Receitas extras inflam superavit primário em novembro

O jornal Valor informou esta noite, que o setor público consolidado não financeiro registrou, em novembro, superávit de R$ 29,745 bilhões nas contas primárias, conceito que exclui receitas e despesas com juros e outros encargos de dívida.Esse resultado, recorde para meses de novembro na série iniciada em dezembro de 2011, foi inflado por R$ 35 bilhões em receitas extraordinárias que entraram nos cofres do governo em novembro, como foram os casos de parcelamentos especiais de impostos (Refis) e do bônus de assinatura do campo de Libra no pré-sal.

. Descontando essa receita extraordinária, o resultado seria um déficit primário de cerca de R$ 5,2 bilhões.

. O secretário do Tesouro, o gaúcho Arno Augustin, foi esta noite à TV para comemorar, reportando-se ao fato de que os números melhoram a imagem brasileira junto aos investidores, como se eles não soubessem que apenas um truque contábil garantiu os resultados.

CLIQUE AQUI para ler toda a notícia do jornal Valor.




IOF aumenta 20 vezes de valor para uso de cartões, travellers e saques no exterior

 Por meio de decreto, o governo elevou a cobrança de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) incidente sobre operações com cartões de débito no exterior, compras de cheques de viagem (traveller checks) e saques de moeda estrangeira no mercado externo. A alíquota sobe de 0,38% para 6,38%. Até então, essa alíquota estava valendo apenas para as compras com cartões de crédito feitas no exterior.  

. A medida entra vigor amanhã, dia 28 de dezembro. Com isso, o governo espera arrecadar R$ 552 milhões ao ano.


. A nova tributação foi anunciada por meio de nota do Ministério da Fazenda.

Pelotas está sem água e culpa a CEEE. A estatal não tem dinheiro para investir em melhorias.

- O caso de Pelotas não é isolado no RS.

Na noite desta sexta-feira a prefeitura de Pelotas, RS, denunciou que as frequentes interrupções na energia elétrica, que também atingem a região da Estação de Tratamento (ETA) Sinott, acabam interrompendo a produção de água que alcança 100 milhões de litros diariamente nas três ETAs. O Sanep, serviço local de saneamento, avisou que já entrou em contado com a Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), empresa que atende Pelotas, pedindo que livre a região da ETA Sinott dos cortes de energia.

. Desde setembro a prefeitura vem prevenindo o governo estadual sobre problemas no verão.

. O governo ignorou os avisos e esta semana tungou R$ 1,2 bilhão dos cofres da CEEE, visando tapar rombos no dilapidado caixa único. O dinheiro seria usado para investimentos que a estatal já tinha programado. A oposição na Assembléia insurgiu-se contra a irresponsabilidade fiscal promovida pelo governador Tarso Genro, que busca dinheiro desesperadamente para cobrir seus gastos perdulários.

. Os cortes de energia nas áreas servidas pela CEEE são recorrentes desde terça-feira, sobretudo em Porto Alegre, Pelotas e Rio Grande, atingidos por onda de grande calor.

. Na quarta-feira (25/12/13) faltou luz durante dez horas na ETA Sinott, e na quinta-feira (26/12/2013) na parte da tarde, ocasionando falta d´água ou diminuição na pressão nas regiões do Areal e Praia do Laranjal.


- Segundo o diretor-presidente do Sanep, Jacques Reydams, o investimento será a solução para a falta de água no Município. Além disso, Reydams explica que o Sanep está buscando soluções alternativas para amenizar os problemas, como a compra de geradores que serão instalados nas ETAs a fim de evitar a falta de energia.

Fogo interrompe produção na plataforma P-20 desde quinta. Dois trabalhadores resultaram feridos.

A Petrobras informou esta noite ao editor que a produção da plataforma P-20, localizada na concessão de Marlim, na Bacia de Campos, permanece interrompida após incêndio ocorrido no final da tarde desta quinta-feira. No mês de novembro esta unidade operacional produziu 22 mil barris de petróleo por dia.

. Imediatamente após o ocorrido, a Petrobras instaurou uma comissão de investigação formada por gerentes, representantes da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) e dos empregados. Esta equipe encontra-se a bordo da unidade com o objetivo de apurar as causas do incidente. Ao mesmo tempo, outra equipe de engenharia foi deslocada para a P-20 para preparar, no menor tempo possível, um cronograma com todas as ações necessárias para o pleno retorno à operação.

. A Petrobras reitera que os dois trabalhadores, atendidos ontem na enfermaria, passam bem. O trabalhador que sofreu torção no pé encontra-se em Macaé para melhor avaliação médica.Informa também que todos os sistemas e procedimentos de segurança funcionaram conforme previsto durante a emergência e a habitabilidade da unidade de produção está plenamente preservada. 

