Câmara aprova em primeiro turno aumento dos repasses do Fundo de Participação dos Municípios

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou na noite de terça-feira, dia 4, em primeiro turno, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 426/14, do Senado, que aumenta de 23,5% para 24,5% o repasse de recursos da União para o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O acordo é para que haja um aumento de 0,5% em 2015 e 0,5% em 2016.

. A Constituição determina que a União repasse ao FPM um total de 23,5% do produto líquido da arrecadação do Imposto de Renda (IR) e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Com a PEC, o total passa a 24,5%.Hamm mandou dizer esta noite ao editor que esta proposta oportunizará o desenvolvimento dos municípios que são prejudicados com a escassez dos recursos e assim, terão uma distribuição equilibrada. “O FPM representará R$ 4 bilhões e 300 milhões para o país e R$ 295 milhões de recursos novos para o Rio Grande do Sul”, comemora o deputado.

TSE aprova por unanimidade auditoria sobre o sistema eleitoral eletrônico usado dia 26

Ao contrário do que disse o apressado corregedor do TSE e declarou peremptoriamente o procurador Geral da República, Rodrigo Janot, o pedido de auditoria nas eleições presidenciais feito pelo PSDB não era tão assustador, provocador e desestabilizador. O que também desmonta os arreganhos golpistas do PT e a covardia de muitos líderes do próprio PSDB, que enxergaram no pedido um verdadeiro tiro no pé. A mídia chapa branca que se assanhou toda com o direito ao pedido foi desautorizada. 

. O editor recebeu a informação no seu What's App, há meia hora. 

O Tribunal Superior Eleitoral acaba de aceitar, por unanimidade, a auditoria nas eleições presidenciais.

O pedido do PSDB não fala em fraudes, não pede recontagem e nem propõe anulação da eleição ou impeachment, mas apenas uma auditoria sobre o sistema eletrônico de votação usado no dia 26, já que centenas de manifestações de desconfiança chegaram ao Partido.

Só acatando o pedido é que o TSE desataria o nó, demonstrando que as eleições foram limpas, caso elas tenham sido assim. 

- O ideal é que a auditoria fosse realizada com a presença de representantes independentes, de preferência internacionais. 

PT chama sua militância "às armas" !

Em nota de reconhecido dplo sentido, d PT convocou sua militância "às armas". Disse o Partido que , o objetivo agora é "conclamar a militância a participar dos atos em defesa da democracia e da reforma política, previstos para a semana de 9 a 15 de novembro" e "priorizar ações de comunicação, fortalecendo nossa agência de notícias, articulando-a com mídias digitais, com ação permanente nas redes sociais.

. A noa surge uma semana depois que o ministro das Milícias da Venezuela, Elias Jaua, assinou acordos com MST e CUT, todos visando mútua colaboração, naquilo que já se entende como apoio logístico para a implantação de focos armados de defesa da "revolução bolivariana brasileira", como pregou Nicolas Maduro na segunda-feira da semana passada, ao saudar a eleição da "companheira socialista Dilma Roussef".

. Nesta primeira fase, diz a nota do PT que o objetivo não é o confronto armado: 

- Integrar nossas ações de comunicação com o rico movimento cultural em curso no País amplamente divulgados no site do partido, até a próxima reunião do Diretório Nacional.

Populares gritam para Zé Dirceu na saída do Fórum: "Ladrão !". Pânico tenta entregar maço de dinheiro para o mensaleiro do PT.

Onze meses e 20 dias após ser preso, o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu deixou na manhã desta terça-feira pela última vez o Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Brasília, onde cumpria pena em regime semiaberto. Dirceu foi para o trabalho e compareceu nesta tarde à Vara de Execuções Penais (VEP) para ser informado dos termos da prisão domiciliar que passa a cumprir a partir de hoje. Em seguida, passou novamente no escritório de advocacia onde trabalha e foi para casa.

.Antes de ser liberado, o ex-ministro ouviu uma palestra de um dos juízes sobre direitos e obrigações dos presos em regime domiciliar.

- A palestra foi muito boa, muito oportuna - disse Dirceu ao advogado José Gerardo Grossi, que ofereceu emprego a Dirceu em seu escritório.

. Ele chegou à VEP em um carro preto e aguardou por cerca de dez minutos em uma entrada lateral. Depois, o carro deu a volta no prédio e o deixou em frente à porta principal. Dirceu desceu acompanhado do advogado José Luis de Oliveira Lima e passou entre jornalistas. Alguns populares que estavam na entrada gritaram “ladrão”.

- Antes, a saída da prisão, de acordo com o site do jornal O Estado de S. Paulo, foi marcada por uma confusão com a equipe do programa Pânico, da TV Bandeirantes. O ex-ministro gritou com o humorista Guilherme Santana (foto) que tentava entrevistá-lo, e seguranças impediram que lhe fosse entregue um maço de dinheiro.

