Esta foto poderá custar R$ 100 mil ao PT

O PSDB protocolou ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acusando a presidente Dilma Rousseff de usar o Palácio da Alvorada em horário de expediente para realizar reunião eleitoral.

. "Pedimos o pagamento de multa de até R$ 100 mil por esta infração", afirma o advogado do PSDB, Flávio Henrique Pereira. O foco da ação é o encontro realizado na última quarta-feira entre Dilma, o ex-presidente Lula, o presidente do PT, Rui Falcão, o marqueteiro João Santana e o ex-ministro Franklin Martins, além de outros nomes cotados para integrar a equipe de campanha da presidente nas eleições; no documento. O partido alega que o uso de bem público em benefício de Dilma "está mais do que demonstrado".

. A foto ao lado é da reunião partidária. O leitor deve prestar atenção ao figurante que Lula encobre, porque se trata de Aloísio Mercadante, novo chefe da Casa Civil de Dilma. 

Maria do Rosário aproveita jatinho da FAB e se diverte nos carnavais de Porto Alegre e São Lourenço

Ao lado, a escola da ministra em São Lourenço.


Junto com outros sete ministros, a ministra Maria do Rosário aproveitou jatinho da FAB na quinta-feira a noite (leia nota abaixo) e viajou com assessores para a Base Aérea de Canoas, RS, sem pagar passagem, porque alegou “trânsito em serviço”.

. Ela veio se divertir no Carnaval.

. Em Porto Alegre, desfilou com seu companheiro de PT, o deputado Oliboni, integrando a escola Samba Puro do Partenon, que prestou homenagem às Marias.

. Não contente com a festa de Porto Alegre, Maria do Rosário viajou para São Lourenço, onde desfilou num carro alegórico da E.S. Estação Primeira do Cruzeiro, na noite de domingo. A escola entrou em terceiro lugar. A ministra levou junto fantasias, instrumentos musicais e muita gente. 

. Em Porto Alegre e em São Lourenço, o samba-enredo foi o mesmo: "As Marias". Tudo ajustado para Maria do Rosário aparecer. 

CLIQUE AQUI para examinar a festança em Porto Alegre.
CLIQUE AQUI para ver fotos do desfile de São Lourenço.

Iesa não paga fornecedores, despede empregados, não deposita o FGTS e ameaça Polo Naval do Jacuí

Há duas semanas o editor vem denunciando constantes calotes aplicados em Charqueadas, RS, pela Iesa, problema que se agravou nas últimas horas, levando o deputado Jerônimo Goergen (PP-RS) a manifestar preocupação nesta sexta-feira  com a situação vivida pela empresa que se encontra em fase de instalação no Polo Naval do Jacuí. 

. Fornecedores locais reclamam da falta de pagamento por serviços prestados na área de alimentação e transporte, problema que se arrasta há pelo menos seis meses. “É uma empresa que recebeu incentivos fiscais e financiamento bancário, que tem um contrato bilionário com a Petrobras para o fornecimento de módulos de plataformas. Portanto, é um empreendimento de grande porte, que não pode ficar devendo na praça”, argumentou o parlamentar. 

.  A dívida com empresas locais já repercute em toda a economia do município.

. Além do problema da falta de pagamento dos fornecedores, a Iesa também dispensou cerca de 500 trabalhadores. O FGTS dos funcionários não teria sido depositado.  Ainda há o risco de atraso nos salários deste mês. 

- Instalada ao lado da Iesa, a Metasa também sofre na pele os reflexos com o impasse, já que será a responsável direta pela fabricação das estruturas metálicas dos módulos que compõem as plataformas de petróleo. “Tememos um efeito econômico em cascada que pode soterrar os planos de todo o Polo Naval do Jacuí. Por isso, exigimos respostas clara e objetivas do que se passa ali. Queremos entender o que leva uma empresa do porte da Iesa a dar sinais de desistência do negócio. Se levou dinheiro público e recebeu benefícios fiscais, deve investir no projeto”, cobrou Jerônimo. 

Venezuela, Leopoldo López contra Henrique Capriles

López é o da esquerda.


