Claudio Janta fez 45.500 para deputado pelo SDD. TRE não divulgou os números. O SDD ainda tenta validar os votos.

O vereador de Porto Alegre, Claudio Janta, que disputou uma vaga de deputado Federal na coligação Solidariedade-PP-PSDB, recebeu 45.500 votos, insuficientes para se eleger. A votação dele não foi divulgada pelo TRE, mas consta dos arquivos do TSE.

. Janta tenta validar sua eleição, porque o fator que a tornava imprestável (uma multa eleitoral que estava paga e não fora registrada) foi removido.

. Pelos cálculos do editor, os 45500 votos de Janta somar-se-ão aos dos demais candidatos da coligação liderada pelo PP, o que implicará numa soma maior final do que a do Partido que no momento está poucos votos à sua frente, o PT. Assim, entraria José Otávio Germano, PP, primeiro suplente do Partido Progressista, e sairia Fernando Marroni, PT, que ocupa a última vaga do Partido dos Trabalhadores. 

PDT decide apoiar a candidatura de Sartori. O apoio será "incondicional".

O PDT do RS decidiu agora há pouco que apoiará a candidatura do ex-prefeito José Sartori ao governo do RS. O presidente do Partido, deputado eleito Pompeo de Matos, já fez a comunicação ao candidato do PMDB. “É um apoio incondicional”, disse ao editor o deputado Ênio Bacci, que acaba de se eleger para a Assembléia.

. O jornalista Lasier Martins, que se elegeu senador neste domingo, avisou que votará e fará campanha para Sartori.

. A decisão de hoje foi da Executiva, após audiência com os deputados. Na quarta-feira, o diretório terá reunião para referendar o apoio.


. A posição do PDT não era conhecida até a noite de hoje e se imaginava que poderia ser de neutralidade.

Bolsa sobe espetaculares 4,72%, a maior alta desde 2012. Mercado está eufórico com alta de Aécio.

O Ibovespa, índice da Bolsa brasileira, fechou com forte alta de 4,72%, aos 57.115,9 pontos. É a maior alta percentual diária desde 27 de julho de 2012, quando a Bolsa subiu 4,72% também.
O destaque foi o salto de 11% das ações preferenciais da Petrobras (PETR4), que foram as mais negociadas do dia. Outras estatais e bancos, as empresas mais afetadas pelo cenário político, também tiveram influência na alta da Bolsa.

. A ação do Banco do Brasil (BBAS3) fechou com alta de 11,92%, a R$ 29,11. Eletrobras (ELET6) avançou 6,46%, para R$ 10,38; o Itaú (ITUB4) ganhou 5,36%, a R$ 36,73; e o Bradesco (BBDC4) subiu 7,56%, a R$ 38.

. Analistas consultados pela agência de notícias Reuters dizem acreditar que a instabilidade no mercado financeiro deve continuar pelas próximas três semanas.


Dólar -  No mercado de câmbio, o dólar comercial fechou em queda de 1,43%, a R$ 2,427 na venda. É a maior queda percentual diária desde 4 de abril, quando o dólar tinha caído 1,7%.

Primeiro debate de TV, Sartori x Tarso, será quinta. Programas de rádio e TV começarão na sexta.

Será nesta quinta-feira o primeiro debate televisivo de Tarso Genro e José Sartori. Será na Band TV.

. Os programas de rádio e TV, 10 minutos para cada candidato, terão agenda definida nesta terça-feira pelo Tribunal Regional Eleitoral. O mais provável é que o início de tudo ocorra nesta sexta-feira. Se for assim, serão 10 dias de programas.

Entrevista, Antonio Feldmann - Em Caxias e Porto Alegre o PMDB espera apoio natural a Sartori

ENTREVISTA
Antonio Roque Feldmann, vice-prefeito de Caxias do Sul, PMDB

O PDT apoiará Tarso ou Sartori no segundo turno ?
Eu não sou do PDT, como sabes, porque sou do PMDB. Não tenho como responder esta pergunta.