Na volta ao Senado, Aécio dispara: "Vou fazer uma oposição sem adjetivos. É bom esse governo tomar cuidado!"

O senador Aécio Neves retornou ao Congresso Nacional nesta terça-feira e foi cercado por apoiadores que gritavam "Aécio presidente” e “fora, PT”, ao descer do carro na rampa da chapelaria de acesso ao Congresso. O tucano manifestou ainda repúdio às manifestações ocorridas no fim de semana defendendo a volta do regime militar.

. Antes de entrar, os eleitores de Aécio cantaram o Hino Nacional ao lado do tucano. Aécio afirmou que volta ao Congresso para exercer o papel que as urnas lhe concederam em 26 de outubro. “Vou fazer uma oposição sem adjetivos. Se eles quiserem diálogo, que apresentem propostas”, disse.

. "O Brasil não concorda mais com os malfeitos. Seremos um exército vigilante para cobrar o atual governo. Foram 51 milhões de eleitores. Esse número vai aumentar. As pessoas achavam que o fim das eleições iriam desmobilizar o eleitorado. Não é o que vemos ao longo dos últimos dias”, declarou Aécio. Ele também prometeu lutar contra qualquer tipo de cerceamento da mídia e das liberdades individuais e coletivas.


. Aécio, que desistiu de fazer um discurso na tribuna do Senado para guardar o pronunciamento para o encontro com as oposições amanhã de manhã na Câmara, avisou que o governo precisa tomar cuidado. “Ao olhar para a oposição eles não devem contabilizar as cadeiras que temos na Câmara e no Senado, mas sim, mais de 51 milhões de brasileiros que desejam mudança. É bom esse governo tomar cuidado para não iniciar o ano com cheiro de fim de festa”, declarou ele.

Vá esta noite com seus amigos
100 rótulos diferentes de chopes e cervejas artesanais.
36 torneiras de chope.
Cardápios, cartas de bebidas, endereços, serviços:
www.biermarkt.com.br

10 nanicos querem disputar presidência da Assembléia com os 4 Grandes

PTB, PSDB, PSB, PC do B, PRB, PV, PPL, PPS, PSD e PSoL reuniram-se ontem a noite para articular a definição de um nome do grupo para a disputa da presidência da Assembléia do RS, hoje repartida entre PMDB, PP, PT e PDT. 

Vá esta noite com seus amigos
100 rótulos diferentes de chopes e cervejas artesanais.
36 torneiras de chope.
Cardápios, cartas de bebidas, endereços, serviços:
www.biermarkt.com.br

Marina retoma listas de assinaturas para Rede

Marina Silva retomou o recolhimento de assinaturas para formar a sua Rede Sustentabilidade.

Vá esta noite com seus amigos
100 rótulos diferentes de chopes e cervejas artesanais.
36 torneiras de chope.
Cardápios, cartas de bebidas, endereços, serviços:
www.biermarkt.com.br

Políticos do PMDB farão a transição pelo lado de Sartori

Três políticos, todos do PMDB, formarão a equipe de transição pelo lado de Sartori.

Base aliada de Fortunati rasga a roupa em cenas explícitas de ciúme

São impagáveis as cenas de ciúme entre o secretário municipal da Saúde, Carlos Casartelli, e o ex-presidente da Câmara, dr. Thiago.

. Tudo por conta dos mais recentes êxitos da prefeitura na área da saúde.

. A lavação da roupa suja está em letra de forma no Jornal do Comércio de ontem e de hoje.

PT emplacará Mauro Pinheiro na presidência da Câmara de Porto Alegre

O novo presidente da Câmara de Porto Alegre será o vereador Mauro Pinheiro, PT. Pinheiro tem sido o mais feroz crítico do prefeito José Fortunati, mas se elegerá com o apoio da base aliada do prefeito José Fortunati.

Quem é que consegue segurar este homem ?

Tarso está determinado a entregar a Sartori o governo mais endividado de toda a história. 

Alguém precisa dizer ao governador Tarso Genro que ele não combinou com os russos (Sartori) a tomada do empréstimo de US$ 1 bilhão que ele quer receber no apagar das luzes do seu desastrado governo.

. “É para investir em infraestrutura em janeiro de 2015”, proclamou o governador no seu artigo “Dívida e saída crise”, publicado dia 1º no jornal Zero Hora.

. Nada mais falso.

.  Quem disse a Tarso que o novo governador José Ivo Sartori quer se endividar a esse ponto para investir numa área que ele nem escolheu e que não foi objeto da sua proposta eleitoral ?

. No texto de Zero Hora, ele alega que este é o seu “programa de transição”, o que não quer dizer que seja o “programa de transição” de Sartori.

. Ele está alguns pontos fora da curva. 