 Joaquin Villalobos escreve na edição brasileira de El País, hoje, que a polarização que domina a Venezuela contaminou as análises políticas com uma lógica de bons e maus. Leia tudo:

É na realidade possível que no curto prazo desmorone o governo chavista? Pode ocorrer na Venezuela o que acaba de ocorrer na Ucrânia ou o que aconteceu recentemente no mundo Árabe? Está o modelo bolivariano social e politicamente esgotado? As condições que vive Maduro são similares às que derrubaram Fujimori no Peru e outros governos do continente? As informações que chegam da Venezuela, sobretudo dos opositores, deixam a impressão de que o governo de Maduro está a ponto de cair, fruto dos protestos de rua. No entanto, derrubar governos a partir de movimentos civis não é fácil.

A polarização que domina a Venezuela contaminou as análises políticas com uma lógica de bons ou maus, empobrecendo o debate intelectual sobre o que está acontecendo nesse país.

CLIQUE AQUI para continuar lendo. 

Badesul financiou 61% mais em 2013. Valor chegou a R$ 1,6 bilhão.

O Badesul encerrou o ano de 2013 com desembolso recorde de R$ 1,6 bilhão, o que representa um crescimento de 61% em relação a 2012, quando foram liberados R$ 999,7 milhões. O resultado mantém a Agência de Fomento na vice-liderança do ranking de repassadores do BNDES no Estado, com uma fatia de 11,4% do mercado local. A instituição foi também o agente financeiro que registrou o maior crescimento em repasses no Brasil. "O nosso resultado é fruto de uma equipe qualificada e dedicada e da aposta que o Governador fez na inovação na área de desenvolvimento do Estado” ressalta o presidente do Badesul, Marcelo Lopes. Do total de desembolsos, 42,3% se destinaram à indústria, 39,2% ao setor agropecuário, 15,9% ao comércio e serviços e 2,6% para prefeituras. As operações aprovadas, ao longo de 2013 alcançaram R$ 1,578 bilhão. O saldo de operações ativas foi de R$ 3,4 bilhões, 52% superior ao saldo registrado em 2012, em que o valor era de R$ 2,2 bilhões.

. Também cresceu o lucro líquido apurado antes dos juros sobre o capital. Os R$ 61,2 milhões verificados em 31 de dezembro equivalem a um incremento de 445% sobre igual data de 2012. O patrimônio líquido alcançou R$ 732,3 milhões, 7,4% a mais do que os R$ 682 milhões de 2012.

.  A carteira de financiamentos do Badesul contempla os principais setores apoiados pelo Governo do Estado:
Agroindústria: 2.783 projetos, R$ 1,48 bilhão;
Logística: 55 projetos, R$ 276 milhões;
Biocombustíveis: seis projetos, com R$ 262 milhões;
Serviços: 84 projetos, R$ 234 milhões.
Energia eólica: nove projetos, R$ 144 milhões;
Automotivo e Implementos Rodoviários: 18 projetos, R$ 148 milhões;
Máquinas e Implementos Agrícolas: 17 projetos, R$ 138 milhões;
Madeira, Celulose e Móveis: 23 projetos, R$ 130 milhões;
Indústria Oceânica e Polo Naval: quatro projetos, com R$ 116 milhões em investimentos;
Semicondutores: dois projetos, R$ 83 milhões;
Borracha e Material Plástico: 19 projetos, R$ 74 milhões;
Saúde Avançada e Medicamentos: sete projetos, R$ 63 milhões;
Geração e Distribuição de Energia: seis projetos, R$ 56 milhões;
Calçados e Artefatos: 25 projetos, R$ 40 milhões;

. Ainda foram apoiados 153 projetos municipais no programa Badesul Cidades, totalizando R$ 154 milhões repassados às prefeituras gaúchas.

Nova greve paralisa parcialmente serviços de ônibus em Porto Alegre

A paralisação começou de manhã cedo nas garagens da VTC, bloqueada ilegalmente por meia dúzia de ativistas, a maioria dos quais nem eram de trabalhadores, conforme se vê na foto ao lado. A VTC pediu intervenção da Brigada, já que está de posse de interdito proibitório. A Brigada negou-se a garantir os direitos da empresa. Os incidentes agravaram-se durante o primeiro momento da manhã e mais de 220 ônibus e pelo menos 42 linhas deixam de circular na manhã desta sexta-feira na Capital - cerca de 30 da Trevo e 12 da VTC. A exceção de Belém Velho e Lami, a maioria das linhas que operam na zona sul de Porto Alegre está fora de circulação devido a interdição das garagens das empresas Trevo e VTC.

