Lasier falou mal do PT durante todo o discurso que fez em São Borja

O candidato do PDT ao Senado, jornalista Lasier Martins, falou mal do PDT da primeira até a última palavra na convenção estadual do PDT.[

. Os 3 mil convencionais gostaram do discurso.

PDT faz convenção estadual e ignora candidatura de Dilma

Nem um só orador referiu-se a Dilma Roussef durante a convenção deste sábado em São Borja. Entre os que não falaram na candidata e usaram da palavra:

Vieira da Cunha, candidato a governador.
Lasier Martins, candidato a senador.
Romildo Bolzan Júnior, presidente estadual do PDT
Afonso Mota, ex-secretário de Tarso
Carlos Lupi, ex-ministro de Dilma e presidente nacional do PDT
José Fortunati, prefeito de Porto Alegre.

. O PDT do RS decidiu liberar seus filiados no quesito eleição presidencial.

Aécio quer apresentar seus ministros em plena campanha eleitoral

Ao lado, os primeiros ministros de Aécio. De cima para baixo: Armínio, Serra e Anastasia.


Aécio Neves  já articula a formação de sua futura equipe ministerial, caso seja eleito presidente da República, em outubro.

. Ele  pretende apresentar seus possíveis ministros durante a campanha eleitoral:

- Arminio Fraga, Fazenda; Antonio Anastasia,  Planejamento; ex-governador José Serra, Relações Exteriores.

Artigo, David Coimbra, Zero Hora, hoje - A tal da elite branca

David Coimbra não identifica o autor das falsas acusações, mas as grosseiras manifetações foram dessa figura patética e mitômana aí ao lado, em pleno esplendor da sua vida oportunista e aventureira.



No jornal Zero Hora, hoje, o jornalista David Coimbra lembra que agora inventaram essa história de elite branca, critica quem tenta estabelecer diferenças racxiais e condena a babaquice do uso da palavra PresidentA. Ele fala sobre isto. Leia trechos pinçados pelo editor. Ao final, link com texto completo:

Por favor. Uma das poucas vantagens que o Brasil realmente tem em relação a TODOS os outros países do mundo é a miscigenação. No Brasil, as etnias de fato se misturam, e o fazem com naturalidade.

(...) 

Aliás, isso de presidentA. Será que os petistas inteligentes e ilustrados não veem que isso é uma babaquice? Isso não valoriza a mulher coisa nenhuma, isso a ridiculariza. Quem é o taipa que fala presidentA sem achar estranho?

. A propósito, havia no Brasil uma propaganda do TSE, não sei se está passando ainda. É para incentivar as mulheres a concorrer a cargos públicos. A mulher da propaganda pergunta: ?Até quando vamos deixar que ELES falem por nós??. Mas como? Um homem não pode representar mulheres no parlamento? Temos que votar por gênero, homem vota em homem, mulher vota em mulher? É assim?


Elite branca, presidentA e outros que tais são apostas na divisão, na ruptura social. Não levam a nada. Ou, antes: não levam a nada de bom.

CLIQUE AQUI para ler o texto integral. 

João Otrávio, o filho low preofile de Brizola, produz livro sobre o pai. Aqui, ele fala para Zero Hora.

Na foto, Brizola conversa com um desconhecido. Ao seu lado, os filhos José Vicente, João Otávio e Neusinha. Estão todos mortes, menos o desconhecido e João Otávio. 



O título da reportagem sobre o livro de João Otávio Brizola sobre seu pai, Leonel Brizola, é este:  'Meu pai sempre preferiu ficar no ostracismo a fazer composições'. A seguir, o editor disponibiliza na íntegra a entrevista de Dione Kuhn, que obteve a entrevista do único dos filhos de Brizola que nunca gostou de aparecer.

. A frase pinçada por Dione Kuhn não corresponde à verdade, porque Brizola cansou de fazer composições, antes, durante e depois da ditadura. São emblemáticas suas alianças com os galinha-verdes, fascistas, integralistas do PRP, que tentaram depor Getúlio pelas armas em 1937; mais o acordo para eleitores trabalhistas votarem em Brossar para o Senado (na ditadura) e acertar a chapa PDT-Arena, Aldo Pinto e Silverius Kist para o governo do RS. Ameaçado no Uruguai pelos militares durante seu exílio, fez um acordo com seus arqui-inimigos dos Estados Unidos, que ajudaram a derrubar o governo Goulart, exilar e vigiar Brizola, o ex-governador fez acordo com o governo americano e exilou-se em Nova Iorque durante algum tempo. Se não tivesse feito isto, teria sido assassinado no Uruguai.  