Bandidos do Mensalão começam a cumprir penas nos seus Estados

Os ex-deputados Pedro Henry e Pedro Corrêa foram transferidos do Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, para presídios em seus estados natais nesta tarde; eles cumprem pena por condenação no julgamento do Mensalão. 

- Henry foi para Cuiabá (MT) .
- Corrêa para Recife (PE)

. Já são quatro os presos mensaleiros transferidos da Papuda nesta semana:

- Na segunda, o ex-deputado Romeu Queiroz e o ex-vice-presidente do Banco Rural, Roberto Salgado, foram transferidos para Minas Gerais

. Marcos Valério e José Genoinio, bandidos mais emplumados da organização criminosa criada pelo PT,  também já pediram transferência

Óticas gaúchas do Simples não pagarão mais Imposto da Fronteira

O governo do Estado vai editar decreto na segunda-feira beneficiando empresas do Simples. Dessa vez, o foco é o setor ótico, que receberá incentivo para adquirir produtos importados diretamente pelo Rio Grande do Sul, e não mais por outros Estados. Na prática, fica eliminada a diferença de alíquota do ICMS. Atualmente, os lojistas pagam 4% para o Estado importador e 13% para o RS. Com a medida, não haverá essa diferença de alíquota na fronteira e os importadores pagarão apenas 12% na venda para o Simples. O RS, com isso, está repassando o imposto que era recolhido em outros Estados para o micro e pequeno empresário gaúcho. A alteração representa uma redução do ICMS de 30% dos produtos importados na modalidade Simples. 

. O governo gaúcho continua afrontando decreto legislativo editado pela Assembléia, que acabou com todos os impostos de fronteira. 

Clima Tempo prevê chuvas e temperatura alta no RS

Em todo o RS, a previsão de tempo para os próximos dias, inclusive sábado (até terça-feira) é de chuva.
Neste momento, 16h46min, os termômetros marcam 38 graus na Capital do RS e o tempo começa a fechar, depois de um dia de sol muito forte.

. A temperatura continuará muito alta no Estado.

. CLIQUE AQUI para acompanhar o tempo neste momento e as previsões para os próximos dias.

COMPRE E LEVE PARA CASA. DESFRUTE NAS FESTAS DE NATAL
HOJE, DIA 27: aberto até as 20h
Cervejas artesanais. 200 rótulos de várias partes do mundo
Bier Mark Spirito Santo
No mezanino da loja da Spirito Santo, Rua 24 de Outubro 513, 10h as 20h, inclusive sábado
Vá lá, faça sua encomenda e aproveite o ambiente para tomar um chop ou beber a cerveja da sua preferência.
Fone 3208.2300
É a primeira loja shop in shop do Bier Markt em Porto Alegre
www.biermarkt.com.br

Entrevista de Carlos Sperotto para "Cenários" - Com regras estáveis, podemos até triplicar a produção de trigo.

Entrevista de Carlos Sperotto para "Cenários" - Com regras estáveis, podemos até triplicar a produção de trigo.

A produção de trigo, safra de inverno, foi recorde em 2013?
Sim. No RS, contrariando todas as projeções, chegamos a 3 milhões de toneladas, um número recorde. Este ano ultrapassamos o Paraná, que colheu pouco mais de 2 milhões de toneladas. Ainda assim, o Brasil produz metade do que consome. Até menos do que isto, porque o consumo é de 12 milhões de toneladas por ano.

A produção brasileira e gaúcha vai aos trancos e barrancos no caso do trigo?
Sim. Agora mesmo, quando registramos excelente safra, bem na hora que os produtores poderiam ter faturado bem, o governo afrouxou as importações, jogando os preços para baixo. Assim não dá para produzir.

O que vocês querem?
Regras estáveis, estímulos estáveis, garantias estáveis. Queremos que o governo diga se quer ou não quer ser autossuficiente na produção de trigo, grão que tem o RS como primeiro no ranking brasileiro. Podemos triplicar a produção de inverno de uma safra para outra.

CLIQUE no vídeo a seguir para ver e ouvir toda a entrevista. Ela é dividida em 5 blocos de 12 minutos cada. Participaram da mesa o editor e mais os analistas financeiros Leandro Rushel e Stormer.

http://www.youtube.com/watch?v=_Eq0jMDIJyg&list=PLJlwo2Q4Qb0x5RMKWmb2A0flymDOpBj3C

Mais de 127 mil veículos passarão pela freeway no feriadão

Neste feriadão de Ano Novo, a previsão da Concepa é que 127 mil veículos deixem a capital em direção ao litoral norte do Estado. Nesta sexta-feira devem passar 55 mil veículos na rodovia e no sábado a expectativa é que mais 72 mil veículos passem pela autoestrada.

