Com o Ibope, as curvas de tendência de Dilma, Marina e Aécio

No blog do Jornalismo de Dados da Globo, hoje, Fábio Vasconcellos faz a análise que segue:

 Com a nova pesquisa Ibope para a corrida presidencial divulgada há pouco, ajustamos as curvas de tendência dos candidatos Dilma Rousseff (PT), Marina Silva (PSB) e Aécio Neves (PSDB). Desta vez, utilizando a melhor relação da série histórica para cada candidato. Desse modo, a curva mostra novamente Dilma em situação de estabilidade, exatamente como previa o modelo divulgado na semana passada por este Blog. A candidata do PT marcou neste Ibope 38%, um ponto percentual acima do Datafolha. No caso de Marina, houve um ajuste. A sua curva, que apresentava inclinação descendente, agora aparece com relativa estabilidade, embora ela tenha registrado  um ponto percentual abaixo do Datafolha da semana passada: 29%. A curva da candidata do PSB é, porém, a que mais se ajusta ao parâmetro utilizado, ou seja, as variações dos seus percentuais são as que mais ajudam a definir a inclinação da sua curva. No caso do candidato do PSDB, a inclinação permanece de leve ascendência. A curva de Aécio é a segunda com o melhor ajuste da série histórica. 


. Ao fazer esse tipo de análise, busca-se identificar a média dos percentuais registrados pelos candidatos, considerando todas as sondagens com as suas mais diferentes metodologias. Nesse caso, consideramos a série do Ibope e do Datafolha, organizada conforme a data de divulgação desde julho. Ao contrário das análises que levam em conta flutuações entre uma pesquisa e outra, a curva de tendência apresenta uma visão mais precisa e geral sobre o comportamento da intenção de voto dos candidatos, já que considera o histórico dos índices de cada candidato.    

Roberto Amaral rechaça aproximação com o PSDB

O editor recomenda a leitura deste material do Relatório Reservado:

Logo após deixar a poltrona 7C do voo 1025 da Gol, que o levou do Rio a São Paulo, o presidente do PSB, Roberto Amaral, demonstrava visível ansiedade. Ao desembarcar no Aeroporto de Congonhas, Amaral tamborilava seus dedos agitadamente sobre o livro "Socialismo e Democracia". Mais inquieto ainda ficou com a aproximação do Relatório Reservado. 

. A primeira pergunta alvejou-o de chofre: "Dr. Roberto, o senhor leu a entrevista do economista Eduardo Giannetti ao Valor Econômico, na qual ele chama a atenção para a convergência entre as propostas de Marina Silva e de Aécio Neves?". A resposta veio de pronto: "Não li. Ainda bem". O RR insistiu: "Mas o que o senhor acha dessa aproximação da campanha de Marina com o partido que representa o liberalismo, os interesses financeiros e o conservadorismo?" Amaral franziu o cenho e decretou: "Um tiro no pé. A Marina está fazendo concessões demais". Ou seja: rechaçou explicitamente a letra "D" que as circunstâncias insistem em enfiar no meio da sigla do PSB.

. O RR avançou: "Então, o senhor acha que tem gente dando entrevista mais do que deveria?". O presidente do PSB não titubeou diante da provocação: "Acho que sim! E me lembro das minhas conversas com o Lula, quando ele dizia que alguns aliados não podiam nem abrir a geladeira. Eles viam aquela luzinha, achavam que era televisão e logo queriam dar uma entrevista". Antes das despedidas, uma última pergunta: "Dr. Roberto, o senhor não acha que o debate eleitoral está muito voltado para questões que passam ao largo da população, tais como política fiscal, política monetária, Banco Central autônomo?". Mais uma vez, Amaral nem esperou a bola quicar: "Só cem pessoas no país sabem do que está sendo dito nesses assuntos. Para a maioria dos eleitores, Banco Central independente e Banco do Brasil independente são a mesma coisa". E lá se foi Roberto Amaral pelo terminal de desembarque, carregando o "Socialismo e Democracia". Sempre na mão esquerda.


 www.relatorioreservado.com.br 

Apesar do Banco Central, dólar sobe quase 2%, maior alta em 10 meses

O dólar comercial fechou em alta de 1,95% nesta quinta-feira (25), cotado a R$ 2,43 na venda. É a maior alta diária desde o dia 5 de novembro do ano passado (1,98%) e o maior valor de fechamento desde 3 de fevereiro deste ano (R$ 2,44).

