Base governista, no desespero, tenta adiar a instalação da CPI da Petrobrás

O carioca Amorim, que trabalhou no Pasquim, apanhou com precisão a manobra do governo Dilma e do PT, a mesma que tenta na Assembléia do RS o governador Tarso Genro no caso da CPI da CEEE.



Se o leitor sintonizar no canal 169 da Sky, agora, 22h02min, verá os debates vergonhosos que comanda a base governista, tentando adiar através de chicanas a instalação da CPI da Petrobrás.

. Sob a custódia do senador Renan Calheiros, a base quer empurrar goela abaixo um dispositivo que não é contemplado regimentalmente, no caso o transcurso de prazo equivalente a cinco sessões da Câmara e do Senado, para a indicação dos membros da comissão de investigações.

. O desespero dos deputados e senadores governistas é transparente.

. Caso passe a chicana, as bancadas terão que esperar até o início de junho, jogando o início dos trabalhos para o período da Copa e com isto obscurecendo a repercussão dos trabalhos.

. A oposição fustiga os governistas, sobretudo os deputados e senadores do PT, acusando-os de fugir do debate e abafar o escândalo.

Obra da CEEE para iluminar a Arena do Inter está um ano atrasada

A Aneel confirmou hoje que lançou mesmo um alerta sobre o atraso nas obras da subestação Menino Deus, Porto Alegre, principal fonte alimentadora da energia elétrica que permitirá a iluminação da Arena do Internacional durante os jogos da Copa.

. Inspeção realizada em abril demonstrou que estavam concluídas 85% das obras civis e apenas 42% da montagem.

. É o estádio em pior situação nesse quesito.


. As obras estão um ano atrasadas e deveriam ter sido entregues dia 30 de abril. 

PGR vê privilégios inequívocos para os bandidos petistas presos na Papuda. Zé Dirceu já teve até feijoada na cadeia.

O material ao lado é do chargista turco Yasar Kemal Tura.


O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, vê "indicativos bastante claros" de que os condenados np Mensalão, receberam tratamento diferenciado no presídio da Papuda. Em parecer enviado ao Supremo Tribunal Federal, ele cita visitas ao ex-ministro José Dirceu e ao ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares em dias e horários não estabelecidos, café da manhã diferenciado e até "uma feijoada exclusiva para os internos da Ação Penal 470".

O parecer de Janot tem como base documentos enviados ao Supremo pelo Ministério Público do Distrito Federal. O presidente do STF, Joaquim Barbosa, havia pedido a opinião do procurador-geral sobre o assunto.

Artigo, José Nêumane Pinto - Quem ficou rico com os prejuízos da Petrobrás?

A 36 dias da abertura da Copa do Mundo, o futebol vai se tornando o assunto predominante no Brasil, embora as pesquisas de opinião pública sobre a disputa da Presidência continuem em voga, conta o jornalista Nêumane Pinto no seu artigo de hoje do Estadão. Leia mais:

 Então, talvez não seja de mau alvitre recorrer a lúcidos ensinamentos do futebol para aplicar na campanha eleitoral. Este é o caso da máxima dos treinadores que mais ganham campeonatos seguindo uma lição simples: "Em time que está ganhando não se mexe". Mas, com a importância cada vez maior dada ao marketing político nas democracias ocidentais, convém não esquecer o lema que está por trás de toda publicidade, seja comercial, seja religiosa, seja política, atribuído a Joseph Goebbels, o mago da propaganda do nazismo: "Uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade".


. Candidata obstinada à própria reeleição, a presidente Dilma Rousseff pode até não ter pensado nas duas sentenças, mas, na certa, as aplicou quando repetiu o mantra com que seu antecessor, padrinho e agora pedra no sapato Luiz Inácio Lula da Silva derrotou Geraldo Alckmin, em 2006, e ela própria adotou para manter José Serra à distância, em 2010.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

70% da elite empresarial prefere Aécio, constata em amostragem o jornal Valor

Votação realizada pelo jornal Valor na festa de entrega do prêmio Executivo de Valor, SP,segunda-feira, demonstrou que Aécio é o candidato preferido dos 103 eleitores empresariais:

Aécio Neves, PSDB, 70%
Eduado Campos, PSB, 16,5%
Dilma Roussef, PT, 2,91%


Este jovens do Partido Novo querem a política sem o ranço do passado.

