Bolsonaro melhora lentamente, gradualmente e em segurança, mas ainda não é caso de alta

Para ler melhor, clique em cima da imagem.

Neste final de tarde, os médicos que atendem Jair Bolsonaro informaram que o presidente "mantém boa evolução clínica, está estável, sem dor abdominal e com quadro pulmonar em resolução".

O Boletim deixa bem claro, embora não explicite isto, que não haverá alta alguma amanhã e nem depois de amanhã, como vinha vazando o Planalto, porque em certo momento do Boletim Médico fica claro que as visitas continuam muito restritas, o que de modo algum aconteceria no caso de iminente alta. 

Além disto, a questão da pneumonia não está resolvida, mas "em resolução", o que significa que exige cuidados médicos severos.

Ao que tudo indica, Bolsonaro passará mais um final de semana no hospital.

A melhoria do estado de saúde do presidente é evidente, porém ela é lenta e gradual, embora segura.

Muque não tem idade

Este artigo é de Camila Kosachenco, Folhapress. 

Leia tudo

Estamos vivendo mais. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) comprovam que, desde 1940 até 2016, a expectativa de vida dos brasileiros ao nascer cresceu mais de três décadas e, hoje, chega a 75,8 anos. No Rio Grande do Sul, essa estimativa sobe para 77,8. Por conta desse acréscimo, ficamos mais expostos a situações inerentes á velhice. Uma delas, que tem chamado a atenção de especialistas no mundo todo, é a sarcopenia, ou a redução dos músculos, o que compromete a mobilidade e as atividades diárias na terceira idade.

Atualmente, essa condição debilitante afeta mais de 50 milhões de pessoas e pode superar os 200 milhões à medida que o tempo passa – e a expectativa de vida cresce.

Característica....

CLIQUE AQUI para ler mais.

Petrobrás não patrocinará mais qualquer tipo de filme ou peça de teatro

A Petrobrás já tomou a decisão e anunciará a qualquer momento o fim de patrocínios para filmes e teatro.

Contratos já em vigor, serão cumpridos.

Saiba com quem ficaram as Comissões Permanentes do Senado

Após reunião de líderes, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), anunciou nesta terça-feira a distribuição da presidência das comissões temáticas da Casa.

CCJ e Comissão Mista de Orçamento - MDB.
Comissão de Assuntos Econômicos e Comissão dde Relações Exteriores - PSD
Comissão de Desenvolvimento Regional e Comissão de Fiscalização e Controle - PSDB.
Comissão de Direitos Humanos - PT
comissão de Meio Ambiente - Rede
Comissão de Agricultura - PSL
Comissão de Infraestrutura - DEM.
comissão de Assuntos Sociais - Podemos.
comissão de Ciência e tecnologia - PP
Comissão Senado do Futuro - PRB e PSC 

Acidente que matou Ricardo Boechat põe em xeque a existência da Anac.

O site Brazil Journal, de quem é a nota, diz que o helicóptero voava há 44 anos e não era autorizado a transportar pessoas.
  
Acidente que matou o jornalista Ricardo Boechat coloca incompetência da Anac em evidência e sua existência em xeque. (Foto: Everaldo Silva/Folhapress)

A cada acidente aéreo no País, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) apenas lava as mãos por meio de comunicados, sempre muito frios, que pouco esclarecem, mas servem para colocar em xeque sua existência. Após o acidente que matou o jornalista Ricardo Boechat, a Anac informou que o helicóptero estava “regular”, com papéis em dia, como se isso significasse alguma coisa. A Anac já não faz sentido, tanto quanto a extinção do velho Departamento de Aviação Civil (DAC). 

CLIQUE AQUI para ler mais.

Oscilam severamente serviços da Claro, TIM e Vivo

Clientes da Claro, TIm e Vivo  enfrentam oscilações perturbadoras dos serviços, desde o meio da manhã.

Os maiores problemas são enfrentados pela Claro, com ênfase para Porto Alegre, Osório, Rio, SP, Brasília, campinas, Belo Horizonte, Guarulhos, Curitiba e Mococa.

