Jornal Nacional flagrou Graça Foster noutra mentira sobre a corrupção na Petrobrás

Quatro dias depois da publicação de uma reportagem no jornal “Valor Econômico” sobre os alertas enviados por uma ex-funcionária à diretoria da Petrobras, a empresa divulgou uma nota declarando que a presidente Graça Foster não foi informada sobre essas irregularidades pela empregada Venina Velosa da Fonseca antes do dia 20 de novembro de 2014. E afirmou que os e-mails enviados por Venina, em 2 de abril de 2009 e em 7 de outubro de 2011, “não explicitaram irregularidades”.

No e-mail enviado a Graça Foster no dia 7 de outubro de 2011 e publicado no “Valor Econômico” na sexta-feira (12), Venina da Fonseca escreveu:

- Do imenso orgulho que eu tinha pela minha empresa, passei a sentir vergonha. Diretores passam a se intitular e a agir como deuses e a tratar pessoas como animais. O que aconteceu dentro do Abast na área de comunicação e obras foi um verdadeiro absurdo. Técnicos brigavam por formas novas de contratação, processos novos de monitoramento das obras, melhorias nos contratos, e o que acontecia era o esquartejamento do projeto e licitações sem aparente eficiência. Tarde demais para entrar em detalhes. Existem alternativas que eu estou avaliando, apesar do receio de trazerem risco para mim e para minhas filhas. Gostaria de te apresentar parte da documentação que tenho. Parte dela eu sei que você já conhece. Gostaria de ouvir antes de dar o próximo passo. Não quero te passar nada sem receber um sinal positivo da sua parte.

. O Jornal Nacional perguntou à assessoria da Petrobras se Graça Foster, na época diretora de Gás e Energia, informou à presidência da empresa sobre o ''esquartejamento de projetos'' e sobre as ''licitações sem aparente eficiência'', relatadas por Venina da Fonseca nesse e-mail.

. O JN também perguntou se Graça Foster atendeu ao pedido da funcionária, para que a ouvisse e recebesse uma documentação. A Petrobras afirmou que Graça Foster não respondeu ao e-mail enviado por Venina nem recebeu a documentação mencionada por ela na mensagem.

CLIQUE AQUI para examinar a reportagem desta terça a noite. O material é bastante extenso. 

Manifestantes limpam com água e sabão a corrupção da sede da Petrobrás

Na foto, faxina na Petrobrás, em São Paulo.


No Rio de Janeiro, em São Paulo e outras cinco cidades do país e também em Houston, no Estados Unidos, grupos decidiram protestar em forma de ‘faxinaço’ contra a corrupção na estatal.

. O protesto no Rio, segundo o online globo.com ocorreu na manhã desta terça-feira em frente à sede, no Centro.

. Em Canoas, a Refap escapou da faxina de hoje.
. Entre vassouras e baldes, para ‘limpar’ a empresa, os manifestantes carregavam cartazes pedindo também o afastamento de Graça Foster da direção da Petrobras.”

. Segundo a reportagem, “uma senhora de 69 anos, que não quis se identificar, afirmou que compareceu ao ato porque está “indignada”. Usando chapéu, óculos e brincos de pérolas, a idosa disse que não é a primeira vez que o grupo organiza protestos contra o atual governo. De acordo com ela, o primeiro ato aconteceu em 31 de julho de 2012, contra o mensalão, e desde então foram organizadas inúmeras manifestações do mesmo tipo.”

CLIQUE AQUI para examinar reportagem sobre a faxina de grupos de manifestantes na sede da empresa, no Rio.
CLIQUE AQUI para ver, também, reportagem do Jornal Nacional que denuncia Graça Foster. A presidente da Petrobrás mentiu ao dizer que não foi avisada por sua Gerente, Venina Fonseca, sobre a corrupção na estatal. 

Presidente da Famurs falará sobre turno único e 13o dos municipios gaúchos nesta quarta

O presidente da Famurs, Seger Menegaz, concede uma entrevista coletiva à imprensa para apresentar um balanço das ações da entidade em 2014 e os principais desafios para 2015. No encontro, Menegaz ainda divulgará o número de municípios que estão em turno único no RS e uma pesquisa sobre o pagamento do 13º salário aos servidores municipais.

Hope inaugura loja própria no Moinhos Shopping

Já conhecida entre as gaúchas, a Hope agora faz parte do mix de lojas do Moinhos Shopping. No espaço, localizado no segundo andar do shopping, ganham destaque as linhas Gisele Bündchen Intimates e Hope Praia Resort. 

Bom Jesus mata 125 cães com veneno e depois avisa que é a “Cidade Amiga dos Animais”.

