TSE proíbe que PT use Dilma para fazer propaganda antecipada. Pedido foi do PSDB.

A ministra do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Laurita Vaz concedeu a liminar proposta pelo Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) em que pedia a suspensão de uma suposta propaganda eleitoral antecipada do Partido dos Trabalhadores em inserções nacionais veiculadas na televisão, no dia 6 de maio de 2014.
Em sua decisão, Laurita determinou a suspensão imediata da veiculação "na data de hoje ou em quaisquer outras, até um novo pronunciamento do TSE". A ministra disse ainda que fica a cargo do partido substituir as peças publicitárias e que o conteúdo esteja de acordo com a Lei dos Partidos Políticos (9.096/95).
Na representação, o PSDB disse que houve "evidente propaganda eleitoral antecipada em benefício da Representada [Dilma]". Segundo o partido a intenção da publicidade foi de levar ao "conhecimento geral a ação política que pretendem desenvolver, bem como as razões para induzir que a Sra. Dilma Vana Rousseff é mais apta a continuar na função pública de Presidente da República".
Para a ministra Laurita "constata-se que as peças impugnadas põem em relevo características da atual chefia do Executivo Federal, com alusão ao período de administração da segunda representada [Dilma Rouseff] e de seu antecessor [Lula], o que, por si só, não induz à exclusiva promoção pessoal, em afronta às prescrições legais".
A ministra, no entanto, considera que houve uma "associação explicita às imagens do ex-presidente Lula e da atual titular do cargo, a segunda representada, a sugerir a ideia de continuidade dessas mudanças, a qual é expressamente corroborada nas assertivas da segunda peça, indicativas do mesmo propósito", disse em sua decisão.

CLIQUE AQUI para examinar a fala ilegal de Dilma. 


Der Spiegel pergunta: Os jogos vão terminar em pancadaria nas ruas?

O site da revista Veja da noite desta quarta-feira comenta reportagem da revista Der Spiegel, uma espécie de Veja da Alemanha, que pergunta:

- Autoridades e funcionários da Fifa serão perseguidos por uma multidão enfurecida?

. Leia tudo:

. No mesmo dia em que a Embaixada do Brasil em Berlim foi apedrejada em protesto contra a Copa do Mundo, a principal revista da Alemanha publicou uma reportagem especial tratando dos problemas do país-sede. A capa da edição desta semana da Der Spiegel mostra uma Brazuca, a bola oficial do Mundial, em chamas. Ao fundo está o Rio de Janeiro. A ilustração é acompanhada do seguinte título: "Morte e jogos". A publicação traz dez páginas sobre a Copa, destacando os atrasos nas obras, a reprovação da população aos gastos excessivos com o evento e o risco de protestos violentos nas cidades-sede.

 . "Justamente no país do futebol, a Copa pode virar um fiasco: protestos, greves e tiroteios em vez de festa", diz o texto do jornalista Jens Glüsing, intitulado "Gol contra do Brasil". Apesar dos grandes atrativos nos gramados, "as notícias serão sobre protestos e greves, problemas com infraestrutura e violência", acredita Glüsing. A revista fala sobre a preocupação dos europeus com a violência urbana: "Nas favelas do Rio, policiais e traficantes se enfrentam de maneira sangrenta. Em São Paulo, gangues queimam ônibus quase todas as noites". A reportagem principal da edição também revela o temor dos alemães com a possibilidade de a seleção brasileira não vencer a Copa. "Os jogos vão terminar em pancadaria nas ruas? Autoridades e funcionários da Fifa serão perseguidos por uma multidão enfurecida?"


. A Der Spiegel afirma que o clima no país é de desilusão, já que o crescimento econômico obtido nas últimas décadas não foi capaz de elevar a qualidade dos serviços, da saúde e da educação ao nível que a população espera – e isso, agora, se reflete nas manifestações contrárias ao Mundial. "A alegria que se via antigamente com a Copa transformou-se em irritação com o governo e com a organização". Outra reportagem da edição trata especificamente dos estádios erguidos para o Mundial. "Nenhum país gastou tanto com a Copa. E quase tudo foi pago com dinheiro público." Enquanto isso, lembra a revista, apenas uma fração dos projetos de infraestrutura prometidos para o evento ficarão prontos.

