Governo Tarso bate boca com Joaquim Barbosa sobre piso do magistério.

As críticas do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, ao não pagamento do piso nacional do magistério pelo governo do Rio Grande do Sul causaram desconforto no Palácio Piratini, segundo informou esta noite o site www.zerohora.com.br Leia todo o texto:

No fim da tarde desta segunda-feira, o secretário estadual da Educação, Jose Clovis de Azevedo, concedeu entrevista para esclarecer que o governo não entrou com Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) contra o piso em si, mas contra o seu índice de correção, considerado impagável.

"RS não é um Estado pobre", diz Barbosa

A artilharia de Barbosa foi disparada durante a Conferência Global de Jornalismo Investigativo, no Rio de Janeiro, na manhã desta segunda-feira. Ao todo, seis governadores de diferentes Estados são os autores da Adin. O ministro afirmou que o tema já foi alvo de apreciação do STF, com decisão favorável à legislação.

Nós já julgamos, eu inclusive fui o relator, uma outra Adin contra a lei do piso. Foi uma proposição de vários governadores. O Supremo disse: 'A lei é constitucional. Os governos têm de pagar' — ressaltou.

Depois, o ministro criticou especificamente o governo do Rio Grande do Sul.

Alguns estados já pagam. Mas outros, surpreendentemente, alguns governadores dos quais não se esperava isso, se recusam terminantemente a pagar o piso, como é o caso, por exemplo, do Rio Grande do Sul, que não é um estado pobre — alfinetou Barbosa.

É iminente o desembarque do PDT, que não quer continuar no governo Tarso

O PDT está se preparando para desembarcar do governo Tarso Genro, RS, e fará isto nas duas próximas semanas. O Partido quer chegar à convenção de 9 de dezembro leve, livre e solto.

. Acham os trabalhistas que a exemplo do que ocorreu com o governador Eduardo Campos, o Partido só crescerá se estiver fora da órbita do Piratini.

PDT, PSB, PRB, PSD, DEM e PPS poderão apoiar Vieira e Campos no RS

É muito provável que os seis Partidos que mandaram seus representantes ao almoço desta segunda-feira ao Orquestra de Panelas, Porto Alegre, coliguem-se em torno da candidatura do deputado Vieira da Cunha em 2014.

. Estiveram na rua Padre Chagas PDT, PSB, PRB, PSD, DEM e PPS.

. O deputado Vieira da Cunha disse aos representantes dos demais Partidos que depois da última das 38 reuniões de Coordenadorias Regionais, na noite de segunda, em Porto Alegre, 36 terão optado por candidatura própria, o que forçará o PDT a sair imediatamente do governo.

. Na reunião, esteve presente também o candidato trabalhista ao Senado, o jornalista Lasier Martins.

. O PDT do RS poderá desembarcar também da candidatura Dilma Roussef, apoiando o socialista Eduardo Campos, caso o Partido abandone o projeto nacional do PT, como se espera. 

Gustavo Grisa é o entrevistado de “Cenários” desta semana

Na conversa que teve esta semana com o jornalista Polibio Braga e o analista financeiro Leandro Rushel, o economista Gustavo Grisa revelou que o gargalo da BR-116, no trecho que liga Porto Alegre a Novo Hamburgo, produz um prejuízo anual de R$ 4 bilhões para a economia gaúcha. A rodovia é a de maior tráfego de cargas e de passageiros do Estado, mas é estreita, o que a torna inviável há pelo menos 20 anos, prejudicando gravemente o RS. O governo estadual anterior deixou projeto para uma estrada paralela, a Rodovia do Progresso, mas o atual governo petista boicotou tudo, preferindo aguardar pela nova via federal, a Rodovia do Parque, que entregará até o final do ano o trecho Porto Aelgre-Sapucaia, 20 kms, que contempla apenas uma parte do percurso.

. Gustavo Grisa analisou com os entrevistadores o papel que desempenham as cidades no desenvolvimento brasileiro, mas a ênfase foi dada ao caso gaúcho da região metropolitana de Porto Alegre.

CLIQUE na imagem a seguir para assistir “Cenários”, que foi gravado nos estúdios da IP TV de Leandro & Stormer.  Aí ao lado, à direita, você poderá examinar todos os programas anteriores.

Acabou a greve dos bancários, inclusive em Porto Alegre

Acabou a greve dos bancários em  Porto Alegre. A partir de terça-feira, a ordem do Sindicato do Bancários de Porto Alegre (SindBancários) é que os funcionários voltem ao trabalho nas agências de bancos privados, na Caixa e no Banco do Brasil. A exceção fica por conta do Banrisul, cuja paralisação de empregados segue por tempo indeterminado.

. Em todo o País e em todo o RS a greve também acabou, depois de 25 dias de paralisação. 

Entrevista, Darcy Carvalho dos Santos - Entenda por que Tarso e Fortunati não terão dinheiro algum para o metrô

Darcy Francisco Carvalho dos Santos

O governador Tarso Genro e o prefeito José Fortunati assumiram compromisso seguro de investir valores bilionários no metrô de Porto Alegre.
Eles não possuem e nem possuirão esse dinheiro todo.

Por que razão?
A prefeitura até tem margem de endividamento, ao contrário do governo estadual, mas nenhum dos dois possui superávit primário para pagar empréstimos. A Lei de Responsabilidade exige um e outro para pegar financiamento.

