Juiz diz que o ex-chefe de segurança do secretário da Segurança de Tarso mantinha relação espúria com o crime organizado

Ao decretar a prisão preventiva do comissário Nilson Aneli, durante quatro anos ex-chefe de segurança do secretário da Segurança de Tarso, Airton Michels, o juiz Emerson Silveira Mota, da 2ª Vara Criminal do Foro de Tramandaí, registrou haver "fortes indícios de que ele estava fazendo a segurança pessoal do líder de uma organização criminosa vinculada ao tráfico de drogas". A Cogepol apura as relações de Aneli com Xandi e seu grupo, conhecido por dominar o tráfico no condomínio Princesa Isabel, na Capital. Aneli foi chefe da segurança pessoal do ex-secretário da segurança, Airton Michels, por quatro anos. E confessou a Michels ter feito segurança na casa onde Xandi foi morto

. Para o juiz, a aparente relação "espúria de um agente da autoridade com o crime organizado atenta não só contra a ordem pública, mas contra o próprio estado democrático de direito."

. O chefe de segurança do secretário estadual da Segurança do governo do PT possuía senhas privatrivas do gabinete da secretaria, que lhe permitia devassar qualquer arquivo do setor público, inclusive registros de pessoas, além da movimentações da polícia militar e civil. A Cogepol não disse se vai apurar se houve vazamento de dados para o tráfico. 


. A prisão de Aneli foi decretada em Tramandaí, na última sexta-feira, a pedido da Corregedoria-Geral da Polícia Civil (Cogepol). Ele foi preso na segunda-feira, ao se apresentar em um órgão policial na Capital.

Delator diz rer recebido R$ 60 milhões de propina da Odebrecht para entregar contratos da Petrobrás

O repórter Mário Cesar Carvalho, da Folha de S. Paulo, informou esta noite que o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa contou em um depoimento feito em acordo de delação premiada que recebeu US$ 23 milhões (o equivalente a R$ 59,3 milhões hoje) da Odebrecht por meio de um doleiro do Rio de Janeiro chamado Bernardo Freiburghaus.
A propina foi paga para a empresa conquistar contratos da Petrobras em 2009, ainda de acordo com o executivo. Nesse ano, vários aditivos da construção da refinaria Abreu e Lima foram assinados com a empreiteira.

A Odebrecht nega com veemência que tenha pago propina ao ex-diretor da Petrobras para conseguir contratos com a petroleira.

CLIQUE AQUI para saber mais. 

Sartori reúne secretariado para definir plano de gestão e diretrizes estratégicas para 2015

O governador José Ivo Sartori reuniu-se com o secretariado, no final da tarde desta terça-feira, no Centro Administrativo Fernando Ferrari, para discussão do plano de gestão e das diretrizes estratégicas para 2015. Também esteve em pauta o modelo de monitoramento dos projetos a serem realizados pelas secretarias.Todas as ações serão acompanhadas pela Sala de Gestão, com o objetivo de dar maior agilidade e mais qualidade aos projetos e às políticas públicas.
Nesta quarta-feira, será realizado um segundo encontro, desta vez reunindo os secretários adjuntos e os técnicos responsáveis pelos projetos já em andamento nas secretarias, para detalhamento do plano de trabalho.
Da reunião desta terça-feira, participaram também técnicos do Movimento Brasil Competitivo e do Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade (PGQP), que desenvolveram uma proposta de plano estratégico desde o período de transição do governo.

Até o dia 6 de fevereiro, serão organizadas reuniões individuais com os técnicos de cada secretaria, com a finalidade de avaliar e ajustar as prioridades entre os projetos existentes.

