Juiza desaprova contas de Manuela na campanha para prefeito de Porto Alegre. A comunista usou caixa 2.

Na foto, Manu (no meio) com suas amigas comunistas Maria do Rosário e Luciana Genro. A foto é antiga. 



A juiza eleitoral da 158ª. Zona Eleitoral de Porto Alegre, Maria de Lourdes De Gonzales, já publicou a sentença pela qual desaprovou as contas da campanha da deputada Manuela D’Ávila, PCdoB, para a prefeitura de Porto Alegre.

. Por cinco vezes seguidas, a juíza mandou Manuela explicar dinheiro usado sem comprovação de entrada, a deputada manifestou-se em todas elas, mas suas explicações não foram aceitas.

. A Justiça Eleitoral encontrou uma diferença de 15% sobre o total dos gastos da campanha, valor referente a despesas superiores aos ingressos, ou aquilo que Lula chamou de “recursos não contabilizados” ou “caixa 2”, para justificar os crimes do Mensalão. A juiza acusou Manuela de levar "vantagem" sobre os outros candidatos, quebrando a isonomia necessária a qualquer disputa eleitoral. 

. Os auditores e até o Ministério Público recomendaram que a juíza De Gonzales rejeitasse as contas da comunista, dado o volume de ilegalidades encontrados na contabilidade.

. Além dos percalços que o editor revela ao público leitor em primeira mão, Manuela enfrenta ações judiciais de prestadores de serviços que não pagou. Todos os que foram vítimas ao calote processam Manuela. 

José Genoíno sai do hospital depois de um mês internado por problemas cardíacos

O deputado federal José Genoino (PT-SP), 67, deixou nesta terça-feira  o hospital Sírio-Libanês, São Paulo,  onde estava internado desde o último dia 27 por conta de problemas cardíacos.

Suspensão de planos de saúde não vale mais. Justiça manda ministro Padilha refazer cálculos.

A Justiça determinou à ANS (Agência Nacional de Saúde) que refaça os cálculos das reclamações dos usuários de operadoras de saúde antes de suspender a venda de novos planos à população. Mais cedo, o governo havia anunciado a suspensão nas vendas de 246 planos de saúde de 26 operadoras a partir da próxima sexta-feira.

. Na decisão que deferiu "parcialmente" os pedidos da FenaSaúde (Federação Nacional da Saúde Suplementar), que reúne empresas como Amil e Sul América, o desembargador Aluisio Gonçalves de Castro Mendes, do TRF (Tribunal Regional Federal) da 2ª Região, afirmou que a agência não pode considerar reclamações que "não foram objeto de análise", outras sobre as quais ainda se faz necessária a "realização de diligências" e ainda aquelas sobre a "não obrigatoriedade de cobertura" pelos planos, "até o julgamento definitivo do presente agravo de instrumento".

CEEE-D pode sofrer intervenção federal a qualquer momento

A Associação dos Empregados da CEEE, AECEEE, acha que é iminente uma intervenção federal na distribuidora da Companhia Estadual de Energia Elétrica. A estatal não está cumprindo compromissos firmados e isto ocasionaria sanções para o controlador, no caso o governo do RS. 

Bancada do PT quer presidência da CPI da Procempa para chegar até o prefeito Fortunati

Mauro Pinheiro, PT, será o presidente da CPI da Procempa. Ele quer chegar até o gabinete de Fortunati. 


O presidente da Câmara de Vereadores de Porto Alegre não terá muito o que fazer em relação aos pedidos de duas novas CPIs, porque o regimento interno não limita o número delas. Deste modo, os requerimentos de CPIs para Procempa e Bloco dos Pelados já estão com a Procuradoria para apontar a legalidade dos pedidos. Caso isto aconteça positivamente, o presidente terá que que levar os casos adiantes e pedir a cada bancada que indique o seu representante. Cada Partido terá cinco dias para fazer isto.

. Após compor a comissão, haverá uma reunião para decidir os cargos de presidente, que geralmente vai opara  quem propõe a CPI, mas não necessariamente;  vice-presidente e relatorm além de estabelecer cronologia do trabalho.

-  No caso da CPI da Procempa, a bancada do PT já avisou que o presidente será Mauro Pinheiro. O Partido já vazou para os jornalistas que seu desejo é buscar toda a verdade sobre a Procempa e chegar até o prefeito, revirando até mesmo a prestação de contas da última campanha eleitoral. O site www.zerohora.com.br desta terça-feira a tarde, informou o seguinte: "A suspeita de que quase meio milhão de reais pago pela Companhia de Processamento de Dados  (Procempa) para supostos serviços de marcenaria possa ter sido desviado para campanha eleitoral de 2012 é investigada pelo Ministério Público.Na tarde desta terça-feira, agentes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime organizado (Gaeco) cumpriram mandados de busca e apreensão na marcenaria e no escritório do contador da AMG, em Porto Alegre".

