Ana Amélia e Manuela denunciam grampeamento abusivo dos seus telefones celulares

- A denúncia sobre grampo nos telefones da senadora Ana Amélia, da deputada Manuela D'Ávila e de assessores das duas parlamentares, feitas publicamente por elas mesmas, precisa de resposta imediata por parte dos governos federal e estadual, os únicos que possuem equipamentos de rastreamento de telefones celulares no RS, o chamado Sistema Guardião. A nova denúncia sobre a operação de arapongas no Estado, também interessa a OAB e o MPE, que há dois anos fizeram um verdadeiro escândalo público diante das denúncias feitas na ocasião pelo MPE. A queixa ao ministro da Justiça, faz supor que a senadora e a deputada desconfiam da ação da Polícia Federal, já que é ele autoridade federal e sob suas ordens trabalha a PF. 

* Clipping www.zerohora.com.br , Paulo Germano

A senadora Ana Amélia Lemos (PP) afirmou nesta sexta-feira que um "interesse político-eleitoral" seria a única explicação para o suposto grampo de seu telefone celular. Ela encaminhou ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, um pedido de apuração sobre o caso.

Segundo Ana Amélia, "uma fonte fidedigna e idônea" lhe informou que, além do seu celular, os telefones da deputada federal Manuela D'Ávila (PC do B) - que é pré-candidata à prefeitura de Porto Alegre - e dos chefes de gabinete das duas parlamentares estariam grampeados. De acordo com a assessoria de imprensa do Ministério da Justiça, o ministro José Eduardo Cardozo recebeu o pedido da senadora e determinou à Polícia Federal que tomasse as providências para a apuração.

O único interesse para esse possível grampo só pode ser político-eleitoral. Não há nenhum outro interesse para que se faça uma escuta ilegal. Só pode ser nesta linha - disse Ana Amélia a Zero Hora.

A senadora vem trabalhando para que o PP apoie Manuela na eleição de outubro, contrariando setores do partido que defendem a coligação com o prefeito José Fortunati (PDT).

Quero ter segurança de que um crime, com fins políticos, não esteja sendo cometido. Eu ficaria muito desolada se o meu querido Rio Grande, que é um Estado legalista, tivesse pessoas participando de uma violação de um direito constitucional - afirmou a senadora.

A compra da Delta pela JBS é o negócio mais malcheiroso das últimas décadas no Brasil

- A repórter  Catia Seabra, na Folha Online de hoje, revela que o governo Dilma Rousseff sabe, sim, que a JBS comprou a Delta. "99% dos contratos são com o governo, e como ele nãos aberia e não aprovaria ?", disse o presidente da JBS. Dilma, hoje, disse que não aprovou nada. Tanto aprovou que o Bndes aumentou sua participação na Delta para 30%, a fim de viabilizar a negociação muito mal explicada e feita em velocidade inacreditavelmente alta. A Delta é pivô da CPI do Cachoeira, está no centro da crise política do Rio, possui 40% dos contratos do PAC - e irrigou cofres e mais cofres de candidatos do PT e de outros Partidos nas últimas eleições, inclusive de Dilma Rousseff. A ideia é que a CPI não investigue nada na Delta. 

O empresário José Batista Júnior, um dos controladores do frigorífico JBS, disse ontem que o governo foi consultado e deu aval à decisão de sua família de comprar a construtora Delta para impedir a paralisia de suas obras. “O governo quer que salve a companhia e dê continuidade às obras. Não quer que quebre a empresa”, disse o empresário, o primogênito da família Batista. Júnior, como ele é mais conhecido, presidiu a JBS por 25 anos e é conselheiro da J&F, a holding familiar que controla a JBS e anunciou nesta semana que assumirá o controle da Delta.