Mais uma peça para alimentar o Festival de Besteiras que Assolam o Rio Grande (Febearg) chega direto da cidade de Bom Jesus, onde o prefeito Frederico Becker (PP) tentando minimizar o impacto da matança de 126 cães - notícia que ganhou o mundo inteiro na última semana de novembro - mandou confeccionar um panfleto e distribuir à população, com a seguinte frase: BOM JESUS – CIDADE AMIGA DOS ANIMAIS!

. É sobre isto que o editor produziu seu comentário de hoje, intitulado Bom Jesus mata 125 cães com veneno e depois avisa que é a “Cidade Amiga dos Animais”. 

Veja, aqui, reportagem da Bloomberg sobre a JBS e a família Batista

O jornalista Blake Schmidt, da Bloomberg News, acaba de editar instigante reportagem sobre a JBS e a família Batista. Com uma receita de R$ 110 bilhões nos últimos 12 meses, a JBS superou a Vale e se tornou a maior empresa do Brasil depois da Petrobras.  A matéria destaca também como a JBS transformou em bilionários cinco dos seis filhos de seu fundador, José Batista Sobrinho.

CLIQUE AQUI para examinar tudo. 

Juiz Sérgio Moro abre ação penal contra mais 16, cinco dos quais diretores da Mendes Júnior

CLIQUE AQUI para ler, também
"Um balanço de fiascos, de cdevastação e de lorotas", Rolf Kuntz.

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas investigações da operação Lava Jato, abriu hoje (16) ação penal contra 16 investigados, cinco deles dirigentes da empreiteira Mendes Júnior. Entre os investigados, que também se tornaram réus, estão o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, e o doleiro Alberto Youssef, denunciados em todas as ações da sétima fase da operação. A informação é do site www.uol.com.br Leia tudo:

. De acordo com o juiz, há provas de que a Mendes Júnior participava de um "clube" com outras empresas para acertar quem sairia vencedora de licitações com a Petrobras.
"Para permitir o funcionamento do cartel, as empreiteiras corromperam diversos empregados do alto escalão da Petrobras, entre eles os ex-diretores Paulo Roberto Costa e Renato de Souza Duque. Os agentes públicos tinham o papel relevante de não turbar o funcionamento do cartel e de tomar providências para que a empresa definida pelo clube para vencer a licitação fosse, de fato, escolhida para o contrato", disse o juiz.
Conforme a decisão, além de Youssef e Costa, Sergio Cunha Mendes, vice-presidente da Mendes Júnior, teve denúncia aceita pelo juiz. Na ação, também há investigados ligados à empresa UTC.
Também passaram à condição de réus da nova ação penal Waldomiro de Oliveira, Carlos Alberto Pereira da Costa, João Procópio Junqueira Pacheco de Almeida Prado e Enivaldo Quadrado. Todos prestavam serviços ao doleiro.
Em novembro, Sérgio Mendes confirmou à Polícia Federal o pagamento de propina ao doleiro Alberto Youssef. Conforme o advogado de Mendes, o executivo relatou aos delegados da PF que foi obrigado a pagar propina de R$ 8 milhões ao doleiro.
Segundo ele, Youssef exigiu o pagamento da quantia para que a Mendes Júnior recebesse os valores a que tinha direito em contratos de serviços licitamente prestados e para continuar participando das licitações da Petrobras. De acordo com a defesa, foram feitos quatro pagamentos seguidos, de julho a setembro de 2011.

Sérgio Moro também já aceitou denúncia contra executivos ligados às empresas Engevix, OAS, Galvão Engenharia. 

. Até o momento, dos 39 denunciados pelo Ministério Público Federal 30 já se tornaram réus em ações penais oriundas da Operação Lava Jato.

Sartori quer Postal como líder do governo, mas Postal prefere ser secretário

O governador José Ivo Sartori gostaria de contar com o deputado Alexandre Postal na condição de líder do seu governo na Assembléia. Postal não gosta da idéia. Ele preferiria ser secretário. O governo poderá optar por deputado de outro Partido. Um dos nomes cogitados é o de Paulo Odone, que no entanto não se elegeu. Ele é o segundo suplente da coligação PSB-PPS, que elegeu quatro deputados. O PSB já emplacou Miki Breier e poderá encaixar Catarina Paladini, primeiro suplente, abrindo vaga para Odone.

O melhor segundo Veja
100 rótulos de cervejas e chopes artesanais.
Vá esta noite.
Programa seu happy hour de final de ano
www.biermarkt.com.br

Maria Helena Sartori poderá assumir a vaga de deputada estadual ?

Caso a mulher do governador José Sartori seja chamada da suplência para assumir mandato de deputado estadual, terá que prestar o juramento e depois se licenciar, garantindo sua ida para o gabinete de Primeira Dama.

. Se fizer isto, Maria Helena pensa abrir mão do salário de deputado para evitar intrigas.

