Venda de unidade menor da Taurus para SudMetal gera crítica dura da Ernst & Young.

A venda de uma unidade de equipamentos industriais da Taurus para a Renill Participações, do grupo SüdMetal, tem gerado fortes dores de cabeça para o grupo Taurus, RS, conforme o editor tem registrado com frequência nesta página. Pois agora, segundo revela o repórter Leandro Souza, jornal Valor, a venda foi alvo de críticas por conta da firma de auditoria Ernst & Young (EY), que apontou "distorções relevantes e generalizadas" no negócio.Leia tudo:

Segundo matéria publicada pelo Valor, a transação rendeu uma baixa de R$ 57,8 milhões no balanço do segundo trimestre, além da "conclusão adversa" por conta do auditor contábil.

De acordo com a firma de auditoria, o problema tem a ver com a venda da Taurus Máquinas-Ferramenta, fechada em junho de 2012 por R$ 115,3 milhões. No entanto, em agosto deste ano, o comprador repactuou o contrato, reduzindo o valor pela metade, ficando em R$ 57,2 milhões, cujos números foram contabilizados no segundo semestre de 2013.De acordo com a EY, a Taurus deveria fazer a revisão um ano antes. "Os eventos que levaram a redução do valor original da venda se encontravam substancialmente presentes em 30 de junho de 2012 e a referida perda deveria ter sido reconhecida naquela data", destacou o auditor em seu parecer, conforme relata o Valor.Com isso, a EY decidiu não avalizar as demonstrações de resultados, os fluxos de caixa e as mutações do patrimônio líquido, assim como deu ressalvas ao balanço patrimonial, afirmando que a Taurus não tem previsões para perdas relativas aos R$ 54,4 milhões que ainda tem a receber da SüdMetal. 

A companhia encerrou o segundo trimestre com prejuízo de R$ 101,3 milhões, um revés considerável em relação ao lucro de R$ 9,5 milhões registrado um ano antes.

De acordo com o analista do Valor, opiniões adversas como esta são raras em balanços de companhias abertas. No caso da Taurus, empresa envolvida em níveis de governança e Nível 2 da BM&FBovespa, é ainda mais curioso. 

Presidente da Oi apresenta os investimentos da companhia no RS

O novo presidente da Oi, Zeinal Bava, apresentará nesta sexta-feira, em Porto Alegre, os investimentos que a companhia está realizando no Rio Grande do Sul para expandir e modernizar sua rede de telefonia móvel 2G, 3G e banda larga.

. Para este ano estão previstos R$ 287 milhões no Estado, o maior valor entre todas as operadoras de telecom.

. Zeinal falará às 11h30, em coletiva de imprensa no Clube Sogipa. Ele permanecerá no Estado até domingo. 

PMDB do RS faz convenções municipais neste sábado. Novos dirigentes decidirão rumos do pleito para o Piratini.

Neste sábado, 19, das 9h às 17h, o PMDB gaúcho realiza as suas Convenções Municipais em todo o Rio Grande do Sul. Serão eleitos os novos membros dos diretórios, executivas, delegados à Convenção Estadual, conselho fiscal e comissão de ética.

. Esses comandantes terão a missão de conduzir o processo eleitoral de 2014 nos seus municípios

Ufrgs caloteia Monitoria. Pro-reitoria alega falta de dinheiro, mas tem recursos para shows do Papas na Língua.

A Universidade Federal do Rio Grande do Sul acaba de dar um calote nos estudantes que trabalham na Monitoria Acadêmica. O pagamento de R$ 400  por 80h mensais de trabalho é para muitos a única fonte de renda, visto que os horários desorganizados da Universidade dificulta a realização de estágio ou trabalho formal.

. O pagamento deveria ter saído dia 5, mas está atrasado desde então. O Pro-Reitor de Graduação enviou mensagem eletrônica¹ para os quase 25 mil alunos da Ufrgs,  informando que não tem previsão de quando o pagamento será realizado. Segundo a informação a culpa é do MEC que não repassou as verbas.