Mônica Leal ataca as putinhas aborteiras. Vereadora quer que a TVE censure a banda bandalha.

Mônica não quer saber de putinhas aborteiras na TVE, porque "elas ferem os princípios da moral e dos bons costumes", além de ferir os olhos e os ouvidos dos telespectadores. 



A vereadora Mônica Leal, PP de Porto Alegre, propôs moção de repúdio contra a direção da TVE do RS, tudo por conta da apresentação da banda "Putinhas Aborteiras".

. É de indignação a posição da bancada, porque ela falou em nome da bancada. Mônica Leal acusou as putinhas aborteiras por flagrante atentado "ao pudor, aos bons costumes e ao papa".

. A apresentação, bancada pela direção da TVE, teve repercussão nacional. A emissora informou ao editor que a apresentação foi feita em altas horas da noite e respondeu à decisão do atual governo de abrir espaços para a pluralidade das manifestações dos grupos sociais que não encontram canais de expressão.

Vá com seus amigos nesta
quarta-feira a noite.
5 vezes premiado por Veja

Servidores municipais farão greve geral nesta quinta em Porto Alegre

Os servidores municipais de Porto Alegre farão greve geral nesta quinta-feira. A categoria rejeitou a proposta do governo, de reposição parcelada da inflação, deliberando, na assembleia geral do dia 8 de maio, pelo estado de greve e pela paralisação. Na parte da manhã, a partir das 9h, começa a concentração para Ato Público, no Paço Municipal, e, às 14h, será realizada nova assembleia geral, no Largo Zumbi dos Palmares, em frente à sede do Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa).


. Segundo informou ao editor a direção do Sindicto, a resposta do governo municipal à pauta de reivindicação dos servidores foi de reposição parcelada da inflação (IPCA), com 2,5% em maio e o restante somente em janeiro de 2015. O percentual de inflação também seria aplicado ao vale alimentação, que sofreria reajuste de R$ 0,97. Na reunião com o comitê de política salarial da prefeitura, os dirigentes do Sindicato do Simpa também receberam respostas evasivas sobre os outros itens da pauta. A proposta do governo foi rejeitada por unanimidade

Deputados querem impedir o fechamento das hospitalizações psiquiátricas no Hospital São Pedro

Os deputados da Comissão de Saúde da Assembleia do RS visitarão o Hospital São Pedro nesta quinta, 10h. O deputado Pedro Westphalen, que é médico, disse ao editor que o governo quer acabar com a hospitalização psiquiátrica, justamente a que é mais procurada pela população de Porto Alegre.

. No horário da visitação, os servidores darão um abraço no hospital.

Pinenge Construções lança primeiro hotel executivo de Guaiba

A Pinenge, empresa do grupo Procon Construções, traz ao mercado imobiliário um produto diferenciado que prevê rentabilidade mensal acima dos índices proporcionados por investimentos do mercado financeiro, além da valorização imobiliária.

. O Hotel ibis Guaíba é o primeiro empreendimento hoteleiro da cidade com vocação para negócios e que abriga importantes indústrias internacionais. São 80 suítes à venda, sendo que as primeiras quarenta unidades mobiliadas estão processo de comercialização pela Tabela Zero de Pré-Lançamento.

. O negócio tem a marca do Grupo Accor, líder mundial em operação hoteleira, presente em mais de 90 países, sob a bandeira Ibis, e com gerenciamento de operação de sua franqueada AtrioHoteis. A empresa está à frente de 13 hoteis na região, sendo oito ibis, um Ibis Budget, três Mercure e um Novotel.

CLIQUE AQUI para saber mais.

á com seus amigos nesta
quarta-feira a noite.