Dilma Roussef tirou a máscara em Nova Iorque.

Ao conspurcar o nome do Brasil com as desastradas declarações que esparramou na ONU – acordo com terroristas decapitadores e rejeição do acordo sobre o fim para as devastações de florestas – a presidente Dilma Roussef tirou a máscara e mostrou quem realmente ela é.

. Estamos diante de uma personagem que precisa ser analisada sob o ponto de vista psíquico, mas tam bém a partir da releitura dos velhos, surrados e ultrapassados figurinos comunistas aos quais ela prossegue fiel.

. Um novo mandato de Dilma Roussef e do PT poderá resultar no mais completo vexame da jovem democracia brasileira.

CLIQUE na imagem a seguir para examinar o comentário do editor, intitulado Dilma Roussef tirou a máscara em Nova Iorque.

Artigo, Valdir Silveira - O mundo sem pátria do capital também chegou ao Vietname, inclusive ao turismo.

Ao lado, Ha Long Bay. 

Valdir Silveira *

Encerramos essa pequena reportagem de quatro matérias, todas sob o título geral "Vietname: a terra do Tio Ho",  que o jornalista Polibio Braga publica no seu blog sem quaisquer censuras. Apesar das nossas divergências políticas atuais,  Polibio Braga é um amigo da década de 60. Nossa amizade vem desde os idos de 1962, portanto são 52 anos. 

Mas, vamos ao que interessa, o Vietnam é cheio de surpresas quando se chega à Hanoi, capital do país e à Ho Chi Minh principal e mais importante província do país, a antiga Saigon onde os gringos se encastelaram e foram fragorosamente derrotados.

Os vietnamitas são um povo alegre, trabalhadores que acordam as 5 horas da manhã e já estão nas construções civis, nas lavouras de arroz; na faina diária. É com essa perseverança, com essa garra que estão reconstruindo o país.

Notamos a presença de ingleses, franceses e até americanos do norte que, aos poucos, estão retornando ao país. Por que? Porque como já me referi anteriormente, o Vietnam, embora pequeno territorialmente, é um país de potencialidades e um parceiro em diversos setores da economia. Apesar do regime, a realidade mundial da globalização não admite barreiras ideológicas; todos precisam comer, beber, vestir, se locomover. As relações comerciais é que vão criar as condições para que as nossas necessidades cotidianas sejam atendidas. Vejam que em exemplo recente a crise na Ucrânia criou condições excelentes para o mercado de aves, suínos e bovinos brasileiros. Pergunto: algum segmento do agronegócio, anticomunista, vai deixar de aproveitar essa vantagem? Não, não e não...

O mundo é movido pelo capital e este não tem pátria e, tampouco ideologia.

Após essa pequena digressão informo que o Vietnam tem um potencial turístico imenso, com belezas naturais como Halong Bay reconhecido pela UNESCO como um Patrimônio Natural da Humanidade , é absolutamente maravilhoso. São uma série de ilhas, já objetos de diversos filmes americanos.

Conhecemos  Ninh Binh, há 100 Km. de Hanói, interior de Halong Bay, está localizada no Delta do Rio Vermelho e conhecida pela diversidade de lagos, florestas, famosas relíquias históricas e culturais. Isso sem falar na antiga vila de Duong Lam. É preciso conhecer para acreditar! Como dizia o nosso velho Lupi – o Lupicinio Rodrigues- “ primeiro é preciso julgar, pra depois condenar”.