Nesta terça-feira a noite o editor foi um dos convidados a falar para os jovens que organizam no RS o Partido Novo. Também falou no evento outro convidado, Percival Puggina.

. Foi no Plenarinho da Assembléia.

. Se o leitor quiser saber o que aconteceu lá e entender o que disse o editor sobre os impasses e alternativas da economia gaúcha, basta clicar no vídeo abaixo, intitulado Este jovens do Partido Novo querem a política sem o ranço do passado.

Este pacote de uma semana em Cancun, é vendido pela Gaia por US$ 1.064 por pessoa

A Cidade do Panamá, ao lado, será contemplada com um pit stop de um dia para compras. 



Este pacote para Cancun, México, que a agência gaúcha Gaia passou a vender em Porto Alegre, chega a ser surpreendente,  porque os valores são inferiores aos de qualquer outro pacote para capitais do Brasil.

. Ele inclui passagens de ida e volta pela Copa, uma diária na Cidade do Panamá, meca atual dos compristas brasileiros, e seis noites de hospedagem no Cancun Hotel Oasis Palm, além dos transfers nas duas cidades.

. Tudo por US$ 1.064 por pessoa.

. A saída será de Porto Alegre, dia 25 de maio.

Site da Gaia: www.gaiaturismo.tur.br

E-mail: gaiaturismo@gaiaturismo.tur.br

Cais Mauá terá soft open durante os jogos da Copa

As obras começaram pelos armazéns, mas o projeto é muito mais abrangente. 


Os porto-alegrenses poderão usufruir durante a Copa do Mundo de uma prévia do que será o projeto de revitalização do Cais Mauá da Capital. Chamado de soft open, o espaço provisório à beira do Guaíba, localizado nos armazéns A e B, abrigará telão, maquete da obra, gastronomia, entre outras opções de entretenimento. 

. Essas e outras novidades foram contadas por Luiz Eduardo Franco de Abreu, diretor-presidente da NSG Capital e representante dos investidores da Cais Mauá do Brasil S.A, no Tá na Mesa, da Federasul, nesta quarta-feira, 07 de maio.

. De acordo com Abreu, o projeto orçado em R$ 700 milhões, aguarda Licença de Instalação (LI) para iniciar a obra. “A previsão é iniciar as obras dois meses depois da Copa, que devem se estender ao longo de 2015”, disse, lembrando que o ritmo não é o desejado, mas a complexidade exige critério  por questões de segurança.  A NSG Capital detém uma participação de 39% da Cais Mauá do Brasil, a GSS Holding (da Espanha) 51% e o Grupo Bertin, de São Paulo, 10%.


. O projeto  prevê a restauração de 11 armazéns construídos na década de 1920, a revitalização do prédio da Secretaria de Portos e Hidrovias (SPH) abrigará um hotel-conceito, um shopping center, torres comerciais e um centro de eventos no antigo prédio do frigorífico. A expectativa é a criação de 4,8 mil postos de trabalho, segundo Abreu.

Multiprática e suas 2 mil conveniências e utilidades domésticas abre as portas no Lindóia Shopping

Uma loja de pequenas conveniências para casas e escritórios, com ênfase em ferragens, a Multiprática, abriu as portas no Lindóia Shopping, Porto Alegre. A proposta de Ricardo e Renata Matos é também atender outras conveniências e utilidades para o lar, tudo nas áreas de bazar, presentes e utilidades domésticas.

. São 110 m2 e 2 mil itens.

. O diretor do Lindóia acha que a Multiprática encaixa-se como uma luva na proposta do shopping, que privilegia as necessidades e conveniências dos moradores dos bairros do entorno.

Artigo, Tarso Francisco Pires Teixeira - Os massacrados de Faxinalzinho

Assassinados a sangue frio, covardemente, os dois irmãos foram encontrados e recolhidos desfigurados, no meio do mato. A foto é do site da Rádio Comunitária Liberdade FM.
CLIQUE AQUI para ler, também, "A questão da terra e a omissão estatal", do advogado Diogo Sequeff Fries, Zero Hora de sexta-feira. 


