Lula pede suspeição de juiz do TRF4, Porto Alegre

Depois de pedir a suspeição do juiz Sérgio Moro, o ex-presidente Lula da Silva resolveu assestar suas baterias contrao desembargador João Pedro Gebran Neto, TRF4, que tem sede em Porto Alegre.

O líder do PT diz que o desembargador e o juiz são amigos íntimos.

Se Lula for julgado e condenado por Moro, Gebran Neto é quem examinará recurso do ex-presidente e neste caso ele irá para a cadeia, já que a sentença será confirmada no RS.

O desembargador é relator da Lava Jato no âmbito do TRF4.

Banco Central corta os juros básicos pela primeira vez em quatro anos

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) decidiu cortar a taxa básica de juros (Selic) em 0,25 ponto percentual, para 14% ao ano. A decisão, tomada nesta quarta-feira (19), foi unânime.

A taxa estava em 14,25% ao ano desde julho do ano passado. Nas nove reuniões anteriores, o BC decidiu manter a Selic no mesmo nível, no mais longo período de estabilidade desde 1999. 


Os juros não caíam desde outubro de 2012, quando o BC decidiu baixá-los de 7,5% para 7,25% ao ano.

Luciana Genro provoca polêmica ao defender a Lava Jato e pedir a prisão dos "corruptos de esquerda e de direita"

É a primeira vez que um líder de expressão da esquerda defende publicamente a Lava Jato.

A ex-deputada Luciana Genro, líder do Psol, defendeu esta tarde a prisão do ex-deputado Eduardo Cunha, bem como "a investigação e punição de todos os corruptos, doa a quem doer".

Luciana Genro não cita nomes na sua postagem no Facebook.

A postagem produziu imediata reação de seus próprios eleitores, que consideram as declarações um apoio claro à Operação Lava Jato.

"Isto (a postagem) só serve aos interesses da direita", escreveu Jonas Lube.

O que disse Luciana Genro: "Uma operação que está colocando na cadeia donos de empreiteiras e políticos que comandavam esquemas históricos de ataques aos cofres públicos não é uma operação contra a esquerda, é uma operação contra os corruptos, sejam eles de esquerda ou de direita. Onde está a violação de direitos humanos na Lava Jato, cujos réus possuem advogados mais bem pagos do País ?"

Ex-CC de Marchezan Júnior foi recebida por Zalewski, sábado, na sede central do PMDB

Ao contrário do que informações iniciais davam conta, a advogada Luana Angélica da Rosa Neves não é mais CC da Câmara dos Deputados, onde foi lotada no gabinete do deputado Marchezan Júnior durante um ano e meio, até o dia 15 do mês passado. O editor obteve esta notícia nesta quarta-feira, quando buscou saber a situação funcional da ex-servidora.

A advogada gaúcha acompanhou um oficial de justiça na verificação feita sábado em dependências pertencentes ao PMDB, no centro histórico, conforme Auto de Verificação ao lado. O caso provocou estupor no Partido, porque Luana Angélica manipulou documentos indevidamente e se fez acompanhar de um fotógrafo, que foi expulso do prédio. 

Oficial de justiça, a advogada e o fotógrafo foram recebidos por Plínio Zalewski, que se suicidou no dia seguinte. Antes de se matar, ao meio dia, num churrasco na sede do PMDB, Zalewski culpou-se po ter deixado entrar o fotógrafo e não ter reagido às ações de Luana Angélica.

O PMDB protesta em juízo pelo que considera "invasão".

Conforme holerite (acima, ao lado) ao qual o editor teve acesso legal, Luana Angélica foi Secretária Parlamentar no gabinete de Marchezan Júnior, contratada em maio de 2015. No mês passado, recebeu vantagens indenizatórias de R$ 5.091,67, correspondente aos 15 dias de trabalho de setembro.

- Além da ação da qual participou no sábado em Porto Alegre, a advogada defende Marchezan Júnior em outros processos, inclusive a ação de número 0001/1.10.02993159.3, 1a. Vara da Fazenda Pública, que tramita em segredo de justiça. Esta ação não tem nada a ver com a atividade parlamentar do deputado.

