Maridão de Marina pede demissão do cargo de secretário-adjunto do governo do PT no Acre

Homem de confiança do PT do Acre, marido de Marina só saiu agora porque ficaria muito mal continuar no cargo. Afinal de contas, sua mulher disputa diretamente com Dilma, a candidata do PT. 

Fábio Vaz de Lima deixou o cargo de secretário-adjunto da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Florestal, da Indústria, do Comércio e dos Serviços Sustentáveis (Sedens) do governo do Acre, que é governado pelos petistas há quase 16 anos.

Aposta no 2º turno cresce e faz Ibovespa atingir máxima em 17 meses

O principal índice da Bolsa de Valores terminou a sessão em alta de 1,54%, a 58.449 pontos, puxado por Petrobras.

O principal índice da Bovespa fechou no maior nível em 17 meses nesta terça-feira, puxado pelas ações da Petrobras e de bancos e em meio a uma chance quase irreversível de haver segundo turno nas eleições presidenciais, com a ascensão de Marina Silva como candidata. O Ibovespa terminou a sessão em alta de 1,54%, a 58.449 pontos, maior patamar desde 11 de março de 2013, quando fechou em 58.544 pontos. Este foi o quarto pregão consecutivo de alta do índice.

. No meio do pregão (intraday), o Ibovespa chegou a atingir a máxima de 58.474 pontos.

PSB fechou com candidatura de Beto Albuquerque na chapa de Marina. Simon será o candidato ao Senado no RS.

O deputado Beto Albuquerque, PSB do RS, será anunciado amanhã, quarta, como candidato a vice na chapa liderada por Marina Silva. Marina foi comunicada pelo presidente socialista, Roberto Amaral.

. Houve consenso na escolha.,

. Com a ida de Beto para a chapa federal, PMDB e PSB do RS terão que escolher novo nome para a disputa senatorial.

. Dentro do PMDB, com a concordância do PSB, é tido como certo o lançamento do senador Pedro Simon. Simon e o PMDB só aguardavam por uma boa versão para a candidatura. Um apelo de Marina funcionaria bem. Marina Silva chamou o senador a Brasília, nesta quarta-feira (20), para fazer o convite pessoalmente. Simon confirma a viagem à capital federal, mas ainda não confirma que aceitará o convite. A tendência é aceitar.

“Eleitores” usados em campanha de Gleisi na verdade são modelos. E de outros países.

O corrosivo, ridículo e politicamente incorreto o site da Gazeta do Povo, Paraná, edição de hoje:

“Eleitores” usados em campanha de Gleisi na verdade são modelos. E de outros países.

Esses dois homens nas fotos acima votam em Gleisi declaradamente, certo? Eles fazem parte de uma série de imagens que a candidata do PT ao governo do estado vem divulgando na internet. A campanha da petista põe a cada vez a imagem de um profissional de uma área e divulga que ele (ou ela) vota em Gleisi. Curiosamente, porém, esses dois homens das fotos ao lado aparecem também fazendo propaganda de uma empresa de serviços na Califórnia, como pode-se ver logo abaixo. 

CLIQUE AQUI para ler tudo.

PSDB dissolve diretório e Felice é deposto em Uruguaiana

O diretório do PSDB de Uruguaiana renunciou coletivamente, menos o presidente, o ex-prefeito José Francisco Felice, que desta forma resulta sem o cargo. O movimento foi liderado pelo atual prefeito, Schneider.

. De acordo com os estatutos do Partido, caberá ao presidente estadual, Adilson Troca, nomear nova comissão provisória, inclusive presidente.

. O caso é desfecho de uma crise que se arrasta há dois anos, quando os dois líderes tucanos 
desentenderam-se.

. José Francisco Felice é marido da deputada Elizabeth Felice. Ambos são candidatos a deputado. 

Nas redes sociais o jornalista surge como melhor candidato do que Dilma e do que Aécio

William Bonner, aspresentador do Jornal Nacional aparece como presidente da República nas redes sociais; um dia depois de interromper a presidente Dilma Rousseff 21 vezes em entrevista de 15 minutos, William Bonner é visto não como jornalista, mas como político

. A primeira pergunta dele com a expressão "escândalo de corrupção" citada sete vezes, durou um minuto e 39 segundos, quase 10% do tempo total do encontro.

. A entrevista  teve caretas, um dedo em riste de  Patrícia Poeta e gesto em dobro do próprio Bonner.

