Entenda como é mantido o segredo da compra do Santander pelo Bradesco

* Clipping Carlos Brinckmann

Nota do editor - Os bancos a que se refere Brinckmann são Bradesco e Santander. O comprador é o Bradesco.

Num país de ficção, daqueles supertropicais, em que nem o realismo fantástico funciona porque é muito realista, dois gigantescos conglomerados financeiros acertaram um monumental acordo de fusão (que se chama fusão porque chamar uma operação tão bonita, em que um compra o outro, de tomada de controle, soa meio grosseiro).

As diretorias conversaram, acertaram detalhes, obtiveram a aprovação dos órgãos competentes de controle, negociaram com sindicatos envolvidos uma redução menos ardida no número de empregos, mantiveram a informação sob sigilo absoluto, mas certas providências internas precisavam ser tomadas. Algum jornalista horroroso, certamente golpista, nojentamente pensando em publicar notícias, soube. Os principais veículos de comunicação, neste país em que surrealismo e hiperrealismo são a mesma coisa, foram chamados, informados e instados a colaborar: receberiam a informação desde que a mantivessem embargada até o momento em que, dado o sinal verde do Governo, pudessem publicá-la.

Deu zebra: algum desapercebido avançou o sinal e teve de recuar, como se uma informação sem sentido tivesse surgido do nada, por puro milagre.

Mas espere: toda informação embargada em algum momento é liberada.

Foi cancelada a edição deste ano da Fenavinho, Bento Gonçalves, RS. O evento foi adiado para 2014.

Apesar disto, a programação do Bento em Vindima começará neste sábado, 12, em Bento Gonçalves. Serão dois meses de festa para celebrar a colheita da uva, fruto que dá origem ao produto turístico do município, o vinho, e impulsionar o fluxo turístico. Uma das atrações do evento é a já tradicional degustação de uvas na Via Del Vino.

- Bento Gonçalves possui a maior concentração de cantinas de produção de vinhos finos do Brasil. A atividade contempla diversos produtores da cidade, e acontece todos os sábados seguindo até o dia 12 de março das às 10h às 16h. Além da degustação, as uvas estarão sendo comercializadas com preços diferenciados, uva americana R$ 1,00 ao kg e uva de mesa R$ 3,00. As atividades são realizadas pela Secretária de Turismo.

Natal Luz termina neste final de semana. Conheça a programação.

Será neste final de semana o encerramento da programação do Natal Luz de Gramado.
Vale a pena examinar a programação no site http://www.natalluzdegramado.com.br/
 
. O espetáculo Korvatunturi, que estreou em evento solo este ano, produção do empreendedor que projetou o Natal Luz como evento mundial, Luciano Peccin, também encerra seu ciclo neste final de semana. Veja a programação no site http://www.gramadosite.com.br/korvatunturi   

“Porto Alegre é Top” já está nas bancas

Já circula a mais nova edição de “Porto Alegre é Top”, 90 páginas, edição da Plural, mesma editoria da revista de negócios “Amanhã”. Na capa, o jornalista Paulo Sant’Ana, da RBS.

Sema e PRF espantam-se com crescimento do desembarque de madeira ilegal da Amazônia

Causa espanto na secretaria estadual do Meio Ambiente e na Polícia Rodoviária Federal, o aumento do volume de madeira ilegal proveniente da Amazônia e introduzido de maneira irregular no RS.

. Serrarias e fábricas de móveis são os principais destinos.

O insurgente Marco Maia leva puxão de orelha da Folha

O deputado gaúcho Marco Maia (PT de Canoas), presidente da Câmara, levou novo puxão público de orelhas, destavez por parte da Folha de S. Paulo, em editorial. O STF e a PGR já tinham criticado Maia pelas declarações e atitudes belicosas que ele vem demonstrando em relação ao julgamento do Mensalão, organização criminosa montada e posta em ação pelos principais líderes do seu Partido, a começar pelo presidente Lula. “Ele presta enorme desserviço ao insistir na divergência com o Judiciário. Que divergência? 1) Maia avisou que não respeitará a sentença que cassa os mandatos de quatro deputados bandidos do Mensalão.
2) Maia considerou imprópria qualquer ordem do STF para investigar Lula. E não é só. Quando o PGR pediu a imediata prisão dos réus do Mensalão, o deputado do RS avisou que desrespeitaria a ordem judicial e abrigaria os bandidos dentro do recinto da própria Câmara.

