Ibope revela que Alckmin venceria no primeiro turno em SP. Para o Senado, Serra dispara com 33%.

Governador

- Geraldo Alckmin, PSDB - 50% (eleição no primeiro turno)
- Paulo Skaf, PMDB - 20%
- Alexandre Padilha, PT - 5%

. A rejeição de Padilha, PT, subiu de 19% para 26%

Senado

- José Serra, PSDB - 33%
- Eduardo Suplicy, PT - 24%
- Gilberto Kassab, PSD - 7%

Flagrante de mais um assalto em Porto Alegre.

O assalto que você verá no link a seguir ocorreu em plena tarde na esquina das ruas Quintino Bocaiúva e Tobias da Silva, próximo ao Moinhos Shopping, Porto Alegre. O vídeo feito por um motorista, foi parar nas redes sociais.

. Ninguém reagiu, porque os bandidos de motos nunca estão sós e andam armados, mas além disto a população foi desarmada.

. A seguir, comentário feito no Facebook pelo filho da vítima, depois de ler o que postaram pessoas que viram o vídeo.

Rodrigo Lang - Esse assalto foi com a minha mãe e foi um assalto a mão armada sim, o vídeo só mostra o final do assalto, que durou cerca de 3 minutos, e, ao contrario do que muitos alegam, ela estava com o vidro fechado e não estava falando no celular, no momento. Por sinal, no momento, do video ele esta pegando a bolsa dela, ja que o celular que tinha pegado a pouco nao era o suficiente pra esse covarde que provavelmente sairá impune. E, alem de assaltar minha mãe, ameaçou atirar nela e no vigia que tentou impedi-lo.

Veja o vídeo abaixo:

Marina e Pedro Simon dão novo empuxo para a campanha de Sartori.

O candidato do PMDB ao governo do RS, José Ivo Sartori, resultou extraordinariamente beneficiado com a substituição de Eduardo Campos por Marina Silva, como também pela troca de Beto Albuquerque por Pedro Simon. Marina concede a Sartori um empuxe que Campos não lhe dava, enquanto que Pedro Simon, além de fazer o mesmo, une o dividido PMDB do RS.

. O editor não estranharia se já na próxima pesquisa o ex-prefeito de Caxias do Sul emplacar dois dígitos.

. Se é verdade que a campanha presidencial mudou de configuração, também é verdade que a campanha eleitoral do RS ganhou outra dimensão, tanto para o governo quanto para o Senado.

CLIQUE a seguir para examinar o comentário do editor, intitulado Marina e Pedro Simon dão novo empuxe para a campanha de Sartori.

Dilma, Aécio e Pastor Everaldo perderam na disputa com Marina, que se elegeria no segundo turno

A Globonews confirou há pouco os seguintes resultados da pesquisa de intenções de votos para presidente:

Dilma Roussef, PT – 34%
Marina Silva, PSB - 29%
Aécio Neves, PSDB – 19%

.  Dilma e Aécio foram garfeadaos para valer por Marina Silva, porque na pesquisa do mesmo Ibope, mas do dia 7 de agosto, a presidente contava com 38% das intenções de votos e Aécio com 23%. Na mesma pesquisa do início do mês, Aécio estava com 23%. Ele perdeu muito menos. O Pastor Everaldo, que tinha 3%, caiu para 1%.

. No segundo turno:

- Marina, 45%
- Dilma, 36%

. O salto espetacular de Marina aconteceu sobretudo em função de votos que buscou nos indecisos e nos eleitores que não iam sufragar nome algum.

. Marina partiu dos 9% de Eduardo Campos para 28%, tudo isto em menos de um mês.

. O segundo turno, hoje, estaria mais do que garantido e seria disputado entre Dilma e Marina.

. A pesquisa Datafolha da semana passada, que foi o primeiro a incluir a socialista na lista, apresentou números parecidos com os de agora do Ibope:

- Dilma, 36%
- Marina, 21%

Aécio, 20%

. Nos gráficos acima, a evolução das intenções de votos até a última pesquisa. A primeira tabela é do Ibope.

CLIQUE AQUI para ler artigo de Percival Puggina, hoje, "Dilma e Marina são braços do mesmo corpo".

Instituto Veritá dá Marina na frente em Brasília

Marina Silva, PSB - 43,8%
Dilma Roussef, PT - 26,6%
Aécio Neves, PSDB - 25,8%

Governador

José Roberto Arruda, PR - 44,5% (pode ser definitivamente cassado a qualquer momento)
Rodrigo Rollemberg, PSB - 23,2%

Agnelo Queiroz, PT - 22,9% (atual governador)

Juros para pessoa física chegaram a 43,2% ao ano. É o maior número desde 2011.