. Com base no crescimento do tráfego e no movimento dos anos anteriores, a Concessionária organizou os melhores horários para quem deseja pegar a freeway no feriadão, tanto na ida como no retorno do litoral.

Fortunati decide passar o Ano Novo em Nova Iorque

O prefeito José Fortunati transmitiu o cargo ao vice-prefeito Sebastião Melo nesta sexta-feira, 27, para período de férias. Melo atuará como prefeito em exercício até 6 de janeiro. Fortunati reassume a agenda no Paço Municipal no dia 7 de janeiro.

. Fortunati resolveu passar o Ano Novo em Nova Iorque.

Apagões de ontem e de hoje demonstram perversidade da tunga aplicada pelo governo sobre os cofres da CEEE

Neste momento, 15h57min de sexta-feira, novos apagões abatem-se sobre Pelotas e região. Sem investimentos, sistemas atuais de transmissão e distribuição da CEEE não suportam a sobrecarga de enetrgia exigida pelos consumidores.

O deputado Ernani Polo (PP), vice líder da bancada progressista na Assembleia Legislativa, critica de forma veemente a manobra arrecadatória realizada pelo governo para a aprovação do projeto de lei nº 350/2013, que retirou 1,3 bilhão de reais da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), transferindo estes recursos para o caixa do Estado. De acordo com o parlamentar, esta iniciativa retira a capacidade, já precária, de investimentos da estatal, justamente em um momento onde há clara e evidente carência de abastecimento energético no RS.

. É espantoso que 9 deputados da oposição - 4 do PMDB, 3 do PP, 1 do PPS e 1 do SDD - ausentaram-se ou votaram com o governo (Boessio, PMDB) favorecendo a tunga aplicada contra a CEEE.

. São recursos pesados e estratégicos para a CEEE, que deveriam ser utilizados para investimentos necessários para melhorar a infraestrutura energética da companhia.  Estes 1,3 bilhão de reais irão para o caixa único e vão ser utilizados para tapar furos da má gestão da atual administração,  que não consegue governar o Estado e demonstra fúria arrecadatória. O governo aprova esta retirada de capacidade de investimentos da CEEE, justamente no dia em que foram verificados apagões na capital gaúcha. Onde está o compromisso com a garantia da infraestrutura básica ao cidadão, que está cada vez mais carente de abastecimento de energia, diz o deputado Ernani Polo.

Tuma Júnior conta reação de Tarso frente a Dias Toffoli, no caso Battisti: "Covarde, covarde filho da puta !"

Tarso Genro, ao saber que Dias Toffoli (à esquerda) julgou-se impedido e não votou a seu favor no julgamento do recurso contra o refúgio concedido pelo então ministro da Justiça:
- Covarde, covarde filho da puta !



O então ministro da Justiça, Tarso Genro, depois de ver repelida pelo mais novo ministro do STF, Dias Toffoli, a investida dos seus enviados especiais, José Eduardo Cardozo, na época deputado, mais Luiz Paulo Barroso e Sigmaringa Seixas, que queriam seu voto para coonestar o refúgio concedido ao assassino italiano Cezare Battisti:

- Covarde, covarde filho da puta ! Um covarde !

. Esta reação intempestiva de Tarso Genro diante de um ministro que até há pouco era seu companheirinho de governo e de PT, deixou perplexo seu auxiliar, o secretário nacional de Justiça, Romeu Tuma Júnior. É o que ele conta na página 327 do seu livro "Assassinato de Reputação".

. O ex-secretário narra em 20 páginas como é que Lula e Tarso decidiram afrontar a lei, o governo italiano e até o STF, concedendo abrigo a um patife assassino, condenado à prisão perpétua em Roma.

. Por trás de todas as tramóias feitas pelo então ministro da Justiça, hoje governador do RS, e por Lula, esteve sempre o desejo pessoal de Lula, que queria porque queria atender um pedido pessoal do seu antigo advogado, pessoal e do PT, Luiz Eduardo Greenghald.

. Tuma Júnior não conta o caso como quem apenas ouviu falar. Leia o que ele explica (página 313):

- Quem conhece a questão sou eu, porque eu vivi todos esses caso.

. Ele deixa bem claro que o ministro Tarso Genro manobrou para que o Comitê Nacional para os Refugiados, Conare, 7 membros, rejeitasse o pedido de refúgio, para que num recurso posterior ele mesmo pudesse emplacar o apoio a Cezare Battisti, atendendo Lula. Tarso combinou tudo com Greenghald na véspera da reunião. O julgamento ocorreu no dia 28 de novembro de 2009. Em tudo, ajudou-o Vinicius Wu, seu assessor especial, e que agora o ajuda no Piratini.