MBL vende canecas com foto de Moro para fazer caixa e ajudar campanhas do 2o turno

Como uma das formas de financiar suas ações, inclusive em Porto Alegre, onde apoia o candidato Marchezan Jún ior, o Movimento Brasil Livre (MBL), de Kim Kataguiri (foto ao lado), está vendendo alguns suvenires em sua loja virtual. 

Um dos produtos é uma caneca com a imagem do juiz federal Sergio Moro, responsável pelas condenações em primeira instância da Operação Lava Jato. No outro lado, está a frase "SOMOS TODOS MORO".

A caneca com a imagem de Moro custa R$ 50,00.

Moro não cobrou direitos, sequer royalties. 

Prisão de Cunha antecipa as prisões de Lula e de Dilma

A prisão do ex-deputado Eduardo Cunha antecipa as prisões de Lula e de Dilma.

Prisão de Cunha faz Temer antecipar regresso ao Brasil

No dia em que Eduardo Cunha (PMDB), arquiteto do impeachment, foi preso, o presidente Michel Temer decidiu antecipar sua volta do Japão. O retorno da comitiva do presidente estava previsto para a manhã de quinta-feira, no horário local, mas o embarque foi antecipado para esta quarta-feira, 19, sem explicação oficial sobre o motivo. O grande receio é de que Cunha se torne delator e revele os nomes dos mais de 100 deputados que financiava. 

A crise política entra em novo patamar, no momento em que delatores da Odebrecht mencionam vários ministros do governo Temer. revelaram informações devastadoras sobre Dilma e Lula, atingindo o PT de modo corrosivo.

Seca no Nordeste pode fazer conta de luz subir no país Brasil

A seca no Nordeste pode levar a um aumento no custo da energia no mercado a partir de novembro em todo país. Isso porque a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vai começar a usar o volume efetivo de água que chega nos reservatórios da bacia do Rio São Francisco para calcular o custo de energia no mercado à vista - ambiente onde atuam indústrias e grandes consumidores.


Até agora, os modelos de preços não refletiam as mudanças na operação feitas por causa da situação hidrológica.

Indústria precisa qualificar 13 milhões de trabalhadores até 2020

Pesquisa sobre a formação de mão de obra divulgada hoje pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostra que o Brasil precisará qualificar 13 milhões de trabalhadores em ocupações industriais nos níveis superior, técnico e de qualificação até 2020.

O Mapa do Trabalho Industrial 2017-2020, elaborado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), é uma projeção sobre as necessidades de qualificação do trabalhador da indústria para o período.

Segundo o estudo, será necessário formar 625,4 mil profissionais no ensino superior, mas as maiores demandas serão por formação de técnicos e qualificação técnica, somando 5,1 milhões de trabalhadores. Outros 7,1 milhões deverão ter qualificações básicas.

Sebastião Melo cobra investigações sobre assédio feito a Plínio Zalewski

A polêmica sobre as circunstâncias da morte do coordenador técnico da campanha de Sebastião Melo em Porto Alegre estendeu-´se esta tarde para o ambiente da Federasul, onde se apresentaram os candidatos do PMDB e do PSDB. Eles não tocaram no assunto durante suas falas, mas a imprensa conseguiu declarações.

Sebastião Melo não poupou o adversário:

- Zalewski vinha sendo "imolado há 40 dias pelo MBL. Alguém que veio de São Paulo fazendo perguntas sobre o Plínio. O que queremos é esclarecimentos. Quem ligava para o Plínio, por que as redes sociais dele foram hackeadas.


Marchezan foi lacônico e disse que a polícia é que deve avaliar o caso.

Esta tarde, postagens da cunhada (Magda Almeida) e do irmão Otávio Zalewski, colocaram em dúvida o suicídio.

CLIQUE AQUI para examinar a fala do irmão.
CLIQUE AQUI para ler a fala da cunhada.

Construtora Tedesco diz que 2016 foi o seu melhor ano em 70 anos

Detlef é alemão de Hamburgo e domina completamente o português.

