Procurador Geral da República investiga jatinho sujo de Marina

O PSB terá que explicar à Procuradoria Geral Eleitoral todas as circunstâncias do uso do avião fantasma Cessna Citation PR-AFA, que caiu matando  Eduardo Campos e outros seis tripulantes. O procurador-geral eleitoral, Rodrigo Janot, instaurou nesta sexta-feira, procedimento para investigar a prestação de contas do PSB. 

. O partido da candidata Marina Silva terá de apresentar toda movimentação financeira realizada para a utilização da aeronave durante a campanha.  Janot quer saber qual preço médio que o PSB teria pago pelo aluguel ao avião, que não tem dono declarado. O  uso da aeronave não foi declarado ao TSE.

Datafolha diz que Marina já vence no 1o e 2o turnos. Aécio despenca para 15%.

1º Turno
Marina Silva, PSB – 34%
Dilma Roussef, PSDB – 34%
Aécio Neves, PSDB – 15%

2º Turno
Marina – 50%
Dilma – 40%

Eleitores que julgam a administração boa ou ótima são 35% ante 38% na pesquisa anterior. A avaliação negativa (ruim ou péssimo) subiu de 23% para 26%. A taxa de regular oscilou de 38% para 39%.

Tarso evita fechamento do frigorífico do Alegrete. Marfrig garante empregos enquanto negocia.



O Governo do Estado recebeu nesta sexta-feira a direção do frigorífico Marfrig, no Palácio Piratini, com a intenção de evitar o encerramento das atividades na unidade de Alegrete e, consequentemente, as demissões em massa de funcionários. Na reunião, foi acordada a abertura de uma mesa de negociação para encaminhamento de medidas que viabilizem a continuidade das operações, além da melhora da eficiência da cadeia produtiva da carne no Rio Grande do Sul. 

Braskem consegue acordo sobre nafta com a Petrobrás. Pólo de Triunfo está a salvo.

Em nota que o editor recebeu esta noite, a Braskem informa que assinou com a Petrobras um aditivo ao contrato de nafta petroquímica com vigência até o fim de fevereiro de 2015. As condições atuais foram mantidas e o preço será ajustado retroativamente a 1º de setembro de 2014, na assinatura do novo contrato.

. O acordo venceria hoje. Caso não encontrasse modo de evitar reajustes exigidos pela Petrobrás, a Braskem ameaçava fechar um dos três pólos petroquímicos, SP, Bahia e RS. No Estado, governo e Fiergs mobilizaram-se para evitar o pior, tentando um acordo provisório, capaz de evitar marolas antes das eleições.

Foi o que acabou acontecendo.

. Disse a Braskem ao editor:

Este aditivo evitou a paralisação iminente da produção de centrais petroquímicas, o que traria graves consequências ao setor químico e petroquímico brasileiro.A Braskem segue empenhada na identificação de uma solução estrutural que permita a assinatura de um contrato de longo prazo com a Petrobras que assegure a competitividade da indústria química e petroquímica brasileira.

Dólar recuou 1,82% no mês

O dólar comercial fechou estável nesta sexta-feira, com leve queda de 0,01%, a R$ 2,239 na venda. Com isso, a moeda norte-americana se mantém no menor nível desde 29 de julho, quando encerrou a R$ 2,231.


. O dólar encerra a semana com perdas de 1,82% e o mês, com desvalorização de 1,36%. No ano, a moeda acumula queda de 5,03%.

Bolsa sobe 10% no mês. No ano, alta já chega a 18,99%

O Ibovespa, índice da Bolsa brasileira, fechou em alta de 1,65% nesta sexta-feira, a 61.288,15 pontos. É o maior valor de fechamento desde 23 de janeiro de 2013, quando a Bolsa encerrou a 61.966,26 pontos. 

. A Bovespa encerra a semana com alta de 4,93%. Em agosto, acumulou valorização de 9,78%, e emendou o terceiro mês de avanço. É o melhor desempenho para o mês desde 2003. No ano, a Bolsa acumula ganhos de 18,99%

Candidato a governador pelo PRTB resolve apoiar Simone Leite para o Senado

Edison Estivalet Bilhalva, candidato a governador pelo PRTB, anunciou esta tarde que apoiará a candidata a senadora  pela coligação PP-PSDB-SDD, Simone Leite. 