. O caso foi tão escandaloso que a secretária-geral do Conare, Nara Conceição da Silva, há 20 anos na posição, demitiu-se.

. Depois da decisão do Conare e da revogação dela por Tarso Genro, o STF foi chamado a falar sobre o imbróglio e fulminou a decisão do ministro da Justiça.

. Curiosamente, quem defendeu Battisti no STF não foi Greenghald, um advogado medíocre, mas o atual ministro Joaquim Barroso, subestatelecido para o caso.

. O Supremo anulou o refúgio.

. No último dia do seu governo, Lula abrigou-o, concedendo-lhe residência permanente.


. Resta, ainda, o processo no qual Battisti é acusado de ter ingressado com passaporte falso no Brasil. 

COMPRE E LEVE PARA CASA. DESFRUTE NAS FESTAS DE NATAL
HOJE, DIA 27: aberto até as 20h
Cervejas artesanais. 200 rótulos de várias partes do mundo
Bier Mark Spirito Santo
No mezanino da loja da Spirito Santo, Rua 24 de Outubro 513, 10h as 20h, inclusive sábado
Vá lá, faça sua encomenda e aproveite o ambiente para tomar um chop ou beber a cerveja da sua preferência.
Fone 3208.2300
É a primeira loja shop in shop do Bier Markt em Porto Alegre
www.biermarkt.com.br

Entrevista, Osmar Terra - É descontrolado o tráfico de cocaína vindo da Bolívia e da Colômbia.

O editor ouviu nesta segunda-feira o deputado e ex-secretário da Saúde, Osmar Terra, que falou para o programa semanal “Cenários”, abordando durante uma hora os riscos que corre o Brasil diante da intensificação do tráfico de cocaína e crack produzidos na Bolívia e na Colômbia, mas sobretudo as ameaças que decorrerão a liberação da maconha no Uruguai.

. O deputado do PMDB é o autor da nova Lei Anti-Drogas, já aprovada na Câmara e em exame no Senado. A nova legislação endurece o combate às drogas, aumentando as penas de prisão para os traficantes e endurecendo as restrições ao usuário, inclusive o estabelecimento das chamadas internações involuntárias.

O que significa internação involuntária?
Hoje, o usuário só pode ser internado se ele mesmo manifestar o desejo. Com a nova lei, um familiar ou o médico podem mandar internar administrativamente, sem necessidade de apelar ao judiciário.
 
A repressão ficará maior?
Sem dúvida. E precisamos estar alertas, porque as coisas ficarão piores no Brasil.
 
A que o senhor se refere?
Há uma epidemia de drogas no País, assolado por contrabandos descontrolados de cocaína que é produzida na Bolívia e na Colômbia. A partir de abril, o Uruguai será uma plataforma de envio ilegal de maconha.
 
E o controle das fronteiras?
Nada é eficaz. A Polícia Federal possui apenas 900 homens para 12 mil quilômetros de fronteira.
 
CLIQUE no vídeo a seguir para examinar o inteiro teor da entrevista que o deputado Osmar Terra concedeu nesta segunda-feira ao meio dia sobre o estado atual das drogas em todo o mundo, com ênfase para o caso do RS. É entrevista do programa Cenários.

http://www.youtube.com/watch?v=4SkmJWCF1co&list=PLJlwo2Q4Qb0wYTTqnT7demm5f8IgK2JwQ 

Padilha vai para o núcleo duro da campanha de Dilma, PT

O deputado Eliseu Padilha, PMDB, aceitou o convite do vice Michel Temer para integrar como seu representante o núcleo duro da campanha à reeleição de Dilma Roussef. No RS, Padilha é ofendido há muitos anos pelo PT, que o chama abertamente de Eliseu Quadrilha. 

. Eles terão que engoli-lo.

COMPRE E LEVE PARA CASA. DESFRUTE NAS FESTAS DE NATAL
HOJE, DIA 27: aberto até as 20h
Cervejas artesanais. 200 rótulos de várias partes do mundo
Bier Mark Spirito Santo
No mezanino da loja da Spirito Santo, Rua 24 de Outubro 513, 10h as 20h, inclusive sábado
Vá lá, faça sua encomenda e aproveite o ambiente para tomar um chop ou beber a cerveja da sua preferência.
Fone 3208.2300
É a primeira loja shop in shop do Bier Markt em Porto Alegre
www.biermarkt.com.br

Compre Cabo de Guerra na versão e-book. Download imediato a R$ 39,00.

