Médico venezuelano diz que "células malignas já circulam pela corrente sanguínea de Chavez". Tuitadas denunciam radioterapia feita em Caracas.

Caracas, 01 de abril de 2012.

El doctor venezolano radicado en Miami, José Marquinaasegura tener “fuentes directas” que le informan sobre “el verdadero estado de salud” del Jefe de Estado, quienes le aseguran que hay altas probabilidades de que a estas alturas “las células malignas se hayan extendido por el torrente sanguíneo, multiplicándose” en el proceso.

El hecho de que el presidente Hugo Chávez decidiera acudir a un gran número de sesiones de radioterapia es suficientemente elocuente sobre lo grave de su enfermedad, sin embargo el médico venezolano radicado en Miami, José Marquina alertó que a estas alturas el cáncer que sufre el Primer Mandatario es “incurable”, ya que existen altas probabilidades de que “las células malignas se hayan extendido por todo el torrente sanguíneo multiplicándose, porque ya hay metástasis”.

En entrevista para 6to Poder, el doctor manifestó que lo último que sus fuentes le han revelado es que, hasta la semana pasada, al mandatario se le efectuaban diariamente tomografías, sin que mostrara mejoría alguna e incluso habría “una probable invasión del colon por el tumor inicial”, cuestión que causó alarma en los médicos que tratan su enfermedad.

Em Caracas, saiu a informação que Chávez foi queimado na radioterapia na Venezuela.Vide final dos tweets, que op editor destacou a seguir. Parece que tudo está saindo porque as filhas estão exigindo melhor tratamento para ele, ou pelo menos melhores informações. Leia estas tuitadas a seguir: 

Lo triste es q le darán quimioterapia a Chavez y jamas lo sabremos porque agentes de segunda línea no dan tantos efectos colaterales.

Jose Rafael Marquina ‏ @marquina04
Gente del hospital militar me agradecen por DM q denuncie lo obsoleto de los equipos y dicen q es cierto. 
Jose Rafael Marquina ‏ @marquina04
Aclaro q el personal medico del hospital militar es calificado pero no tienen adecuados equipos médicos. 
Marthiña López ‏ @Marthilopez
@marquina04 Gracias Dr. por su valiosa información, y si con esto también ayuda a develar la situación del hospital militar. 
Zucchero ‏ @Succhero_agrio
@marquina04 Dr.un saludo.Q vrgüenza y tristza sentimos los vzlnos!Q los eqipos en cuba sean mas actuales q los d un hospital aki!(H.Militar) 

CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa sobre o estado de saúde de Chavez.

Ligações com Carlinhos Cachoeira poderão derrubar governador do PT, Agnelo Queiroz.

CLIQUE AQUI para saber por que razão Zé Dirceu, PT, será o próximo alvo da Operação Monte Carlo, a mesma que desnudou o senador Demóstenes Torres.

- A reportagem a seguir do blog Fala Sério DF é bem mais conclusiva, mas os termos da matéria conferem com o que é publicado neste final de semana pelas revistas Veja e IstoÉ, como também pelo jornal O Sul deste domingo, página 7. O jornal gaúcho revela que além do governador do PT, também terão que dar explicações uma série de deputados, entre eles Cândido Vacarezza, até há pouco líder do governo dilma na Cãmara, Arnaldo Faria de Sá, PTB de SP e SandroMabel, PR de Goiás. Leia o que publicou o blog neste domingo:

Está muito perto de as algemas da Polícia Federal, com o apoio do Ministério Público Federal, alcançar integrantes da cúpula do Governo do Distrito Federal envolvidos em esquemas criminosos capitaneados pelo empresário dos jogos de azar Carlos Augusto de Almeida Ramos, conhecido como Carlinhos Cachoeira. O Fala Sério DF teve acesso a trechos de uma das mais de 300 interceptações telefônicas feitas durante a investigação. A conversa é travada entre Cachoeira e ninguém menos do que o atual chefe de gabinete do governador Agnelo Queiroz, o agente de polícia Cláudio Monteiro, que também preside o Comitê para a Copa do Mundo de 2014.  Achando que estaria livre dos grampos por usar um aparelho Nextel habilitado nos Estados Unidos, Monteiro demonstra muita intimidade com o contraventor.  Os federais ainda investigam a ligação entre Monteiro e Cachoeira. Sabe-se que o bicheiro teria se aproximado de Monteiro para garantir a segurança de casas de jogos e máquinas caça níqueis que ainda funcionam na clandestinidade em pontos muito bem escondidos do Distrito Federal.  Sabe-se também que Monteiro sempre foi muito amigo do ex diretor-geral da Polícia Civil, Onofre de Moraes, que sempre foi alvo de boatos que receberia dinheiro de contraventores para fazer “vista grossa” em relação a jogatina que corria solta em Ceilândia quando ele era delegado chefe.As interceptações telefônicas que flagraram Monteiro ainda podem complicar a vida dele quando o assunto é a construção do Estádio Nacional, orçado em R$ 1 bilhão. Fontes ligadas ao blog afirmam que o chefe de gabinete de Agnelo fatura alto com propinas pagas pela construtora VIA Engenharia, responsável pela obra do estádio.  Monteiro, que  foi assessor parlamentar de Agnelo na Câmara dos Deputados e ocupou os cargos de chefe de gabinete, secretário-executivo e ministro-interino do Esporte quando o governador era ministro, também teria ligações com o araponga e especialista em grampos ilegais, Idalberto Matias de Araújo, o sargento da Aeronáutica Dadá.Dadá teria um número infindável de fontes na Polícia Civil. Um deles é citado na denúncia do MPF. Trata-se do policial civil José Ângelo, que caiu no grampo da PF.  Dadá avisa para o agente da PCDF que está com os R$ 4 mil que deve a ele pela informação sobre uma casa de bingo que deveria ser estourada. A casa de jogo era de um concorrente de Carlinhos Cachoeira.  Se além das interceptações telefônicas a Polícia Federal conseguir materializar a relação Entre Monteiro, Dadá e Cachoeira a situação poderá se complicar para o chefe de gabinete de Agnelo. O bônus da investigação poderá ser a confirmação da relação promíscua entre Monteiro e a construtora responsável pela obra do Estádio Nacional.Essa história ainda tem mais um personagem suspeito.  A figura é o policial Jairo Martins de Souza. Foi ele quem gravou a fita que detonou, em 2005, o escândalo do Mensalão. Trata-se da cena em que um ex-funcionário dos Correios, Maurício Marinho, aparece recebendo uma propina de R$ 3 mil. A fita foi entregue ao jornalista Policarpo Júnior, que é amigo de Jairo Martins, e hoje, além de dirigir a sucursal da revista Veja em Brasília, é redator-chefe da publicação.De acordo com a acusação do Ministério Público, Jairo Martins era um “empregado” da quadrilha de Carlinhos Cachoeira. Recebia R$ 5 mil mensais e tinha a função de cooptar policiais e também levantar informações que pudessem prejudicar os negócios do grupo. Em 2005, na crise do Mensalão, Jairo Martins depôs no Congresso, e disse que gravou a fita com Maurício Marinho por “patriotismo”. Não se sabe, ainda, se Cachoeira estaria por trás da denúncia.

PMDB reúne 43 municípios da Serra do RS e avisa que terá candidatos próprios em 30 deles

Neste sábado o PMDB do RS reuniu em Caxias do Sul os 43 municípios da região serrana e prosseguiu na mobilização que começou no ano passado para montar sua estratégia eleitoral para este ano.

. Nos 43 municípios, o PMDB já tem indicativo de concorrer em chapas majoritárias em pelo menos 30 deles, dos quais em 25 com cabeça de chapa, sendo 10 reeleições.

. Alguns destaques deste quadro é a volta de três ex-prefeitos à cena política com possibilidade de concorrer, como Antônio Cetolin (Garibaldi), Renato Cavagnolli (Flores da Cunha) e Idílio Pasuch (Nova Roma do Sul).