O autor é vice-presidente da Farsul, RS. O artigo foi publicado pelo Jornal do Comércio de hoje. O caso do massacre dos irmãos Anderson e Alcemar, trucidados por índios caigangues no âmbito de uma emboscada traiçoeira, não recebe sequer 5% do espaço dedicado pela mídia brasileira aos eventos relacionados com o menino Bernardo, e no entanto foram crimes igualmente atrozes. Leia tudo:

Anderson de Souza e Alcemar de Souza. Dificilmente o leitor recordará destes nomes, mas talvez tenha ouvido falar de um certo Douglas Rafael da Silva, chamado “DG”. Seu nome foi mencionado diversas vezes, ao longo das últimas semanas, após morrer em decorrência de um tiro em uma operação policial na favela Pavão Pavãozinho. Era dançarino de um programa de tevê, e por isso, todos os órgãos de imprensa lamentaram sua perda. Mas não as de Anderson e Alcemar. Estes dois não tinham amigos na mídia, não tinham proximidades suspeitas com traficantes, não lamentavam publicamente quando chefões do tráfico morriam. Eram apenas produtores rurais de Faxinalzinho, vítimas de um conflito insuflado diretamente pela irresponsabilidade de agentes do governo federal.
Eram produtores rurais no município de Faxinalzinho, no Alto Uruguai, onde movimentos indígenas, com apoio da Funai, reivindicam a demarcação de reservas em áreas que pertencem a famílias de agricultores há mais de 100 anos. Anderson e Alcemar, como tantos outros pequenos agricultores da região, não tomaram aquelas terras de ninguém. Anderson e Alcemar foram covardemente atacados por um bando de cerca de 30 índios caingangues nas proximidades de Linha Coxilhão. Eles não estavam em conflito com os manifestantes indígenas. 
A mídia não vai mostrar o choro das esposas de Anderson e Alcemar. Movimentos de direitos humanos não farão passeata exigindo Justiça. A ministra, mesmo sendo gaúcha, não virá ao Sul chorar seus cadáveres. Porque, no Brasil, movimentos de direitos humanos só choram e protestam por mortos com “pedigree” ideológico de esquerda: tem que morar em favela e ser amigo de traficante. Nada de chorar por quem produz alimentos, ainda mais se for assassinado por índios, esses injustiçados, posando de eternos excluídos em suas aldeias de fachada, com parabólica e tevê a cabo. Estas famílias ainda poderiam estar com seus pais e esposos, não fosse a omissão e leniência cúmplice do governo federal.

Daniel Cassin abre sua primeira loja em Porto Alegre

Abriu nesta quarta-feira no Praia de Belas Shopping a primeira loja da grife menininha Daniel Cassin no RS. 

Artigo, Gilberto Natalini - JK foi assassinado

O artigo a seguir é de Gilberto Natalini, médico e vereador do PV em São Paulo, presidente da Comissão Municipal da Verdade. Foi publicado na Folha, ontem.

Ao contrário do que sustenta a Comissão Nacional da Verdade (CNV), o ex-presidente Juscelino Kubitschek não morreu em acidente de trânsito, mas foi assassinado pela ditadura militar. O levantamento federal despreza evidências, testemunhos e provas da investigação da Comissão Municipal da Verdade Vladimir Herzog (CMVVH) de São Paulo, de onde JK saiu para morrer em 22 de agosto de 1976, após cruzar a divisa São Paulo - Rio de Janeiro, na rodovia Presidente Dutra.

. Em artigo neste espaço (“JK, assassinato ou acidente?“, 28/4), José Paulo Cavalcanti Filho, da CNV, escreveu que o desastre ocorreu numa reta. JK morreu após sequência de quatro curvas, sendo que a última, em leve aclive à direita, não foi completada pelo motorista do presidente, Geraldo Ribeiro. E nada justifica que o experiente Ribeiro fizesse manobra arriscada, ultrapassando um ônibus pela direita em curva, a não ser extrema emergência.