Outra curiosidade interessante é a atividade pesqueira desenvolvida no Delta do Mekong, uma grande bacia hidrográfica vietnamita, onde se produzuma espécie de tilápia, conhecida como Panga e importada pelo Brasil. A variedade de peixes e crustáceos é muito grande. A culinária vietnamita é riquíssima na exploração dos cardápios divulgando seus recursos pesqueiros. É uma culinária sadia, baseada em peixe, crustáceios e legumes regados a chá; sem álcool. A saúde, a vida agradece! Fico por aqui, se o Polibio permitir, poderei em outro posto, abordar a história recente e a história anterior das lutas do povo vietnamita e sua reunificação.

(*) Engenheiro Agrônomo, Mestre em Tecnologia de Alimentos/UFPR, Especialista em Planejamento e Desenvolvimento Regional-ILPES/CEPAL-ONU

Governo anunciará a qualquer momento novo pacote de apoio ao setor exportador

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, pode anunciar novas medidas de estímulo ao setor exportador.

. Fontes ouvidas pelo 'Broadcast', serviço em tempo real da 'Agência Estado', informam que as medidas, ainda em estudo, vão na linha de desburocratizar, facilitar a devolução de créditos e ampliar o financiamento às exportações.

. A lista de medidas inclui mudanças na operacionalização do Reintegra, programa que devolve às empresas até 3% do valor do faturamento com exportações de manufaturados.
Também pode haver alterações no mecanismo chamado de drawback, que permite zerar os tributos na importação de insumos usados na produção de bens a serem exportados.
Ainda está em avaliação um novo aporte de até R$ 200 milhões no Proex-Equalização, programa de financiamento às exportações, que assume parte dos encargos financeiros nos empréstimos concedidos pelos bancos para reduzir os juros a taxas praticadas no mercado internacional.

. Com orçamento de R$ 1 bilhão para 2014, o Proex teve os recursos esgotados.


. O governo já decidiu fazer uma ampliação de R$ 167 milhões, o teto da suplementação permitida em lei sem precisar fazer mudanças orçamentárias.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Dólar já ultrapassou a barreira dos R$ 2,40 e prossegue em alta

O dólar continua em alta no Brasil, porque neste momento, 14h15 min, a cotação para venda é de R$ 2,4221, alta de 1,6%. 

Pesquisa de propaganda da própria data motiva decisão de comprar presentes para o Dia da Criança

A proximidade com a data é o fator que mais motiva o consumidor a comprar presentes para o Dia das Crianças. 

. A informação consta na pesquisa organizada pela CDL e Sindilojas Porto Alegre. 

. Um total de 76% das respostas apontaram para este quesito, enquanto que outros 11% das pessoas disseram que se motivam quando alguém lembra ou cobra a compra de presentes. Apenas 8,3% dos entrevistados comentaram que se motivam quando veem propagandas, seja no jornal, TV, rádio ou internet. Aliás, a maioria dos entrevistados também pretende comprar o presente do Dia das crianças na semana anterior ou na véspera da data (62,3%).

Governo gaúcho está sem caixa para pagar em dia o 13o

O governo gaúcho está sem caixa para pagar o 13o salário do funcionalismo estadual.

Entrevista, Osmar Terra - A maior parte dos acidentes de trânsito e dos suicídios ocorre por causa das drogas

ENTREVISTA
Osmar Terra

O senhor é autor do projeto de lei 7663/2010 aprovado na Câmara e em análise no Senado, que atualiza a lei de drogas. N a sua opinião, apenas uma política abrangente e uma legislação mais rigorosa vão melhorar o quadro da drogadição no Brasil ?
O maior problema da droga não é o tráfico, mas os danos físicos e mentais causados pelas drogas, que se transformar numa doença incurável.

Por que razão ?
A memória do prazer causado pela droga não tem cura. O viciado tem periodo de abstinência, mas jamais vai se livrar deste problema, que vira uma questão de saúde pública. Basta ver as notícias de agressões entre pais e filhos, muitas vezes com mortes violentíssimas, causadas pelo consumo.

O senhor tem dito que as mortes matam muito no RS.
 A droga [é causadora da maior parte das mortes violentas no Rio Grande do Sul e Brasil.

Como é isso ?
 A gente abre os jornais e vê que os homicídios são causados por drogas. Seja pelo tráfico, nas disputas por espaços entre os criminosos, ou dívidas de usuários. O mais grave são os suicídios e acidentes de trânsito, causados pela drogadição.