5 vezes premiado por Veja

PMDB ainda não escolheu sucessor de Andress na Famurs

Somente no dia 26 a Associação dos Prefeitos do PMDB indicará o nome do seu candidato à sucessão de Valdir Andress, PP, na presidência da Famurs. A eleição ocorrerá dia 29.

. No sistema de rodizio da entidade, o próximo presidente será do PMDB. 

. São postulantes os prefeitos de Tapejara, Barra do Guarita e Jaguari.


. Novos nomes poderão surgir esta noite, dependendo de reuniões entre os gaúchos que participam da Marcha dos Prefeitos, Brasília. 

Este estudo detalhado demonstra o fracasso do Regime Diferenciado de Contratação de Obras Públicas, o RDC

A charge é de Cazo e está disponibilizada no Google.



Criado em 2011 com o objetivo de acelerar as obras da Copa 2014, o Regime Diferenciado de Contratação de Obras Públicas (RDC), um torpedo contra a Lei de Licitações, é um dos principais responsáveis pelo atraso na entrega das obras de mobilidade urbana e aeroportos para a Copa do Mundo. É o que revela levantamento do Sinaenco (Sindicato da Arquitetura e da Engenharia), em parceria com o CAU/BR (Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil). O estudo teve como foco os empreendimentos de mobilidade urbana (incluindo o entorno dos estádios) e dos aeroportos previstos no conjunto da Matriz de Responsabilidade. São 75 obras, no valor total de R$ 15,4 bilhões.

. Apesar do fracasso do RDC na Copa, o Senado discute agora a MP 630/13, que ampliaria o uso do regime para todas a obras públicas do país. Atentas aos problemas que o uso generalizado do RDC pode trazer a sociedade com a sua aplicação sem o debate que o assunto exige, diversas entidades do Setor de Arquitetura e Engenharia se articularam pela rejeição a medida provisória em debate. 

. Um “placar” monitorando a evolução das obras será atualizado pelas entidades até o início da Copa.


. Os investimentos totais para mobilidade urbana e acesso aos estádios somam R$ 7,5 bilhões, referentes a 45 obras, sendo que R$ 2 bilhões foram obras contratadas via RDC. Referem-se a 9 empreendimentos, número aparentemente inexpressivo se comparado com o total das obras, mas significativo pois corresponde a 27% do total investido. Resultado até agora: apenas um contrato, no valor de R$ 8,7 milhões, referente às obras de “pavimentação e qualificação de áreas públicas no entorno” do estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre, foi concluído, representando somente 0,11% do investimento total realizado em mobilidade urbana e acesso aos estádios.

CLIQUE AQUI para saber mais.

Seminário Redes de Internet e Telefonia nos Municípios Gaúchos
Promoção da Famurs
Problemas e Soluções. Redes e telefonias nos municípios. 
Dia 26 de maio
Inscrições, programa e informações, AQUI

Chamun liderará o Sescon-RS a partir de amanhã

A posse festiva da nova diretoria do SESCON-RS será amanhã a noite em Porto Alegre. Liderado por Diogo Chamun (Presidente) e José Tadeu Jacoby (vice), a nova direção será responsável pela condução da entidade no período de 2014 a 2018. A solenidade começará as 20h, na Sociedade Libanesa.

Vá com seus amigos nesta
quarta-feira a noite.
5 vezes premiado por Veja.

Odebrecht doou R$ 11 milhões dos R$ 17,7 milhões arrecadados no ano passado pelo PMDB

A Odebrecht, que no RS controla o Pólo Petroquímico e quer construir e operar o metrô de Porto Alegre, responde por 2/3 de toda a receita recebida pelo PMDB em 2013. A empreiteira doou R$ 11 milhões dos R$ 17,7 milhões arrecadados. O valor supera doações de ano eleitoral. 

CLIQUE AQUI para conhecer todos os detalhes. A reportagem é do jornal "O Estado de S. Paulo".

