Tribunal de Contas proibe contratação de consultoria por parte do Daer. "Existem vícios no edital", acusa o TCE.

* Clipping http://www.zerohora.com.br/

Medida cautelar emitida pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) suspendeu a licitação do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagens (Daer) para a contratação de uma empresa de consultoria na área de concessões rodoviárias. O objetivo do Daer era, a partir da consultoria, realizar uma devassa no atual modelo de concessão de estradas mediante pedágio.

De acordo com o conselheiro Iradir Pietroski, que expediu a liminar, o edital da concorrência apresenta vícios capazes de gerar danos aos cofres públicos. A medida foi adotada durante inspeção especial que o TCE está fazendo no Daer.

O secretário de Infraestrutura e Logística, Beto Albuquerque, considera que a cautelar atrasa ainda mais o processo:
- A decisão atrasa o processo que já existe, evidentemente. Caberá à comissão especial que conduz o processo licitatório se reunir depois do feriado para ajuizar o que fará a respeito.

Os envelopes referentes à documentação exigida e as propostas deverão ser armazenados até uma nova manifestação do TCE sobre a matéria. De acordo com o tribunal, o diretor-geral do Daer tem prazo de até 15 dias para se pronuncia.

Você se interessa pelo mercado financeiro?
Aprenda a investir com quem tem experiência na Bolsa de Valores: Leandro & Stormer, mais de 10 anos de tradição no mercado. Aproveite as oportunidades que a bolsa te oferece e acessehttp://tinyurl.com/caqrmuh

Pompas e circunstâncias permeiam as relações pouco republicanas de Cabral e Delta, os amigos do governo do PT

O deputado Anthony Garotinho já venceu os hackers que bloquearam seu site e resolveu postar notas denúncias e fotos escandalosamente eloquentes sobre as amizades corrosivas do governador Sérgio Cabral, o amigo mais amigo de Lula, de Dilma e do PT.

. Agora à tarde,  ele soltou fotos de um jantar no Restaurante la Tour d'Argent em Paris, do  Wilson Carlos e o Cavendish. A carta de vinhos tem um palmo de altura.

. A vista é deslumbrante, na beira do Sena, cenário que emudece qualquer líder petista que se preze e que lá (à beira do Sena) já estiveram, como o deputado Raul Pont e o governador Tarso Genro.

. Sérgio Cabral está desnorteado com o tiroteio e a exposição, mas seus amigos do governo do PT, contratadores da Delta, que pagou toda esta conta denunciada por Garotinho, também tremem de medo.

. Anthony Garotinho ratificou que foi no Restaurante Louis XV, em Montecarlo,  o jantar à luz de velas onde  o Sérgio Cabral e equipe marcaram o casamento do Cavendish com a Jordana Kfouri, e depois comemoraram o aniversário da mulher do Cabral. A foto do local é esta aí do lado.


CLIQUE AQUI para ver Sérgio Cabral e o dono da Delta no show do U2 em Paris. Vida de governador amigo do PT e parceiro do principal contratado do PAC é mesmo alegre. 

Opinião do leitor - Abre o olho com Brizola Neto, Dilma

OPINIÃO DO LEITOR

Da última vez que a turma da Dilma levou um Brizola para governo do PT, o próprio Leonel Brizola decidiu nunca mais falar com o cooptador. Foi no governo Olívio Dutra. Olívio, elegante como sempre, quando soube que João Vicente tinha brigado com o pai, atraiu-o com promessa de emprego e nomeou-o diretor da Lotergs, da qual saiu atirando, em meio a denúncias de corrupção contra o governo do PT, inclusive de ligações permissivas com Carlinhos Cachoeira. Brizola, agravado, mandou o PDT cair fora do Piratini, produzindo uma cisão que levou Dilma para o PT.

A reportagem de capa da Veja mostra João Vicente contando que o PT gaúcho também exigia propina. Ele envolveu na história até a ex-senadora Emília Fernandes.

CLIQUE AQUI para ler a reprodução da reportagem de Veja, replicada no site do PDT.