. Esta nova paralisação tem conteúdo claramente político e se segue a greve prolongada de 15 dias que prejudicou seriamente a população e atingiu gravemente as atividades econômicas de Porto Alegre. 

. 80 mil pessoas utilizam as linhas afetadas, mas com o remanejo de ônibus da Carris, o impacto no número de prejudicados impacta cerca de 25 mil pessoas nos picos de movimento pela manhã, cerca de 30% do total.

. Para garantir a segurança no local, a Brigada Militar circula pelas empresas onde ocorre a concentração dos grevistas. Os manifestantes realizam reuniões em frente às empresas, para definir rumos da paralisação.


Assustada com a crise com o PMDB, Dilma convoca reunião de emergência para domingo

Para líderes como o secretário geral nacional do PMDB, Geddel Vieira Lima, os pratos com o PT já estão quebrados. A crise auxilia candidaturas como as de José Ivo Sartori no RS, que há muito tempo defende que o PMDB não faça qualquer tipo de acordo com o PT. 

O governo está preocupado com a crescente rebelião no PMDB e por isto em encontro marcado para domingo em Brasília reunirá, além da presidente Dilma Rousseff, o vice, Michel Temer, e os presidentes da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). "Primeiro tem que resolver a situação da Câmara", afirmou o presidente do PMDB, senador Valdir Raupp (RO).  "Espero que essas conversas possam chegar ao final dessa crise de relacionamento", acrescentou, ao sair de reunião com o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante. Ontem, o dirigente do PMDB conversou com Lula e deve voltar a falar com o ex-presidente nesta sexta.

. O presidente da Câmara, Eduardo Alves, disse que toda a crise política decorre do modo atrapalhado com que Dilma conduz a reforma ministerial.

. O Secretário nacional do PMDB, Geddel Vieira Lima afirma que rompimento deve acontecer "de imediato"; ele considera os problemas atuais como consequência de erros cometidos em 2010 e diz que nem o ex-presidente Lula conseguiria acalmar os ânimos.  Ele avisa: "Até para uma figura encantadora como Lula é difícil reverter esse processo". O peemedebista avalia também que a presidente Dilma Rousseff pode complicar mais a situação:

- Se ela for tentar resolver sozinha, vai quebrar louça para tudo quanto é lado. 

Conheça, aqui, a íntegra da proposta do deputado Pedro Pereira que prevê autonomia do Corpo de Bombeiros do RS

Ao contrário do que pode parecer pela leitura dos jornais e manifestações da mídia em geral, o governo não encaminhou proposta alguma para a Assembléia, dizendo respeito a autonomia do Corpo de Bombeiros do RS.

. O que tramita na Assembléia é a Proposta de Emenda Constitucional protocolada pelo deputado Pedro Pereira, PSDB, esta sim, propondo a autonomia.

. O deputado tucano, que esta manhã aguardava por um prometido espaço na Rádio Gaúcha, disse ao editor que o governo já divulgou que quer falar sobre o assunto, mas que deseja desmilitarizar o Corpo de Bombeiros e além disto quer que a transição ocorra em cinco anos.

. “Este governo parece que quer que tudo que propõe aconteça no próximo governo”, disse o deputado.

. A PEC do deputado Pedro Pereira recebeu o apoio de 40 dos 55 deputados da Assembléia.

. Logo abaixo, você poderá ler entrevista completa com o deputado do PSDB.

CLIQUE AQUI para examinar a proposta e sua justificativa, como também as assinaturas.


Revista da Unisinos sugere acabar com os proprietários para evitar conflitos no campo

A charge é de Eugênio Neves, disponibilizada no Google. 


Nesta entrevista à revista da Unisinos, São Leopoldo, RS, sem contraponto, Darci Frigo sugere acabar com a visão de conflitos entre partes no campo, já que seria tudo uma "questão social" e o MST assim, engordado com farto dinheiro público, seria apenas e "coitadinho". O raciocínio é o mesmo da juiza ...., que considera os bandidos meras vítimas da sociedade, soltando-os sempre que pode (leia nota abaixo). O resultado é o mesmo: a solução é acabar com as atuais legislação, moral e ética burguesas, substituindo-as pela ditadura do proletariado, da classe única, sem opressores e oprimidos, tudo dirigido pelo PT e por seus líderes recolhidos "injustamente" na cadeia da Papuda. Leia:

Conflitos fundiários e urbanos: “O Judiciário está sendo cada vez mais demandado”. Entrevista especial com Darci Frigo

“A cultura geral, no âmbito do sistema da justiça — que vai além do Poder Judiciário —, é voltada para a proteção dos direitos dos mais fortes ou do direito de propriedade, em detrimento dos direitos humanos fundamentais de uma coletividade”, diz o advogado.