Quatro das 11 empresas premiadas em Inovação são do RS

O Rio Grande do Sul foi o estado com o maior número de projetos vencedores na edição 2013 do Prêmio Nacional de Inovação: quatro campeões dos 11 vencedores. As empresas Gáutica Tecnologia em Informação, Toth Tecnologia, Lics Super Água e Bondmann Química foram reconhecidas nas categorias Agente Local de Inovação - modalidade Serviço; Gestão da Inovação - Pequeno Porte; Inovação Tecnológica modalidade Pequeno e Médio Porte, respectivamente.

. A cerimônia de premiação foi realizada na noite dessa terça-feira, 13 de maio, em Brasília.

. Nessa edição, o Prêmio teve recorde de inscrições: 2.022. Desse total, 32 projetos foram finalistas. 
O Prêmio Nacional de Inovação é realizado pelo SEBRAE e pela Confederação Nacional da Indústria (NCI).

Confira os vencedores nas quatro categorias:

Gestão da Inovação
Grande porte: WEG
Médio porte: Wise
Pequeno porte: Toth Tecnologia, RS

Inovação Tecnológica
Grande porte: Natura
Médio porte: Bondmann Química, RS
Pequeno porte: Lics Super Água Eirelli, RS

Modelo de Negócio
Grande porte: Whilrpool SA
Pequeno porte: HTP Solution

Agente Local de Inovação
Modalidade: Comércio - Território do Vinho
Modalidade: Indústria - Protec Confecções

Modalidade: Serviço - Gáutica Tecnologia em Informação, RS

Vá com seus amigos nesta
quarta-feira a noite.
5 vezes premiado por Veja.

Dia da Liberdade de Impostos terá gasolina a R$ 1,73 em Porto Alegre

Para aumentar a percepção do consumidor sobre a incidência de impostos indiretos no Brasil, o Instgituto Millenium  vai subsidiar a venda de 2 mil litros de gasolina  em Porto Alegre, dia 20. O protesto ocorrerá no posto Santa Cecilia (R. Álvaro Ramos, 8 – Botafogo), entre 8h30 e 11h. Na ocasião, o motorista poderá adquirir até 20 litros de gasolina por R$1,53/litro, sem os 53% de impostos. 

. As senhas serão distribuídas a partir das 8h. Serão distribuídas cem (100) senhas.  

. No preço final da gasolina, estão inclusos impostos como PIS, Cofins, ICMS e outros. Com base no valor de R$ 3,25 por litro do combustível, o consumidor paga R$ 1,72 desse total, exclusivamente de impostos e contribuições.

CLIQUE AQUI para saber mais sobre a data.

Vá com seus amigos nesta
quarta-feira a noite.
5 vezes premiado por Veja.

PT replica PSDB e aposta no medo na propaganda do partido na TV

O PT está com medo de perder e apela para o medo das pessoas. 



O jornal O Globo de hoje conta que a publicidade, que vai ao ar hoje, mostra demissões e crianças sem escola e ao final, um alerta contra a volta de ‘fantasmas do passado". Quando soube da notícia, Eduardo Campos disse que ideia de incutir o medo em propaganda é ‘atrasada’. Para Aécio, inserção mostra fracasso de governo que está no fim.

Leia toda a reportagem de Maria Lima.