Já está disponível na versão e-book, para comprar e baixar para download imediato, o livro Cabo de Guerra, 499 páginas. Nas livrarias não existem mais exemplares disponíveis, o que levou o editor a disponibilizá-lo na versão digital, que inclusive sai mais barato para o leitor. Em vez de R$ 75,00, bastam R$ 39,00.

. Você vai encontrar Cabo de Guerra no site de vendas www.albuka.com.br

CLIQUE AQUI para examinar a apresentação em vídeo do livro.

Dica de livro - A década perdida, Marco Antonio Villa

O historiador Marco Antonio Villa lançou o livro "Década Perdida - Dez Anos do PT no Poder" (Ed. Record), na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo. Em 278 páginas, ele analisa os dois mandatos de Lula e os dois primeiros anos do governo Dilma Rousseff, num período que abrange de janeiro de 2003 a dezembro de 2012.A intenção de Villa, expressa já na apresentação, é reconstruir o que define como "a forma petista de assaltar, tomar e aparelhar o Estado".
Autor de "Mensalão, o Julgamento do Maior Caso de Corrupção da História Política Brasileira" (LeYa), ele afirma que os escândalos de corrupção "não representaram um ponto fora da curva", mas foram "parte do projeto de poder" do PT.

Autor: VILLA, MARCO ANTONIO
Idioma: PORTUGUES
Editora: RECORD
Assunto: CIÊNCIAS SOCIAIS - CIÊNCIA POLÍTICA
R$ 45,00

Versão em e-book, para comprar e baixar imediatamente. CLIQUE AQUI.
R$ 31,00.


Governo Dilma faz com sucesso última privatização rodoviária do ano

A Invepar, a mesma empreiteira que quer construir e operar o metrô de Porto Alegre,  arrematou nesta sexta-feira (27) a concessão do trecho da rodovia BR-040, entre o Distrito Federal e Minas Gerais, em leilão com oito grupos participantes.

. A privatização do trecho será de 30 anos com investimentos estimados em cerca de R$ 8 bilhões.

. Com o último leilão do pacote de privatizações de empreendimentos de infraesttrutura do ano, a presidente Dilma Rousseff consagra sua iniciativa de passar para mãos privadas rodovias, aeroportos, ferrovias e portos.

. Nada disto beneficia o RS, que não tem investimentos para melhorar portos, rodovias, ferrovias e aeroportos, mas ainda assim aferra-se à ideologia atrasada e retrógrada do PT gaúcho, que novamente assumiu o governo do Estado, não tem dinheiro para investir e não permite que ninguém o faça. O governo gaúcho vai na contramão de Dilma e reestatiza rodovias privatizadas pelo govferno Brito para garantir estradas em bom estado.

. Os últimos quatro leilões de rodovias federais foram da BR-163, no trecho de Mato Grosso, e no das BRs-060/153/262,  BR-163 no Mato Grosso do Sul, e na BR-050. O leilão da BR-040 que liga Brasília (DF) a Juiz de Fora (MG) deveria ter acontecido em janeiro, mas foi adiado a pedido de empresas interessadas.

COMPRE E LEVE PARA CASA. DESFRUTE NAS FESTAS DE NATAL
HOJE, DIA 27: aberto até as 20h
Cervejas artesanais. 200 rótulos de várias partes do mundo
Bier Mark Spirito Santo
No mezanino da loja da Spirito Santo, Rua 24 de Outubro 513, 10h as 20h, inclusive sábado
Vá lá, faça sua encomenda e aproveite o ambiente para tomar um chop ou beber a cerveja da sua preferência.
Fone 3208.2300
É a primeira loja shop in shop do Bier Markt em Porto Alegre
www.biermarkt.com.br

Você acha que o coiote pode ser mesmo a segunda identidade do governador Tarso Genro

Coiote (Canis latrans), o animal que o governador Tarso Genro invoca como seu alter ego no enfrentamento que faz com os 70 mil micro e pequenos comerciasntes gaúchos (leia nota a seguir) é bem diferente da hiena. GTrata-se de um mamífero, membro da família Canidae e do genêro Canis, segundo Wikipedia.

. Coiotes não são encontrados na América do Sul.

.  Os coiotes são encontrados apenas na América do Norte Central. Os coiotes geralmente vivem sós, mas podem se organizar em matilhas ocasionalmente. Coiotes vivem em média 6 anos. A palavra coioteé de origem Nahuatl.

. Coiotes são extremamente adaptáveis e existem em uma vasta gama de habitates, incluindo florestas, pradarias, desertos e pântanos. Eles são tipicamente excluídos de áreas com lobos. Coiotes, devido à sua tolerância para as atividades humanas, também habitam em ambientes suburbanos, agrícolas e urbanos.