. João Otávio não pode ignorar nada disto, mas preferiu apenas ficar com o mito, escamoteando a história. 

. Leia tudo:

Em sua primeira entrevista, filho de Leonel Brizola falou sobre a relação com o pai, os problemas da família e os erros e acertos do político

O arquiteto João Otávio, 61 anos, é o único filho de Leonel Brizola que sempre fugiu dos holofotes e da imprensa. Ao contrário de seus dois irmãos, José Vicente — o mais velho, morto em 2013 — e Neuzinha — a mais nova, morta em 2011 —, nunca brigou ou desafiou publicamente o pai. Era o filho com quem Brizola, nos últimos anos de vida, vinha conversando, reavaliando decisões políticas, como se estivesse fazendo um inventário de sua trajetória pública e privada.

Brizola foi prefeito de Porto Alegre, deputado e governador do Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro. Morreu há 10 anos, em 21 de junho de 2004, aos 82 anos, vítima de infarto. Por ser testemunha privilegiada de momentos cruciais da vida do pai, João Otávio decidiu escrever um livro de memórias — ainda sem editor (confira um trecho abaixo).

Pai de João Eduardo, João Otávio vive hoje entre o Rio de Janeiro e o Uruguai, onde administra a fazenda que era da família e uma academia de ginástica. É incentivador da carreira política dos sobrinhos, a deputada estadual gaúcha Juliana Brizola, o vereador do Rio Leonel Brizola Neto e o ex-ministro Carlos Daudt Brizola (conhecido por Brizola Neto). Os três são filhos de José Vicente.

Durante passagem por Porto Alegre, ele aceitou, pela primeira vez, dar uma entrevista. Falou por duas horas com Zero Hora sobre a relação com o pai, os problemas da família e os erros e acertos de Brizola.

Por que escrever um livro sobre seu pai?
Eu tinha uma história para contar. Não tem mais muitas testemunhas vivas para falar de todos os períodos da vida de meu pai. Minha mãe e meus irmãos (José Vicente e Neuzinha) já morreram. Resolvi contar do ponto de vista da nossa relação.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Inverno começou no RS

Hoje começou o inverno no RS.

Da cadeia, Roberto Jefferson avaliza traição do PTB a Dilma e ao PT.

O ex-chefão do PTB, agora na cadeia, dá o troco mais uma vez.



Da cadeia no Rio de Janeiro, o ex-deputado Roberto Jefferson autorizou a reviravolta do partido, que abandonou a presidente Dilma Rousseff para apoiar o presidenciável tucano Aécio Neves. A ex-Deputada estadual Cristiane Brasil (PTB-RJ), manteve o pai informado durante a semana  

Esta noite, Porto Alegre, o melhor
segundo Veja. 