. Quase 38 anos depois, a CNV ressuscita “investigação” da ditadura que responsabilizou o motorista da Viação Cometa, Josias Nunes de Oliveira. Segundo a acusação, o ônibus bateu no automóvel, lançando-o desgovernado para a outra pista, onde colidiu contra um caminhão.A CNV menosprezou os testemunhos dos passageiros do ônibus que, unanimemente, informaram não ter havido choque com o Opala de JK. Oliveira foi absolvido na década de 1970 em dois julgamentos nos quais a acusação ousou apresentar laudo de tintas sem assinatura. Em sua “investigação”, a CNV não leva em conta que JK e Ribeiro morreram três minutos após deixarem o hotel-fazenda Villa-Forte, cujo proprietário era o brigadeiro Newton Junqueira Villa-Forte, um dos criadores do Serviço Nacional de Informações (SNI), ligado ao então ministro da Casa Civil, general Golbery do Couto e Silva, e ao chefe do SNI em 1976, general João Baptista Figueiredo. Assim como a CNV, autoridades policiais do Rio jamais investigaram a parada de JK no hotel.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

O dia em que Feltes constatou que Raul Pont já verga a coluna

Quando se chamava Raul Jorge Anglada Pont e tinha essa cara ao lado, ele não vergava a coluna.


Quase ao final da apresentação do seu parecer sobre a legalidade da escolha do presidente e do relator da CPI da CEEE, ontem, na Comissão de Constituição e Justiça, ao criticar a obstrução continuada movida pelo deputado Raul Pont, PT, o deputado Giovani Feltes encarou o adversário frente a frente e disparou:

- O tempo, deputado Pont, acabou demonstrando que o senhor também verga a coluna.


. Nos governos anteriores, Raul Pont foi intransigente defensor da coisa pública e dos consumidores, posição que não mantém na CPI da CEEE, já que obstrui as investigações a mando do governador Tarso Genro.  

Aécio volta a insistir com Ana Amélia para vice

Depois que o ex-governador José Serra descartou totalmente a possibilidade de ser candidato a vice na chapa de Aécio Neves, o PSDB passou a trabalhar novamente uma aliança nacional com o PP.

. Neste caso, o candidato tucano insiste em ter como companheira de chapa a senadora gaúcha Ana Amélia, que no entanto lidera as intenções de votos para o Piratini e não está disposta a mudar de posição.


. Esta situação terá que ser resolvida até o dia 24, quando Ana Amélia e o próprio Aécio, mais Paulinho da Força Sindical, selarão a aliança PP-PSDB-SDD no RS. 

CDL de Porto Alegre traz especialista para ensinar como driblar pasmaceira nas vendas durante a Copa

O Instituto CDL Porto Alegre, trará o mestre em Administração e Negócios, Ricardo Lemos, que ministrará a palestra “Vendendo bem em ano de Copa e eleições”, dia 8 de maio, das 19h30min as 21h. 

. A Copa exigirá muita habilidade por parte dos empresários do comércio, porque em dias de jogos do Brasil haverá paralisação de atividades no País. 

Aécio diz que CPMI da Petrobrás será uma guerra que não acabará nunca

O presidente do Congresso (Câmara+Senado) e do Senado, Renan Calheiros, tenta embaralhar as investigações sobre a Petrobrás, mas esta noite ele terá que instalar a CPMI (mista, do Congresso), que inevitavelmente sepultará a CPI do Senado, para a qual a oposição negou-se a indicar membros.

"Estamos nos preparando para mais uma guerra da CPI [da Petrobras]. Uma guerra que não acaba nunca", disse nesta quarta-feira o presidenciável tucano, em entrevista a rádios de Alagoas. Segundo registro do site www.brasil247.com.br, Aécio avisou que a grande "disputa" na sessão conjunta marcada para esta noite no Congresso será tentar assegurar a instalação de uma CPI mista, com deputados e senadores, diferente de como quer o governo:

- Quanto mais amplas as investigações, melhor. Essa vai ser a grande disputa de hoje à noite.