Inflação do aluguel tem alta de 0,60% em dezembro e de 5,51% em 2013

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) acelerou de 0,29% em novembro para 0,60% em dezembro, divulgou nesta sexta-feira (27) a Fundação Getúlio Vargas (FGV). A variação acumulada do IGP-M em 2013 foi de 5,51%.
 
. Entre os três indicadores que compõem o IGP-M, o IPA-M subiu 0,63% em dezembro ante 0,17% em novembro. O IPC-M avançou 0,69% em dezembro ante 0,65% em novembro. Já o INCC-M teve alta de 0,22% em dezembro ante 0,27% em novembro. O IGP-M é muito usado no cálculo do reajuste dos aluguéis.

Rodovia do Parque já absorve 35% do fluxo da BR-116, entre Porto Alegre e Esteio

Após ter sido liberada para tráfego de veículos no último domingo, a BR-448 começa aos poucos a receber parte da movimentação da BR-116, no trecxho de 23 kms que ligam Porto Alegre a Esteio. Conforme o chefe da 1.ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF), João Antônio Brasil, a Rodovia do Parque, como é conhecida, já absorve de 30 a 35% do fluxo de carros, motocicletas, ônibus e caminhões que antes utilizavam a BR-116 no trecho inicial.

. Na manhã desta sexta-feira, o fluxo de veículos é pelo menos 50% menor do que o fluxo de dias normais, já que boa parte dos gaúchos pararam de trabalhar no feriadão. 

. O policial disse ao jornal NH que o percentual poderá ser maior a partir de março, após a temporada de férias. “Estamos em uma época atípica de feriados e férias,  na qual a quantidade de veículos já é menor que o padrão. As pessoas estão fazendo um feriadão prolongado. Só saberemos realmente como ficará a via em março, quando todos retornarem do litoral e for possível ver o fluxo real de veículos na Rodovia do Parque.”

Comércio gaúcho ataca o coiote do Piratini e promete resposta nas eleições de 2014

- Vou agir como um coiote, cobrando o que é devido ao Estado.

. A declaração acima foi feita pelo governador Tarso Genro e deixou furiosos CDL Porto Alegre, Federasul, AGV e Movimento Lojista, que não aceitam que o governo continue ignorando o decreto legislativo que eliminou a cobrança do adicional de 5% do ICMS sobre produtos cobrados em outros Estados, o Imposto da Fronteira, como também prossiga afrontando a aprovação do projeto que proíbe novos adicionais do mesmo gênero.

. Em nota à imprensa, as entidades lembraram Tarso Genro sobre seu dever de cumprir as leis.

. Num tom belicoso, o texto adverte para os prejuízos eleitorais que o governador terá no ano que vem, porque ele afronta 70 mil micro e pequenos comerciantes do RS. :

- Centenas de milhares de gaúchos irão reagir diante desta atitude antidemocrática do governador! Quem tanto fala em democracia deveria ser o primeiro a dar o exemplo e cumprir as leis.

. A nota é ainda mais dura quando lista os principais desmandos do governo do PT do RS:

- Um governo que não consegue renegociar a dívida do Estado, que não cumpre a lei do piso dos professores e que agora não está cumprindo um Decreto Legislativo já aprovado, que ainda faz de conta que nada aconteceu no Parlamento gaúcho e segue demonstrando indiferença com o PL 376/13, absolutamente legal e constitucional, deixa a todos perplexos com tanta soberba e com total desrespeito ao poder legislativo.

Dívida externa cresce 37% no governo Dilma e bate recorde

O Brasil chega ao fim de 2013 colecionando indicadores preocupantes. Não bastassem o crescimento pífio e a inflação bem acima da meta estipulada pelo governo, de 4,5%, a dívida externa bruta atingiu, em novembro, o maior valor desde o início da série histórica do Banco Central, em 1971. São US$ 482 bilhões em débitos no exterior, incluindo as faturas do governo, dos bancos, de empresas e os empréstimos Inter companhias, ou seja, aquelas transações feitas geralmente entre as filiais de multinacionais no Brasil e suas sedes fora do país.

. Matéria de hoje do Correio Braziliense informa que somente na era Dilma, iniciada em janeiro de 2011, a dívida externa brasileira registrou um salto de 37%. Em valores absolutos, cresceu US$ 130,2 bilhões, complicando um quadro que era considerado confortável até então. Mesmo os saldos do setor público, que vinham chamando a atenção por apresentar quedas expressivas ao longo do ano, terminarão 2013 em alta, retornando ao patamar de cinco anos atrás, com US$ 64,6 bilhões acumulados.