. O que o governo do PT busca é alguma tábua de salvação para não terminar o governo da mesma forma melancólica com que Olívio Dutra terminou o seu: mendigando dinheiro do governo federal para pagar o 13º, tudo porque ambos governaram como governam as cigarras, gastando o que podem e o que não podem, sem fazer qualquer tipo de provisão para o inverno.

. É isto que explica o desespero de Tarso neste momento, porque sem a renegociação dos termos da dívida com a União, o governo gaúcho não terá espaço fiscal para contrair novos empréstimos.

. O governador poderia manter o pudor, falar menos e fazer mais neste final de governo.

CLIQUE AQUI para ler o artigo no original. 

Reeleita Dilma, subchefe do mensalão, Zé Dirceu, é libertado em Brasília.

Fundador, ex-presidente nacional do PT, chefe da Casa Civil de Lula, Zé Dirceu assumiu por Lula a chefia da organização criminosa do Mensalão. 

O subchefe do mensalão foi à Vara de Execuções Penais do DF no início da tarde para assinar o termo que o liberará para cumprir o restante da pena de 7 anos e 11 meses em casa, depois de ter passado 11 meses e 20 dias dormindo na penitenciária da Papuda..

. Zé Dirceu é solto apenas dez dias depois da reeleição de Dilma. Ele conseguiu reduzir alguns dias da pena por trabalhar durante o dia.

Entrevista - PSDB tinha gente na sala onde os técnicos apuraram as eleições do dia 26

O editor recebeu pelo menos oito dezenas de e-mails e manifestações de opinião nesta página, questionando com severidade a informação de que o presidente do TSE, Dias Toffoli, confinou durante a apuração uma equipe de 30 profissionais da área de TI numa sala, evitando com isto o vazamento de dados sobre a apuração.

. O confinamento ocorreu porque o TSE só poderia liberar os números depois de encerrada a votação no Acre, cujo fuso horário registra três horas de diferença.

. Sobre o assunto, o editor conversou com o dr. Flávio Pereira, que é da Consultoria Jurídica da Campanha de Aécio:

O pessoal ficou mesmo confinado numa sala ?
Sim. Isto foi divulgado por toda a imprensa.

E os Partidos não tiveram acesso ao local da apuração ?
Tivemos. O dr. Marcelo Ribeiro, nosso representante, acompanhou de perto toda a apuração.

Então não foi nada secreto ?
Não foi. Nós acompanhamos.

E quanto ao pedido de auditoria encaminhado pelo deputado Carlos Sampaio ?
O Procurador Geral da República já falou, o pedido está sendo analisado pela área de TI do TSE e quem vai decidir é o presidente Dias Toffoli.

Dilma e o PT começam a censura por corte de verbas publicitárias na revista Veja

Os governos Dilma e Tarso, muito antes de Veja, cortaram toda publicidade para o site www.polibiobraga.com.br Este tipo de pressão econômica (censura)  foi também recorrente durante a ditadura militar. 

A presidente Dilma Roussef determinou o corte de todas as verbas publicitárias do governo e das suas estatais na revista Veja.

. A ordem já vale.

. A informação foi passada pelo jornalista Paulo Henrique Amorim no seu site. O jornalista reclamou corte de verbas para outras revistas, jornais, TVs, blogs e emissoras de rádio que não estejam alinhados com o PT e com o governo.

Análise - No RS, os governos Olívio Dutra e Tarso Genro, há muito mais tempo fizeram o mesmo, conforme depoimentos no livro "A Vanguarda do Atraso". A questão não é a Veja. A questão não é se a Veja vai sobreviver ou não sem anúncios (vai sobreviver). A questão não é se é um “alívio” para a Veja ficar com ou sem verba estatal. Nada disso faz parte da questão. O que ocorre aqui é um marco: antes e depois. Igual o 11 de setembro. A partir do momento em que a Veja tem as verbas cortadas por falar mal governo, e os adeptos da liberdade silenciam, inicia-se oficialmente uma era onde passa a ser legítimo censurar oponentes do governo.
Pela guerra simbólica, Dilma consegue estabelecer a censura apenas por marcar um espaço no senso comum da patuleia, com a ajuda da ausência de protestos do nosso lado.

Morreu o ex-deputado Fernando Canto

Morreu o ex-deputado Fernando Canto. Quando foi parlamentar, ele pertenceu ao antigo MDB

Pozzobom acha que termos da repactuação da dívida com a União só serão conhecidos na hora da votação, amanhã.

No início desta tarde o editor conversou com o deputado Jorge Pozzobom, PSDB do RS, que acompanha no Senado a discussão sobre a proposta de repactuação dos ítens que tratam do serviço da dívida dos municípios e Estados com a União.

. Além de Pozzobom, estão em Brasília também os deputados Gilmar Sossela, PDT;Miki Breier, PSB; Paulo Oddone, PPS.