Zonas sombreadas sobre projeto Cais Mauá já provocam deserções de investidores. Saiba o que há por trás dos rumores sobre falta de dinheiro.

O consórcio que ganhou em 2010 o arrendamento da área do projeto Cais Mauá por 20 anos, parece cada vez mais enrolado em meio a dificuldades pela obtenção de dinheiro para tocar as obras e liberar todas as licenças finais de que precisa.

. Os empreendedores são grupos espanhóis, unidos a NSG Capital e ao grupo Bertin.

. A falta de dinheiro dos empreendedores é conhecida no mercado. A última tentativa conhecida deles é a proposta de capitalização pela via da criação de fundos imobiliários, através da subscrição de quotas de R$ 300 mil, mas a falta de obras deixa os investidores desconfiados.

. O novo presidente do consórcio, Ademir Schneider, ainda não tem calendário para tocar o empreendimento, cujas obras iniciais foram prometidas para junho e até agora não começaram.

. As notícias são de que os investimentos em recuperação das áreas dos armazéns, urbanização, construção de shopping center, hotéis, edifícios de escritórios e estacionamentos, seriam de R$ 700 milhões.

. Empreendedores que chegaram a reservar espaços na área já desistiram do negócio, como é o caso do grupo Vonpar, que implementaria ali numa fábrica de demonstração da Coca Cola. 

Entrevista, Frederico Antunes - Governo sofre derrota inédita e Imposto de Fronteira cai na Comissão de Constituição e Justiça da Assembléia

Frederico Antunes, deputado estadual, PP do RS

Como foi a votação da sua proposta que elimina a cobrança suplementar de 5% nas compras de produtos de outros Estados por parte do varejo do RS?
Vencemos por 8 x 3. Foi esmagadora a vitória. O parecer do deputado Giovani Feltes foi aprovado sem alteração.

E o governo, que queria manter esse chamado Imposto da Fronteira?
Ele lotou a casa com gente da Casa Civil e da secretaria da Fazenda. O deputado Raul Pont, PT, pediu vistas do material, esta manhã, tentando empurrar a votação para mais adiante, mas não se deu conta de artigo do regimento interno que nos casos de atos normativos a proposta deve ser devolvida duas horas depois para nova votação. Foi o que fizemos.

Vocês são minoria na Assembléia, 23 em 55. Como votou a base?
Os deputados Bassegio, PDT, Schuch, PSB, e Santini, PTB, disseram claramente que o governo estava demorando demais para beneficiar os micro e pequenos comerciantes varejistas e que ficariam com eles.

E agora?
Agora o presidente encaminhará proposta de decreto legislativo para que o plenário derrube a medida restritiva imposta pelo governo estadual, porque ela diminui a competitividade do nosso comércio e com isto elimina empresas, empregos e riquezas no nosso Estado.

Artigo – A esquerda antediluviana e a luta destemida contra o progresso de Porto Alegre.

O autor do artigo, Roberto Rosen, acha que Porto Alegre não consegue se livrar do Período Jurássico. 


Eu dizia que  crônica cômica ou trágica sobre Porto Alegre é farta. O projeto do Cais Mauá (leia abaixo nota sobre o desalento da Vonpar) foi sempre boicotado pela esquerda de tipo antediluviano que temos em Porto Alegre, espécimes raros a serem examinados em museus de ciência natural, tais suas peculiaridades  exóticas já desaparecidas.Uma mistura de positivismo do século 19 em Augusto Comte com suas fases positivas ditatoriais do bem comum junto com Borges de Medeiros, combinado ao stalinismo truculento despótico oriental, organizado de forma otimista no partido salvacionista, ainda associados ao messianismo jesuítico eclesial fervorosamente anti capitalista do início do século passado. 

. Esta unidade monolítica foi responsável pela quebra do relógio dos 500 anos em volta do Gasômetro, pela constante ameaça à RBS, por invasões seguidas a propriedades na cidade, pela destruição do boneco da Copa, e mais recentemente, pela invasão e ocupação da Câmara dos Vereadores e uma aliança inédita entre moralistas vitorianos do PT positivista, borgista, stalinista e jesuita, com o terrorismo nudista de origem em Wilhelm Reich , que foi pensador psicanalista esquizofrênico, inspirador do PSol, Bloco de Lutas e outros. 

. É claro que todos eles contam com adesão muito interessada do terrorismo ambientalista, que propugna teses ecologistas conservacionistas atrasadíssimas, inerciais, do século 19.O objetivo todo da canalha unida (que é minoria insignificante, mas tem influência sobre o PT e sobre representantes políticos, numa cidade que se tornou insignificante) é destruir qualquer investimento em Porto Alegre. 

CLIQUE AQUI para ler mais.

Dólar se acalma, mas volatilidade persiste com indefinições do governo

- Em plena campanha eleitoral antecipada, Dilma deixa de governar o governo e com isto a economia começa a balançar ainda mais do que já balançava.