Não é pelo uso do álcool ?
Se o etilômetro aponta condutores embriagados, um exame de detecção do uso de drogas vai apontar que boa parte dos envolvidos em acidentes estão sob efeito da cocaína ou maconha.

Candidatos como o verde Eduardo Jorge, defendem abertamente a legalização das drogas.
-É um erro. Não existe outro caminho, senão a proibição. Todos os países que tinham a droga liberada tiveram que voltar atrás. Na ciência, como na justiça, não podemos esquecer a comprovação fática, para avançar em benefício de toda a sociedade. 

Este ano, 207 assassinatos, apenas
em quatro grandes municípios do interior

O deputado Osmar Terra disse ao editor que na raiz dos crimes está a droga.  As mortes se dão por brigas entre traficantes, dívidas de usuários e pelo distúrbios mentais causados por ela.
De janeiro a setembro de 2014, as quatro maiores cidades do Interior gaúcho - Caxias do Sul, Santa Maria, Pelotas e Rio Grande - registram 207 assassinatos.
        Caxias do Sul: 66 casos – contra 78 no mesmo período de 2013;
        Santa Maria: 41 homicídios – 40 durante todo o ano passado;
        Pelotas: 59 mortes -, com 63 em todo ano de 2013.
        Rio Grande: 41 assassinatos - para 38 em todo 2013.
 -O levantamento é da Rádio Gaúcha de Porto Alegre, com dados da Segurança Pública.
       

Hoje é Dia D para acerto entre IPE e hospitais privados do RS. Se não hovuer acordo, servidores ficarão sem hospitalizações a partir do dia 1o.

Será decisiva a reunião desta tarde entre a direção do IPE, Instituto de Previdência do Estado do RS, e direções dos hospitais privados e santas casas, tudo visando impedir que os servidores públicos estaduais e municipais fiquem sem atendimento hospitalar a partir de quiarta-feira da semana que vem, dia 1º de outubro.

. Hospitais e santas casas querem receber contas glosadas (consideradas indevidas), cujo montante soma R$ 123 milhões, mas também exigem imediata revisão das tabelas de internação, serviços e medicamentos usados.

. O IPE só quer pagar o que deve e revisar os valores a partir do ano que vem.

. Hospitais, santas casas e Famurs, que no caso defende os interesses das prefeituras conveniadas, reclamam que ao instituto bastaria exigir a devolução de R$ 300 milhões sacados pelo governador Tarso Genro do IPE Saúde e esterilizados no caixa único estadual para pagar despesas.

. O editor ouviu todas as partes e constatou que pode sair algum tipo de acordo esta tarde, evitando a paralisação dos atendimentos a partir da semana que vem.

PT usa instalações do Trensurb para fazer propaganda escrachada

Propaganda eleitoral escrachada está sendo feita dentro da Trensurb. Não se trata apenas de visitas guiadas como a que fez ontem o deputado Adão Villaverde, PT, mas até mesmo distribuição de santinhos nos próprios escritórios e oficinas.

. Trensurb, o trem metropolitano de Porto Alegre, é instalação pública federal.

Aécio ataca Dilma por discurso na ONU: "Fiquei estarrecido. Ela defendeu acordo com grupos sanguinários que decapitam pessoas"

A bordo de sua retrógada ideologia comunista, sempre tentando afrontar os Estados Unidos, Dilma esquece todos os direitos humanos e defende acordo com esses sanguinários decapitadores de jornalistas. 



CLIQUE AQUI para saber como andam as
eleições para presidente, governador e senador
em  todos os Estados. 

Sem poder cumprir a agenda nos horários marcados, já que ficou retido em Porto Alegre até depois do meio dia, somente no início da tarde o candidato tucano Aécio Neves chegou a Santa Maria. Ele irá ainda hoje a Caxias do Sul, Florianópolis e Curitiba.

. Na jornada matutina, Aécio concedeu coletiva as 8h no Sheraton, foi depois para gravações na RBS TV e em seguida reuniu-se com o comando da campanha de Ana Amélia no Morro Santa Tereza.