Qual é a situação financeira da prefeitura?
Este ano é delicadíssima, assustadora. A prefeitura possui receita e despesas previstas para este ano que remetem a um déficit de R$ 538 milhões. A previsão do prefeito Fortunati é de investir este ano algo como R$ 1,5 bilhão, mas empenhou até agora apenas 31%.

Não é um investimento alto demais para a prefeitura de Porto Alegre?
Com certeza absoluta. Você veja que desde 1999, apenas em 2010 o governo estadual investiu mais do que o total que quer fazer este ano a prefeitura. A média anual de investimento estadual é de R$ 790 milhões. E ainda assim opera em permanente déficit primário. Este ano, serão R$ 2,5 bilhões, mais igual valor no ano que vem e na média anual de R$ 3,5 bilhões até 2018. Ora, déficit primário é dívida. O governo precisaria de superávit primário para pagar a dívida, mas opera com déficit.

E então?
Ora, ninguém terá dinheiro para metrô. 

Veja o comentário do editor: Tarso e Fortunati sabem que não terão dinheiro para o metrô, mas vão na onda... ou nos levam na onda eleitoreira.


Brasil Pharma abre centro logístico de R$ 9 milhões em Canoas, RS

A Brasil Pharma, maior rede do varejo farmacêutico do país, inaugurou nesta segunda-feira seu novo Centro de Distribuição na cidade de Canoas, no Rio Grande do Sul. Com investimento de R$ 9 milhões, o espaço vai otimizar a operação logística na região Sul, onde a empresa atua com a rede de farmácias Mais Econômica.O Centro de Distribuição ocupa uma área de 12.500 mil m² e irá ampliar em mais de 50% a capacidade de armazenagem da Mais Econômica, o que resultará em maior oferta de medicamentos e produtos de beleza e bem-estar disponíveis nas lojas.
  
Sobre a Mais Econômica:
Fundada em 1991, a rede de farmácias Mais Econômica vem inovando e ampliando a sua capacidade de expansão.  Desde janeiro de 2011 a empresa faz parte da Brasil Pharma e conta com toda a estrutura da maior rede de varejo farmacêutico do País.

Sobre a Brasil Pharma:
A Brasil Pharma é a maior rede do varejo farmacêutico no Brasil em número de lojas. Está presente em todo o território nacional, com 1160 lojas. Dessas, 727 são próprias e estão localizadas nas regiões Norte, Nordeste, Sul e Centro-oeste, operando sob as bandeiras Big Ben, Rosário Distrital, Guararapes, Sant’Ana e Mais Econômica. 

É legítimo o uso da força para defender a maioria do povo brasileiro

Na invasão da Câmara de Porto Alegre - invadida, ocupada, depredada, vandalizada, desmoralizada - a Polícia, o MPE e a Justiça vacilaram. 



Veja desta semana fala em editorial sobre o "legítimo uso da força" e remete para reportagens do miolo que tratam do uso que grupos inconformados da sociedade brasileira fazem da violência para acuar a maioria. O assunto foi tratado também pelo Fantástico deste domingo, ao demonstrar de que modo organizações criminosas para-militares pretensamente de ativistas políticos, pregam e atuam concretamente para violentar as decisões democráticas da imensa maioria do povo brasileiro. São bandidos celerados - Block Blacs ou Bloco dos Pelados - que diante de uma polícia acuada, os arruaceiros se fortalecem e surgem mais violentos e destemidos do que no início dos protestos. Leia uma das reportagens da Veja, assinada por 
Daniela Lima e Bela Megale:

 Horas depois da ação coordenada de black blocs que deixou destruídas lojas de São Paulo e do Rio de Janeiro e espalhou o pânico nas duas cidades, o comandante-geral da PM paulista, coronel Benedito Meira, pediu licença para mostrar um vídeo ao governador Geraldo Alckmin. Além de oficiais da PM, estava presente à reunião toda a cúpula da Secretaria de Segurança do Estado. No filme, gravado na segunda-feira em frente à Secretaria Estadual de Educação, no centro da capital, o que se via era uma fileira de mascarados vestidos de preto avançando na direção de uma acuada tropa de policiais militares. Provocando os homens com gritos como "não estudou, tem que estudar, para não virar polícia militar", os mascarados começam lançando pedras na direção da tropa. "Calma. calma", orienta o oficial responsável pelo agrupamento. Em seguida, vêm as bombas. São três estouros. Os policiais permanecem no lugar, tentando se defender atrás dos escudos. No fundo, a voz do comandante desestimula qualquer outra reação. "Mantenham a calma, mantenham a calma", insiste.


. Ao ver o filme, um dos oficiais afirmou: "Eu não entro em favela com um 38 para combater traficante armado de fuzil. Também não posso reagir com um cassetete contra quem vem para cima com coquetéis molotov".

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Até a RBS reconhece que o metrô de papel é só jogo eleitoral do PT

Em editorial deste final de semana, a RBS finalmente rendeu-se ao fato de que o novo anúncio sobre o metrô de Porto Alegre não passa de outra jogada eleitoral, esperteza que o PT vem usando há 16 anos para enganar o eleitorado gaúcho. Leia tudo:

 Depois de 16 anos de promessas de governantes e políticos sem que o projeto tenha saído do papel, o metrô de Porto Alegre volta ao discurso eleitoral _ agora com o respaldo da presidente Dilma Rousseff, do governador Tarso Genro e do prefeito José Fortunati, com a perspectiva de que as obras se iniciem em 2014. O anúncio, prometido para hoje, envolve recursos num total de R$ 4,8 bilhões, rateados entre as três instâncias governamentais, e um investidor privado ainda a ser definido. É, portanto, com justificada desconfiança que os gaúchos recebem a nova promessa, mas também com a esperança de que um empreendimento tão necessário para desafogar o transporte de passageiros na Capital saia finalmente dos discursos eleitorais para a realidade.