. O recorde, por si só, já seria suficiente para acender de vez o alerta em relação à dívida do país no exterior. Mas o cronograma do vencimento desses débitos, detalhado pela autoridade monetária, torna a situação mais delicada. Um terço do saldo total — US$ 157,2 bilhões — vencerá nos próximos dois anos, período de mudanças na política monetária do Federal Reserve (Fed), nos Estados Unidos, e de desconfiança acerca do próximo governo por aqui.

Com contas apertadas, governo vai reduzir incentivos fiscais

Depois de abrir mão de mais de R$ 70 bilhões em reduções de tributos somente este ano, o governo colocará o pé no freio e reduzirá a concessão de incentivos fiscais em 2014. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, já vinha descartando publicamente a possibilidade de ampliar as desonerações no ano que vem.

. Mas o sinal mais claro foi dado na véspera do Natal, com o anúncio da elevação gradual do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) sobre automóveis, a partir de janeiro.

Mensagem de José Serra no Facebook: "Que meus desejos se realizem"

O ex-governador José Serra publicou ontem no Facebook um post de boas festas desejando que seus próprios desejos se realizem em 2014. “Feliz Natal a você que me acompanha. Espero que todos os meus desejos se realizem. E o primeiro deles é continuar seu amigo por muitos anos”. A mensagem rapidamente virou piada nas redes sociais por causa do trecho “que meus desejos se realizem”.

. Com poucos interlocutores dentro e fora do PSDB, o Facebook e o Twitter têm sido usados por Serra sempre que ele tem “recados”. Recentemente, sugeriu ter desistido de suas pretensões presidenciais, dizendo que Aécio Neves deveria ser lançado “sem demora” ao Planalto já que é esse o desejo da maioria do PSDB.

. “Como a maioria dos dirigentes do partido acha conveniente formalizar o quanto antes o nome de Aécio Neves para concorrer à Presidência da República, devem fazê-lo sem demora”, escreveu Serra.

Verba para prevenção de desastres é reduzida

Um levantamento no Sistema Integrado de Administração Financeira, solicitado pelo Estado e realizado pela assessoria do DEM no Senado, mostra que o governo tem investido cada vez menos em prevenção de desastres. A análise levou em consideração 22 “ações”.

. Até ontem, apenas 15,5% haviam sido aplicados em obras de contenção de encostas, drenagem e manejo de águas pluviais – R$ 384 milhões dos R$ 2,47 bilhões previstos. A presidente Dilma Rousseff admitiu atrasos pela burocracia e assinou ainda ontem MP para acelerar liberações.

. Em 2012, as mesmas 22 ações tiveram uma dotação orçamentária atualizada de R$ 35 bilhões e um “total pago” de R$ 808 milhões (23,1%). Em 2013, a execução caiu para 15,5%. O Ministério do Planejamento não comentou os números.

Dilma oferece cargos para aumentar exposição na TV

A presidente Dilma Rousseff planeja usar a reforma ministerial em estudos no governo para ampliar sua exposição no rádio e na televisão na campanha do ano que vem, quando disputará a reeleição.

. Segundo matéria do jornal Folha de São Paulo, os conselheiros políticos de Dilma definiram como um dos pilares de sua estratégia eleitoral assegurar metade do tempo previsto pela legislação para a propaganda dos candidatos no rádio e na TV.

. Dilma pretende ter a seu lado uma coalizão inédita, formada por 12 partidos que podem garantir a sua campanha pouco mais de 12 minutos em cada bloco de 25 minutos de propaganda, ou 49% do total. Quatro desses 12 minutos poderão ser assegurados com a adesão de quatro siglas partidárias que devem ser contempladas com cargos na reforma ministerial, que Dilma promete anunciar até março.

. O PSD do ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab, que já tem um ministério, o PTB, que tem um posto em uma das vice-presidências do do Banco do Brasil, e o PP, que controla o Ministério das Cidades, querem ampliar seu espaço no governo.

Governo federal avança em concessão de estradas à iniciativa privada no país, enquanto o RS fica de fora

Conforme o editor já tinha adiantado no meio da semana, para BRs gaúchas serem incluídas no programa do Palácio do Planalto, avalia-se que dependeria de aceno do governo estadual, mas o governador Tarso Genro e o PT do RS não querem nem ouvir falar em privatizações e pedágios. Com isto, o Estado terá rodovias públicas em mau estado e sem novos investimentos significativos nas estradas estaduais e federais. A reportagem a seguir é do jornal Zero Hora de hoje e confirma tudo que o editor vem publicando:

Quando o leilão de concessão da BR-040, rodovia entre Brasília e Juiz de Fora (MG), for definido nesta sexta-feira, será o quinto caso de entrega de rodovias à iniciativa privada no programa do governo federal que começou desacreditado, mas se consolidou. Enquanto o Palácio do Planalto leva adiante as concessões de estradas em outras regiões do país conciliando tarifas bem abaixo das cobradas nos pedágios gaúchos e o compromisso de serem duplicadas, não há qualquer perspectiva de que as BRs no Rio Grande do Sul possam ter igual destino.