. Na coletiva da manhã no Hotel Sheraton, o candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, afirmou nesta quinta-feira ter ficado “estarrecido” diante das declarações da presidente Dilma Rousseff, que “lamentou” a ação dos Estados Unidos para combater o avanço dos terroristas do Estado Islâmico na Síria. Segundo Aécio, Dilma não apenas utilizou seu discurso na abertura da Assembleia Geral das Nações Unidas na quarta-feira, em Nova York, para se comportar como candidata, como “propôs que se negocie com grupos extremistas que decapitam pessoas". As declarações foram dadas durante visita do tucano a Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.


. Na quinta-feira, depois de “lamentar” o bombardeio dos Estados Unidos contra terroristas na Síria, a presidente reafirmou sua posição diante dos chefes de Estado reunidos na ONU, ao condenar o “uso da força” como forma de resolver conflitos mundiais. Dilma colocou no mesmo cesto Iraque, Síria, Líbia, Ucrânia e Palestina, ignorando o fato de que, nos dois primeiros, um dos grupos terroristas mais selvagens em atividade está avançando e espalhando o horror de forma brutal, por meio de decapitações, crucificações e execuções sumárias. "Essa não é a política externa digna do Brasil e consagrada pelo país ao longo de tempos. Em relação também à política externa, infelizmente a presidente da Republica deixa péssimos exemplos para seu sucessor", afirmou Aécio.

71% dos leitores farão voto útil para as eleições do Senado

Nova enquete aborda as críticas de Dilma aos ataques feitos pela coligação liderada pelos EUA contra os terroristas fundamentalistas islâmicos.



71% dos leitores desta página farão voto útil nas eleições deste ano para o Senado, tudo porque querem vencer o candidato do PT. Uma fatia bastante alta, no entanto, 27%, não admitem qualquer mudança.

. Nova enquete já está disponível na página ao lado. Ela trata da fala de Dilma Roussef na ONU, onde criticou os ataques aos redutos do chamado Estado Islâmico, o que acabou por passar a ideia de que o atual governo do PT defende os terroristas fundamentalistas islâmicos.

. Sobre voto útil:

 Sim, porque não quero que vença o PT
  292 (71%)
 Não, porque já defini meu voto
  113 (27%)
 Outra resposta

  4 (0%)

Artigo, Geraldo Samor - Dilma repete a receita de fracasso da cozinheira Cristina Kirchner

O artigo a seguir é de Geraldo Samor. 
Seu título original é "Receita de Fracasso". 
Vai na íntegra:

A política econômica brasileira está cada vez mais parecida com a argentina: o Estado não consegue poupar, o empresariado não quer investir, o Governo massageia os números oficiais, a pressão inflacionária se acumula aqui (e explode lá), e — o mais grave de todos os pecados — o poder central é incapaz de fazer um mea culpa. “Como partidos populistas aqui e lá fazem exatamente o contrário do que dizem acreditar e levam um país à bancarrota no processo.”No capítulo de hoje, o triste fim de uma alegoria populista do lado de lá da fronteira. (Agradecimentos ao colega Ariel Palácios, que narrou esta pérola no Estadão.) Em 2011, o empresário argentino Alex Gordon — com um tino comercial quase tão grande quanto sua propensão ao peleguismo — resolveu prestar uma homenagem das mais lindas ao governo de seu país. Corria o tempo da reeleição da presidente Cristina Kirchner, e a herança maldita do kirchnerismo ainda não havia explodido em praça pública. Era apenas uma bomba-relógio embrulhada no pavilhão nacional.

A ideia de Gordon era batata, ou melhor, era hambúrguer: montar uma rede de fast food nacionalista. Assim nasceu a “Nac e Pop”, onde o hambúrguer, o cachorro quente e a batata frita foram todos pensados para atrair kirchneristas — o que é curioso, porque esse pessoal acredita em ‘almoço grátis’. “Nac e Pop”, explica-se, é a abreviação de “Nacional e Popular”, o slogan do kirchnerismo.