Diante do “histórico processo de tratamento desigual que os órgãos públicos dão às problemáticas sociais coletivas”, é preciso utilizar instrumentos jurídicos que apontem para um novo olhar em relação aos conflitos fundiários envolvendo indígenas, quilombolas, agricultores e produtores rurais. De acordo com Darci Frigo, um dos autores da proposta de desjudicializar as demandas de demarcações de terras, “a cultura doPoder Judiciário acha que o processo tem duas partes, como se fossem dois indivíduos, quando se pode ter, num processo, uma pessoa que é o demandante, normalmente um proprietário de imóvel rural ou urbano e, do outro lado, uma coletividade enorme”.

CLIQUE AQUI para ler tudo com atenção. A revista é da Unisinos, ente controlado pelos padres jesuitas do RS. 

Produção recorde do RS ajudou, mas Brasil já comprou 7,2 milhões de t de trigo no exterior. EUA foram os maiores fornecedores.

A ampliação de área rendeu ao Brasil mais de 5 milhões de toneladas de trigo nesta safra (safra de inverno, segundo semestre do ano passado), mas o volume é insuficiente para atender o consumo interno,. Que é de 12 milhões de toneladas.

. O RS respondeu pela metade da produção brasileira, o que basta para seu próprio consumo. Paraná em fevereiro. O estado, segundo maior produtor nacional, teve a safra comprometida por duas geadas durante o desenvolvimento das lavouras. Com isso, o Rio Grande do Sul assumiu a liderança na colheita no país.

. A redução das exportações de trigo da Argentina no ano passado, fizeram o Brasil buscar volume histórico no Hemisfério Norte. Segundo o adido do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), a indústria nacional comprou 3,48 milhões de toneladas do cereal produzido nos EUA. O volume foi o maior nos últimos 30 anos, conforme o órgão. Com o resultado, o Brasil ficou 500 mil toneladas atrás da China no ranking dos principais clientes dos Estados Unidos.

. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria do Trigo (Abitrigo), ao todo, o país buscou 7,2 milhões de toneladas do grão em outros países, 10% mais do que no ano anterior. Para este ano, a previsão é de que as importações somem 6,5 milhões de toneladas.


Cúmplices das atrocidades de Maduro, Dilma e Lula precisam prestar atenção ao seu quintal mo Brasil

Nas redes sociais, Dilma é apresentada como cúmplice do regime opressor da Venezuela.



Este aviso quem passa ao governo é o ex-prefeito do Rio, ex-deputado e ex-secretário da Fazenda de Brizola, Cesar Maia:

O governo de Lula e Dilma comemora um crescimento de 2,3% em 2013. E ao lado, os ruídos de uma inflação (sem os preços controlados de 8%), bolsa despencando e um câmbio bêbado. São exemplos que ampliam a taxa de insegurança. Eles que “costeiam o alambrado” (expressão usada por Brizola) do bolivarianismo devem olhar bem além das eleições, para não acentuarem uma crise que dá sinais de agravamento por todos os lados. E as erupções não anunciam: surgem de repente.

- Na reunião de ontem (que terminou nesta madrugada e deveria ser retomada à tarde) do Conselho da OEA, foi apresentada uma proposta inicial liderada pela Bolívia, em nome do bloco da ALBA e países afins como Argentina, Uruguai e Brasil, que elogiava os esforços do governo da Venezuela para resolver essa conjuntura de protestos sociais e a conferencia de paz convocada por Maduro como foro legítimo para este diálogo. A esse texto se pretendeu incorporar uma emenda de iniciativa do Peru, e do bloco da Aliança do Pacífico e mais Costa Rica, Panamá, EUA e Canadá, que pedia um prosseguimento dessas negociações e que garantira o envio permanente de informação sobre o curso das mesmas, ao secretário geral da OEA. O bloco da ALBA não aceitou a emenda.Enquanto isso, a União de Nações Sul-Americanas (Unasul), um organização regional mais amigável com a Venezuela, anunciou que também vai debater a situação do país. Um encontro entre presidentes e chanceleres dos doze países-membros deve ocorrer na próxima terça-feira no Chile, aproveitando a cerimônia de posse de Michelle Bachelet como presidente do país.