Os mercados financeiros domésticos até ensaiam uma melhora nesta terça-feira, mas a persistente incerteza com relação à condução da política econômica pelo governo mantém uma boa dose de cautela entre os agentes. É o que escreve o site do jornal Valor. Saiba mais:

Após seis dias consecutivos de alta, o dólar finalmente passa por um ajuste de baixa, chegando a ser cotado abaixo de R$ 2,40. Parte desse movimento vem do exterior, onde divisas emergentes se recuperam, mas também decorre de mais um dia de intervenções do Banco Central (BC). Os ruídos em torno da possibilidade de o governo adotar medidas mais agressivas para conter a disparada do dólar seguem aumentando o desconforto dos agentes, o que mantém a moeda americana longe das mínimas do dia.

- “O que está deixando o mercado nervoso é essa falta de articulação do governo”, diz o gerente de derivativos cambiais da CGD Investimentos, Jayro Rezende.

Serra venceria qualquer candidato no Paraná. Dilma e Marina ficariam em segundo, em virtual empate técnico.

Pesquisa de hoje, publicada no jornal Gazeta do Povo, oferece os seguintes resultados para o Paraná, Estado governado por Beto Richa, PSDB, que também lidera todas as pesquisas de intenções de votos:

Cenário 1
Serra, 29%
Dilma, 25%
Marina, 21%
Aécio, 9%
Eduardo Campos, 3%

Cenário 2, sem Aécio
Serra, 34%
Dilma, 24%
Marina, 23%
Eduardo Campos, 4%

O diretor-presidente da Paraná Pesquisas, Murilo Hidalgo, disse que a popularidade de Dilma caiu cerca de 30 pontos no estado.

212 planos de saúde foram suspensos em todo o Brasil. Veja se seu plano está na lista.

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) anunciou a suspensão, por três meses, da venda de 212 planos de saúde de 21 operadoras, a partir do dia 23. A punição ocorre por descumprimento de prazos e negativa de cobertura. Com o anúncio de hoje, um total de 246 planos de saúde de 26 operadores estão suspensos.

CLIQUE AQUI para conferir a lista.

SC já não contrata mais nada de gás boliviano. Crise se avizinha de todo o Sul. Petrobrás não abre a boca.

A empresa de gás estadual de Santa Catarina (SCGÁS) já não aceita mais contratos, mas no RS a Sulgás ainda dispõe de algumas quotas. O material a seguir é do jornal Diário Catarinense de hoje, é atualíssimo e bem informado, inclusive com dados sobre a reunião dos governadores do Sul e do Mato Grosso, reunidos ontem em Florianópolis. Leia tudo com atenção:

Está faltando gás natural para as indústrias de Santa Catarina. A SCGÁS, distribuidora do combustível no Estado, teve que negar o fornecimento imediato para 60 empresas, entre elas a General Motors (GM), em Joinville; a Bunge Alimentos, em Gaspar; e a Klabin, de Lages. E se já está difícil agora suprir a demanda do setor produtivo do Estado, a previsão é que daqui a seis anos, em 2019, as indústrias precisem de 2,9 milhões de metros cúbicos ao dia, 45% a mais do que o previsto em contrato pela Petrobras até a data.

— Não podemos ficar indefinidos nessa situação. A Petrobras precisa assegurar um suprimento adicional para que possamos ampliar nossos contratos com as empresas — defendeu o presidente da SCGÁS, Cósme Polêse, que cobra também equidade na questão tarifária, pois o gás importado da Bolívia está cerca de 20% acima do preço do gás nacional.

. A relação entre oferta e demanda é ainda mais discrepante para a região do Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul), que reúne os Estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul, todos abastecidos somente pelo Gasoduto Bolívia-Brasil (Gasbol).

. O governador Raimundo Colombo, presidente do Codesul; o governador do RS, Tarso Genro; e os vice-governadores do PR, Flávio José Arns; e do MS, Simone Tebet; assinaram ontem um ofício pedindo à Petrobras para que envie os estudos e projetos sobre a necessidade de ampliação do fornecimento na região. De acordo com a Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), 224 indústrias do Estado são dependentes do gás natural. O diretor da entidade, Henry Quaresma, destacou que o uso do combustível faz muita diferença, por causa do preço, para os setores que consomem energia de forma intensiva.
Segundo estimativas da Fiesc, caso o fornecimento de gás natural continue no mesmo patamar no Estado, os setores cerâmico e químico vão deixar de crescer 50% até 2020. Os setores têxtil e de siderurgia e metalurgia, 25% e os de papel-celulose, alimentos e bebidas, 10%.

CLIQUE AQUI para saber mais.