São problemas severos no Sul, Sudeste e Centro-Oeste do País.

As teles não informaram nada sobre o caso, mas clientes da troika informam que os serviços começaram a ser restabelecidos no início da tarde.

Prefeito Rudinei Härter, São Lourenço do Sul, vence ação contra ex-prefeito Daniel Raupp

Raupp foi condenado em primeira estância a pagar R$2.000,00 pelas custas judiciais e honorários advocatícios, que não serão pagos pois o mesmo é beneficiário de gratuidade judiciária – benefício concedido a pessoas com insuficiência financeira.

A 1ª vara judicial da Comarca de São Lourenço do Sul julgou improcedente Ação de Indenização por Danos Morais movida pelo ex-prefeito de São Lourenço do Sul, Daniel Raupp contra o atual prefeito, Rudinei Härter. Raupp alegou ser ter tido sua imagem abalada por declarações dadas por Härter em programa de rádio nas quais o atual prefeito esclareceu os motivos pela sustação de 18 cheques, que somavam o valor de R$1.200,000,00 (um milhão e duzentos mil reais), emitidos ainda pelo seu antecessor cujo saldo das contas era zero. Os cheques foram emitidos nos dias 30 e 31 dezembro de 2016, sexta e sábado, respectivamente. As alegações, que tiveram repercussão estadual, foram julgadas improcedentes de condenação, tendo Härter tendo apenas passado “informação verídica quanto à necessidade de sustação dos cheques emitidos na gestão anterior”, segundo consta na condenação.

O ex-prefeito, Daniel Raupp, foi condenado primeira estância a pagar R$2.000,00 (dois mil reais) pelas custas judiciais e honorários advocatícios, que não serão pagos pois o mesmo é beneficiário de gratuidade judiciária – benefício concedido a pessoas com insuficiência financeira

Saraiva propõe troca de dívidas por ações

A direção da Livraria Saraiva propôs que seus credores de R$ 675 milhões transformem os valores em ações da empresa.

A Saraiva está em recuperação judicial.

Suas casas enfrentam problemas terríveis de abastecimento.

O caso da livraria do Iguatemi, Porto Alegre, é emblemático. Ali, prateleiras vazias são preenchidas com livros encalhados de Nelson Sirotsky, "O oitavo dia".

Artigo, Marcelo Aiquel - E viva a democracia

Pois, não é que o “ditador, homofóbico, racista, e fascista” (só lembrando alguns adjetivos que a turma da dupla Haddad/Manoela se referia ao JMB #17) ganhou a eleição presidencial de 2018, derrotando – no voto (viva a democracia!) – o ser mais honesto do universo?
         
Pois, não é que o “inexperiente” Jair Bolsonaro elegeu – no voto (e, de novo, viva a democracia!) – o presidente da Câmara dos deputados?     

(....)
         
Pois é. A despeito da campanha orquestrada pelas “viúvas” do lulopetismo e por uma grande parte da mídia oportunista e intere$$eira, o fascista militar que assumiu a cargo máximo de comando do país não usou a força para nada (ao contrário da ideologia fascista, calcada no poder através da opressão).
        
CLIQUE AQUI para ler mais.

Banrisul lucrou R$ 1,1 bilhão em 2018

O lucro líquido do Banrisul em 2018 foi de R$ 1,096 bilhão, com crescimento de 20,3% sobre 2017.

O presidente do banco, Luiz Gonzaga Veras Mota, ao anunciar o lucro, ressaltou que a evolução do período foi influenciada, especialmente, pela ampliação da margem financeira, pelo acréscimo das despesas de Provisão de Devedores Duvidosos (PDD), pelo crescimento das receitas de tarifas e serviços, ainda que o banco tenha registrado um aumento das despesas administrativas. 

O anúncio ocorreu na manhã desta terça-feira (12), em Porto Alegre (RS). 
.  
A estratégia do Banrisul, daqui para a frente, é dobrar o market share do mercado gaúcho para 10% até 2022.

Presente ao anúncio dos números do balanço, Marco Aurelio Santos Cardoso, secretário da Fazenda, declarou que a privatização não é oportuna para o Estado. 