. Em Brasília, a presidente Dilma Roussef disse que as investigações interessam ao seu governo, mais do que a qualquer outro, mas há controvérsia sobre isto, porque é justamente ela quem impede a instalação das CPIs.

Dilma anuncia terceira etapa do PAC Saneamento sem concluir obras anteriores. RS está entre os três Estados com maior número de obras.

O site Contas Abertas de hoje faz uma análise do chamado "PAC Saneamento",cuja terceira etapa foi lançada pelo  governo federal na tarde de  ontem . São  investimentos de R$ 2,8 bilhões,. muito embora as obras das etapas antigas ainda não estão nem perto de serem concluídas.

. Leia a reportagem:

Conforme levantamento do Contas Abertas, dos 7.234 empreendimentos previstos no PAC 2 (2011-2014), apenas 886 foram concluídos até dezembro de 2013, pouco mais de 12% das obras previstas.
PAC 2 - SaneamentoFaltando apenas um ano para a conclusão do PAC 2, o total de iniciativas que ainda estavam “no papel” (contratação, ação preparatória ou licitação) também surpreende: 2.541, quase o triplo das obras já entregues.

. A meta do PAC Saneamento, que faz parte do eixo Cidade Melhor do programa, é beneficiar 3.498 municípios em todos os estados do país, o que abrange 63% dos municípios existentes, segundo dados do IBGE.

. Minas Gerais, Bahia e Rio Grande do Sul estão entre os estados com maior número de ações que recebem investimentos, com 804, 645 e 596 empreendimentos, respectivamente


CLIQUE AQUI para saber tudo.



Justiça Federal sequestra R$ 122 milhões em bens de Eike Batista

A Justiça Federal do Rio de Janeiro acaba de decretar o sequestro de bens de Eike Batista. Um total de 122 milhões de reais. A decisão foi tomada a partir de um pedido do Ministério Público.

. Os advogados de Eike anunciaram que recorrerão - com chance de êxito. 

Banco BTG 1/4 do que valia para ficar com fatia da Petrobrás na África

Ao lado, André Esteves, dono do BTG. 


A oposição já incluiu na pauta das denúncias que investigará na CPi da Petrobrás uma nova denúncia que foi publicada no final de semana pelos principais jornais e revistas de São Paulo, no caso Folha e Época.

. Trata-se de  um negócio, que estava nas mãos de um diretor indicado pelo PMDB, passou a ser tocado por um subordinado da nova presidente da estatal, Graça Foster, depois da troca em 2012.

. Leia a reportagem completa da Folha:

. No ano seguinte ao da posse de Graça Foster, portanto 2013, o banco BTG Pactual pagou US$ 1,5 bilhão para ficar com metade das operações africanas da Petrobras e se tornar sócio da estatal. O valor obtido pela venda despertou desconfianças, porque a gestão anterior calculava que os ativos valiam quase quatro vezes mais.

. Os funcionários que participaram do início do processo foram afastados depois que Jorge Zelada, o afilhado do PMDB que dirigia a área internacional da Petrobras, deixou o cargo e Graça Foster repassou a tarefa a outra equipe, de sua confiança.

. Mudanças de rota como essa ajudam a entender como o loteamento político da maior empresa do país tem afetado a maneira como ela toma decisões, gerando confusão sobre o que se passa lá dentro.

CLIQUE AQUI para ler tudo.




OAB visita penitenciárias e denuncia caos no sistema carcerário do interior do RS

A OAB do RS denunciou ontem o caos carcerário no interior. O presidente da entidade, Marcelo Bertolucci, que vistoriará a Penitenciária Modulada Estadual de Montenegro nesta sexta, pensa apelar às cortes internacionais de direitos humanos para formalizar a denúncia e pedir ajuda.

. Na OEA, já tramita reclamação formal da OAB do Brasil em relação ao caos do Presídio Central de Porto Alegre.

Férias coletivas da Randon confirmam crise na indústria brasileira

Em SP, fabricantes como Mercedes Benz também apelaram para férias coletivas. Na MB, a queda das vendas em abril foi de 11%. 

