Observadores internacionais: "Legitimidade de Maduro está sujeita ao processo de auditoria"

* Clipping VGN / Globovisión


El grupo de veedores internacional invitados por el Comando Simón Bolívar al proceso electoral llevado a cabo este 14 de abril señaló que no debería proclamarse al candidato de gobierno como Presidente cuando el resultado del proceso está en discusión. "La legitimidad de Nicolás Maduro se encuentra sujeto a proceso de auditoría y hasta tanto no se realice, es inexistente", expresaron. Advirtieron que el Consejo Nacional Electoral (CNE) no puede ser juez y parte y debe acudir ante observadores internacionales que puedan dar fe de que la auditoría se va a hacer de manera correcta.

Recordaron que el propio candidato del Gobierno aceptó la noche del domingo la propuestadel rector Vicente Díaz de que se hiciera un reconteo de 100% de los votos. Asimismo, los veedores internacionales señalaron que durante la jornada electoral hubo situaciones de "desorden civil y falta de reconocimiento y condiciones básicas fundamentales" para el desarrollo del ejercicio transparente y democrático de los comicios.

"Se dan condiciones fundamentales para hacer el conteo (...) Es un proceso de ustedes donde nosotros estamos para acompañarles (...) Para que efectivamente no existan dudas del resultado final de quién es el presidente legítimo", dijo el presidente del Instituto de Altos Estudios Europeos, Gustavo Palomares.

Por su parte, el senador boliviano, Bernard Gutiérrez, indicó que la comunidad internacional le toma la palabra a Maduro para que se haga el reconteo de votos y aseguró que el reconocimiento de este gobierno estaría sujeto a esa condición. 

Mendes não fala sobre denúncia de IstoÉ contra seu sucessor na Agricultura

Elegante, o deputado Mendes Filho não comenta a denúncia de capa feita pela revista IstoÉ desta semana, que revela gravações nas quais o ministro da Agricultura, Antonio Andrade, aparece recebendo dinheiro sujo nas eleições.

. Antonio Andrade foi implacável com Mendes Filho. Ele não descansou enquanto não viu o gaúcho defenestrado do cargo.

CLIQUE AQUI para saber o tamanho da enrascada em que se meteu o mineiro.

ENTREVISTA - Acabar com as concessões rodoviárias é voltar ao tempo das cavernas

Mário Bertani, ex-prefeito de Espumoso e ex-presidente da Centralsul

O senhor dirige carro há quanto tempo?
36 anos, portanto desde os 18. Sempre vivi e trabalhei em Espumoso, embora tenha residência e trabalho também em Porto Alegre, Canoas e Brasília.

O senhor não gostou da reestatização das estradas pedagiadas.
Não gostei porque desde muito jovem, deparo com danos materiais e até mortes de famílias inteiras nas estradas do governo gaúcho. São estradas esburacadas, sem sinalização, sem socorro. Um perigo.

Mudou algo ao longo dos anos?
Piorou. Só melhorou nas estradas pedagiadas pela iniciativa privada, porque nas estradas pedagiadas pelo governo, que são três, embora a situação seja um pouco melhor, também o cenário é desolador.

Não pagar pedágio, não é melhor?
Quem não quer isto? Mas não podemos ser burros e insistir na burrice de achar que isto mudará. Quem viajou como eu, sabe que a volta das estradas sob administração pública é comparável à volta do tempo das cavernas. 

Os governos nãos abem disto?
Sabe, mas sabe que nas suas mãos as estradas rendem cargos, cabos eleitorais e até propinas.

Governadores querem mesmo privilégio de Tarso no BNDES

Mesmo constando como categoria C pelo Tesouro, condição insuficiente para obter garantias da União pela LRF, o governo do RS tem conseguido dinheiro do BNDES.

. Outros governadores incluídos na categoria C querem tratamento igual ao concedido a Tarso Genro.