Alta de Bolsonaro apressará calendário da reforma da previdência

A perspectiva de que o presidente Jair Bolsonaro receberá alta amanhã ou, no máximo, na quinta-feira, coloca o calendário da reforma da previdência em foco.

Se a última versão do texto for aprovada até sexta-feira, o Congresso será testado em seguida – já com base em elementos bem mais concretos do que os disponíveis hoje.

A área técnica do governo preparou contra-argumentos e o Planalto espera que a fase de debates, ruídos, dúvidas e desgastes não se estenda até por muito tempo depois do Carnaval.

Leia, aqui, a ata do Copom que manteve os juros básicos em 6,5% ao ano

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central divulgou esta manhã a ata da última reunião que manteve a Selic em 6,5% ao ano.

Entre outras coisas, o colegiado afirma que a inflação está em níveis “apropriados” ou “confortáveis” 

CLIQUE AQUI para ler a ata.

Nome de Schirmer avança na lista dos candidatos do MDB à prefeitura de Porto Alegre

Avança no MDB a possível candidatura do ex-deputado, ex-prefeito e ex-secretário Cezar Schirmer.

Os nomes mais fortes no Partido, no entanto, continuam sendo os do vereador Valter Nagelstein e Sebastião Melo.

DEM anuncia apoio formal ao prefeito Marchezan Júnior

Os vereadores Reginaldo Pujol, Claudio Conceição e Nelcir Tessaro, todos do DEM, anunciaram oficialmente a inclusão da bancada na base de apoio do prefeito Marchezan Júnior.

Dica - Aqui, a lista dos Países que têm as máquinas mais poderosas e rápidas do mundo

Os Estados Unidos lideram o ranking global e têm as máquinas mais poderosas e mais rápidas do mundo.

CLIQUE AQUI para saber tudo. O texto está em inglês.

Gasolina subiu 1,01% nesta terça-feira

A Petrobras elevou, hoje, o preço médio da gasolina nas refinarias em 1,01%.

Jereissati, Kátia Abreu e Eduardo Gomes inviabilizam CPI da Lava Toga

O novo presidente do Senado, Davi Alcolumbre, mandou arquivar o pedido da CPI da Lava Toga.

Hoje, o senador alegou que não havia número suficiente de assinaturas no requerimento.

De fato, Tasso Jereissati, Kátia Abreu e Eduardo Gomes assinaram, acovardaram-se e retiraram seus nomes do pedido.

STF suspende ações de Maria do Rosário contra Bolsonaro. Bolsonaro disse que Maria é muito feia.

O ministro Luiz Fux suspendeu duas ações ajuizadas pela deputada Maria do Rosário contra Bolsonaro.

O presidente teria dito que não estupraria a deputada porque ele é muito feita.

A suspensão tem a ver com dispositivos constitucionais que mandam suspender este tipo de ação contra presidentes - pelo menos enquanto ele for presidente.

Mídia tradicional e blogs sujos, agora, difamam até o pai do chanceler Ernesto Araújo

Sem ter conseguido aderência para nenhum dos "escândalos" levantados contra membros do governo ou das relações de Bolsonaro, a mídia tradicional e os blogs sujos, foram atrás da família do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, alvo de tentativas sucessivas de assassinatos de reputação durante todo o mês de janeiro.

Desta vez, o alvo é o pai do ministro.


A história, agora, é que durante o regime militar, o então procurador-geral da República, Henrique Fonseca de Araújo (foto acima), pai do ministro, teria dificultado de maneira deliberada a extradição de um notório nazista, responsável por 250 mil mortes entre 1942 e 1943, no caso Gustav Franz Wagner, que  estava foragido no Brasil. Araújo foi escolhido para o cargo pelo general Ernesto Geisel e deu pareceres contrários à extradição do nazista. Morto em 1996, Henrique Fonseca de Araújo é pai do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo.

Editor reúne deputado Zuco e mais 14 convidados

O deputado Luciano Zuco, PSL, o mais votado para as eleições para a Assembléia do RS, foi ontem a noite ao encontro que o editor promoveu com 14 convidados no Bier Markt Vom Fass.