Mas você é vice do prefeito de Caxias, o segundo maior município do Estado, terra de Sartori, que indicou e apoiou o atual prefeito.
Estamos juntos com o PDT há 12 anos. É uma aliança igual à de Porto Alegre. Estivemos coligados durante oito anos com o PMDB na cabeça e agora com o PDT na cabeça. São os dois mais importantes municípios do Estaado.

Como foi Sartori em Caxias ?
Ele faturou 67% dos votos aqui no município. Na região dos Vinhedos, 16 municípios, fez muito voto. Em Flores, levou 71,7% dos votos. Em Caxias, o Aécio levou 53% dos votos, contras 27% de Dilma e 15% de Marina.

E então ?
Bom, eu acho que seria natural que os prefeitos de Caxias e Porto Alegre fechassem conosco. É o que esperamos.

Aécio já aparece na frente, segundo trackings das grandes instituições financeiras

Nesta quarta-feira sai a primeira grande pesquisa nacional de intenções de votos. É do Instituto Paraná Pesquisas.

. Na próxima quinta-feira devem sair as primeiras pesquisas do Ibope e Datafolha com as intenções de voto do segundo turno. 

. Nas mesas de operações já circulam os rumores, com base em trackings telefônicos – simulações feitas por encomenda de bancos e grandes investidores, que tentam reproduzir as pesquisas oficiais -, de que Aécio aparecerá à frente de Dilma já nessa primeira rodada de pesquisas.

É hora de botar cabresto nos institutos de pesquisa.

No comentário a seguir, o editor conta de que modo os institutos de opinião pública mais uma vez erraram feio nas pesquisas de intenções de votos, inclusive na boca de urna.

. O Ibope é de novo o campeão.

. Os eleitores não confiam nos institutos e com razão.

. O editor convida os legisladores a proibir a divulgação de pesquisas eleitorais uma semana antes do pleito, como já acontece em muitos Países.

. Mais do que isto: é hora de regular os serviços dos institutos, inclusive com regras definidas para aferição de intenções de votos e auditorias por amostragem, mesmo a posteriori.

. É hora de mudanças ?

. Pois então vamos mudar.

CLIQUE AQUI para ouvir e ver o comentário, intitulado É hora de botar cabresto nos institutos de pesquisa.

Morreu o jornalista Jayme Keunecke, o JK

Morreu nesta segunda-feira o jornalista Jayme Ricardo Machado Keunecke. JK, como era conhecido, tinha 78 anos e estava internado na UTI do Hospital Santa Casa desde 3 de setembro com quadro de broncopneumonia. Ele morreu de complicações respiratórias.

. JK foi um dos mais importantes colunistas políticos do RS, ao tempo em que estava no seu auge o Diário de Notícias. Uma das suas últimas atividades foi como comentarista do programa Guerrilheiros da Notícia, criado por Flávio Alcaraz Gomes. 


O corpo do comunicador está sendo velado na Capela 6 do Cemitério Santa Casa. O enterro está marcado para as 18h.

O PT perdeu tudo em São Leopoldo, RS: prefeito, deputado estadual e deputado federal.

Depois de alguns anos de domínio do cenário político de São Leopoldo, o PT segue uma crescente perda de espaços. Perdeu a prefeitura em 2012 e agora fica sem representação na Assembleia e na Câmara Federal. 

A razão da queda vertiginosa do espaço PT pode ser um bom prato para análise. 

A QUEDA, PASSO-A-PASSO
ELEIÇÕES 2012
O PT perdeu a continuidade do governo municipal de São Leopoldo. Após dois mandatos, Ary Vanazzi não fez o então deputado Ronaldo Zulke como sucessor. Venceu Aníbal Moacir, do PSDB.
O destaque de 2012 foi a operação Cosa Nostra, da Polícia Federal e Ministério Público, investigando a administração Vanazzi por uma série de denúncias de irregularidades e desvios. O processo gerou muito desgaste e está na Justiça.
ELEIÇÕES 2014
Ana Affonso, ex-vice-prefeita do governo Ary Vanazzi, sua cunhada, buscou reeleição para deputada estadual, mas obteve só 16.686 votos, ficando na 12ª suplência do partido.
Foi uma queda de 57% dos votos em relação à primeira eleição de 2010, quando fez 38.525 votos.
Nestor Schwertner, vereador e um dos líderes do partido, também buscou uma vaga na Assembleia mas só obteve só 13.813 votos, ficando na 15ª suplência no partido.
Ronaldo Zulke não conseguiu se reeleger deputado federal, ficando na primeira suplência com 93.926 votos. Em2010 fez 100.082 votos, representando agora uma queda de 6%.
Alexandre Roso, do PSC (da base petista, ex-vice-prefeito do governo Vanazzi) igualmente perdeu sua cadeira. Fez 19.206 votos, ficando na terceira suplência, com 32% a menos de votos que em 2010, quando recebeu 28.236 votos.

