu advogado, pôs os braços sobre a mesa, olhou para a câmera posicionada à sua frente e se colocou à disposição das autoridades para contar tudo o que fez, viu e ouviu enquanto comandou um esquema de lavagem de dinheiro suspeito de movimentar 10 bilhões de reais. A temporada na cadeia produziu mudanças profundas em Youssef. Encarcerado desde março, o doleiro está bem mais magro, tem o rosto pálido, o cabelo raspado e não cultiva mais a barba. O estado de espírito também é outro. Antes afeito às sombras e ao silêncio, Youssef mostra desassombro para denunciar, apontar e distribuir responsabilidades na camarilha que assaltou durante quase uma década os cofres da Petrobras. Com a autoridade de quem atuava como o banco clandestino do esquema, ele adicionou novos personagens à trama criminosa, que agora atinge o topo da República. Perguntado sobre o nível de comprometimento de autoridades no esquema de corrupção na Petrobras, o doleiro foi taxativo:
 
— O Planalto sabia de tudo!

— Mas quem no Planalto?, perguntou o delegado.

— Lula e Dilma, respondeu o doleiro.
 

Entrevista, Fernando Abrucio, FGV Rio - Eleição será decidida na última curva

Esta entrevista foi concedida ao jornal Brasil Econômico. Fernando Abrucio é professor da FGV Rio e contratado da consultora Empiricus.

O sr. consegue fazer um prognóstico para esta eleição?
 Será a eleição mais disputada desde 1989. Isso vai se expressar, provavelmente, na diferença entre os dois candidatos em termos de votos válidos, que deve ficar entre 2 e 6 pontos percentuais. Significa que estamos nos diferenciando das últimas cinco eleições, nas quais duas foram vencidas no primeiro turno, e outras três no segundo, com mais de 10 pontos de diferença entre os dois candidatos. Hoje, o prognóstico é muito difícil. Eu diria que Aécio teria 51% de probabilidade de vencer a eleição, e Dilma, 49%.

Essas pesquisas, então, seriam confiáveis?
 Acho que sim. Agora, tem que dizer que isso é hoje. Temos que lembrar que de 15% a 20% dos eleitores totais podem mudar de voto, sejam aqueles que estão se colocando como indecisos, com votos brancos e nulos, ou aqueles que, por enquanto, estão optando por Dilma ou Aécio. Ou seja, um quinto dos eleitores pode se mexer, e isso nos dois últimos dias da eleição.

Que fatores poderiam influenciar a decisão dos eleitores na última semana?
O sentimento do eleitor é um desejo de mudança com estabilidade. Quando a gente olha as qualitativas e quantitativas e faz uma síntese delas, vê que os eleitores querem mudança, mas temem perder as conquistas. É um eleitor difícil de avaliar.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Começam demissões em massa no Pólo Naval do Jacuí, Charqueadas

A Anrade Gutierrez finalmente assumiu o controle da Iesa, empresa-mãe do Pólo Naval do Jacuí, Charqueadas, e começou demissão em massa dos 1.200 trabalhadores.

. O Pólo foi iniciativa capenga do governo Tarso Genro.

Doleiro Yousseff promete entregar à Justiça números de contas secretas do PT em paraísos fiscais

Ele está a caminho da cadeia e ela a caminho do impeachment. O PT, ah, o PT não tem mais lugar no sistema político que estabelece o estado democrático de direito. 



Os trechos mais quentes da reportagem de VEJA deste fim de semana sobre as confissões à Justiça do doleiro Alberto Youssef, um dos cabeças do esquema de corrupção na Petrobras. O material é todo do jornalista Ricardo Noblat, O Globo de hoje. Leia:

• — O Planalto sabia de tudo!
— Mas quem no Planalto? — perguntou o delegado.
— Lula e Dilma — respondeu o doleiro.

Na semana passada ele aumentou de cerca de trinta para cinquenta o número de políticos e autoridades que se valiam da corrupção na Petrobras para financiar suas campanhas eleitorais. Aos investigadores Youssef detalhou seu papel de caixa do esquema, sua rotina de visitas aos gabinetes poderosos no Executivo e no Legislativo para tratar, em bom português, das operações de lavagem de dinheiro sujo obtido em transações tenebrosas na estatal. Cabia a ele expatriar e trazer de volta o dinheiro quando os envolvidos precisassem.