O empresário chamou de “conversa de bêbado, de louco” a versão de que a holding teria negociado a compra sem consentimento do governo Dilma Rousseff. “Imagina que o doutor Henrique Meirelles [ex-presidente do Banco Central e presidente do Conselho de Administração da holding] vai fazer um negócio que o governo não quer! 99% da carteira da Delta é com governo federal, estadual, municipal. Como vai fazer um negócio desses?”, afirmou ele.

E acrescentou: “Zero chance de fazermos uma loucura dessas. Como comprar uma empresa sem contrato? Ninguém compra”. O discurso de Júnior contraria a informação de interlocutores de Dilma de que ela desaprova a operação. Afronta ainda manifestação oficial da J&F descartando prévia consulta ao governo. “A J&F não procurou o governo. E não haveria por que, pois se trata de uma operação privada, não política. A empresa vai continuar concorrendo nas licitações, conforme a lei 8.666″, disse ontem a assessoria da holding.

Boataria sobre venda da Petrobrás Biocombustíveis não passa de delírio

Não tem o menor cabimento a boataria que corre no RS segundo a qual a Bunge comprou a Petrobrás Biocombustíveis.

. Dois nomes bem conhecidos dos gaúchos presidem as duas empresas: Miguel Rosseto, Petrobrás Biocombustíveis; Pedro Parente, ex-RBS, Bunge do Brasil.

Bunge, de Pedro Parente, investe pesado em etanol

A boataria sobre Petrobrás Biocombustíveis e Bunge começou a correr depois que a Bunge anunciou investimentos adicionais de R$ 1 bilhão na área.

. A Bunge comprou oito usinas de etanol e para elas anunciou investimentos de US$ 2,5 bilhões até 2016, visando ampliar em 50% a produção de etanol, com o que o processamento anual de cana irá para 30 milhões de toneladas.

. O grupo que nasceu na Argentina e agora tem sede nos EUA, só não produzirá mais álcool porque chegou ao limite de terras próprias permitidas pela lei brasileira atual.

Dilma virá ao RS na semana que vem

A presidente confirmou a viagem a Porto Alegre, onde anunciará um novo pacote de bondades para o RS.

. A exemplo do caso da nova ponte do Guaíba, dificilmente o novo pacote poderá ser aberto antes de dez anos.

Leandro & Stormer – a maior comunidade de Traders do Brasil!
Especialista em educação para o mercado financeiro, a Leandro&Stormer oferece diversos cursos, presenciais e via internet, para que você se prepare e comece a ter rendimentos superiores aos da renda fixa. Acesse http://www.leandrostormer.com.br/  e confira!

Stédile não entende a ajuda do BNDES à venda da Delta

O deputado José Stédile, PSB do RS, que é da base aliada do governo Dilma Rousseff, mandou dizer ao editor que não está entendendo a ajuda do BNDES à venda da Delta para o grupo JBS.

. José Stédile, ex-prefeito de Cachoeirinha, é deputado Federal pelo RS.

- Todas as notícias e opiniões sobre a CPI do Cachoeira são disponibilizadas diariamente no site WWW.polibiobraga.com.br  A newsletter diária não acompanha os trabalhos. 

Mensaleiros do PT tentam manipular a CPI para safar seus bandidos do julgamento no STF

* Editorial do jornal O Globo de hoje.

Continuam as manobras de facções radicais do PT, ligadas aos mensaleiros, para usar a CPI do Cachoeira com objetivos sem qualquer relação com o escândalo da montagem pelo contraventor goiano de uma rede de influência em todos os poderes da República.

Uma das intenções é constranger o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, por ser ele o responsável pelo encaminhamento da denúncia do Ministério Público Federal contra os envolvidos no esquema de troca de dinheiro sujo - inclusive público - por apoio parlamentar ao governo, na primeira gestão de Lula.

Estes grupos começaram a pressionar Gurgel quando, no estouro do escândalo, com a descoberta da proximidade entre Carlinhos Cachoeira e o senador Demóstenes Torres (GO), foi noticiado que o procurador-geral recebera em 2009 o inquérito da Operação Las Vegas, da PF, e nada fizera. Nele já havia registros da afinidade da dupla.

