Análise desta página sobre falhas no atendimento dos atingidos pela tragédia de Santa Maria alcança repercussão nacional

O material a seguir é do jornalista Ricardo Setti, que replica para leitura nacional dos leitores de Veja (www.veja.com.br) o corrosivo artigo do médico intensivista Milton Pires. Há mais sobre o autor na nota do editor. Só à medida que os dias vão passando é que abundam os erros crassos, a desídia, os verdadeiros atos de improbidade administrativa, a lassidão, a ignorância, a lentidão fatal com que atuaram e atuam as autoridades estaduais e federais ligadas às áreas de segurança pública e de saúde pública. Não é admissível que cheguem até as vítimas internadas, apenas uma semana depois da tragédia, recursos como medicamentos conhecidos, não existentes no Brasil, como é o caso dos que acabam de chegar dos EUA, como também são inqualificáveis os maus procedimentos dos bombeiros antes e durante a tragédia, passando a demonstração de que falharam no cumprimento da legislação relativa a liberação de licenças e falharam no combate ao incêndio, deixando as funções mais arriscadas para os civis, tudo por falta de conhecimento, treinamento, equipamentos e pessoal - falha de um governo que pratica desbragado empreguismo, endivida-se irresponsavelmente e saca adoidamente do caixa únicom mas não tem dinheiro para a segurança pública, o que inclui o Corpo de Bombeiros. As falhas gritantes do governo Tarso Genro não serão reverberadas pelo inquérito policial, é óbvio, mas elas precisam ser levantadas pelo Ministério Público Estadual, que irá a Juízo,  e pelos deputados da Assembléia do RS, que farão o julgamento político, a menos que renunciem a suas prerrogativas constitucionais.

Veja o que escreveu Setti no site www.veja.com.br de hoje:Tragédia de Santa Maria: as grandes mentiras oficiais sobre o tratamento dos sobrevivente


Sepultamento do jovem Gustavo Marques Gonçalves, que teve 70% do corpo queimado no incêndio de Santa Maria e não resistiu (Foto: Wilson Dias / Agência Brasil)
O blog do jornalista gaúcho Polibio Braga publica hoje esse duro artigo do médico intensivista (especialista em trabalho em UTI) Milton Pires, de Porto Alegre.
. . . . . . . . . . . . . . . . .
Em 1967 a Guerra do Vietnã envolvia um contingente cada vez maior de soldados americanos. A necessidade de atendimento aos feridos graves, entre eles as vítimas de queimadura e intoxicação, demandavam recursos materiais e humanos cada vez mais complexos.
Os Estados Unidos construíram, na cidade litorânea de Da Nang, um hospital militar com o objetivo de atender suas tropas.
CLIQUE AQUI para ler tudo.

Antídoto americano não garante eficácia no caso de Santa Maria


Apesar do esforço para trazer ao Brasil a hidroxicobalamina – antídoto injetável usado para desintoxicação de pacientes que inalaram cianeto – não há garantia da eficácia do medicamento no tratamento das vítimas do incêndio na boate Kiss, em Santa Maria. É o que informa o chefe da UTI de adultos do Hospital Universitário de Santa Maria, Silvio Ribeiro. De acordo com ele, a hidroxicobalamina é mais eficaz se utilizada nas seis primeiras horas após a intoxicação pelo As vítimas da tragédia estão internadas há quase uma semana. 

O médico informou, ainda, que os traços do veneno no sangue dos pacientes internados estão progressivamente baixando. “Considera-se letal uma concentração acima de 500 miligramas de cianeto por mililitros de sangue, mas provavelmente não há mais pacientes com esse registro”, afirmou Ribeiro.

Na tarde deste sábado, o avião da Força Aérea Brasileira chegou a Santa Maria com os antídotos doados pelo governo dos Estados Unidos. Ao todo, 64 frascos foram trazidos à cidade: 15 ficaram no Hospital de Caridade e cinco no Hospital Universitário - o restante ficará armazenado. Parte do lote trazido nos EUA ficou em Porto Alegre, onde seguem internadas 61 pessoas.Segundo apuração do site de VEJA, pelo menos 19 pacientes internados em Santa Maria tiveram registro do veneno em seu sangue. O ministério não confirma o total de pacientes intoxicados com o cianeto.

- Na manhã deste sábado, caiu para 109 o número de pacientes internados vítimas do incêndio. A redução se deve às altas registradas nos hospitais de Santa Maria. Também diminuiu o número de pacientes que respiram com ajuda de aparelhos. A missa de sétimo dia que ocorreria hoje na Catedral Diocesana foi transferida para a Basílica Nossa Senhora Medianeira de Todas as Graças, às 21h30.

* Clipping Veja 

Artigo, João José Forniu - Saiba quem são os verdadeiros culpados pela tragédia de Santa Maria

“Culpados não são só os integrantes da banda, nem apenas os empresários gananciosos. São o Corpo de Bombeiros de Santa Maria, a prefeitura e o governo do estado. E a imprensa, o Ministério Público, o Judiciário? Ninguém frequentou essa boate durante três anos?”