Em sua nota de Crédito e Política Monetária, o Banco Central informou hoje que a taxa média de juros do crédito para pessoas físicas atingiu em julho 43,2% ao ano, contra 43% em junho.

.  É o maior número desde o início da série histórica, em março de 2011. 

. Com juros altos, as pessoas ficam cada vez mais endividadas e sobram menos recursos para o consumo e a poupança.

. Os números se referem ao segmento livre, crédito que pode ser emprestado para qualquer destino - diferente do direcionado, que tem um fim específico, como, por exemplo, financiamento de imóveis ou agronegócio.

. Segundo o BC, para pessoa jurídica, ainda em recursos livres, a taxa subiu de 22,6% para 23,1% entre junho e julho. Ainda neste segmento (livre), levando em consideração pessoas e empresas, a média subiu de 32% para 32,3%.

Vá nos dois Bier Markt, Porto Alegre, e dispute 5 bolsas de 5 horas cada uma.
Instrução para configurações e uso de iPads,
smartphones, celulares para qualquer aplicativo, inclusive
operações bancárias e e-commerce.
www.biermarkt.com.br

Colunista de Veja informa que Ibope mostrará esta noite que Marina já fatura Dilma no segundo turno. Ibope diz que é tudo especulação.

O editor recebeu há pouco a seguinte nota do Ibope:
Em relação à nota publicada hoje às 12h58 pelo jornalista Lauro Jardim em seu blog, esclarecemos que trata-se de especulação, visto que a pesquisa do IBOPE ainda não foi finalizada.

A nota a seguir é do jornalista Lauro Jardim, Veja:

A pesquisa que o Ibope divulgará esta noite, mostrará o seguinte cenário:

- Dilma Rousseff entre 31% e 32%, 
- Marina entre 27% e 28% 
- Aécio Neves entre 18% e 20%.

. Marina roubou nacos maiores de Dilma, mas também tungou votos de Aécio, embora em menor proporção e dentro da margem de erro. 

. No segundo turno, Marina aparecerá com dois dígitos à frente de Dilma.

. A pesquisa foi feita pelo Ibope entre 23 e hoje. Foram entrevistados 2506 eleitores.

Vá nos dois Bier Markt, Porto Alegre, e dispute 5 bolsas de 5 horas cada uma.
Instrução para configurações e uso de iPads,
smartphones, celulares para qualquer aplicativo, inclusive
operações bancárias e e-commerce.
www.biermarkt.com.br

Bloomberg diz que Marina está a apenas 5 pontos de Dilma, o que caracterizaria uma das equações de empate técnico

Fonte não identificada do governo confidenciou esta tarde à agência Bloomberg que as próximas pesquisas já apontam para redução da diferença entre a presidente Dilma Rousseff (PT) e a ex-ministra Marina Silva (PSB). Marina ganhou parte dos votos de Dilma e um pouco de Aécio Neves (PSDB)

. A distância que estava em quinze pontos percentuais teria se reduzido para cinco pontos.

. A bolsa abriu em alta e chegou a ultrapassar os 60 mil pontos, mas neste momento apresenta-se em baixa.

Aumenta número de famílias endividadas e caloteiras

A parcela de brasileiros endividados cresceu em agosto, alcançando o maior patamar desde julho de 2013. Ela foi de 63% em julho para 63,6% este mês, segundo a Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor feita pela Confederação Nacional do Comércio (CNC). O número também foi maior do que no mesmo mês do ano passado, quando 63,1% da população tinha dívidas. Este foi o primeiro aumento neste indicador desde fevereiro de 2014.

. Outro índice que aumentou foi o das pessoas com dívidas ou contas atrasadas, que avançou após três meses de quedas consecutivas. Em julho, ele era de 18,9%, em agosto, 19,2%. Porém, o quadro é melhor do em agosto do ano passado. Na época, 21,8% de brasileiros tinham dívidas em atraso.

. Houve melhora também no percentual de pessoas que não têm condições de pagar suas dívidas. Em julho deste ano, elas eram 6,6% da população. Em agosto, eram 6,5% em agosto. Na comparação anual, o índice foi de 7% em 2013 para 6,5% em 2014.

Será em Porto Alegre,novembro, a feira de energiaas renováveis da América do Sul

Será de 26 a 28 de novembro em Porto Alegre a feira de energias renováveis RENEX South America. Na sua primeira edição, em 2013, o evento promoveu rodadas de negócios que projetaram uma expectativa de US$ 44 milhões em transações. A RENEX é promovida pela Hannover Fairs Sulamérica .