A foto é do encontro.

O editor promove pelo menos um encontro deste gênero por mês.

O grupo, formado por jornalistas, advogados, médicos e políticos, conversaram com Zuco sobre o que fará o Partido de Bolsonaro no RS.

Luciano Zuco é homem da mais extrema confiança do vice-presidente Hamilton Mourão.

Ciro Gomes, PDT,quer que seu Partido apoie a reforma da previdência

Disposto a fazer oposição apenas pontual ao governo Bolsonaro, o ex-ministro Ciro Gomes está disposto agora a apoiar a reforma da Previdência do atual governo. Ele deu seu aval para que o deputado Mauro Benevides Filho (PDT-CE) presida a comissão da Câmara que analisará a reforma da Previdência de Jair Bolsonaro.

A informação é da revista Crusoé.

 Benevides, que é do Ceará, Estado do qual Ciro foi governador, foi coordenador do plano econômico de Ciro na eleição de 2018.

Indicador coincidente de venda de papelão ondulado indica estabilidade na produção industrial

Os indicadores coincidentes de janeiro conhecidos até o momento, sugerem que a produção industrial deverá oscilar próxima à estabilidade no período.  

Isto fica claro pelo resultado das vendas de papelão ondulado, divulgados ontem pela Associação Brasileira de Papelão Ondulado (ABPO). Elas reforçaram tal expectativa. 

O papelão ondulado é usado para caixas reforçadas, nas quais são embalados produtos das fábricas. As encomendas são feitas com muita antecedência, tudo de acordo com o que as fábricas pretendem produzir e entregar.

Foram vendidas 291.927 toneladas em janeiro, segundo os dados preliminares, representando uma queda de 0,24% na métrica interanual. Esse resultado representa uma alta de 1,0% na margem, já descontados os efeitos sazonais, revertendo parte da retração de 1,5% observada na leitura anterior

Bolsonaro para Mourão, brincando a sério: "Você quer me matar ?"

O vice, pedalando em Brasília.

Ainda sem previsão para deixar o hospital Albert Einstein, o presidente Jair Bolsonaro telefonou para o vice Hamilton Mourão nesta segunda-feira:

- Você quer me matar?

A pergunta de Bolsonaro a Mourão foi feita em tom de brincadeira, mas tem relação com as intrigas segundo as quais as relações entre ambos não é boa, tudo em função de declarações e ações de Mourão que não se alinham com o que diz e pensa o presidente.

O relato da conversa foi feito pelo próprio general, que contou:

- Conversamos inicialmente por WhatsApp e eu disse ao Bolsonaro que ia comer um churrasco com meu pessoal de turma. Foi então que ele respondeu: "Quer me matar ? Eu, aqui, neste estado, e você comendo churrasco !

Artigo, Roberto Livianu, Poder360 - Brasil está sob o triste signo do fogo, da lama e da corrupção

Tragédias se sucedem no país: Boate Kiss, 2012; Mariana, 2015. agora, Brumadinho, Flamengo e  os estragos da chuva no Rio

É hora de exigir investigações

Há pouco mais de 6 anos, 242 pessoas (grande parte delas, jovens) morreram e 680 ficaram feridas no incêndio da boate Kiss em Santa Maria. Três anos depois, outras 19 pessoas morreram em Mariana, engolidas pela lama de uma barragem rompida. Em 2 de setembro, no Rio de Janeiro, labaredas devoraram o acervo histórico e cultural mais importante do Brasil, destruindo o Museu Nacional.

Há quase 3 semanas, são mais 165 mortos (até este momento), após a ruptura de outra barragem, em Brumadinho (há ainda 160 desparecidos) e, na última semana, novamente as chamas mataram 10 jovens e promissores atletas do Flamengo, no Rio, que eram obrigados a morar num alojamento clandestino, criminosamente oferecido pelo clube.

Alguns se apressam em se defender...

CLIQUE AQUI para ler mais.

Governo federal começa a mudar nomes nas estatais e órgãos federais do RS

Na virada deste mês para março, o governo federal começará a substituir os dirigentes das estatais que possui no RS, entre as quais Trensurb, CGTEE e GHC.