91% dos leitores são contra a criação do Conselho Estadual de Comunicação

Nesta quinta-feira, 23h, a TV Assembléia, RS, transmitirá o seu programa “Democracia”, Canal 16 da NET ou no site www.al.rs.gov.br, desta vez enfocando diretamente uma discussão sobre o projeto do governo gaúcho do PT, que quer criar o Conselho Estadual de Comunicação. O programa também discutiu a retomada das discussões sobre a lei de imprensa e o projeto que volta a exigir a obrigatoriedade de diploma para trabalhar como jornalista no Brasil.

. O mediador do programa será o jornalista Batista Filho.

. O editor foi convidado para o debate com a jornalista Vera Spolidoro, ex-secretária de Comunicação de Tarso Genro, e o presidente do Sindicato dos Jornalistas do RS.

. Sobre o projeto do Conselho, esta página disponibilizou enquete, ontem, que resultou numa condenação total (91%) do projeto:

A imprensa deve ser controlada por Conselhos Estaduais e Nacional de Comunicação?
Sim , 5%
Não 62, 91%
Em termos, 2%

Este homem criou o Shopping Brasil, toca o Informa Brasil e se prepara para desafiar uma nova cadeia de montanhas.

José Antonio Resende, o criador do Shopping Brasil, vendido há três anos para o grupo alemão IRF, fala nesta entrevista de 60 minutos para o programa “Cenários”, apresentado semanalmente pelos sites www.leandrostormer.com.br e www.polibiobraga.com.br

 . O empreendedor gaúcho, atualmente membro do Conselho do Shopping Brasil e dono do Informa Brasil, conta como é importantíssimo pesquisar, minerar e sistematizar preços para poder disputar com sucesso no mercado e poder avançar. É exatamente o que faz a Shopping Brasil, que tem entre seus clientes 99% das grandes redes de lojas e supermercados do Brasil.

 . Ele também revela um lado pouco conhecido da sua vida pessoal, que é a paixão pelo alpinismo, que já o levou ao Everest e às grandes montanhas da Ásia, Europa e América.

. Está tudo no vídeo a seguir.

 . Stormer, analista financeiro e diretor da Leandro & Stormer, participa da entrevista.

 

Tarso exagera na posse de Muller na Asdep: "Polícia e Brigada garantem o estado democrático de direito e são exemplos no Brasil"

O governador Tarso Genro, RS, não se emenda mesmo quando se trata de produzir declarações grandiloquentes, superiores ao tamanho do seu próprio ego, como se depreende desta frase que produziu nesta segunda-feira, durante a concorridíssima posse do novo presidente da Associação de Delegados de Polícia do RS, Asdep, o ex-deputado Wilson Muller:

- A Polícia Civil e a Brigada Militar são as garantias do estado democrático de direito no RS, e por isto são objeto de admiração de todo o Brasil.

. Modesto, apesar de tudo, Tarso Genro não repetiu o mantra que costuma usar quando não consegue conter manifestações do gênero quando refere-se a si mesmo, ao que pensa e ao seu governo, que é a de repetir a estrofe seguinte do Hino Riograndense:
- Que sirvam nossas façanhas de exemplo para o mundo.

- O presidente da Asdep, Wilson Muller, referiu-se de modo extremamente elogioso ao modo como ele e sua categoria são tratados pelo governo Tarso Genro, “claro como a luz do sol”.

CLIQUE AQUI para rever e ouvir de novo jingle da campanha de Tarso, cujo refrão é: "Rio Grande do Sul, do Brasil e do mundo, com Tarso governador".

Guilherme Villela já descansa em casa

O ex-prefeito e atual vereador do PP, Guilherme Villela, já está em casa descansando. Ele esteve hospitalizado no Moinhos de Vento durante duas semanas.

Fundação Tarso Dutra, RS, lança "Revista Horizonte"

Já está circulando a edição de estréia da Revista Horizonte, editada pela Fundação Tarso Dutra, PP do RS. O editor almoçou nesta terça-feira com o novo presidente da Fundação, Marcus Vinicius  Vieira de Almeida, advogado militante, 30 anos, que ao final de 2012 concluiu seu segundo mandato como prefeito da pequena cidade de Sentinela do Sul, ao lado de Camaquã. Ele foi eleito pela primeira vez com apenas 21 anos.

. A revista, produzida pela Critério, editora do jornalista Cleber Benvegnú, tem 92 páginas. Ele assina um dos artigos, “Ideologia: ainda existe?”.

. O ex-prefeito Vieira de Almeida é candidato a deputado estadual pelo PP.

Governo gaúcho manobra para dar a Horn novo mandato de presidente do BRDE

O governo gaúcho do PT começou a trabalhar pela reeleição de Carlos Hen rique Horn para a presidência do BRDE, mas enfrenta obstáculos junto aos governos do Paraná, PSDB, e Santa Catarina, PSD, porque o sistema de rodízio seria rompido no ano vital das eleições de 2014.

. Horn acaba de ser reeleito  por unanimidade para a presidência da Associação Brasileira de Instit6uições Financeiras de Desenvolvimento.