. Acontece que o mesmo Pro-Reitor anuncia no site da pró-reitoria a realização de um show pop do Papas da Língua, dia 21, gratuito para alunos, professores e funcionários da Ufrgs. 

CLIQUE AQUI para examinar o convite. 

. Em grupo restrito do Facebook estudantes reclamam e começam a organizar a realização de atos de protesto.

Revista VOTO já está circulando com discussão sobre o papel da justiça nas eleições do ano que vem

Já está circulando a nova edição da revista VOTO. A reportagem de capa avisa que “Justiça bate às urnas das eleições”. A publicação tem caráter nacional e é editada em Porto Alegre pela jornalista Karim Miskulim.

. São 82 páginas.

. A revista é distribuída em poucas bancas, mas o trabalho de assinaturas de VOTO é permanente e consistente. Pedidos podem ser feitos através do e-mail assinaturas@revistavoto.com.br

. Para conhecer melhor a publicação, vale a pena navegar no site www.revistavoto.com.br

Greve dos petroleiros é geral em todo o País. Vai faltar gasolina, óleo e gás.

No meio desta tarde já era possível garantir que a greve dos petroleiros atinge todas as refinarias, terminais, plataformas, campos de produção e unidades operacionais da estatal, avaliou nesta quinta-feira a Federação Única dos Petroleiros (FUP), que reúne sindicatos. Os trabalhadores impõem o cancelamento do leilão de Libra para acabar com a greve.

. Como o leilão de Libra está marcado para o dia 21, a greve poderá perdurar até lá, o que significa que ocorrerá desabastecimento de gasolina, óleo e gás tão logo acabarem os estoques atuais. 

CLIQUE AQUI para ler entrevista completa sobre a participação chinesa no leilão de Libra. Eles serão os grandes vencedores da disputa, da qual se afastaram os maiores grupos petroleiros mundiais, já que não confiaram nas regras e não aceitam seus termos. O material é do jornal Valor de hoje. 

Pesquisa mostra vitória folgada de Aécio em Minas

Pesquisa do instituto MDA revela que a maioria dos mineiros prefere o senador do PSDB como presidente da República

Cenário com Campos
Aécio Neves, PSDB, 46,6%
Dilma Roussef, PT, 35,4%
Eduardo Campos, PSB, 6,6%

Cenário com Marina
Aécio, 43,8%
Dilma, 33,8%
Marina, 13,8%

Governo move Exército para garantir leilões de privatização de Libra

Campanha contra privatizações do governo do PT já é forte no País.

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão descartou hoje qualquer alteração na data do primeiro leilão de privatização do pré-sal, apesar dos protestos contrários que ocorrem em todo o País. Em Brasília, movimentos sociais exigem que o governo federal cancele a licitação, marcada para o dia 21, em ato em frente ao prédio da Petrobras.

. Exército reforçará segurança no local do leilão. Dilma avisou que não irá ao local. 

. Mais grave é a greve dos petroleiros em São Paulo, que atinge 18 plataformas na Bacia de Campo, e que poderá afetar o abastecimento de gasolina e diesel. 

Veja o comentário do editor: Grandes petroleiras internacionais e trabalhadores petroleiros trabalham contra o leilão de Libra

Ações da gaúcha Kepler Weber já subiram 133,8% este ano

A pedido do editor, Leandro & Stormer, Porto Alegre, produziu o gráfico ao lado, no qual é registrada a espetacular trajetória de valorização das ações  ordinárias da empresa gaúcha. Elas são negociadas sob o código KEPL3. O volume médio atual de negociação envolve R$ 1,5 milhão por dia. No ano, as ações já subiram 133,8%. Em outubro, até esta quinta-feira, a alta já tinha chegado a 18%.

A indústria gaúcha Kepler Weber, Panambi, RS, maior fabricante brasileira de silos e armazéns, está comemorando novos avanços de faturamento e lucro neste segundo semestre.

. A empresa informou nesta quinta-feira ao editor que fechou o primeiro semestre com receita líquida de R$ 248,3 milhões, contra R$ 161,2 milhões no ano passado. 