. O deputado tucano disse ao editor que é impossível saber agora até que ponto irá o endurecimento do governo em relação a ítens como retroatividade e compensações exigidas de municípios e Estados (leia mais abaixo):

- Isto só ficará claro amanhã, na votação.

Aécio falará esta tarde no Senado. Discurso será transmitido aqui, ao vivo.

Dentro de 24 minutos o senador Aécio Neves chegará ao Congresso Nacional. Ele será recebido na chapelaria do Senado por grande grupo de parlamentares e políticos da oposição.

. Aécio fará discurso as 16h, no Plenário.

. Esta página disponibilizará o pronunciamento ao vivo.

Público vaia e interrompe Márcio Pochamnn, o petista convidado a falar no Seminário Econômico da Fundação CEEE

O líder petista paulista Márcio Pochmann, atual presidente do Instituto Perseu Abramo, mantido pelo PT, foi vaiado e interrompido várias vezes pela plateia ao falar ontem no 16º Seminário Econômico realizado pela Fundação CEEE.

. O evento foi em Porto Alegre, no Teatro da PUC.

. Márcio Pochmann foi convidado na qualidade de economista. Ele também é ex-diretor do Ipea, governo Dilma.

. Além dele, também falaram Carlos Alberto Almeida, Gustavo Loyola e Túlio Milmann. Nenhum dos três tem filiação partidária.

. A plateia não gostou quando Márcio Pochmann enveredou por um discurso bolivariano, vaiou muito, obrigando a direção dos trabalhos a intervir para garantir-lhe a palavra.

. Muitos dos participantes, como Edson Luiz Oliveira e Valdir Dahm, protestaram formalmente.

- Márcio Pochmann foi candidato a prefeito de Campinas, conforme propaganda ao lado, mas recebeu apenas 41,31’% dos votos, tendo sido derrotado. 

Artigo, Glauco Fonseca - Oh, quem poderá nos defender ?

Quem já curtiu o seriado mexicano  O Chapolin Colorado (El Chapulin Colorado), interpretado pelo mesmo ator do “Chavo” (Chaves no Brasil), lembra com carinho de algumas de suas frases de efeito: “não contavam com minha astúcia”, “sigam-me os bons” e muitas outras. A minha preferida era “Não priemos cânico” ou algo parecido. Sempre que as pessoas estavam em apuros, olhavam canastronamente para a câmera exclamando o bordão: “Oh, quem poderá nos defender?”. Em seguida, aparecia o Chapolim dizendo “Eu...” . O resto você pode se deliciar no Youtube.

Agora, falando sério: Quem poderá nos defender?

O STF aparelhado e em vias de tomada plena, o IBGE e o IPEA não ofertam mais dados e números e sim panfletagens estatísticas governistas, a Petrobrás, coitada, arrombada e vilipendiada como jamais se poderia supor em tétricos pesadelos, bem como as agências reguladoras que não regulam porcaria nenhuma, tudo em estado de miséria, emoldurada por um PIB apodrecido, uma queda livre da produção industrial de fazer chorar uma cebola, tudo ao molho de toneladas de corrupção doentia. Some-se a esse drama uma imprensa amplamente cabresteada pelo PT, uma campanha eleitoral sórdida por parte do mesmo partido e um sem-número de denúncias de fraudes eleitorais em todo o país. Quer mais? Pois tem! Que tal os projetos de regulação da mídia e um plebiscito para formação de uma constituinte exclusiva para uma reforma política? Que tal as tentativas de destruir o trabalho e a reputação do Juiz Sérgio Moro, responsável pela operação Lava-jato?

Sério: Quem poderá nos defender?

Eis que o povo vai para as ruas nas principais capitais brasileiras no primeiro sábado de novembro, indignado, apartidarizado, pedindo o impeachment da presidente Dilma, uma auditoria do processo eleitoral e outras providências, dentre as quais uma intervenção militar no país. Apesar de ter reunido dezenas de milhares de pessoas Brasil afora, nenhuma linha de apoio sequer foi escrita nos grandes jornais ou faladas pelos microfones de rádio ou na TV. Nada. O volume de críticas, entretanto, foi avassalador, a ponto de grandes jornalistas ou articulistas promoverem verdadeiro terrorismo editorial contra os manifestantes. Alguns veículos foram capazes de identificar em São Paulo que havia apenas uma pessoa com uma tabuleta pedindo intervenção militar, mas mesmo assim foram capazes de alegar que a manifestação inteira tinha este intento.

O que é preciso dizer é que o povo brasileiro anseia, de fato, é por alguma força de oposição que faça um contraponto às violências protagonizadas pelo governo federal e pelo PT. O que o povo deste país quer é que apareça alguém que o defenda. Não precisa ser um Super-Homem nem tampouco o Exército Brasileiro. Estamos aceitando até mesmo um Chapolin, colorado ou gremista, pouco importa. Há que se interpretar esta ânsia nacional por uma libertação, pela “salvação da pátria”. Tem de haver a tradução deste desejo de justiça e sua relação com as Forças Armadas sem que signifique “golpe” ou desejo de retorno a uma ditadura de direita. Não é isto que as pessoas querem. Elas querem ser salvas e as FFAA representam para elas, de alguma forma, esta salvação derradeira.