PSDB quer três novas CPIs contra Dilma

Líder do PSDB na Câmara, Antônio Imbassahy diz está trabalhando pela instalação de três CPIs (simultaneamente) contra o governo; uma para dar prosseguimento às investigações do 'petrolão' e mais duas para apurar operações do BNDES e o setor elétrico nacional. Ele disse que a oposição segue firme para atuar na legislatura que inicia no próximo dia 1º, "com intensidade e contundência. Na fala desta tarde aos jornalistas, o tucano compara "o irreal discurso da presidente com a dura realidade das contas mais caras, os constantes apagões e o fato de o governo admitir a possibilidade de racionamento".

Odebrecht é investigada por corrupção também em Portugal

O ex-primeiro-ministro José Sócrates, de Portugal, está sendo investigado por supostas propinas que teriam sido pagas pela empreiteira brasileira Odebrecht, de Marcelo Odebrecht, por meio de sua subsidiária Bento Pedroso Construções. A denúncia foi publicada nesta terça-feira pela imprensa portuguesa e envolveria negócios em Portugal, no Brasil e em Angola. A maior empreiteira do País, a Odebrecht também está sendo investigada na Suíça em razão da propina de US$ 23 milhões, que teria sido paga a Paulo Roberto Costa, pivô da Lava Jato

Superávit de Fortunati usou o conceito dilmista de contabilidade criativa

O alardeado superávit orçamentário do prefeito José Fortunati, R$ 158 milhões, pode estar contaminado com o mesmo vírus da contabilidade criativa, que tem atacado as contas da petista Dilma Roussef. Administrar as contas públicas não é o mesmo que catar galinhas no meio da rua (foto ao lado). Pelo menos R$ 101 milhões da venda da folha de pagamento da Prefeitura para a Caixa Federal; R$ 70 milhões captados para o projeto da Orla do Guaíba e empenhos que foram estornados pela secretaria da Fazenda, garantiram  os números apresentados na semana passada. Mesmo com o superávit criativo, Fortunati fez previsões alarmantes, projetando "tempos difíceis" daqui pra frente". 

Eleições, muita política, novo formato, tom crítico e analítico, elevaram em 68% número de leitura deste site

Este site registrou forte expansão de leitores a partir do início da campanha eleitoral do ano passado, quando a cobertura política tornou-se mais volumosa e consistente. Houve queda depois do pleito, mas assim mesmo a expansão do número e qualificação de leitores jamais recuou aos números anteriores, mantendo-se muito alto, boa parte disto em função do acompanhamento corajoso dos acontecimentos políticos. Tabulaneo os números de clicagens de janeiro do ano passado para janeiro deste ano, mesmo considerando-se que os números deste mês estejam incompletos, o que se percebe pelo gráfico postado nesta nota, é que houve um avanço de 66% no índice de leitura, confrontado mês com mês. São 579 mil até este dia 27. O site entrou no final de janeiro com novo formato e novo desenho, mais moderno, mais ágil e mais clean, mantendo seções que passaram a ocupar muito a atenção dos leitores, como o comentário diário do editor no You Tube.

Brasil espera Argentina para acionar termelétrica de Uruguaiana, da AES

O governo federal aguarda permissão da Argentina para acionar novamente a usina termelétrica Uruguaiana, do grupo AES, disse uma fonte do governo brasileiro que acompanha o assunto. Nos últimos anos, o governo tem autorizado a geração de energia por períodos determinados na termelétrica no sul do País para ajudar no esforço de economia de água nos reservatórios das hidrelétricas. Segundo a fonte do governo, o pedido para uso do gasoduto que abastece a usina foi feito neste mês aos argentinos.A exemplo do que ocorreu no ano passado, o Brasil deve, após conseguir o aval para usar o duto, importar Gás Natural Liquefeito (GNL), que chegará de navio até a Argentina, de onde seria "injetado" no duto até a termelétrica brasileira. "A queda no preço do gás, acompanhando o preço do petróleo, favorece a operação", disse a fonte, que estima que a usina deve gerar gás por cerca de 9 dólares o milhão de BTUs (unidade de medição do gás) este ano, ante US$ 18,00 em 2014. Uma outra fonte do governo federal afirmou que "a tendência é religar a usina", mas não soube precisar quando. A térmica tem potência instalada de 640 megawatts (MW), mas a exemplo do que aconteceu em anos anteriores, deve ser autorizada a gerar com menor capacidade, de até cerca de 240 MW, por conta da disponibilidade do gasoduto argentino. A usina foi paralisada em 2009 após suspensão do fornecimento de gás natural pela argentina YPF. Desde então, vem sendo religada em momentos de necessidade, usando gás liquefeito importado de outros lugares. O combustível, porém, tem de usar o gasoduto argentino para chegar à usina. Por isso, quando a térmica precisa ser acionada, é necessário negociar acesso ao duto. No ano passado, o Brasil comprou GNL de Trinidad e Tobago. A contratação foi concluída em fevereiro. Em março, o primeiro navio iniciou os procedimentos de descarga na Argentina.