Nesta segunda-feira, 100 rótulos diferentes um do outro, globais, do que há de melhor em chopes e cervejas artesanais.
5 anos 1o lugar em Veja, no gênero.
Cartas, cardápios, serviços:
www.biermasrkt.com.br

Marfrig decide fechar frigíricos em Capão do Leão e Mato Leitão, RS

A Marfrig Global Foods S.A. comunicou que desistiu do arrendamento das unidades de Capão do Leão (RS), Mato Leitão (RS). O recuo do grupo também atingiu outros municípios brasileiros. Assim, serão fechadas também unidades em Pirenópolis (GO), Tucuma (PA) e Nova Londrina (PR),sobre as quais figura como arrendatário desde 3 de Novembro de 2009. 

Nesta segunda-feira, 100 rótulos diferentes um do outro, globais, do que há de melhor em chopes e cervejas artesanais.
5 anos 1o lugar em Veja, no gênero.
Cartas, cardápios, serviços:
www.biermasrkt.com.br

Mercado aposta em PIB menor pela décima semana seguida. Economia poderá crescer apenas 0,24%. Previsão para 2015 é de plena recessão.

A estimativa dos analistas do mercado financeiro para o Produto Interno Bruto brasileiro (PIB) caiu pela décima nona semana consecutiva se aproximando da marca de 0,20%. Dessa vez, a variação passou de 0,29%, da semana passada, para apenas 0,24%. Para 2015 a retração passou de 1,01% para 1,00%. Além do PIB, a única queda verificada nessa apuração foi na previsão para a Produção Industrial que despencou de -1,95% do crescimento para -2,14%.

. São dados do Boletim Focus, editado pelo Banco Central. 

. Outros três indicadores relevantes:

Inflação - O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), considerado a inflação oficial do país, para 2014, teve alta ao passar de 6,31% para 6,32% nessa semana.

Dólar - Também houve acréscimo na: Taxa de Câmbio que subiu de R$ 2,35 para R$ 2,40, indo de R$ 2,45 para R$ 2,50 em 2015

Juros -  A Taxa Selic

Nesta segunda-feira, 100 rótulos diferentes um do outro, globais, do que há de melhor em chopes e cervejas artesanais.
5 anos 1o lugar em Veja, no gênero.
Cartas, cardápios, serviços:
www.biermasrkt.com.br

AGV prevê movimento de R$259 milhões nas vendas para o Dia das Crianças, 8,2% mais do que o total de 2013.

O varejo gaúcho deve registrar um movimento de R$ 259 milhões com as vendas para o Dia das Crianças, um crescimento de 8,2% em relação ao ano passado. O ticket médio das compras será de R$ 86, com uma média de dois presentes por pessoa, de acordo com pesquisa realizada pela Associação Gaúcha para Desenvolvimento do Varejo (AGV) em todo o Estado, cujos dados acabam de ser passados ao editor.

Brinquedos (69%), roupas e calçados (37%), jogos educativos (23%) e livros (16%) lideram a preferência de compra dos consumidores. O levantamento da AGV apontou que 48% dos gaúchos comprarão presentes para seus filhos. Os afilhados receberão mimos de 43% dos entrevistados e os sobrinhos de 33%. Netos, irmãos e primos somam 13% das intenções. No que se refere à faixa etária, 65% das crianças presenteadas têm até cinco anos, 45% de seis a dez, 14% de onze a 15 e 4% acima de 15 anos.