. O JN não desafinou com nenhum dos candidatos até agora,mas Dilma foi a que mais perdeu.

Debate com colunistas da VEJA sobre a entrevista de Dilma ontem ao Jornal Nacional, da TV Globo. Veja em: http://veja.abril.com.br/multimidia/video/aqui-entre-nos

Sai nesta quarta o Plano Nacional de Segurança Hídrica

A partir das 15h desta quarta-feira, a Agência Nacional de Águas (ANA) apresentará o Plano Nacional de Segurança Hídrica (PNSH) em sua sede em Brasília. A iniciativa busca definir as principais intervenções estruturantes do Brasil na área de recursos hídricos, como: barragens, sistemas adutores, canais e eixos de integração. Estas obras devem ter caráter estratégico e relevância regional para garantir a oferta de água para abastecimento humano e uso em atividades produtivas. As ações também devem contribuir para redução dos riscos associados a eventos críticos (cheias e secas) nas áreas mais vulneráveis.

. O Plano Nacional de Segurança Hídrica tem dois horizontes de trabalho. O primeiro, até 2020, é para identificação das demandas efetivas do setor de recursos hídricos, o que inclui um estudo integrado dos problemas de oferta de água e de controle de cheias em áreas vulneráveis, além da análise de estudos, planos, projetos e obras. O PNSH considera 2035 como prazo para o alcance das intervenções propostas pelo estudo, que visa a integrar as políticas públicas do setor de recursos hídricos.

Segurança hídrica
A segurança hídrica considera a garantia da oferta de água para o abastecimento humano e para as atividades produtivas em situações de seca, estiagem ou desequilíbrio entre a oferta e a demanda do recurso. Além disso, o conceito abrange as medidas relacionadas ao enfrentamento de cheias e da gestão necessária para a redução dos riscos associados a eventos críticos (secas e cheias).

INTERÁGUAS
O Plano Nacional de Segurança Hídrica é uma das ações do Programa de Desenvolvimento do Setor Água (INTERÁGUAS), que é uma iniciativa do Brasil para aperfeiçoar a articulação e a coordenação de ações no setor de recursos hídricos. 

Artigo, Abrahão Finkelstein - Antiamericanismo, uma doença letal

O autor é empresário de turismo em Porto Alegre. O artigo a seguir foi publicado pelo jornal Zero Hora de hoje. Leia:

Essa doença ataca a área cognitiva do sistema nervoso de pessoas expostas ao contágio, principalmente as que já apresentavam uma pronunciada predisposição ao ódio e ao rancor. Caracteriza-se por agressividade crescente e rejeição a tudo o que for americano, com exceção de tênis Nike, aparelhos eletrônicos da Apple, roupas de grife produzidas a preços reduzidos nos Estados Unidos e inúmeros outros itens que caracterizam aquela civilização consumista.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Methodus e VOTO não falam sobre pressões do governo sobre a Band RS

O Instituto Methodus e a revista VOTO, que junto com a Rede Bandeirantes divulgaram ontem a pesquisa sobre intenções de votos para governo, senado e presidência no RS, não quiseram falar sobre as pressões exercidas pelo governador Tarso Genro par que a Band não divulgasse os resultados.

. Karim Miskulim, Publisher da VOTO, disse ao editor que novas pesquisas sairão, sempre com a Methodus, contratada há oito anos pela revista. 

Marina terá sua própria ‘Carta ao Povo Brasileiro’

PSB prepara documento com diretrizes econômicas, que deverá manter os compromissos da campanha de Eduardo Campos e será anunciado junto com a oficialização da chapa.

A jornalista Sonia Filgueiras, jornal Brasil Econômico, trata, hoje, de um tema que o editor abordou no final da semana e no comentário que vai ao pé desta nota. Leia tudo:

O PSB deverá apresentar após a reunião da Executiva Nacional, amanhã, sua versão de uma "Carta ao Povo Brasileiro", na qual estabelecerá suas diretrizes para um eventual futuro governo, em especial na área econômica. A declaração deverá será acompanhada da oficialização de Marina Silva como candidata à Presidência, decisão praticamente consolidada. O partido está debatendo os termos do texto cujo objetivo principal é tentar manter os votos amealhados por Marina nas pesquisas mais recentes e ganhar apoios entre os atores econômicos. A disposição dos integrantes da legenda mais ligados a Eduardo Campos é reafirmar seus compromissos econômicos gerais e, ao mesmo tempo, reforçar a credibilidade junto ao mercado, de forma a manter os novos eleitores catados pelas pesquisas.