Má gestão - e não só sexo e corrupção - ameaçam interesses nos fundos de pensão

Ao lado, Luciane Hoepers, a musa dos fundos de pensão lesados.



Por trás do escândalo do desvio dos fundos municipais, orquestrado por modelos sedutoras como da foto ao lado, está um rombo de R$ 20 bilhões de reais, que cresce com a má gestão dos investimentos.

. No caso das recentes investigações da Polícia Federal, que constatou a pilhagem de R$ 50 milhões em fundos de prefeituras durante um ano e meio, e no qual operaram modelos como Luciane Hoepers (aí ao lado), houve de tudo, como sexo, corrupção e gestão temerária.

. O ministério da Previdência apurou que o problema é muito maior.

. Num só relatório recente, o ministério apurou 300 irregularidades em fundos de pensão de Estados e municípios. Com 175 bilhões sob gestão, os fundos estaduais e municipais atendem 9 milhões de investidores. Em, 20112, os fundos acumularam déficit de R$ 20 bilhões.

. O RS, segundo disse nesta quinta-feira o ex-presidente do IPE, Otomar Vivian, é o Estado que possui mais fundos de pensão municipais.

. O mais rumoroso problema conhecido no RS é o do Fundo de Pensão dos Municipários de Alvorada,  porque em 2004 a então prefeita Stela Farias investiu R$ 3 milhões no Banco Santos, embora já se soubesse que o banco iria quebrar. O PT era cliente do Santos.

. Fundos do Pará, Roraima e Rio Grande do Norte também sofreram perdas expressivas com bancos liquidados e estão na mira da Polícia Federal. O fundo de Alvorada nunca esteve na alça de mira da Polícia. Os policiais suspeitam que algumas decisões de investimentos só foram  tomadas porque os responsáveis pelo negócio receberam algum dinheiro em troca. 

Desde o início do ano Tribunal de Justiça cozinha apelação de Stela Farias, condenada em primeira instância, em Alvorada

Ao lado, Stela Farias, PT. A deputada considerava-se dona do fundo de pensão dos municipários de Alvorada. Condenada por má aplicação de R$ 3 milhões, ela recorreu ao TJE, mas continua com bens bloqueados. 



Dorme desde o início do ano no Tribunal de Justiça o recurso interposto pela deputada Stela Farias à condenação de que foi objeto no juízo singular do município de Alvorada, tudo porque na época em que foi prefeita de Alvorada, junho de 2004, aplicou R$ 3 milhões do fundo dos servidores municipais, Funsema, sem autorização para isto e junto a um banco sabidamente bichado, o Banco Santos, que quebrou.

A apelação ainda não foi julgada por nenhuma das Câmaras Civeis, porque houve erro na distribuição para a 2ª. Câmara, mas o Ministério Público já falou no processo e quer que o TJE mantenha as condenações.

. Se isto acontecer, Stela Farias irá para a Lei da Ficha Limpa e não poderá concorrer em 2014.

 . Eis as penas aplicadas pelo juiz singular de Alvorada, que recebeu do MPE respaldo no primeiro e no segundo graus:
-  Multa civil correspondente ao triplo da remuneração que ela percebia como prefeita.

. A deputada está com sua casa e com seu carro bloqueados por decisão judicial. 

Vanguarda do Atraso tenta desconstruir projeto de melhoria urbana da orla do Guaíba

Projeção de Lerner para a área. Ela fica a 5 minutos da zona mais central de Porto Alegre.


Com o apoio de vereadores do PSOL e do PT, o arquiteto Jayme Lerner foi desrespeitado e ofendido no plenário da Câmara de Porto Alegre.

. Tratava-se de um debate sobre o projeto de urbanização da orla do Guaíba, nas imediações do Gasômetro. 

. O IAB do RS, que questiona publicamente o projeto, foi incapaz de mover um só músculo para desagravar o colega e manteve suas críticas ao modo como a prefeitura escolheu Jayme Lerner. 