O melhor segundo Veja
100 rótulos de cervejas e chopes artesanais.
Vá esta noite.
Programa seu happy hour de final de ano
www.biermarkt.com.br

A bancada estadual do PMDB ainda poderá emplacar secretários no governo Sartori

Foi estranhíssima a total ausência de deputados estaduais do PMDB  na primeira leva de secretários anunciados pelo governador José Ivo Sartori. Além de ser o Partido do governador, o PMDB possui nutrida bancada e terá o presidente da Assembléia. Existem dois complicadores:

1)  Um dos complicadores é a situação dos suplentes. O primeiro deles, Jovir Costela, Esteio, ex-chefe de gabinete do secretário Marco Alba (governo Yeda), não oferece qualquer dificuldade, mas os dois suplentes seguintes são a própria esposa do governador, Maria Helena Sartori, que na condição de Primeira Dama não terá condições de assumir sua vaga; e Ibsen Pinheiro, que já deixou claro que se sentiria constrangido por assumir uma vaga na condição de suplente.
2) O segundo complicador tem relação com a disputa presidencial (a majoritária adesão a Dilma pela bancada estadual, no caso 6 dos 8 deputados) e com os princípios que Sartori  resolveu adotar para chamar seus secretários (evitar nomes que já ocuparam postos no governo)

. Nenhum dos problemas é incontornável, mas os dois complicadores acima enunciados impediram a presença de estaduais na primeira leva.

. Na segunda leva, parece certa a presença do deputado Vilmar Zanchin na secretaria da Administração, mas um segundo nome ainda está pendente. 



Fiergs teme quebradeira e desemprego generalizado por causa da crise da indústria do RS

Jamais, antes, na história deste Estado, a indústria registrou pior desempenho e piores níveis de exportações.

As exportações do Rio Grande do Sul retraíram 59,9% em novembro, ante o mesmo mês do ano passado, e somaram US$ 1,05 bilhão. Esse desempenho negativo foi puxado pela indústria, que registrou queda de 61,2% e respondeu por 93,2% dos embarques gaúchos (US$ 977 milhões). Descontando uma plataforma de petróleo e gás, no valor de US$ 1,21 bilhão, contabilizada como venda externa no mesmo período de 2013, ainda assim o setor industrial apresenta um forte recuo de 25,4%, o pior resultado de toda a série histórica mensal, iniciada em 1997.

. A situação da indústria gaúcha é dramática.

. A Fiergs teme quebradeiras e desemprego em massa.

. A décima queda mensal consecutiva da indústria em 2014 ocorreu de forma disseminada entre os setores. Dos 25 pesquisados, apenas vestuário teve avanço, enquanto 16 desaceleraram e oito ficaram estáveis. Os principais recuos vieram de coque e derivados de petróleo (-76,9%), tabaco (-35,4%), veículos automotores, reboques e carrocerias (-34,4%), produtos alimentícios (-23,1%) e produtos químicos (-21,3%).

. Nessa base de comparação, as vendas externas de produtos básicos (commodities) também diminuíram (-31,3%, somando US$ 57 milhões), diante da menor demanda externa por soja e arroz. O setor primário respondeu por 5,4% do total enviado ao exterior pelo Estado.


. Em relação aos destinos das exportações do Rio Grande do Sul, os três principais países compradores reduziram seus pedidos. A Argentina garantiu a liderança (US$ 100,8 milhões), embora a sua demanda tenha encolhido em 37,5%, adquirindo basicamente polietileno. A segunda posição ficou com os Estados Unidos (US$ 80,7 milhões), que diminuíram em 24,2% as encomendas e receberam benzeno. Na sequência veio a China (US$ 61,8 milhões), com pedidos de soja, mesmo tendo comprado 46,0% a menos.

Índios entram em combate com a Polícia Legilsativa para evitar votação no Congresso

A foto ao lado foram tomada ainda há pouco em iPhone para o editor. Ela registra o enfrentamento que ocorre neste momento entre 150 índios e homens da Polícia Legislativa e PM do Distrito Federal. Houve confronto. O advogado gaúcho Adão Paiani, que presta serviços para a bancada federal do DEM em Brasília, por muito pouco não foi atingido por uma flecha. Um dos policiais legislativos resultou ferido.


. Esta é a segunda vez em uma semana que os líderes indígenas tentam evitar a votação do projeto que se encontra na Comissão de Constituição e Justiça, pelo qual novas demarcações de terras indígenas só terão validade se aprovadas previamente pelo Congresso. Atualmente, o governo faz o que bem entende, baseado em relatórios técnicos considerados falhos por deputados como Alceu Moreira e Luiz Carlos Heinze, RS. 

Dólar já subiu 2,58% nesta terça. Valor foi a R$ 2,755, o maior desde 2005. Viés continua de alta.