Este seria um ótimo tema-de-casa para nossa inteligente imprensa nacional. A inteligência humana, afinal, serve para isto: entender, compreender, traduzir e esclarecer uma manifestação em seus aspectos lineares e multidimensionais. O que se quer é salvação das garras presentes e futuras de um projeto de poder que não é bom para o Brasil. O que as pessoas bradam nas ruas é isto: Desejo de paz, prosperidade, liberdade, democracia, paz, paz, paz. Por incrível que pareça, as Forças Armadas representam isto para os manifestantes: Paz.

Receita do ICMS do RS despencou 1,3% em outubro.

Ajustada pelo IPCA, que é o índice oficial de inflação, a arrecadação do ICMS gaúcho de outubro caiu 1,3% sobre igual mês do ano passado, somando R$ 2,2 bilhões.

. São informações exclusivas.

. O crescimento nominal foi de 5,3%.

. No ano, o ICMS já rendeu R$ 21 bilhões para o Tesouro do Estado, algo como 0,5% ajustado e 6,9% nominal.

. No mesmo mês e no mesmo período, o governo federal arrecadou exatamente o dobro dos contribuintes do RS. 

Análise - Tarso quer renegociar a dívida para ampliar seu espaço para tomar bilionário empréstimo de final de festa

O interesse do governador Tarso Genro na sua pressão sobre o Senado é que a mudança dos ítens sobre o serviço da dívida com a União ocorra retroativamente a  1/1/2013. Se isto acontecer, coisa que o governo Dilma não aceita, ele conseguirá espaço para buscar  empréstimjumbo para fechar suas pavorosas contas, resultado da sua administração incompetente, gastadora e aventureira.

. Com a nova regra -s e ela ocorrer - o espaço criado desaparece em 2015 ou quase isto, porque o limite de endividamento também se reduz,  e o governo seguinte fica só com o encargo.  A cada ano, até 2016, o limite de endividamento cai 4,85%. Atualmente, ele pode ser calculado em 215% da Receita Corrente Líquida. No ano que vem, baixa para 210%, contribuindo isso para limitar a busca de novos empréstimos por parte  do próximo governo. 

. O ideal é que esse projeto seja aprovado para produzir seus efeitos a partir do ano que vem.

. O problema é que a solução não serve ao atual governo, que não está defendo a retroatividade por altruísmo, como dá a entender o governador e inclusive alguns am,estrados meios de comunicação.

. Tarso Genro conta com o novo empréstimo, tomado em final de governo, caso passe o projeto com o efeito da retroatividade, porque quer usar o dinheiro em custeio, na folha do final do ano, e não para investir.

. É abusivo que um governador em fim de mandato, há apenas dois meses do final, sem consulta ao novo governador eleito, assuma um novo empréstimo e de valor bilionário, endividando ainda mais o Estado. 

Palio e Onix são os automóveis mais vendidos em outubro

Fiat Palio e Chevrolet Onix foram os automóveis mais vendidos em outubro, segundo balanço da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). O hatch italiano emplacou 16.662 unidades, enquanto o compacto da GM registrou 13.590 unidades. O terceiro lugar é o Fiat Strada, que teve 13.381 emplacamentos. Os italianos emplacaram ainda o quinto lugar 11.192. unidades vendidas do Uno.

. Situação delicada está o Volkswagen Gol, veículo mais vendido no Brasil há 27 anos, mas que está caminhando para perder o trono. Em outubro, foi apenas o quarto mais vendido com 12.455 emplacamentos.

. Com 306.875 unidades, o setor registrou uma alta de 3,5% das vendas em outubro na relação com o mês anterior. No entanto, em relação ao mesmo mês de 2013, a queda é de 7,04%.

Artigo de Denis Rosenfield - "O alto e o baixo"

Artigo de Denis Rosenfield, jornal o Globo – 4/10/2014 
 
O discurso da união e do diálogo tampouco se coaduna com manifestações de militantes, na festa da vitória, e mesmo de representantes partidários, contra a Rede Globo e a revista “Veja”. A liberdade de imprensa é um valor maior, princípio da República, não podendo ser vítima de disputas eleitorais. Ela se situa acima das lutas políticas e partidárias. O arroubo de uma manifestação não pode se tornar uma política de governo.
 
Há algo de muito curioso aqui. Os que advogam pelo controle social da mídia e a regulação direta ou indireta dos conteúdos jornalísticos se dizem frequentemente perseguidos. Se são “perseguidos”, torna-se algo de difícil comprovação, pois o PT está fechando 12 anos de governo, indo para 16. Seriam paranoicos bem sucedidos!
 