Recriar a Sudesul pode até ser elogiável, mas é inútil

É elogiável o esforço dos governadores do Sul, reunidos ontem em Florianópolis, ao ordenar ao BRDE que apresente em 30 dias uma proposta para que o governo federal recrie a Sudesul.

. Mas é inútil.

. A Sudesul nasceria apenas como um Frankenstein fora de época. 

Demora no começo das obras e eco-chatos faz Vonpar rever projeto no Cais Mauá


O grupo Vonpar vai reavaliar a implantação do empreendimento que anunciou para o Cais Mauá, dentro do prometido projeto de revitalização da região portuária da Capital gaúcha. Segundo o jornal do Comércio, o presidente da companhia, Ricardo Vontobel, alegou ontem que a demora no começo da reforma dos armazéns, primeira fase do projeto sob responsabilidade do consórcio Porto Cais Mauá do Brasil (PCMB) inviabiliza a conclusão do equipamento de lazer cujo alvo seria a visibilidade e o fluxo de visitantes da Copa do Mundo de 2014.

. O tipo de instalação, que chegou a ser cogitada como uma mini-fábrica da Coca-Cola ocuparia uma das edificações históricas. A possibilidade de implantar após o Mundial dependerá de reexame do projeto, revelou o empresário.

. O grupo não chegou a revelar o valor do investimento. Vontobel disse que, faltando 10 meses para o Mundial, dificilmente daria tempo para aprontar a atração. O executivo esta queixoso da patrulha que o grupo vem tendo principalmente nas redes sociais sobre "privatizar locais públicos".

- A minoria que representa os grupos de extrema-esquerda (eco-chatos) do PSTU, PSOL e PCdoB estão em alta na mídia gaúcha que dá maior importância do que realmente eles valem. Esse grupo representa menos de 5% dos porto-alegrenses, que em sua grande maioria, visto pesquisas anteriores já realizadas sobre o Cais Mauá, revitalização do Araújo Vianna e ampliação da Beira-Rio, é totalmente a favor de uma Porto Alegre mais moderna e atraente para se viver.

Divulgada lista de patronáveis da 59ª Feira do Livro de Porto Alegre

 Foi divulgada nesta terça-feira a lista dos dez candidatos a patrono da 59ª edição da Feira do Livro de Porto Alegre. O nome do escolhido deverá ser conhecido no início do mês de setembro.

. Um dos maiores eventos literários do Rio Grande do Sul será realizado entre os dias 1º e 17 de novembro de 2013.

Os dez candidatos a patrono da Feira do Livro 2013 são os seguintes: 

- Airton Ortiz, Caio Riter, Celso Gutfreind, Cíntia Moscovich, Claudia Tajes, Fabrício Carpinejar, David Coimbra, Maria Carpi, Luís Augusto Fischer e Francisco Pereira Rodrigues. 

Senado livra 2.281 servidores de bater o ponto

No Senado, um seleto grupo de 2.281 servidores — o equivalente a 34% do total — está dispensado de bater o ponto eletrônico, utilizado para verificar a assiduidade e a presença dos funcionários.

. Embora a prática não seja ilegal, órgãos de controle, o Ministério Público, entidades de combate à corrupção e especialistas em gastos públicos asseguram que a regalia favorece a abertura de brechas para irregularidades, como a existência de empregados fantasmas. A liberação é mais frequente nos gabinetes. Dos mais de 2,2 mil servidores sem a obrigação de bater ponto, 90% estão lotados nos escritórios dos senadores, seja em Brasília ou nos estados.

. O ponto eletrônico foi instituído no Senado em 1º de abril de 2011, após o escândalo que revelou o pagamento de R$ 6,2 milhões em horas extras para 3.883 funcionários, entre janeiro e fevereiro de 2010, durante o recesso parlamentar.

Dilma anuncia mais verba para reduto do PT

Em sua quarta viagem ao Estado de São Paulo em 20 dias, a presidente Dilma anunciou ontem a destinação de R$ 2,1 bilhões para obras no ABC, reduto petista na região metropolitana.

. A promessa de recursos ocorre em um momento em que Dilma busca recuperar a popularidade perdida após os protestos de junho e o PSDB, que governa São Paulo há quase 20 anos, enfrenta desgaste devido às denúncias de cartel em licitações do trem e do metrô.

. Dilma já havia destinado, no dia 31 de julho, R$ 8 bilhões do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) para a capital paulista, administrada por Fernando Haddad (PT), um dos principais alvos das manifestações.

MP denuncia oito bombeiros por incêndio na Kiss

O Ministério Público acolheu ontem a denúncia formulada pela Brigada Militar e denunciou oito bombeiros pelo incêndio na boate Kiss, em Santa Maria (RS). Os denunciados irão responder a processo na Justiça Militar de Santa Maria. Nenhum dos denunciados, entretanto, vai responder como responsável pelas 242 mortes.