A hora da compra - Esta semana será o momento da compra para 80% dos entrevistados. O presidente da AGV, Vilson Noer, afirma que deixar as compras para a última hora pode ser arriscado e que talvez o presente desejado pela criança não esteja mais nas prateleiras. 

. As lojas de rua têm a preferência de 65% e os shoppings devem ser o cenário de compras de 48% dos gaúchos. 

.. A maioria dos consumidores (89%) não irá levar as crianças junto para efetuar a compra. Preço (66%), vontade da criança (55%) e qualidade (32%) lideram os itens determinantes para a escolha do produto. Tecnologia foi apontado por apenas 2% dos entrevistados.

A força dos avós - A presença dos avós, para 33% das crianças gaúchas, é de pelo menos uma vez por semana. Os avós contribuem diretamente na criação dos netos para 14% dos entrevistados; 10% das crianças passam dias na casa destes e 5% ficam lá por, pelo menos, meio turno. Aqueles que não têm convívio com os avós representam apenas 4%. Em 2013, esse percentual era de 20%.

A grande maioria das pessoas (78%) diz que peças publicitárias incentivam o consumo.  Já 11% acreditam que não tenha interferência; 7% consideram “bom para a criança escolher o presente” e 1% afirmam que seus filhos não vêem televisão. 

O ex-prefeito Cameloti, Três Passos, não tem nada a ver com Bohn Gass e o Escândalo do Pronaf

Ao utilizar uma foto disponível no Google para ilustrar notícia sobre as investigações abertas contra o deputado Elvino Bohn Gass, PT, no caso do Escândalo do Pronaf, o editor não se deu conta dos problemas que isto poderia ocorrer para um dos personagens que aparece na cena com o parlamentar, o deputado Marcon e o governador Tarso Genro.

. É que o quarto personagem, o ex-prefeito de Três Passos, Cleri Cameloti, PMDB, não tem nada a ver com a história, o que, aliás, a legenda deixa claro. Acontece que seus  adversários e até pessoas desavisadas passaram a vincular o líder político local aos acontecimentos do Vale do Rio Pardo.

. O editor deixa claro que isto não é verdade.

. O ex-prefeito Cleri Cameloti nada tem a ver com o Escândalo do Pronaf e a veiculação da sua foto foi aleatória, servindo no caso apenas para mostrar o deputado Bohn Gass em ação. 

Primeira pesquisa sairá quarta-feira

O Instituto Paraná Pesquisas divulgará quarta-feira a primeira pesquisa nacional de intenções de votos.

Artigo, Rodrigo Constantino - Os brancos opressores

O discurso de vitimização dos “progressistas” coloca nos brancos a pecha de opressor, pois isso rende votos. Mas não tantos votos quanto o próprio “branco opressor” conquista.
Falo dos votos em branco mesmo, uma espécie de demonstração de indiferença para com as eleições. Somados aos votos nulos, o protesto tem sido cada vez maior em nosso país, que ainda tem de forma absurda a obrigatoriedade do voto.
Para presidente, por exemplo, Luciana Genro, ícone dessa narrativa de vitimização das “minorias”, conseguiu 1,6 milhão de votos, não muito mais do que Pastor Everaldo e Levi Fidelix juntos (1,2 milhão de votos), representantes da postura diametralmente oposta a da candidata do PSOL. Mas quem deu lavada nos três foi mesmo o branco, com 4,42 milhões de votos!

No total, tivemos 11,1 milhões de votos brancos ou nulos, e mais 27,7 milhões de abstenções, totalizando quase 40 milhões de eleitores indiferentes ao resultado das urnas. É um espanto! É praticamente a mesma quantidade de votos que a presidente Dilma teve, com todo o uso da máquina estatal e a compra de votos disfarçada de assistencialismo.

CLIQUE AQUI para ler mais.

Enquete - Qual foi a derrota que mais te deixou contente ?