Instalada a CPI, as facções partiram para tentar uma convocação de Gurgel ou convite. Não importava, contanto que o procurador-geral da República comparecesse perante os holofotes da comissão, para certamente ouvir toda sorte de provocações de representantes dos mensaleiros.

CLIQUE AQUI para ler todo o texto.

Mercado de commodities despenca porque JP Morgan foge da especulação

Foi surpreendente a forte queda das cotações de todas as commodities na Bolsa de Chicago, esta sexta-feira.

. O bushel da soja despencou de US$ 14,52 para US$ 14,04. Isto significa uma perda de US$ 18 por tonelada.

. O desastre produziu efeito dominó, atingindo as Bolsas de Valores.

. Tudo começou com o nervosismo do mercado mundial de commodities, diante da decisão do JP Morgan de se desfazer de posições especulativas  em commodities. Em Porto Alegre, imagina-se que só nesta sexta o JP Morgan teve perdas de US$ 2 bilhões.

. A coisa não ficará por aí.

. O JP Morgan contratou um profissional de alto coturno para melhorar a segurança das suas posições, livrando-se dos investimentos especulativos em commodities.

Polícia levará investigações contra prefeitura de Ary Vanazzi, PT, ao Tribunal de Justiça

Recrudesceu a chamada Operação Cosa Nostra, desfechada pela Polícia Civil e MPE do RS para investigar malfeitorias na prefeitura de São Leopold, RS.

. O caso ganhou nova força depois que os dois acusadores dos casos de corrupção na prefeitura, Marco Pinheiro e Carlos Arpini, denunciaram a lentidão da Polícia, do MPE e da Justiça de São Leopoldo, diretamente ao Conselho Nacional de Justiça. Mauro Pinheiro é ex-secretário do prefeito Vanazzi e Arpini foi até há pouco diretor Clínico do Hospital Centenário, que é público e municipal. Os dois já foram ameaçados de morte e Arpini chegou a ser esfaqueado.

. A Delegacia de Polícia Fazendária prometeu encaminhar expedientes sobre investigados com foro privilegiado:
4ª. Câmara Criminal – Prefeito Ary Vanazzi e deputada Ana Affonso.
STJ – Deputado Alexandre Rosso.

. As denúncias envolvem oito dezenas de empresas e empreendedores, além de agentes públicos, que são acusados de formar uma organização criminosa para fraudar licitações, realizar obras frias e vencer eleições para o PT.

CLIQUE AQUI para ler o compacto de 200 páginas com o inteiro teor das acusações feitas contra o prefeito Ary Vanazzi e a deputada Ana Afonso. O caso é abafado na Câmara de Vereadores de São Leopoldo e na Assembleia.

Na foto - Ary Vanazzi, Ana Affonso e Alexandre Rosso.

Júri aceita tese do crime político e condena assassinos de Celso Daniel. PT e Lula entraram na dança das denúncias dos promotores e do julgamento.

- A reportagem a seguir é de Valmir Hupsel Filho, da Veja Online. O júri aceitou a tese do crime político, cometido por bandoleiros ligados ao PT de São Paulo. A tese dos promotores é de que o ex-prefeito Celso Daniel foi assassinado porque descobriu que dinheiro da corrupção na prefeitura de Santo André, que era usado na campanha de Lula e do PT, vinha sendo desviado para encher o bolso de líderes locais do PT e seus aliados. O irmão de Celso Daniel, Bruno, que depôs no júri, disse que o ministro Gilberto Carvalho era um dos mulas que levava o dinheiro da corrupção para o então presidente do PT, José Dirceu.