. O MP denunciou o tenente-coronel Moisés da Silva Fuchs, ex-comandante do 4º Comando Regional de Bombeiros de Santa Maria, o tenente-coronel Daniel da Silva Adriano, e o capitão Alex da Rocha Camillo, que foram chefes da Seção de Prevenção a Incêndios. Os três oficiais foram enquadrados no artigo 312 do Código Penal Militar (inserir declaração falsa com o fim de alterar a verdade em documento público).

. Pela interpretação do MP, os oficiais fizeram constar no alvará de liberação da boate em 2009 que os sistemas de prevenção e proteção contra incêndio do estabelecimento foram inspecionados e aprovados “de acordo com a legislação vigente”. 

Projeto dá a médicos direito à ‘objeção de consciência’

Em reação à lei sancionada pela presidente Dilma que prevê atendimento à mulher vítima de estupro na rede pública, um grupo de deputados religiosos quer aprovar com urgência projeto que prevê o direito à “objeção de consciência”. Pelo texto, um profissional pode alegar que um determinado ato contraria suas convicções morais, éticas e religiosas e, assim, pode se recusar a executá-lo.

. Esses parlamentares se agarram a essa proposta para dar o respaldo legal a algum médico que, por questão religiosa, se negar a fazer aborto em mulheres vítimas de estupro ou até mesmo a prescrever a pílula do dia seguinte a essa paciente, como está na nova lei.

Dilma vai hoje à toca de Aécio para cutucá-lo com vara curta. É a campanha eleitoral antecipada em pleno andamento.

A presidente Dilma Rousseff resolveu cutucar Aécio na própria toca numa provocação inédita, porque ela está de volta a Minas Gerais, para o desconforto do senador mineiro e adversário na disputa pela Presidência em 2014. Hoje, Dilma irá a São João del-Rei, berço da família Neves. Leia mais o que informa sobre isto o site www.brasil247.com.br:

. Nas próximas semanas, o Planalto sinaliza que a petista pode ir a mais duas cidades do reduto tucano: Patos de Minas e Belo Horizonte.

. Após passagem por Varginha, há duas semanas, Aécio não poupou críticas à presidente: "Dilma volta a Minas para anunciar de novo as mesmas promessas e tentar transferir para terceiros responsabilidades que são exclusivamente do seu governo". Na ocasião, Dilma prometeu obras reivindicadas no Estado e cobrou os projetos do governo tucano de Antonio Anastasia. Ela disse que as obras serão realizadas pelo governo assim que os projetos do metrô e da duplicação de um trecho do anel rodoviário de Belo Horizonte forem entregues.

. Hoje, em São João del-Rei, presidente vai lançar oficialmente o PAC Cidades Históricas, anunciado em 2009. O programa, de R$ 1,3 bilhão, envolve 44 cidades de 20 Estados – sete em Minas, sendo apenas uma do PT. A solenidade será na avenida que leva o nome de Tancredo Neves (1910-1985), avô de Aécio.

. Segundo a Folha, o presidente do PSDB-MG, deputado federal Marcus Pestana, disse ser "evidente que há um movimento eleitoral". Segundo ele, o PT "está de olho em Aécio, o adversário que mais o preocupa".

JP Morgan diz que Eduardo Campos, o candidato do "continuísmo sem continuista", será o principal adversário de Dilma

Eduardo Campos será o grande adversário de Dilma Rousseff. É o que aposta o JP Morgan, um do principais bancos de investimentos do mundo. Em relatório sobre as eleições presidenciais de 2014, ele diz que a economia pode fragilizar a candidatura de Dilma Rousseff (PT), que Marina Silva (Rede) não deve decolar, que Aécio Neves (PSDB) deve enfrentar problemas e que Eduardo Campos (PSB) tem boas chances para crescer.

-  Dilma, o banco aponta cenário muito diverso do que a elegeu em 2010. "A performance do PIB nos dois primeiros anos de governo Dilma será provavelmente a pior em uma década. O que até recentemente era um mercado de trabalho pressionado, agora tende a ser mais flexível, com redução da criação de empregos e possível fins dos ganhos reais nos salários."No entanto, afirma que Dilma é uma candidata forte, principalmente pela força do PT, e deve se estabilizar em 35% dos votos.

- Marina, avalia que seu bom posicionamento nas atuais pesquisas decorre da lembrança de 2010 e de ser beneficiária dos protestos. Mas vê dificuldades por não ter estrutura partidária para competir e para formar coalizão. O banco deixa claro ainda sua preocupação quanto a suas dificuldades para lidar com interesses políticos, especialmente no Congresso.

- Aécio, destaca seu governo bem avaliado em Minas Gerais, mas diz que sua vida social pode atrapalhar sua campanha. "Ele sempre aparece em fotos de paparazzi em festas disputadas. Muitos acreditam que isso pode trabalhar contra ele durante a campanha".


CLIQUE AQUI para ler mais análises do JP Morgan. O material acima e do linck, inclusive textos, são do site www.brasil247.com.br desta manhã.