Esteve ontem em Porto Alegre o presidente da HTB, Detlet Dralle, que juntamente com seu sócio Pedro Silber Tedesco na Construtora Tedesco, recebeu ontem à noite um grupo de clientes, fornecedores e jornalistas para informar que este foi o melhor ano da vida da empresa. "E no ano que vem, vamos repetir a dose", disse Dralle. O editor foi ao encontro.

Em meados de 2012 a HTB (ex-Hochetief do Brasil) tornou-se acionista majoritária da Tedesco, que passou a atuar de modo mais intenso no RS, Santa Catarina e Paraná. A HTB é uma empresa de engenharia e construção de excelência e está há 50 anos no País. Seu acervo inclui 500 obras, entre as quais o shopping Praia de Belas e o Moinhos Shopping, Potrtyo Alegre.

Além da Tedesco, a HTB, novo nome da Hochtief do Brasil, também é controladora das empresas Kern Engenharia e HTB Fit.

Bilhete de despedida de Zalewski acusa adversários pelo uso de métodos de Estado Policial

O bilhete deixado por Plínio Zalewski ao se suicidar neste final de semana na sede do PMDB, estava manchado de sangue justamente porque estava no bolso da sua camisa.

O texto foi publicado pelo jornal Zero Hora, que verificou o tom dramático da despedida.

O ex-coordenador técnico do programa de governo de Sebastião melo fala em métodos policiais usados pelos adversários na campanha eleitoral e registra um pedido de perdão à família, que teria perdido a paz nos últimos tempos.

Acompanhe:

Muito bem.
Vocês conseguiram.
Espero que deixem minha família em paz.
Espero que façam política,m,as não com métodos de Estado Policial,grampos, hackeamentos ...

Quando refere-se à família, escreveu Plínio Zalewski:

Mas que possam retomar a paz depois de passadaa tempestade provocada por minha atitude.
Plínio.

Jornalista e Fortunati duelam na Guaíba sobre o ataque de bandidos ao comitê de Marchezan Júnior.

O prefeito José Fortunati repetiu por três vezes, esta manhã, que o caso do ataque armado ao comitê do deputado Marchezan Júnior não é de política, mas de polícia.

"Não é do mundo da política", disse o prefeito ao final de uma entrevista que concedeu ao jornalista Felipe Vieira, Rádio Guaíba, do Grupo Record, que no RS controla também o jornal Correio do Povo e a TV Record. Na última das declarações, depois da insistência do jornalista em duelar com o prefeito, José Fortunati encerrou abruptamente a entrevista:

- Não é do mundo da política, e ponto.

O prefeito também deixou claro que a Polícia Federal pediu-lhe para não avançar mais nos esclarecimentos sobre o caso, tudo para não prejudicar as investigações. José Fortunati avisou que entregou provas robustas sobre o caso.

As informações do PSDB são de que o comitê sofreu dois ataques armados na noite de domingo, separados por cerca de uma hora, mas não esclareceu por que razão a polícia não foi chamada logo depois do primeiro tiroteio. O PSDB tenta politizar o caso, visando desgastar o adversário.

Clique abaixo para ouvir toda a entrevista.

Prisão de Eduardo Cunha abre caminho para as prisões de Lula e Dilma Roussef

A prisão preventiva do deputado Eduardo Cunha abre caminho para as prisões preventivas de Lula e Dilma Roussef.

Eduardo Cunha foi preso pela Polícia Federal

Ao lado, fac simile da ordem de prisão.

O ex-deputado Eduardo Cunha acaba de ser preso pela Polícia Federal, no âmbito da Operação Lava Jato. Como a prisão é preventiva, não tem prazo para acabar. A prisão ocorreu as 13h20min, em Brasília.

Foi ordem do juiz Sérgio Moro.

Eduardo Cunha vinha respondendo a processo no STF, mas quando perdeu o mandato, a Corte Suprema mandou a ação para Curitiba.

O ex-deputado já foi encaminhado para Curitiba.

Os advogados de Eduardo Cunha manifestaram surpresa diante da notícia da prisão do cliente, porque não tinham sequer indícios de que isto poderia acontecer.