Duas casas em Porto Alegre.
O melhor por 5 anos seguidos, segundo Veja
Só chopes e cervejas artesanais. Mais de 100 rótulos.
Chopes, cervejas, cardápio, serviço:
www.biermarkt.com.br

Fiesp quer saber que medidas impedirão recessão também em 2015

O editor recebeu há poucos minutos da Fiesp

Economia brasileira entra em recessão
A divulgação do PIB do segundo trimestre de 2014, apontando contração de 0,6% em relação ao trimestre imediatamente anterior, mais a revisão do resultado do primeiro trimestre, de ligeira alta de 0,2% para recuo de igual magnitude, confirma o quadro de recessão da economia brasileira. 
O caso da indústria de transformação é ainda pior, já que a queda de 2,4% no segundo trimestre foi a quarta consecutiva, acumulando perdas de 5,5% nesses quatro trimestres. “Infelizmente, acreditamos que não há perspectiva de reversão desse quadro recessivo do setor num horizonte de curto prazo”, afirma Paulo Francini, diretor do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos (Depecon), da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp).
Adicionalmente a esse cenário, também ocorreu forte queda dos investimentos Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) entre abril e junho, na ordem de 5,3%, em relação ao primeiro trimestre deste ano. Com isso, os investimentos sofreram o quarto recuo consecutivo. De acordo com Francini, esses resultados, combinados com a contínua deterioração dos fundamentos econômicos, não permitem vislumbrar recuperação expressiva da economia brasileira nos próximos trimestres.

Que o ano em curso será um desastre para a nossa economia, já sabemos. Queremos ter visão sobre urgência de medidas capazes de, a partir do próximo ano, alterar este cenário de queda”, conclui Francini.

CLIQUE AQUI para ler reportagem de Valor sobre a turbulência provável dos emergentes.

Duas casas em Porto Alegre.
O melhor por 5 anos seguidos, segundo Veja
Só chopes e cervejas artesanais. Mais de 100 rótulos.
Chopes, cervejas, cardápio, serviço:
www.biermarkt.com.br

Economistas da Fiergs dizem que governo faz nova trama fiscal para mascarar despesas com a previdência

O gráfico ao lado é de análise da Fiergs ("Pedalada fiscal": a nova trama das contas públicas. 



Ao examinar os "indícios de uma nova manobra fiscal" praticada pelo secretário do Tesouro Nacional, o gaúcho Arno Augustin, que trabalha em plena parceria com o ministro guido Mantega e a presidente Dilma Roussef, os economistas da poderosa Federação das Indústrias do RS explicam que a jogada "diz respeito a um tipo de financiamento forçado dos bancos para o Tesouro Nacional,envolvem benefícios sociais e também despesas mascaras com a previdência social".

. Já se desconfiava de algo semelhante.

. A oposição, economistas e jornalistas atentos, já tinham feito a denúncia.

. O que diz estudo que a Fiergs acaba de divulgar para círculo restrito de leitores:

- O Tesouro Nacional resolveu inovar mais uma vez. Os dados das despesas com previdência, sugerem que algo está sendo feito para mascará-los. No primeiro semestre deste ano, o crescimento real registrado foi de apenas 0,8%, enquanto que nos últimos anos havia sido de 7,0% e 7,2%, respectivamente.

. É bem verdade que o reajuste do salário mínimo de 2014, de 1,2% em termos reais, é inferior ao registrado naqueles anos (7,5% e 2,6%) mas a forte rigidez desse tipo de despeesanão explica tamanha queda nos desembolsos.

. Como se explicaria a discrepância ?

. Os economistas da Fiergs já descobriram a resposta:

- É uma nova trama fiscal. 

CLIQUE AQUI para ler reportagem do Valor dehoje sobre o terceiro déficit consecutivo. 