. Entre os princípios defendidos por Campos estão o controle dos gastos públicos, o combate à inflação, a autonomia de atuação ao Banco Central e o desenvolvimento econômico. Mas os detalhes — que dizem muito sobre o que virá pela frente — ainda estão indefinidos. Por exemplo, a meta de superávit fiscal.

CLIQUE AQUI para ler toda a reportagem.
CLIQUE AQUI para ver e ouvir o editor. O título do comentário: "Marina: ajoelhou tem que rezar". 

Recessão força demissões na indústria calçadista. Abicalçados propõe redução imediata da jornada de trabalho.

A indústria calçadista brasileira já perde 1% de postos de trabalho por mês. Foram 7,.7% entre janeiro e maio. São dados do IBGE. O vetor é de queda. 

Embora só falte o anúncio oficial, já é certo que a economia brasileira entrou em recessão, o que ocorre sempre que por dois trimestres seguidos o PIB trabalhe abaixo de zero.

. A desaceleração econômica é evidente até mesmo nas ruas, onde a própria quantidade de carros em circulação já é menor.

. Sem poder ampliar e até mesmo segurar seus custos variáveis, as empresas buscam reduzir o quadro de pessoal.

. Trabalhadores sobretudo da indústria estão sendo demitidos ou submetidos a políticas flexíveis de administração de recursos humanos.

. Em Novo Hamburgo, a Abicalçados,que representa as indústrias de calçados do Brasil, confirmou que propôs a flexibilização da jornada de trabalho para evitar demissões imediatas.

. Os números recolhidos pela Abicalçados são de que o comércio calçadista vendeu 2,5% menos em junho,no comparatibvo com o mesmo mes de 2013. No acumulado do semestre, a queda é de 0,7%. Isto significa que toda a cadeia calçadista é atingida, inclusive a indústria, que recebe menos encomendas.

. Em entrevista ao jornal NH de hoje, Heitor Klein, presidente executivo da Abicalçados, explica o problema:

- Mantidas as condições atuais de inflação alta e endividamento dos consumidores, a tendência é de quedas maiores até o final de ano.

. A entidade recomenda a adoção de medidas urgentes, começando pela redução da jornada de trabalho. A proposta em exame pelo governo é de que as indústrias paguem menos e o governo cubra a diferença com dinheiro do FAT. 

A recessão já começou de verdade no Brasil

A discussão sobre a emergência ou não de recessão no Brasil pode ser até bizantina, já que se refere a diferenças de frações insignifcantes de números inteiros, mas a verdade verdadeira é que a economia mergulhou em dramática crise. A recessão já começou oficialmente. O Brasil passou a andar para trás como caranguejo. 

O Produto Interno Bruto (PIB) pode ter encolhido 0,8% no segundo trimestre, de acordo com estimativa da gestora de recursos Mauá Sekular. É provável que isso provoque a revisão do resultado do primeiro trimestre, de um crescimento de 0,2% para um recuo entre 0,1% e 0,2%, o que mostraria que a economia brasileira já está em recessão.

Rodrigo Constantino repercute em escala nacional a mordaça que Tarso tentou impor à Band TV

Nesta terça-feira, no seu blog no site www.veja.com.br, Rodrigo Constantino conta que o  modus operandi do PT a gente já é conhecido: fazer o “diabo” para se perpetuar no poder.

. Rodrigo fala sobre as ameaças feitas ontem à Band TV de Porto Alegre por parte do governador Tarso Genro.

. O vídeo que o editor disponibilizou com o trecho do Jornal da Cidade de ontem a noite, já teve 5.861 visualizações únicas. Um recorde para vídeos disponibilizados aqui.

. Leia a nota de Rodrigo Constantino:

- O resto é apenas isso: resto. Vale tudo para vencer. E quando uma pesquisa ameaça mostrar um número terrível de algum petista, nada mais natural, então, do que pressionar o veículo para que não divulgue a pesquisa. Foi justamente o que Tarso Genro fez com a Band, segundo o jornalista Políbio Braga:

 Para quem está acostumado com os métodos petistas, nenhuma novidade. Ouvi do próprio Nelson Sirotsky, do Grupo RBS, durante o Fórum da Liberdade, duras críticas ao autoritarismo de Tarso contra a imprensa independente. Vários empresários locais alegam que o PT intimidava-os em busca de financiamento de campanha, ameaçando retaliação caso negassem.