As razões para encarar o anúncio com ressalvas são óbvias.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

ENQUETE 
Leitores desta página, ouvidos durante o final de semana
Você acha que desta vez vai sair o metrô de Porto Alegre?
Não, porque isto é só agenda eleitoral, 80%
Sim, porque desta vez houve anúncio sobre a obra, 3%
Vai sair, mas demorará, 16%

Dilma virá dia 18 ao RS para atrapalhar visita eleitoral de Aécio ao Estado

Se tudo acontecer como quer o PT, a presidente Dilma Roussef voltará ao RS no dia 18, sexta-feira. Ela inaugurará nova plataforma marítima de exploração de petróleo, desta vez a P-58, Rio Grande.

. A escolha da data não é aleatória.

. É que no dia 18 o senador Aécio Neves será recebido pelo PSDB para o mais importante ato político tucano do ano no RS, em São Leopoldo.

. Será o primeiro duelo eleitoral presidencial de 2013 no Estado.

SOBRE a campanha eleitoral do ano que vem, leia também a entrevista a seguir, intitulada "Teste de Pragmatismo", O Estadão de ontem, na qual o historiador Carlos Guilherme Mota fala sobre o acordo Marina x Eduardo Campos. CLIQUE AQUI para ler. O editor leu, anotou e recomenda.

Entenda melhor o que mudou (para pior) no marco regulatório para a exploração do pré-sal

A P-55, saindo de Rio Grande há uma semana. 


A reportagem a seguir é da revista Exame que começou a circular neste final de semana. O editor leu tudo, anotou tudo e recomenda a leitura atenta, porque o material de Alexandre Rodrigues ajuda a compreender o que mudou no regime de exploração do petróleo (concessão para partilha), porque isto assustou investidores bilionários ( a mudança do marco regulatório, dando poderes totais para a novíssima Pré-Sal, que participará de todos os negócios, mesmo os privados) que não querem entrar no leilão dos campos petrolíferos de Libra (o maior do pré-sal) e como será a disputa marcada para o dia 21 de outubro. Leia, estude e copie:

Ao substituir o regime de concessão pelo de partilha no pré-sal, o governo arrisca a sorte no leilão do campo de Libra, o primeiro no novo modelo

São Paulo - As primeiras regras para a exploração de petróleo no Brasil, na década de 30, eram muito parecidas com as que vigoram hoje. Definiu-se então que o subsolo seria patrimônio da União, mas poderia ser explorado pelo setor privado em regime de concessão. O modelo durou pouco — uma campanha nacionalista culminou em 1953 na criação da Petrobras, que passou a deter o direito exclusivo de exploração.

Quatro décadas depois, em 1997, o monopólio foi extinto, com a abertura do setor às multinacionais. O modelo adotado, de concessão de blocos para exploração, atraiu investimentos bilionários de grupos como a britânica BG e a americana Chevron. Só nos últimos dez anos o setor foi responsável pelo ingresso de 29 bilhões de dólares no país.

Apesar do sucesso, o anúncio da descoberta do pré-sal em 2007 levou o governo a rediscutir a relação com as petroleiras. No dia 21 de outubro, a Agência Nacional do Petróleo (ANP) fará a primeira licitação do pré-sal sob novo marco regulatório: a partilha.

Apenas 11 operadoras se habilitaram para a disputa da área de Libra, na bacia de Santos, com reservas estimadas em 12 bilhões de barris — volume quase igual ao total que o país dispõe nas jazidas de petróleo já comprovadas. O número de participantes inscritos para oleilão, um quarto do que esperava o governo, deixa no ar uma dúvida: estaríamos trocando o certo pelo duvidoso?
Ficarão de fora do leilão estrelas do setor como Statoil, Chevron, Exxon Mobil, BG e BP. 

CLIQUE AQUI para ler tudo (ao pé de cada bloco de leitura, clique no módulo seguinte para continuar lendo. 
CLIQUE AQUI, também, para ler "A maldição do petróleo e a educação", Maílson da Nóbrega, Veja desta semana. 

Lançamentos de imóveis novos em Porto Alegre caíram 16,68% no acumulado de um ano

Em agosto de 2013 foram lançadas 350 unidades e nos últimos doze meses ( setembro/2012 a agosto/2013) o total de lançamentos foi de 4.601 unidades, um decréscimo de 16,68% se comparado com o mesmo período do ano anterior quando foram lançadas 5.522 unidades. Isto se deve não apenas à Operação Concutare da Polícia Federal (leia nota a seguir) como também à Operação CUB (Polícia Civil) e mexidas atrapalhadas feitas pela prefeitura de Porto Alegre na área de licenciamento, inclusive habite-se. 

Quanto às vendas, o que é bem diferente, no mês de agosto de 2013, a velocidade de vendas de imóveis em Porto Alegre foi de 12,74%, superior a do mês anterior, quando a taxa foi de 5,47%. Na comparação com agosto de 2012, registrou-se também um forte incremento, uma vez que a taxa neste mês foi de 4,78%, conforme resultados de Pesquisa realizada mensalmente pelo Sinduscon-RS . Em termos acumulados nos últimos doze meses (setembro/2012 a agosto/2013) registra-se uma pequena queda no desempenho de segmento comparativamente aos doze meses imediatamente anteriores (setembro/2011 a agosto/2012), com a média atingindo 8,13% contra 8,79%.