Fiergs insinua que "pedalada fiscal" põe em risco até o programa Bolsa Família

Na análise devastadora que faz a Unidade de Estudos Econômicos da Fiergs neste final de agosto, intitulada  “Pedalada fiscal: a nova trama das contas públicas”, fica mais do que claro que a contabilidade criativa do dr. Arno Augustin faz o diabo no governo Dilma Roussef.

. O trabalho vai causar tremores políticos.

. Ele é pouco conhecido.

. Augustin e Dilma aprenderam a pedalar no incompetente e patético governo Olívio Dutra, que implementou uma desordem fiscal sem precedentes no Estado, modelo que Tarso Genro segue à risca.

. O que há de mais grave na denúncia da Fiergs é a revelação de que o Tesouro Nacional “atrasa os repasses para os bancos públicos e privados, refentes ao pagamento de benefícios do INSS, Seguro Desemprego, Abono Salarial (PIS), Bolsa Família e Crédito Agrícola”.

. Empresas de todos os portes informam há bastante tempo ao editor que reclamam que dinheiro do PIS não têm garantido o pagamento em dia do benefício aos seus trabalhadores. Interpelada, a Caixa Federal confessa que não recebeu o repasse. Por enquanto são atrasos de dez dias. 

. O que há ?

. Eis o que diz a análise da Fiergs:

- Os valores ficam retidos na entidade (Tesouro Nacional) para compor o superávit primário e só depois são repassados. É como se o Tesouro utilizasse um tipo de “cheque especial” nesses bancos.

. Há ameaça séria sobre atrasos e até calotes no pagamento de benefícios sociais como o Bolsa Família.

. O governo está sem dinheiro e pode quebrar.

. A prática é ilegal.

. A própria Fiergs desconfia que há ilegalidade.

. O problema é que os bancos estatais não podem fazer empréstimos para o governo.

. Estimativas apontam que, entre julho de 2013 e junho deste ano, R$ 19,5 bilhões não foram repassados para a Caixa Econômica Federal para pagamento de gastos sociais, essencialmente do Bolsa Família, e R$ 3,8 bilhões não chegaram ao CVaixa do BBG para fins de pagamento dos créditos da safra agrícola.

Duas casas em Porto Alegre.
O melhor por 5 anos seguidos, segundo Veja
Só chopes e cervejas artesanais. Mais de 100 rótulos.
Chopes, cervejas, cardápio, serviço:
www.biermarkt.com.br

A economia, estúpido, vai derrotar Dilma Roussef.

O marqueteiro preferido do presidente Bill Clinton costumava cunhar esta frase para explicar as vitórias do seu candidato:

- É a economia, estúpido.

. Ele queria dizer que um bom desempenho econômico costuma garantir a vitória de candidatos presidenciais.

. É um mantra seguido em todo o mundo.

. O contrário é verdadeiro.

. É sobre isto que o editor constrói seu comentário de hoje, intitulado A economia, estúpido, vai derrotar Dilma Roussef.

Aécio fala sobre o anúncio de recessão e decreta: "O governo Dilma acabou"

O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, responsabilizou nesta sexta-feira o governo da presidente Dilma Rousseff (PT), que busca a reeleição, pela fraco desempenho da economia brasileira, que entrou em recessão técnica no segundo trimestre.

. O material é da Reuters.

. "Hoje é um dia triste para o Brasil, o país entrou em recessão técnica", disse Aécio a jornalistas em São Paulo. "Na verdade, o governo do PT terminou antes da hora e o legado será crescimento baixo, investimento baixo, com inflação alta, juros altos e uma perda crescente da confiança na nossa economia, o que impacta nos investimentos e no emprego." O Produto Interno Bruto do Brasil caiu 0,6 por cento no segundo trimestre sobre os primeiros três meses do ano, com forte retração nos investimentos e na indústria, segundo dados divulgados pelo IBGE nesta sexta-feira.. Como o resultado do primeiro trimestre sobre os últimos meses de 2103 foi revisado para contração de 0,2 por cento, o país entrou no que os economistas chamam de recessão técnica, que é quando a atividade econômica cai por dois trimestres seguidos. "Mais do que nunca fica claro que este modelo que está aí fracassou", disse Aécio, acrescentando que é preciso mudar e que ele representa a mudança consistente.