. Em função da baderna, o prefeito José Fortunati avisou aos vereadores - os mesmos que apoiaram a cassação branca dos mandatos dos colegas - que não mandará mais representantes às audiências públicas da Câmara.

. Na Câmara, corajosa, a vereadora Mônica Leal, PP,  apoiou a decisão do prefeito de não mandar mais representantes às audiências púbicas, uma vez que o ocorrido na segunda-feira foi um desrespeito muito grande ao convidado, o arquiteto Jaime Lerner. “Eu entendo e apoio a decisão do prefeito enquanto a baderna continuar”, falou Mônica. 

Saiba quem fez delação premiada no âmbito da Operação Rodin

O editor acompanhou de modo permanente todo o inquérito e depois o processo criminal que corre na Justiça Federal de Santa Maria, tudo relacionado com a chamada Operação Rodin.

. O assunto é o tema central de 5 capítulos do seu livro "Cabo de Guerra", cuja primeira edição de 2 mil exemplares está quase esgotada (apenas 150 exemplares estão estocados para vendas eventuais).

. É com base no que apurou e também no exame dos autos e conversas com advogados que o editor lista a seguir os nomes de três réus que constam no processo como tendo feito delações premiadas, finalmente admitida pelo juiz do caso:
Eduardo Redlich João, ex-funcionário da empresa de contabilidade Trevisan, Santa Maria
Lair Ferst
Silvestre Selhorst, ex-UFSM

. Dos três, apenas Silvestre Selhorst repeliu a inclusão do seu nome entre os beneficiários por delação premiada, alegando em juízo que a Polícia Federal e o MPF o incluíram no rol contra sua vontade. Na audiência pública, ele rejeitou qualquer benefício e negou ter passado informações que não são conhecidas dos demais réus e dos advogados. 

Petrobrás não suportará prejuízos pela contenção artificial dos preços da gasolina. Vem aí aumento de 5%.

Conforme informações da LCA Consultores, desde meados de 2010, a petrolífera incorre em prejuízo com os combustíveis. Contudo, os economistas da consultoria acreditam que um ajuste poderá ocorrer em breve, antes mesmo do leilão do pré-sal, marcado para o dia 21. No relatório que acaba de divulgar o Copom, o reajuste está escrito ali com todas as letras. 

. O prejuízo da companhia não se dá apenas na revenda interna a um preço inferior do que o pago pelo combustível importante, mesmo porque grande parte é produzida no Brasil, mas também no custo de oportunidade que impacta todo o volume comercializado pela companhia dentre do País. Isso porque, segundo a consultoria, "a empresa poderia estar faturando muito mais exportando ao invés de abastecer a nação".

. Os consultores estabeleceram um método de cálculo de defasagem, através da diferença do preço recebido pelo produtor/importador em reais, impostos e o preço internacional da gasolina. Examine o gráfico ao lado. No caso da Petrobras, destacam, o prejuízo com a comercialização do produto ocorre desde o final de 2010. Desde o início de 2012, os preços de gasolina e diesel pagos ao produtor são elevados mas, ainda assim, são insuficientes para até mesmo zerar a defasagem do preço dos combustíveis.

Presidente do PMDB já admite Simon para o Senado. No RS, PMDB faria aliança com Campos e PSB.

Depois da conversa que teve esta semana com o senador Pedro Simon, o presidente estadual do PMDB, Edson Brum, saiu convencido de que o líder gaúcho será mais uma vez candidato ao Senado.

. Simon tem 83 anos. Se for reeleito, terminará o novo mandato com 90 anos.

. Nesta quarta-feira em Brasília, o senador gaúcho participou de convenção do PSB, presentes Marina Silva e Eduardo Campos. A chapa do Partido teria Sartori como governador, Beto como vice, e Simon para o Senado. 

. Caso seja mesmo candidato, Pedro Simon gostaria de ter na aliança comandada pelo PMDB gaúcho os socialistas de Beto Albuquerque. Neste caso, o PMDB do RS ficaria com Eduardo Campos e não com Dilma. A posição de Simon é compartilhada pela base do Partido, mas líderes de vulto como Mendes filho e Eliseu Padilha já se comprometeram com a dupla Dilma-Temer. 