Artigo, Demétrio Magnolli - O povo organizado

A finalidade do Decreto 8.243 é moldar uma 'sociedade civil' adaptada às estratégias de poder do governo
O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) converteu-se numa linha de montagem de artefatos ideológicos. Entre tantos países, escolheu a Venezuela chavista como sede de sua única filial no exterior. Num relatório produzido pela filial, lê-se o seguinte: "O modelo bolivariano afasta-se, sem dúvidas, da democracia representativa despolitizadora que predomina ainda hoje no mundo. Supera o modelo idealizado pelos pais fundadores da república norte-americana". As duas frases ajudam a decifrar o sentido do decreto presidencial que instaura a "democracia participativa".
As palavras cruciais são "democracia representativa despolitizadora". De fato, o princípio da representação sustenta-se sobre o pressuposto de que os cidadãos têm outros afazeres além da política. A maioria esmagadora das pessoas consagra o seu tempo ao trabalho produtivo, aos estudos, ao lazer, aos afetos e aos amores. Os militantes políticos, pelo contrário, dedicam-se essencialmente à carreira política, que enxergam como fonte de poder, prestígio, dinheiro ou (raramente) como ferramenta para a "reforma do mundo". O Decreto 8.243, dos "conselhos participativos", procura reduzir a abrangência da "democracia representativa despolitizadora". É um golpe dos militantes políticos contra as pessoas comuns, cuja "participação" perde valor nos centros de decisão de políticas públicas.
O conceito de sociedade civil (ou "esfera pública") é objeto de complexas discussões filosóficas, mas existe um consenso básico enunciado por Habermas: a autoridade estatal não faz parte dela. O governo brasileiro, contudo, baixou um decreto que oferece uma definição oficial de sociedade civil ("o cidadão, os coletivos, os movimentos sociais institucionalizados ou não institucionalizados, suas redes e suas organizações"). Em todo o debate sobre o Decreto 8.243 não há nada mais chocante do que a ausência de um grito coletivo de indignação da sociedade civil diante dessa suprema arrogância estatal. No Brasil, o Estado nasceu antes da nação e, de certo modo, a esculpiu segundo suas conveniências. Uma prova da persistente fragilidade de nossa sociedade civil encontra-se nesse silêncio --e, mais ainda, na recepção calorosa do decreto por intelectuais que ganham a vida falando sobre a sociedade civil.
A finalidade do Decreto 8.243 é moldar uma "sociedade civil" adaptada às estratégias de poder do governo: o "povo organizado", no dialeto dos militantes. Na prática, a seleção dos "coletivos" e "movimentos sociais" com assento nos "conselhos participativos" equivale à atribuição de rótulos de legitimidade oficial a determinadas lideranças sociais. Sob o lulopetismo, o Estado não apenas define a sociedade civil, mas também traça os seus contornos, excluindo os "indesejáveis" da esfera pública. "Participação"? Não: a "democracia participativa" pretende restringir a fiscalização social do Estado aos associados ideológicos do governo.
O Decreto 8.243 nasce no solo arado pela crise de legitimidade do sistema político-partidário e pela desmoralização do poder parlamentar. A "sociedade civil" que o decreto delineia tem a vocação de operar como um parlamento paralelo. Gilberto Carvalho, nomeado secretário-geral da "sociedade civil" estatizada, não mente quando diz que o embrião dessa "democracia participativa" já existe, na forma de "conselhos" e "conferências nacionais" controlados por "movimentos sociais" financiados, direta ou indiretamente, pelo governo.
No final do segundo mandato de Lula, realizou-se a Conferência Nacional de Comunicação (Confecom), um encontro desses "movimentos sociais" promovido pelo governo. A Confecom aprovou o "controle social da mídia" --isto é, no dialeto dos militantes, a censura à imprensa. Para florescer, a "sociedade civil" estatizada precisa amordaçar a sociedade civil.

Repórteres sem Fronteira critica lista negra de jornalistas apresentada pelo PT

“Repórteres sem Fronteiras”, a mais importante entidade internacional de proteção ao trabalho de jornalistas, critica “a lista do PT” de “inimigos da pátria”. 

Candidato do PSDB à Presidência recebeu apoio de nomes e partido ligados à Força Sindical

O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, participa em São Paulo da convenção nacional do Solidariedade, que formalizou apoio a sua candidatura

. O Partido da Solidariedade oficializou neste sábado, em convenção nacional em São Paulo, o apoio ao candidato do PSDB à Presidência da República, senador Aécio Neves. Em seu discurso, o tucano citou a convenção nacional do PT, que acontece também hoje, em Brasília, para fazer críticas aos adversários. "Agora o PT realiza em Brasília a sua convenção nacional, e a palavra que mais se fala é ‘mudança’, disso e daquilo. A constatação é que esse governo é tão ruim que até o PT quer mudar”, atacou.


. Para Aécio, entre as ações necessárias no governo, estão “reconciliar o Brasil com a decência e a dignidade” e “tirar empresas como a Petrobras das garras de um partido político”.

Pastor Everaldo, PSC, arrebata o público brizolista presente à convenção do PDT em São Borja

Faz enorme sucesso em São Borja o pastor Everaldo, candidato a presidente pelo PSC, que conta com 4% das intenções de votos, muito próximo do socialista Eduardo Campos, porque durante a convenção estadual do PDT, ao garantir apoio ao deputado Vieira da Cunha para o governo estadual, levou a platéia ao delírio quando declarou que é brizolista desde criancinha.