. Tudo isto é inaceitável.

. O deputado Marco Maia insurge-se contra o Poder Judiciário de maneira criminosa.

. O que mais surpreende o editor é a passividade e a omissão dos colegas do deputado gaúcho, que não aplicam o devido corretivo a Maia, censurando-o publicamente e compelindo-o a calar a boca e a promover ações tresloucadas no comando da Câmara.

CLIQUE AQUI para ler o editorial da Folha.

Nova ação judicial de improbidade atinge governo petista de Tarcisio Zimmerman

Fora do governo desde o dia 1º de janeiro, o ex-prefeito Tarcisio Zimmerman, PT, viu sua administração parar de mais uma vez na Justiça de Novo Hamburgo.

. A ação desta semana configura novo caso de improbidade administrativa.

. Desta vez, a Comur, estatal local que administra o sistema de estacionamento rotativo e a rodoviária, é acusada pelo MPE de nomear apaniguados para CCs desnecessários. O juiz da 3ª. Vara Cível terá que decidir se mandará ou não demitir todo mundo e se exigirá devolução do dinheiro público distribuído irregularmente.

Tarso confirmará Lima Veiga na Procuradoria da Justiça

Se for novamente incluído na lista tríplice de candidatos ao cargo de Procurador Geral de Justiça do RS, Eduardo Lima Veiga terá seu nome confirmado pelo governador Tarso Genro.

Inadimplência aumentou 15%, busca de crédito caiu e economia passa sinais ruins neste início de ano

Até há poucas semanas, a presidente Dilma Rousseff ainda se dava ao luxo de tentar ensinar à chanceler Angela Merkel e até ao presidente Obama, a sua receita de sucesso para evitar a recessão e aquecer a economia, que é estimular o consumo e ativar a produção, mantendo uma política agressiva de redução de juros, renúncias fiscais, financiamentos baratos e de longo prazo, intervenção no câmbio, além de investimentos públicos na infraestrutura.

. Em 2008, na crise dos EUA, Lula foi a TV para defender mais consumo, surpreendendo o mundo.

. Acontece que desde as bravatas de Lula na TV, 2008, um pequeno número de economistas e de empresários, mas também líderes da oposição, alertaram para o esgotamento do modelo econômico nascido com o Plano Real. Um dos alertas mais agudos foi sobre a capacidade de pagamento dos consumidores.

. Esta semana, nesta sexta-feira, números da Serasa Experian sobre Demanda do Consumidor por Crédito, revelam que a quantidade de pessoas que procurou crédito em 2012 recuou 3,1%¨, a maior taxa desde que existe o índice, 2007.

. Também esta semana, a mesma Serasa Experian revelou que a inadimplência aumentou 15% no ano passado.

. São más notícias.

. O ambiente econômico interno não vai bem neste começo deste ano, porque a percepção corrente é de que a economia desacelerou para valer e além disto existem sombras turvas em relação a desindustrialização, aos preços e ao suprimento de energia. São três elementos relevantes.

.  Isto é visível a olho nu.

- No ano passado, o PIB cresceu apenas 0, 98%, muito próximo da recessão. Para este ano, o Boletim Focus, Banco Central, reestimou a previsão de crescimento do PIB, de 3,30% para 3,26%.

