Tarso ataca juiz Moro, PF e MPF para defender os empreiteiros venais do Petrolão

O ex-ministro da Justiça e portanto antigo chefão da Polícia Federal, onde deu abrigo ao assassino Cesare Battisti, deportou os boxeadores cubanos e prendeu como nunca personalidades políticas adversárias,Tarso Genro deixou de se divertir no Carnaval para fazer candente defesa dos empreiteiros presos em Curitiba, além de criticar o juiz Sérgio Moro, o MPF e a PF.  Eles continuam detidos por "causas processuais ou investigativas", escreveu o líder do PT no seu Twitter. Em uma série de repugnantes postagens em sua conta pessoal na rede social, ele avalia que as prisões continuem por "razões políticas". "Continuam presos por razões políticas. Continuam presos para servirem de bloqueios para o aprofundamento das investigações, limitando-as", postou.
Tarso Genro, que já foi ministro durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, disse, ainda, que os detidos "continuam presos por uma função política do Poder Judiciário e para direcionar os processos judiciais. Já é hora de alguém dizer isso", escreveu.
Ninguém tinha se atrevido a ignorar as confissões, as delações premiadas e as provas acumuladas que revelam que o Partido de Tarso novamente moveu a engrenagem da organização criminosa que montou para envergonhar o País e assaltar os cofres públicos. 

Como costumam fazer os piores dos cínicos e hipócritas personagens de operetas bufas, o líder gaúcho do PT diz que apesar das críticas, não cogita "se as prisões são justas ou não, estou dizendo que são adotados novos critérios políticos neste caso". "O que deve nos preocupar é se estes novos critérios tem objetivos e definidos e quais são eles, quando límpidos tucanos falam em impedimento", completou.Advogado aparentemente aposentado, Tarso ignora propositadamente o princípio da individualidade das penas, tentando justificar a torpeza do seu Partido e dos seus líderes, ao invocar a hipotética torpeza dos adversários. 
Melhor faria Tarso Genro se fosse descansar com sua companheira Dilma Roussef em Aratu ou resolvesse pular com o Bloco dos Sujos, Hipócritas e Mentirosos Ladrões do Mensalão e do Petrolão. 

Fogaça lê e recomenda "A nova era digital"

O ex-prefeito José Fogaça, atual deputado Federal pelo PMDB do RS, lê na praia  "A Nova Era Digital", Eric Schmidt, Jared Cohen, que recomenda para os leitores, conforme conversa que o editoer teve com ele nesta manhã de domingo. O presidente executivo da Google e o diretor da Google Ideas revelam os avanços tecnológicos da idade digital e o seu impacto na sociedade, estilo de vida, relações humanas e no terrorismo. Neste livro fascinante, Eric Schmidt e Jared Cohen baseiam-se nas suas experiências para nos anunciar um futuro de rendimentos mais altos, maior participação e um genuíno sentido de comunidade - se tomarmos hoje as decisões corretas.

Preço de referência (Cultura e Fnac, Porto Alegre) - R$ 34,90.
No Submarino, há promoção a R$ 17,01.

Polícia mata terrorista que promoveu dois atentados na Dinamarca

A polícia dinamarquesa matou neste domingo o suspeito de ser o atirador responsável por duas mortes em ataques terroristas em Copenhague. Segundo as autoridades, o homem abriu fogo ao ser abordado e a polícia reagiu. O tiroteio ocorreu na estação de Norrebro, perto dos locais dos atentados que deixaram dois mortos e cinco feridos na capital dinamarquesa – e colocaram todo o país em alerta. A polícia não acredita que outro atirador esteja envolvido nos ataques. A identidade do suspeito ainda não foi divulgada.  
"Nossa hipótese é que se trata do autor dos dois atentados em Copenhague", disse em entrevista coletiva o inspetor Joergen Skov. Segundo ele, mesmo com a morte do suspeito, a grande presença de policiais no centro da capital será mantida.
Em comunicado, a polícia de Copenhague informou que investigadores cercaram um endereço no distrito de Norrebro, que poderia ter relação com os ataques. Segundo a BBC, os tiros ocorreram quando o suspeito retornou para a casa, viu os policiais e começou a disparar. Um distrito ocupado principalmente por imigrantes, Norrebro fica a cerca de 5 quilômetros da sinagoga onde foi registrado o segundo ataque.