No final de semana, o que se soube é que um figurão da república seria recolhido pela PF. Muita gente chegou a imaginar que seria Lula.

Artigo, Astor Wartchow - Tirésias

Semana passada, o IBGE divulgou pesquisas relacionadas ao mercado de trabalho. Chama atenção a informação de que 22,6 milhões de brasileiros em idade produtiva estariam desempregados.
      
Trata-se de uma pesquisa inédita eis que dá números à sub-ocupação e à inatividade, ou seja, identifica número de pessoas que gostariam de trabalhar. Mais precisamente, desempregados (11,6 milhões), sub-ocupados (4,8 milhões) e não ativos (6,2 milhões com força potencial de trabalho).
      
Estes números contradizem completamente as recorrentes informações divulgadas nos últimos anos pela retórica governista. Ou alguém acredita que estes negativos e estratosféricos números surgiram da noite para o dia, em menos de dois ou três anos?
      
Informar, divulgar e esclarecer, entre outras iniciativas oficiais, é essencial. Mas, infelizmente, governos mentem.

CLIQUE AQUI para ler mais.

Indicador Antecedente Composto da Economia, FGV, registrou alta pelo oitavo mês

O Indicador Antecedente Composto da Economia registrou alta de 1,3% na passagem de agosto para setembro, descontados os efeitos sazonais, de acordo com os dados divulgados ontem pela FGV em parceria com o Conference Board. O resultado, que marcou o oitavo avanço consecutivo, refletiu a elevação de sete de seus oito componentes, com exceção do índice de termos de troca, calculado pela instituição. No sentido oposto, o Indicador Coincidente Composto da Economia caiu 0,5% no mesmo período, também excetuada a sazonalidade, após duas retrações de 0,4%. 

Com base nesses resultados o mercado mantém a expectativa de que a retomada da atividade se dará em ritmo moderado ao longo dos próximos meses, a despeito da melhora generalizada dos índices de confiança.

Esquerdas articulam-se por voto útil em Sebastião Melo

Se realmente levar a maioria dos votos da esquerda (PT, PCdoB e Psol), Sebastião Melo poderá virar a eleição. As esquerdas fizeram 28,43% dos votos úteis. No primeiro turno, Melo fez 25,93% e Marchezan Júnior fez 29,84%. 

Algumas das lideranças mais atuantes de frações de esquerda que se alojam no PT e no PCdo B farão reunião de pauta única nesta quinta-feira.

A ordem unida será a deflagração de campanha contra Marchezan Júnior.

Isto significará uma espécie de recomendação oblíqua ao voto útil em Sebastião Melo, que já é apoiado por outros Partidos de esquerda, como PDT e PSB.

Dependendo do andar da carreta, as esquerdas poderão sair às ruas.

1o turno
Marchezan, PSDB, 29,84%
Melo, PMDB, 25,93%
Pont, PT, 16,37%
Maurício, PTB, 13,68%
Luciana, Psol, 12,06%
Os demais candidatos não conseguiram 1% dos votos.

Editorial, Valor - Valorização do câmbio corta rentabilidade do exportador

O bom desempenho da balança comercial vem chamando a atenção ao longo do ano e é um dos principais fatores que explica o surpreendente ajuste das contas externas, que vai sair de um déficit de 3,3% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2015 para um superávit estimado em 1% do PIB neste ano. Em setembro, a balança comercial registrou superávit de US$ 3,8 bilhões, o melhor em dez anos para o mês. No acumulado do ano, o superávit chega US$ 36,17 bilhões, o maior da série histórica. Há várias indicações, porém, de que os ventos estão mudando. A balança continuará no azul, positiva, mas deve deixar para trás os resultados superlativos.

Inicialmente, o desempenho extraordinário foi creditado à redução das importações, causada por um fator negativo, o segundo ano consecutivo de recessão econômica. Mas nota-se uma ligeira desaceleração no recuo das importações.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Artigo, Clóvis Rossi, Folha - Unesco erra ao evitar termo 'Monte do Templo' em Israel; Brasil se corrige

Ao lado, Clóvis Rossi.