Estes posts do Twitter mostram Chavez no cenário perverso de um homem que morre sem dignidade e aos poucos diante das câmeras de TV

Os registros abaixo, saíram há pouco na rede social Twitter, de Internet. São pequenos posts de conteúdo relevante e dramático. O coronel é um morto vivo. A descrição é de um cenário politicamente escabroso, doentio e perverso, protagonizado por uma criatura má e que não se respeita e nem respeita seus semelhantes na pior hora da vida.

Webarticulista.net ‏ @webarticulista
Reply
Retweet
Favorite
Open

Chávez reaparece y no luce muy bien ante las cámaras.
Toma lejana, nada de primeros planos presidenciales en el día de hoy. Extraña transmisión televisiva
Chávez luce nuevamente inflado.

Puro columnista dominguero las lecturas presidenciales...por eso estamos como estamos.
JVR incorporado al Consejo de Estado junto a Luis Librito García
Se instala Consejo de Estado.

Venezuela se retira de la CIDH.
El maquillaje no ha podido cubrir hoy la palidez presidencial.
Hoy regreso a La Habana. Chávez.

Preço da soja, Rio Grande, alcançou nesta segunda o maior recorde de toda a história

A mais alta cotação para a soja gaúcha foi registrada nesta segunda-feira em Chicago. O editor pediu ao diretor da Brasoja, Antonio Sartori, cálculos sobre o preço efetivamente pago na data do último recorde, 2008, e o preço desta segunda-feira, em Rio Grande. Eis o resultado (preço por bushel):
Recorde histórico em 2008 - US$ 14,20
Recorde de todos os tempos, hoje - US$ 15,83

. Como se sabe, a quebra da safra de soja no RS é enorme - maior do que 50%, devendo chegar a apenas 6,5 milhões de toneladas. A procura continua muito firme.

Depois de prisão de jornalista, vereadores levantam restrições à imprensa em Nova Petrópolis

Depois da péssima repercussão do projeto de resolução que proibia filmagens das sessões, a Câmara de Vereadores de Nova Petrópolis voltou atrás e revogou a censura. No dia 19 deste mês, um repórter do jornal O Diário foi impedido de realizar a cobertura da sessão, sendo retirado do recinto pela Brigada Militar. No novo projeto de resolução, porém, há uma nova irregularidade. As filmagens podem ser feitas pelos órgãos de imprensa, deixando brecha para proibição para o cidadão comum. Outro absurdo jurídico. Resta saber, como a Mesa da Câmara de Nova Petrópolis irá controlar as filmagens através de smartphones.

* Clipping www.mironneto.com.br

Artigo, Aécio Neves - As eleições municipais

A eleição de 2012 será a primeira sob a vigência da Lei da Ficha Limpa. A novidade poderá representar um importante divisor no mundo da política e um avanço no processo de construção do país, como o foi, a seu tempo, a Lei de Responsabilidade Fiscal -que colocou um freio na gastança do dinheiro público, passando a exigir um mínimo de responsabilidade administrativa por parte dos governantes.

Pela maior proximidade com a vida das comunidades, as eleições municipais tendem, naturalmente, a colocar foco na disputa política local e nos problemas urbanos que afligem os moradores. Muitas vezes, infelizmente, chegam até mesmo a gravitar em torno de querelas paroquiais, como se decisões tomadas no nível municipal não guardassem relação com a realidade do Brasil como um todo.

O pleito de 2012 pode ser uma boa oportunidade para que partidos e candidatos coloquem na ordem do dia temas comuns que nos ajudem a construir, das bases, uma agenda importante para o país.

CLIQUE AQUI para ler a íntegra do artigo publicado na Folha de hoje.

Professores impõem nova derrota ao governo estadual na Justiça do RS

Um grupo de professores da rede pública estadual do Estado, representado pelo Escritório Moraes de Vasconcelos, ingressou na Justiça com mandado de injunção (mandado de injunçãon. 70045681616) para obter o direito a acréscimo remuneratório pelo trabalho noturno. O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul, através da decisão de relatoria do Desembargador Armínio José Abreu Lima da Rosa, abriu importante precedente concedendo adicional de 20% aos oito professores que desenvolvem suas atividades no turno da noite.