Preço médio do m2 de apartamentos novos em Porto Alegre é de R$ 7.105,00. Zona Sul concentra as unidades mais baratas.

A mais recente pesquisa trimestral feita pela Brain indica que em 2014 foram lançadas 4.300 unidades verticais novas em Porto Alegre, o que representa valor geral de vendas de R$ 1,6 bilhão. O preço médio do m2 de área privativa pode ser calculado em R$ 7.105,00
As diferenças de preços é muito grande entre regiões da mesma cidade:
Zona Sul, R$ 2.884,00
Moinhos de Vento, R$ 9.596,00
Petrópolis, R$ 8.778,00.
Zona Norte, R$ 5.052,00
Os preços do m2 dos estoques atuais, apartamentos de dois dormitórios representam 50% dos imóveis disponibilizados em Porto Alegre, com preço médio de R$ 449.297,00
Já os de três dormitórios, 43% do bolo, são vendidos pelo preço médio de  R$ 830.336,00.

Dilma retempera energia nas águas calmas de Inema

Do Facebook do deputado do PSSDB da Bahia, Antonio Imbassahy, neste donmingo de manhã:


TOMANDO SOL NAS ÁGUAS CALMAS DE INEMA- Com a popularidade em queda livre, a presidente Dilma vai recorrer à velha tática da enganação: usar rede de rádio e TV, após o Carnaval, para mais uma vez tentar engambelar a população quanto às infindáveis denúncias de corrupção, que emporcalham o governo e medidas que está adotando devido o fracasso da administração economia do país, que Lula recebeu estabilizada e organizada. Nova dose de propaganda enganosa, preparada pelo marqueteiro oficial, espécie de Ministro da Propaganda. Certamente passará ao largo de temas concretos como o aumento dos combustíveis, da energia elétrica, dos juros, dos impostos, corte de direitos trabalhistas, entre outros males que vem provocando aos brasileiros. Antes disso, porém, toma sol e relaxa nas águas calmas de Inema, aqui na Bahia.

Outro atentado, desta vez neste domingo, na Dinamarca

Tiros foram disparados contra uma sinagoga em Copenhagen, segundo informou a polícia dinamarquesa na noite deste sábado, sem dar mais detalhes.
Segundo a polícia, uma pessoa foi baleada na cabeça e dois policiais ficaram feridos por tiros antes de o atirador fugiu a pé.

No entanto, a polícia disse que era muito cedo para vincular o tiroteio na sinagoga com o tiroteio de sábado que deixou um civil morto e três policiais feridos.

Atentado em debate sobre blasfêmia deixa um morto na Dinamarca

A Europa sofreu neste sábado um novo ataque terrorista contra a liberdade de expressão, um dos valores fundamentais do continente. Uma pessoa morreu e ao menos outras três ficaram feridas gravemente em Copenhague quando um indivíduo disparou contra as dezenas de participantes de um debate sobre a liberdade de expressão e a blasfêmia, que incluía uma homenagem à revista satírica francesa Charlie Hebdo. O desenhista sueco Lars Vilks, autor de caricaturas de Maomé, e o embaixador da França na Dinamarca, François Zimeray, que participavam no ato, saíram ilesos.