Por Valmar Hupsel Filho, na VEJA Online:
Depois de mais de 14 horas de julgamento, a Justiça condenou, no fim da noite desta quinta-feira, três homens acusados pelo sequestro e assassinato do ex-prefeito de Santo André, Celso Daniel, crime ocorrido em janeiro de 2002. Ivan Rodrigues da Silva, conhecido como Monstro, acusado de ser o líder entre os executores, foi condenado a 24 anos de prisão; José Edison da Silva, a 20 anos. Por ser menor de 21 anos no dia do crime, Rodolfo Rodrigo dos Santos Oliveira, o Bozinho, recebeu pena de 18 anos.
Os sete jurados, três homens e quatro mulheres, votaram pela condenação dos três por homicídio duplamente qualificado - os agravantes foram a execução do crime mediante pagamento e sem chance de defesa da vítima. “Esse é um momento de alegria porque mais uma etapa foi vencida”, comentou o irmão da vítima, Bruno Daniel. Apontado como o mandante do crime, o empresário Sérgio Gomes da Silva, o Sombra, amigo do ex-prefeito, ainda não foi julgado.

CLIQUE AQUI para ler toda a reportagem.

Quem vencerá as eleições em Porto Alegre?

 Sem contar os nanicos, o cenário eleitoral de Porto Alegre parece bem definido neste final de semana ameno de maio, apresentando-se com a seguinte configuração para os três candidatos que aparecem neste momento com as maiores chances:
PDT-PMDB-PTB – José Fortunati, do PDT, atual prefeito.
PCdoB-PSB-PP – Manuela D’Ávila, deputada Federal do PCdoB
PT – Adão Villaverde, deputado estadual do PT

. Há uma enorme sopa de letrinhas passando de um lado para outro de acordo com as apostas do dia ou simplesmente buscando marcar posições com candidaturas próprias inexeqüíveis.

. Quem vai ganhar?

. Já é certo avisar quem vai perder.

. O PT encaminha-se para um verdadeiro desastre eleitoral, já que seu candidato, Adão Villaverde, acabou isolado no canto do ringue e não tem mais chances de construir uma aliança consistente. Será ele o grande perdedor.

. As últimas três pesquisas de intenções de votos mostram o seguinte resultado, em pecentagem, seguindo a ordem (Instituto Methodus, Ibope e Vox Populi):
José Fortunati – 35,3/29/38
Manuela – 34,3/37/30
Adão Villaverde – 3,7/7/3

. A pesquisa do Ibope é completamente diferente das outras duas, que são mais parecidas entre si. O Ibope
costuma errar feio suas pesquisas.

. Quem vai ganhar?

. Cada leitor poderá fazer sua própria aposta, mas uma boa maneira de lidar com o assunto é examinar com atenção a tabela completa com todas as perguntas e respostas feitas por Vox Populi. Nela estão pistas interessantes sobre o que pode acontecer em Porto Alegre.

LEIA mais notícias sobre o caso de Porto Alegre, a seguir.
CLIQUE AQUI para examinar a pesquisa completa de Vox Populi.


NOVO BIER MARKT - Chegou o Bier Markt Vom Fass
Vá conhecer na Barão do Santo Ângelo 497, ao lado do Leopoldina. Agora, 24 torneiras de chope artesanal de várias partes do mundo, com barris alojados em câmera fria, servidos diretamente nos copos, sem serpentina. Cardápio diferenciado.
CLIQUE AQUI para saber o que pensam os clientes e conhecer o novo Bier Markt Vom Fass. - Vá também no Bier Markt da Castro Alves 452, três vezes seguidas "A Melhor Carta de Cervejas", segundo Veja (2010, 2011 e 2012). 

SP, Porto Alegre, Rio e BH entre as 10 melhores cidades latinoamericanas para investir

Muita gente ficou sem entender direito a notícia de que Porto Alegre está na lsita das 10 cidades latinoamericanas onde é melhor investir.

. Trata-se do  Índice de Atratividade de Investimentos Urbanos – INAI - de 2012, resultado de uma pesquisa do Centro de Pensamento em Estratégias Competitivas – CEPET - da Universidade de Rosário (Colômbia) e da empresa Inteligência de Negócios do Chile (IDN), Veja o TOP TEM, como classifica a publicação Front Desk, Porto Alegre.