. Esta semana, com início marcado para hoje, começa no Rio de Janeiro a feira e conferência Brazil Windpower 2014 – maior evento de Energia Eólica da América Latina. Até o dia 28, os principais atores mundiais do setor estarão reunidos no Centro de Convenções Sulamérica.

. A Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (AGDI) estará presente no evento, realizando agendas focadas na atração de investimentos da cadeia produtiva de Energia Eólica para o Rio Grande do Sul. Esse é um dos 23 segmentos considerados estratégicos na Política Industrial do Estado. “Atualmente, a carteira de Energia Eólica na Sala do Investidor conta com 86 projetos, que somam R$ 16,5 bilhões em investimentos”, informa o diretor de Infraestrutura e Energias da AGDI, Marco Franceschi.

Ibope mostra Marina liderando no Paraná

Marina, PSB – 29%
Dilma, PT – 28%

Aécio, PSDB – 25%

Fica dramático lobby para forçar Petrobrás na ajuda ao grupo Braskem, que ameaça fechar Pólo de Triunfo

Aumentou muito nas últimas horas o lobby do grupo Braskem para forçar a Petrobrás a renovar em bases mais favoráveis o contrato de fornecimento de nafta para seus  pólos ´petroquímicos de SP, Bahia e RS. O contrato atual, que é um aditivo ao acerto encerrado em fevereiro, vencerá neste final de semana e se não for renovado, a falta do principal insumo de todos eles impedirá que prossigam suas operações.

. O contrato atual é de US$ 6 bilhões/ano.

. Ele poderá ser prorrogado novamente, para vencimento que ultrapasse as eleições.

. O que acontece é que a Petrobrás quer cobrar os preços que passou a pagar pela nafta importada que redireciona para a Braskem, mas o grupo baiano alega que a estatal somente começou a importar nafta depois que passou a usar o produto nacional para produzir gasolina, atendendo a maior demanda, decorrente em grande parte do represamento dos preços do combustível, já que o governo não admite qualquer aumento antes das eleições. No primeiro semestre, as compras externas de nafta cresceram 15,23%, somando US$ 2,5 bilhões.

. Isto significa que o contrato anual de US$ 6 bilhões poderia crescer pelo menos US$ 2 bilhões.

. No RS, a Braskem ameaça fechar o Pólo de Triunfo, o que causa temor e espanto ao governo estadual e também à Fiergs, levando ambos a apelar diretamente para a presidente Dilma Roussef. A carta ao lado é da Fiergs. Ela foi divulgada exatamente para pressionar o governo a assumir ele mesmo os prejuízos. 

. A Abiquim prefere que a Petrobrás aumente o preço da gasolina, poupando a Braskem e punindo os consumidores em geral.

. No RS, governo e Fiergs não vão tão longe na transparência, mas o fato é que alguém terá que pagar a conta enfrentada pela Petrobrás.

. No caso de paralisação do Pólo de Triunfo, as resinas produzidas ali saem para 1,3 mil companhias industriais, que empregam 30,5 mil trabalhadores.

. O imbroglio também já afeta as intenções do grupo polonês Synthos, que quer investir R$ 380 milhões no RS, mas que precisa dos insumos de Triunfo. 

Lula reluta e fura agendas seguidas de visitas ao RS

Lula viria na sexta-feira da semana passada para o comício do Gigantinho, mas falhou, o que fará novamente na visita que tinha programado para esta sexta.

. Talvez vá a Pelotas para outro evento da campanha de Tarso Genro.

. Se não falhar.

. Veja e ouça no vídeo abaixo o que Lula acha dos pelotenses.

Como avestruz, o governo esconde a cabeça para não encarar a recessão

Nesta análise bastante realista do atual cenário econômico, repórteres do site da revista Veja de hoje (www.veja.com.br), indicam que o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre deve ser divulgado na próxima sexta-feira, em meio a um cenário de pessimismo, de certa forma, inédito. Não que a economia brasileira nunca tenha passado por percalços — longe disso — mas, pela primeira vez desde a estabilização econômica, há a expectativa de recessão por razões majoritariamente domésticas. O governo, revela a análise, esconde a cabeça como avestruz, o que é pior. 