Tudo para candidatos e dirigentes partidários no I Congresso de Direito Eleitoral, dia 18, em Porto Alegre

Lei da Ficha Limpa, propaganda eleitoral, prestação de conta, pesquisas eleitorais e condutas permitidas a candidatos que concorrerão à reeleição são alguns dos temas a serem abordados durante o I Congresso Nacional de Direito Eleitoral, que será realizado em Porto Alegre, entre 18 e 20 de abril, no Teatro do CIEE.

. O evento, promovido pela Unisinos e pelo escritório Décio Itiberê Advogados Associados, terá entre seus palestrantes o ministro do TSE Arnaldo Versiani Leite, a vice-corregedora do TSE, Sandra Cureau, o advogado e ex-ministro do TSE José Eduardo Alckmin, entre outros especialistas. A abertura será feita pelo ex-presidente do TRE-RS Alfredo Guilherme Englert, no dia 18, às 20h.

. O evento destina-se a candidatos que concorrerão às eleições municipais de 2012 e também aos atuais prefeitos, vice-prefeitos e vereadores, deputados estaduais, deputados federais, secretários municipais, advogados, assessores parlamentares e servidores, membros do Poder Judiciário, membros e servidores vinculados aos TREs, integrantes de partidos políticos e demais interessados.

. As inscrições custam R$ 250,00 para estudantes e R$ 500 para advogados (inscritos na OAB RS têm 10% de desconto).
 
Informações detalhadas podem ser obtidas no site www.congressodireitoeleitoral.com

Opiniã do editor - Saiba por que o caso do senador Demóstenes Torres não vai dar em nada

Vou colocar aqui uma coisa para vocês e depois vocês me cobram: essa zorra toda pra cima do senador Demóstenes Torres não vai dar em nada. É torcida minha ? Não mesmo. Eu sou intolerante com a corrupção. Acho que o que já saiu é o suficiente para cassar o senador ou para que ele renuncie. E então?

CLIQUE AQUI para ler todo o texto.

PMDB escolhe o PT como principal adversário nas eleições de outubro. Objetivo central é conquistar as capitais.

- A revista Veja que circula desde sábado informa que o PMDB escolheu o PT para dar combate nas eleições de outubro, embora sejam aliados no governo federal.

A palavra de ordem do PMDB nas eleições municipais deste ano será candidatura própria. Sob o comando do vice-presidente Michel Temer e do senador Valdir Raupp, que assumiu interinamente a presidência do partido no início do governo Dilma, com a eleição de Temer para a vice-presidência, a legenda pretende superar a marca dos atuais 1.154 prefeitos. Para isso, lançará mais de 3.000 candidatos em todo o Brasil.
Mais do que quantidade, o PMDB quer também qualidade. A investida será nas capitais e nas grandes cidades do país. O objetivo é conquistar ao menos oito capitais. A direção do partido admite que a meta é ambiciosa, mas lançará candidatos a prefeito em 24 das 26 capitais. Ficaram fora da lista apenas Goiânia e Porto Alegre. 
CLIQUE AQUI para ler mais.

Prédios, vilas e até bairros fantasmas: é o programa Minha Casa, Minha Vida.

Prédios, vilas e até bairros fantasmas podem ser encontrados Brasil afora. São construções novas, prontas para receber a população mais pobre, que só não estão ocupadas por falta de energia elétrica. Ao todo, mais de cem mil residências construídas para atender à faixa de renda mais baixa do programa Minha Casa, Minha Vida estão concluídas, mas sem moradores.

Esses imóveis estão à espera apenas da ligação da energia para serem ocupados. Em Mogi das Cruzes, interior de São Paulo, encontra-se um exemplo do problema que compromete os resultados do principal programa habitacional do governo Dilma Rousseff. Problemas similares foram verificados em Minas Gerais.

No caso de Mogi das Cruzes, em abril de 2011, a incorporadora Faleiros pediu à distribuidora EDP Bandeirante a ligação elétrica de três empreendimentos com cerca de 500 unidades residenciais no valor de até R$ 52 mil cada, para moradores com renda de até três salários mínimos, beneficiados pelo programa Minha Casa, Minha Vida. A ligação foi feita em um dos empreendimentos há poucas semanas e os outros dois ainda continuam sem energia elétrica.
 
CLIQUE AQUI para ler mais.