Meta investe R$ 5 mi em Centro SAP no interior gaúcho

O grupo Meta, São Leopoldo, o maior grupo privado gaúcho da área de TI, confirmou nesta segunda-feira a criação do seu segundo Centro de Excelência em Desenvolvimento SAP, que sairá em São João do Polêsine, RS. O investimento foi de R$ 5 milhões.

CONSPIRATA POLÍTICA NO RS
Últimos exemplares da primeira edição de 2 mil livros
O Eixo do Mal contra o governo Yeda Crusius - 2007-2010
Déficit Zero + IPO do Banrisul + Programas Estruturantes + Tarso monta quatro Operações da PF contra seus adversários do RS + A farsa da Operação Rodin + A RBS serve ao PT, Lula e Tarso + Assassinato em Brasília + Testemunha-chave contra Pont e Bohn Gass é executada em Canoas.
499 páginas, 39 capítulos, 70 fotos
Tudo o que você não sabe, com fatos, nomes, datas, locais e provas.

COMPRE AGORA mesmo: e-mail para polibio.braga@uol.com.br, R$ 75,00. Entrega em 48h em qualquer lugar do Brasil, via Sedex, sem custo adicional.

Só Ana Amélia fará oposição lá e cá em 2014

O PP aposta todas as fichas na única candidatura  de grande envergadura que disputará na oposição lá e cá em 2014.

. Até por isto antecipará o lançamento da senadora Ana Amélia Lemos ao Piratini.

- PMDB, PT e PDT estarão todos com Dilma, mas não o PP. 

Lourdes Spengler disputará vaga na Câmara dos Deputados para defender os animais

Mesmo que a mulher do prefeito José Fortunati, Regina Becker, garanta que não disputará uma cadeira na Câmara dos Deputados, a defesa dos animais não deixará de ter uma representante na lista de candidatos.

. É que a vereadora Lourdes Spengler, Porto Alegre, defenderá a causa em nome do PMDB.

LDO revê PIB de 4,5% para 3,5%. Mínimo irá para R$ 719,48 em 2014.

O Ministério da Fazenda reduziu de 4,5% para 3,5% a previsão oficial de crescimento da economia neste ano; estimativa consta do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2014, enviada nesta segunda-feira pelo Executivo ao Congresso Nacional.

. A LDO também prevê salário mínimo de R$ 719,48 no ano que vem. 

Bomba fere 200 na Maratona de Boston. Nova Iorque, sob tensão, teme nova onda de ataques.

- A foto é de ainda há pouco, do New York Times.

- Nova Iorque sob tensão e policiamento reforçadíssimo, teme nova onda de ataques nos EUA.

Duas explosões próximas à linha de chegada da Maratona de Boston interromperam a prova perto de seu fim. A primeira delas foi filmada, e a gravação mostra uma dos corredores caindo no chão após o impacto. Na sequência, ocorre a segunda explosão.

As duas explosões ocorreram quando milhares de corredores finalizavam a prova. A área das explosões foi isolada e números preliminares indicam pelo menos três mortos e 200 feridos

Saiba mais e veja mais fotos:
http://www.nytimes.com/

Artigo, Reinaldo Azevedo - Chavez está morto e o chavismo também

Publicou há pouco o site Brasil247: Venezuela outra vez em transe; Henrique Capriles convoca três dias de protestos nas ruas para exigir recontagem de votos; Nicolás Maduro chama comício da vitória; porta-voz da Casa Branca não reconhece resultado; Jay Carey diz que decisão definitiva, agora, seria "inconsistente"; recontagem "parece ser um passo importante, prudente e necessário", dizem EUA; OEA também quer nova contagem; derrota do opositor Capriles se deu oficialmente por menos de 250 mil votos; "Sem uma auditoria de tudo, ele será um presidente ilegítimo", disse ele sobre Maduro.