BRASÍLIA - Em uma investida que surpreendeu e foi vista pelos adversários como uma tentativa desesperada de estancar a queda da presidente Dilma Rousseff nas pesquisas de intenção de votos, o marqueteiro João Santana produziu um vídeo plagiando o polêmico e criticado discurso do medo, usado pelo PSDB em 2002 na campanha do tucano José Serra contra Lula, tendo como protagonista a atriz Regina Duarte. Com locução do ator Antônio Grassi, o filmete foi veiculado na noite deste terça-feira e mostra famílias sendo expulsas do campo, trabalhadores perdendo o emprego, e crianças, sem escola, lavando carros em semáforos. No final, aparece na tela um alerta contra a volta dos fantasmas do passado.
No filmete de 2002, Regina Duarte, com semblante crispado, diz que o Brasil corre o risco de perder a estabilidade conquistada, que o Brasil conseguiu conquistar muita coisa e não dava para “ir tudo para a lata do lixo”. Em outro trecho, ela diz que há dois candidatos, que um, Serra, ela conhece, que é o homem dos medicamentos genéricos e da política de combate a AIDS, o outro, Lula, ela conhecia, mas não conhece mais: “Tudo o que ele dizia, mudou muito. Isso dá medo na gente. Outra coisa que dá medo é a volta da inflação desenfreada. Eu voto em Serra, voto sem medo”, diz o comercial tucano de 2002.
Com mensagem subliminar parecida, o filme do PT mostra o que seriam conquistas exclusivas do governo petista, com mães de famílias com filhos e acesso a escola e remédios, opostas a imagens de desempregados, com olhares tristes e assustados, desempregados e crianças passando fome nas ruas. Essas imagens são associadas aos “fantasmas do passado” que não poderiam retornar .

“Não podemos deixar que os fantasmas do passado voltem e levem tudo o que conseguimos” e “não podemos dar ouvidos a falsas promessas”, diz o locutor, numa referência ao discurso dos adversários Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB), que falam em medidas impopulares.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 
CLIQUE AQUI para ver e ouvir a fala de Regina Duarte contra Lula. 

Acusar o pai de Bernardo representa um linchamento moral, midiático e social intolerável.

CLIQUE AQUI para ver os últimos momentos de vida do menino Bernardo. O video foi requisitado pela Polícia Civil. Ele está disponibilizado no site www.zerohora.com.br

O editor acompanhou e acompanha toda a movimentação policial, midiática e social que envolve o assassínio do menino Bernardo. Foi um crime monstruoso, perpetrado por duas mentes doentias, a madrasta e sua amiga.

. Ambas são rés confessas, foram indiciadas, serão julgadas e condenadas.

. Em relação ao pai, o médico Leandro Boldrini, são inúteis as tentativas da Polícia de utilizar provas testemunhais indiretas e indícios frágeis para responsabilizá-lo de participação na trama e no assassínio.

. O pai pode ser acusado de omisso e desatento em relação ao filho, mas linchá-lo socialmente e puni-lo sem provas consistentes é uma temeridade e uma injustiça intoleráveis.

CLIQUE no comentário a seguir do editor para examinar a opinião do editor, sob o título Acusar o pai de Bernardo representa um linchamento moral, midiático e social intolerável.

CCJ da Câmara aprova normatização das relações entre ONGs e governos. É só o começo da regulação.

A Comissão  de Constituição e Justiça da Câmara aprovou, nesta terça-feira, o PL 7168/14, do Senado, que estabelece um novo marco regulatório para os convênios entre órgãos públicos e entidades sem fins lucrativos, as chamadas ONGs, Organizações não Governamentais.

. É o início de algum tipo de regulação das atividades dessas ONGs, que operam livres, leves e soltas.

.  "Temos agora uma legislação que vai garantir fiscalização e também segurança às entidades que prestam serviço imprescindível à sociedade", comentou o relator, deputado Décio Lima (PT-SC)

Dilma veta lei de Alceu Moreira que isentava emplacamento de máquinas agrícolas

Alceu Moreira edstá indignado com veto de Dilma.



A presidente Dilma Rousseff vetou o projeto do deputado federal Alceu Moreira (PMDB/RS) que previa o fim do licenciamento e do emplacamento obrigatórios para veículos agrícolas. A medida, assinada por ela, está publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 14. O projeto foi aprovado na Câmara e no Senado, além de ser debatido em inúmeras audiências públicas com a presença de representantes do governo federal, até ser vetado hoje.

. Alceu Moreira, indignado, disse esta manhã ao editor:

- O governo federal reafirma não ter nenhum compromisso com o setor primário. Eles querem meter a mão no bolso do produtor rural, atuando como um sócio oculto sem nunca ter plantado nada..