O pacote inclui órgãos federais como Dnit.

No último fim de semana, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, usou boa parte dos dias em que permaneceu em Porto Alegre para afivelar articulações para a escolha de nomes.

Bolsonaro poderá sair nesta quarta do Einstein

Bolsonaro já teria recebido aval médico para sair amanhã do Hospital Albert Einstein.

O cirurgião Antônio Luiz de Macedo disse que o presidente poderá ter alta nesta quarta ou quinta-feira e está liberado para falar.

Brasil terá centro de ajuda humanitária na fronteira com a Venezuela, em Roraima

O governo brasileiro decidiu instalar um centro de ajuda humanitária ao povo venezuelano.

Tudo sairá em Roraima, em Pacaraima ou Boa Vista.

Como se sabe, ajuda humanitária de diversas partes do mundo está paralisada na fronteira entre Colômbia e Venezuela, já que o governo Maduro proibiu o ingresso dos caminhões carregados de alimentos e remédios.

Atraso do 13o provoca greve no Hospital Getúlio Vargas, Sapucaia, RS

Os trabalhadores do Hospital Getúlio Vargas, Sapucaia do Sul, RS. fizeram greve ontem a tarde e foram para a rodovia estadual ERS-118 paralisara o trânsito.

Eles protestam contra a falta de pagamento do 13o.

O hospital admite o atraso e alega que o governo estadual deve R$ 13 milhões de repasses, mas o a secretaria da Saúde admite valor de R$ 5 milhões, ainda assim muito altos.

Novas greves poderão ocorrer a partir de amanhã.

Dória reúne-se durante 20 minutos com Bolsonaro

Apesar das medidas restritivas de visita, nesta segunda-feira o presidente Bolsonaro recebeu o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), para uma conversa de aproximadamente 20 minutos.

As visitas ao presidente são muito restritas.

Bolsonaro sai do semi-intensivo e já enfrenta "dieta leve". Melhora é clara.

Duas semanas após ser internado para uma cirurgia para retirada da bolsa de colostomia, o presidente Jair Bolsonaro apresentou melhora "progressiva" e recebeu alta da terapia semi-intensiva do Hospital Albert Einsten.

Além disso, o presidente começou a se alimentar com uma "dieta leve" e foi suspensa a nutrição que recebia pela veia. Está mantido um suplemento nutricional. Até então, Bolsonaro estava recebendo apenas alimentação cremosa.

A evolução da dieta é uma das condições para alta do presidente.

As visitas ainda estão restritas.

Frente fria alivia temperatura alta no RS

Porto Alegre, 8h30min, 23 graus

Uma frente fria que ingressou no Estado, alivia o calor no Rio Grande do Sul nesta terça-feira, que ainda passa por períodos de chuvas, iniciadas ontem a tardinha. Segundo a MetSul Meteorologia, as primeiras horas do dia ainda podem ter temporais isolados em grande parte dos municípios da Metade Norte.

A presença do ar frio derrubou a temperatura.

A frente fria desloca-se neste momento para Santa Catarina e Paraná, levando junto períodos de chuva e temporais. 

O sol aparece com nuvens na maioria dos municípios do Estado. 

Em Porto Alegre, as marcas de hoje ficarão entre 18°C e 27°C.

77,2% acham que a Lava Jato vai recrudescer com Bolsonaro e Moro

77,2% dos brasileiros acham que com o governo Bolsonaro e com Sérgio Moro no ministério da Justiça, vão aumentar as operações da Lava Jato.

Este resultado saiu da pesquisa de opinião pública divulgada há pouco pelo Instituto Paraná Pesquisas.

9,2% acham que tudo vai permanecer igual, 11,9% acreditam que as operações diminuirão e 1,7% não quiseram responder.

Os pesquisadores também perguntaram se as pessoas acham que a Lava Jato comete injustiças, mas 86,95 acham que elas são justas ou cometem injustiças brandas.

Quase 100% dos entrevistas dizem que acompanham ainda mais (42,5%) ou acompanham igual (47,05%) as notícias da Lava Jato