Leia, a seguir, o artigo de Reinaldo Azevedo, Veja
* Clipping www.veja.com.br

Escrevi ontem aqui: “É a ditadura que sustenta o chavismo, não é o chavismo que sustenta a ditadura”. Com essas palavras, chamava a atenção para o fato de que é mentirosa a versão de que a sociedade venezuelana foi mesmerizada pelo tirano e de que a oposição representa não mais do que a vontade de uma extrema minoria. Nicolás Maduro, que já exerce o poder de forma ilegítima — cuja posse foi legalizada por uma Corte de Justiça composta de eunucos —, foi declarado o vencedor das eleições deste domingo. Com pouco mais de 99% da apuração concluída, obteve 50,66% dos votos, contra 49,07% do oposicionista Henrique Capriles, que não reconheceu o resultado e pediu a recontagem do total de votos, não de apenas uma parte. Os oposicionistas dizem ter recebido mais de 3 mil denúncias de fraudes, vindas de todo o país. No discurso da “vitória”, Maduro diz concordar com a recontagem, mas tentará sabotá-la, podem ficar certos.

O resultado representa uma humilhação para todos os institutos de pesquisa. A diferença mínima que se apontava era de 7,2 pontos percentuais; havia quem falasse em 12. Deve ficar em torno de 1,6 ponto. Eis aí: o chavismo, felizmente, morreu com Hugo Chávez. Ainda que se faça a recontagem de 100% dos votos e que a “vitória” de Maduro seja confirmava, é evidente que se trata de roubo e de fraude — mesmo que os votos tenham sido os declarados oficiais. Por quê?

A eleição na Venezuela não é nem livre nem limpa.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Celulose Riograndense dá preferência a gaúchos e contrata R$ 350 milhões em obras de ampliação

Vão avançadas as contratações que a Celulose Riograndense, Guaíba, RS, vem fazendo para o seu bilionário programa de expansão. A empresa informou nesta segunda-feira ao editor que mantém prioridade de contratações com empresas gaúchas, conforme compromisso que assumiu com o governo gaúcho. Na semana passada, por exemplo, ela fechou dois contratos, cujo valor total vai a  R$ 314 milhões:

- Obras corporativas de infraestrutura – R$ 64 milhões com a Consrrutora Extremo Sul, Coesul. Como as obras começaram, pode-se dizer que são as maiores do gênero em andamento no Estado.
- Pátio de madeira – R$ 250 milhões, que atenderá a fábrica atual e a nova linha de produção, com a também gaúcha Demuth Máquinas Industriais Ltda., vencedora da concorrência com outras duas grandes empresas multinacionais. O contrato  representa a maior linha individual do mundo para fábricas de celulose. 

Tarso não gosta da pergunta e rebaixado na Procergs


- O estresse causado pelas "mudanças" levou o trabalhador a se internar no Mãe de Deus. O caso pode configurar assédio moral.

Desde a semana passada o editor vem recebendo denúncias de que o auditor Rolando Rigon sofreu represálias por parte da direção petista da Procergs, porque teria feito uma pergunta que o governador Tarso Genro considerou “inadequada”, durante sua palestra do dia 20 de março   no Tá na Mesa da Federasul.

. Enquanto checava os dados, a informação foi para as redes sociais e chegou até o jornal Zero Hora, que publicou tudo.

. A Procergs admite que Rigon foi retirado do cargo, mas não aceita a denúncia de perseguição.

. O caso causa grande indignação na Procergs e se parece muito com a situação enfrentada por uma empregada da Carris, demitida por ofender o prefeito Fortunati (ela insinuou que o prefeito recebe bola de empresários de ônibus). A empregada foi readmitida depois de intervenção do MPT.

. Logo depois da palestra de Tarso, Rolando Rigon foi chamado na diretoria da Procergs e avisado de que perderia o status de gerente que ocupava desde a criação do setor de Auditoria da Procergs. Ele perdeu a gerência, a FG, o estacionamento a que tinha direito pelo exercício do cargo, as senhas e a sala que ocupava.

- O editor espera que o MPT, que foi rápido no caso da empregada da Carris, investigue o que acontece na Procergs.