- O preço médio do emplacamento para os veículos de uso rural é estimado entre R$ 500 e R$ 1 mil por máquina, no Rio Grande do Sul, o que pode aumentar de acordo com o valor do maquinário. Alceu  Moreira disse ao editor que 98% da vida útil das máquinas agrícolas é realizado dentro das propriedades. 

Seminário Redes de Internet e Telefonia nos Municípios Gaúchos
Promoção da Famurs
Problemas e Soluções. Redes e telefonias nos municípios. 
Dia 26 de maio
Inscrições, programa e informações, AQUI. 

Vulcabraz fecha fábricas no Sergipe e reduz operações em Parobé

A Vulcabraz, controlada pelos irmãos Grendene, RS, decidiu fechar três fábricas em Sergipe e reduzir as atividades em Parobé. 

Correio do Povo não noticia punição da Rádio Guaíba

Foi completo o silêncio da grande mídia do RS. Também não se pronunciaram as entidades representativas das emissoras de rádio, a Agert. O mutismo foi geral, embora a punição tenha sido inédita na história dos grandes grupos de comunicação do RS. O site Coletiva desta manhã, informa o caso do seguinte modo:

Comunicado sobre a suspensão da programação nesta terça-feira é encontrado apenas no site da rádio. O Correio do Povo não se pronunciou sobre a penalidade sofrida pela Rádio Guaíba, que nesta terça-feira, 13, suspendeu a sua programação por 24 horas. Sobre o assunto, um breve comunicado pode ser encontrado apenas no site da rádio. O silêncio do jornal surpreendeu porque faz parte da mesma rede de comunicação. Agora mesmo em abril, havia homenageado a emissora em suas páginas pelos 57 anos. Durante dois dias, duas páginas inteiras do jornal foram dedicadas ao aniversário da Guaíba.Nesta segunda-feira, 12, Coletiva.net noticiou que a suspensão refere-se a uma penalidade imposta pelo Ministério das Comunicações, em razão de a emissora ter alterado situação jurídica sem comunicação ao órgão competente.

. A mudança de pessoa jurídica ocorreu quando era dono da Companhia Caldas Júnior, controladora da emissora, o empresário Renato Ribeiro. O controlador seguinte, a Record, tentou evitar a punição, recorrendo a todas instâncias administrativas e judiciais, perdendo sempre. 

Comissão da Assembléia diz que Plano de Manejo do Delta do Jacuí impedirá investimentos de R$ 6 bilhões, inclusive nova ponte do Guaíba

CLIQUE AQUI para ler todo o relatório final da Comissão de Representação Externa. 
A área onde está o Parque Estadual Delta Jacuí abrange o território dos municípios de Canoas, Charqueadas, Eldorado do Sul, Porto Alegre, Nova Santa Rita e Triunfo, todos integrantes da Região Metropolitana de Porto Alegre, sendo esta a área mais densa do Estado, concentrando 37% da população gaúcha. Segundo a FEE (2009), estes municípios são responsáveis por 27,85% do PIB (Produto Interno Bruto) do Estado, ou seja, mais de um quarto do PIB de todo o Rio Grande do Sul.

“O Estado do Rio Grande do Sul pode deixar de receber R$ 6 bilhões de investimento e fica comprometida a construção da segunda ponte do Guaíba se for implementado o Plano de Manejo que está sendo proposto pelo governo para o parque do Delta do Jacuí”, alertou o deputado Miki Breier (PSB) ao apresentar nesta terça-feira, dia 13, o relatório final da Comissão de Representação Externa. O objetivo do documento, elaborado ao longo dos 30 dias de funcionamento da instância, é, além de apresentar um diagnóstico da situação do Plano de Manejo, apontar um caminho para o desenvolvimento sustentável da área abrangida pelo Delta do Jacuí. “Nosso esforço é o de sintonizar a preservação ambiental com o desenvolvimento. A população do RioGrande do Sul não pode ser penalizada e perder novos investimentos por conta desta proposta do governo que foi mal construída, pouco debatida, feita de cima para baixo, em gabinete. O que constatamos é a falta de participação popular, das prefeituras e dos órgãos estatais nas discussões, resultando numa dissintonia que prejudica projetos estratégicos”, assinala o deputado socialista.
Além da nova ponte do Guaíba, Miki informa que estão impedidos com o atual Plano de Manejo projetos como a hidrovia Brasil-Uruguai; a implantação de linha do catamarã entre Porto Alegre e Eldorado do Sul e a construção de dique contra cheias, protegendo mais de 10 mil pessoas; e a implantação de empresa carboquímica em Charqueadas, com investimento previsto em R$ 5 bilhões.