. O voto foi acompanhado por unanimidade pelos Desembargadores do Órgão Especial. Até então, os integrantes do quadro do magistério não recebiam adicional noturno, por falta de previsão legal.

. O Poder Judiciário Estadual supriu uma lacuna do legislativo, concedendo às partes um direito constitucional ainda não regulamentado por lei ordinária. O Escritório Moraes de Vasconcelos ressalta que a decisão vale apenas para os autores da ação e tem força de lei entre as partes, até que seja editado regramento próprio. A decisão também poderá fazer jurisprudência, inclusive, para outras categorias de servidores públicos que trabalham em horário noturno e hoje não recebem o adicional.

Você se interessa pelo mercado financeiro?
Aprenda a investir com quem tem experiência na Bolsa de Valores: Leandro & Stormer, mais de 10 anos de tradição no mercado. Aproveite as oportunidades que a bolsa te oferece e acessehttp://tinyurl.com/caqrmuh

Artigo, Rosane Oliveira, Zero Hora - Para (Tarso Genro) não ser incoerente

- Depois de levar um pito do jornalista David Coimbra, que por pouco não o chamou de "sem vergonha" ("O senhor não tem vergonha, governador?", perguntou o jornalista da RBS), o governador Tarso Genro resultou novamente atacado neste sábado pela jornalista Rosane Oliveira, editora de Política da RBS. Ela desnuda as incoerências do governo do PT, mas usa formas oblíquas e mais delicadas para demonstrar que Tarso Genro não cumpre a palavra dada. Da mnesma forma que vestiu a carapuça na primeiras vez, o governador voltou a vestir o chapéu desta vez, reagindo com ira diante dos comentários dos seus antigos afetos, acusando-os agora de "conhecidos desafetos". O episódio serve bem para ilustrar a antiga tese do editor, segundo as quais os líderes do PT do RS sofrem de continuada Síndrome do Escorpião.

Se tivesse de escolher entre a incoerência e a irresponsabilidade, o que você escolheria? É nessa sinuca que se encontra o governador Tarso Genro, depois de ter prometido mundos e fundos aos funcionários públicos e de ter subestimado as dificuldades financeiras do Estado, que engessaram seus antecessores. Se um governador opta pela incoerência, o problema é dele. Se para ser coerente comete a irresponsabilidade de gastar o que o Estado não tem, a conta vai para o cidadão na forma de aumento de impostos ou de redução de investimentos.

Para ser coerente com o discurso de campanha e com o comportamento do PT na oposição, Tarso já deveria estar pagando o piso salarial – R$ 1.451 como vencimento básico sobre o qual incidem as vantagens. Seria ótimo se o Estado tivesse dinheiro para acrescentar quase R$ 3 bilhões à despesa anual com servidores públicos. Como não tem e a margem para remanejamento de despesas é mínima, o governador teria apenas uma alternativa no curto prazo: tomar emprestados 90% dos depósitos judiciais que estão guardados no Banrisul. O problema é que esse dinheiro é das partes que litigam na Justiça e acabaria em menos de dois anos. Como o governo poderia reembolsar o que tomasse emprestado?

Os depósitos judiciais somam mais de R$ 4 bilhões, mas há um detalhe para o qual é preciso prestar atenção: mais da metade são de ações contra uma única empresa. Essas ações devem ser julgadas em bloco, a qualquer momento, e o dinheiro terá de estar disponível. Antes de criar uma despesa fixa, o governo precisa arranjar receita, sob pena de colocar em risco o pagamento em dia dos próprios salários.