. "Na verdade o atual governo fracassou, e fracassou principalmente na condução da economia brasileira."

Yeda abre comitê central em Porto Alegre

Com a cuia numa das mãos. 


Pelo menos 120 pessoas participaram ontem a noite do ato público que emplacou a abertura do comitê central da ex-governadora Yeda Crusius, que é candidata a deputada Federal.

. O local, Benjamin Constant, três ambientes, também sedia centro de propaganda da campanha de Aécio.


. Yeda Crusius falou no auditório para 80 convidados, numa noite que também contou com apresentações técnicas sobre sua campanha e o sentido das eleições para presidente, governador, senador e deputados. 

. A ex-governador continua perocorrendo o Estado para sessões de autógrafos da sua autobiografia.

Duas casas em Porto Alegre.
O melhor por 5 anos seguidos, segundo Veja
Só chopes e cervejas artesanais. Mais de 100 rótulos.
Chopes, cervejas, cardápio, serviço:
www.biermarkt.com.br

Dica de livro - Nunca antes na diplomacia

Paulo  Roberto de Almeida é diplomata desde 1977. É doutor em Ciências Sociais e Mestre em Planejamento Econmico. ^

Sobre o livro, escreveu Rodrigo Constantino, Veja:

Estou lendo o livro Nunca antes na diplomacia…, de Paulo Roberto de Almeida, que cai como uma luva para atender a minha demanda. O livro é uma coletânea de artigos e ensaios do diplomata, tudo muito bem organizado. Começa explicando o que seria uma postura diplomática ideal, quais suas funções, e define conceitos importantes. Em seguida, traça uma historiografia de nossa diplomacia, dividida em fases marcantes. Por fim, mergulha mais a fundo nas decisões dos últimos anos, mostrando que houve uma quebra de paradigma.

Diplomatas costumam assumir uma forma bastante cautelosa de crítica. Não Paulo Roberto. Ele adota postura totalmente independente, e pode se dar ao luxo de realmente dizer o que pensa.

Nunca antes na diplomacia.
Editora Appris
288 páginas
R$ 61,00
- O editor comprou, lê e recomenda. A Livraria Cultura entrega em casa. 

Duas casas em Porto Alegre.
O melhor por 5 anos seguidos, segundo Veja
Só chopes e cervejas artesanais. Mais de 100 rótulos.
Chopes, cervejas, cardápio, serviço:
www.biermarkt.com.br

Data Cempro, RS, alcança tecnologia de software para sistemas contábeis da Unopar, Paraná.

A Data Cempro, de Cachoeirinha, fechou parceria com a Unopar (Universidade do Norte do Paraná) para fornecimento da Tecnologia do Pen Drive Educacional ContabMilenium. Pelo contrato firmado entre as entidades, os alunos de Ciências Contábeis (presencial e EaD – Educação a Distância) da entidade podem aplicar na prática o conhecimento adquirido em sala de aula utilizando a tecnologia de software da empresa de sistemas contábeis.

. O sistema contábel da Data Cempro está disponiveis para os estudantes da Unopar em todas as suas mais de cinco unidades espalhadas pelo estado do Paraná. Alunos por ensino à distância utilizam a tecnologia em abrangência nacional.

Procon fechou dois supermercados Nacional, grupo Walmart, em Porto Alegre

Dois supermercados Nacional foram  fechados esta manhã pelo Procon de Porto Alegre. Um fica na Rua Carazinho, próximo da Avenida Nilo Peçanha. A outra loja é na Avenida Aureliano de Figueiredo Pinto. A bandeira pertence à empresa Walmart.

. Os problemas são a venda de produtos vencidos e a diferença de preços apontados nas gôndolas e aqueles cobrados no momento do pagamento no caixa.

. A suspensão das atividades é por sete dias e se baseia na reincidência da empresa

. O Procon procedeu fiscalização em 14 supermercados Nacional em Porto Alegre agora em agosto.