A Randon confirmou esta manhã em Caxias, que além de manter a adoção de feriados prolongados, as empresas do grupo concederam, ontem. férias coletivas para perto de 95% dos seus trabalhadores. A medida reforça a estratégia em andamento de adequar a atividade às atuais demandas do mercado e à produção das montadoras de automóveis e caminhões para as quais fornece. 

. Nos últimos meses, os clientes desaceleraram produção em função da atual conjuntura econômica e das dificuldades na contratação de financiamentos.

. O caso da Randon não é único, porque a produção industrial vem caindo e caiu 0,50% no mês de março sobre fevereiro, na série com ajuste sazonal, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que divulgou nesta quarta-feira a Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física. O resultado veio no teto das expectativas dos analistas ouvidos pelo AE Projeções, que iam de queda de 0,50% a retração de 3,90%, o que resultou em mediana negativa de 2,50%. Em relação a março de 2013, a produção recuou 0,90%

Partido Novo ouve o editor e Percival Puggina em Porto Alegre

O editor fez ontem a noite uma longa exposição sobre os impasses e alternativas da economia gaúcha no evento mensal que promove o Partido Novo. Os jovens que já conseguiram criar diretórios em oito Estados, trabalham com comissão provisória no RS.

. O evento ocorreu no Plenarinho da Assembléia.


. O outro palestrante da noite foi Percival Puggina. 

Sopa de letrinhas garante apoio de oito Partidos na campanha pela reeleição de Tarso

O PT disputará as eleições deste ano coligado com o PCdoB, o PTB e possivelmente com o PR, PRB, PSL, PRTB e PPL, todos da base de apoio atual, diz o dirigente.

. A sopa de letrinhas aumentará com segurança.

. O caso mais surpreendente é o do PROS, que por interferência da direção nacional anunciará adesão a Tarso. 

Indústria teme apagão elétrico e se prepara para o pior

O risco de racionamento de água e energia fez a indústria brasileira se movimentar, a fim de minimizar possíveis impactos sobre a produção. O problema da água não existe no RS, mas é dramático em São Paulo, sujeito a cortes e racionamento desde já. Leia o que escreve o jornal Valor na sua edição de hoje:

Setores como automobilístico e químico adotaram estratégias que incluem o uso de geradores e caminhões-pipa, redirecionamento da produção e importação de produtos. Algumas empresas já investem em geração própria de energia. Fontes do setor, entretanto, afirmam que, caso haja uma restrição severa no fornecimento destes insumos, não haverá como evitar prejuízos - e a conta poderá ir parar no bolso do consumidor.

. Tão ou mais preocupante que a falta d'água, afirma a diretora da Abiquim, é o risco de cortes no fornecimento de energia. "Tememos os apagões porque as fábricas não podem sofrer paradas abruptas, e nem todas as plantas possuem geradores. Isso provocaria perdas de produção", diz. "A energia no Brasil, além de insegura, é cara. Se houvesse estímulos para cogeração de energia, as empresas investiriam mais e poderiam aliviar o sistema." De acordo com a Abiquim, a energia responde de 20% a 40% do custo de produção do setor.

. Mesmo sem uma política de incentivos, algumas montadoras decidiram investir em geração.

CLIQUE AQUI para ler toda a reportagem. 

Taline diz que Tarso arma "guerra ideológica" em defesa de Dilma e do PT

Tarso e o PT do RS querem mover guerra ideológica contra a oposição, desconstruindo a campanha de desmoralização que rola no País, com ênfase nas redes sociais. Campanhas como a que se vê na propaganda ao lado, serão combatidas no RS, sempre em defesa do governo Dilma. 