. A convenção sai no CTG Boitatá e conta com a participação entusiasmada de 3 mil convencionais.

. Carlos Lupi, presidente nacional do PDT, está presente, da mesma forma que o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati.

. Dirigentes do PDT, DEM, PSC e PV, que formam a coligação, também estão em São Borja.

Milhares de argentinbos já superlotam Fan Fest, neste momento, Porto Alegre

Argentinos participam da Fan Fest em Porto Alegre, neste momento, 15h47min, sábado.


5 mil argentinos participam neste momento da Fan Fest, Porto Alegre, exatamente no momento em que Argentina faz um gol no Irã, quase ao final da partida.

. Na quarta-feira os argentinos jogarão em Porto Alegre contra a Nigéria, mas desde já eles vão lotando os hotéis e pousadas da Grande Porto Alegre e Serra e chegam em massa ao RS. As autoridades da área de segurança e dirigentes da Fifa esperam pelo menos 50 mil argentinos para o jogo, a maior parte dos quais não conseguirá ingressar no estádio.

. Há forte aparato de segurança, com ênfase para a área onde estão 200 jornalistas, ao lado do Beira Rio.

. Teme-se incidentes, como os que ocorreram ontem em Belo Horizonte.

. Neste domingo, jogarão no Beira Rio as seleções da Argélia e da Coréia do Sul.

-  Argentinos e brasileiros brigam em Minas nesta madrugada - Um dos principais pontos de confraternização entre torcedores em Belo Horizonte, a Praça Diogo de Vasconcelos virou praça de guerra na madrugada deste sábado. Uma briga generalizada entre brasileiros e argentinos marcou negativamente a véspera da partida da equipe de Messi contra o Irã, no Mineirão.

Por volta das 2h, os gritos e cantos de provocação viraram confusão, com garrafas e pedras sendo atiradas dos dois lados. A polícia militar foi chamada e teve de usar bombas de efeito moral para acabar com o problema, que assustou turistas e mineiros que curtiam um dos lugares mais tradicionais da cidade.

Esta noite, Porto Alegre, o melhor
segundo Veja. 

Rosane Oliveira lança desafio ao PT: "Lula, vá aos jogos da Copa !"

Escreve a jornalista, hoje, em Zero Hora:
Justiça se faça ao prefeito José Fortunati, que apoiou a ideia na primeira hora, foi o primeiro secretário da Copa, sofreu cobranças nos últimos anos, por conta do atraso nas obras, e tem mostrado a cara não só no Beira-Rio, como nos eventos paralelos


Numa nota intitulada "Lula deveria ir aos jogos da Copa", Rosane Oliveira estranha que Lulas não tenha ido aos jogos da Copa, porque ele foi responsável por trazer a Copa para o Brasil. Leia a nota e depois escreva ao editor (polibio.braga@uol.com.br) contando o que você acha do repto:

O ex-presidente Lula não foi visto, até agora, em nenhum dos estádios construídos ou reformados para o Mundial. Apesar de ser um apaixonado por futebol em geral e pelo Corinthians em particular, Lula não apareceu na abertura e só se manifestou para defender a presidente Dilma Rousseff, vaiada e xingada no jogo de estreia. Não há justificativa política para esse sacrifício. Se é apenas o ex-presidente que trouxe a Copa, por que não desfrutar do espetáculo, como qualquer cidadão que tenha conseguido ingresso? A ausência do ex-presidente nos estádios sugere uma preocupação política – não se sabe se com a própria imagem ou com a reeleição de Dilma. Se tivesse ido ao Itaquerão, é provável que tivesse dividido os apupos, mas, como não foi, a petista acabou pagando o pato sozinha. Lula não é o único que deveria assistir aos jogos. Seria interessante que todos os políticos que apoiaram a vinda da Copa e tiraram fotos sorridentes quando tudo era festa, em 2007, sentassem no meio da torcida. Todos os que trabalharam pela Copa – e não fizeram uma crítica sequer quando ainda havia a possibilidade de a Fifa mudar de ideia – têm direito a participar do espetáculo.Justiça se faça ao prefeito José Fortunati, que apoiou a ideia na primeira hora, foi o primeiro secretário da Copa, sofreu cobranças nos últimos anos, por conta do atraso nas obras, e tem mostrado a cara não só no Beira-Rio, como nos eventos paralelos. Todos os governadores da época apoiaram a Copa, sem ressalvas às exigências da Fifa: Aécio Neves (MG), Yeda Crusius (RS), Sérgio Cabral (RJ) e José Serra (SP), para ficar com os mais notáveis. Quando começaram as críticas ao uso de dinheiro público nos estádios e nasceu o movimento #naovaitercopa, os apoiadores de 2007 sumiram, como se a Copa fosse apenas uma extravagância de Lula.