Para ser coerente com o que o PT pregou na oposição, Tarso não poderia ter feito o acordo que fez com o Ministério Público para pagar um abono que eleve para R$ 1.451 o salário dos professores que hoje têm vencimento básico inferior ao piso nacional do magistério. Só que essa coerência significaria privar mais de 30 mil professores de ganharem um salário minimamente decente para exercer a nobre tarefa de ensinar.
Para acalmar as corporações, Tarso já se comprometeu com aumentos que extrapolam seu período de governo, ato considerado irresponsável pelo presidente do PP, Celso Bernardi. Como tem pretensão de conquistar o governo em 2014, o PP teme herdar contas que não conseguirá pagar.

Tarso e o PT foram contra o projeto de construção da ERS 010 pelo sistema de parceria público-privada com cobrança de pedágio. Por coerência, deveriam continuar sendo contra, mas a responsabilidade manda encontrar uma alternativa para desafogar o tráfego na ligação de Porto Alegre com o Vale do Sinos e o governo se encaminha para encarar a PPP com diferenças.

Dilma pretere Vieira da Cunha e anuncia Brizola Neto para o ministério do Trabalho

*Clipping www.ig.com.br

Brizola Neto vence resistências e vai assumir pasta do Trabalho
Deputado do PDT do Rio de Janeiro vai ocupar vaga após interinidade de secretário-executivo. Ele é neto do ex-governador Brizola

O Palácio do Planalto vai confirmar ainda hoje o nome do novo ministro do Trabalho, Brizola Neto (PDT-RJ).  Ele foi convidado há quase dois meses  pela presidenta Dilma Rousseff, mas acabou vetado pelo presidente nacional do PDT e ex-ministro Carlos Lupi.

Como o Poder Online antecipou , a presidenta Dilma Rousseff chamou Brizola Neto e Carlos Lupi para uma conversa hoje no Palácio do Planalto. Quando o deputado foi convidado pela primeira vez em março, Lupi foi contra a nomeação dele.

De lá para cá, Brizola trabalhou seu nome dentro do partido, sobretudo junto a integrantes da bancada da Câmara. Seu maior aliado no PDT é o deputado Paulinho (SP), que é também presidente da Força Sindical.
No momento mais crítico das negociações, Paulinho ameaçou romper com o governo e aderir à oposição. Brizola Neto também impôs uma derrota a Carlos Lupi, na disputa pelo diretório regional do PDT do Rio de Janeiro.

Lupi foi ministro do Trabalho entre 2007 e dezembro do ano passado. Ele deixou o cargo após uma série de denúncias de irregularidades na pasta. A mais grave refere-se ao uso de um avião de uma ONG que presta serviços à pasta do Trabalho.

Entrevista - Vendas cresceram zero em abril, mas maio promete avanço nominal de 10% em Porto Alegre

Gustavo Schiffino, presidente da CDL de Porto Alegre

Como foram as vendas do comércio lojista em abril?
Foi um mês complicado, com dois sábados a menos sobre março.

O que isto significa em números?
Ainda não fechamos o Termômetro de Vendas, mas se você trabalhar com crescimento nominal de 3% a 4% sobre o mesmo mês do ano passado, não vai errar.

Ajustado, isto significa crescimento zero.
Por aí.

E maio?
Tem o Dia das Mães para ajudar. Só para a data, prevemos vançar 12% nominais sobre igual data do ano passado. No mês, vamos avançar 10% nominais, portanto com crescimento real bem considerável.

Inadimplência?
Muito baixa em Porto Alegre. Não percebemos nada anormal. 

Cuidado com o site do Garotinho. Hackers introduziram vírus que atacam quem vai até ele.

Muito cuidado com o site do deputado Anthony Garotinho, porque nesta segunda-feira ele foi atacado por hackers e produz um vírus terrível no computador de quem o acessa.

. No domingo, o editor acessou várias vezes o site, mas nesta segunda-feira tudo acabou virando caso de polícia. O vírus consiste em não conseguir fechar a pagina. O leitor clica para fechar e abre outra e outra página sucessivamente.

- Garotinho vem produzindo ataques virtuais devastadores sobre o governador Sérgio Cabral e aos interesses do PT e do governo Dilma, conforme você pode verificar em matérias postadas logo abaixo. Vá e leia.