A Unesco, o braço das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, cometeu o crime, reiterado nesta terça-feira (18), de reescrever a história e apagar os traços do judaísmo exatamente em seu mais sagrado ponto, o Monte do Templo/Muro das Lamentações.

Menos mal que a diplomacia brasileira, que respaldara o atentado na primeira votação —na terça-feira (13)—, corrigiu o tiro em seguida e passou a criticar a proposição, obviamente apresentada por países árabes/muçulmanos.

O Itamaraty alega que tentou, durante a discussão do tema, "suavizar os termos da proposta", mas, não o conseguindo, acabou votando a favor dela. É uma argumentação meio trôpega, mas, enfim, é melhor mudar de posição do que persistir no erro.

A resolução sobre a "Palestina Ocupada" (o que é um fato) critica as ações de Israel na Cidade Velha de Jerusalém, referindo-se ao Monte do Templo exclusivamente com a designação de "mesquita Al-Aqsa/Al-Haram Al-Sharif e suas imediações".

É como os árabes se referem ao que, em português, é "Nobre Santuário".

Ignora, como se queixa corretamente a mídia israelense, a existência lá mesmo de locais judaicos sagrados.

Por extensão, ignora a presença cristã na área, como lembra a blogueira Leah Soibel no "Times of Israel" desta terça.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Análise - Retração do comércio varejista em agosto sugere continuidade de queda do consumo das famílias no terceiro trimestre

- Esta análise é dos economistas do Departamento de Estudos e Pesquisas Econômicas do Bradesco.

O volume de vendas do varejo restrito¹ caiu 0,6% na passagem de julho para agosto, excetuada a sazonalidade, de acordo com a Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) divulgada ontem, segunda-feira, pelo IBGE. O recuo ficou em linha com a nossa projeção e com a mediana das expectativas do mercado, de quedas de 0,6% e 0,5%, respectivamente, segundo coleta da Bloomberg. Na comparação com o mesmo período do ano passado, houve contração de 5,5%, acumulando, assim, recuo de 6,7% nos últimos doze meses.

Seis dos oito setores pesquisados contribuíram negativamente para o resultado, com destaque para  o segmento de Equipamento e material para escritório, informática e comunicação, que apresentou recuo de 5,0% na margem, revertendo, a alta de 5,1% registrada na leitura de julho.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Frei Betto confessa: PT “falhou” ao não censurar a mídia.

Frei Beto acha que o PT errou ao não fazer como o ditador Fidel Castro. 

O site do PT mostra um artigo bizarro de Frei Betto, conhecido líder militante do partido. Ele reconheceu os “erros” do partido, mas não pediu desculpas pela corrupção.

O mea culpa do frei dominicano é diferente:

- No entanto, nós erramos. O golpe foi possível também devido aos nossos erros. Em 13 anos, não promovemos a alfabetização política da população. Não tratamos de organizar as bases populares. Não valorizamos os meios de comunicação que apoiavam o governo nem tomamos iniciativas eficazes para democratizar a mídia.

No dialeto petista, “alfabetização política” é doutrinação, geralmente feita nas escolas. Já “democratização da mídia” significa censura.

Emprego industrial paulista registrou retração de vagas em setembro

São Paulo é a locomotiva da economia, respondendo por 31% de todo o PIB do Brasil.

O emprego industrial paulista mostrou saldo negativo de 11.500 vagas em setembro, de acordo com os dados divulgados ontem pela Fiesp/Ciesp. Apesar da continuidade de demissões líquidas, essas aconteceram em ritmo mais moderado do que no mesmo período de 2015 (quando 20.000 postos de trabalho foram fechados). Isso, por sua vez, sinaliza que o ajuste do emprego no setor industrial começa a perder força, ainda que de forma gradual. Em termos dessazonalizados, o resultado do mês passado corresponde a uma queda de 0,5% na margem do nível de emprego do setor. Setorialmente, 17 das 22 categorias apresentaram desempenho negativo, com destaque para a redução de 1,6% do emprego no segmento de máquinas e equipamentos. Na comparação inter-anual, o emprego industrial paulista total caiu 7,6%, acumulando retração de 9,2% nos últimos doze meses. Assim, juntamente com indicadores conhecidos anteriormente, esses dados apontam para um saldo negativo de 10 mil vagas formais em setembro, informação a ser divulgada pelo Cadastro de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho, ainda sem data definida.