João José Forni *

Passados os primeiros dias de comoção pela tragédia de Santa Maria, é hora de uma reflexão mais racional do episódio e seus desdobramentos. Muita gente tem opinado desde domingo de madrugada.  Alguma análises são de especialistas em risco, explosivos e segurança. Cada entrevista reforça a cadeia de erros e omissões que levaram a essa tragédia.

Peritos mostram a inadequação do material utilizado no teto para isolamento acústico,  bem como a imprudência de integrantes da banda em brincar com fogo, num ambiente com material inflamável, de fácil combustão, lotado e fechado. Outros aproveitam para tirar um dividendo político, como sempre acontece nas tragédias. Prometem agora “rigorosa” fiscalização nas casas de espetáculos. Chegaram atrasados. Governadores e prefeitos correm para mostrar serviço, após as portas arrombadas. Por que não faziam antes?

Talvez porque suas excelências e demais políticos tenham acordado do pesadelo com as consciências pesadas. Mas, relaxem. Essa pseudopreocupação com a segurança não dura mais de 30 dias. Até chegar outra crise.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Artigo Dora Kramer - Bicho criado em casa (ou como o PT amancebou-se com os antigos picaretas)


Foto












* O Estado de S.Paulo

O PT faz acordo para levar um denunciado e um investigado pelo Ministério Público às presidências do Senado e da Câmara, financia partidos para atraí-los à base governista, correligionários de altas patentes são condenados à prisão e, segundo o presidente do partido, a "oposição apartidária" é que desmoraliza a política. Que tal?  Isso para falar do presente, sem contar o passado de uma vida dedicada a desancar Deus,  o mundo e seu Raimundo. Os correligionários de hoje eram os "picaretas", "ladrões" e "bandidos" de ontem, contra os quais o PT prometia combate ferrenho quando, e se, chegasse ao poder.

Pois há dez anos chegou e é o que se vê: não bastasse se aliar, festeja os piores tipos, elevando o que antigamente formava o baixo clero à condição de cardinalato do Congresso.

E com a tranquilidade dos puros, mas a sagacidade dos astutos, Rui Falcão, o presidente do PT, acusa Ministério Público e meios de comunicação independentes de tramarem contra a atividade política. Oferece lições que dariam ensejo a preocupações quanto à sanidade do professor, não flertassem firmemente com o ridículo.

CLIQUE AQUI para ler mais.


Ministério Público recomenda registro da candidatura de Kopschina em Novo Hamburgo

Acaba de ser publicada informação do sistema 'push' da Justiça Eleitoral, dando conta de que o Ministério Público Eleitoral exarou parecer pelo registro da candidatura de Paulo Kopschina a prefeito de Novo Hamburgo. Kolpschina, PMDB, é candidato de ampla coligação liderada pelo PMDB. Ele é da oposição. Seu adversário é o ex-prefeito Tarcisio Zimmermann. Este, ao contrário do peemedebista, teve parecer do MP contrário ao registro.

01/02/2013 15:40:53 -Documento Retornado  autos retornados do MPE com parecer pelo deferimento do registro de candidatura - 076ZRS - 076 ZE - NOVO HAMBURGO/RS

Para maiores informações CLIQUE AQUI.

O parecer põe por terra as tentativas de impugnação do oposicionista, que terá seu registro como candidato deferido pelo Juízo Eleitoral. 

Falta alguém no inquérito sobre a tragédia da Kiss

Passa batido por todos a responsabilização dos produtores da festa na Kiss, já que a festa não foi iniciativa da casa, que apenas cedeu instalações, utilidades, pessoal e serviços. No caso, trata-se da produtora Green Live. Na internet, foram apagados páginas do Orkut, Facebook e twitter.

Artigo, Marli Gonçalves - Semana de tapa na cara dos brasileiros decentes

* Tapa na cara
Por Marli Gonçalves

Corrupção, pouco caso, impunidade, leis não cumpridas, falta de ordem, de fiscalização, distribuição de propinas, cegueira generalizada, bandidos elegendo bandidos, fortes esmagando vozes, volta triunfante dos enxotados. Aqueles corpos estendidos no chão, queimados sem vela, envenenados em meio à alegria, e a simples menção da cena das centenas de celulares tocando em seus bolsos, procurados que eram naquela madrugada por quem pressentia que não mais os veria ou ouviria, não são coisa para se esquecer. E , assim como os sobreviventes e os feridos que ainda conseguirem escapar, lembrarão da terrível noite de Santa Maria para sempre, o resto de seus dias - inclusive porque certamente ainda sofrerão suas consequências - nós também não devíamos esquecer.

Mas esquecemos sempre, e sempre, como se nunca aprendêssemos nem com os nossos erros nem com os erros dos outros. Chega o Carnaval no país do próprio. Salões inseguros novamente estarão cheios de palhaços e colombinas com dedinhos para cima jogando álcool para dentro de si próprios, insanos, dormentes, banalizados e totalmente bananizados.

A serpentina, o confete, a música das bandas e trios elétricos, as piadas sem graça das musiquinhas axé-quentes-sensualizantes já transborda no país que esquece.

CLIQUE AQUI para ler tudo.