. A seguir, trechos selecionados pelo editor (ao final, link completo da reportagem):

O governo vem atribuindo o cenário ruim ao mercado externo e tem desferido críticas públicas aos analistas que dizem o contrário, conforme mostra o episódio lamentável com o banco Santander. Tal incapacidade em reconhecer a má condução da economia apenas acentua a descrença de investidores e empresários no Brasil. Eles pararam suas máquinas e congelaram decisões de investimento no aguardo por dias melhores. Resultado da pouca confiança do setor privado no país é que a projeção para a taxa de investimento da economia em 2014, medida pela Formação Bruta de Capital Fixo, mostra queda de 2,4% na comparação com o ano anterior.

Os números (veja gráfico), contudo, mostram o contrário do que a presidente quer acreditar. O país já está, sim, em recessão técnica, segundo o monitor do PIB do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV). O levantamento, divulgado na segunda-feira, acompanha os mesmos indicadores econômicos que o IBGE e aponta que a riqueza gerada no país recuou 0,45% no segundo trimestre deste ano, após ter diminuído 0,12% nos primeiros três meses de 2014. Outros indicadores mostram diagnóstico similar. O Índice de Atividade Econômica do BC (IBC-Br), considerado uma prévia do PIB, recuou 1,2% no segundo trimestre.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

No debate desta noite da Band, Dilma e Aécio baterão em Marina

O primeiro debate entre os candidatos a presidente será promovido pela Rede Bandeirantes e começa às 22 horas.

. Dilma e Aécio prometem bater em Marina Silva, que segundo vazamentos de pesquisa que o Ibope poderá apresentar hoje, já ameaçaria Dilma, ultrapassando Aécio.

. No dia 1o de setembro haverá novo debate, dessa vez no SBT.

Steinbruch pede imediato combate à recessão

Neste artigo para a Folha de hoje, Benjamin Steinbruch, dono da CSN, diz que a recessão precisa combate imediato, antes mesmo das eleições. Ele sugere redução da taxa básica de juros, desvalorização do real, mais crédito, renovação da frota de carros e corte no Custo Brasil. Leia trechos selecionados pelo editor (no link, o texto original):

Vejamos o que está ocorrendo na indústria de São Paulo. Dados da Fiesp mostram que foram demitidos no Estado 15,5 mil empregados no setor no mês de julho. Em 2012 e 2013, os dados acumulados indicam o fechamento de 88 mil vagas de trabalho. Considerada a estimativa de 100 mil perdas para 2014, teremos um volume impressionante de 188 mil empregos perdidos em três anos. Em termos de oferta de trabalho, é como se duas empresas do tamanho da Petrobras tivessem fechado as portas.
Apesar desses resultados desastrosos da indústria paulista, o Brasil continua com nível confortável de empregos. Até nos surpreendemos com notícias da chegada de milhares de imigrantes, que são absorvidos sem maiores traumas pelo mercado de trabalho nacional. Considerados todos os setores, até julho foram criados 632 mil postos neste ano em todo o país. Mas o número de julho (12 mil vagas) foi o mais baixo para esse mês nos últimos 15 anos.
A tendência, portanto, é de piora na oferta de empregos, mas ainda há tempo para corrigi-la antes que o país como um todo comece a perder postos de trabalho. Várias ações emergenciais podem ser tomadas independentemente de eleições. A primeira seria a redução imediata dos juros, que permanecem em 11% ao ano e representam forte desestímulo aos investimentos produtivos.
Se é possível deixar os recursos aplicados com segurança em títulos públicos que rendem 11% ao ano, por que uma pessoa, em sã consciência, faria um investimento produtivo que nem de longe consegue um retorno dessa magnitude?
Outra seria a desvalorização do real, como consequência da primeira, beneficiando a exportação e dificultando importações.
Medidas para estimular o crédito também não precisam esperar as eleições --na semana passada, algumas já anunciadas pelo Banco Central e Ministério da Fazenda foram muito bem-vindas.

 (...)

Que venham as eleições, que elas representem uma festa para a democracia e que o eleitor decida livremente seu voto. Mas não é necessário esperar o resultado das urnas para combater as doenças da economia, sendo a principal delas, sem nenhuma dúvida, a recessão (Benjamin Steinbruch, empresário, é diretor-presidente da Companhia Siderúrgica Nacional, presidente do conselho de administração da empresa e presidente em exercício da Fiesp; Folha de S.Paulo, 26/8/14)

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Ao meio dia, almoço expresso a R$ 27,50.
Também à la carte.
Jantar.
Local único em Porto Alegre: nos túneis repaginados da antiga Brahma, shopping Total. www.famigliafacin.com.br

Marina busca aproximação em jantar com ruralistas, sexta, SP

Marina Silva jantará com ruralistas nesta quinta-feira, São Paulo, tentando quebrar resistências do setor. O evento é costurado por seu vice, o deputado gaúcho Beto Albuquerque. O candidato a vice de José Ivo Sartori, José Cairolli, que é ruralista, foi convidado e irá,.