Pense em todos os clichês que os populistas usam para chegar ao Poder,


CLIQUE AQUI para ler mais. 

Grupo Hospitalar Conceição explica por que afastou o médico Milton Pires

O editor recebeu hoje a Nota de Esclarecimento 
a seguir, assinada pela Assessoria Jurídica, com pedido para imediata publicação:

Em referência às matérias jornalísticas veiculadas recentemente sobre o médico Milton Simon Pires, a Assessoria Jurídica do Grupo Hospitalar Conceição (GHC) esclarece: Milton Simon Pires, funcionário da UTI do Hospital Conceição, foi afastado das suas funções por estar respondendo a Processo Administrativo Disciplinar (PAD), instaurado a partir de denúncia registrada por uma colega sua, também médica, por agressões físicas e verbais durante horário de trabalho, conforme Boletim de Ocorrência Policial, registrado na Delegacia da Mulher. Cabe ressaltar que o funcionário Milton Simon Pires foi AFASTADO do trabalho e NÃO SUSPENSO, como declarou em reportagens. O seu afastamento ocorreu devido à gravidade da denúncia que foi registrada pela sua colega e também para garantir que o PAD seja realizado sem nenhum tipo de intervenção do denunciado, sendo assegurados sua remuneração e o direito constitucional à ampla defesa e ao contraditório. Assessoria Jurídica do GHC.

. Milton Pires disse ontem a noite ao editor que a nota esclarece mais do que foi dito a ele. Além disto, nega toda a acusação. Ele já está com advogado constituído, no caso o dr. Leudo Costa. 

O que escreveu o medico sobre o caso, hoje:
Meus amigos, o que está acontecendo comigo não é exceção; é a regra sobre aquilo que os médicos brasileiros enfrentam em seu trabalho quando decidem questionar a maneira dessa gente conduzir a saúde pública. Minhas chances no processo administrativo, cuja cópia sequer tenho ainda, não são muitas; na justiça comum acredito que haja alguma alternativa. Resta nesse momento apelar para o que essa gente mais teme: à publicidade, à divulgação em massa e pela imprensa que ainda está livre daquilo que eles querem fazer na surdina. Daquilo que eles fazem melhor e querem esconder: o assassinato de reputação e o total aparelhamento do serviço público no Brasil, garantidos pelo terror infundido sobre seus subordinados. O efeito é garantido por lei: a lei do silêncio de todos nós.

Revelações do doleiro Youssef, agora em delação premiada, fazem tremer o PT

Na sua coluna Radar de hoje, www.veja.com.br, o jornalista Lauro Jardim informa que o centro nervoso da eleição presidencial voltou a ser a delação premiada. Ou melhor, as delações premiadas – a de Paulo Roberto Costa e a do doleiro Alberto Yousef. O depoimento de Paulo Roberto já acabou; o de Youssef vai começar em muito breve.

. Leia tudo:

Na campanha de Dilma Rousseff o medo dobrou de intensidade. Antes, temia-se o vazamento de uma bomba atômica disparada por Paulo Roberto. Agora, o PT tem que se preocupar também com o doleiro preferido por nove entre dez políticos e empreiteiras que tratavam com a Petrobras.
Os petistas avaliam, não sem razão, que sem fatos novos Dilma tem boas chances de vitória no segundo turno. Mas um petardo saído da delação premiada tem o poder de estragar a festa.
Na campanha de Aécio Neves, a delação também é uma esperança. Avalia-se ali que os tiros de Paulo Roberto e Yousseff poderiam atingir Eduardo Campos e, por tabela, respingar em Marina.

No final das contas, tem-se pela frente são dez dias até o primeiro turno e um mês até o segundo turno. Até lá, é bom olhar para o céu para ver se vem bomba.

CLIQUE AQUI para ler, também,
Superfaturamento em Abreu Lima mostra o modo de operar do PT.

Entrevista, Gustavo Schiffino - Setembro não prenuncia vendas boas para o Dia da Criança

ENTREVISTA
Gustavo Schiffino, presidente CDL de Porto Alegre


O Dia da Criança, 12 de outubro, permitirá que as lojas saiam do sufoco atual ?
Esperávamos crescer 8% nominais sobre o ano passado, mas tivemos que revisar este número para 6% ou 6,5%.

