Entidade pró-Cuba assume cartazes contra os EUA nas estações do Trensurb

A organização que se intitula Associação Cultural José Marti do RS, mandou o comunicado abaixo para o editor, esclarecendo que é ela quem pagou a impressão dos cartazes e alugou as instalações de duas estações do Trensurb – Mercado e Aeroporto – para promover campanha pela liberação de espiões cubanos presos nos Estados Unidos.

. O editor publicou a notícia e também as fotos, denunciando a estatal federal, totalmente dominada por lideranças gaúchas do PT.

. Leia a nota da entidade:

A campanha esta sendo paga pela Associação Cultural José Martí do RS em contrato com a Empresa Ativa, que explora os espaços comerciais com a TRENSURB. Procure se informar com a própria empresa, através do Sr. Dannie Dubin. É uma campanha humanitária, que não tem nada de ofensivo, ou que seja contra os Estados Unidos da América. Faz um apelo ao Presidente estadunidense para liberte os tres cubanos antiterroristas presos há mais de 15 anos. Por favor, os cartazes estão com o nosso site, procure se informar. 


- O que se presume é que o Trensurb passou a locar espaços privilegiados e em grande quantidade nas suas estações para a colocação de cartazes de conteúdo claramente político e ideológico, o que se presume ser factível aceitar encomendas de organizações de defesa dos direitos humanos e de liberdade em Cuba, inclusive para publicar livros e jornais sem censura, formar sindicatos, partidos e governos, por exemplo, assunto que não emociona a Associação Cultural José Marti. 

14 comentários:

Marco Belotto disse...

Porque essa tal de associação cultural jose martí (tudo com minuscula mesmo)não faz campanha para para promover a liberação do Povo Cubano (esse sim com letras maiúsculas) confinados na ilha presídio?

Anônimo disse...

Políbio,

Parece que a próxima ONG fará uma defesa da Al Qaeda.

O Trensurb inovando sempre!!

Talvez dentro da LEI, mas imoral.

Depois não reclamem do #DVTC.

JulioK

Anônimo disse...

Se cavoucar pode encontrar minhocas.

Anônimo disse...

QUEM SABE A ASSOCIAÇÃO MARTI PEÇA A LIBERDADE DOS CUBANOS TAMBÉM, SÃO ALGUNS MILHÕES E NÃO APENAS TRÊS INOFENSIVOS ESPIÕES.
ALTAMIRO

João Coragem disse...

A associação "cultural" jose marti também se manisfestara pelos mais de 115.000 mortos e desaparecidos pelo regime maldito de Fidel???

E' infame dinheiro público (Trensurb) bancando publicidade de regime assassino!

Mordaz disse...

A Associação Cultural José Marti deveria colar cartazes pedindo a liberdade do Povo Cubano, dominado há mais de cinquenta anos por terroristas da Serra Maestra. É muita hipocrisia desta gente.

Anônimo disse...

Aposto que essa Associação Cultural José Martí é financiada com dinheiro público dos nossos impostos!
Tá na hora das pessoas normais e que prezam pela verdade começarem a se revoltar contra esses absurdos e irem lá e arrancar essa m... toda!

Anônimo disse...

09/07/2013




Explicando Eike Batista para leigos




Uma vez, num pequeno e distante vilarejo, apareceu um homem anunciando que compraria burros por R$10,00 cada. Como havia muitos burros na região, os aldeões iniciaram a caçada.




O homem comprou centenas de burros a R$10,00, e como os aldeões diminuíram o esforço na caça, o homem anunciou que pagaria R$20,00 por cada burro. Os aldeões foram novamente à caça, mas logo os burros foram escasseando e os aldeões desistiram da busca.




A oferta aumentou então para R$25,00 e a quantidade de burros ficou tão pequena que já não havia mais interesse em caçá-los. O homem então anunciou que compraria cada burro por R$50,00! Como iria à cidade grande, deixaria seu assistente cuidando da compra dos burros.




Na ausência do homem, seu assistente propôs aos aldeões: - "Sabem os burros que o homem comprou de vocês? Eu posso vendê-los a vocês a R$35,00 cada. Quando o homem voltar da cidade, vocês vendem a ele pelos R$50,00 que ele oferece, e ganham uma boa bolada".




Os aldeões pegaram suas economias e compraram TODOS os burros do assistente. Os dias se passaram, e eles nunca mais viram nem o homem, nem o seu assistente, somente burros por todos os lados."




Postado por Editor às 09:34 Nenhum comentário: Links para esta postagem




Anônimo disse...

Esta dita organização está fazendo campanha para o socialismo, do contrário estariam também pedindo a libertação dos prisioneiros políticos da monarquia Castrista.

Anônimo disse...

Algumas perguntas precisam ser respondidas. Há contrato desta publicidade com a Trensurb? Ativa não teria feito este trabalho gratuitamente? A Trensurb recebeu recursos desta publicidade? As regras da Trensurb permitem este tipo de publicidade?
Se estas perguntas não forem respondidas e tudo ilegal e antiético como tudo que o PT faz.

Anônimo disse...

Tá tudo dominado!

Anônimo disse...

se a maioria cubana não quisesse o governo, cercados de inimigos por todas as águas. já teriam derrubado há muito.
o povo AMA os castro, sobretudo aqueles que se lembram do puteiro para ianques que era a cuba de fulgencio bautista.
se cuba fosse capitalista, mas sofresse embargo, teria o mesmo desenvolvimento, pois lhe faltam recursos, e precisa poder trocar com o continente.
direitos humanos jamais passaram de pretexto: nesses 50 anos os EUA não tiveram escrúpulo algum ao negociarem com as petromonarquias teocráticas torturadoras do golfo pérsico.
direitos humanos jamais passaram de pretexto.
se cuba fosse capitalista, mas sofresse embargo, teria o mesmo desenvolvimento, pois lhe faltam recursos, e precisa poder trocar com o continente.
mesmo com o embargo, tem zero de analfabetismo e desnutrição infantil, e medicina profilática elogiada mundo afora - um milagre.

Anônimo disse...

hoje o cubano é livre para sair, mas poucos têm dinheiro, por causa de 50 anos de embargo.
e muitos não querem sair.
visite cuba, sem preconceitos, para não ficar refém do que lhe mente o william bonner.

Anônimo disse...

Ao tal RAFAEL NO CÉU.
Eu o invejo porque em estando no céu, ele deve estar em Cuba e eu infelizmente estou no inferno, isto é, no Brasil dos PeTralhas.

Ass.: rafael no inferno