Memória - Saiba como foi a morte inesperada do coordenador da campanha de Tarso Genro em 2002

Até Lula veio ao velório de Utzig.

A morte do coordenador de programa de governo do candidato Sebastião Melo foi surpreendente e chocante, mas este não foi o único caso do gênero no RS, porque na madrugada do dia 9 de outubro de 2002 também morreu um coordenador de campanha, no caso o ex-secretário José Eduardo Utzig, que fazia a campanha de Tarso Genro ao governo do Estado. 

Na época, temia-se que Tarso afundaria na depressão - o que, pelo menos publicamente, não ocorreu. 

Utzig, sociólogo, tinha apenas 43 anos e foi vítima de infarto fulminante.

Ele estava sob forte pressão.

Desde antes do primeiro turno, Utzig afirmava dentro do comando da campanha que muita coisa teria de ser modificada. Para começar, a mira posta no ex-governador Antônio Britto (PPS) durante o primeiro turno impedira a equipe petista de enxergar o crescimento de Rigotto, por fora. Utzig havia feito esse diagnóstico e também se responsabilizava pelo erro -haveria pouco tempo para "desconstruir" Rigotto. Na época, a Folha de S. Paulo contou a tensão da hora: "Poucas horas antes da sua morte, ele comandou uma tensa reunião do PT, com todas as principais correntes e diretórios".  Discutia-se a necessidade de Tarso mostrar que teria diferenças em relação ao governador Olívio Dutra, seu correligionário. Isso seria importante, acreditavam muitos militantes, para pular dos 37,3% dos votos válidos obtidos no primeiro turno para a maioria absoluta.

"Quero apaziguar e unir o partido", disse Utzig, em entrevista à Folha, ainda no encontro, antes de ir para sua casa -onde acabou morrendo. Indagado sobre a resistência da corrente Democracia Socialista, próxima a Olívio Dutra, de aceitar a campanha com Tarso se apresentando diferente do então governador, Utzig disse em entrevista que não se pronunciaria sobre o assunto. Tarso Genro perdeu para Germano Rigotto.

O ditador Putin resolveu afrontar Michel Temer

Ele preferia a companhia da presidente cassada por improbidade.

Foi grosseria a atitude do ex-espião da KGB, Vladimir Putin, que preferiu promover uma ofensa ao adversário dos seus aliados no Brasil. Vladimir Putin é um ditador reles de uma potência de segunda linha e que política e diplomaticamente nada tem a dar para o Brasil. 

Os jornais desta manhã informam que o presidente Michel Temer foi o único chefe de Estado e de governo a não ser recebido em encontro bilateral pelo presidente da Rússia, Vladimir Putin, durante a cúpula dos Brics. O encontrou foi realizado no fim de semana em Goa, na Índia. Nesta terça-feira, em declarações durante a viagem ao Japão, Temer minimizou o tema.

Em diplomacia, a reunião bilateral é uma deferência política ou um gesto de proximidade e, não raro, de simpatia entre dois dirigentes políticos. 

O russo se reuniu em Goa com o presidente da China, Xi Jinping, com o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, e com Jacob Zuma, da África do Sul, mas não teve encontro bilateral com Temer durante os dois dias em que estiveram na Índia para a cúpula.

Segundo o canal de informação Russia Today, a escolha de não se aproximar de Temer se deu em virtude da "mudança brusca" no país, como se referem ao impeachment da presidente cassada Dilma Rousseff. 

81,3% dos auxílios-doença concedidos via judicial no RS eram fraudulentos

Quem ainda acha que os governos do PT não introduziram o princípio da desordem administrativa no governo federal, devem prestar atenção a esta informação que replica hoje a jornalista Rosane Oliveira, RBS, geralmente alinhada com o Partido:

O pente-fino que o INSS está fazendo nos auxílios-doença concedidos por via judicial há mais de dois anos resultou no corte de 81,3% dos benefícios que vinham sendo pagos aos 2.032 segurados que já se submeteram à perícia no RS.
Na data da realização do exame, foram cortados 1.651 benefícios pela constata.