O dólar comercial tinha valorização de 2,58%, a R$ 2,755 na venda, por volta das 13h25 desta terça-feira (16), na quinta sessão consecutiva de alta. A  moeda não fecha acima de R$ 2,70 desde 28 de março de 2005, quando valia R$ 2,7245 na venda.

.A repercussão do colapso cambial russo para o o Brasil já começou.

. Até ontem, tudo o que se discutia no mercado de juros na BM&F Bovespa era se a próxima alta da Selic seria de 0,25% ou 0,50 ponto percentual. Depois da ação do BC russo, a curva do DI agora projeta uma alta de 0,75 ponto percentual da Selic na próxima reunião do COPOM. A Selic projetada para o fim de 2015 agora é de 13,5%.


. Neste cenário, o dólar ultrapassou com convicção os 2,70 e agora negocia a 2,74.

CLIQUE AQUI para entender como o colapso cambial russo já atinge a economia do Brasil. 

MP-RJ move ação contra Petrobras e pede quebra de sigilo bancário de Gabrielli

Ao lado, Sérgio Gabrielli. Ele vinha escapando de todas.



- Graça Foster não sabia de nada, diz Petrobrás. Ela só soube da roubalheira há um mês.Cada vez mais funcionários da estatal são incluídos na lista dos ladrões. 

O MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) informou nesta terça-feira que entrou uma ação civil pública contra a Petrobras e a Construtora Andrade Gutierrez por suspeita de superfaturamento em contratos da estatal. Além disso, o Ministério Público pediu a indisponibilidade dos bens e quebra de sigilo bancário e fiscal do ex-presidente da companhia José Sérgio Gabrielli (entre 2005 e 2012) e do ex-diretor da estatal Renato Duque (entre 2003 e 2012), além de outras seis pessoas. Segundo a ação, quatro contratos firmados para a realização de obras da ampliação e modernização do Centro de Pesquisas e implantação do Centro Integrado de Processamento de Dados da Petrobras, entre 2005 e 2010, foram superfaturados. O prejuízo estimado é de R$ 32 milhões aos cofres da Petrobras, ainda de acordo com a Procuradoria, que não forneceu maiores detalhes sobre a ação. Os envolvidos devem responder por improbidade administrativa.

. Os demais citados na ação são Pedro José Barusco Filho, gerente-executivo de Serviços e Engenharia; Sérgio dos Santos Arantes, gerente Setorial de Estimativas de Custos e Prazos; José Carlos Villar Amigo, gerente de Implementação de Empreendimentos; Alexandre Carvalho da Silva, gerente Setorial de Construção e Montagem; e Antônio Perrota Neto e Guilherme Neri, responsáveis pela elaboração dos orçamentos dos contratos. Todos foram enquadrados na ação por improbidade administrativa.


. Os promotores responsáveis pelo caso deverão se pronunciar às 14h em uma entrevista coletiva. Procuradas, a Petrobras e a Andrade Gutierrez ainda não se manifestaram sobre o assunto. A estatal também é alvo de denúncias de corrupção na operação Lava Jato.

Entrevista, Fábio Irigoiten, diretor do Lindóia Shopping - A hora da verdade para as vendas de Natal será sexta-feira

ENTREVISTA
Fábio Irigoiten, diretor do Lindóia Shopping, Porto Alegre


Teremos vendas menores neste Natal ?
Para o comércio varejista, a temporada de vendas de Natal começou para valer nesta semana. O que posso dizser é que o varejo, não só os shoppings, já sentem o crédito mais caro e mais difícil.

Menos vendas ?
Estão truncadas, mas só esta semana saberemos o cenário completo. O mais correto é dizer que com crédito mais caro e mais difícil, o consumidor optou por encurtar os prazos de pagamento, reduzindo-os para 2, 3 ou 4 pagamentos.

O que significa que o consumidor não quer se endividar.
Com receio do que vem pela frente. Ele prefere aguardar.

Qual é o dia D para as vendas de Natal ?
Sexta-feira, com certeza. É quando será paga a segunda parcela do 13o. Será a hora da verdade. Os consumidores endividados terão que dizer se compram mais ou se pagam o que devem.

O melhor segundo Veja
100 rótulos de cervejas e chopes artesanais.
Vá esta noite.
Programa seu happy hour de final de ano
www.biermarkt.com.br

Biografia de Hermes Pereira de Souza será lançada as 16h no Bourbon Country

Será hoje, 16h, na Livraria Cultura, Bourbon Country, Porto Alegre, a sessão de autógrafos do livro "Hermes Pereira de Souza". Os autógrafos serão da autora, Themis Pereira de Souza Vianna, neta do ex-deputado do MDB do RS. 

O melhor segundo Veja
100 rótulos de cervejas e chopes artesanais.
Vá esta noite.
Programa seu happy hour de final de ano


www.biermarkt.com.br

Estes suplentes assumirão na Assembléia do RS até 31 de janeiro

Confira quem são os suplentes dos deputados que irão para o Executivo e que devem assumir as vagas no Legislativo estadual ainda nesta legislatura, que terminará dia 31 de janeiro. Estes deputados permanecerão no cargo por um mês, portanto. A partir de 1o de fevereiro, outros suplentes assumirão.