. Beto Albuquerque negou futricas que o apresentavam como ruralista oculto:

- Já ouvi que sou ruralista, mas só se for um ruralista sem terras ou cabeças de gado. O que tenho, como gaúcho, é diálogo com o setor, essencial para o desenvolvimento da economia brasileira.

. Marina já teria data agendada até mesmo pra visitar a Expointer, RS.Será no dia 4. No dia 5, poderão visitar a feira os presidenciáveis Dilma e Aécio.

Ao meio dia, almoço expresso a R$ 27,50.
Também à la carte.
Jantar.
Local único em Porto Alegre: nos túneis repaginados da antiga Brahma, shopping Total. www.famigliafacin.com.br

SouthTec alinhava aliança com China Telecom

Depois de ter vendido para o UOL o seu braço de Internet, a empresa gaúcha SouthTec passou a demonstrar um apetite voraz, inesperado e muito agressivo  pela área de telecom, com ênfase para transmissão de dados, investindo pesadamente. Nesta segunda-feira, a empresa avançou negociações com a China Telecom, que é a operadora de telecomunicações do governo chinês. Ela tem interesse em utilizar redes brasileiras para ampliar o contato entre companhias instaladas no Brasil com o país asiático.

A China Telecom tem um cabo de fibra ótico submarino que chega até a América do Sul, mas não possui cabos terrestres. Então, quer utilizar a estrutura da SouthTec para chegar até estas empresas.


O foco inicial é atender empresas brasileiras que possuem fábricas na China e operações chinesas desenvolvidas no Brasil.

Entrevista, Tarsso Bueno - Saiba como comprar seu imóvel novo em Miami

ENTREVISTA
Tarsso Bueno, diretor de Bueno Imóveis

Há 40 anos a Bueno trabalha no mercado de imóveis do RS, mas agora o senhor está diversificando ?
Na mesma área, com mais consultoria para venda de imóveis. Foi o que nos levou a trabalhar também com imóveis em Punta del Este e nos Estados Unidos.

Como foi sua entrada no mercado dos Estados Unidos ?
Há três anos, acionado por um cliente, busquei e vendi para ele um apartamento em Miami. Vi que era um mercado promissor para clientes brasileiros interessados em adquirir imóveis nos EUA. Foi a partir daí que firmamos parceria com o Parque Towers, um 6 estrelas localizado em Sunny Isles, ao lado de Miami, Flórida.

O senhor faz um esforço publicitário enorme para vender o Parque Towers.
De fato. É um bom negócio para os gaúchos. Nós só vendemos o Parque Towers no RS. São apartamentos que começam com 173 m2, três dormitórios, tudo semi-mobiliado. Os valores iniciam em US$ 780 mil.

Tem saído negócio ?
Sim. Muita gente pensa que é dificílimo comprar imóveis em Miami, nos Estados Unidos, mas é o contrário. O Brasil possui acordo com os EUA e o dinheiro sai daqui sem problema e sem imposto em cima, a não ser o da transferência, 0,38%. Nos EUA, o pagamento fica bloqueado, rendendo, enquanto a construtora não entrega as chaves. Há toda garantia.

Algum conselho ?
Sugiro que o adquirente crie uma pessoa jurídica nos EUA para escriturar em nome dela o imóvel, porque em caso de espólio, por exemplo, os herdeiros pagarão até 58% do valor do imóvel para fazer a transferência. No caso de PJ, os encargos nem existem.

E-mail: tarssobueno@terra.com.br

Claudio Diaz acha que coligação PP-PSDB-SDD fará dez deputados federais

O ex-deputado Claudio Diaz disse ontem a noite ao editor que mantida a posição atual da candidata Ana Amélia, a coligação PP-PSDB-Solidariedade poderá eleger até 10 deputados federais, contra os sete atualmente existentes. As contas do ex-deputado de Rio Grande:

Sete do PP
Dois do PSDB
Um do Solidariedade

. A bancada gaúcha conta com 33 deputados federais.

. Claudio Diaz fez 78 mil votos na eleição passada, é primeiro suplente da coligação e disputa nova eleição pelo PP. Sua estimativa é de que sairá das urnas com 90 mil votos, o suficiente para se eleger. 

- As contas de Claudio Diaz poderão resultar alteradas, caso se confirme a impugnação de Claudio Janta, SDD, que já perdeu em primeiro e segundo graus.