O que houve ?
Este ano, você sabe, andamos meio de lado. Depois da Copa, imaginávamos recuperar as perdas, mas a reação foi pequena. Sobre o ano passado, até o final de agosto, o crescimento nominal existe, mas ajustadas, as vendas registram queda de 2% a 4%.

E neste mês de setembro ?
Pois é como eu disse: na primeira quinzena as vendas não avançaram como esperávamos.

- O editor falou com Schiffino esta manhã, pouco antes do seu embarque para o Rio, onde foi abrir a Feira Brasileira de Franquias. 

Atrasos nos pagamentos feitos por importadors argentinos são apenas pontuais

A queixa de atrasos nos pagamentos feitos por importadores argentinos, assunto que jornalistas chegaram a questionar a própria presidente Dilma Roussef em Nova Iorque, não parece atingir a grande maioria dos calçadistas do RS.

. O editor conversou com três industriais da área e com a ACI de Nova Iorque, mas as respostas foram de que nada de excepcional ocorre em relação a pagamentos.

. Atrasos seriam apenas pontuais. 

. O Jornal do Comércio, Porto Alegre, chegou a tratar do assunto em ampla reportagem, mas não fica claro no conteúdo se o caso é pontual ou regra geral.

CLIQUE AQUI para ler a reportagem do Jornal do Comércio sobre o assunto. A reportagem não fala em valores e nem dá exemplos de empresas com problemas. 

Monsanto obtém vitória bilionária no caso dos seus direitos de royalties sobre a soja transgênica

Na próxima safra de verão, apenas os produtores gaúchos
terão que pagar R$ 500 milhões para a Monsanto. 

Ainda há recurso aos tribunais de Brasília, mas o embate bilionário entre produtores rurais e Monsanto registrou ontem a vitória da empresa dos EUA no Tribunal de Justiça do RS. Foi ontem.  A decisão ocorreu por dois votos a um. Isto significa que a empresa tem direito de cobrar pelo uso de soja transgênica. O valor é de 2% sobre a produção.

. A decisão da 5ª Câmara Cível, que vale para todo o Brasil, significa que a Monsanto não terá de pagar ressarcimento estimado em pelo menos R$ 15 bilhões a agricultores pela utilização da semente geneticamente modificada. Também enfraquece a luta dos produtores de contestar outra cobrança – de 7,5% – sobre a segunda geração do grão geneticamente modificado, no mercado desde a última safra.

. A Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Estado (Fetag-RS) pretende recorrer no próprio tribunal por meio de embargo infringente (quando a decisão não é unânime). Se perder, planeja apelar ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).

. A questão em debate é centrada na discussão entre a prevalência da lei de patentes, defendida pela Monsanto, e a legislação de cultivares, que reserva aos agricultores o direito de separar sementes próprias para replantio. A desembargadora Maria Cláudia Mércio Cachapuz, relatora do caso, entendeu que o direito à propriedade intelectual da Monsanto sobre a soja transgênica se estende às plantas descendentes e à soja produzida e não considerou a cobrança de 2% abusiva. A posição foi seguida pela desembargadora Isabel Dias Almeida. O argumento dos agricultores é de que a Monsanto já é remunerada ao licenciar a tecnologia para empresas que desenvolvem e produzem sementes. 

-  O voto vencido, do desembargador Jorge Luiz do Canto, demonstra a fragilidade da argumentação jurídica dos perdedores, porque ele avaliou que os direitos de propriedade não devem se sobrepor à proteção social dos pequenos produtores. Com a decisão, cálculos dos advogados dos agricultores indicam que, na próxima safra, os gaúchos pagarão cerca de R$ 900 milhões pelo uso da soja transgênica para a Monsanto.

CLIQUE AQUI para ler "Deu Golias na briga da soja transgênica", assinado por Gisele Leblein, jornalista especializada em agronegócio, Zero Hora de hoje. 