. Acompanhe a lista:

• PP - Devem ser convocados o 2º e o 3º suplentes, Valdir Andres e Leila Fetter. Andres é prefeito de Santo Ângelo e não assumirá. Neste caso, será chamado Artur Lorenz, que é de Santa Rosa. 
• PDT - Será chamado o 4º suplente, Décio Franzen, que já havia assumido uma cadeira na AL durante a 53ª Legislatura
• PSDB - Deve ser convocado o 2º suplente, Jorge Luiz Drumm  
• PSB - Será chamado o 1º suplente, Vanderlan Carvalho de Vasconselos

PMDB - Devem ser convocados o 2º e o 3º suplentes, Sandro Figueiredo de Oliveira (Sandro Boka) e Gabriel de Souza

FGV: Menos empresas planejam investir em 2015,

A proporção de empresas que elevou os investimentos neste ano caiu em relação a 2013, enquanto aumentou de forma significativa a fatia daquelas que reduziram os aportes, de acordo com pesquisa feita pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), divulgada nesta terça-feira. Quanto a 2015, o levantamento mostra um setor privado cauteloso, com queda na intenção de investimento das empresas.

. Ao todo, foram consultadas 3866 companhias: 545 do setor de construção, 824 na indústria de transformação, 957 no comércio e 1540 no setor de serviços, ao longo do bimestre outubro-novembro. Pela primeira vez, são divulgados resultados de outros setores produtivos, além do tradicional segmento industrial.

. O pior resultado setorial foi o da construção. Nele, 26% das empresas perceberam aumento dos investimentos em relação ao ano passado, ante 33% em 2013; e 24% diminuição, fatia maior que a de 17% no ano anterior.

Dólar já ultrapassa R$ 3 nas casas de câmbio

O dólar conseguiu estragar de vez os planos de muitos brasileiros neste fim de ano. Sem dar sinais de trégua, a divisa norte-americana registrou ontem a quarta alta seguida, fechando em R$ 2,685. Nas casas de câmbio, no entanto, o dólar já ultrapassa R$ 3. O avanço acumulado de 3,6% neste mês diminuiu a procura pela moeda em pelo menos 30%, segundo representantes do segmento.

. Na tarde de ontem, duas das principais casas especializadas na venda de moedas estrangeiras do país vendiam o dólar em espécie a R$ 2,87. Na modalidade do cartão de viagens, a empresa Cotação cobrava R$ 3,03. “A situação está complicada, mas vai piorar ainda mais”, repetiam as atendentes, em discurso uníssono, na intenção de garantir a venda diante do momento tumultuado no mercado de câmbio. O euro em espécie rondava a casa dos R$ 3,60 e, no cartão, alcançava R$ 3,77.

Em 8 anos, Argentina perde mais de US$ 1 bi em investimento do Brasil

Investimentos brasileiros na Argentina apresentam uma persistente queda nos últimos anos. Enquanto em 2006 os investimentos do País no território argentino foram de US$ 1,317 bilhão, em 2013, o volume caiu para US$ 446 milhões. Segundo dados da consultoria Abeceb, no primeiro semestre deste ano empresas brasileiras investiram apenas US$ 64 milhões no país. Ficaram no passado as grandes compras de ativos argentinos por empresas como a Petrobrás, a Vale e Friboi.

. Analistas em Buenos Aires indicam que, por trás da redução dos investimentos brasileiros, estão as barreiras do governo da presidente Cristina Kirchner à importação de insumos para a fabricação de produtos no país, além dos conflitos gerados por governos provinciais (e pela própria Casa Rosada) com empresas brasileiras. Para complicar, a escalada inflacionária nos últimos anos reduziu a competitividade das empresas instaladas na Argentina, além dos crescentes protestos sindicais e as restrições para o envio de remessas às casas matrizes no exterior.

Gás a granel e em botijões já custa 18% mais no RS

Mesmo com os preços internacionais do GLP (Gás Liquefeito de Petróleo) em queda desde setembro, o percentual de reajuste anunciado pela Petrobras foi de 18% para a maioria dos Estados, inclusive RS e  São Paulo.

. Os preços no Estado já são cobrados desde sábado de manhã.


. O aumento de 18% é aplicado em cima do gás a granel e também nos envasados de 20, 45 e 90 quilos. Os botijões de 13 kg, subsidiados, não tiveram aumento – ainda. 

Dólar abriu em forte alta (1,91%) e já vale R$ 2,73.

O dólar abriu em alta de 1,91%, cotado neste momento em R$ 2,73, caminhando rápido para R$ 3,00.