Diante da demora na liberação das bagagens, passageiros da TAP ouvem em Porto Alegre: "Vão se acostumando pois estamos num país comunistas".

Os passageiros estrangeiros que chegaram ontem a noite da Europa,  no voo da TAP em Porto Alegre, e começou a reclamar da demora no atendimento de passaportes, ouviu esta explicação bem humorada de um terceirizado da Infraero:

-  Imagina o que será isso aqui na Copa!

. Como a explicação não convenceu, ele foi adiante, mas com visível tom de deboche na voz:

- Vão se acostumando pois estamos num país comunista.

. Um dos passageiros gaúchos que estavam na fila foi quem contou o caso ao editor no início desta tarde.

Sobre o que disse o empregado da TAP, vale a pena examinar o comentário a seguir do editor, intitulado
É verdade: o Brasil virou um País comunista?

Sairá no dia 23 de abril a primeira Zig Zag Play do RS, no novíssimo Praça Rio Grande Shopping

Será dia 23 de abril a inauguração do Praça Rio Grande Shopping, o primeiro shopping center do município de Rio Grande, sede do Pólo Naval do RS. É nele que sairá a  primeira loja gaúcha da marca Zig Zag Play será em Rio Grande, no , após um investimento de R$ 1,5 milhão. 

Eles se divertem, viajam de avião, pulam o Carnaval, tudo com dinheiro do povo. O vôo mais lotado foi de Maria do Rosário.

O Carnaval começou cedo e dura até hoje para o presidente do Congresso, Renan Calheiros, e pelo menos sete ministros, embarcaram em jatinhos da FAB na quinta-feira passada, com a desculpa de que iam ‘a serviço’. Para poupar o bolso, diante dos altos preços das companhias aéreas, a turma da carona nos jatinhos não foi pequena: foram 42 passageiros extras em apenas oito voos.

- O voo mais lotado foi o de Maria do Rosário (SDH), com 12 passageiros. O jatinho fez escala no Rio e à noite levou a turma para Canoas (RS).

- Os ministros foliões que decolaram na quinta foram: Guido Mantega, César Borges, Marta Suplicy, Manoel Dias, Marco Raupp, Maria do Rosário e Afif Domingos além de Renan Calheiros. 

- A maioria dos caroneiros são assessores dos ministérios e convidados dos ministros, cuja lista não pode ser divulgada pela FAB. A turma economizou, e muito.

Prefeito de Jaguarão faz festa exagerada, recusa bafômetro, tem carteira apreendida, mas tudo é abafado na Polícia e na Brigada.

Neste sábado de carnaval, o prefeito de Jaguarão, RS,  juntamente com membros da sua administração, saíram em festejo pelas ruas da cidade, mas como policiamento de fora da cidade resolveu faze bafômetro no período mais agudo das brincadeiras, muita gente acabou na rede, inclusive o prefeito. Ele se negou fazer o bafômetro e teve sua carteira apreendida. 

. A Polícia Civil, “que tem interligação dos Boletins de Ocorrência com a Brigada” não registrou a ocorrência". 

. Consultada, a Brigada não quis falar oficialmente, mas um brigadiano interpelado na guarnição local avisou: “ Ele foi pego dirigindo embriagado, mas estamos proibidos de falar disso". A carteira do prefeito foi devolvida. Mais tarde, diante de testemunhas,  dois capitães confirmaram que realmente tinha ocorrido o fato, mas que não teria divulgação. 

Governo gaúcho continua editando revista para distribuição em massa nos ônibus do RS

Começou a circular o segundo número  da caríssima revista "Na Janela", para leitura a bordo dos ônibus que circulam no RS. A circulação resulta de acordo entre o governo e a RTI, associação de empresas de ônibus interurbanos, portanto de uma entidade que depende de favores do Piratini. O governo Tarso Genro decidiu editar milhares destas revistas, papel de primeira, com texto assinados pelo secretário de comunicação de Tarso,  João Ferrer. A peça de campanha eleitoral antecipada dá conta de obras e serviços da mais pura ficção como se fosse realizações do governo. Vai tudo recheado com publicidade do governo estadual.

