Artigo, Elio Gaspari - "A Bolsa-Fiemg vale o IPI de 10 mil armários"

- O artigo a seguir é de Elio Gaspari. Foi publicado em vários jornais brasileiros, inclusive O Globo. Gaspari demonstra que os espertos Ministro Fernando Pimentel e Fiemg (a Fiergs de Minas) teriam desmontado todas as denúncias, caso mostrassem as provas da "consultoria" e não tivessem mentido tanto. Este é o Ministro que Dilma Rousseff protege sem razão. A bolsa de que fala o jornalista, é a bolsa de R$ 1 milhão que a Fiemg deu ao mMinistro em troca de simples e imoral tráfico de influência.

A Bolsa Consultoria que o Ministro Fernando Pimentel recebeu em 2009 da Federação das Indústrias de Minas Gerais (R$ 1 milhão por nove meses de sabe-se lá o quê) teve pelo menos uma utilidade: jogou luz sobre a contabilidade e a conduta do sindicalismo patronal de Pindorama.

. O então Presidente da Fiemg, Robson Andrade, mimou o ex-Prefeito de Belo Horizonte recorrendo ao cofre das contribuições compulsórias tomadas às empresas com base nas suas folhas de pagamento.
(...)
. Entre as muitas, e desconexas, explicações dadas pelo doutor, houve uma que poderia liquidar a questão: “O Pimentel, na época, também fez, a pedido da federação da indústrias, uma série de palestras nas regionais. Ele participou de palestras nessas regionais e também em outras cidades-polo da indústria mineira.”
. Beleza. A Fiemg mostra a planilha das palestras, Pimentel mostra sua agenda, chega-se ao valor de cada fala, e quem insistir no assunto estará perseguindo o Ministro.
. O repórter Thiago Herdy foi atrás dessa conta. Procurou as dez regionais, e nenhuma conseguiu dizer quando Pimentel fez sua palestra. Achou só uma fala, em Contagem, organizada pela Federação.
(...)
. Um milhão de reais por nove meses de contrato equivalem a R$ 111 mil por mês. Grosseiramente, esse é o valor mensal da soma de todos os tributos e contribuições que uma empresa média, com algo como 30 a 50 funcionários, paga à Viúva.
. Com a Bolsa Consultoria de Pimentel, a Fiemg gastou, num só emprego, ervanário equivalente ao que a Viúva arrecada com o IPI cobrado na venda de dez mil guarda-roupas.

CLIQUE AQUI para ler o artigo completo. É do jornal O Globo deste domingo.

BarraShoppingSul avisa que incêndio foi localizado e debelado. Lojas já reabriram. Shopping funcionará até meia noite.

Já foi reaberto o BarraShoppingSul, Porto Alegre, depois que um incêndio foi debelado no restaurante Aplebees, localizado na saída principal. O fogo foi debelado, não se alastrou e as lojas reabriram uma hora depois.

. O shopping ficará aberto excepcionalmente até meia noite.

OPINIÃO DO LEITOR
Estava no local na hora do incêndio, com marido e filha de 4 anos. Foi uma grande correria, com crianças e idosos. O shopping não me pareceu preparado para conter um incêndio de grandes proporções, que não foi o caso, e muito menos para lidar com o público em fuga. Os carros tiveram dificuldades para evacuar o local. Os visitantes reclamavam que a cancela não estava sendo liberada sem o pagamento. Os funcionários acabaram liberando a cancela só após as pessoas reclamarem, discutirem e buzinarem. Um absurdo!! Miriam Santice, Porto Alegere, RS.

Artigo - A economia anda como o tartaruga, mas a vida política com Dilma ainda parece com um caranguejo

Na análise a seguir, o jornalsita e professor da USP, Gaudência Torquato, só não acha que este ano o Brasil foi uma tartaruga, porque esperanças alimentam muita gente sobre o que fará a presidente Dilma Roussef. O artigo "A tartaruga e o caranguejo" é do Estadão deste domingo. O jornalista paulista é outro dos brasileiros que ainda dá crédito ao perfeito títere de Lula, a presidente Dilma Rousseff, uma espécie de piorado Mevdev, o boneco falante de Putin. Este ano, sim, a imagem real deste governo é o crescimento pífio da economia brasileira, que chegará a 2,8% aos trancos e barrancos. Eis dois trechos do artigo de Torquato, que vai na íntegra, ao pé da nota:

Qual a imagem que melhor caracteriza o Brasil em 2011: o voo da galinha, a corrida da lebre ou o andar da tartaruga? Ante as evidências de que o país não arremeteu de repente para despencar, em seguida, nem apressou o passo na estrada do crescimento, resta a certeza de que o retrato do quelônio é o melhor para significar o percurso do país no ano que finda.
(...)
Os usuários de lentes da economia argumentam que o Brasil derrapou na pista, considerando muito baixas as taxas de crescimento de 1,8% para o PIB industrial e de 2,8% para o PIB nacional.


CLIQUE AQUI para ler o texto na íntegra.

Cresce pressão sobre Tarso: deputados do PP e PMDB unem-se para exigir manifesto do Legislativo em favor do piso do magistério

Os Deputados Frederico Antunes (PP) e Edson Brum (PMDB) decidiram neste final de semana que na próxima terça-feira, durante reunião da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, irão colher assinaturas dos colegas para um manifesto oficial do Parlamento pedindo que o governo do Estado apresente oficialmente, ainda este ano, o cronograma de pagamento para o piso do magistério.  