Saiba como a CEEE muda para investir portentosos e inéditos R$ 3,5 bilhões em tres anos

As informações que o editor passou a respeito da nova configuração do grupo CEEE, inclusive a possibilidade de mudanças de cadeiras, surpreendeu muita gente dentro e fora do governo, mas o fato é que o caso existe e decorre dos ajustes necessários e decorrentes da adesão do controlador ao programa de antecipação de concessões federais, fato que gerará graves prejuízos para o Estado. Menos mal que neste momento a CEEE está extremamente capitalizada, fruto do pagamento de uma dívida de R$ 3,5 bilhões que desde o governo Collares vinha sendo cobrada. Na nota a seguir, do Correio do Povo, o leitor perceberá que a CEEE começou a se mexer para investir o dinheiro que recebeu, porque temia-se que o governo Tarso Genro vampirizasse tudo no caixa único. Escreveu o Correio do Povo desta sexta-feira: Uma onda de investimentos orçados em R$ 3,5 bilhões do Grupo CEEE, em três anos, nas áreas da geração, transmissão e distribuição, reforçarão a segurança e a qualidade da energia elétrica no Rio Grande do Sul, garantiu ontem o presidente Sérgio Dias. Embora o sistema de energia seja interligado, ele tranquiliza os consumidores: não há risco de cortes no abastecimento de energia neste verão no Estado, exceto por situações excepcionais (tempestades, acidentes ou imprevistos). O nível de água nos grandes reservatórios e hidrelétricas no Estado está acima da média do mês — Passo Real (78%), Maia Filho (72%), Ernestina (75%), Itaúba (86%) e Dona Francisca vertendo água (120%). Nos investimentos, apenas em Porto Alegre, a CEEE-Distribuição aplicará R$ 1,6 bilhão para implantar 11 novas subestações. Destas, seis estão atualmente em fase de licitação e cinco em processo de contratação, informou Dias, que ontem esteve em visita ao presidente do Correio do Povo e vice-presidente do Grupo Record RS, Veríssimo de Jesus, na sede do jornal.

“Em seus 70 anos de existência, a CEEE implantou 70 subestações. Faremos 11 em três”, comparou o executivo.

CLIQUE AQUI para ler mais (as informações são todas muito relevantes).

Saiba por que a Guarida expande-se para Caxias, Ipanema e Redenção

Ao anunciar seus planos de expansão para este primeiro trimestre, a Guarida Imóveis acabou fornecendo uma pista correta sobre as novas fronteiras que são abertas no mercado imobiliário em Porto Alegre e Caxias do Sul, as duas maiores cidades do Estado. Eis como o diretor da Guarida, Alexandre Spolavori, justificou cada uma das três novas unidades da empresa:

Caxias – Está muito aquecido o mercado de imóveis corporativos e residenciais.
Porto Alegre, Ipanema – A zona Sul de Porto Alegre recebe a principal atenção das construtoras neste momento, sendo que Ipanema é o bairro em regime de maior valorização.
Porto Alegre, Redenção – A diversidade de serviços na vizinhança (parque, hospitais, supermercados e comércio de rua) agrega novos valores aos imóveis da região.

. A Guarida tem 35 anos e 80 mil clientes.

Postal aguarda fim das férias de Tarso para devolver o cargo de governador

Só neste sábado o deputado Alexandre Postal devolverá o cargo de governador a Tarso Genro, que volta de novas férias.

Westphalen nega, mas principais cargos de direção executiva da Assembleia já foram escolhidos

O novo presidente da Assembleia do RS, deputado Pedro Westphalen, PP, que assumirá em fevereiro, ainda não escolheu os principais superintendentes da Casa.

. É certo que a posição mais importante, a de superintendente Geral, irá para Hermes Dutra. Na área de comunicação, dividida em superintendente e diretores de jornalismo e propaganda, estão cotados Vicente Romano, Joabel Pereira e Sérgio Oliveira.

. O editor falou com o deputado ao meio dia desta sexta-feira e ele disse que os nomes listados por esta página são especulação desta página, porque as posições não foram definidas até agora.
 
- A verba anual de publicidade da Assembleia é bem pequena, chegando a R$ 4 milhões, com possibilidade de ir a R$ 4,8 milhões. 

Fortunati avisa: “Não quero ver ninguém com a bunda na janela”

Incomodado com as críticas do editor sobre sua falta de pulso e de autoridade no caso do secretário que o confrontou e levou o que queria, o prefeito José Fortunati demonstrou pulso e autoridade no seminário que reuniu uma multidão de auxiliares na quinta-feira.