Entrevista, José Cairolli - Vou ouvir o que Marina tem a dizer para o agro do Brasil

ENTREVISTA
José Cairolli, candidato a vice-governador, na chapa José Ivo Sartori, PMDB-PSD

O senhor irá ao encontro, hoje, de Marina Silva ?
Estou embarcando (13mh30min) para São Paulo.A candidata a presidência da república, Marina Silva e sua equipe tem um difícil trabalho de reaproximação com o agronegócio, mas o que ela quer, hoje, é desfazer equívocos, segundo me disseram.

Qual é o problema ?
Ela busca do diálogo. Foio o que me disseram. Vamos ver. A  candidata pretende  se encontrar com empresários do setor sucroenergético em um jantar, na casa do empresário Plínio Nastari, que é consultor da Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar). Recebi o convite dele.

Por que este setor sucronergético ?
A equipe de Marina tenta uma aproximação do agronegócio por meio do setor que se mostra insatisfeito com o atual governo.

E vocês, os demais ?
Não existe uma posição consolidada do agronegócio em relação a Marina. O que existe é uma insegurança, e a equipe de campanha de Marina deve esclarecer que isso não tem fundamento.

Isto significa que o senhor apoiará Marina ?

O encontro não tratará do apoio à candidatura de Marina mas sim da apresentação das demandas do setor, como já aconteceu em outras oportunidades com os demais candidatos. Precisamos passar para a candidata as informações sobre o funcionamento do agronegócio e orientá-la sobre o potencial do setor para o futuro do país”. 

Alckmin trai Aécio de novo. Ele é esnobado como ficha suja por Marina, que manda vice ajudá-lo em SP.

Depois de trair Aécio com Campos, Alckmin rebaixa-se de novo, aceita veto de Marina, que o abomina como representante da velha política, e aparece com um vice que não significa nada em SP. 

A exibição de um depoimento do vice de Marina Silva (PSB) na propaganda eleitoral do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), desagradou a aliados do candidato dos tucanos ao Planalto, Aécio Neves.

. Marina rejeita Alckmin, que segundo ela é raposa da velha política. Ela não quer saber de chegar perto do tucano e escalou Beto Albuquerque para o trabalho sujo de aparecer ao lado do governador. Alckmin tem como vice um deputado do PSB e já traía Aécio com propaganda com Eduardo.

. Nome do PSDB no maior colégio eleitoral do país, Alckmin levou ao ar uma peça em que o deputado Beto Albuquerque (PSB-RS) cita Marina e o ex-governador Eduardo Campos, morto há duas semanas. Ele diz que Campos via no paulista "o exemplo de homem público que todos desejamos".

. Embora já tenha gravado para a propaganda de Alckmin, Aécio nunca apareceu no horário do governador, que trata de salvar a pele. 

CLIQUE AQUI para ler "As regras do jogo", Fernando Gabeira.

Zé Dirceu apóia Dilma e Marina. Sobre Marina: "Ela é o Lula de saias !".

Ou Lula é uma Marina de saias ?



O subchefe dos mensaleiros,  que cumpre pena de prisão pelos crimes que cometeu em regime semiaberto em Brasília, avalia o cenário eleitoral como bastante consolidado, com a presidente Dilma e Marina Silva no segundo turno. Depois, vitória para a candidata do PSB.

. Para o criminoso petista, a ex-senadora tem força semelhante à do ex-presidente Lula em 2002;. Por isso, sua frase mais recorrente nos últimos dias é: 

- Marina é o Lula de saias

Análise, Ricardo Bergamini - Entenda melhor como é a recessão no Brasil

CLIQUE AQUI para ler, também, Rodrigo Constantino:
"Ué, não era a tal da crise externa ?"

Na análise que você poderá examinar na íntegra no
link a seguir, Ricardo Bergamini informa que na comparação com o primeiro trimestre de 2014, o PIB (Produto Interno Bruto) a preços de mercado do segundo trimestre apresentou queda de 0,6% na série com ajuste sazonal. A agropecuária teve variação positiva de 0,2%, enquanto a indústria (-1,5%) e os serviços (-0,5%) recuaram. Na comparação com o segundo trimestre de 2013, o PIB teve queda de 0,9%, sendo que a agropecuária permaneceu estável (0,0%), a indústria teve recuo (-3,4%) e os serviços variaram 0,2%.