CONSPIRATA POLÍTICA NO RS
Últimos exemplares da primeira edição de 2 mil livros
O Eixo do Mal contra o governo Yeda Crusius - 2007-2010
Déficit Zero + IPO do Banrisul + Programas Estruturantes + Tarso monta quatro Operações da PF contra seus adversários do RS + A farsa da Operação Rodin + A RBS serve ao PT, Lula e Tarso + Assassinato em Brasília + Testemunha-chave contra Pont e Bohn Gass é executada em Canoas.
499 páginas, 39 capítulos, 70 fotos
Tudo o que você não sabe, com fatos, nomes, datas, locais e provas.

COMPRE AGORA mesmo: e-mail para polibio.braga@uol.com.br, R$ 75,00. Entrega em 48h em qualquer lugar do Brasil, via Sedex, sem custo adicional.

Saiba por que com Tarso Genro no governo, no longo prazo estaremos todos mortos

* Clipping www.zerohora.com.br
Título original: Difícil trajetória, by Darcy Francisco Carvalho dos Santos 

"No longo prazo, todos estaremos mortos."
John Maynard Keynes

Nos últimos dias, foram publicados neste jornal dois artigos de importantes secretários do governo estadual exaltando o que está sendo feito e mostrando que no longo prazo o Estado sairá da crise.
É evidente que daqui a três décadas poderemos vencer a crise previdenciária, fruto de um déficit que está em R$ 6 bilhões e que se eleva a R$ 7,6 bilhões com a contribuição patronal.
Mas, para isso, é necessário alterar a idade mínima para a aposentadoria, porque 87% dos servidores estaduais inativam-se com 25 ou 30 anos de contribuição, boa parte sem idade mínima. O governo estadual criou acertadamente um fundo previdenciário, mas que ficou capenga, porque não instituiu a previdência complementar. Nada foi feito para corrigir as distorções nas pensões, que cresceram 120% em valores reais nos últimos 16 anos.
Quanto à dívida, a proposta do governo federal é boa no tocante à eliminação do saldo devedor no final do contrato, mas não há redução do fluxo anual de pagamentos, o que só vai ocorrer a partir de 2027.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Frederico surpreende Tonollier com convite para depor sobre tunga de R$ 4,2 bi. Governo não quer que ele compareça.

Rápido no gatilho, o deputado Frederico Antunes, PP, aproveitou a presença do secretário da Fazenda, Odir Tonollier na Assembléia, nesta segunda, surpreendeu-o  e entregou-lhe convite para falar dia 25 na Comissão de Finanças.

. A Assembléia quer que o secretário explique por que razão o governador Tarso Genro tungou R$ 4,2 bilhões de dinheiro de litigantes particulares que garantem suas demandas judiciais.

. O governo sabe que gastará tudo com salários e despesas correntes, porque gasta mais do que arrecada, mas garantiu que não devolverá um só tostão do que tungou.

. O governo não quer que Tonollier atenda o convite.

Ex-gay, deputado-pastor Isidoro teme recaída, mas apóia Feliciano na CDH


* Clipping www.brasil247.com.br

Parlamentar volta a defender o irmão de fé Pastor Feliciano (PSC-SP) e diz que ele está "certo" sobre a "maldição" dos negros; Pastor Isidório diz que "tudo começou" com a homossexualidade na África; "A viadagem da África, quando viu dois cabras bons, bonitos, musculosos, saiu atrás. Feliciano falava que por causa do pecado lá naquela região onde a pele é mais negra aconteceu a maldição"; apesar de garantir que está "curado" da homossexualidade, Isidório diz que não pode ficar muito tempo perto de outro homem, pois "a carne é fraca"; para fechar a conta, ele revela ainda que é "ex-drogado", "ex-bandido" e que acha que "teve" o vírus HIV, mas a fé o "curou"

Já há quem acredite que o deputado Pastor Sargento Isidório (PSB) tenta criar um personagem para se fazer popular devido às declarações que faz ao longo de sua vida pública e que tem feito ultimamente.

. O 'fenômeno' Pastor Feliciano (PSC-SP), deputado considerado homofóbico que preside a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara e que ocupa grande espaço na mídia nacional, trouxe Sargento Isidório de volta aos holofotes da imprensa também.