Confira a íntegra do discurso de Lula em outubro de 2007, na Suíça, em www.zerohora.com/blogdarosane.

Temer poderá vir para a posse do novo presidente da Famurs, Seger Menegaz

Será no dia 27, a posse do novo presidente da Famurs, o vice-prefeito de Tapejara, Seger Menegaz, do PMDB.  A Famurs espera contar com a presença do vice-presidente Michel Temer e do governador Tarso Genro no ato. 

PTB continuará com Tarso

Ao contrário do PTB nacional, que resolveu abandonar a candidatura de Dilma Roussef e apoiar Aécio, o PTB do RS ainda não cogita sair da coligação liderada pelo governador Tarso Genro, PT.

. O PTB gaúcho é um poço de mágoias com Tarso e não quis indicar vice-governador, senador e nem sequer suplente de senador.

Taline diz que PSDB pode perder indicação ao Senado

A jornalista Taline Oppitz diz no Correio do Povo de hoje que a demora do PSDB na indicação de representante ao Senado para compor a chapa de Ana Amélia Lemos ao Piratini e o ingresso do PRB na aliança, podem levar a reviravolta na composição da majoritária. Leia tudo:

Na segunda-feira, ocorrerá reunião entre dirigentes de todos os partidos aliados para discutir o tema. Como Nelson Marchezan Júnior, principal cotado, teria mantido a negativa e estaria fora do páreo, assim como Fernando Schüler, os tucanos se apressaram em apresentar ao PP outros três indicados, para não arriscar a perda da vaga na majoritária.


. As alternativas do PSDB foram, prioritariamente, o ex-procurador-geral do Estado e ex-secretário de Transparência, Francisco Luçardo; além do ex-deputado Jorge Gobbi e do suplente de deputado Jorge Drumm. Apesar de o PSDB sustentar que, como recuou e atendeu à exigência de coligação na proporcional, a vaga ao Senado cabe ao partido, há entendimento distinto entre lideranças de outros integrantes da coligação, que não dão o caso como resolvido e defendem definição conjunta. O PRB também já apresentou ao PP, oficialmente, dois nomes como candidatos ao Senado: o do ex-secretário de Segurança José Francisco Mallmann e o do presidente do partido de Porto Alegre, vereador Waldir Canal.

- O PSDB já avisou que não abre mão da indicação. O Partido não trabalha sozinho na confecção da lista, porque ouve com extrema atenção os aliados e a direção nacional. É possível que um deputado estadual em exercício possa sair como candidato. Isto tudo terá que ser resolvido esta semana, antes das convenções dos coligados. 

Entidade pró-Cuba assume cartazes contra os EUA nas estações do Trensurb

A organização que se intitula Associação Cultural José Marti do RS, mandou o comunicado abaixo para o editor, esclarecendo que é ela quem pagou a impressão dos cartazes e alugou as instalações de duas estações do Trensurb – Mercado e Aeroporto – para promover campanha pela liberação de espiões cubanos presos nos Estados Unidos.

. O editor publicou a notícia e também as fotos, denunciando a estatal federal, totalmente dominada por lideranças gaúchas do PT.

. Leia a nota da entidade:

A campanha esta sendo paga pela Associação Cultural José Martí do RS em contrato com a Empresa Ativa, que explora os espaços comerciais com a TRENSURB. Procure se informar com a própria empresa, através do Sr. Dannie Dubin. É uma campanha humanitária, que não tem nada de ofensivo, ou que seja contra os Estados Unidos da América. Faz um apelo ao Presidente estadunidense para liberte os tres cubanos antiterroristas presos há mais de 15 anos. Por favor, os cartazes estão com o nosso site, procure se informar. 