78% dos leitores acham que casamento correto é aquele que ocorre entre pessoas de sexos diferentes. Saiba como foram as posições em relação à enquete postada até ontem, que obteve 1 mil respostas:

Porque esta é a ordem natural e legal das coisas: 785 (78%) 
Não, porque pessoas do mesmo sexo podem constituir famílias:194 (19%)
Outra resposta: 17 (1%)

Já está no site, aí ao lado, à direita, nova enquete. A pergunta é a seguinte:

Qual foi a derrota que mais te deixou contente ?
Olívio Dutra
Marina Silva
Ana Amélia
Pedro Simon
Outro

Com avanço de Aécio, dólar cai e bolsa abre em alta no primeiro pregão após 1º turno

CLIQUE AQUI para ler "Após o voto, a quarta agenda", Clóvis Rossi.

CLIQUE AQUI para ler "Suadouro no 2o turno", Eliane Cantanhêde.

Moeda, real, começou o dia em queda de 3% e Ibovespa disparou 7% em apenas 20 minutos de sessão. Ida de Aécio Neves ao segundo turno dá certa segurança aos mercados

. Dólar cai para R$ 2,38

. No primeiro pregão pós-primeiro turno eleitoral, o mercado começa a reagir positivamente à ascensão do candidato do PSDB Aécio Neves. Ele disputará a presidência com a atual presidente Dilma Rousseff (PT) no próximo dia 26. O dólar abriu o dia em queda de 3%, cotado a 2,3865 reais na venda, após acumular altas nas sessões anteriores. O Ibovespa, principal índice da bolsa de valores brasileira, abriu em alta de 0,38%, aos 54.748 pontos, mas logo nos primeiros 20 minutos (às 10h22) já ultrapassava a barreira de 58 mil pontos e disparava 7,64% (58.706 pontos). No mesmo horário, o dólar caía mais de 2%, cotado a 2,4116 (venda).

Dólar - O relatório Focus, do Banco Central, divulgado nesta segunda-feira mostrou que os analistas financeiros apostam em alta da moeda americana para o fim deste ano e ano que vem. Isso por dois principais fatores: o banco central americano (Federal Reserve) deve elevar a taxa básica de juros local em breve, o que deve levar a uma debandada de investimentos que estão em economias emergentes para os EUA; em paralelo, o BC brasileiro deve perder um pouco seu poder de controle da moeda americana, já que despendeu muitos recursos em operações de swap cambial neste ano.

Saiba como fica a nova relação de forças na Câmara dos Deputados

A nova composição da Câmara dos Deputados mudou muito pouco, mas PT, PMDB e PSDB continuam as maiores bancadas. O PT foi quem mais perdeu dos três.

. Em alguns Estados, candidatos mais conservadores foram os mais votados, como Luiz Carlos Heinze, RS, e Jair Bolsonaro, Rio.

CLIQUE AQUI para saber como ficou o quadro de forças na Câmara. O levantamento é do site Congresso em Foco.

Ao meio dia, almoço expresso. Também à la carte.
Local único em Porto Aleagre: túneis antigos da Brahma, shopping TOTAL.

Arrancada de Aécio deve gerar reação positiva nos mercados

Os jornalistas Luciana Seabra e Silvia Rosa dizem hoje no jornal Valor que a  arrancada surpreendente do candidato Aécio Neves (PSDB) na reta final do primeiro turno para a eleição para a Presidência da República e sua confirmação na disputa no segundo turno com Dilma Rousseff (PT) devem levar os mercados a reagir positivamente na segunda-feira, com os investidores apostando na possibilidade de uma vitória da oposição. Leia toda a reportagem:

Segundo analistas, a menor diferença de votos do candidato tucano para a presidente Dilma no primeiro turno deve fazer com que Aécio entre com maior força política no segundo turno. “Nas simulações para o primeiro turno, a diferença entre o candidato tucano e a presidente Dilma era de 15 a 20 pontos percentuais. Essa reviravolta coloca Aécio como um candidato mais consistente para vencer a eleição em um segundo turno e os mercados devem reagir a esse resultado, com bolsa subindo e dólar e juros caindo”, diz Eduardo Velho, economista-chefe da INVX Global Partners.
A perspectiva de um segundo turno para a eleição presidencial e o avanço de Aécio nas últimas pesquisas eleitorais levaram a uma recuperação da bolsa brasileira e do real na  sexta-feira.