• Entre as muitas outras histórias consideradas convincentes pelos investigadores e que ajudam a determinar a alta posição do doleiro no esquema — e, consequentemente, sua relevância pa­ra a investigação —, estão lembranças de discussões telefônicas entre Lula e Paulo Roberto Costa sobre a ampliação dos “serviços”, antes prestados apenas ao PP, também em benefício do PT e do PMDB.

• “O Vaccari está enterrado”, comentou um dos interrogadores, referindo-se ao que o do­leiro já narrou sobre sua parceria com o tesoureiro nacional do PT, João Vaccari Neto. O doleiro se comprometeu a mostrar documentos que comprovam pelo menos dois pagamentos a Vaccari. O dinheiro, desviado dos cofres da Petrobras, teria sido repassado a partir de transações simuladas entre clientes do banco clandestino de Youssef e uma empresa de fachada criada por Vaccari.

Doleiro entregará números das
contas secretas do PT em paraísos fiscais.

• O doleiro preso disse que as provas desses e de outros pagamentos estão guardadas em um arquivo com mais de 10 000 notas fiscais que serão apresentadas por ele como evidências. Nesse tesouro do crime organizado, segundo Youssef, está a prova de uma das revelações mais extraordinárias prometidas por ele, sobre a qual já falou aos investigadores: o número das contas secretas do PT que ele operava em nome do partido em paraísos fiscais. Youssef se comprometeu a dar à PF a localização, o número e os valores das operações que teria feito por instrução da cúpula do PT.

• Youssef dirá que um integrante da ­coor­denação da campanha presidencial do PT que ele conhecia pelo nome de “Felipe” lhe telefonou para marcar um encontro pessoal e adiantou o assunto: repatriar 20 milhões de reais que seriam usados na cam­panha presidencial de Dilma Rousseff. Depois de verificar a origem do telefonema, Youssef marcou o encontro que nunca se concretizou por ele ter se tornado hóspede da Polícia Federal em Curitiba.

TCE e TCU poderão investigar renúncia de receita na CEEE-D

Embora a CEEE não confirme revelação feita nesta quarta-feira, o Ministério Público junto ao Tribunal de Contas do Estado informou que encaminhou mesmo um pedido de esclarecimento à distribuidora sobre o adiamento da aplicação do aumento nas tarifas, calculado em 28%.

. Não existe empresa que renuncia receitas, sobretudo quando sua situação financeira é aflitiva. Isto só ocorre quando os administradores são incapazes.

. A decisão da estatal é eleitoreira e visa proteger a candidatura do governador Tarso Genro.

. Geralçdo da Camino, do TCE, disse que em tese o fato pode configurar renúncia de receita, o que poderá ocasionar responsabilização dos diretores e controladores.

. A Farsul, que integra o Conselho de Consumidores da CEEE-D, encaminhou pedido de investigações ao TCU, alegando que a decisão da diretoria introduz indefinições capazes de causar insegurança e incerteza junto aos consumidores.

Ipea contradiz governo e admite recessão técnica do país

Na média, o governo Dilma deve encerrar com um avanço do PIB de 1,6%, desempenho inferior a todos os períodos presidenciais completos entre todos os presidentes desde Floriano Peixoto (1891-1894). É o que revela a Agência Estado, hoje. Leia:

O fraco desempenho da economia brasileira, em recessão técnica, tem pouco a ver com uma crise internacional e está mais ligado à desaceleração da demanda doméstica e à redução dos investimentos na produção. A visão, contrária aos argumentos da presidente Dilma Rousseff e do ministro da Fazenda, Guido Mantega, não vem da oposição ao governo, mas de uma ampla análise do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

. Divulgada sem alarde no site do Ipea, a Carta de Conjuntura derruba dois dogmas do discurso do governo federal. O Ipea reconhece a "recessão técnica", ou seja, a queda da atividade econômica por dois trimestres consecutivos. O governo rejeita esse conceito. O instituto, vinculado à Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência (SAE), também nega que a crise mundial seja a única explicação para o fraco resultado do Produto Interno Bruto (PIB) registrado ao longo dos últimos quatro anos.

CLIQUE AQUI para saber mais. 

Lojas Renner já vende R$ 1 bilhão a cada trimestre. Grupo quer abrir 50 lojas em 2015.

Nesta quibnta-feira Lojas Renner divulgou os rsultados do terceiro trimestre, depois do fechamento das negociações da Bolsa. A receita líquida das vendas bateu R$ 1 bilhãso, aumento de 15% em relação a igual período do ano passado. No acumulado janeiro a setembro, a receita líquida foi a R$ 3 bilhões, o que significa que a empresa está faturando R$ 1 bilhão por trimestre.