Bibo Nunes sai do PSD e migra para o PSDB

Vetado pelo deputado federal Danrlei de Deus para ocupar a secretaria estadual do Turismo, o jornalista Bibo Nunes decidiu sair do PSD e buscar filiação no PSDB. No ano que vem, ele disputará uma cadeira de vereador em Porto Alegre.

Feltes e Biolchi cumprirão licença do governo Sartori até o dia 3

Nesta quinta-feira, o secretário da Fazenda e o chefe da Casa Civil, Giovani Feltes e Márcio Biolchi, PMDB, deixarão os cargos para assumir seus mandatos como deputados federais. Voltarão no dia 3 de fevereiro, já licenciados da Câmara. 

Análise - Está chegando a hora da verdade para Sartori e o povo do RS

Há um certo vácuo político neste momento no RS, tudo decorrente do modo recatado, comedido e pouco esclarecedor com que o governador José Ivo Sartori  monta lentamente o seu governo e lança poucas luzes sobre o que já compreendeu sobre a herança maldita que recebeu e que sacrifícios quer que os gaúchos façam para buscar novos ajustes. Ele vive o momento da graça, que costuma durar os 100 primeiros dias do governo. O benefício já consumiu 1/3 do seu tempo. Em política não existem vácuos e alguém pode ocupá-lo, inclusive aventureiros demagogos, cínicos e mentirosos, como já vimos. Ninguém tem dúvidas sobre a forma melíflua de pensar que tem o governador. O que ele precisa é vir e falar que enfrentaremos um momento de sacrifício, de moratórias necessárias e de salários apertados, e até de sacrifícios inesperados, como também de menor oferta de serviços e investimentos públicos. A população pode e vai compreender isto. Todos são chefes de família e sabem que os calos apertam de vez em quando.
Aliás, como Sartori, também Dilma enfrenta a sua hora da verdade.
Os que apoiam o governo não podem continuar no limbo, como se o caso não fosse com eles. SE de fato quer mudanças, será preciso reforçar sua convicção  e tratar de mudar agora, em intensidade e velocidade.
Todos devem lembrar-se de que apenas parte do ajuste necessário foi feito, mas ele foi apenas cosmético e é absolutamente incompleto, porque combater o déficit projetado de R$ 5,3 bilhões para este ano e impedir que ele cresça ainda mais, é tarefa de todos os gaúchos.
A parábola que pode ser usada é a do jogo de varetas. Quando a coisa começa, está fácil retirar aquelas perdidas nos cantos, bastante separadas das demais. Fica complicado quando você precisa mexer naquelas lá do meio, quando a chance de esbarrar nas outras é grande. O problema do ajuste fiscal, será quando tiver de passar na Assembléia e mexer em algumas “conquistas corporativas” ou nos investimentos.