O PT não mede esforços para permanecer no poder, ainda que destruindo o Brasil. Os brasileiros decentes não podem medir esforços para impedir que isso ocorra. Todo esforço é bem-vindo para derrotar esta praga que corrói nossa democracia e nossas liberdades nas urnas agora em outubro.

Governo gaúcho anunciará investimento em laboratório que construirá com ditadura de Cuba

Em março, os cubanos firmaram termos de cooperação com o Lasbiofam. O Laboratório Farmacêutico do Estado já trabalha com enviados de Havana. Tarso recebeu a comitiva para um churrasco no Galpão Crioulo, agora com mesas recobertas por toalhas. 

O governador Tarso Genro resolveu ajudar financeiramente o governo de Cuba, porque anunciará a qualquer momento a construção de cinco fábricas de insumos biológicos e de um laboratório farmacêutico em consórcio com a estatal cubana Labiofam.

. O laboratório sairá em Santa Maria, terra da conhecida República de Santa Maria, comandada desde sempre por Tarso. Lá, será produzido o remédio Vidatox, que usa como insumo o veneno de um escorpião endêmico de Cuba, o alacrán. Ele seria eficaz contra vários tipos de câncer.

. O pedido de autorização para a fabricação do medicamento já está na Anvisa.

. O plano completo visa produzir em escala industrial microorganismos que possam ser empregados na agricultura no lugar de defensivos agrícolas e fertilizantes químicos. O mais conhecido deles é o Nitrofix, que teria a função de fixar nitrogênio ao solo.

. No caso das fábricas e do laboratório, não existe evidência científica alguma de que os produtos deles funcionem de verdade. No caso do Nitrofix, o que ocorre é que em Cuba, um hectare plantado de soja não produz mais do que vinte sacas de grãos, contra a média de 56 sacas no RS.

PP não quer que Ana Amélia gaste dinheiro com laboratório e fármacos de Cuba

Se depender do PP, o Partido da senadora Ana Amélia Lemos, caso vença a eleição, o Partido recomendará que o projeto do governador Tarso Genro sobre a instalação de 5 fábricas e um laboratório – todos de insumos biológicos e produtos farmacêuticos – morrerá antes mesmo de começar.

. O Partido tirou nota de crítica ao negócio, denunciando que o único objetivo de Tarso e dar dinheiro para a ditadura comunista de Cuba.

Opinião, Coturno Noturno - O Brasil não merece a elite que tem

A tabela aí ao lado (clique em cima para ler melhor) foi extraída da pesquisa "Datafolha Boca de Velório" e mostra o voto das diferentes classes sociais do país, em caso de segundo turno entre Dilma e Aécio Neves, bem como entre Marina e Dilma. Cliquem na mesma para ampliar e facilitar a leitura. Não, você não está enxergando mal, é isso mesmo que você está vendo.

Você está vendo, por exemplo, que 65% dos brasileiros que possuem curso superior votam em Marina Silva. E apenas 53% deste segmento privilegiado, bem formado e informado, vota em Aécio Neves. Agora me digam. Que programa de governo Marina Silva tem para atrair tantos votos da elite intelectual? Ou será que a nossa elite intelectual emburreceu de vez?

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Análise, Josias de Souza - JN: Dilma mudou muito e não deixou endereço

Antes da entrevista, muita gente achou que Bonner e Poeta não teriam coragem de endurecer com Dilma. 

Na análise que faz no seu blog de hoje na Folha, o jornalista Josias de Souza diz que a Dilma, hoje, surpreende mais pelas perguntas que é obrigada a ouvir do que pelas respostas que não consegue dar.

. O jornalista da Folha faz a seguinte consistene corrosiva análise da entrevista que Dilma concedeu ontem ao Jornal Nacional:

Já na primeira pergunta, Willian Bonner pronunciou o vocábulo “corrupção” uma, duas, três, quatro, cinco, seis, sete vezes. No seu governo houve uma série de escândalos de corrupção, disse ele. Houve corrupção na pasta da Agricultura, corrupção nas Cidades, nos Esportes… Houve escândalo de corrupção na Saúde, nos Transportes… Houve corrupção no Turismo, no Trabalho… A Petrobras é alvo de duas CPIs. Bonner, finalmente, indagou: qual é a dificuldade de se cercar de pessoas honestas, que lhe permitam formar uma equipe de governo honesta, que evite esta situação que nós vimos de repetidos casos de corrupção? Não há uma sensação no ar de que o PT descuida da questão da corrupção?