. O uso eleitoreiro da publicação pode ser dado por esta simples informação do próprio governo: a revista circulará somente até junho, por proibição da legislação eleitoral. 

. Em outros tempos, em outros governos, ao menor sinal de campanha antecipada com dinheiro público, o atento sr.  Geraldo da Camino, procurador junto do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas, submeteria o governador a via cruccis. Tarso Genro gasta a rodo, em franca campanha pela reeleição. Só não vê quem não quer. 

Com a palavra:
O MP de Contas
O Tribunal de Contas
A procuradoria do MP junto ao TRE
A Assembléia
Os partidos de oposição (ops???)
Os demais pré-candidatos ao governo

CLIQUE AQUI para conhecer a edição completa. A reportagem de capa é com Paixão Cortes. 

Maduro recua. As 14h, falará para CNN em espanhol numa entrevista não encomendada.

As 14h, a rede CNN em espanhol transmitirá entrevista com o títere venezuelano Nicolás Maduro. A CNN foi expulsa e depois reabilitada por ele. A seguir, texto do blog Dolar Today de hoje, que conta a história do retorno da CNN a Caracas.Ao final, link da notícia completas.

CNN DESPLAZO A TODOS LOS CANALES DE VENEZUELA Y A LA MUD TAMBIEN demostrando el poder de los medios en los nuevos tiempos. El Gobierno se equivoco al enfrentarla y ahora esta cadena se ha transformada en la única opción de TV para saber lo que ocurre. El yerro gubernamental fue de niveles superlativos pues esta gente y sus equipos, probablemente hacen oposición al Gobierno, pero con mucha altura. Mucho equilibrio. Mucho profesionalismo.

Un canal con más fuerza que el GLOBOVISION anterior. Sin mezquindades como las que posiblemente observamos en algunos moderadores de GLOBOVISION. El Gobierno “medio negocio” con ellos pero se resiste a darle frente a través de sus voceros principales. Algunos críticos dentro de la revolución hablan por este canal pero se nota que les preocupa más el cheque del gobierno que la verdad y CNN solo presentando los hechos, los deja en evidencia. CNN esta por encima de la MUD en su poder de CONVOCATORIA. Es grave que eso ocurra.

A QUE LE TEME MADURO: Un Ex Presidente afecto a Chavez, se reunió con MADURO vía skype y lo convenció de lo errado de su estrategia comunicacional.

Un personaje vinculado a la Oposición sirvió de puente para “atemperar las relaciones” entre CNN y el Gobierno con el espaldarazo de dos directivos de la cadena de larga amistad con el Ex Presidente en cuestión. CNN concedió todo lo que originalmente había planteado, ni más ni menos y MADURO acepto. Le toca ahora a él explicar todo lo que dijo sobre este canal. A cambió se detuvo la salida “legal” de este canal del sistema de cable y videos en Venezuela. 

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Promotor denuncia juiza de Porto Alegre que ignora o estado democrático de direito e usa teses neomarxistas para livrar bandidos perigosos

A foto é de Daniela Xu, Agência RBS. O editor não acatará opiniões de leitores que forem ofensivas. 



O repórter Mauricio Tonetto publica na edição de hoje do jornal Zero Hora, RBS, a surpreendente reportagem que vai na íntegra no link. Ele conta a história da juiza Sonáli Zluhan, adepta da inaceitável corrente abraçada por magistrados gaúchos de corte neomarxista, portanto comunista, que se intitula Direito Alternativo, que coloca a ideologia acima do que diz a própria lei, tudo para beneficiar gente que são catalogadas como vítimas da sociedade, onde se incluem os bandidos mais celerados da história do RS. Este tipo de postura criminaliza a sociedade e coloca em risco de vida a própria população, mas abre caminho para o caos social e, portanto, para a chegada dos comunistas ao Poder, inclusive com a revogação das chamadas "leis, moral e ética burguesas", substituídas por "leis, moral e éticas revolucionárias", ou sejas, pela ditadura. Leia tudo:

Conhecida no meio jurídico como "Iraque" pela violência dos réus que julga, a 1ª Vara Criminal do Tribunal do Júri de Porto Alegre é alvo de polêmica desde 21 de janeiro deste ano devido à atuação da juíza Sonáli da Cruz Zluhan, 54 anos, uma magistrada de perfil liberal. Designada por tempo indeterminado para o lugar de Volnei dos Santos Coelho, agora na Corregedoria do Tribunal de Justiça (TJ), ela já revogou as prisões de 31 réus no período de atuação, alguns de alta periculosidade. Membros do Ministério Público (MP) e da Polícia Civil estão indignados.