Na sua coluna de hoje do Correio do Povo, Taline Oppitz revela que o governador Tarso Genro resolveu liderar no RS a defesa do governo Dilma Roussef, promovendo o que ele chama de "guerra ideológica" aos setores conservadores que emparedaram o governo federal e o PT com seguidas denúncias de corrupção eleitoral, todas elas originadas de inquéritos armados pela Polícia Federal ou geradas no âmbito do Ministério Público Federal. O governador não fala em defender seus companheiros Zé Dirceu, Delúbio, João Paulo, todos presos como ladrões do dinheiro público na Papuda. Nem mesmo o deputado André Vargas, acusado como corrupto na Operação Lava Jato, é defendido pelo PT do RS. A oposição promete continuar sua guerra pela moralidade pública, atacada de frente pelos agentes do PT. Leia a nota de Taline:


Além das negociações internas e com aliados, envolvendo as estratégias e a coordenação da campanha do governador Tarso Genro à reeleição, o PT gaúcho está agora também focado na organização da campanha da presidente Dilma Rousseff no Rio Grande do Sul. O tema foi pauta de pelo menos duas reuniões nos últimas dias, inclusive em almoço de Tarso com dirigentes e a bancada petista, ontem, no Piratini. 

. A preocupação de lideranças do PT não é apenas a queda apresentada por Dilma nas últimas pesquisas de intenção de voto, mas 'o conjunto da obra' que tem se desenhado nacionalmente, comandada pela oposição e por setores considerados 'conservadores', incluindo parte da imprensa e do empresariado brasileiro.

.  'O que estará em jogo este ano não serão apenas projetos distintos de governo do PT e dos adversários, mas as ideologias e visões antagônicas de Estado', disse o presidente estadual do partido, Ary Vanazzi, que será o coordenador da campanha de Dilma no Rio Grande do Sul.

Americana Syntghesis anuncia, hoje, estudos para usina de gaseificação de carvão no RS

A empresa norte-americana Synthesis Energy Systems (SES) e sua representante no Brasil, Vamtec S/A,  anuncia esta manhã um acordo para a  realização de estudo de viabilidade técnica, econômico-financeira e ambiental, voltado à implantação de uma usina de gaseificação de carvão na região de Candiota, no Rio Grande do Sul.

. Na mesma áreas, em 30 de abril, em Seul,  foi assinado um memorando de entendimento com o grupo coreano Posco.

. O governador Tarso Genro, que articulou ambas alianças, disse ontem que a gaseificação do carvão faz parte das ações estratégicas na área do carvão, visando transformá-lo e agregar valor.


- O RS detém as maiores jazidas de carvão do Brasil. Há pelo menos 50 anos é tentada a gaseificação do carvão, inclusive para a produção de nitrogenados, insumo básico para a mistura de adubos - sempre sem sucesso. Ninguém perguntou para a Posco e para a Synthesis os locais e empreendimentos exatos nos quais obtiveram sucesso.  

Video inédito mostra o drama real da guerra das demarcações de terras no RS. Veja "Quem já perdeu mais do que terras para os índios".

CLIQUE AQUI para ver o video "Quem já perdeu mais do que terras para os índios". O material está no blog do deputado Luiz Carlos Heinze. 

Os ministros chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho; e da Justiça, José Eduardo Cardozo, devem ser convocados para prestar esclarecimentos sobre os assassinatos dos produtores rurais promovidos por indígenas no Rio Grande do Sul. A proposta dos deputados federais Luis Carlos Heinze (PP-RS) e Giovanni Queiroz (PDT-PA) está na pauta da reunião ordinária da Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados desta quarta-feira, dia 7 de maio.

Ministro Cardozo, sem solução, desmarca vinda ao RS para mediar conflito entre índios e pequenos proprietários de terras

O Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, não virá ao RS nesta quarta-feira para tratar da disputa agrária entre agricultores e índios em Faxinalzinho..Ele mandou uma equipe do Ministério da Justiça a Porto Alegre para discutir o assunto, acompanhada de representantes da Funai e da secretaria-geral da Presidência. 

. A região vive sob clima de tensão. Um dos chefes caigangues ameaçou a população da região com um banho de sangue, conforme video disponibilizado na entrevista abaixo do deputado Jerônimo Goergen. 

. Eduardo Cardozo não sabe quando virá ao Sul. 

. A situação que se agravou em 26 de abril, quando dois agricultores foram trucidados por índios sublevados, inconformados com a demora na demarcação das terras para ocupação. A suspeita é que os irmãos tenham sido mortos a tiros e pauladas durante conflito com caingangues que reivindicam a demarcação de terras.