1. São Paulo
2. Santiago de Chile
3. Mexico City
4. Lima
5. Bogotá
6. Porto Alegre
7. Rio de Janeiro
8. Monterrei
9. Buenos Aires
10. Belo Horizonte

Nagelstein ensina: “Inadimplência caiu de 76% para 8% por que fizemos cumprir a lei no Camelódromo de Porto Alegre

O Camelódromo de Porto Alegre, 822 lojas, foi obra criada há três anos pelo ex- prefeito José Fogaça e pelo ex-secretário da Smic, Idenir Cecchim, mas coube ao prefeito José Fortunati e seu secretário da Smic, Valter Nagelstein, consolidar o empreendimento, que exigiu investimento de R$ 20 milhões do parceiro privado da PPP.

. O Shopping do Porto (WWW.shoppingdoporto.com.br ) resolveu um problema de 100 anos da zona central – sem o uso de um só cassetete.

. O editor convidou o ex-secretário da Smic, Valter Nagelstein, para falar sobre o sucesso do empreendimento, durante almoço agendado para o Restaurante Del Barbieri, apenas 5 mesas e só sob reserva, na Jerônimo Coelho 188.

Quando Fogaça saiu da prefeitura, no final do primeiro ano, o Camelódromo registrou altíssimo grau de inadimplência, chegando a 76%.
Está em 5% neste momento. Quando saí, há um mês, estava em 8%. Mas o número é de apenas um dígito mesmo.

Como é que você conseguiu isto?
Eu sou advogado: fiz cumprir a lei. Os contratos precisam ser cumpridos. A PPP só acontece se há certeza de segurança jurídica na localidade. Aqui, há.

. Valter Nagelstein cumpre seu primeiro mandato de vereador. Ele é um dos seis representantes do PMDB. Fez 6.980 votos. Antes de ir para a Smic, foi líder do governo Fogaça. 

BRDE será agende financeiro da Ancine a partir de segunda-feira

Será segunda-feira, 11h, a assinatura do contrato pelo qual o BRDE passará à condição de agente financeiro da Ancine. O ato foi agendado para o Palácio Piratini.

. O banco receberá, analisará e aprovará os projetos de audiovisuais e filmes que buscarem dinheiro do governo federal.

. O Fundo Ancine terá R$ 500milhões para gastar até o ano 2015.

Fortunati e MJDH lançará dia 22 o programa local “Marcos da Memória”

Será no dia 22 a assinatura do protocolo mediante o qual a prefeitura de Porto Alegre e o Movimento de Justiça e Direitos Humanos iniciarão uma série de ações no âmbito do programa “Marcos da Memória”.

. O prefeito José Fortunati vinha acertando há algum tempo o programa. Ele contemplará a afixação de marcos em locais específicos, lembrando eventos ligados à violação dos direitos humanos durante o período militar. Um deles ocorrerá no cais. Ali, uma das pedras registrará os nomes dos prisioneiros políticos recolhidos à Ilha Presídio.

Vereador do PSOL tungou ideia e furou programa bolado pelo MJDH

Criou constrangimento no Movimento de Justiça e Direitos Humanos a atitude pouco ética do vereador Pedro Ruas, PSOL, que se apropriou de um dos eventos projetados pelo programa “Marcos da Memória” e realizou ato público diante do prédio onde funcionava o chamado Dopinho., em Porto Alegre.

. Foi uma ação oportunista do PSOL, para a qual se prestou até mesmo o ex-governador Olívio Dutra.

MJDH esperava ver Jair Krishke na Comissão da Verdade

O Movimento de Justiça e Direitos Humanos do RS esperava a indicação de Jair Krishke para a Comissão da Verdade.

. O único gaúcho da lista de sete membros é o ministro Gilson Dipp.