. O presidente da Comissão de Representação Externa denunciou ainda a falta de participação do governo do Estado nas atividades e discussões propostas pelo Parlamento. “A Secretaria Estadual do Meio Ambiente (SEMA) não quis participar do debate, não se manifestou e não respondeu a nenhum dos ofícios que enviamos”, disse Miki.

. Entre as propostas apontadas no relatório final – documento que contêm 300 páginas – está a realização de estudo para a redefinição dos limites da Zona de Amortecimento.

PT usa proposta Univales Já para tocar campanha eleitoral antecipada nos Vales do Sinos, Paranhana e Encosta da Serra do RS

Na foto o ministro Paim, cercado por "lideranças do Vale", no caso líderes do PT de Novo Hamburgo e São Leopoldo.



A lista dos políticos que estiveram com o ministro da Educação em Novo Hamburgo, terça-feira, deixa clara que o movimento é uma ferramenta que o PT usará para suas campanhas eleitorais. O ministro, que é do PT, recebeu seus companheiros de Partido, o secretário estadual da Educação, José Clóvis de Azevedo, o prefeito de Novo Hamburgo, Luis Lauermann, o deputado federal Ronaldo Zulke e a deputada estadual Ana Affonso. O movimento Univales Já não discute sua proposta de universidade federal do Vale com ninguém mais. Leia o release elaborado pelo movimento:

Durante inauguração da Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Ipê Amarelo, no bairro Roselândia, em Novo Hamburgo, o ministro da Educação, José Henrique Paim, recebeu o manifesto pela criação da Universidade Federal dos Vales (Univales). O ato ocorreu na tarde de terça-feira, 13 de maio, com a presença de diversas lideranças dos vales dos Sinos, do Paranhana, do Caí e da Encosta da Serra, entre representantes de outras cidades. Paim elogiou a manifestação feita durante a inauguração da escola, destacando o interesse da comunidade em criar uma universidade federal. “Essa mobilização é fundamental. Isso faz com que haja cada vez mais interesse para que nós consigamos mudar o cenário da educação no país. Ao mesmo tempo, é uma pauta política. Então, é importante que todos se unam para analisarmos esse pleito junto ao Governo Federal”, declarou o ministro.

- A criação da instituição de ensino superior pública é uma iniciativa do movimento Univales Já. Atualmente, o grupo está com frentes formadas nos municípios em busca de atingir 100 mil assinaturas para serem entregues ao Governo Federal. “Estamos em uma etapa de consolidação e capilaridade do movimento. As ações têm se intensificado em todas as cidades”, salientou um dos coordenadores do Univales Já, o professor Pedro Giehl.

Site: www.univalesja.org

Lula virá dia 5 ao RS

Lula virá a Porto Alegre nol dia 5. Ele falará durante evento promovido pela revista VOTO. Vai falar para 250 convidados sobre o "Brasil do Futuro". Lula poderá permanecer na Capital para acompanhar o lançamento da candidatura de Tarso, dia 7.

. O ex-presidente e sua pupila, Dilma, perderam as últimas eleições presidenciais no RS. 