O que fariam os promotores Képes e Max Guazzeli, caso estivessem em SP e resolvessem intervir na Fórmula Indy, como fizeram no Natal Luz de Gramado ?

As perguntas que os leitores desta página fazem desde domingo ao editor, depois de conhecidos os gastos da prefeitura de São Paulo com o evento da Fórmula Indy, promovida pela Band, são as que vão a seguir:
A exemplo do que fez em Gramado, o Ministério Público de São Paulo vai intervir na Prefeitura, afastar o secretário de turismo e processar os realizadores e criadores da Fórmula Indy e, ato contínuo, estatizar tudo, inclusive as equipes?  Haverá mandados de busca e apreensão para recolher computadores nos hotéis e nas casas dos principais administradores do evento?

Afinal, o secretário de Turismo e a prefeitura de São Paulo, inclusive o prefeito, estão permitindo que empresas privadas, patrocinadas por empresas privadas, ocupem espaços públicos. E isso há varios dias.
Quem será o administrador judicial, a ser indicado pelo MPSP, que irá assumir o comando do Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé estatizado? Vejam a confissão do prefeito na notícia abaixo.


Vai gastar R$ 27 milhões de dinheiro público para promover um evento privado?
. As perguntas são procedentes, porque não existe diferença entre o Natal Luz, em Gramado, e Fórmula Indy, em São Paulo. Em ambos os casos, como também no Carnaval, no Fórum Social Mundial ou na Festa da Cuca de Santa Cruz, as prefeituras não promovem e administram os eventos, mas contribuem com verbas e serviços públicos, nem de longe os principais, pelos quais exigem prestações de contas, quando é o caso. 
 
LEIA a notícia:
Prefeitura de São Paulo gastará R$ 27 milhões com Indy em São Paulo
Prova será realizada neste final de semana
Gazeta Press
26/04/2012 14:43

O prefeito Gilberto Kassab estima gastar aproximadamente R$ 27 milhões com a etapa de São Paulo da Fórmula Indy, marcada para o próximo domingo. Além de R$ 12 milhões em publicidade, serão mais R$ 15 milhões em investimentos de infraestrutura.

Kassab lembrou que os valores ainda não são definitivos e podem sofrer alterações, para cima ou para baixo, de acordo com as necessidades até a corrida de domingo. No ano passado, o prefeito estimou os gastos apenas com infraestrutura na faixa dos R$ 15,5 milhões.

“A Fórmula Indy é um evento superavitário. Se a prefeitura gasta um determinado valor, ganha, no mínimo, o triplo. Fora a questão social de geração de empregos. Além disso, a maioria dos investimentos que fazemos em infraestrutura ficam como legado para a cidade”, argumentou.

De acordo com os envolvidos na organização, boa parte dos investimentos foram direcionados para corrigir problemas de drenagem e eliminar ondulações no circuito de rua armado na região do Anhembi, que inclui a Avenida Olavo Fontoura e a Marginal Tietê.

A interdição de algumas vias e o aumento do trânsito mexem com a vida dos paulistanos, mas os inconvenientes valem a pena, garante Kassab.
“Como é no final de semana, a interferência é baixa, mas é claro que existe. Essa interferência saudável é o preço de trazer um grande evento como esse para São Paulo”, declarou.

Já o orçamento do Grupo Bandeirantes, promotor da etapa de São Paulo, é de R$ 54 milhões. Depois de sofrer prejuízo nos dois primeiros anos de disputa da corrida, Marcelo Meira, vice-presidente da organização, projeta um cenário diferente em 2012: “esperamos alcançar um ponto de equilíbrio”.

Segundo Marcelo Rehder, presidente da SP Turis, empresa de turismo de turismo e eventos municipal, no ano passado sete mil turistas visitaram a cidade para acompanhar a corrida. Em mídia espontânea, garante Rehder, o retorno foi de cerca de R$ 430 milhões.

Dos 42 mil ingressos colocados à venda, restam menos de 600, o que praticamente garante casa cheia no domingo. A corrida será transmitida para 130 países e, de acordo com Marcelo Meira, a NBC e a ABC, duas das maiores emissoras dos Estados Unidos, passarão o evento.