O crime compensa: Dirceu deve ser liberado hoje para cumprir pena em casa

Após passar 11 meses e 20 dias dormindo todas as noites na cela, o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, condenado no processo do mensalão, deverá obter nesta terça-feira o direito de cumprir o restante de sua pena em casa.

. No início da tarde, ele irá a uma audiência na Vara de Execuções Penais do Tribunal de Justiça do Distrito Federal para assinar um termo que o libera para a prisão em regime domiciliar, já autorizada -pelo Supremo Tribunal federal.

. No início da pena, Dirceu passava o dia e a noite na penintenciária da Papuda, nos arredores de Brasília, dividindo cela com o ex-presidente do PT José Genoino e o ex-tesoureiro do partido Delúbio Soares. O primeiro obteve a prisão domiciliar em agosto e o segundo em setembro.

- Apontado como o mentor do esquema de compra de apoio político no Congresso durante o primeiro mandato do ex-presidente Lula, Dirceu pegou 7 anos e 11 meses de prisão por corrupção ativa.

Inflação semanal de Porto Alegre recua para 0,6%

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) teve queda de 0,06 ponto percentual em Porto Alegre na última semana de outubro. Inflação semanal, divulgada nessa segunda-feira, passou de 0,66% para 0,6%.

. Outras cinco das sete capitais pesquisadas pela Fundação Getulio Vargas (FGV) também apresentaram queda na comparação com a semana anterior. O maior recuo foi observado em Salvador: 0,4 ponto percentual, ao cair de 0,61% para 0,21%.

. As outras capitais que também tiveram queda são: Belo Horizonte (0,17 ponto percentual, ao passar de 0,44% para 0,27%), Brasília (0,11 ponto percentual, ao passar de 0,46% para 0,35%), Recife (0,09 ponto percentual, ao passar de 0,42% para 0,33%) e Rio de Janeiro (0,02 ponto percentual, ao passar de 0,42% para 0,4%).

Aécio volta a Brasília esta tarde, 14h30min

O senador Aécio Neves volta ao Senado esta tarde, 14h30min, pronto para assumir sua condição de líder da oposição.

La Presidenta padece una infección intestinal y seguirá internada

Directo de jornal La Nacion - Buenos Aires,

Después de pasar las primeras 24 horas con fiebre, la presidenta Cristina Kirchner deberá permanecer internada por un cuadro de inféccion intestinal que pasó a la sangre, por lo que deberá seguir con un tratamiento endovenoso de antibióticos.

El resultado de los análisis que le hicieron determinó que se trató de una sigmoiditis, una infección focalizada en la parte final del intestino grueso, llamada sigmoide, que en general se presenta acompañada de diverticulitis. Pero, además, al cuadro febril infeccioso se le sumó una bacteriemia, es decir que la bacteria que le provocó la infección pasó a la sangre, lo que requiere extremar los cuidados.

Brasil: Produção industrial cai 0,2% em setembro

Após leve alta em agosto, a produção industrial caiu 0,2% em setembro na série com ajuste sazonal, informou, nesta terça-feira, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), ao divulgar a Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física (PIM-PF).

. O resultado veio dentro das expectativas dos analistas ouvidos pelo AE Projeções, que iam de queda de 0,30% a expansão de 2,00%, e em cima da mediana prevista de 0,20%.

Em relação a setembro de 2013, a produção caiu 2,1%, a sétima queda seguida. Nesta comparação, as estimativas variavam de um recuo entre 0,20% a 3,50%, com mediana negativa de 1,60%. No ano, a produção da indústria acumula queda de 2,9%. Em 12 meses, a produção caiu 2,2%.

Petrobrás quer aumento de 5% para preço da gasolina

Em reunião do Conselho em Brasília como membros do governo como o ministro da Fazenda, Guido Mantega, presidente da estatal, Graça Foster, deve pleitear um reajuste de 5%  no preço da gasolina.

MPF quer que governo Dilma acabe com trabalho-escravo dos cubanos. Pagamento de R$ 10mil terá que ser feito para cada médico.

O questionamento do MPF só foi conhecido depois das eleições do dia 26. 

O Ministério Público Federal em Brasília cobrou na Justiça que o governo Dilma Rousseff pague diretamente os médicos cubanos que atuam no programa "Mais Médicos". Ponto de destaque na campanha de reeleição da petista, o programa prevê o pagamento de R$ 10 mil a cada profissional que tenha aderido ao Mais Médicos. Entretanto, os cubanos recebem mensalmente US$ 1 mil, por meio do convênio entre a União e a Organização Panamericana de Saúde (OPAS).