Rigotto desiste e abre caminho para a união do PMDB do RS em torno de Eduardo Campos

A definitiva renúncia do ex-governador Germano Rigotto à disputa pela cadeira de Senador, anunciada ontem a noite, confirma a informação passada neste espaço pelo editor, ontem, quando informou que será esta a chapa liderada pelo ex-prefeito de Caxias do Sul, José Ivo Sartori:

Governador - José Ivo Sartori, PMDB
Vice-governador - José Cairolli, PSD
Senador - Beto Albuquerque, PSB

. Ao jogar a toalha, Rigotto desativa também o movimento dos chamados dilmistas do PMDB, que perderam o único nome de que dispunham para tentar embretar novamente o Partido no quesito eleição presidencial, abrindo caminho definitivo para o apoio a Eduardo Campos, desejo dos velhos cardeais liderados pelo senador Pedro Simon.

. O anúncio sobre a candidatura de Beto será anunciada amanhã durante almoço dele com lideranças do PMDB.

. Resta fechar a rosca com José Cairolli, mas isto não parece ser mais o maior problema.

Infraero abre área para hotel no Aeroporto Salgado Filho

A Infraero confirmou que concederá espaço no aeroporto Salgado Filho para a construção de um hotel. Ele terá que apresentar 200 vagas. Pela concessão, a estatal federal quer R$ 89,4 mil mensais, uma espécie de aluguel pelo espaço.

Extrema esquerda e esquerda unem-se para manter hegemonia no DCE da PUC do RS

A extrema esquerda e a esquerda uniram-se para disputar o DCE da PUC do RS e conseguiram a vitória por estreita margem:

Chapa liderada por Ernani Rossetto Juriati (PSOL, PSTU e PT), 1.786 votos
Chapa liderada por Felipe Carrion, sem Partido, 1.454 votos

. Uma terceira chapa, liderada pelo PCdoB, conseguiu 600 votos.

. PSOL, PSTU e PT nunca se unem na vida real das eleições de gente grande, mas no movimento estudantil unem forças quando sabem que divididos perderão o mando.

. É da PUC do RS, dirigida por católicos maristas, que costumam sair as lideranças mais extremistas que inflam os black blocs e mercenários que vigiam e caluniam jornalistas.

Dilma lançará Plano Safra da Agricultura Familiar em Santa Maria

Está confirmado para 26 de masio o lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar para a próxima safra. Será em Santa Maria. Dilma estará presente. 

. Dilma não perde oportunidade para fazer campanha eleitoral antecipada.

. O prefeito de Santa Maria, Cesar Schirmer, PMDB, é Eduardo Campos roxo.

Artigo, Gustavo Inácio de Moraes - Desenvolvimento sustentável e o Delta do Jacuí

Neste artigo para o Jornal do Comércio desta quarta-feira, o economista e professor de Pós-Graduação em Economia da PUC do RS, Gustavo Inácio de Morais, escreve que estão devidamente amparados pela razão as autoridades e moradores dos municípios que compõe o Parque Estadual do Delta do Jacuí, englobando municípios no eixo diretamente ligado a Porto Alegre,  quanto às restrições ao desenvolvimento econômico oriundas do plano de manejo previsto para a área.

Leia tudo:

A simples decretação de uma área de preservação não pode ignorar a atividade humana no entorno do local a ser conservado. O conceito de desenvolvimento sustentável, apesar de todas as generalidades contidas em sua definição, prevê que as dimensões ambientais, sociais, institucionais e econômicas sejam harmonizadas em prol da comunidade e em prol das gerações futuras. Assim, ignorar o sustento econômico e o alcance das necessidades sociais é não atender aos pressupostos do desenvolvimento sustentável.

A discussão para os municípios que renunciariam a atividades econômicas poderia envolver, pelo menos, duas frentes que permitiriam a conservação: o pagamento por serviços ambientais e mecanismos de compensação tributária. No primeiro caso, os municípios receberiam recursos do poder público e de beneficiários privados pelos serviços ambientais reconhecidos pela existência do parque estadual.

CLIQUE AQUI para ler tudo.