. O editor publica o material de análise em primeira mão.

. Diz Ricardo Bergamini:

No acumulado nos quatro trimestres terminados no segundo trimestre de 2014 (12 meses), houve crescimento de 1,4% em relação aos quatro trimestres imediatamente anteriores. No primeiro semestre o PIB apresentou uma expansão de 0,5% em relação a igual período de 2012. O PIB em valores correntes alcançou R$ 1,27 trilhão no segundo trimestre, sendo R$ 1,1 trilhão referentes ao Valor Adicionado a preços básicos e R$ 183,7 bilhões aos Impostos sobre Produtos líquidos de Subsídios.

CLIQUE AQUI para examinar tudo. 

Procon multa Vivo por cobrança indevida de seguro

O Procon estadual de São Paulo multou as empresas Vivo e Mapfre Vera Cruz Seguradora por cobrança mensal de dois tipos de seguro (Seguro Conta Protegida e Seguro Residencial) na fatura de telefone do consumidor, sem sua prévia autorização.

. A conduta de ambas as empresas configura prática abusiva infringindo o artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor, de entregar ao consumidor, sem solicitação prévia, qualquer serviço, no caso da Mapfre. Já a Vivo praticou a cobrança sem a manifestação do usuário na própria fatura de serviço, o que obriga o consumidor a efetuar o pagamento.

. O valor da penalidade de cada empresa é, respectivamente, R$ 7,5 milhões e R$ 3,5 milhões, totalizando R$ 11 milhões.

IBGE anuncia que o País está em recessão. PIB cai 0,6% no segundo trimestre.

A economia brasileira teve recessão de 0,6% no segundo trimestre de 2014, em relação aos três primeiros meses do ano, na série com ajuste sazonal. A Indústria apresentou queda de 1,5% entre abril e junho enquanto os Serviços declinaram 0,5%. Em sentido contrário, a Agropecuário avançou 0,2%.

. No primeiro trimestre, a economia registrou retração de 0,2%, após revisão. Originalmente, foi reportado crescimento de 0,2% nos três meses até março. No trimestre final de 2013, houve expansão de 0,5%, em vez de 0,4%.

. Com a revisão, o país enfrenta uma "recessão técnica", quando há dois trimestres consecutivos de queda da atividade econômica.

- Na comparação com o segundo trimestre de 2013, o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro encolheu 0,90%. Nos 12 meses encerrados em junho, houve, contudo, crescimento, de 1,4%.
Fonte: IBGE

Período
Variação do PIB (%)

2º trimestre 2014 / 1º trimestre 2014
-0,60
2º trimestre 2014 / 2º trimestre 2013
-0,90
Acumulado em 4 trimestres
1,40
1º semestre 2014 / 1º semestre 2013
0,50