Saiba por que você deve conhecer Cidade do Panamá, o "tigre latino", paraíso das compras

Nesta reportagem intitulada "Panamá se prepara para ser ‘tigre latino’", a Foplha de S. Paulo revela que o  País teve o maior crescimento do PIB das Américas no ano passado, 6,5%, ritmo que deve ser mantido em 2015 e 2016. Centenas de gaúchos (milhares de brasileiros) já preferem ir até Cidade do Panamá do que a Miami para fazer as suas compras, frequentar seus modernos restaurantes e casas noturnas e caminhar em segurança pelas ruas. Aviões da Copa ligam Porto Alegre com o País, com vôos diários. Os locais adoram chamar a Cidade do Panamá de mini-Dubai. Nove dos dez maiores edifícios da América Latina estão na cidade, onde foi inaugurado em 2014 o primeiro metrô da América Central.
Os arranha-céus são a nova cara do país que teve o maior crescimento de PIB das Américas no ano passado, 6,5%. O ritmo deve ser mantido em 2015 e 2016. A renda per capita panamenha virou a segunda da América Latina, atrás apenas da chilena.
O milagre econômico detonado em 2000, quando os EUA devolveram o canal que corta o país e leva seu nome, é facilmente visto além das torres de arquitetura kitsch que se espalham pela capital.
O desemprego caiu de 13% para 4,5% em menos de uma década. No ano passado, o salário mínimo se tornou o maior da América Latina –varia de US$ 488 a US$ 624 mensais (R$ 1.298 a R$ 1.659), conforme a região do país.
“O Canal tinha uma direção estratégico-militar com os americanos. Quando passou ao Panamá, virou negócio, e os governos souberam aproveitar as oportunidades”, disse à reportagem o panamenho Galileo Solís, diretor do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para inovação e competitividade.
Na última década, o país subiu mais de dez posições nos rankings de competitividade do Fórum Econômico Mundial e do Banco Mundial.
É possível abrir uma empresa em uma semana, com todos os trâmites on-line.

A companhia aérea local Copa transformou o aeroporto da capital em centro regional. Nos últimos três anos, o número de voos diários do Brasil ao país dobrou para 14.

CLIQUE AQUI para saber mais.

Por que os juros de crédito são tão altos no Brasil?

Nesta análise publicada pela Folha de S. Paulo, Marco Bonomo informa que os empréstimos no país estão entre os mais caros do mundo ante a alta inadimplência e a falta de cultura de poupança; deterioração da reputação do BC e da política fiscal agrava o quadro. Leia tudo: o mercado de crédito do Brasil tem dois segmentos bem diferenciados. O segmento livre, em que as taxas cobradas são de mercado, e o de crédito direcionado, em que as taxas seguem regras estipuladas pelo governo.
No segmento livre, a taxa média cobrada num empréstimo à pessoa física no final de 2014 era de cerca de 44% ao ano, uma taxa real (descontada a inflação) de 35%, entre as maiores do mundo.
Já as firmas pagavam no segmento livre uma taxa média de quase 23,5%.

É útil pensar na taxa de juros do crédito como a soma da taxa de financiamento do banco com a taxa de "spread" bancário, definida como a diferença entre taxa de empréstimo e de financiamento.

CLIQUE AQUI para examinar tudo. 

Superavit nas contas da prefeitura de Porto Alegre foi resultado de contabilidade criativa

O superavit apresentado para as contas de 2014 pelo prefeito José Fortunati foi resultado de contabilidade criativa. Sem ela, o superávit viraria pó. A opinião é de quem já viu as contas.

Ações da Petrobrás despencam mais de 3%; dólar segue em queda

O dia é de perdas na Bolsa de Valores de São Paulo. Às 12h27, o Ibovespa caíam 2,48%. As ações da Petrobras – que deve divulgar hoje o balanço do terceiro trimestre, adiado duas vezes – tinham baixa de mais de 3%.

Já no câmbio, o dia é de instabilidade. O dólar começou o dia em alta, mas por volta das 12h30 tinha queda de 0,57%, vendido a R$ 2,57. O mercado espera o resultado, amanhã, da reunião de dois dias do BC dos Estados Unidos.