Tarso está á beira de um ataque de nervos. Agora, briga até com sua aliada mais carnal, a RBS

- O governador Tarso Genro poderá aproveitar seu tempo de ócio de oito dias em Portugal e na Espanha, antes de ir para o trabalho na Grã Bretanha, ao final da missão que começou antes, para reexaminar o rumo das trombadas que começou a dar com aliados eventuais ou duradouros que o ajudaram a desconstruir o governo Yeda Crusius e elegê-lo. Em pouco menos de uma semana, bateu de frente com seu aparelho mais fiel, o Cpers e entrou em conflito público com a OAB e a Ajuris. Neste final de semana, antes de viajar, irritou-se novamente com um texto de um jornalista de Zero Hora, mas em vez de responder ao profissional, preferiu apelar ao que chama de “redes sociais”, fenômeno que ele nem compreende direito, porque acha que “rede social” é o site do PT. De qualquer modo já é um progresso este apelo às “redes sociais”, porque o governo Olívio Dutra preferia pedir a cabeça dos jornalistas, mediante cortes de verbas e ameaças sem intermediários. A RBS, como se sabe, é a queridinha do governo federal do PT, do PT, e até há pouco do próprio Tarso Genro. Leia a seguir o que escreveram Zero Hora e Tarso Genro nesta segunda-feira. O texto de Tarso saiu no site do PT do RS, que é integrande de uma “rede social” tão clandestina quanto a de qualquer outro Partido. 

Tarso usa intermediário para responder à Página 10
29 de abril de 20120

Incomodado com a abertura da Página 10 de hoje, que vocês podem ler no post anterior, o governador Tarso Genro apelou ao site PT Sul para contestar o que escrevi. Embora não tenha me mandado o texto, democraticamente vou colar aqui a resposta dele, postada no PT Sul, como tenho feito sempre alguém contesta o que escrevo. Não me considero dona da verdade, mas não tenho nenhum reparo a fazer no que escrevi hoje. Quem acompanha a política no Rio Grande do Sul sabe muito bem como o PT se comportava na oposição.
Com a tranquilidade de quem muito criticou o governo de Yeda Crusius, reafirmo aqui a independência da Página 10. Não tenho compromisso com nenhum partido político, nem estou preocupada em agradar a quem quer que seja no Executivo, no Legislativo, no Judiciário ou no Ministério público".

Mais uma vez, apelamos às redes
Pela segunda vez neste mês, um articulista de ZH utiliza o espaço do jornal para fazer ataques diretos a políticos do governo do Estado, reportando-se diretamente à pessoa do governador. Neste domingo, foi a vez da jornalista Rosane de Oliveira "sentenciar" que Tarso Genro será "incoerente ou irresponsável", na solução para o pagamento do piso nacional do magistério. A colunista desconsidera o fato de que o governo da Unidade Popular Pelo Rio Grande adotou uma outra posição para retirar o estado da crise, que não a do governo anterior de criação do "déficit zero", que diminuiu as funções do Estado, sucateou a administração pública e congelou salários.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Bancos e repartições públicas funcionam normalmente nesta segunda. Empresas privadas, claro, abriram como sempre abrem em dia de trabalho.

Repartições públicas e bancos também abriram  normalmente o expediente nesta segunda-feira no RS. Isto vale para o governo estadual, repartições do judiciário e Assembléia Legislativa.

. Na semana passada, esta página chegou a avisar que serviços do governo estadual e do legislativo seriam paralisados.

. Os empreendedores e trabalhadores da iniciativa privada que não são da abonada área financeira, que são os que produzem riqueza e sustentam os serviços e empregos públicos, jamais fazem feriadão e por isto funcionam normalmente.

Você se interessa pelo mercado financeiro?
Aprenda a investir com quem tem experiência na Bolsa de Valores: Leandro & Stormer, mais de 10 anos de tradição no mercado. Aproveite as oportunidades que a bolsa te oferece e acesse http://tinyurl.com/caqrmuh