Conheça a nova mansão de R$ 3,5 milhões do deputado petista Marco Maia.

A mansão aí ao lado é do deputado Marco Maia, PT do RS. Ele foi para a nova residência com a família há pouco mais de uma semana. Maia é o relator da CPMI da Petrobrás, que concluiu por não incriminar ninguém e nem encontrar crime algum na estatal.

. O editor conversou com três corretores diferentes de Canoas, o município onde foi construída a mansão, e todos avaliaram o imóvel em R$ 3,5 milhões.

. O novo endereço do deputado petista é o luxuoso condomínio Alta Vista, na Alameda Tulipa.

. É fácil encontrar a mansão porque trata-se do endereço das residências mais caras de Canoas. A do deputado é a mais cara do condomínio.

. A AES foi prestativa no atendimento das necessidades de energia da mansão, que é toda climatizada, instalando um novo transformador na Alameda.

. Saiba mais sobre o deputado Marco Maia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Marco_Maia

. Nas redes sociais esta informação já está sendo divulgada faz tempo:


Barbosa Velho congela salários do prefeito, vice, secretários e CCs de Caxias do Sul

O prefeito de Caxias do Sul, 500 mil habitantes, o segundo maior do RS, Alceu Barbosa Velho, PDT, assinou nesta segunda-feira decreto no qual congela os salários do prefeito, vice-prefeito e secretários municipais e a exclusão do reajuste trimestral aos detentores de cargos em comissão (CCs).

Segundo o Prefeito, o decreto visa equilibrar o orçamento do Município, visto a queda na arrecadação nos últimos meses. “Precisamos dar o exemplo, pois temos o salário dos servidores para pagar, além de outras obrigações como pagamento de fornecedores e dos serviços essenciais à comunidade”, afirma Alceu Barbosa Velho. 

Além do congelamento dos salários dos agentes políticos, o decreto prevê ainda outras medidas administrativas de restrições orçamentárias para o controle da despesa pública como a vedação de uso da frota de veículos municipais nos finais de semana e dias considerados feriados nacionais ou municipais, bem como a sua utilização após as 18 horas, ressalvados os casos emergenciais e aqueles expressamente autorizados pelo titular da pasta correspondente; a redução do uso da frota de máquinas pesadas e caminhões em pelo menos  20%, restando vedado trabalho nos finais de semana, salvo expressa autorização por escrito do titular da unidade de governo responsável; e a restrição à utilização de convocação para prestação de serviço extraordinário àquelas atividades inerentes à manutenção das políticas e da máquina pública, mediante solicitação devidamente justificada de cada Secretário, e autorizada pelo titular da Secretaria Municipal de Recursos Humanos e Logística, submetida à apreciação do Prefeito.Pelo decreto, estão suspensas também as nomeações de servidores em cargos de provimento efetivo e em comissão, contratações ou renovações de contratos temporários, contratações ou renovações de estágios, ressalvados as situações de realocação de pessoal e de necessidade excepcional prévia e devidamente justificada, com autorização do Prefeito; novos afastamentos ou cedências de servidores, com ônus para o Município, para órgãos federais, estaduais ou municipais; e concessão de diárias e ajuda de custo, salvo expressamente autorizadas pelo Prefeito.

. Também haverá um controle rigoroso do uso de linhas telefônicas e inativação de linhas excedentes.

Jacino é o segundo delegado da PF a ocupar o cargo de secretário gaúcho da Segurança

O nome do novo secretário de Segurança do RS, o delegado Federal Wantuir Jacino, desconhecido entre 10 de cada 10 gaúchos, foi aprovado pelo chefão nacional da PF, Leandro Daiello, que também é do RS.

- Não é a primeira vez que um delegado Federal assume a secretaria da Segurança do RS. A ex-governadora Ieda Crusius optou pelo delegado Francisco Mallman. No livro "Cabo de Guerra", no qual conta como foi a trajetória do segundo secretário da Segurança de Yeda, o editor conta o seguinte diálogo entre ambos no dia da eclosão da Operação Rodin:

Yeda - Pô, Mallman, tu sabias de tudo ontem e só agora, depois de iniciada a operação, me dás a notícia ?
Mallman - Governadora, eu devo fidelidade à Polícia Federal, de cujos quadros faço parte. 

CLIQUE AQUI para ler "A segurança pede socorro", do jornalista Claudio Furtado, publicado hoje em Zero Hora. O jornalista conta como teve que se jogar ao chão numa padaria do bairro Petrópolis, recentemente, e ficar ali sob a mira de dois 38. Esta insegurança tornou os gaúchos reféns, prisioneiros em suas próprias casas.

Opinião do editor - A Fiergs precisa fazer um teste de visão

Tal como Mangabeira com o presidente americano Ike (Dwight Eisenhower) na década de 50, Heitor Muller, agora, beija a mão que lhe tira o emprego, ofuscado pelas migalhas do patrimonialismo.