Juro do cheque especial tem a maior alta em 16 anos

Os juros do cheque especial subiram novamente em dezembro do ano passado e atingiram a marca de 200,6% ao ano, segundo números divulgados nesta terça-feira pelo Banco Central. Com isso, a taxa atingiu o maior patamar desde fevereiro de 1999 – quando ficou em 204,3% ao ano – ou seja, em quase 16 anos.

Os juros cobrados pelos bancos nesta linha de crédito tiveram forte aumento em 2014. No fim de 2013, estavam em 147,9% ao ano. O crescimento, portanto, foi de 52,7 pontos percentuais em todo o ano passado.

Cristina Kirchner rechaçou a acusação de Nisman contra ela e disse que ele foi assassinado

Foi na sua primeira mensagem oficial, ontem a noite. Toda de branco, em cadeira de rodas, pretendendo demonstrar ar angelical e posição de vítima, ela mandou condolências para a família do promotor que investigava os atos terroristas contra a sede da Amia, entidade que reúne os judeus da Argentina. Nisman acusou o governo de Cristina como responsável pelo acobertamento dos terroristas do Irã, todos já identificados anteriormente, julgados e condenados, embora continuem em Teerã. O promotor disse que o governo peronista se vendeu por petróleo iraniano e trocas por produtos da Argentina. A presidente atacou um auxiliar de Nisman, insinuando que foi ele o assassino, instrumentado por inimigos que querem comprometer seu governo com a morte. Ela também atacou o jornal Clarin. 

Marta Suplicy volta a atacar: "Dilma faz a vaca engasgar de tanto tossir"

Senadora fez duros ataques à presidente e ao PT em artigo. Afirma que Dilma age sem transparência e que partido está atarantado sob 'sérias denúncias', conta Veja, hoje. Leia tudo

Dilma Rousseff e Marta Suplicy (Fernando Bizerra Jr./EFE/VEJA)
A senadora Marta Suplicy (PT-SP) deu sequência nesta terça-feira às duras críticas que tem feito à presidente Dilma Rousseff e ao PT. Em artigo publicado pelo jornal Folha de S. Paulo, Marta ataca a condução da política econômica por Dilma – e afirma: não houve transparência do governo federal diante do cenário econômico. "Temos vivido crises de todos os tipos: crise econômica, política, moral, ética, hídrica, energética e institucional. Todas elas foram gestadas pela ausência de transparência, de confiança e de credibilidade", escreve a senadora.

CLIQUE AQUI par ler mais. 

Gilberto Carvalho denuncia: "Eles (a oposição) querem nos (o PT) levar às barras dos tribunais"

O ex-ministro da secretaria Geral dos governos Lula e Dilma, aquinhoado agora na polpuda remuneração da presidência nacionalo do Sesi, Gilberto Carvalhm, saiu hoje em defesa do seu companheiro, o mensaleiroJosé Dirceu. Citado recentemente na Operação Lava Jato e condenado no julgamento do Mensalão, cumprindo pena de prisão domiciliar, o ex-presidente do PT diz que as acusações contra ele  seriam uma tentativa da oposição de criminalizar o partido e impedir a volta de Lula em 2018. O que disse Gilberto Carvalho:  "Eles querem nos levar para as barras dos tribunais. O envolvimento do Zé (Dirceu) agora de novo é tudo na mesma perspectiva". O novo presidente do Conselho do Sesi avisou o seguinte: "Não vamos subestimar a capacidade deles para nos criminalizar, nos identificar com o roubo, para nos chamar de ladrão, para tentar impingir em nós uma separação definitiva em relação à classe média, para tentar nos isolar e inviabilizar em 2018 a candidatura do Lula, seja politicamente, seja judicialmente". Gilberto Carvalho deixou o ministério, onde ganhava R$ 26.700,00 por mês, trocando tudo pelo Sesi, cujo salário mensal é de R$ 45 mil. O Sesi é mantido pelas indústrias do Brasil. 