Este homem criou o Shopping Brasil, toca o Informa Brasil e se prepara para desafiar uma nova cadeia de montanhas.

José Antonio Resende, o criador do Shopping Brasil, vendido há três anos para o grupo alemão IRF, fala nesta entrevista de 60 minutos para o programa “Cenários”, apresentado semanalmente pelos sites www.leandrostormer.com.br e www.polibiobraga.com.br

 . O empreendedor gaúcho, atualmente membro do Conselho do Shopping Brasil e dono do Informa Brasil, conta como é importantíssimo pesquisar, minerar e sistematizar preços para poder disputar com sucesso no mercado e poder avançar. É exatamente o que faz a Shopping Brasil, que tem entre seus clientes 99% das grandes redes de lojas e supermercados do Brasil.

 . Ele também revela um lado pouco conhecido da sua vida pessoal, que é a paixão pelo alpinismo, que já o levou ao Everest e às grandes montanhas da Ásia, Europa e América.

. Está tudo no vídeo a seguir.

 . Stormer, analista financeiro e diretor da Leandro & Stormer, participa da entrevista.

 

Artigo - Jogando golfe nas ruas esburacadas de Alvorada, RS

Alvorada, 90 mil habitantes, 10 minutos de Porto Alegre, saiu das mãos do PTB e foram para as mãos do PT. Trata-se de uma cidade muito, mas muito pobre. É dormitório de quem trabalha em Porto Alegre. A nota a seguir é de um leitor, Deivid Morais, e demonstra com bom humor como é que funciona a engrenagem política. Esta história sobre jogos de golfe nas vias públicas esburacadas é exemplar. Vale a pena ler.

Há cerca de dois anos, o então vereador professor Serginho, então oposição, fez estampar na mídia uma notícia de um campeonato de golfe organizado por ele e por seus assessores, realizado nos buracos das ruas da cidade, como forma de chamar a atenção da mídia para o problema.
A manifestação deu certo e realmente chamou atenção, saindo na mídia de todo o Estado.
Louvável a atitude mediante o grave problema de nossas ruas.
. Agora, como prefeito, parece que o professor sofreu uma crise de amnésia, esquecendo de tudo aquilo pelo qual lutou. A cidade está abandonada. Não está acontecendo nenhuma manutenção das vias. Nem sequer voltou o famoso tapa-buracos, que se não resolvem o problema, ao menos ameniza.
Acontece que os moradores de vários bairros da cidade estão indignados, principalmente porque se sentem usados, já que o então vereador usou os buracos para tirar fotos e como promessa de campanha que iria resolver o problema, que agora, desta vez um movimento popular de verdade, está fazendo o prefeito provar de seu próprio veneno, utilizando o mesmo expediente do jogo de golfe.
Mas, parece que desta vez o agora prefeito, não gostou da brincadeira.

Dê uma olhada neste link, de quanto o prefeito era vereador e jogada suas partidas de golfe pela cidade. CLIQUE AQUI. 
E esse é o link do facebook, onde agora os moradores estão protestando.

. O único propósito deste desabafo é que os problemas de Alvorada mereçam atenção de seus governos, não apenas servir de palanque eleitoral.

Congresso analisa 137 vetos. Farra de vetos "congelados" vai acabar.

Desde as manifestações de junho, os congressistas não apenas aprovaram rapidamente novas leis que contemplam demandas colocadas nas ruas, como também buscaram introduzir mudanças legais para reassumirem prerrogativas próprias do Poder Legislativa, usurpadas ilegal ou apenas espertamente pelo Poder Executivo. O caso do orçamento impositivo não é isolado, mas mostra a nova disposição de deputados e senadores. 

. O site www.veja.com.br de hoje, informa que em prosseguimento a essa escalada de autonomia, o Congresso Nacional realiza nesta terça-feira a primeira sessão conjunta para análise de vetos presidenciais desde a aprovação, em 11 de julho, da resolução que estabelece prazo de trinta dias para votação dos vetos publicados a partir de 1º de julho deste ano. Até agora, a pauta do Congresso registra 137 dispositivos vetados, referentes a onze projetos de lei, segundo a Agência Senado. Leia mais:
Para evitar acúmulos, a resolução aprovada estabelece que, caso o prazo não seja cumprido, a pauta do Congresso fique"trancada", sem que haja nenhuma outra votação até a decisão sobre a manutenção ou não dos vetos presidenciais.

. Estão com o prazo de votação "expirado" matérias que causam impasse entre o governo e o Congresso – cuja relação têm sido tensa nos últimos meses. Um dos temas que promete ser uma prova de fogo para a presidente Dilma Rousseff é a manutenção dos vetos à proposta que extinguiu o pagamento da multa adicional de 10% do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) devida pelos empregadores à União em caso de demissão sem justa causa. Entre as alternativas estudadas está um escalonamento da eliminação desse porcentual nos próximos quatro anos.