. No ano que vem, Lojas Renner quer abrir 30 lojas com sua marca, mais doze com a marca Camicado e outras dez com a marca Youcom.

Pesquisa IstoÉ/Sensus: Aécio lidera com nove pontos de vantagem sobre Dilma


Pesquisa ISTOÉ/Sensus realizada a partir da terça-feira (21) reafirma a liderança de Aécio Neves (PSDB) sobre a petista Dilma Rousseff nos últimos dias da disputa pela sucessão presidencial.

. Segundo o levantamento que entrevistou 2 mil eleitores de 24 Estados, o tucano soma 54,6% dos votos válidos, contra 45,4% obtidos pela presidenta Dilma Rousseff. Uma diferença de 9,2 pontos percentuais, o que equivale a aproximadamente 12,8 milhões de votos.

. A pesquisa também constatou que a dois dias das eleições 11,9% do eleitorado ainda não decidiu em quem votar. “Como no primeiro turno, deverá haver uma grande movimentação do eleitor no próprio dia da votação”, afirma Ricardo Guedes, diretor do Instituto Sensus. Se for considerado o número total de votos, a pesquisa indica que Aécio conta com o apoio de 48,1% do eleitorado e a candidata do PT 40%.

. De acordo com Guedes, a pesquisa realizada em cinco regiões do País e em 136 municípios  revela que o índice de rejeição à candidatura de Dilma Rousseff se mantém bastante elevado para quem disputa. 44,2% dos eleitores afirmaram que não votariam na presidenta de forma alguma. A rejeição contra o tucano Aécio Neves é de 33,7%.

PESQUISA ISTOÉ/Sensus
 
Realização – Sensus
Registro na Justiça Eleitoral – BR-01166/2014
Entrevistas – 2.000, em cinco regiões, 24 estados e 136 municípios do País
Metodologia – Cotas para sexo, idade, escolaridade, renda e urbano e rural
Campo – De 21 a 24 de outubro
Margem de erro - +/- 2,2%
Confiança – 95%

Saiba onde trabalhar no exterior a partir de segunda-feira

Caso Dilma vença no domingo e você opte por trabalhar no exterior, veja alguns países que estão de braços abertos para profissionais brasileiros. Trabalhar fora do Brasil parece ser um sonho distante para muita gente, mas a oferta pró-ativa de oportunidades profissionais por alguns países indica que os brasileiros podem.

CLIQUE AQUI para saber mais sobre a procura por profissionais brasileiros. O material é da revista Exame. 

A partir deste domingo pedágios aumentam 10,75% na freeway

A partir deste domingo a freeway estará cobrando novas tarifas nas suas praças de pedágios. Os valores já arredondados para automóveis passarão de R$ 9,30 para R$ 10,30 nas praças de Santo Antônio da Patrulha (km 19, cobrança unidirecional) e Eldorado do Sul (km 110, cobrança unidirecional); e de R$ 4,70 para R$ 5,10 na praça de Gravataí (km 77,8, cobrança bidirecional).

Exército proíbe que Polícia Civil do RS compre mais armas

O Exército não quer que a Polícia Civil compre novas pistolas. Houve proibição. O Exército acha que a Polícia Civil do RS já tem armas demais.

Conflito com MPF poderá levar PF do RS a indiciar todo mundo no escândalo do Pronaf

- Diante do desacerto com procuradores da República, a Polícia Federal poderia indiciar todos os suspeitos, inclusive o deputado federal. Para não aumentar a divergência, não deve ocorrer. O MPF, por ordem do PGR, Rodrigo Janot, sustou o cumprimento de mandatos de busca e apreensão em santa Cruz, dia 2, para não prejudicar a campanha de Tarso Genro no RS, conforme o editor informou no mesmo dia.

O caso acabou vazando 20 dias depois na Folha de S. Paulo. Mesmo com o estremecimento das relações entre procuradores e policiais federais com o vazamento de detalhes do caso que apura supostas fraudes envolvendo o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) no Rio Grande do Sul, a investigação vai continuar. É o que afiança uma fonte da Procuradoria-Geral da República (PGR), ouvida por ZH:

. O epicentro do suposto esquema seria a Associação Santa-cruzense dos Agricultores Camponeses (Aspac). A entidade, ligada ao Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), pediria aos filiados que assinassem procurações em branco. Por meio desses documentos, contrairia empréstimos pelo Pronaf no Banco do Brasil. O dinheiro iria parar nas contas da Aspac, e parte, seria repassada a contas de dirigentes — sem que os agricultores soubessem. Muitos teriam descoberto que deviam ao banco sem ter usufruído dos empréstimos.