. Nos últimos 12 meses fechados em agosto de 2013, foram negociadas 5.454 unidades, um incremento de 9,87% numa comparação com os 12 meses fechados e, agosto de 2012, quando foram negociadas 4.964 unidades.

. Quanto ao perfil dos imóveis comercializados, os apartamentos de dois dormitórios responderam por 41,17% do total negociado em agosto/2013,. Os imóveis comerciais salas/conjuntos e lojas foram responsáveis por 23,89% do total comercializado nos últimos 12 meses.Por faixa de valor, observa-se em agosto de 2013 uma maior concentração do volume de negócios realizados nos imóveis entre R$ 247,6 mil até R$ 320,4 mil, que representaram 27,07% do total comercializado, seguidos dos imóveis entre R$ 320,4 mil e R$ 393,2 mil, com 20,58%. Já nos últimos 12 meses os imóveis entre R$ 393,2 mil e R$ 480,6 mil foram os mais vendidos, com uma participação de 17,06%, seguidos dos imóveis entre R$ 480,6 mil e 626,3 mil (16,92%).

Bier Markt e Bier Markt Vom Fass - 1° lugar de Veja em Porto Alegre
APROVEITE MELHOR SEU FIM DE TARDE
As trinta torneiras do Vom Fass e também as do Bier Markt, servem chopes de várias partes do mundo, todos à base exclusiva de lúpulo, cevada, malte e água. Nada de serpentinas. Barris são refrigerados na câmara fria que fica por trás do painel. De lá, vão para copos harmonizados, através de injeção de oxigênio e nitrogênio. Também cervejas artesanais de várias partes do mundo. Não há nada igual no Brasil.
Na Barão do Santo Ângelo 497 e na Castro Alves, 452.
WWW.BIERMARKT.COM.BR

Efeito da Operação Concutare: ZH Classificados circula sem um só anúncio de condomínios nas praias do RS

Condomínios como este aí ao lado, começaram a escassear no RS.



Ainda produz efeitos a ação devastadora da Polícia Federal sobre o boom que os investimentos imobiliários no Litoral Norte do RS vinha registrando nos últimos 15 anos.

. A Operação Concutare fez recuar culpados e inocentes.

. Ninguém quer falar sobre o assunto.

. O efeito mais visível das ações da Polícia Federal é o desaparecimento quase completo de anúncios de velhos e novos lançamentos de condomínios imobiliários no Litoral Norte.

. A edição de classificados de imóveis deste domingo do jornal Zero Hora, o mais importante do Estado, não registra um só anúncio de empreendimentos nas praias do RS. O caderno circulou com apenas um caderno de  43 páginas, bem diferente dos anos de ouro, quando o jornal circulava com até dois cadernos e  80 páginas.

. A publicidade continua forte na área por conta dos lançamentos imobiliários em Porto Alegre. Um dos fundadores da RBS, dona do jornal, é também dono da Miojama, que opera fortemente na área. 

LEIA, abaixo, advertência do novo Nobel de Economia sobre a possível existência de uma bolha imobiliária no Brasil. 

BNDES traz a Porto Alegre discussão sobre starups de classe mundial

O Instituto Talento Brasil, em conjunto com o BNDES, promoverá dia 30, Porto Alegre, o ciclo de palestras para apresentar os caminhos para uma nova geração de empresas e cases inspiradores de startups nacionais, privilegiando idealizadores de startups, desenvolvedores de projetos, executivos, investidores, estudantes, enfim, a quem queira fazer a diferença. Estarão no evento fundos de investimento de capital semente, como o Criatec do BNDES, os investidores anjos e as aceleradoras de startups.

. Esta segunda edição do ciclo terá, entre palestrastes e expositores nomes de forte expressão no cenário empresarial. Entre eles: Luciano Coutinho, presidente do BNDES; Roberto Moschetta, diretor do Tecnopuc; Julio Ramundo, diretor do BNDES; o fundador do Anjos do Brasil, Cassio Spina; Gustavo Junqueira da Inseed Investimentos, gestora nacional do Fundo Criatec ; Rafael Madke, CEO e Fundador da Radio Pharmacus, primeira empresa gaúcha a receber investimentos do Fundo Criatec e Rodrigo Krug, fundador da Cliever, fabricante da primeira impressora 3D nacional, entre outros.

. Os convites são individuais e limitados:

Novo Nobel de Economia desconfia da existência de uma bolha imobiliária no Brasil

Um dos vencedores do prêmio Nobel de Economia, Robert Shiller, afirmou no mês passado que o Brasil pode estar vivendo um bolha imobiliária semelhante a vivida pelos Estados Unidos, e que deu origem a crise econômica de 2008. Ele ganhou o prêmio Nobel de Economia junto com outros dois professores da universidade de Chicago. Leia todo o texto da Folha de S. Paulo de hoje:

Durante apresentação em evento no país, o economista levantou suspeitas sobre uma alta sem explicação nos preços dos imóveis.

. "Suspeito que haja uma bolha imobiliária no Brasil. Os imóveis mais que dobraram de preço no Rio de Janeiro e em São Paulo nos últimos cinco anos [segundo números da pesquisa FipeZAP]. O que aconteceu em cinco anos de tão dramático para os preços subirem assim? A inflação não foi muito menor? Os preços caíram 25% em Los Angeles e Nova York no mesmo período. E por que os preços no Brasil foram para cima ininterruptamente?", disse.