Essa vara é o Iraque. Algo está errado. Ela faz um trabalho danoso em nome de uma ideologia de esquerda, marxista, que prega que todo mundo é vítima da sociedade. Vai repercutir diretamente no aumento da criminalidade — acredita o promotor Eugênio Amorim, da Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri da Capital.

Alinhada ao direito alternativo, que recomenda que a aplicação de uma lei deve levar em conta o contexto social de cada caso, Sonáli Zluhan fez com que 20 presos voltassem às ruas — 11 dos 31 cumprem pena por outros crimes e seguiram detidos — em pouco mais de um mês em Porto Alegre. Na maioria dos casos, eles respondem por delitos como homicídio doloso, formação de quadrilha, tráfico de drogas e receptação.

CLIQUE AQUI para ler tudo.



Marcos Cavalcante reafirma: "Marcelo foi assassinado por inimigos de Yeda"

A média diária de opiniões de leitores é de 350, das quais 100 são deletadas por conterem ofensas pessoais ou beirarem manifestações puras de sociopatia. O editor aceita mensagens anônimas, simplesmente porque possui o IP de todos os remetentes e pode identificá-los em caso de ocorrências policiais ou judiciais. Nas últimas semanas, meia dúzia de leitores levantaram dúvidas a respeito de postagens atribuídas a Marcos Cavalcante, irmão do assassinado ex-secretário de Yeda, Marcelo Cavalcante. Muitos leitores teimam em lembrar que o governador de Brasília, na época era do DEM, portanto aliado do PSDB. Ora, o DEM era, sim, aliado nacional do PSDB, mas no RS o vice de Yeda, Paulo Feijó, que se aliou aos seus piores inimigos, era do DEM, e o Partido apoiou tudo o que foi feito contra o governo tucano no Estado. Eis a resposta de Marcelo Cavalcante:

Gostaria de frisar duas coisas antes de começar a responder ao ANÔNIMO das 16h49, que provavelmente deve ser o mesmo ANÔNIMO das 19h33 e que provavelmente pode ser o mesmo ANÔNIMO das 14h51 e também das 14h53: Primeiro, não comentei como anônimo. Segundo, sou irmão do ASSASSINADO Marcelo, repito, sou. Sempre que faço referência ao Marcelo em algum comentário, ao final, me identifico como Marcos Cavalcante, irmão de Marcelo. Quando não faço referência ao Marcelo, ao final, me identifico como Marcos Cavalcante, mas jamais como anônimo. a) Talvez você não se recorde, mas bastou o cadáver do Marcelo aparecer boiando para a grande mídia gaúcha e os opositores da então governadora Yeda Crusius insinuarem que tucanos poderiam estar por trás do ASSASSINATO, mas após o farsante desfecho de suicídio estranhamente se calaram. Será que eles mudaram de ideia e passaram a acreditar que o Marcelo cometeu suicídio? Será que o fato político criado com a morte de Marcelo alcançou o seu propósito ?

Entrevista, Pedro Pereira, deputado do RS - O governo plagia para pior a minha PEC que dá autonomia ao Corpo de Bombeiros

Pedro Pereira, deputado do PSDB do RS

O governador Tarso Genro tem dito que mandará para a Assembléia uma proposta desvinculando o Corpo de Bombeiros da Brigada Militar. O senhor já tem PEC tramitando sobre o mesmo assunto. Como é isso?
Ele percebeu que minha PEC possui amplo apoio e será aprovada. O governo tenta adonar-se da proposta. A PEC recebeu o apoio de 40 deputados. Só ficaram de fora os 14 do PT e um do PCdoB, que, no entanto, agora apoiam a proposta do governo. É um plágio para pior.

Existem diferenças?
A do governo é pior, porque Tarso quer retirar a condição militar da corporação, extingue as promoções e quer 5 anos para o período de transição, enquanto que a minha PEC mantém o caráter militar, o que garante os postos atuais e futuros, propiciando promoções por tempo de serviço e mérito. Além disto, minha proposta prevê período de apenas 180 dias para a transição.