. O Governador Tarso Genro foi quem criou o piso nacional quando Ministro da Educação, o que criou embaraços tremendos para a governadora Yeda Crusius, fornecendo munição eleitoral de peso para as campanhas do Cpers e do PT contra o Piratini. O próprio Tarso, candidato contra Yeda, transformou o piso em bandeira de campanha, jurou implantá-lo ao Cpers, que o apoiou na campanha. Agora, no governo, nega-se a implasntar o piso, usando os mesmos argumentos de Yeda, que eram corretos na ocasião, mas que o PT teimou demagogicamente ignorar.

BarraShoppingSul pega fogo neste domingo a tarde. Incêndio foi no Aplebees. Shopping foi evacuado às pressas.

O BarraShoppingSul, Porto Alegre, localizado na zona sul de Porto Alegre, pegou fogo pouco antes das 16h deste domingo. Houve muita correria e a evacuação foi imediata. 

. O fogo ocorreu no restaurante Aplebees e parecia circunscrito ao local.

. Este é o último domingo antes do Natal e o shopping estava superlotado.

IstoÉ afirma que lobista atuou no Ministério das Cidades

Um ex-dirigente da principal entidade do setor de inspeção veicular ganhou cargo dentro do Ministério das Cidades e teria influenciado na contratação de empresas ligadas à sua ex-associação, informa reportagem da última edição da "revista IstoÉ". A matéria afirma que Gil Pierre Benedito Herck, ex-presidente da Associação Nacional das Empresas de Perícia e Inspeção Veicular (Anpevi), trabalhou pelo menos 90 dias dentro do ministério chefiado por Mário Negromonte sem nomeação.

. Segundo a reportagem publicada neste fim de semana, Herck foi escolhido pelo diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Júlio Arcoverde, com o aval de Negromonte, para ser assessor especial do órgão. Mesmo antes da publicação de seu nome no Diário Oficial – que aconteceu apenas na última quinta-feira – o empresário ganhou gabinete, secretária, crachá e passou a trabalhar no departamento que dá as regras do trânsito no País.

CLIQUE aqui para ler a matéria completa na revista IstoÉ.

Judiciário faz pressão por reajuste de servidores

Em campanha por aumento de salário, juízes e funcionários públicos acusam a Presidente Dilma Rousseff de desrespeitar a Constituição ao afirmar que não é hora de reajuste e prometem mobilizações para 2012, caso o Congresso não aprove a elevação das remunerações.

. Dilma já enviou a proposta do Judiciário. Mas, primeiro, a encaminhou com cortes. Depois, diante da pressão dos magistrados, remeteu ao Congresso adendos restabelecendo a proposta original, mas com recomendação para que o aumento não fosse aprovado.


Você se interessa pelo mercado financeiro?
Aprenda a investir com quem tem experiência na Bolsa de Valores: 

Leandro & Stormer, mais de 10 anos de tradição no mercado. 
Aproveite as oportunidades que a bolsa te oferece e acesse http://tinyurl.com/caqrmuh

Suspeita de fraude na Caixa pode causar perda de R$ 1 bi

Segundo maior banco estatal do país, a Caixa Econômica Federal está no centro de uma série de transações financeiras suspeitas que podem gerar perdas de R$ 1 bilhão para os cofres públicos. Graças a uma omissão misteriosa ocorrida na própria Caixa, uma corretora carioca chamada Tetto vendeu papéis da dívida pública de baixo ou nenhum valor por preços acima do mercado.

. Segundo matéria da "Folha", entre os compradores, há empresas e pelo menos um fundo de pensão estatal. No período em que foram realizadas as transações, de setembro de 2008 a agosto de 2009, o sistema de informática da Caixa responsável por informações relativas aos papéis ficou fora do ar.

. O banco público classificou a pane como “erro”, atribuindo-o a uma empresa de informática terceirizada. Ou seja, foi como se um carro tivesse sido vendido sem que o vendedor informasse que ele tinha multas justamente no momento em que o sistema do Detran estava fora do ar. O que sumiu do sistema correspondia a R$ 1 bilhão que deveria ser descontado do valor dos papéis.

Presidente da Fifa detona Copa no Brasil: "Viajar no Brasil não é fácil"

O Presidente da Fifa, Joseph Blatter, e o Secretário-geral da entidade, Jérôme Valcke, bateram pesado, neste sábado, na preparação do Brasil para a Copa do Mundo de 2014. "A Fifa está preocupada", afirmou Blatter em Tóquio, após reunião do Comitê-Executivo da entidade. O cartola disse ter recebido boas informações sobre o ritmo de construção dos estádios, mas não de obras de infraestrutura e transporte.

. Valcke, que já fez outras vezes esse tipo de crítica, declarou no Japão: "Claramente o Brasil não está num estágio muito avançado". O Secretário-geral da entidade já havia afirmado que "o trânsito de São Paulo é um pesadelo", que "viajar no Brasil não é fácil" e que "sair do aeroporto leva meio dia".

. "Temos que enfrentar as coisas com otimismo", declarou Blatter. "Não podemos ficar olhando para o passado e nos lamentando". O cartola admitiu que o maior erro cometido neste ano foi decidir, de forma conjunta, onde seriam os Mundiais de 2018 e 2022 --pleitos vencidos por Rússia e Qatar. "Mas isso ficou no passado".