Preso por tráfico tem direito de obter liberdade provisória

Decisão tomada ontem pelo Supremo Tribunal Federal permite liberdade a traficantes presos em flagrante que ainda aguardam julgamento. Por sete votos a três, os ministros consideraram inconstitucional o artigo da Lei de Drogas, de 2006, que estabelecia a proibição.

. O STF entendeu que, mesmo diante de um crime grave, não se pode ignorar o princípio constitucional da presunção de inocência, pelo qual ninguém pode ser punido até que tenha uma condenação final, sem possibilidade de recurso.

. Agora caberá ao juiz que cuida do caso analisar as circunstâncias e decidir se o preso pode ou não sair.

7 comentários:

MineirinhoSP disse...

Esse país está virando o verdadeiro "Paraíso na Terra", o Éden, a Terra Prometida, enfim, denominações para designar este territótio abençoado por Deus e lindo por natureza ! E agora,... sob as hostes do PT e Esquerdalha em geral, "sofrendo uma arrumação na casa" para deixar tudo como o Diabo gosta...

Anônimo disse...

O problema é que se tornou muito fácil colocar qualquer desafeto na cadeira. Basta pagar 1/2 dúzia de trocados para que sejam plantados alguns gramas de drogas em seu carro, casa, etc. Depois, vem a Polícia e....

Ricardo R. disse...

É o fim da picada... Deu para esse paizinho e o culpado somos todos nós, que deixamos chegar neste ponto !

NDSS disse...

Brasil, o país da vagabundagem!
Já não basta ser honesto e pagador de impostos, para ser respeitado é preciso ser coitadinho e pertencer à camarilha.
Vejo essa liberação de traficantes como mais uma grande palhaçada dos impolutos, vaidosos e partidários juízes e desembargadores, mas também entendo isso por outro viés: a liberação geral do tráfico é absolutamente nociva para a nossa já doente sociedade, mas é muito bom para aqueles "heróis" policiais que, não obstante trabalharem por um salário miserável (pago a pau e corda pelos "socialistazinhos" de bosta), saem às ruas para levar tiro na cara e prender sem qualquer respaldo da justiça. A partir do momento que esses "heróis" deixarem a vagabundagem tomar conta (já estão, diga-se) das ruas, das instituições, da propriedade pública e privada, e, por conseguinte, a sociedade ficar irremediavelmente refém de bandidos, aí talvez a bandidagem de gravata - os hipócritas - façam algo para tentar salvar o pouco que seja possível salvar. Talvez.
Mas isso não acontecerá enquanto policiais íntegros e honestos estiverem nas ruas perseguindo e prendendo vagabundos, a despeito de toda a perseguição política, exploração e preconceito de que são vítimas.
Policiais, parem de trabalhar e deixem que os juízes e os políticos hipócritas "protejam" a sociedade, que vive de boca fechada, em incompreensível letargia, achando muito bonitinho os rumos que tomam os nossos Judiciário e Legislativo.
Quando vocês, policiais, forem devidamente respeitados e valorizados, voltem a trabalhar e limpar a porcaria deixada por politiqueiros e juízes incompetentes. Mas somente quando houver em definitivo uma contrapartida.
Viva o Brasil permissivo e socialistazinho!
Ou eu deveria dizer viva o Exército Brasileiro?

Mordaz disse...

Mais uma vez vergonhosamente o STF protege o crime organizado que tanto mal faz o país. Traficantes, se eventualmente pegos, estão livres para continuarem livremente a traficarem e eliminar quem os denunciou ou as testemunhas.

Anônimo disse...

Deveriam é estar implantando a pena de morte para traficantes, ao invés de continuarem a dar excesso de direitos e concessões a vagabundos.

Anônimo disse...

É Jogo-treino preliminar pro Mensalão !

É prá ir acostumando e anestesiando a galera.