Presidente do Partido Novo falará nesta sexta na Federasul

O presidente do Partido Novo, João Dionísio Amoedo, estará nesta sexta em Porto Alegre e fará uma palestra apresentando o Novo no salão nobre da Federasul, 19h. Basta fazer a inscrição gratuita aí no link. O Partido está prestes a obter o registro. CLIQUE AQUI para conhecer o Novo.





Adesão ao Simples Nacional irá até esta sexta-feira

A adesão ao Simples Nacional ir até esta sexta.

Vaccari é o homem-bomba que pode detonar Lula, Dilma e o PT

O jornalista Carlos Newton descobriu que a exemplo de Pizzolato, Cerveró e a própria mulher de Lula, marisa, João Vaccari Neto, o tesoureiro nacional do PT, também tem dupla cidadania e está sendo vigiado pela PF. Leia este artigo do jornalista. A prisão do ex-diretor Nestor Cerveró aumentou a preocupação no PT, no Planalto e no Instituto Lula, devido à extrema gravidade da situação em que se encontra o partido e o governo, em função das ligações diretas entre o ex-diretor Renato Duque e o tesoureiro do partido, João Vaccari Neto, no esquema de corrupção da Petrobras, abrindo o caminho da ramificação que fatalmente conduzirá ao envolvimento da cúpula do PT.
Já divulgamos aqui na Tribuna da Internet que as relações entre Duque e Vaccari se tornaram tão fortes e íntimas que o tesoureiro do PT chegou a viajar de Brasília para o Rio de Janeiro, como convidado especial do casamento de uma das filhas do ex-diretor da Petrobras.

O fato é que a situação no Planalto, no PT e no Instituto Lula é de muita apreensão, porque a própria Petrobras acaba de confirmar o envolvimento de Duque como um dos principais integrantes da quadrilha que se formou na estatal.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

Cofres raspados e dívidas bilionárias deixadas pelo governo do PT asfixiam o governo Sartori

Não é retórica o discurso do governo estadual de que os cofres públicos resultaram esgualepados pelo governo Tarso Genro, PT, apontando para um déficit de verdade, calculado entre R$ 5,3 bilhões a R$ 7,2 bilhões para este ano. O que implicará na tomada de medidas heróicas a qualquer momento, recaindo o grosso dos contingenciamentos sobre as grandes contas de despesas. Se o governador Sartori não for convencido a tomar uma cadeia de rádio e TV para fazer um balanço do que encontrou e de como vai fazer daqui para a frente, o preço político que terá que pagar será muito alto - insuportável. A cada dia que passa, novas surpresas surgem da herança maldita que vai sendo aberta.

Herança maldita do governo Tarso na área da saúde deixou dívida milionária com hospitais, santas casas e prefeituras

Somente na área da saúde pública estadual, o governo Tarso Genro deixou dívidas de R$ 580 milhões sem empenho. Metade compõe dívidas com santas casas e hospitais filantrópicos e a outra metade são dívidas com as prefeituras. O novo governo decidiu manter em dia os pagamentos correntes, mas espetou todas as contas anteriores, até que a ordem volte a reinar n a área.

Diretor do Daer renuncia antes de assumir

Mais uma baixa no governo estadual. É que indicado para a diretoria de Infraestrutura do Daer, o atual superintendente do Dnit no RS, Pedro Luzardo, resolveu ficar onde estava.

Prefeitura de Porto Alegre continua perdendo dinheiro com a área azul

Nas mãos da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) há mais de dois anos, ainda não há previsão para que a fiscalização e manutenção da Área Azul de Porto Alegre passem para empresas terceirizadas. E quem vem sofrendo com os problemas recorrentes são os usuários. Muitos parquímetros já não estão funcionando e o achaque de flanelinhas é maior a cada dia.

Segundo matéria do jornal do Comércio, a Secretaria Municipal da Fazenda, responsável pela licitação, afirma que o processo está em andamento. O edital foi lançado em caráter emergencial e a licitação é composta de três fases. Ainda não há previsão de data para que as empresas vencedoras passem a tomar conta do serviço.