- O que se presume é que o Trensurb passou a locar espaços privilegiados e em grande quantidade nas suas estações para a colocação de cartazes de conteúdo claramente político e ideológico, o que se presume ser factível aceitar encomendas de organizações de defesa dos direitos humanos e de liberdade em Cuba, inclusive para publicar livros e jornais sem censura, formar sindicatos, partidos e governos, por exemplo, assunto que não emociona a Associação Cultural José Marti. 

PTB abandona o barco de Dilma na undécima hora. Apoio dos trabalhistas irá para Aécio.

O PTB,  comandado por Benito Gama, decidiu mudar de lado para apoiar o presidenciável Aécio Neves (PSDB-MG).

. A reviravolta é carregada de insatisfações na reforma ministerial .

. A decisão dá ao tucano 40 segundos a mais em cada bloco de propaganda eleitoral na TV.

. O PTB acompanhou os governos Lula e Dilma o tempo todo, só desembarcando agora, na undécima hora.

PT realiza convenção nacional para homologar nome de Dilma

O PT realiza neste sábado a convenção nacional para lançar oficialmente a candidatura da presidente Dilma Rousseff à reeleição,  com o slogan “Mais Mudanças, Mais Futuro”. A deia é vincular a presidente Dilma ao lema de que só quem fez no passado tem credibilidade para fazer diferente; presidente do PT. Rui Falcão, o presidente, fala em "vencer o ódio, o rancor, o preconceito, o racismo, a violência, o machismo, a homofobia, o fundamentalismo”.

. Dilma ponteia todas as pesquisas de intenções de votos há vários meses, mas registra claro viéis de baixo e segundo as últimas mostras ela não é capaz de se impor no primeiro turno. Seus principais adversários crescem e ameaçam a hegemonia do PT. 

. Michel Temer, o atual vice, será novamente companheiro de chapa de Dilma.

3 mil trabalhistas já estão reunidos em São Borja para lançar Vieira da Cunha e Lasier

Vieira, à esquerda, erguendo o braço de Lasier. 



Começou as 9h no CTG Boitatá, São Borja, a convenção estadual do PDT. O presidente da sigla, Romildo Bolzan Jùnior, espera 3 mil convencionais de todo o Estado.

. Os atos também registrarão os 10 anos da morte de Brizola e prestarão tributo a Getúlio e Jango. São todos líderes históricos da implementação do trabalhismo, do qual o PDT é o verdadeiro herdeiro.

. A convenção lançará a seguinte chapa para a majoritária:

Governador, Vieira da Cunha, PDT
Senador, Lasier Martins, PDT


. O nome do vice ainda não está consolidado, mas poderá sair na convenção. Flávio Gomes, PSC, é o que tem mais chances, mas o PV e o DEM correm por fora, com Montserrat Martins e Germano Bonow, respectivamente. 

. O PDT não abrirá apoio a um só candidato a presidente. Seus filiados e dirigentes poderão aderir ao nome da sua preferência. 

Anac submeter-se às pressões e Salgado Filho já pode operar com ILS-2 contra a neblina

Embora as informações disponibilizadas ontem fossem de que a Anac ainda não tinha formalizado o pedido de instalação, a verdade é que o aparelho antineblina começou a funcionar no aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre. O equipamento está autorizado pela Anac para ser utilizado para pousos e decolagens em dias de cerração

. A Anac fez um jogo de gato e rato com os gaúchos. O ILS-2 era aguardado há 16 anos, mas as pressões dos passageiros, companhias aéreas, mas sobretudo da mídia, tudo em função dfa Copa, obrigaram o governo federal a agir.

. No Salgado Filho, problemas com pousos e decolagens devido a neblina causaram muitos transtornos nos últimos anosFoto: Dani Barcellos / Especial

- O Instrument Landing System (ILS-2), equipamento que permite pousos e decolagens de aviões em meio à neblina – comum nos meses de inverno no Estado –, já está sendo utilizado no aeroporto Salgado Filho. A aprovação, após uma última análise, realizada nesta sexta-feira por especialistas da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), ocorreu depois que o órgão enviou ofício à Aeronáutica com os dados técnicos.