. "Não posso cravar que exista uma bolha no Brasil"

. Apesar dos indícios apontados, Shiller afirmou que não poderia ter certeza sobre uma bolha imobiliária em andamento no país.

CLIQUE AQUI para ler toda a entrevista. 

Só Banrisul continua puxando o que resta da greve dos bancários no RS

Sem receio de demissões, já que o governo estadual do PT não admite ninguém por razão alguma, os bancários do Banrisul são os únicos que insistem com a greve. Apenas por causa deles a greve não acabou em 5 municípios do Estado. A segunda-feira marcou a retomada da atividade nos bancos em alguns municípios do Rio Grande do Sul, mas a greve iniciada no dia 19 de setembro ainda deixa grande parte das agências fechadas no Estado. O retorno ocorre após a aceitação da proposta negociada entre a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e o comando nacional da categoria, que garante reajuste de 8% nos salários, com ganho real de 1,82%.

. Dos 38 sindicatos de bancários do Rio Grande do Sul, cinco continuam em greve (Porto Alegre, Santa Maria, Santo Ângelo, Pelotas e Litoral Norte), mas mesmo entre os que decidiram pelo retorno, na maior parte deles os funcionários do Banrisul mantiveram a paralisação, porque eles possuem pautas que vão além do aumento salarial, incluindo até plano de carreira. 

. Em Porto Alegre, os bancários fazem na tarde desta segunda-feira uma nova assembleia para decidir os rumos da paralisação.

Fortunati e Ana Pellini apresentarão, quarta, novo escritório de licenciamento e regularização fundiária, já em operação.

Ao lado, Ana Pellini.



O Prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, o ecretário municipal de Gestão, Urbano Schmitt, e a coordenadora-Geral do Escritório de Licenciamento e Regularização Fundiária, EdificaPOA, Ana Pellini, apresentarão nesta quarta-feira o novo serviço, inclusive sede.

. A promessa da prefeitura  é  agilizar o atendimento aos processos dos empreendedores e moradores da Capital. O escritório é uma unidade que faz o elo entre todo mundo que tem a ver com licenciamento urbano e ambiental. Ele é a porta de entrada e saída de todos os pleitos, além de deter a guarda do acervo de processos. Os pedidos são recebidos pelo escritório e encaminhados a outros órgãos de governo, que respondem ao EdificaPOA, e então encaminhados para o público.

. Uma das novidades é que irão paralelamente a diferentes secretarias, não vai um, depois o outro e depois o outro. A equipe é de  50 técnicos,

. Ana Pellini acredita que o novo sistema vai coibir casos de corrupção, como os que apareceram em maio com a Operação CUB, que revelou um esquema em que funcionários da Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov) cobravam propina em troca de facilidades.

. No novo sistema, o EdificaPOA assumiu os protocolos que antes eram vinculados à Smov e agregou ainda as comissões responsáveis pela emissão de pareceres sobre a criação de grandes empreendimentos, habitação popular, parcelamento de solo, regularização fundiária e habite-se.

. O novo prédio fica na rua Siqueira Campos, 805, e já atende o público das 9h às 16h. É possível agendar o atendimento.

Prêmio Press 2013 tem nova parcial. Destaques receberão troféus no dia 26 de novembro.

Faltam duas semanas para a votação popular para o Prêmio Press 2013. Os destaques serão agraciados dia 26 de novembro na Assembléia. Este é o prêmio mais importante do jornalismo gaúcho.

. A parcial para Jornalista do Ano é a que segue:

JORNALISTA DO ANO (Grand Prix) – Troféu SINDUSCON-RS
- Daniel Scola – Rádio Gaúcha
- Fabiano Baldasso – Band AM
- Milton Cardoso – Band AM
- Roberto Brenol de Andrade – Jornal do Comércio
- Taline Oppitz – Correio do Povo

. Várias modalidades serão premiadas.


. No caso do Jornalista Web do Ano, o editor é um dos indicados. O editor já conquistou três primeiros prêmios nesta categoria. 

Inflação no Brasil é duas vezes maior que média do G20

A inflação anual do Brasil até agosto foi o dobro da média dos países do G20, aponta relatório publicado nesta segunda-feira pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

. A taxa brasileira foi de 6,09% (segundo o IPCA, Índice de Preços ao Consumidor-Amplo, índice oficial medido pelo IBGE), contra uma média de 3% do grupo dos 20 países mais ricos do mundo, calculada pelo Índice de Preços do Consumidor do G20.


. Outros emergentes apresentaram pressão de preços bem maior nos 12 meses até agosto: na Índia, a inflação foi calculada em 10,7%; na Argentina (onde foram usados índices oficiais, considerados inferiores aos calculados pelo mercado), 10,5%; na Turquia e na Índonésia, o índice ronda os 8%.

Bier Markt e Bier Markt Vom Fass - 1° lugar de Veja em Porto Alegre
APROVEITE MELHOR SEU FIM DE TARDE
As trinta torneiras do Vom Fass e também as do Bier Markt, servem chopes de várias partes do mundo, todos à base exclusiva de lúpulo, cevada, malte e água. Nada de serpentinas. Barris são refrigerados na câmara fria que fica por trás do painel. De lá, vão para copos harmonizados, através de injeção de oxigênio e nitrogênio. Também cervejas artesanais de várias partes do mundo. Não há nada igual no Brasil.
Na Barão do Santo Ângelo 497 e na Castro Alves, 452.
WWW.BIERMARKT.COM.BR

Cresce violência contra a imprensa no governo petista

Este ano caminha para ser um dos mais violentos para os profissionais de imprensa do País, por causa de casos relacionados à cobertura jornalística durante as manifestações sociais de junho que se espalharam pelas ruas de várias cidades.

