Ex-gay, deputado-pastor Isidoro teme recaída, mas apóia Feliciano na CDH


* Clipping www.brasil247.com.br

Parlamentar volta a defender o irmão de fé Pastor Feliciano (PSC-SP) e diz que ele está "certo" sobre a "maldição" dos negros; Pastor Isidório diz que "tudo começou" com a homossexualidade na África; "A viadagem da África, quando viu dois cabras bons, bonitos, musculosos, saiu atrás. Feliciano falava que por causa do pecado lá naquela região onde a pele é mais negra aconteceu a maldição"; apesar de garantir que está "curado" da homossexualidade, Isidório diz que não pode ficar muito tempo perto de outro homem, pois "a carne é fraca"; para fechar a conta, ele revela ainda que é "ex-drogado", "ex-bandido" e que acha que "teve" o vírus HIV, mas a fé o "curou"

Já há quem acredite que o deputado Pastor Sargento Isidório (PSB) tenta criar um personagem para se fazer popular devido às declarações que faz ao longo de sua vida pública e que tem feito ultimamente.

. O 'fenômeno' Pastor Feliciano (PSC-SP), deputado considerado homofóbico que preside a Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara e que ocupa grande espaço na mídia nacional, trouxe Sargento Isidório de volta aos holofotes da imprensa também.

CLIQUE AQUI para ler mais.

2 comentários:

Anônimo disse...

Os sinais de que a inversão dos polos da Terra se aproxima estão todos aí.
O que tem de homem querendo assumir o papel de mulher e de mulheres querendo assumir o papel de homem não está no gibi. A continuar neste ritmo, não demorará muito, nas maternidades começarão a nascer guris com xana e gurias com pinto.
A bandidagem solta e os cidadãos que procuram andar na linha gradeados dentro de suas casas e impossibilitados de sair a rua à noite, pois a falta de policiamento e a insegurança imperam. Se for registrar ocorrência é bem possível que o bandido seja liberado antes que a vítima e por aí vai.
Estamos chegando ao fundo do poço, isto se os quadrilheiros petralhas já não o tiverem roubado.

Anônimo disse...

Esclarecimento: Discriminação, significa pereguir, maltratar, etc. Não discrimino, só não vejo com naturalidade. Essa confusão existe para formar cortina de fumação e esconder todos os problema,que não são poucos, realmente sérios que o Brasil tem.Vamos trabalhar políticos marajás!!