. No Estado, a maior parte das rodovias federais concedidas à iniciativa privada há 15 anos já foram ou serão devolvidas ainda este mês à União para serem administradas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Embora pelo menos três rodovias BRs 290, 386 e 285 tenham o potencial de despertar o interesse de investidores no curto prazo, segundo Ministério dos Transportes não há posição sobre serem incluídas em futuros planos de concessão.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Quem fará as campanhas de Tarso e Dilma serão agências que já os atendem no governo

O STF caminha para proibir o patrocínio, pelas empresas, de campanhas eleitorais. Provavelmente ficará para 2016, porque não dará tempo para se definir qual a alternativa ao sistema atual. Um caminho que pode ser positivo, desde que se proíba a publicidade dos governos e suas empresas estatais. Quem fará as campanhas de Tarso e Dilma serão as agências que já os atendem no governo. Aliás, elas estão ali porque fizeram a campanha de 2010 para ambos. É o que analisa no seu blog, hoje, o ex-prefeito do Rio, Cesar Maia. Leia tudo:
        
1. Explicando. Os governos e suas estatais contratam agências de publicidade para suas campanhas. Entre as agências contratadas está uma que fez ou fará a sua campanha eleitoral diretamente ou através de outra, “associada”.
        
2. Elaboradas as campanhas, é definida uma mídia técnica. As agências recebem pela produção e comissão legal entre 10% e 20% do valor da mídia. Mas (tantas vezes) é estabelecido um “acordo” entre o governo e agências. Tudo o que for contratado nas mídias além da mídia técnica (x inserções + y extra-inserções), as comissões legais pagas por y ficarão a crédito dos governos e de seus partidos para a próxima campanha eleitoral.
        
3. Tudo dentro da lei. Sabe-se que o custo publicitário das campanhas eleitorais majoritárias é o principal vetor de custo das campanhas. Para quem está no governo, esse custo total ou em grande parte das campanhas está pré-coberto. Depois, na campanha, se faz um registro de gasto, por valor muito menor que o valor de mercado.
        
4. Dessa forma, proibir o financiamento de campanhas por empresas, sem limitar e fiscalizar a publicidade governamental é impor uma enorme distorção nas campanhas: partidos nos governos terão parte substancial de suas campanhas, que são as agências de publicidade pré-financiadas. Esses são fatos conhecidos e até demonstrados. Lembre-se de CPI no Estado do Rio, nos anos 1999 e 2000, como exemplo.
        
5. Nada se pode generalizar, mas é prática ampla. Seria importante os ministros do STF avaliarem esse pré-financiamento por parte dos governos e tomar sua decisão, corrigindo as distorções dos patrocínios empresariais e –junto- impedindo o pré-patrocínio governamental.  Só há um caminho, norte-americano e europeu: governos não podem fazer campanhas publicitárias que não sejam de informação de interesse público, como vacinação,.

Blecaute da CEEE no bairro Ipanema, zona Sul de Porto Alegre, deixa mais de 50 mil moradores sem luz

Mais de 50 mil moradores da zona Sul de Porto Alegre ficaram sem luz nesta noite quente de 30 graus de quarta poara quinta-feiras na capital gaúcha. Desde as 13h30min, também Pelotas e Rio Grande, Litoral do Suil do RS,  enfrentam sucessivos apagões. A área é servida pela CEEE, que hoje foi tungada em R$ 1,3 bilhão, decisão do governo Tarso Genro, aprovada por 25 x 21 pela Assembléia (leia nota a seguir).

Porto Alegre teve a tarde mais quente do ano nesta quinta-feira. O calor recorde em 2013 com temperatura ultrapassando os 40ºC. Falta de energia também deixa moradores sem fornecimento de água em Porto Alegre e Região Metropolitana.

. Mais de 500 mil gaúchos ficaram sem energia ...

. Sem investir em transmissão e distribuição, os sistemas enfrentam fadiga evidente e imporão apagões em todas as áreas de atuação da estatal, inclusive Grande Porto Alegre.


. O dinheiro tungado pelo governo, R$ 1,3 bilhão, que irá tapar rombos do caixa único, estava reservado para investimentos, que agora não serão mais realizados.