Assim que assumir o cargo, o governador José Ivo Sartori será cobrado pelo comércio gaúcho para que mande a secretaria da Fazenda cumprir a lei estadual que extingue o chamado Imposto de Fronteira. Trata-se de eliminar a diferença de 12% para 17% no ICMS cobrado em cima de produtos comprados noutros Estados. 

. O atual governador, Tarso Genro, instrumentalizado pela Fiergs, nega-se a cumprir o que aprovou a Assembléia, alegando que a lei é inconstitucional, o que nunca provou.

. O lobby da Fiergs já começou para cima de Sartori, porque nesta terça-feira o presidente da entidade, Heitor Muller, assinou artigo no jornal Zero Hora, atribuindo ao Imposto da Fronteira, que até agora não foi cancelado, todos os males pela desindustrialização gaúcha. "Podemos quebrar e ter que procurar empregos", diz, dramático, o presidente da Fiergs, que ignora completamente as verdadeiras causas que não ousa criticar:

- A errática e fracassada política econômica do governo federal.
- A configuração atrasada da matriz econômica gaúcha e o estado abúlico do setor público estadual.

. Alinhado lá e cá com os governos do PT, submisso aos seus caprichos e sujeito ao patrimonialismo 
patrocinado por juros privilegiados, prazos longos de pagamento, subsídios de toda ordem, impostos sindicais usados sem fiscalização e acesso fácil à Corte, a Fiergs culpa o que não vê pelo que não vê. A Fiergs chega a falar em "reindustrializar o Estado", constatação a que nunca chegou durante os quatro anos do governo Tarso Genro, que passou 2014 inteiro saudando sua exitosa "política de expansão industrial". Como se vê, passadas as eleições, derrotado Tarso, agora a Fiergs considera que foi tudo bravata do governo petista. 

. No seu artigo, Heitor Muller acusa o comércio gaúcho pelos seus males:

A visão de curto prazo poderá abrir espaço para que o Rio Grande do Sul deixe de se reindustrializar e opte por se tornar uma grande feira livre de importados. Quem compraria um produto de fornecedor interno pagando 17% de ICMS se no Estado vizinho a alíquota é  12%?
Logo, os industriários terão que procurar novos empregos nos Estados produtores e até em outras nações, caindo o número de consumidores .
Talvez tenhamos que distribuir óculos com lentes de longo prazo para aqueles que, neste exato momento, estão formulando alguma medida milagrosa tendo o olhar voltado somente para os próximos meses, e não para as próximas gerações.

CLIQUE AQUI para ler todo o artigo de Muller.

Taqi abre sua 86a. loja, desta vez no Bourbon Shopping Wallig

A rede de lojas Taqi, que começou em Dois Irmãos, RS, abriu sua loja do Bourbon Shopping Wallig, Porto Alegre. É a 86a. do grupo gaúcho Herval.

. O Bourbon Shopping Wallig é a jóia da coroa da rede do grupo Zaffari. No domingo, estava com corredores repletos. O shopping ainda dispõe de muitas vagas.

Vanguarda do atraso faz restrições a Ana Pellini na Sema

A vanguarda do atraso, toda ela integrada por eleitores de Tarso e Robaiana, ouriçou-se com a indicação de Ana Pellini para a secretaria estadual do Meio Ambiente.

. Ela procurará harmonizar atraso e avanço na área ambiental, algo como fazer omelete sem quebrar os ovos, que sempre foi sua especialidade na cozinha.

Sperotto não assumirá a presidência da CNA. Ele permanecerá na Farsul e no Senar.

Assim que Kátia Abreu assumir o ministério da Agricultura, um dos seus oito vices assumirá a presidência da Confederação Nacional da Agricultura.

. Um deles é o presidente da Farsul, Carlos Sperotto, que no entanto ficará em Porto Alegre, já que acaba de ser eleito presidente do Senar do RS. Ele acumulará as duas funções.

A partir das 9h (até as 19h) acompanhe o lançamento mundial do estudo da RBS sobre a área de comunicações

O editor recomenda acompanhar ao vivo a programação do lançamento mundial do estudo “The Communication (R)Evolution”, trabalho encomendado pela RBS, RS, que terá apresentações de personalidades do Brasil e dos Estados Unidos, todas focadas no mercado de mídia.

. A programação chama-se Vox – The Joy of Sharing.

. Será daqui a pouco, das 9h as 19h.

. Trata-se de uma investigação sobre as grandes mudanças na comunicação e seus reflexos no comportamento de quem produz, distribui e consome informação.


. O leitor poderá acompanhar tudo pela TVCom, canal local da RBS, ou pelo site www.rbsvox.com.br, ambos ao vivo. 