. “Não quero ninguém com a bunda na janela”, avisou o prefeito aos secretários. Ele queria referir-se aos que preferem ficar permanentemente com as “bundas na cadeira”.

. No ano passado, o editor ouviu várias vezes o prefeito avisar que surpreenderia neste novo mandato, porque não toleraria ver sua administração emparedada pela “burocracia lenta” e pelo “sedentarismo de auxiliares”. O caminho mais consequente que ele escolheu para acabar com a “fadiga dos materiais” é o sistema de contratualização que ele implantará a partir de fevereiro. Estes contratos de gestão são as meninas dos olhos do INDG nas recomendações que ele costuma fazer aos governantes para os quais dá consultoria. O INDG trabalha há oito anos para a prefeitura de Porto Alegre.

Base aliada de Fortunati constrange-se com liderança de ex-adversário do PSB

Os vereadores da base aliada de José Fortunati estão constrangidos e contrariados com a decisão do prefeito de escolher o vereador Airto Ferronato para seu líder na Câmara de Vereadores.

. O PSB, Partido de Ferronato, até o mês passado apoiou a principal adversária do prefeito, a comunista Manuela D’Ávila, e há oito anos move feroz oposição ao PMDB e ao PDT na Câmara.

. Não há registro histórico de algo semelhante na Câmara de Porto Alegre.

Gastos secretos (cartão corporativo) de Lula chegaram a R$ 44,5 milhões

Os gastos da Presidência da República com cartões corporativos classificados como sigilosos por se tratarem de “informações estratégicas para a segurança da sociedade e do Estado” incluem compra de produtos de limpeza, sementes, material de caça e pesca e até de comida de animais domésticos. As despesas secretas do Executivo federal somaram R$ 44,5 milhões entre 2003 e 2010. O gasto preponderante no período - R$ 31,6 milhões - refere-se a despesas com hotéis e locação de carros.

Você sabia que a lista de gastos secretos do governo Lula incluía despesas com material de pesca? 

O que você acha disso?

Confira a matéria completa: http://zhora.co/V14lko

Foto: Ricardo Stuckert / Divulgação/PR




















. As informações constam de planilha do próprio Palácio do Planalto obtida pelo Estado. O levantamento detalha pela primeira vez a natureza dessas despesas sigilosas com cartão corporativo nos dois mandatos de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na Presidência. São 106 itens, incluindo também comissões e corretagem, despesas com excesso de bagagem, serviços médicos, taxas de estacionamento, pedágio, material esportivo e produtos médicos.

CLIQUE AQUI para conhecer algumas das despesas.

* Clipping O Estadode S. Paulo.

FOTO - Até as pescarias de Lula foram pagas pelos contribuintes. As contas, secretas, foram lançadas no cartão corporativo da Presidência.

Zé Dirceu, criminoso condenado pelo STF, ameaça: "O julgamento ainda não terminou"

- A entrevista a seguir foi concedida pelo subchefe do Mensalão, José Dirceu, ao jornalzinho do Sindicato dos Advogados do Rio. O tom da entrevista é belicoso, incomum para réu condenado em instância final a 10 anos de cadeia por atos claros de banditismo. Zé Dirceu e seus companheiros da organização criminosa, ainda raciocinam como se estivessem na ditadura militar, ignorando que vige no Brasil o estado democrático de direito - ignorando até que 8 dos 11 ministros do STF foram nomeados pelos governos do seu Partido, o que por si só demonstra o caráter criminoso de todos os condenados. A seguir, trechos da entrevista e link com a íntegra do material. 

Há sete anos fazem uma campanha dura e quase diária para me condenar e tentam associar meu nome a cada nova denúncia de corrupção. Atingir a mim, então ministro-chefe da Casa Civil do governo Lula, era a estratégia traçada para desestabilizar um projeto que começava a mudar a cara do Brasil. Vencidos nas urnas, optaram por atacar o apoio político e a ética do partido. É com este objetivo que a denúncia da Procuradoria-geral da República e a Ação Penal 470, no Supremo, ganharam o status de maior processo no combate à corrupção no Brasil, quando me elegeram o chefe da quadrilha de um sofisticado esquema criminoso. Grande parte da mídia sempre foi aliada à oposição e, agora, transformou o julgamento da Ação Penal 470 em um espetáculo com transmissão ao vivo e reportagens que privilegiaram a acusação, com pouco espaço para o contraditório. A maioria dos colunistas e boa parte dos editoriais não esconderam o desejo por condenação, deixando a presunção de inocência, por exemplo, em segundo plano.

