Zé Dirceu, discursando para militantes do PT em Brasília: "Abaixo a luta moralista contra a corrupção !"

* Clipping
Eduardo Bresciani, do Estadão.com.br

Discursando para uma platéia de centenas de militantes no 2º Congresso da Juventude do PT, em Brasília, o ex-ministro da Casa Civil, deputado cassado e réu no processo do mensalão José Dirceu criticou o que chamou de "luta moralista contra a corrupção". Ele foi homenageado pelos organizadores com uma camiseta em que aparece sua imagem, a frase "contra o golpe das elites" e a palavra "inocente". O julgamento do processo do mensalão pode acontecer no próximo ano.

No editorial a seguir do Estadão desta sexta-feira, o jornal explica a propósito da crise moral, ética e legal que afunda oi governo Dilma e do PT num mar de lama:

- A onda que assola o País não é o denuncismo, mas a onda da corrupção.

CLIQUE AQUI para ler.


Artigo - Lula, o mais novo Napoleão de Hospício da Praça da Alegria

DICA DE LEITURA


Lula passou a delirar abertamente, o que significa que a quimioterapia eliminou o resto de bom senso que ainda existia entre seus melhores neurônios. A idéia que ele passa com os últimos pronunciamentos feitos à sombra da câmara onde se trata, é a de um Napoleão de Hospício, que pode tudo na politica brasileira. É disto que trata o artigo a seguir de Gaudêncio Torquato, extraído da edição do Estadão. Lula chegou a transmitir mensagem ao povo, agradecendo a solidariedade pelos sofrimentos que passa,  dizendo que veio à terra para "melhorar a vida de todo o mundo" como um messias redivivo. Apesar da boa vontade de todos nós, que queremos que ele melhore, menos, menos...Lula... Reveja seus erros, que foram muitos, e que seja o momento de ver que fez muito pouco perto do que talvez possa fazer, aplique-se  a fazer muito mais, deixe as más companhias.


CLIQUE AQUI para ler a íntegra do artigo.

Nesta segunda, Gravataí empossará prefeito que ficará no lugar da prefeita cassada do PT

Está confirmado para esta segunda-feira, 18h, a eleição indireta dos novos prefeitos e vice do município de Gravataí, RS. A única chapa inscrita, inclui Acimar Silva, PMDB, e Fernando Pinho, DEM. Uma coligação de seis Partidos (PMDB, PTB, PV, PSB, PP e DEM)  apóia os nomes. A transmissão de cargo foi marcada para o dia seguinte na prefeitura. O atual prefeito, Nadir Rocha, que ficou 30 dias no cargo, até a eleição definitiva do novo prefeito, voltará para a Câmara.

- O impeachment da ex-prefeita Rita Sanco, do PT, foi a mais devastadora derrota política do Partido no RS. Ela foi cassada por malfeitorias. A nova administração prometeu revelar os resultados das auditorias já verificadas. O governador Tarso Genro e o deputado Daniel Bordignon, líder da bancada na Assembléia, não conseguiram evitar a derrota, apesar de todas as pressões. Elas terão influência direta sobre as eleições municipais do ano que vem. O PT dominava a política local há 14 anos. Gravataí tem 155 mil eleitores, é sede da GM, está a 15 kms de Porto Alegre e é o quarto maior PIB do Estado. Seu orçamento anual é de R$ 400 milhões, mas os novos gestores acham que ele poderia ser 50% maior, não fosse a incompetência gerencial do PT.

Polo será o novo deputado estadual do PP do RS

A morte de Chicão Gorski  neste final de semana, conduzirá para a bancada do PP na Assembléia do RS o atual secretário Geral do Partrido no Estado, Ernani Polo. Ele é o primeiro suplente da bancada. Polo é filho do prefeito de Santo Augusto, terra de muitos políticos conhecidos do RS, como o ex-deputado Pompeo de Matos e o deputado Jerônimo Gorgen, que são do PDT e PP respectivamente.

Governador de Brasília, do PT, fez seu patrimônio crescer 413% em apenas quatro anos. E tudo isto apenas governando o dinheiro do povo.

- A reportagem  de GABRIEL MANZANO, da Agência Estado deste domingo, repercute material  da revista Época, que faz novas revelações sobre os negócios públicos e particulares do governador de Brasília, Agnelo Queiroz, do PT. O governador está sendo blindado de forma agressiva pelo PT e pelo governo federal, mas sobretudo pela maioria que montou na Câmara Distrital. Somente um movimento forte da opinião pública e a mídia conseguirão mandar para casa mais um administrador corrupto do PT. O mar de lama se espraia em Brasília. LEIA:  
 
Fortalecido, nos últimos dias, por uma blindagem organizada pelo PT, que conseguiu derrubar cinco pedidos de impeachment contra ele na Câmara Distrital do Distrito Federal, o governador Agnelo Queiroz enfrenta um novo desafio: a denúncia de que seu patrimônio aumentou 413% entre 2006 e 2010. Os dados foram extraídos de suas declarações de imposto de renda daquele período e revelados pela revista Época desta semana. Eles são parte de um processo que corre na Justiça Federal, no Rio de Janeiro.