A cada mês, R$ 342 mil são arrecadados nos estacionamentos rotativos de Porto Alegre, são mais de R$ 4,1 milhões por ano.

Kirchner na TV: "Não vão me chantagear"

Uma semana após a misteriosa morte do promotor de Justiça Alberto Nisman, a presidente Cristina Kirchner disse, na segunda-feira à noite, em rede nacional que não aceitará pressões contra ela e seu governo. 

"Não vão me chantagear nem me intimidar, não tenho medo. Que digam o que queiram. Que os juízes me convoquem. Que os promotores me denunciem. E não mudarei um milímetro do que penso", afirmou a presidente. 
 
Quatro dias antes de ter sido encontrado morto no banheiro do apartamento onde morava, em Buenos Aires, Nisman acusou a presidente, seu ministro das Relações Exteriores, Héctor Timerman, e outros colaboradores de um "pacto criminoso" com o governo iraniano do então presidente Mahmoud Ahmadinejad.

Este acordo, segundo ele, consistiria em acobertar iranianos acusados do atentado ocorrido há quase 21 anos, em 1994, na entidade judaica AMIA, que deixou 85 pessoas mortas na capital argentina. Em troca do suposto acobertamento, de acordo com o promotor, o governo argentino venderia grãos para o Irã e receberia petróleo. Cristina disse que a denúncia de Nisman é "absurda".

CLIQUE aqui para ler mais sobre o caso no jornal La Nácion.

Cresce o número de brasileiros em situação de pobreza extrema

Dados da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal) divulgados nesta segunda-feira, mostram uma elevação de 5,4% para 5,9% na quantidade de brasileiros que vivem em situação de extrema pobreza entre 2012 e 2013. Esse índice estava em 10,7% em 2005, segundo os critérios da Cepal.

O número de brasileiros situados em um quadro de pobreza, no entanto, continuou diminuindo: passou de 18,6% em 2012 para 18% em 2013 - eram 36,4% em 2005. A situação do Brasil difere dos demais países da região. O estudo da Cepal indica que o equivalente a 167 milhões de latino-americanos, ou 28,1% dos habitantes da região, estavam na condição de pobreza em 2013 - rigorosamente o mesmo índice registrado um ano antes.

A piora do quadro da extrema pobreza no Brasil se opõe às manifestações públicas da presidente Dilma ao longo da campanha do ano passado. Além de negar uma deterioração dos indicadores devido aos sucessivos anos de crescimento econômico fraco e de inflação recorrentemente rondando 6% ao ano, o governo também atravessou o ano de 2014 com embates políticos internos.

A direção do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) barrou, por três meses, a divulgação de um relatório técnico da sua área de estudos e políticas sociais, que divulgaria análises semelhantes à da Cepal sobre o quadro de pobreza no Brasil.

FGV: Custo da construção sobe 0,70% em janeiro

O Índice Nacional de Custo da Construção - Mercado (INCC-M) ficou em 0,70% em janeiro, mostrando aceleração ante a alta de 0,25% registrada em dezembro de 2014, divulgou nesta terça-feira, a Fundação Getulio Vargas (FGV).

O grupo Materiais, Equipamentos e Serviços registrou variação positiva de 0,62% em janeiro, após o avanço de 0,27% apurado no mês anterior. Já o índice relativo a Mão de Obra, por sua vez, teve alta de 0,77%, após subir 0,24% em dezembro.

Seis das sete capitais analisadas registraram aceleração em suas taxas de variação em janeiro ante dezembro: Salvador (de 0,09% para 0,35%), Brasília (de 0,02% para 0,23%), Belo Horizonte (de 0,17% para 3,62%), Rio de Janeiro (de 0,13% para 0,39%), Porto Alegre (de 0,25% para 0,53%) e São Paulo (de 0,13% para 0,30%). Houve desaceleração apenas no Recife (de 2,44% para 0,34%).