Correio do Povo denuncia que governo Tarso Genro viola a Constituição ao não investir na saúde o que manda a Lei

O jornal Correio do Povo desta terça-feira adverte que a aplicação de 12% pelos Estados na área da saúde, previstos na Constituição desde 2012, continua sendo descumprida pelo governo gaúcho. Leia todo o texto da reportagem:

Cobrança constante nas manifestações populares, que tomaram as ruas do país em junho, o índice efetivamente aplicado na área pelo governo Tarso Genro em 2012, segundo o Conselho Estadual de Saúde, foi de apenas 6,55%. Para esse ano, apesar de a previsão orçamentária indicar a aplicação de 12%, o Conselho aponta que o índice efetivamente investido será de 9,9%. “No ano passado, em tese, não havia a obrigação dos 12%, mas o orçamento de 2013 é um desrespeito à Constituição. Não é verdade que o governo cumprirá os 12%”, apontou o presidente do Conselho, Paulo Humberto Gomes.

. No início deste mês, o Conselho rejeitou o Relatório Anual de Gestão da Secretaria Estadual de Saúde referente ao ano de 2012. A resolução aprovada acusa o Piratini de ter aplicado cerca de R$ 1,3 bilhão, enquanto que o repasse para cumprir a lei deveria chegar a, pelo menos, R$ 2,4 bilhão. A resolução foi encaminhada a vários órgãos, entre eles o Ministério Público, o Tribunal de Contas, a Assembleia e o Ministério da Saúde.

. “Encaminhamos a todos os órgãos para que tomem conhecimento do descumprimento da lei”, explicou Gomes.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Expoagas abriu esta manhã na Fiergs. Evento durará três dias.

Começou hoje a Expoagas 2013. É a principal feira brasileira de fornecedores de supermercados. O evento abriu as 9h, na Fiergs. Durante os três dias da feira, a Agas projeta vendas de R$ 330 milhões. No ano passado, visitaram a Expoagas algo como 39 mil visitantes e 4.780 empresas varejistas. Até ontem a noite, a organização já tinha 20 mil pré-inscritos. 

Saiba mais: www.agas.com.br

PMDB gaúcho reúne lideranças e decide que não decide nada sobre 2014

Na reunião que fez ontem a noite em Porto Alegre, o PMDB decidiu o seguinte:
- Não haverá decisão sobre candidatura a governador antes do final do ano.
- José Ivo Sartori não decidiu se será candidato ao Piratini.
- O senador Pedro Simon deixou claro que não decidiu ir para casa.

. O PMDB decidiu não decidir nada por enquanto.

. Vai esperar que o muro (a sucessão presidencial) mova-se em alguma direção.

Dirigentes do Trensurb e CAF já se visitavam antes da vitória Altson-CAF para fornecimento de 15 trens

O caso da compra de 15 trens por parte da estatal federal Trensurb, Porto Alegre, para completar o pacote de obras e serviços da extensão de 9,6 kms de São Leopoldo para Novo Hamburgo, foi colocado sob investigação do Ministério Público Federal e por isto novidades surgem a cada momento sobre a licitação e o contrato fechado com Alstom e CAF, ambas acusadas de integrar um mafioso cartel de fornecimento de trens, trilhos e demais equipamentos para governos federal e estaduais. 

. O contrato de fornecimento de trens para o Trensurb foi assinado no dia 26 de novembro do ano passado. O editor já mostrou fotos de Dilma e Tarso no ato. 

. O que tem interessado no caso é o modo como o edital inicial foi modificado para permitir a participação de consórcios, vetado inicialmente, além do fato de que só Alstom e CAF disputaram a licitação, sem concorrentes, levando a bolada de R$ 243 milhões. 

. No linck a seguir, é possível perceber dirigentes do Trensurb com diretores da CAF apenas quatro meses antes, em visita dos dirigentes gaúchos aos espanhóis, portanto bem antes da licitação ser concluída. 

CLIQUE AQUI para ver.

O sanguíneo ex-prefeito Sanchotene Felice poderá ser o candidato do PSDB ao Piratini

O ex-prefeito de Uruguaiana, Sanchotene Felice, começou articulações internas para sair candidato ao Piratini pelo PSDB. Ele tem o apoio da ex-governadora Yeda Crusius, mas que já avisou acompanhar a trajetória do companheiro apenas de longe..

. O tucano é marido da deputada Elizabeth Felice.

. Em Uruguaiana, cumpriu dois mandatos e reelegeu seu sucessor, Luiz Schneider, que era seu vice. O prefeito tem 77 anos, é um administrador público reconhecido (duas vezes deputado, secretário de Estado) mas é bastante sanguíneo, característica dos políticos de Uruguaiana, onde nasceu. 

CLIQUE AQUI para examinar o modo duro com que o prefeito costumava defender os interesses da cidade, quando sentia ameaças. O caso é sobre uma escola da comunidade que ameaçava fechar as portas se o prefeito não desse dinheiro.