CLIQUE AQUI para ler mais.

Sexta-feira, Fortunati disse para Dilma que Invepar tinha vencido proposta do metrô, mas recuou na segunda-feira

- Na sua coluna de Zero Hora, Carolina Bahia contou como foram as confidências.


O mais curioso no não –anúncio feito pela prefeitura sobre a rejeição das PMI do metrô, segunda, foi que o prefeito José Fortunati tinha comunicado à presidente Dilma Roussef que a proposta vencedora tinha sido da Invepar (OAS)/Odebrecht.

. O que mudou entre sexta e segunda-feira não se sabe, mas o que se sabe é que o governo estadual foi comunicado da decisão final e concordou com ela.

- O aviso de Fortunati a Dilma foi feito na sexta e Dilma teria concordado com a escolha da Invepar, segundo informou nesta segunda a jornalista Carolina Bahia, da RBS. 

Ministério abre consultas públicas para trem entre Caxias e Bento

O Ministério dos Transportes disponibiliza em seu site (www.transportes.gov.br/index/conteudo/id/78215) os dois primeiros estudos de viabilidade econômico-financeira para a implantação de trens regionais. Uma das linhas liga Caxias do Sul a Bento Gonçalves no Rio Grande do Sul e a outra Londrina a Maringá no Paraná. O Vice-Prefeito e Coordenador da Comissão Especial do Trem Regional, Antonio Felmann, comunicou o Prefeito Alceu Barbosa Velho da notícia na manhã desta segunda-feira.

. O site informa que até o dia 30 de abril o público poderá participar da Consulta Pública.

Prefeitura anula fase inicial do projeto do metrô. Exigências técnicas foram irrealistas e absurdas.

- No dia 25 de março, na sua última entrevista a uma emissora gaúcha de rádio, a Rádio Gaúcha, o ministro dos Transportes, Paulo Passos, apesar de pressionado várias vezes pela jornalista Carolina Bahia, não quis falar em prazos para os casos do metrô e da ponte do Guaíba.


- Cumpre-se a previsão do ministro Paulo Passos, que no dia 2 disse que o metrô de Porto Alegre tem prazo em aberto (pode não sair nunca).

O processo de implantação da linha 2 do metrô de Porto Alegre (R$ 2,4 bilhões, 4 anos de obras) deu um passo atrás nesta segunda-feira, porque a prefeitura desclassificou as duas únicas propostas inscritas no âmbito das Propostas de Manifestação de Interesse, PMI.

. A escolha permitiria que o vencedor apresentasse seu projeto para o metrô da linha 2, ligando o centro à zona norte, 14,3 kms, 13 estações, 25 trens, 350 mil passageiros por dia. 

. A prefeitura repeliu as propostas da Invepar (OAS)/Odebrecht, que queria R$ 9,4 bilhões, e da Brusten, que sequer cumpriu os ritos do edital, como, aliás, esperava o editor. 

. O edital para novas propostas será modificado.

. O editor tem informações seguras de que a Invepar voltará à carga (seu projeto foi considerado tecnicamente perfeito, apesar do preço, mais elevado porque as condições técnicas impostas pela prefeitura eram propositadamente  inviáveis (fazer escavações a 20 metros de profundidade e dali seguir adiante, sempre na profundidad (sistema cut and cover).

. De qualquer modo, a pressão de Dilma Roussef, sexta-feira, para que o prefeito José Fortunati se apresse, acabou não dando em nada, porque a prefeitura atrapalhou-se por incompetência ou de propósito nesta fase da PMI. O dinheiro, R$ 2,4 bilhões, sairá do governo fedeal (R$ 1 bilhão), governo estadual (R$ 300 milhões) e governo municipal (R$ 600 milhões). Tarso e Fortunati está com o caixa raspado e ninguém sabe de onde virá o dinheiro, porque nem mesmo os empréstimos do PAC para as obras da Copa em Porto Alegre, estão sendo honrados pela Caixa Federal e os cofres de ambos estão esgualepados.