Algum Estado já fez o desmembramento ?
Santa Catarina. O Estado possui 6,6 milhões de habitantes, tem 295 municípios e aprovou sua PEC em 2003. Atualmente, são 128 municípios com guarnições, portanto 44% do total. O contingente é de 2.900 homens. No RS, 12 milhões de habitantes, temos guarnições em apenas 83 dos 397 municípios (17%) e meros 2.700 homens, quando deveríamos contar com 4.500 bombeiros. 


Eduardo Campos ataca Dilma: "Dilma esconde problemas que vão estourar depois das eleições".

O presidenciável do PSB, Eduardo Campos, voltou a criticar o desempenho da economia e disse que o governo Dilma esconde problemas que o país enfrenta para só mostrá-los depois das eleições. A fala de Campos fecha com análises que 10 entre 10 empresários de responsabilidade fazem neste momento, mas também muitos economistas que não são chapas brancas. Sobre o caso, leia mais abaixo análise dos economistas Sérgio Vale e Afonso Celso Pastore, que demonstram que o crescimento médio da economia nos quatro anos do governo Dilma corresponde a inaceitáveis 1,9% ao ano, os piores de qualquer governo anterior, exceto Collor. Examine o que disse Campos:

- Esses problemas não podem estar sendo negligenciados nem escondidos da sociedade para estourarem depois da eleição. Não se pode estar deixando para amanhã, para depois de amanhã ou para depois da eleição o que tem que ser feito imediatamente", afirmou em inauguração de prédio da Secretaria de Defesa Social. Estamos crescendo a metade da América Latina, estamos crescendo menos que o mundo. Estamos vendo a renda voltar a se concentrar nas regiões mais pobres, estamos com problemas no setor elétrico brasileiro, temos problemas no setor de petróleo.

Workshop "Marketing Político de Oposição" continua com inscrições abertas

Prosseguem as inscrições para o workshop "Marketing Político de Oposição", promoção deste site. O evento foi agendado para o Plaza, dias 22 e 23, com apresentações de 9 convidados.

. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail polibio.braga@uol.com.br

CLIQUE AQUI para conhecer toda a programação e obter informações sobre custos de inscrição.

Tuma Júnior virá dia 19 a Porto Alegre para lançar seu livro "Assassinato de Reputações"

Está confirmado para o dia 19, 19h, Porto Alegre, o lançamento do livro "Assassinato de Reputações". O delegado Romeu Tuma Júnior autografará exemplares na Livraria Cultura.


Análise sobre o PIB no governo Dilma, Sérgio Vale - Mais cinco anos disso ?

O Brasil cresceu mais do que Estados Unidos e Reino Unido (ambos com 1,9%) em 2013, mas ainda ficou abaixo da média global, estimada pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) em 3% no ano, informou o IBGE. Com alta de 2,3%, o PIB brasileiro superou ainda Japão, México, África do Sul, Alemanha e zona do euro no ano passado. Mas passou longe dos resultados da China (7,7%) e Coreia do Sul(2,8%).

O economista Sérvio Vale, da MB Associados, informa que o resultado do ano passado, baixo, tem se repetido durante o governo atual de Dilma Rousseff:
- Ao final do seu mandato, ela terá entregue um crescimento médio anual de pífios 1,9%. É só fazer as contas.

. Leia toda a análise:
Ao final do primeiro mandato de governo, a presidente Dilma deve entregar um crescimento médio anual de apenas 1,9%. A essa altura, já deveria estar claro que alguma coisa muito errada está acontecendo. Não é culpa do cenário internacional. Pelo contrário, o mundo está em franca recuperação e deverá ter crescimento ainda maior em 2014, na contramão de nossa estimativa de 1,6% de alta do PIB no Brasil.

Mas, como estamos em ano eleitoral, a culpa nunca poderia ser doméstica e entende-se que ela seja jogada no exterior, algo muito típico de América Latina. Por isso também o pífio pacote fiscal apresentado recentemente, que não deve dar em nada, surge de um governo para o qual a "crise" é temporária e vem de fora. Em algum momento, a cartola de Brasília descobrirá algum novo truque de arrecadação para ser usado. Tem sido assim ao longo dos últimos três anos, pelo menos.

CLIQUE AQUI para ler mais.
CLIQUE AQUI para ler, também, entrevista com Afonso Celso Pastore, que não vê motivo para comemoração.