. O Ibovespa subiu 1,91%, encerrando a 54.534 pontos. O dólar também acompanhou esse movimento e fechou  em R$ 2,46 na sexta-feira, em queda de 1,19% , contribuindo com o recuo das  taxas dos contratos futuros de juros , principalmente nos vencimentos mais longos para 2017 e 20121, mais sensíveis ao cenário de maior aversão a risco.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

Ao meio dia, almoço expresso. Também à la carte.
Local único em Porto Aleagre: túneis antigos da Brahma, shopping TOTAL.

Vendas a prazo no comércio caíram 0,10% em setembro

Após registrar crescimento em agosto, o volume de consultas para vendas a prazo, que sinalizam o comportamento da atividade comercial, voltou a apresentar queda no mês de setembro. De acordo com o indicador calculado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), a retração observada em setembro nas vendas parceladas foi de 0,10% na comparação com o mesmo mês de 2014.

. Na avaliação da economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, a retração foi ocasionada pore este fatores:
1) Os juros elevados que encarecem o crédito.
2) A estagnação do crescimento da massa salarial 
3) A menor geração de empregos.
4) A persistência da inflação em patamar elevado contribuíram para o resultado negativo. 

. A expectativa dos lojistas é que com as contratações temporárias de fim de ano e o aumento do poder de compra com o pagamento de dissídios salariais e do 13º salário, as vendas apresentem uma leve recuperação nos próximos meses.

Varejo acumula perdas no ano

O fraco resultado das vendas a prazo também se repetiu no consolidado do ano. No acumulado dos nove primeiros meses de 2014, frente à igual período de 2013, as vendas parceladas acumulam queda de 0,91%. Já na comparação mensal, em geral mais volátil, as vendas cresceram 0,43% sobre o mês de agosto. 

Dana entra com pedido de suspensão temporária de contratos de trabalho em Gravataí

A Dana, Gravataí, RS, que já pratica a redução de jornada dos trabalhadores da planta da cidade de Sorocaba em São Paulo, acaba de pedir suspensão temporária do emprego de 200 empregados no RS. 

. A Dana protocolou o pedido de suspensão temporária de 200 empregados, também como conhecido como "lay off" e quer aprovar essa medida, ou seja a suspensão temporária de contratos de trabalho. O que os metalúrgicos da empresa buscam é igualdade de tratamento com os de São Paulo. O Sindicato exige da empresa algumas medidas, entre elas a estabilidade de seis meses após o retorno dos trabalhadores que estiverem nesse regime, férias e pagamento integral do 13° salário.

 . A empresa não quer garantir essa série de propostas aos trabalhadores. 

. Afirma o diretor do Sindicato dos Metalúrgicos de Gravataí (SMG), Valcir Ascari, em fala para o editor. 

- A crise precisa ser evitada, pois causará transtornos irreparáveis para a maioria dos trabalhadores metalúrgicos. Para evitá-la, é preciso propor medidas de proteção ao emprego.

Pedidos de falência no País cresceram 16% em setembro

CLIQUE AQUI para saber
detalhes completos. 

De acordo com Indicador Serasa Experian de Falências e Recuperações, em setembro de 2014 foram realizados 181 pedidos de falência em todo o país, representando uma alta de 21,5% em relação aos 149 requerimentos efetuados em agosto/14. Na comparação com setembro de 2013, o número de pedidos de falência subiu 16%, com 156 pedidos. Foi o pior mês de setembro em quatro anos: 108 (set/11); 135 (set/12); 156 (set/13).

. Foi o pior resultado do ano até agora em termos da quantidade de empresas que sofreram pedidos de falências. 

Votos de Claudio Janta foram apartados. Só aparecerão quando o TSE liberar sua candidatura.

O nome de Claudio Janta, Solidariedade, apareceu e foi votado para deputado Federal nas eleições deste domingo, mas seus votos não apareceram na contagem divulgada para o público.

. O que acontece é que o candidato ainda não conseguiu reverter a decisão do TSE que cassou seu registro,embora obrigatoriamente vá fazer isto em seguida, porque as razões da impugnação foram falsas. Ele foi acusado de não ter quitado multas eleitorais, quando na verdade fez todas as quitações, conforme certidão do TRE do RS, concedida somente no final do prazo.

. A votação de Claudio Janta está apartada e não foi divulgada.