Eis a lista dos 30 maiores bilionários do Brasil

A lista foi organizada pela revista Época Negócios

1º Jorge Paulo Lemann R$ 49,85 bilhões
2º Joseph Safra R$ 35,98 bilhões
3º Marcel Herrmann Telles R$ 25,58 bilhões
4o Carlos Alberto Sicupira R$ 22,30 bilhões
5º Roberto Irineu Marinho R$ 15,93 bilhões
6º José Roberto Marinho R$ 15,86 bilhões
7º João Roberto Marinho R$ 15,86 bilhões
8º Marcelo Bahia Odebrecht & família R$ 14 bilhões
9º José Batista Sobrinho & família R$ 11,92 bilhões
10º Francisco Ivens de Sá Dias Branco R$ 10,99 bilhões
11º Walter Faria R$ 9,80 bilhões
12º André Esteves R$ 9,55 bilhões
13º Eduardo Saverin R$ 9,52 bilhões
14º Ermírio Pereira de Moraes R$ 9,15 bilhões
15º Abilio dos Santos Diniz R$ 8,90 bilhões
16º Aloysio de Andrade Faria R$ 7,52 bilhões
17º Maria Helena Moraes Scripilliti R$ 7,33 bilhões
18º Pedro Moreira Salles R$ 7,17 bilhões
19ºJoão Moreira Salles R$ 7,17 bilhões
20º Fernando Roberto Moreira Salles R$ 7,17 bilhões
21º Walter Moreira Salles Júnior R$ 7,17 bilhões
22º David Feffer & família R$ 6,93 bilhões
23º Miguel Krigsner R$ 6,45 bilhões
24º Regina de Camargo Pires Oliveira Dias R$ 6,27 bilhões
25º Rosana Camargo de Arruda Botelho R$ 6,27 bilhões
26º Renata de Camargo Pires Oliveira Dias R$ 6,27 bilhões
27º Edson de Godoy Bueno R$ 5,79 bilhões
28º Cesar Beltrão de Almeida & família R$ 5,58 bilhões
29º Nevaldo Rocha & família R$ 5,36 bilhões
30º Antonio Luiz Seabra R$ 5,05 bilhões

Saiba o que fará Michel Temer em Porto Alegre nesta sexta-feira

Michel Temer tenta ampliar a vantagem de Dilma no RS, ameaçada por Marina Silva. Na charge ao lado, Alpino demonstra como a cadeia alimentar mudou. 


A primeira agenda será em Porto Alegre. O presidente nacional do PMDB desembarcou no Aeroporto Salgado Filho às 9h, onde foi recepcionado pelo deputado Eliseu Padilha, coordenador nacional da campanha presidencial e organizador da agenda no Estado, e lideranças do PMDB. De lá, seguiram para uma visita a OAB-RS. Logo depois (10h20), o vice-presidente fará uma caminhada pelo Mercado Público e falará com a imprensa. Em seguida, continuará a pé pelas ruas de Porto Alegre em direção ao Comitê do PMDB para inauguração oficial (11h20).

. Após a inauguração, às 12h, o presidente Michel Temer terá um encontro com as Lideranças do PMDB, no Ritter Hotel (Largo Vespasiano Júlio Veppo, 55). Às 12h30 fará uma palestra sobre o “Governo Federal no Rio Grande e no Brasil, hoje e amanhã”. E, às 13h15 tirará fotos com os candidatos e correligionários peemedebistas, no próprio hotel.

. Depois disso irá para SC.

Celso Ming faz crítica ao Programa de Governo de Marina. Ele será lançado hoje em SP.

CLIQUE AQUI para conhecer o projeto de Marina.

Com o título "Projeto Marina", o jornalista Celso Ming, Estadão, faz crítica antecipada ao programa de governo de Marina Silva, que ainda nem é conhecido. Leia tudo:

O lançamento do programa do governo do PSB-Rede, coordenado por uma das controladoras do Grupo Itaú, Maria Alice Setúbal, a Neca, está agendado para sexta-feira; Mas não é preciso esperar para conhecer algumas de suas linhas mestras


. Está na hora de começar a avaliar o que seria a política econômica de um agora mais provável governo Marina Silva.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Colombo venceria no primeiro turno em SC, mas tucano Paulo Bauer cresce 100%.

Entre parênteses, os números anteriores. A pesquisa é do Ibope. 

Raimundo Colombo, PSD - 43% (40%)
Paulo Bauer, PSDB - 19% (10%)
Claudio Vignatti, PT - 6%


Afrânio Boppré (PSOL), Gilmar Salgado (PSTU) e Janaína Deitos (PPL) apresentaram 1% cada. Os votos brancos e nulos somaram 10%, e os indecisos, 17%.

Expointer, maior feira do agro do Brasil, abrirá amanhã em Esteio

Abrirá ao público, amanhã, sábado, a 37ª. Expointer, Esteio,RS.  Trata-se da maior e mais importante feira do agro no Brasil, inclusive máquinas. Você pode encontrar toda a programação do evento em http://www.expointer.rs.gov.br/inicial.

CLIQUE AQUI para obter uma visão 360 graus da Expointer, capturada por drone da Skydrones.