Aliança de Ana Amélia com PCdoB e PSB poderá isolar recandidatura de Tarso

Quem conversou com o presidente do PP, o ex-deputado Celso Bernardi, quinta-feira, na prefeitura de Porto Alegre, saiu com a impressão de que ele já dá como favas contadas o apoio do Partido à candidatura de Manuela D’Ávila, do PCdoB.

. As resistências à decisão da senadora Ana Amélia de apoiar a candidata comunista perderam ímpeto.

. Os aliados da senadora do PP jogam pesado em 2012, de olho em 2014, apostando alto em dois movimentos estratégicos diferentes:
1) Ana Amélia corre o risco de perder parte dos tradicionais 5% de votos que o PP costuma levar nas disputas majoritárias, mas mesmo estes voltarão em 2014 por falta de opção.

2) Ao se aliar com PCdoB e PSB, desde já a senadora do PP transforma Tarso Genro numa espécie de Adão Villaverde, isolando-o na disputa à reeleição. 



Leandro & Stormer – a maior comunidade de Traders do Brasil!
Especialista em educação para o mercado financeiro, a Leandro&Stormer oferece diversos cursos, presenciais e via internet, para que você se prepare e comece a ter rendimentos superiores aos da renda fixa. Acesse http://www.leandrostormer.com.br/  e confira!

PTB não recuará do apoio a Fortunati. Ruídos são apenas reflexo da disputa interna.

É de não retorno o apoio do PTB à aliança PDT-PMDB em Porto Alegre. Os ruídos são todos no campo da base aliada e refletem agudas e velhas disputas internas.

Lamacchia falará na Federasul sbore "A OAB e a sociedade civil"

O presidente da OAB do RS, Claudio Lamacchia, falará sobre "A OAB e a sociedade civil", quarta-feira, no Tá na Mesa da Federasul.

. Os eventos das quarta-feiras da Federasul são os mais importantes e prestigiados do gênero em todo o RS.

IBGE: emprego na indústria cai 1,2% em março

Uma semana após o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) informar queda de 2,1% em março, em comparação com o mesmo mês de 2011, agora é o emprego industrial que vai mal.

. Conforme o próprio IBGE informou nesta sexta-feira entre fevereiro e março, a taxa de empregados caiu 0,4%, mas a queda é ainda maior quando comparado ao terceiro mês de 2011 - recuo de 1,2% (o maior desde dezembro de 2009, na relação anual). Em fevereiro deste ano, o emprego na indústria havia crescido 0,1%.

. Ainda na série com ajuste sazonal, o primeiro trimestre de 2012 mostrou queda de 0,8% em relação com o mesmo período de 2011 e recuo de 0,3% contra o trimestre imediatamente anterior. Nos últimos 12 meses já se pode ver uma desaceleração na criação de empregos. Em março, a taxa anualizada avançou 0,2%, depois de subir 3,9% em fevereiro.

Repasse do governo Dilma a ONGs aumenta em R$ 121 mi

Após sucessivos escândalos de corrupção envolvendo os contratos do governo com entidades sem fins lucrativo, os repasses federais a Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscips), Organizações Não Governamentais (ONGs), fundações e partidos políticos cresceram 17% no entre janeiro e abril deste ano, alcançando a cifra de 807,5 milhões de reais. Os dados integram um levantamento do Contas Abertas divulgado nesta sexta-feira.

. Em 2011, o montante desembolsado para essas instituições foi reduzido em decorrência de medidas impostas pelo governo federal após escândalos envolvendo os ministérios do Trabalho, Esporte e Turismo. A presidente Dilma publicou, em outubro passado, decreto em que determinava a suspensão por 30 dias dos repasses de verbas públicas para entidades privadas sem fins lucrativos.

Caixa abre 49 agências gaúchas neste sábado

A Caixa Econômica Federal abrirá suas principais agências em todo o País neste sábado das 9h às 16h. A ação tem como objetivo prestar atendimento aos clientes que buscam informações sobre oportunidades de crédito e taxas de juro reduzidas para pessoas físicas e jurídicas.