(...)

Dediquei minha vida ao Brasil, à luta pela democracia e ao PT. Na ditadura, fui preso, condenado, banido do país e tive minha nacionalidade cassada, ações típicas de um regime de exceção. Não tive direito à defesa e fui obrigado a manter a luta na clandestinidade. Mais de 40 anos depois, volto a ser condenado em pleno regime democrático, porém mais uma vez sem a plenitude dos meus direitos de defesa.

A pena de 10 anos e 10 meses que a suprema corte me impôs só agrava a infâmia e a ignomínia de todo esse processo, que recorreu a recursos jurídicos que violam, abertamente, nossa Constituição e o Estado Democrático de Direito, como a teoria do domínio do fato, a condenação sem ato de ofício, o desprezo à presunção de inocência e o abandono de jurisprudência que beneficia os réus.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Carlinhos Cachoeira ameaça detonar PT e PMDB: "Vou contar tudo o que sei"

" No Brasil, o fundo do poço é apenas mais uma etapa..."
( Luiz Fernando Veríssimo )

Alguém ainda duvida, que podemos ir para bem além do fundo do poço?
À continuar esse atual desgoverno?
Desde os serviços públicos em total caos por todo país; a uma série sem fim de denúncias de corruptos na atual politicagem desse país!
Quando achamos que já vimos de tudo, que presenciamos tudo, outro acontecimento, abre um "buraco" no poço chamado Brasil, e descemos mais um pouco!
Sem uma tomada de consciência dos cidadãos em geral, reivindicando seus direitos constitucionais, onde o Governo é um empregado desse povo; jamais um ser acima das leis ou das vontades desses cidadãos que o elege. Jamais podermos subir e sair desse poço sem fim!
Para os corruptos, não existe limites para seus atos!
Enquanto seguirem livres e impunes, ainda mais cairemos buraco abaixo!
Contando os mortos!
Desde a violência urbana que, nunca foi tão alarmante nesse país!
Aos cidadãos que morrem sem atendimentos nas porta dos hospitais públicos!
A droga acabando com toda uma geração de jovens!
A falta de respeito as Leis em todos os sentidos!
Desde vandalismo nas salas de aulas, à motoristas bêbados e impunes que seguem ASSASSINANDO nas nossa ruas e BRs!
O fim do poço para o Brasil já chegou???
SE NADA FOR FEITO, ESSE AINDA É O MEIO DO POÇO!
Ainda podemos CAIR BEM MAIS!!
ALGUÉM DUVIDA?
ACORDA BRASIL!!!
( Raquel Santana )O contraventor Carlinhos Cachoeira voltou a ameaçar contar tudo o que sabe. Desta vez, ele disse que quer ser convocado para depor na CPI da Delta, atualmente suspensa por decisão judicial, na Assembleia Legislativa de Goiás. “Quero e vou falar o que eu sei, como consultor da Delta, da relação da empresa com as prefeituras e o governo estadual”, disse Cachoeira à jornalista Carla Borges, do jornal O Popular, de Goiânia.


. A declaração de Cachoeira é entendida como uma nova ameaça ao PT e ao PMDB, especialmente em Goiás. Prefeituras importantes do Estado, a exemplo de Goiânia (a capital), Anápolis, Aparecida de Goiânia e Catalão, governadas por PT e PMDB, mantiveram contratos milionários com a empreiteira Delta, empresa da qual o bicheiro era consultor e lobista. A construtora também tem contratos o governo de Goiás, comandado por Marconi Perillo, mas o tucano não deve ser o alvo preferencial do contraventor.
Cachoeira fez a nova ameaça logo após retornar de sua lua-de-mel com a empresária.