. O Relatório para a Liberdade de Imprensa 2012-2013, da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), mostra que, de outubro de 2012 a setembro deste ano, foram registrados 136 casos de ameaças, atentados e agressões, censura judicial e assassinatos contra jornalistas no exercício da profissão, um crescimento de 172% em relação aos 50 casos verificados nos 12 meses encerrados em setembro de 2012.

Governo Dilma terá 12 pastas para seduzir PP e PSD

A presidente Dilma pretende usar cerca de 12 vagas deixadas por ministros que vão disputar as eleições em 2014 para amarrar o apoio do PP, PTB e PSD a seu projeto de reeleição. A reforma deverá ser feita no fim de dezembro ou em janeiro.

. Caso uma aliança formal com esses partidos não seja possível, sobretudo por conta dos palanques regionais, a ideia do governo é que as siglas seduzidas, se não apoiarem Dilma, ao menos não deem palanque para os adversários da petista.

. A estratégia é considerada fundamental para neutralizar a capilaridade do PSDB, do senador Aécio Neves (MG), e do PSB, do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, agora apoiado pela ex-ministra e ex-senadora Marina Silva.

Bilhete aéreo durante Copa já custa até 10 vezes mais

Ainda faltam oito meses para a Copa do Mundo começar, mas tente comprar passagens aéreas durante o torneio para ver: o preço chega a ser dez vezes mais alto do que em um dia normal.

. O valor cobrado do passageiro é superior, por exemplo, ao de bilhetes para a Europa e para os Estados Unidos no mesmo período. Uma das explicações dadas pelas empresas aéreas é a lei da oferta e da demanda: se mais gente compra, restam menos lugares no voo – e os assentos que sobram encarecem.

Mercado revisa inflação para 5,81% e PIB para 2,48% em 2013

O mercado financeiro reduziu a projeção de inflação e elevou a estimativa de crescimento da produção industrial e do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todas as riquezas dos país. As informações fazem parte do boletim Focus – pesquisa semanal do Banco Central feita com os agentes do mercado financeiro.
Pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) a expectativa é que a inflação fique em 5,81% este ano e não mais em 5,82%, estimados anteriormente pelos investidores e analistas. Para o PIB, o mercado prevê crescimento de 2,48% em 2013. Anteriormente, a estimativa era 2,47%. A produção industrial também vai melhorar, avalia o mercado que, agora, projeta alta de 1,80% e não mais de 1,70%.

. A taxa básica de juros (Selic) foi mantida em 9,75%, no final do ano, atualmente está em 9,5%. O dólar, na mesma comparação, foi reduzido para R$ 2,29 ante os R$ 2,30 da estimativa anterior. A projeção para o déficit em conta-corrente, um dos principais indicadores das contas externas, foi mantido em US$ 79 bilhões, com o saldo da balança comercial em US$ 1,99 bilhão e os investimentos estrangeiros diretos em US$ 60 bilhões.

Record ataca a RBS: "Os Sirotsky querem dominar o Piratini e o Senado"

- A exemplo dos velhos coronéis nordestinos, a RBS distribuiu seus ex-colaboradores em vários Partidos, velha tática para garantir presença em qualquer situação. A Record diz que os candidatos são laranjas da RBS.

Sob o título ‘As urnas e os conluios’, o editorial do Correio do Povo de sexta-feira, 11, denuncia que o Grupo RBS quer alcançar o poder do Estado, através de cargos políticos nas esferas Legislativa e Executiva. Ainda que não cite o nome da concorrente, o alvo evidente é a empresa da família Sirotsky, da qual, nas últimas semanas, afastaram-se para concorrer ao próximo pleito os jornalistas André Machado (PCdoB) e Lasier Martins (PDT) e de onde também saíram recentemente os jornalista Ana Amélia (PP), Sério Zambiasi (PTB) e Paulo Borges (DEM), além do advogado Afonso Mota. Outros dois nomes ainda poderão inflar a lista: Anonymus Gourmet (PMDB) e Maurício Saraiva Júnior (PSDB). O texto, que reflete a opinião do Grupo Record, acusa a concorrente de lançar como candidatos “nomes cujas maiores credenciais não estão ligadas a um passado de ações administrativas ou gerenciais, como seria de se esperar, mas apenas ao fato de terem uma visibilidade perante ao público leitor ou telespectador, propiciada por seus patrões na mídia”.

. O editorial ainda critica o fato de que figuras conhecidas disputem eleições e, embora reconheça que qualquer pessoa pode postular um mandato ou cargo público, afirma que “isso não pode ser uma ação orquestrada” por uma corporação empresarial. “O Rio Grande do Sul já viveu recentemente um episódio dessa natureza e as consequências não foram boas nem recomendáveis, quando um grupo de comunicação chegou ao centro do comando do Estado. Agora, o mesmo grupo parece estar tentando repetir a dose, de forma ainda mais ampla, disponibilizando com alarde seus nomes no espectro partidário com vistas às vindouras eleições, buscando ocupar cargos-chave em diversos setores estratégicos do Executivo e do Legislativo”, registra o texto. Ao fim, sugere que a população gaúcha avalie a situação com criticidade. “O Rio Grande do Sul já cometeu esse engano e não precisa repetir o erro”, defende o editorial.