. A Dilma de 2010, durona e irascível, talvez colocasse o inquiridor petulante para fora da biblioteca do Alvorada a pontapés. A Rousseff de 2014, treinada para suportar o insuportável, repetiu o mesmo lero-lero ensaiado que vem recitando na série de entrevistas e sabatinas que a campanha eleitoral lhe impõe.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Jornal Metro repercute nacionalmente as pressões de Tarso sobre a Band do RS

O jornal Metro de hoje, na sua edição nacional (o jornal também tem edição gaúcha), que é da Rede Bandeirantes, destaca em espaço amplo as notícias sobre as pressões que a Band sofreu ontem do governo Tarso Genro,  para não divulgar os resultados da pesquisa feita pela revista Voto e band, relacionados com as eleições do RS.

. A pesquisa realizada pelo Instituto Methodus, revela que a senadora Ana Amélia impõe uma vitória acachapante sobre Tarso Genro.

. O Palácio Piratini foi tão imprudente que deixou suas digitais, já que a mensagem enviada pelo assessor de imprensa, Guilherme Flores, resultou enviada pelo jornalista via seu próprio WhatsApp.

. O governo estadual é o principal anunciante de toda a mídia tradicional gaúcha - rádios, jornais e TVs - manejando verbas que podem chegar a R$ 100 milhões por ano. A Rede Babndeirantes costuma levar algo como R$ 5 milhões do total. No governo Olívio Dutra, pressões semelhantes levaram à demissão do próprio editor deste site, além de cortes de verbas.

. Acima, a matéria do jornal.

. Até este momento, entidades como ANJ, Abert, Sindicato dos Jornalistas, Fenaj e OAB não protestaram contra esse claro atentado à liberdade de imprensa no RS. O gogverno estadual permanece em total silêncio.

Veja o trecho do jornal da Band de ontem:

Petistas acham que JN não assombra porque Dilma já enfrentou torturadores piores.

Na primeira foto, os dois torturadores do JN, sendo que na seguinte está a torturada, Dilma Roussef, na época em que estava presa pelos militares por ter liderado atos de terrorismo, inclusive assalto ao cofre do ex-governador de SP, Ademar de Barros.

A nota a seguir reflete o que pensam os líderes do PT e mais membros da entourage governamental de Dilma e a mídia amiga.

. Vale a pena ler.

. O post é do site www.brasil247.com.br

“O que se viu na noite de segunda-feira, 18 de agosto de 2014, na TV Globo, não foi uma entrevista dura como foram – em alguma medida – aquelas a que foram submetidos Aécio Neves e Eduardo Campos. Foi uma agressão, um desrespeito”, disse Eduardo Guimarães, do blog da Cidadania, sobre ação de William Bonner e Patrícia Poeta no Jornal Nacional; segundo ele, presidente Dilma Rousseff reagiu como uma mulher ciente de suas responsabilidades: “Se Dilma não cedeu nem à tortura física da ditadura, não seriam um mauricinho e uma patricinha de quinta que iriam dobrá-la”

Faltou recato e compostura no velomício de Eduardo Campos.

No comentário a seguir, o editor analisa o velomício do Recife e compara com a velha tradição das carpideiras cantadas como tragédia grega por João Cabral do Melo Neto nos seus poemas ou então por Josué de Castro no seu clássico “Sete palmos de terra e um caixão”.

. Faltou sobriedade, recato e compostura nas cerimônias fúnebres de Eduardo Campos.

. O que aconteceu é que a família e o PSB aproveitaram-se do evento para produzir um espetáculo político inescrupuloso de efeitos midiáticos, assombrando o País.

. Nada que se comparece à sobriedade e respeito trágico a outras mortes igualmente impactantes, no caso 
as de Getúlio e Tancredo.

. O Brasil mudou muito.

. A política virou um vale tudo.

. Os primeiros resultados foram os números da pesquisa desta segunda-feira do Datafolha.

CLIQUE na imagem a seguir para ver e ouvir o comentário do editor, intitulado Faltou recato e compostura no velomício de Eduardo Campos.