. O advogado Décio Itiberê, disse o seguinte ao editor, esta manhã:


- Se ele teve votos suficientes para integrar o primeiro time da coligação (PP-SDD-PSDB) será diplomado deputado, mas se isto não ocorrer, acabará favorecendo um dos suplentes.

Oposição consegue vitória esmagadora em Gramado, RS

Gramado, RS, a cidade de maior empuxe turístico gaúcha, concedeu vitória estrondosa para a oposição.

Presidente

Aécio Neves, 58,6%
Dilma Roussef, 18,4%
Marina Silva, , 11,1%

Governador

Sartori, 42,5%
Ana Amélia, 31,3%
Tarso Genro, 11,2%

Artigo, Clóvis Rossi - Dia 5, a oposição é majoritária. E dia 26 ?

Charge de Chico Caruso, hoje, O Globo.

CLIQUE AQUI para ler, também, "O curral eleitoral e o seu poder na eleição", Aloísio de Toledo Cesar. 



Na edição de hoje da Folha de S. Paulo, Clóvis Rossi escreve neste domingo, 5 de outubro de 2014, que a oposição ao governo Dilma Roussef foi majoritária no Brasil e com boa margem: 57 milhões de votos depositados a favor dos dois candidatos que se apresentaram nitidamente como oposição, contra os 43 milhões que preferiram a presidente. Leia tudo:

. A questão seguinte é esta: no dia 26 de outubro de 2014, a data do segundo turno, a oposição continuará majoritária e, por extensão, Aécio Neves será o próximo presidente, ou parte dos votos de Marina Silva voltam para o colo de Dilma e ela obtém mais quatro anos como inquilina do Palácio do Planalto?

. A pergunta pode ser óbvia, mas a resposta é impraticável esta altura do jogo.

CLIQUE AQUI para ler mais.

Ao meio dia, almoço expresso. Também à la carte.
Local único em Porto Aleagre: túneis antigos da Brahma, shopping TOTAL.

Marina e PSB dão claros sinais de adesão à candidatura de Aécio

Aécio fez homenagem a Eduardo Campos, ontem, na coletiva. "Saberei honrar seus ideais", disse ele, avisando que até aquela hora não tinha falado, ainda, com a viúva do amigo, Renata, e nem com Marina. Aécio poderá lançar em Recife a campanha do segundo turno.



Com apenas 20 dias de campanha neste segundo turno, a corrida por apoios dos candidatos derrotados começou no próprio domingo. Dilma e Aécio, PT e PSDB, já começaram movimentos para atrair Marina Silva e o PSB. Os demais candidatos pontuaram muito pouco, na casa de 0,5% a 1,5%.

. Marina Silva e o PSB não explicitaram apoio a ninguém ontem a noite, mas as declarações de Beto Albuquerque, Marina e Roberto Amaral, o presidente do PSB, parecem indicar preferência por Aécio Neves, senão vejamos:

Marina – Na coletiva de ontem a noite, ela sublinhou que “o povo não quer mais o que está aí” e que “quer mudanças”.
Beto Albuquerque – Ao falar para jornalistas, avisou que “nós nunca esqueceremos os agravos que sofremos”. Ainda na véspera da eleição, em Porto Alegre, o governador Tarso Genro, PT, atacou Beto, que foi seu secretário de Infraestrutura: “Ele foi um secretário incompetente e por isto foi embora”.
Rogério Amaral, presidente do PSB, no Canal Livre, ontem a noite – O dirigente socialista deixou explícito nas entrelinhas que o PSB não tem como ficar com Dilma e o PT.

. A posição dos demais Partidos:

Luciana Genro – O PSOL não ficará com ninguém.
Eduardo Jorge irá para Dilma. Ele foi linha auxiliar do PT durante os debates.

Pastor Everaldo, Levy Fidelix e Eymael – Apoiarão Aécio. O pastor foi linha auxiliar do PSDB durante os debates. 

Tarso foi o melhor cabo eleitoral de Sartori

O governador Tarso Genro foi o melhor cabo eleitoral de José Ivo Sartori, PMDB, líder da votação do primeiro turno para o governo do RS.