. As investigações atingem o deputado federal Elvino Bohn Gass e o ex-ministro do MDA, Pepe Vargas, ambos do PT do RS, além de líderes municipais do PT e entidades como o Movimento dos Pequenos agricultores. Diálogos entre suspeitos afiançariam que o parlamentar atuaria em Brasília para conseguir anistia aos agricultores envididados — dessa forma, eles não teriam de pagar os empréstimos feitos no nome deles, sem que soubessem. O deputado admite ter atuado para conseguir ajuda ou anistia aos agricultores, mas nega que soubesse dos financiamentos fraudados.

Sindicato dos engenheiros critica adiamento do aumento de tarifas da CEEE.

O Sindicato dos Engenheiros do RS, o Senge, tirou nota para criticar a decisão da CEEE de abrir mão do reajuste imediato de 28% nas tarifas de energia elétrica no RS, já que continuam produzindo enorme impacto sobre os seus custos os efeitos da medida provisória 579 que trata da renovação antecipada das concessões da área de energia e também o acionamento das usinas térmicas, muito mais caras.

. A reação do Senge deve-se à dureza com que a estatal tratou suas negociações coletivas do início do ano.

. O reajuste imediato é previsto em contratos com a Aneel e a CEEE abriu mão porque isto atende aos interesses eleitorais do governador Tarso Genro.

. Segundo a nota, o futuro da CEEE poderá estar comprometido, prejudicando a economia estadual.


- A CEEE pediu que a Aneel modifique a data para o início do reajuste, que aconteceria em fevereiro do ano que vem. 

Acusado por corrupção, tesoureiro do PT sai de Itaipu Binacional.... mas em 2015.

Vaccari e o PT só se tocaram depois que Aécio perguntou se Dilma confiava no seu tesoureiro e ela não respondeu.





Acusado como corrupto no escândalo da Petrobrás, o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, tirou nota para avisar que no dia 31 pedirá afastamento do Conselho de Administração de Itaipu Binacional, onde é colega de gente como o ex-governador Alceu Collares. Conselheiros percebem remuneração mensal de R$ 21 mil para reuniões a cada dois meses.

. Vaccari Neto, no entanto, só quer sair a partir do ano que vem.

Banrisul vende serviços que não pode entregar

O Banrisul abre páginas de propaganda nos jornais para vender serviços que não pode entregar, já que continua em greve.

Propaganda na TV acaba hoje. No penúltimo dia, Justiça eleitoral veta veiculações de Tarso e Sartori.

Esta noite haverá último debate na Globo. Aécio irá de Veja debaixo do braço. A reportagem de capa da revista revela que Dilma e Lula são os pais da corrupção na Petrobrás e dá detalhes. 



No RS, Sartori e Tarso fizeram o último debate da campanha ontem a noite, na RBS TV. Esta noite, Dilma e Aécio farão o mesmo na Globo, 10h30min. O duelo de Porto Alegre foi morno, até porque todos os institutos de pesquisa dão quase 20 pontos de vantagem para Sartori, o que parece impedir qualquer surpresa de última hora. Mesmo os ataques do PT ao candidato do PMDB não funcionaram, até porque Sartori soube reagir com dureza. O índice de rejeição de Tarso, segundo o Ibope, é de 44%, contra 25% de Sartori.

Hoje é o último dia para veiculações de propaganda eleitoral para presidente e governador. Somente nos últimos dias, no RS, os dois candidatos recorreram à Justiça Eleitoral para proibir veiculações dos adversários. Ontem, PT e PMDB conseguiram barrar uma exibição para cada lado. Os juízes condenasram uma peça petista que trata do piso salarial do magistério e proibiram a reprodução de comercial peemedebista que trata o governador como “ator de teatro de baixo nível”.

. Os incidentes de maior monta ocorrem com a movimentação irregular de sindicatos, órgãos públicos estaduais e ONGs, todos vinculados ao PT, inclusive com mandatos de busca e apreensão. A campanha petista também tem usado irregularmente mensagens telefônicas para os eleitores.