. Nas redes sociais, a Record RS foi respondida por André Machado, que será candidato a deputado federal. Em seu perfil no Twitter, o jornalista afirmou que atendeu a um convite do partido, não da RBS, seu antigo empregador. Ele ainda reforçou: “É decepcionante quando uma disputa empresarial atropela as pessoas em nome da competição. O projeto político que integro é o do PCdoB”.

* O texto foi copidescado pelo editor em cima de notícia do site Coletiva.net.

Gaúcha Superlegal une-se a mais três para enfrentar a gigante de brinquedos da Carlyle

A gaúcha Superlegal Brinquedos, a brasiliense Ciatoy e as paulistas  Balão Mágico e Brinquedos Hora, além da cearense Planeta Brinquedos, resolveram unir-se para enfrentar a disputa com as duas gigantes que resolveram fazer fusão dos seus varejos, no caso a RiHappy e a PBKids (elas foram compradas pelo fundo de private equity americano Carlyle).

. A empresa resultante da fusão de agora fatura R$ 200 milhões por ano. 

Paulo Sarkis lançará na Feira do Livro de Porto Alegre o seu "A outra face da operação Rodin"

 Será dia 6 de novembro, 20h, na Feira do Livro de Porto Alegre, o lançamento do livro "A outra face da operação Rodin", cujo autor é o ex-reitor da Universidade Federal de Santa Maria, Paulo Sarkis.

. Este é o terceiro livro que trata do caso.

. O editor lançou no final do ano passado o seu "Cabo de Guerra', com cinco capítulos sobre a "Operação Rodin". Este ano, o ex-presidente da Assembléia e do TCE, colocou em circulação "Conspiração Rodin". 

Bier Markt e Bier Markt Vom Fass - 1° lugar de Veja em Porto Alegre
APROVEITE MELHOR SEU FIM DE TARDE
As trinta torneiras do Vom Fass e também as do Bier Markt, servem chopes de várias partes do mundo, todos à base exclusiva de lúpulo, cevada, malte e água. Nada de serpentinas. Barris são refrigerados na câmara fria que fica por trás do painel. De lá, vão para copos harmonizados, através de injeção de oxigênio e nitrogênio. Também cervejas artesanais de várias partes do mundo. Não há nada igual no Brasil.
Na Barão do Santo Ângelo 497 e na Castro Alves, 452.
WWW.BIERMARKT.COM.BR

Hoje, Porto Alegre, PDT dará mais um passo para desembarcar do governo Tarso Genro

Esta noite o PDT ficará ainda mais perto do inevitável desembarque do governo Tarso Genro, porque sairá a 38a. e última das reuniões das Coordenadorias Regionais, cuja pauta única é discutir a sucessão estadual.
Em 35 das 37 reuniões anteriores, os dirigentes trabalhistas decidiram tocar candidatura própria. O nome mais em evidência é o do deputado Vieira da Cunha.

. A convenção estadual será dia 9 de novembro. Se confirmar o lançamento de candidato próprio, o PDT sairá do governo.

. Tarso Genro já perdeu o PSD. Caso perca também o PDT, ficará em minoria na Assembléia.

. O PDT venceu apenas uma eleição no RS (Alceu Collares, 1990), que em 1982 tinha perdido para Jair Soares, entrando em terceiro lugar. Em 1990, 94, 98 e 2006, perdeu sucessivamente com Aldo Pinto, Sereno Chaise, Emília Fernandes e Alceu Collares.

Metrô de papel - Tarso e Fortunati querem lançar esta semana nova Proposta de Manifestação de Interesse

- No ano passado, a única empresa que conseguiu apresentar PMI para o metrô foi a Invepar (grupos OAS/Odegbrecht/Fundos de Pensão Federais), a mesma que quer privatizar o Trensurb e juntá-lo ao metrô de Porto Alegre, melhorando a escala. 

Ainda esta semana o governador Tarso Genro e o prefeito José Fortunati pretendem se reunir para lançar a nova Proposta de Manifestação de Interesse, PMI, do metrô de Porto Alegre, Linha 2, 10,3 kms, ligando a zona central da cidade até o chamado Triângulo da Assis Brasil, zona Norte. Os grupos interessados terão 90 dias para apresentar suas manifestações.

. Não se trata de disputa pela obra.

. Governos federal, estadual e municipal continuam produzindo números desencontrados sobre o valor da obra, que é calculado por eles entre R$ 4,8 bi e R$ 5,5 bi, mas já foi calculado em R$ 2,8 bilhões.

. Na PMI do ano passado, apenas uma proposta foi examinada e o consórcio pediu R$ 9,4 bilhões para a construção da Linha 2.

. O metrô de Salvador, que começou a ser construído há 19 anos e não terminou, já consumiu três vezes mais do que o valor licitado.

. A prefeitura acha que as obras poderão começar em Porto Alegre no ano de 2015, sendo concluída em 5 anos.

. O modelo escolhido é o da PPP, modalidade em que o governo, neste caso do metrô, pagaria 70% dos custos da obra, entregando tudo para a iniciativa privada administrar por 25 anos. O atual governo do RS, do governador Tarso Genro, jamais admitiu qualquer privatização, nem mesmo mascarada, e torpedeou o quanto pode todas as tentativas de estabelecer PPPs no Estado. O caso mais emblemático é o da Rodovia do Progresso, que há três anos é cozinhada em banho maria, levando ao desespero o principal grupo interessado, a Odebrecht. 

Fernando Albrecht conta segredos de Ana Amélia Lemos

Fernando Albrecht assina coluna na página 3 do JC. Ele também trabalha na Band do RS.