O debate acontecia no meio da tarde em um centro cultural da capital dinamarquesa, quando o terrorista disparou várias rajadas através das janelas e da porta do local. O embaixador Zimeray contou o ocorrido a um alto cargo do Ministério do Exterior francês, que contou a versão a este jornal: “Eu estava ali para fazer uma síntese, um resumo, do debate. Tudo transcorria com normalidade e, de repente, começaram a disparar. Acho que com fuzis. As pessoas começaram a se atirar no chão. Eu me meti embaixo da mesa. Calculo que dispararam meia centena de tiros. Algumas das pessoas ficaram feridas gravemente. Em seguida, fui a um cômodo no interior e enviei um tuíte para avisar que estava bem”.

* Esta reportagem é do jornal espanhol El País, edição deste domingo, dia 15.

Advogado Maurício Dal Agnol foi solto nesta madrugada de domingo em Passo Fundo

Foi solto na madrugada deste domingo o advogado Maurício Dal Agnol. Ele estava preso em Passo Fundo desde 22 de setembro, acusado de enganar 30 mil clientes e se apropriar de R$ 100 milhões. 
A defesa dele conseguiu o habeas corpus, assinado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello Em fevereiro de 2014, um inquérito com o resultado da investigação levou Dal Agnol a se tornar um dos mais poderosos foragidos da Justiça brasileira. Ele se apresentou às autoridades em junho.

. Réu em uma ação que o acusa de ter traído a confiança dos clientes, ele teria ficado com a maior parte de R$ 300 milhões obtidos de causas contra a empresa de telefonia Brasil Telecom (BrT), em nome de antigos acionistas da Companhia Riograndense de Telecomunicações (CRT).

Gaspari diz que as condições para novo ronco das ruas já estão dadas

Segundo o colunista Elio Gaspari, “se em 2013 havia mais emoção que sentimento, agora o que há é sentimento. Se houver emoção, será a do travo de quem foi iludido na campanha eleitoral, percebendo que Dilma Rousseff tem uma relação agreste com a verdade”. O jornalista publica sua coluna em vários jornais brasileiros, inclusive Folha de S. Paulo e Correio do Povo, este de Porto Alegre. A constatação de Elio Gaspari é o que explica a imensa movimentação que ocorre nas redes sociais, com convocatórias cada vez mais fortes para a realização de manifestações de rua no dia 15 de março, 15 horas. Em Porto Alegre, a concentração está agendada para o Parque Moinhos de Vento. 
CLIQUE AQUI para acompanhar toda a análise de Elio Gaspari. 

Artigo, Aloyzio Achutti - Cleptomania

Está tão na moda a apropriação indébita do que não é seu, que a gente se pergunta: será somente uma falha moral numa espécie que naturalmente respeita o que não lhe pertence, ou seria uma característica instintiva que a civilização teima em controlar? Se consequência de comportamento mórbido compulsivo, receberia um nome mais sofisticado – cleptomania – mas, pela frequência, estaríamos frente a uma epidemia...

Há quem queira justificar o comportamento como uma estratégia virtuosa de redistribuir a riqueza, atingir mais rapidamente nobres objetivos, ou facilitar o acesso ao poder para corrigir as desigualdades.Elucubrações à parte, o que nos deixa inseguros e incomoda é roubalheira, ladroagem, furto, subtração, assalto, apropriação indébita, saque, rapto, propina, desvio, fraude, ocultação, abafa, mentira, corrupção, formação de cartel, consultorias de mentirinha, concussão, ou peculato – seja por que motivo for.


Como, para guri, roubar era mais feio do que mentir, meu pai, para evitar esses pecadilhos muito comuns, dizia: “Quem mente rouba”. Os dois vêm juntos ou se confundem. Quem mente está roubando a verdade do outro, e para não ser pego é preciso ocultar e mentir enquanto der, ou enquanto não for mais compensador recorrer à delação premiada. Como coisa que possa merecer recompensa: o delator traiu a sociedade que roubou e depois trai seus comparsas. Nossa salvação está na briga de bandidos.

CLIQUE AQUI para ler todo o artigo. O material foi publicado originalmente no jornal Zero Hora, 12 de dezembro, mas é replicado aqui pela sua atualidade diante dos incidentes desta semana do Petrolão.