- A Invepar estuda há bastante tempo o empreendimento e na próxima investida poderá propor um negócio diferente, englobando num só projeto o metrô de superfície (Trensurb) e o metrô linha 2.

Tiago Simon defenderá a herança dos Simon dentro do PMDB

Ainda que desista de buscar novo mandato no Senado, a família do senador Pedro Simon não ficará fora da disputa do ano que vem.

. Tiago Simon, filho do senador, será candidato a deputado estadual pelo PMDB.

CONSPIRATA POLÍTICA NO RS
Últimos exemplares da primeira edição de 2 mil livros
O Eixo do Mal contra o governo Yeda Crusius - 2007-2010
Déficit Zero + IPO do Banrisul + Programas Estruturantes + Tarso monta quatro Operações da PF contra seus adversários do RS + A farsa da Operação Rodin + A RBS serve ao PT, Lula e Tarso + Assassinato em Brasília + Testemunha-chave contra Pont e Bohn Gass é executada em Canoas.
499 páginas, 39 capítulos, 70 fotos
Tudo o que você não sabe, com fatos, nomes, datas, locais e provas.

COMPRE AGORA mesmo: e-mail para polibio.braga@uol.com.br, R$ 75,00. Entrega em 48h em qualquer lugar do Brasil, via Sedex, sem custo adicional.

Lourdes Spengler disputará vaga na Câmara dos Deputados para defender os animais

Mesmo que a mulher do prefeito José Fortunati, Regina Becker, garanta que não disputará uma cadeira na Câmara dos Deputados, a defesa dos animais não deixará de ter uma representante na lista de candidatos.

. É que a vereadora Lourdes Spengler, Porto Alegre, defenderá a causa em nome do PMDB.

Afonso Mota e Sehbe só são candidatos para fazer reserva de mercado para o PT

São pré-candidatos a governador pelo PDT, o deputado Carlos Araújo e os secretários estaduais Afonso Mota e Kalil Sehbe.

. Mota e Sehbe apenas marcam posição para apoiar o PT no primeiro ou no segundo turno – em qualquer turno.

Ato político marcará refiliação de Araújo

Ainda não há data para o ato político que os aliados do ex-deputado Carlos Araújo querem promover, festejando sua refiliação ao PDT, que será homologada a qualquer momento pelo presidente do Partido, Carlos Lupi.

. Um dos afilhados políticos de Araújo, o ex-ministro Brizola Neto, poderá aproveitar o ato para assinar ficha no PDT do RS, pelo qual pretende candidatar-se a deputado federal, em dobradinha com a irmã, Juliana.

Dono da BSBios diversifica mais e compra Frinal por R$ 84 milhões

O frigorífico de frangos Frinal, RS, passará esta semana para as mãos do empresário gaúcho Erasmo Battistella, dono da BSBios e  também presidente da Associação dos Produtores de biodiesel do Brasil. No ano passado, a BSBios faturou R$ 1,4 bilhão.

. Em fevereiro, ele comprou a empresa de processamento de soja Adubos Coxilha.

Análise: Populismo de esquerda está em xeque

- Ao lado, o candidato da oposição, Capriles.


* Clipping Folha, by Igor Gielow, diretor-executivo da sucursal
Folha de S. Paulo, Brasília.


A vitória magérrima de Nicolás Maduro, ainda mais com toda a máquina do chavismo em favor de sua candidatura, levanta dúvidas sobre o atual ciclo do populismo de esquerda na América Latina.

Maduro terá um governo dificílimo à frente, com 1.001 problemas estruturais deixados por seu mentor, Hugo Chávez. Morto este ano, o presidente venezuelano foi o grande inspirador de governos populistas na região.

Se vencesse, a oposição liderada por Henrique Capriles também teria de enfrentá-los, mas sempre poderia falar em "herança maldita".