Na sua coluna desta segunda-feira do Jornal do Comércio, Porto Alegre, o jornalista Fernando Albrecht conta como é que foi o almoço que a Band ofereceu sexta-feira para a senadora Ana Amélia Lemos. Lemos, jornalista, começou na TV do RS pela Band, na época em que a emissora ainda se chamava Difusora e pertencia aos padres capuchinhos. Depois disto é que ela foi para a RBS.

. Eis  dois momentos diferentes da fala da senadora:
1) Silêncio total sobre sua candidatura ao governo em 2014.
2) Crítica dura à decisão de Lula de precipitar o lançamento da candidatura de Dilma, conduzindo o governo a uma permanente campanha eleitoral antecipada.

. Ela também contou algumas experiências pelas quais passou na sua recente viagem a Cuba:
- Fiquei impressionada com o sistema prisional cubano. Nada menos do que 82% do custeio dos presídios vem do trabalho dos apenados, geralmente fabricando produtos em que tenham habilidade. 

Lula usa brechas na lei para fazer campanha antecipada para Dilma

Sem mandato e sem pretensão de disputar as eleições de 2014, o ex-presidente Lula vem elevando o tom de suas declarações para promover a presidente Dilma, candidata à reeleição, e o ministro Alexandre Padilha, seu escolhido para disputar o governo de São Paulo pelo PT.

. O petista já disse que pretende substituir a presidente em comícios e, em São Paulo, trocou as afirmações sobre a importância de vencer pela primeira vez o PSDB no Estado por pedidos de votos. Em dois discursos recentes em prol do ministro da Saúde, arrancou risos da militância ao declarar que não poderia falar sobre a candidatura porque estaria cansado de multas da Justiça Eleitoral.

. Segundo matéria do jornal Folha de São Paulo, a propaganda eleitoral só será permitida a partir do dia 5 de julho do ano que vem, e a divulgação antecipada é punida com multas de R$ 5.000 a R$ 25 mil. Atualmente, tramitam no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) três representações de que Lula foi alvo, depois de deixar a Presidência, por promover aliados antes da hora.

. O Ministério Público Eleitoral também pediu que ele fosse punido porque o PT teria usado inserções na TV, em abril e maio, para propaganda eleitoral antecipada de Dilma -Lula estrelava os filmes com a sucessora.

Rede rejeita cúpula do PSB e deve voltar a coletar assinaturas

Depois da derrota no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a Rede Sustentabilidade decidiu ontem que não aceitará o convite para integrar a executiva nacional do PSB, legenda escolhida pela ex-senadora Marina Silva como abrigo até obter o registro do novo partido. Também como tentativa de se manter independente, os fundadores vão retomar o processo de legalização da Rede na Justiça Eleitoral.

. A sobrevivência da sigla, no entanto, já enfrenta problemas internos. Depois de reunião da comissão nacional provisória, dirigentes da Rede admitiram que a união entre Marina e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, ainda não foi superada pela militância.

. “Isso (a aliança) não está superado. Vamos dialogar com a militância. Houve uma expressão forte de apoio dessa decisão pela comissão provisória. A partir desse respaldo, a gente vai abrir o diálogo nos estados”, disse Bazileu Margarido, coordenador executivo da Rede, em entrevista coletiva após reunião de nove horas entre os integrantes da comissão. Marina participou do encontro, mas não quis conversar com os jornalistas, alegando que já “falou demais” nos últimos dias de superexposição.

Três semi-estatais chinesas estarão no leilão do pré-sal

Há uma grande expectativa para o leilão do pré-sal no dia 21, já que o número de empresas inscritas para a disputa ficou bem abaixo do esperado. Além disso, gigantes como Chevron e BP preferiram ficar de fora da 1ª Rodada.

.  São 11 as empresas que vão participar. Entre elas, três semi-estatais chinesas desconhecidas para a maioria dos brasileiros. A CNPC, a CNOOC e a Sinopec são resultado do processo de reforma do setor petrolífero da China, nos anos 80. No começo, a CNPC se especializou em exploração onshore, ou seja, com a perfuração realizada em terra, a CNOOC em offshore, perfuração em solo marítimo, e a Sinopec em refino.

Dilma anuncia segurança em e-mails oficiais para prevenir espionagem

Os e-mails do governo federal passarão a contar com um novo sistema de proteção para evitar casos de espionagem como os que têm sido revelados recentemente, anunciou neste domingo em seu Twitter a presidente Dilma. "É preciso mais segurança nas mensagens para prevenir possível espionagem", declarou ela.

. O sistema, desenvolvido pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), deve ampliar  a privacidade e a inviolabilidade de mensagens oficiais – e é apenas a primeira medida nesse sentido, de acordo com a presidente, que não detalhou demais iniciativas.

Bier Markt e Bier Markt Vom Fass - 1° lugar de Veja em Porto Alegre
APROVEITE MELHOR SEU FIM DE TARDE
As trinta torneiras do Vom Fass e também as do Bier Markt, servem chopes de várias partes do mundo, todos à base exclusiva de lúpulo, cevada, malte e água. Nada de serpentinas. Barris são refrigerados na câmara fria que fica por trás do painel. De lá, vão para copos harmonizados, através de injeção de oxigênio e nitrogênio. Também cervejas artesanais de várias partes do mundo. Não há nada igual no Brasil.
Na Barão do Santo Ângelo 497 e na Castro Alves, 452.
WWW.BIERMARKT.COM.BR