Temer, hoje, em Porto Alegre. Ele vai inaugurar comitê do PMDB de apoio a Dilma.

O vice-presidente Michel Temer passará a manhã em Porto Alegre. Ele vem inaugurar comitê de líderes locais da base aliada, sobretudo PMDB. Será as 11h. Temer viajará em seguida para SC.

. José Sartori, candidato ao governo, não vai comparecer porque apóia Marina.

-  Lula, que viria hoje ao Estado, cancelou pela segunda vez sua viagem a Porto Alegre. Ele também iria a Pelotas. 

Mujica virá a Porto Alegre para apoiar Tarso Genro

No dia 10 de setembro o presidente do Uruguai, José Mujica, virá a Porto Alegre para fazer campanha pela reeleição do governador Tarso Genro.

. A viagem será patrocinada pela Ufrgs, a pretexto de ouvir o presidente sobre a liberação da maconha no Uruguai.

. A direção da Ufrgs, como se sabe, é dominada por falanges do PT.

No debate da Band TV, Vieira da Cunha rebate Tarso: "Não tem conquista nenhuma da dívida. O projeto está empacado no Congresso".

Viera desmascara Tarso: "Que conquista, Tarso ? O projeto está empacado no Senado !".



A dívida pública de R$ 50,4 bilhões do Rio Grande do Sul com a União, dominou o debate da Rede Bandeirantes entre os candidatos ao governo do Estado na noite desta quinta-feira. Foi o primeiro debate em TV aberta. O governador Tarso Genro foi o principal alvo das críticas, o que sempre acontece com governante dispostos a buscar a reeleição.

. Críticas à tentativa de renegociação da dívida com a União pelo governo de Tarso Genro (PT) e soluções para as finanças gaúchas predominaram entre os discursos de Ana Amélia Lemos (PP), João Carlos Rodrigues (PMN), José Ivo Sartori (PMDB), Roberto Robaina (PSOL), e Vieira da Cunha (PDT).

O momento mais esclarecedor do debate foi quando Tarso direcionou sua pergunta a João Carlos Rodrigues para rebater as críticas. 

. O governador apontou o que classificou como "conquista histórica do Estado de rebaixar a dívida em R$ 15 bilhões" contratada por outros governos. 

. Vieira, na sequência, desmascarou por completo a conversa do governador:


— Não tem conquista nenhuma na dívida. O projeto está empacado no Senado por determinação do ministro da Fazenda do governo Tarso Genro. Que conquista é essa?

. Tarso Genro admitiu o puxão de orelha e pediu que os parlamentares do PDT ajudem a aprovar a proposta de renegociação que se encontra na Câmara.

Greve geral parou a Argentina. Vôos são cancelados para Buenos Aires.

Os ônibus pararam em Buenos Aires


Em Porto Alegre, centenas de brasileiros que queriam viajar ontem para a Argentina não conseguiram embarcar. As agências gaúchas de viagens não sabem o que fazer com os pacotes que já tinham vendido para Buenos Aires. O mesmo ocorre em todo o País. O cenário não mudará durante todo este final de semana.

A greve geral de 24 horas na Argentina convocada pelas três centrais operárias opositoras à presidente Cristina Kirchner começou nesta quinta-feira com bloqueios em estradas e cancelamento de vôos, inclusive no Brasil. A paralisação, a segunda em quatro meses, exige melhorias salariais no momento em que a economia está em declínio. Houve confronto entre policiais e manifestantes em uma das estradas de acesso a Buenos Aires. Maquinistas de trens, bancários, portuários, trabalhadores aeronáuticos, funcionários de hospitais públicos e caminhoneiros são alguns dos setores atingidos pela greve. Outros sindicatos, como o de funcionários públicos, já realizavam paralisação desde a última quarta.

. Os sindicatos denunciam que a inflação anual superior a 30% castiga sem piedade os bolsos dos trabalhadores, no momento em que a taxa de desemprego cresceu de 7,1% a 7,5%.

CLIQUE AQUI para examinara reportagem do jornal Clarin, explicando as causas da greve.