Na Argentina, a outra joia da coroa dos esquerdistas latino-americanos, o governo de Cristina Kirchner definha em quase todos os setores. O boliviano Evo Morales, símbolo do alastramento do populismo preconizado por Chávez, enfrenta queda na popularidade.

Rafael Correa, presidente do Equador, foge à regra após uma folgada reeleição este ano --mas cada vez mais é visto como uma espécie de Lula de seu país, rezando a cartilha da moderação e afastando-se dos arroubos do "bolivarianismo".

Naturalmente, esta análise precisa da prova do tempo. De todo modo, parece muito difícil que o time de Maduro, Kirchner e Morales tenha gás para continuar em campo por muito tempo.

Oposição exige nova contagem de votos na Venezuela. Capriles não reconhece vitória de Maduro.

O candidato da oposição à Presidência da Venezuela, Henrique Capriles, disse no fim da noite de domingo que não reconhecia a vitória do presidente interino Nicolás Maduro, herdeiro político de Hugo Chávez. Apesar da defesa de Maduro, alguns chavistas pediram a revisão das cédulas de votação.

. A vitória foi anunciada no fim da noite de domingo (início da madrugada de segunda em Brasília). Segundo a Comissão Nacional Eleitoral, Maduro obteve 50,66%, contra 49,07% de Capriles. A pequena diferença, de pouco mais de 200 mil votos, levou aos opositores a pedir uma nova apuração.

Financial Times ironiza eleições brasileiras: "O tomate é o maior adversário eleitoral de Dilma"

- A montagem é do site Brasil247.

O jornal britânico "Financial Times" seguido a onda da mídia brasileira e publicou, neste domingo, uma reportagem que ironiza o impacto que a alta do preço do tomate no Brasil tem causado na economia brasileira.

. A publicação ainda insinua que, apesar de a presidente Dilma Rousseff estar entre os chefes de estado mais populares do mundo, suas chances de reeleição no próximo ano estão sendo “desafiadas por um oponente formidável - o humilde tomate”.

. A reportagem diz que o produto é tão sensível no Brasil, como a cebola na Índia, em razão de status de alimento básico que ocupa. A publicação ainda menciona que, apesar de a taxa de inflação do Brasil permanecer bem abaixo do que a de outros países emergentes com o a vizinha Argentina, onde está em 24%, no mês passado o índice chegou a 6,59%, rompendo com a meta do Banco Central (4,5%).
O Financial Times citou ainda as piadas sobre o preço do tomate que ganharam o país, com consumidores dizendo que teriam de começar a pagar por eles em prestações - “um método comum de comprar no Brasil, mas geralmente reservado para iPhones, em vez de alimentos”.

* Clipping www.brasil247.com.br

Fortunati anunciará, hoje, o vencedor da etapa inicial do projeto do metrô. Invepar (OAS) ficará com tudo ?

Cobrado publicamente pela presidente Dilma Roussef na sexta-feira em Porto Alegre, o prefeito José Fortunati apressou-se e divulgará nesta segunda-feira o resultado da licitação para a escolha do grupo empresarial que apresentou sua Proposta de manifestação Interesse, PMI, na qual estarão estabelecidos todos os critérios necessários para a elaboração da obra.

. A partir daí, correrão 60 dias para receber os projetos.

. O editor possui informações seguras de que o poderoso grupo Invepar, capitaneado pela OAS, mas também integrado por poderosos Fundos de Previdência controlado por dirigentes do PT, será o  vencedor. O outro participante, o grupo espanhol GAS, parece apenas ter participado como figurante. O ex-presidente do Trensurb, Marco Arildo, é o homem da Invepar no RS. A Invepar quer fazer um negócio único - metrô de superfície do Trensurb e metrô. Seria o negócio do século no RS. 

. O Trecho 2 do metrô terá 14,8 kms, sairá da zona central e irá para a zona norte, terá 13 estações, 25 trens e conduzirá 350 mil passageiros por dia. A obra custará R$ 2,4 bilhões, sendo R$ 1 bilhão do governo federal, R$ 600 milhões da prefeitura e R$ 300 milhões do governo estadual. Como a prefeituras e o governo estadual estão sem dinheiro, ninguém sabe o que farão para honrar os contratos.