A fraude é de dimensões oceânicas em todo o País.

Melo e Marchezan Júnior estarão frente a frente, hoje, 12h, na Federasul

O Tá na Mesa da Federasul, Porto Alegre, promete muito, hoje, meio dia, porque estarão frente a frente os candidatos Sebastião Melo e Marchezan Júnior.

O encontro só não aquecerá mais o ambiente porque o formato do confronto não é o do debate.

É a primeira vez que os candidatos ficarão frente a frente desde a dramática morte do coordenador de programa de governo de Melo.

MP que amplia produção de energia por carvão irá a voto, hoje, no Senado. RS e SC serão beneficiados.

RS e SC concentram todas as reservas nacionais de carvão (o RS, 90% do bolo total).

A Medida Provisória 735/16, que modifica vários pontos da legislação do setor elétrico, deverá ser votada nesta quarta-feira no plenário do Senado. A MP foi aprovada na Câmara dos Deputados, no dia 11 de outubro.

A MP facilita a desestatização de distribuidoras de energia  controladas pela Eletrobrás ou nas quais ela tenha participação.

Entre outros pontos, a conta pelo subsídio anual de US$ 240 milhões que o Tesouro paga pela sobra de energia de Itaipu, irá para a conta dos consumidores, que pagarão mais pelo que já gastam, mas não obrigará que todos os brasileiros paguem.

No caso das térmicas a carvão, a informação foi passada ao editor pelo deputado gaúcho Afonso Hamm, vice-presidente da Frente Parlamentar do Carvão Mineral. A nova lei cria também o programa de modernização do parque termelétrico brasileiro movido a carvão mineral nacional,tudo para implantar novas usinas que entrem em operação a partir de 2023 e até 2027. Esse programa atrairá investimentos na ordem de 5 bilhões de dólares de investimentos para novas usinas, girando na economia das regiões mineiras, em especial do Rio Grande do Sul, e Santa Catarina, que se transforma em cerca de 43 bilhões de reais durante os 10 anos do programa.

90% das reservas brasileiras de carvão estão no RS.

Brigada mata três bandidos ao ser atacada em São Leopoldo

Ao confrontarem homens da Brigada Militar que tentavam uma abordagem na Vila Nova, três bandidos foram abatidos a tiros em São Leopoldo, Grande Porto Alegre.

O enfrentamento armado ocorreu nesta madrugada.

Comissão Especial aprova redação final da PEC 241. Ela irá a voto em segundo turno na Câmara.

A Comissão Especial da PEC 241 na Câmara dos Deputados aprovou, nesta terça-feira, a redação final da matéria para que possa ser enviada ao plenário da Casa e ser votada em segundo turno. A proposta foi aprovada por 21 votos a favor e 7 contra. A PEC 241 foi aprovada em primeiro turno, no último dia 10, por 366 votos a 111 e com duas abstenções. Depois da votação no segundo turno, a matéria irá a voto no Senado.

O editor acompanhou a movimentação durante todo o dia, via WhatsApp.

A proposta de emenda à Constituição limita os gastos públicos pelos próximos 20 anos. A votação final em plenário é prevista para os dias 24 e 25 de outubro.

Logo após a conclusão dos trabalhos na comissão, a sessão do Congresso Nacional, que havia sido suspensa, foi reaberta. Mais cedo, os parlamentares votaram vetos presidenciais e a liberação de recursos para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Chuvas continuarão intensas em todo o RS

Porto Alegre, 8h25min, 19 graus.

A chuva continuará intensa nesta quarta-feira em todo o Rio Grande do Sul, segundo a MetSul. 

São esperados maiores acumulados na faixa central do Estado e em pontos da Metade Norte.

Temporais de vento e granizo são possíveis, uma vez que haverá ingresso de ar quente, gerando nuvens carregadas pelo território gaúcho. Em Porto Alegre, são esperados raios e chuva forte. A temperatura prevista irá dos 18°C aos 25°C.

As chuvas já causam danos de monta em 46 municípios.