Bancos gaúchos são atacados a cada dois dias.

A cada dois dias um banco é atacado no RS. São dados do Sindicato dos Bancos. Os ataques ocorrem a agências ou caixas eletrônicos. 

Raimundo Colombo, PSD de SC, vence no primeiro turno com 52%, diz Ibope

O atual governador de Santa Catarina vence amplamente e será eleito no primeiro turno com 52%. O candidato do PT, Claudio Vignatti, tem apenas 6%.

Raimundo Colombo (PSD): 52%
Paulo Bauer (PSDB): 16%
Claudio Vignatti (PT): 6%
Elpídio Neves (PRP): 1%
Janaina Deitos (PPL): 1%
Outros com menos de 1%: 1%
Branco/nulo: 5%
Não sabe/não respondeu: 18%

. No levantamento anterior realizado pelo instituto, entre 14 e 16 de setembro, Raimundo Colombo (PSD) tinha 49% das intenções de voto, seguido de Paulo Bauer (PSDB) com 17% e Cláudio Vignatti (PT) com 7%.

Segundo turno
O Ibope fez uma simulação de segundo turno entre Raimundo Colombo e  Paulo Bauer. Os resultados são os seguintes:

Raimundo Colombo: 57%
Paulo Bauer: 19%
Branco/nulo: 6%

Não sabe/não respondeu: 19%

PT diz que Marina já passa dos limites. Dilma pediu dois direitos de resposta.

O PT informou esta manhã ao editor que encaminhou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) dois pedidos de direito de resposta a propagandas eleitorais dos candidatos opositores Marina Silva (PSB) e Aécio Neves (PSDB) veiculadas na televisão na noite de terça-feira. Rui Falcão, em nota, avisou:

- Marina, sobretudo, já está passando dos limites.

. Dilma Roussef não gostou do uso de  termos como “caso de polícia” e “dinheiro de corrupção”, ao apontar a presidenta por supostos escândalos e rombos na Petrobras. Já a propaganda de Aécio Neves, confundiria o eleitor ao dizer sobre financiamento de bens e serviços brasileiros para a construção de um porto em Cuba, por parte do governo Dilma. A propaganda do PSDB afirmou que o governo do PT não entrega obras, não planeja, que é um governo de improviso, mas que consegue entregar obras fora do país, e cita o Porto de Mariel, em Cuba”.

O TSE negou o pedido de resposta da candidata Marina Silva, sobre a autonomia do Banco Central, contra a presidenta Dilma. O TSE concedeu a Dilma um direito de resposta de um minuto no rádio e dois minutos na televisão, no programa eleitoral do candidato do Partido Social Cristão (PSC), Pastor Everaldo Dias Pereira. O pastor disse na TV e no rádio que o governo Dilma é feito de roubalheira. 

Saiba o que fará esta manhã no RS o candidato Aécio Neves

Esta é a agenda de hoje do senador Aécio Neves no RS, conforme programação recebida esta manhã pelo editor. À tarde ele visitará SC e depois o Paraná.

. As 8h, o candidato tucano concederá coletiva à imprensa no Sheraton.

Porto Alegre
9h - Coletiva de Imprensa, 8h, Sheraton
9h - gravação RBS TV

Santa Maria
12h, Caminhada Calçadão Salvador Isaía (esquina com a Rua Mal. Floriano Peixoto) - Centro

Caxias do Sul 
14h - Caminhada com início na Rua Dr. Montaury, 1271

- Pesquisas feitas pelo Ibope e divulgadas ontem em Porto Alegre, demonstram que Dilma bate amplamente os candidatos Marina Silva e Aécio em Porto Alegre, mas a posição do tucano no RS é bem melhor do que a que consegue nacionalmente.

Dilma, 42%
Marina, 21%¨
Aécio,20%

Na hipótese de um segundo turno, Dilma bate Aécio por 44% x 34%. Na disputa com Marina, or esultado é de 44% x 33%. Curiosamente, caso o tucano enfrentasse Marina no segundo turno, ele venceria por 38% a 34%. Nas últimas eleições presidenciais, os tucanos venceram no RS.