. O MPF contestou, em dois pareceres encaminhados à Justiça Federal do Distrito Federal, os termos do acordo entre a União e a OPAS para viabilizar a vinda desses profissionais ao País. Os questionamentos judiciais foram apresentados pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e um advogado, que moveram ações para tentar decretar a nulidade do convênio. A procuradora Luciana Loureiro Oliveira, autora dos pareceres, afirmou que o acordo com a OPAS não permite saber como foram empregados os recursos repassados pelo governo federal à entidade. Isto é, "não se pode saber, precisamente, quanto efetivamente cada médico vem recebendo pela sua participação no projeto Mais Médicos".

. "Note-se que a indagação não é de somenos importância, como quer fazer crer a União, porque, em sua defesa, está dito que os valores repassados à OPAS (R$ 510.957.307,00) - quinhentos e dez milhões, novecentos e cinquenta e sete mil, trezentos e sete reais) apenas em 2013, o foram à razão de R$ 10.000,00 (dez mil reais) por médico intercambista", destacou Luciana, nas duas manifestações.

. A procuradora afirmou que, embora reconheça a importância da motivação e da finalidade do Mais Médicos para o Brasil e das "inegáveis contribuições" que os médicos de Cuba podem trazer para o Sistema Único de Saúde (SUS), a forma como foi realizado o convênio com a OPAS "se mostra francamente ilegal e arrisca o erário a prejuízos até então incalculáveis, exatamente por não se conhecer o destino efetivo dos recursos públicos brasileiros empregados no citado acordo".


. "É dizer, em breves linhas, que o convênio com a OPAS se ressente de graves vícios, eis que viola, a um só tempo, os princípios constitucionais da legalidade, da publicidade/transparência e da motivação dos atos administrativos", disse.

Oi destaca nova solução integrada de home office

De olho no mercado corporativo, a Oi anunciou nesta segunda-feira, o lançamento da solução única de trabalho remoto Smart Office. A plataforma integrada oferece controle de jornada e produtividade de colaborador em esquema de home-office, levando soluções de biometria, conectividade à Internet com redundância 3G ou 4G, conexão segura (VPN) entre ambiente residencial e rede corporativa, comunicação unificada e aplicações corporativas em cloud, como e-mail e sharepoint.

. A solução foi criada para atender a uma demanda por trabalho remoto no País. Segundo o diretor da unidade de negócios B2B da Oi, Maurício Vergani, no mercado norte-americano há grande adoção, mas no Brasil o ritmo é bem mais lento por causa da necessidade de atendimento à legislação trabalhista brasileira.

. O Oi Smart Office, que tem como parceiros de soluções empresas como Unify e Microsoft, está sendo lançado ao preço de R$ 370 reais para a solução completa. O serviço conta com atendimento unificado e integrado e é cobrado em fatura única. De acordo com Vergani, a expectativa atual da companhia é de ter 60 mil usuários em até 18 meses.

"Expulso" do PT, personagem do Lava Jato, sob ameaça de cassação, Vargas aparece à vontade na sede do PT

Se o governador Tarso Genro queria mais algum argumento para "refundar" o seu Partido, o PT, é possível que a imagem ao lado consolide e acelere suas intenções.

. Na foto está o deputado André Vargas, Paraná, envolvido até a medula no escândalo da Operação Lava Jato, "expulso" do PT depois que sua cassação foi pedida na Câmara e até hoje não ocorreu porque os deputados do Partido manobram de tudo que é forma para jogar o caso para além do fim da legislatura atual, quando nada mais será possível fazer.

. André Vargas disse que foi visitar a sede partidária de Brasília para rever amigos. Pelo modo desleixado com que aparece na foto, percebe-se que ele tem mesmo muitos amigos ali.

, E o Brasil inteiro assiste a este tipo de farsa sem reagir como deve.

Sartori revelará, hoje, nomes da sua equipe de transição

Depois de descansar alguns dias em Gramado, o governador eleito do RS, José Ivo Sartori, retomou hoje suas atividades em Porto Alegre. Durante o dia, ele anunciará a equipe que comandará a transição de governo.


. Do lado do governo, o coordenador é o chefe da Casa Civil, Carlos Pestana.

Receita Federal ajuda contribuinte a se organizar para a declaração do seu Imposto de Renda

Desde ontem, está disponibilizado um aplicativo que possibilita iniciar o rascunho da declaração IRPF 2015 ao longo do ano de 2014, à medida que os fatos acontecem, bem antes do lançamento do programa gerador da declaração IRPF (PGD IRPF 2015) que ocorrerá em março de 2015. Podem ser registradas informações sobre fatos que aconteceram desde o início do ano-calendário, bem como os que ocorrerem até o final de dezembro. Ou seja, fatos entre 01/01/2014 e 31/12/2014.

. O Rascunho IRPF é uma aplicação online e pode ser acessada por meio de microcomputadores e dispositivos móveis por meio do novo APP IRPF.

. As informações salvas no Rascunho IRPF poderão, a critério do usuário, ser utilizadas na declaração IRPF 2015.