* Clipping www.brasil247.com.br

Em Erechim o PDT também vira a mesa, abandona o PT e apóia o candidato do DEM

O noticiário político de Porto Alegre centra toda a atenção aos eventos que ocorrem em Novo Hamburgo, com ênfase na surpreendente virada de mesa do PDT, que mudou de lado e passou a apoiar o candidato do PMDB, Paulo Kopschina, contra o petista Tarcisio Zimermann, sem prestar atenção a outra campanha eleitoral fora de época, a de Erechim, onde está ocorrendo exatamente a mesma coisa: também lá o PDT virou a mesa, abandonou o PT e fechou com a candidatura oposicionista de Luiz Francisco Schmidt, do DEM.

. Os candidatos em Erechim serão:

Anacleto Zanella, PT, apoiado por oito Partidos
Luiz Francisco Schmidt, DEM, com o apoio de nove siglas, inclusive os fortíssimos PDT e PP.

. A maior surpresa em Erechim nem chega a ser a virada de mesa do PDT, mas a união de dois líderes históricos da cidade, Eloi Zanella, PP, e Antonio Dexheimer, PMDB, que resolveram marchar juntos para derrotar o PT, apoiando Schmidt.

- Em Erechim, como em Novo Hamburgo, o prefeito do PT também cometeu crime eleitoral e por isto a eleição foi anulada. 

ESTA NOITE EM PORTO ALEGRE. AGENDE-SE.Os melhores chopes e cervejas artesanais do RS
Bier Markt, Porto Alegre

Na Barão do Santo Ângelo 497 e na Castro Alves, 452.
São 24 torneiras de chope artesanal de várias partes do mundo, com barris alojados em câmera fria, servidos diretamente nos copos, sem serpentina e com cardápio diferenciado.
Mais informações: www.biermarkt.com.br

Folha manda Marco Maia obedecer as leis e respeitar as decisões do STF

Neste editorial, o jornal Folha de S. Paulo cobrou do presidente da Câmara, deputado Marco Maia, amplo respeito às instituições republicanas e democráticas do Brasil, mas sobretudo obediência às decisões do Poder Judiciário. O presidente da Câmara tem manifestado seguidas manifestações de afronta ao julgamento do Mensalão, ameaçando até mesmo o cometimento de atos criminosos para não cumprir as decisões do STF, como desacatar a ordem de cassar os mandatos dos réus condenados e até mesmo  abrigar bandidos com mandato parlamentar, inclusive o mensaleiro José Genoíno. Leia:

Apenas uma fração
Procurador-geral afirma que esquema do mensalão era muito mais amplo e que a denúncia incluiu somente o que era possível provar
Foram 53 sessões ao longo de quatro meses. Mais de 250 horas de julgamento. Um processo que acumulou pelo menos 50 mil páginas, sem contar os votos dos ministros, e resultou na condenação de 25 dos 37 réus.
Diante de cifras dessa magnitude, é espantosa a afirmação do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, de que o esquema do mensalão era sem dúvida "ainda muito mais amplo do que aquilo que constou da denúncia".
O assombro não se justifica só pelo fato de que essa ponta de iceberg já tenha dado ensejo ao maior julgamento da história do Supremo Tribunal Federal.
Segundo informações reunidas pela Procuradoria-Geral da República, o mensalão mobilizou R$ 141 milhões em dois anos, esquema alimentado por verbas públicas com a finalidade de comprar o apoio de parlamentares durante o primeiro mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).
É perturbador imaginar que o volume de recursos públicos desviados seja "muito mais amplo", mesmo que Gurgel evite dizer que fração do total o montante conhecido representava. Não é menos sinistra a perspectiva de que mais congressistas tenham sido corrompidos. E tudo isso ficou impune.
(...)
O presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), presta enorme desserviço ao insistir na divergência com o Judiciário, tanto com relação à competência para cassar deputados quanto no que tange a eventual nova investigação sobre Lula. Melhor faria ao país se reconhecesse que, nesses dois casos, tem de ser da Justiça a última palavra.

CLIQUE AQUI para ler tudo.