. No Rio Grande do Sul foram convocadas 49 unidades de 35 municípios gaúchos que oferecerão todos os demais serviços com exceção das movimentações de valores em guichês e penhoras.

Preso por tráfico tem direito de obter liberdade provisória

Decisão tomada ontem pelo Supremo Tribunal Federal permite liberdade a traficantes presos em flagrante que ainda aguardam julgamento. Por sete votos a três, os ministros consideraram inconstitucional o artigo da Lei de Drogas, de 2006, que estabelecia a proibição.

. O STF entendeu que, mesmo diante de um crime grave, não se pode ignorar o princípio constitucional da presunção de inocência, pelo qual ninguém pode ser punido até que tenha uma condenação final, sem possibilidade de recurso.

. Agora caberá ao juiz que cuida do caso analisar as circunstâncias e decidir se o preso pode ou não sair.

Justiça condena mais três pessoas pelo assassinato de Celso Daniel

A Justiça condenou no final da noite desta quinta-feira, os réus Ivan Rodrigues da Silva, Rodolfo Rodrigo dos Santos Oliveira e José Edison da Silva pelo assassinato do prefeito de Santo André, Celso Daniel (PT), em 2002. Ivan foi condenado a uma pena de 24 anos de prisão, Rodolfo, a 18 anos, e José Edson a 20 anos.

. O julgamento teve início às 11 horas no Fórum de Itapecerica da Serra (SP). Os três foram formalmente denunciados pelo Ministério Público por homicídio duplamente qualificado.

. O promotor de Justiça Marcio Friggi de Carvalho comentou a sentença ao final do julgamento, “os jurados encamparam o nosso trabalho. Até agora, a Justiça vem chancelando a tese do Ministério Público”. Ele disse ainda que o MP irá continuar com as investigações. “Acredito que existam outros envolvidos, que serão identificados e responsabilizados”, finalizou.

Leandro & Stormer – a maior comunidade de Traders do Brasil!
Especialista em educação para o mercado financeiro, a Leandro&Stormer oferece diversos cursos, presenciais e via internet, para que você se prepare e comece a ter rendimentos superiores aos da renda fixa. Acesse http://www.leandrostormer.com.br/  e confira!

PV declara apoio a Serra em SP sem exigir vice

O PV formalizou nesta quinta-feira, em ato na Câmara Municipal paulistana, a aliança com a pré-candidatura do ex-governador José Serra (PSDB) à Prefeitura de São Paulo. As lideranças verdes afirmaram que a adesão não está condicionada a receber o posto de vice na chapa de Serra. Tampouco a cargos no governo, apesar de Serra cogitar escolher o secretário municipal do Verde e do Meio Ambiente, Eduardo Jorge (PV), para a vice. E de o tucano ter dito na ocasião que conta com quadros do PV novamente na administração, caso seja eleito.

STF blinda Roberto Gurgel e critica convocação à CPI

Alvo de integrantes da CPI do Cachoeira – que querem convocá-lo a depor e dar explicações sobre suposta prevaricação nas investigações que revelaram as primeiras ramificações políticas do esquema criminoso comandado por Carlinhos Cachoeira, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, foi “blindado” nesta quinta-feira, pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

. Ministros deixaram claro que o procurador-geral não deve ir à CPI para explicar por que não abriu, em 2009, durante a Operação Vegas, da Polícia Federal, um inquérito para investigar o envolvimento de políticos com o bicheiro Carlinhos Cachoeira.

. Sob ameaça de ser convocado, Gurgel relacionou a pressão que sofre ao julgamento do mensalão – disse que parlamentares da CPI defendem interesses de réus – e afirmou que sua estratégia foi aguardar mais indícios contra políticos para instaurar o inquérito. A controvérsia sobre a possibilidade de convocar o procurador-geral, em última instância, pode chegar ao STF, a quem caberá a palavra final se Gurgel deve ou não ir à CPI.