. As informações salvas no rascunho não constituem uma declaração IRPF.
O objetivo do rascunho é facilitar o preenchimento da declaração IRPF e sua utilização é facultativa.


Clique aqui e conheça os detalhes do serviço, orientações gerais e como baixar o aplicativo para os dispositivos móveis, samartphones e tablets que utilizam os sistemas operacionais Android ou IOS. 

Supermercados Peruzzo também apelam para recuperação judicial no RS

Mais outra empresa gaúcha de bom porte resolveu apelar para a recuperação judicial (concordata). Desta vez foi a Peruzzo, Bagé, rede gaúcha de supermercados. Ela deve R$ 100 milhões aos bancos, o que é muito, porque seu faturamento anual vai a R$ 400 milhões.

. Os controladores querem manter as 23 lojas e manter todos os 1,9 mil empregados.

No verão, motoristas poderão acelerar mais nestas rodovias federais

A partir deste verão, quatro estradas federais que cortam o RS terão seus limites de velocidade aumentados:

BR-158: 110 kms
BR-285: 110 kms
BR-290: 1210 kms
BR-472: 100 kms

Bancada federal gaúcha do PMDB jantará com Temer. Partido quer ordem unida na Câmara.

Será esta noite o jantar do vice-presidente Michel Temer com a nova bancada federal do PMDB do RS. Estarão lá os deputados Alceu Moreira, Giovani Feltes, Márcio Biolchi, Osmar Terra e Darcisio Perondi.. Do grupo, apenas Biolchi votou em Temer.

Tarso vai ao encontro de Ana Amélia, Simon e Paim para pressionar Renan pela votação do projeto da dívida

O gráfico ao lado é de Zero Hora de hoje (versão digital). A publicação não se deu ao trabalho de detalhar o que houve por períodos, tarefa que o editor realizou, conforme o leitor pode examinar ao lado. Ele demonstra de que modo os governadores foram perdulários, gastando sempre mais do que arrecadaram. Os pontos em azul correspondem aos governos que gastaram menos do que arrecadaram. Não é por acaso que os governadores que melhor trataram do dinheiro dos gaúchos foram Britto e Yeda, demonizados pelo PT e seus áulicos, cujo tarefa foi e é enterrar as esperanças do gaúchos sob sete palmos de terra. Depois do governo Yeda, fica visível o caráter gastador do governo Tarso, qwue voltou a afundar as finaças gaúchas no caos, o que o conduz, agora, a soar trombetas de alarme sobre um possível default local, armado por ele mesmo e sua incapacidade de equilibrar as contas públicas.

O governador Tarso Genro terá seu primeiro encontro com a adversária de campanha eleitoral, Ana Amélia, hoje, em Brasília, quando irá com ela e com os senadores Simon e Paulo Paim ao presidente do Senado, Renan Calheiros, para garantir a votação de amanhã da proposta que repactua itens do contrato da dívida de municípios e Estados com a União.

. A campanha estadual do PT atacou de modo pessoal a senadora.

. A senadora não guarda mágoas – não perdoa, não esquece, mas não guarda mágoas.

Dilma complica renegociação da dívida. Tarso quer votação amanhã para se endividar mais.

O real interesse do governador Tarso Genro na rápida aprovação da proposta de repactuação de itens do contrato da dívida dos municípios e Estados com a União é que ela reduzirá o estoque (valor total) do montante a pagar, o que ampliará o atual limite de endividamento do governo do RS.

. O governo estadual do PT esgualepou as finanças estaduais, aumentou os gastos de modo perdulário, sacou dinheiro a fundo perdido do caixa único e dos depósitos judiciais, mas além disto foi ao limite dos empréstimos.

. Sem dinheiro para pagar o 13º salário, só a votação de amanhã no Senado e sua rápida promulgação por Dilma é que permitirá o chamado empréstimo-jumbo de R$ 1 bilhão.

. O que importa para Tarso é o limite de endividamento, porque o governo continuará comprometendo 13% da sua receita corrente l´qiuida para pagar a dívida

. O problema todo é que o governo Dilma arrepia novamente o pelo na undécima hora, impondo duas condições para garantir a votação no Senado, agendada para amanhã:

- Não quer saber de retroatividade na aplicação do novo índice de correção da dívida, dos atruais 6% a 9% ao ano mais IGP-DI para 4% de juro mais Selic ou IPCA. A retroatividade alcançaria jkaneiro do ano passado.
- Só aceitará votar se forem cortados benefícios que concede a Estados e municípios de outras formas, como FPM e FPE.

. Os novos complicadores foram colocados ontem a noite para a bancada do PT no Senado, em reunião com o ministro de Relações Institucionais, Ricardo Berzoini.

.  O problema de Dilma é que ela convie com um rombo de R$ 20 bilhões somente nas contas de dezembro, o risco é que isto prossiga como bola de neve, e além disto o mercado está assustado com a gastança do governo federal.