Segundo a revista, Agnelo declarou em 2006 um total de bens de R$ 224.350. Na declaração de 2010, esse número quintuplicou, chegando a R$ 1.150.322. Entre uma e outra, o governador comprou dois apartamentos e uma casa no Lago Sul, bairro nobre de Brasília. A declaração não inclui bens de Agnelo, mas apenas rendimentos - pois, segundo ele, os bens estão registrados no nome de sua mulher, Ilza Queiroz.
Essa rápida evolução de patrimônio não combina com as informações que ele entregou à Receita Federal ao longo dos quatro anos. 

CLIQUE AQUI para ler mais.

Tarso prefere a retórica alienada do Fórum Social, mas Alckmin, Kassab e Temer invedstem na Exposição Universal de 2020

Na contra-mão do que faz o Governador gaúcho Tarso Genro, que faz o que pode e o que não pode para atrair a nova edição da Disneylandia da esquerda, o Fórum Social Mundial, o Governador Geraldo Alckmin resolveu comprar passagem para Paris.

. Em companhia do vice de Dilma, Michel Temer, e do Prefeito Gilberto Kassab, ele tentará atrair para o Brasil a sede da Exposição Universal de 2020. Eventos deste gênero, costumam atrair pesados investimentos, empregos e renda.

Maria do Rosário herdará superministério dos Direitos Humanos na reforma prevista por Dilma

Nenhum dos possíveis candidatos de primeiro time do PT quer enfrentar as urnas no ano que vem em Porto Alegre porque não apenas temem uma derrota acachapante para José Fortunatti, PDT, ou Manuela D'Ávila, PCdoB, logo no primeiro turno, mas principalmente porque estão em zonas de conforto extremo nos governos Tarso Genro e Dilma Rousseff.

. É o caso da Deputada Maria do Rosário. Rosário, que disputou o segundo turno com Fogaça nas eleições passadas, está cotadíssima para responder pelo novo Ministério que surgirá da fusão das atuais Secretarias dos Direitos Humanos, igualdade Raciaol e Mulheres.

- A reforma ministerial prevista para o início do ano não mudará apenas nomes, mas terá o sentido de enxugar a máquina pública. Neste caso, Pesca irá para Agricultura e Portos irá para Transporte.

* Estas informações são de Veja desta semana, que já está nas bancas. São do jornalista Otávio Cabral.

Para oposição, situação de Lupi é insustentável

O líder do PSDB na Câmara, Duarte Nogueira (SP), disse que entrará com uma representação na Comissão de Ética da Presidência para pedir o afastamento do ministro do Trabalho, Carlos Lupi, cuja situação chamou de “insustentável”. O presidente do PPS, Roberto Freire endossou as críticas. “O país não pode viver discutindo, a cada semana, que ministro vai cair”.

Veja: Lupi usou avião pago por dono de rede de ONGs

O Ministro do Trabalho, Carlos Lupi (PDT), usou um avião alugado por um empresário dono de ONG que tem contratos milionários com o Ministério, segundo revelou ontem a revista “Veja”. De acordo com a reportagem, Lupi fez uma viagem oficial ao Estado do Maranhão em dezembro de 2009 a bordo de um avião turbo-hélice King Air “providenciado” pelo empresário Adair Meira, de Goiânia (GO). Ele comanda uma rede de ONGs que mantém convênios com o ministério no valor de R$ 10,4 milhões.

. Segundo a “Veja”, ONGs de Meira foram alvo de investigações na CGU (Controladoria Geral da União) e já teria havido até pedido de devolução de recursos ao governo. A viagem ocorreu em 2009 para o lançamento de um programa de requalificação profissional no Maranhão. Além de Lupi e do empresário, estavam no voo, segundo a revista, o então secretário de Políticas Públicas de Emprego do ministério, Ezequiel Sousa do Nascimento, o ex-governador do Maranhão, Jackson Lago (morto em abril deste ano), e o deputado federal Weverton Rocha (PDT-MA).

. Em nota divulgada ontem, Carlos Lupi atribuiu ao PDT a responsabilidade pelo avião que usou para se descolar durante viagem ao Maranhão.

Deputado Chicão Gorski (PP) morre em acidente de trânsito

O deputado estadual Francisco Gorschi (PP) morreu às 3h10min deste domingo, em um acidente de trânsito no km 381 da BR 287, na localidade de Vila Branca, em Santiago. Ele estava acompanhado da esposa, Luciane da Silva, de 33 anos, e do filho José Francisco Gorski, de 3 anos. Luciane está no bloco cirúrgico do Hospital de Caridade de Santiago e Marcelo não sofreu ferimentos.

. Chicão, que foi prefeito duas vezes do município de Santiago, tinha sete filhos – três homens e quatro mulheres. O velório do deputado vai ocorrer no CTG Coxilha de Ronda, em Santiago. O corpo será cremado na segunda-feira.