Sartori prossegue hoje articulações para preencher últimas seis secretarias do seu governo. Saiba quem são os nomes mais prováveis para cada pasta.

- Alguns dos nomes cogitados para as seis secretarias ainda sem titulares poderão surpreender, como o de José Cairolli para Desenvolvimento Econômico, Flávio Presser para Planejamento e Caio Tomaselli para Turismo ou Desenvolvimento Econômico. Os demais cargos: Desenvolvimento Rural (deputado Elton Weber, PSB); Cultura (Victor Hugo ou Antonio Hohfeldt, PMDB), Administração, Vilmar Zanchin, PMDB).

Entre os principais Partidos aliados de Sartori com assento na Assembléia, o único que não foi contemplado até agora com secretaria para um deputado estadual foi o PMDB, que poderá emplacar o novato Vilmar Zanchin para a Administração.

. O problema é que a pasta não tem expressão alguma.

. A bancada também gostaria de emplacar outro deputado, que poderia ser Fábio Branco, ex-prefeito de Rio Grande, cidade na qual fez de tudo para atrair e expandir o Pólo Naval.  

. O problema é que as vagas existentes, à exceção de Desenvolvimento Econômico, também são pouco expressivas para um deputado estadual.

. Além da Administração, faltam preencher os nomes para as secretarias do Desenvolvimento Econômico, Desenvolvimento Rural, Planejamento, Turismo e Esporte, além de Cultura.

.  O governador decidiu manter as secretarias da Cultura e do Turismo, embora inicialmente estivesse disposto a extingui-las.

- O nome do diretor Geral do Dmae, Flávio Presser, voltou a ser cogitado para o secretariado. Ele iria para o Planejamento. Há um mês, quando se afastou para descansar por alguns dias, os boatos foram de que ele não voltaria para o cargo, indo diretamente para o governo estadual. Na época, seu nome esteve listado para Obras, Saneamento e Habitação. 

Dilma entregará a cabeça de Graça Foster numa bandeja de prata

Esta plataforma só espera pela cabeça de Graça.


O mercado financeiro já sabe que a cabeça da presidente da Petrobrás, Graça Foster, já está cortada e será servida numa bandeja de prata. Foster sabe que a sua situação é insustentável. Ela e sua diretoria já não reúnem mais condições de relacionamento sincero com o mercado. Não há mais clima. O apoio da presidente Dilma Rousseff a ela só se dará até o dia em que balanço do terceiro trimestre da companhia for aprovado ou divulgado. Este deverá ser o dia de sua demissão, segundo uma fonte do Petronotícias em Brasília

. Murilo Ferreira, presidente da Vale do Rio Doce, que não é estatal, poderá suceder Graça Foster. 

Graça Foster garante prosseguimento de contratos das plataformas em Rio Grande

A Petrobrás garantiu ontem a uma comitiva gaúcha que visitou sua direção no Rio, que manterá todos os contratos em andamento em Rio Grande.

. A promessa foi da própria presidente, Graça Foster.

Petrobrás pagará os 900 trabalhadores demitidos pela Iesa

A Petrobrás anunciou ontem que vai pagar as indenizações dos 900 trabalhadores demitidos pela Iesa, que resolveu fechar a sua fábrica de Charqueadas, RS, depois que sua controladora entrou em recuperação judicial e seu presidente foi preso no âmbito do Petrolão.

. A promessa foi arrancada por uma comitiva gaúcha liderada pelo prefeito Davi Gilmar, que se encontrou com a própria Graça Foster.

. As indenizações serão pagas imediatamente. Os detalhes serão acertados amanhã emreunião de conciliação presidida pela juíza do Trabalho Lila Paula França, de São Jerônimo. .


. A presidente da Petrobrás não assegurou nada sobre a manutenção do Pólo Naval do Jacuí, viabilizado depois da encomendados pacotes III de módulos padronizados das plataformas P-66, P-68, P-70 e P-71, todas sob responsabilidade da Iesa e que não foram entregues. 

Opinião - A babaquice não é uma ocorrência apenas gaúcha

Existem diversas fontes do emburrecimento (babaquice) que estão no ensino, na mídia e na alimentação. Este problema não é exclusividade gaúcha e nem brasileira. No Basil, Stanislaw Ponte Preta chegou a criar o Febeapá, no caso o Festival de Besteiras que Assola o País. 

O filme Idiocracia, "O Mundo Governado por Idiotas", ilustra o seu comentário e mostra o caminho para onde estamos indo.

. Sobre o ensino, há um estudo chamado "The Deliberate Dumbing Down of America":


Na mídia, basta ligar a TV.

. Na área bioquímica, há extensos trabalhos alertando sobre isso. O Dr. Russel Blaylock pesquisa esta área há decadas. Veja um resumo: The chemical dumbing down of America", tudo no site


Mário Belizário Bastos, Porto Alegre, RS.