. As obras durarão quatro anos.

- No dia 25 de março, o ministro das Cidades, Paulo Passos, em entrevista ao programa Atualidades, Rádio Guaíba, disse claramente que o governo federal não trabalhava com prazo algum para o metrô de Porto Alegre. O que mudou ? A necessidade de Dilma Roussef de levantar factoides para sua campanha eleitoral. 

OAB do RS manifesta desconforto diante da tunga de R$ 4,2 bi dos depósitos judiciais

A não ser pelo caso isolado da ACI de Novo Hamburgo, nenhuma das principais entidades de classe do RS manifestou desconformidade, apreensão e estupefação diante da tunga de R$ 4,2 bilhões praticadas pelo governador Tarso Genro sobre os depósitos judiciais, valores pertencentes a pessoas e empresas comuns do RS que litigam em juízo, com a agravante de que o governo não sabe onde gastará o dinheiro e garantiu que não fará a devolução de um só centavo dele.

. Fiergs, Fecomércio, Ajuris e Farsul calaram.

. No RS, contudo, O presidente da OAB/RS, Marcelo Bertoluci, manifestou desconforto e preocupação com a retirada de recursos dos depósitos judiciais, pelo Governo do Estado do RS, para o caixa-único da administração. Ele  também enfatizou a importância do despacho emitido pelo ministro o do STF, Luiz Fux, após requerimento da OAB determinando a "imediata continuidade" dos pagamentos dos precatórios, o que na prática significa a aplicação de sanções caso não seja atendido. "Qualquer governo que queira se aproveitar do julgamento da ADI 4357 para, mais uma vez, retirar o direito dos cidadãos em receber seus créditos estará afrontando à cidadania", advertiu Bertoluci, que também

Com apenas 200 mil votos de diferença, recontagem de votos é iminente na Venezuela

CLIQUE AQUI para conhecer o mapa da distribuição dos votos, segundo El Universal.

- O mito da invencibilidade dos candidatos esquerdistas na Venezuela, Bolívia, Equador, Argentina e Brasil, esfuma-se diante da realidade do que aconteceu no domingo na Venezuela. O mesmo poderá repetir-se no Brasil, mas será necessário que a oposição coloque na ordem do dia a discussão verdadeira sobre a desordem ética, portanto moral, mas também política, patrocinada pelo PT e seus satélites e ajudantes de ordens de todos os regimes, sobretudo os que estão enquistados em postos de comando nas atividades sindicais e partidárias.

Embora o Conselho Nacional Eleitoral tivesse dito que os resultados são irreversíveis,evidentemente são números a serem recontados. Com 99.12% dos votos apurados, Nicolás Maduro tinha 7.505.338, 50.76% e Henrique Capriles 7.276, 49. 24%. Diferença de 200 mil votos.

. Esta era a "goleada" prometida pelo Governo e quase todas as pesquisas, que apontavam entre 10 a 20 pontos de diferença

- Saiba mais, clicando no Twitter: https://twitter.com/exitpoll2012

CONSPIRATA POLÍTICA NO RS
Últimos exemplares da primeira edição de 2 mil livros
O Eixo do Mal contra o governo Yeda Crusius - 2007-2010
Déficit Zero + IPO do Banrisul + Programas Estruturantes + Tarso monta quatro Operações da PF contra seus adversários do RS + A farsa da Operação Rodin + A RBS serve ao PT, Lula e Tarso + Assassinato em Brasília + Testemunha-chave contra Pont e Bohn Gass é executada em Canoas.
499 páginas, 39 capítulos, 70 fotos
Tudo o que você não sabe, com fatos, nomes, datas, locais e provas.

COMPRE AGORA mesmo: e-mail para polibio.braga@uol.com.br, R$ 75,00. Entrega em 48h em qualquer lugar do Brasil, via Sedex, sem custo adicional.