Dilma despreza americanos e compra R$ 2 bi em armas da Rússia

Na reportagem a seguir, Igor Gielow, Folha de S. Paulo, escreve hoje que o Brasil aprofundou sua cooperação militar com a Rússia ao fechar a compra de R$ 2 bilhões em baterias antiaéreas e admitiu participar da produção do caça de próxima geração que está sendo desenvolvido por Moscou. Leia tudo:

Segundo o ministro Celso Amorim (Defesa), nada impede a participação brasileira no projeto do Sukhoi T-50 (ilustração ao lado), caça que tem cinco protótipos voando e que servirá de base para um modelo a ser produzido em conjunto com a Índia.

Brasil e Rússia vão fazer grupo anti-espionagem
Amorim fez o comentário após reunião com seu colega Sergei Shoigu. Reafirmou que o processo para comprar caças de geração atual, o F-X2, segue com três concorrentes: o americano F/A-18, o francês Rafale e o sueco Gripen NG.
Os russos não fizeram ofertas formais de seu modelo atual, que ficou de fora do F-X2, o Sukhoi-35. Segundo a Folha apurou, contudo, a Força Aérea recebeu uma consulta informal para receber uma espécie de "combo".
O Sukhoi T-50, caça de quinta geração da Rússia
Pela oferta, o Brasil receberia Sukhoi-35 para substituir seus Mirage-2000 que serão aposentados neste ano enquanto o T-50 não atingir estágio operacional, o que deve ocorrer só após 2016. O novo caça só deverá ter produção comercial no fim da década.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

Senado aprova MP dos Mais Médicos. Governo retira poderes dos Conselhos Regionais de Medicina sobre médicos estrangeiros.

O plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira o Projeto de Lei de Conversão 26/2013, que trata da medida provisória que criou o Programa Mais Médicos, do governo federal. Os senadores mantiveram a mesma versão aprovada pela Câmara dos Deputados.

. A principal mudança está contida no artigo que retira dos Conselhos Regionais de Medicina a prerrogativa de validar os diplomas dos médicos estrangeiros. O Revalida não poderá ser aplicado sobre eles. Os registros serão autorizados pelo próprio governo.

- O deputado Jorge Pozzobom (leia entrevista a seguir) disse esta manhã ao editor que o artigo que trata do Revalida é inconstitucional. A exigência do Revalida pode ser regrado por lei estadual.

Entrevista, Jorge Pozzobom - Raul Pont perdeu o eixo e agride todo mundo na Assembléia

A sequência de fotos ao lado mostra o momento da agressão física do deputado Raul Pont contra a deputada Zilá Breitenbach, outubro de 2009. Falta Comissão de Ética para o líder do PT.


Deputado Jorge Pozzobom, PSDB do RS

O senhor debatia da tribuna, quarta-feira, seu projeto-de-lei 171/2013, que proíbe o exercício da medicina por parte dos intercambistas que não passarem no exame Revalida, do Conselho Regional de Medicina, quando o deputado do PT, Raul Pont, chamou-o de palhaço.
Ele falou desde o seu assento. Na mesma hora, pedi a suspensão da reunião e fui até ele exigir explicações. A segurança nos conteve. O deputado, velho e tarimbado político, deveria dar o exemplo e não dá.

O senhor pensou em agredi-lo?
Só fui exigir explicações, porque Pont já produziu ofensas graves contra mim e contra outros deputados. Sempre que alguém da oposição sobe na tribuna, ele fica no seu assento xingando e resmungando. Com a nossa deputada Zilá Breitenbach, ele tentou estapeá-la. Está tudo registrado.

Por que a segurança?
Não sei. Eu jamais infringiria o Estatuto do Idoso. Pont está se aposentando ano que vem e acha que nada mais pega contra ele. O deputado perdeu o eixo na Assembléia.

Sua proposta não é inconstitucional?
É só ler o artigo 24 e seus parágrafos da MP do”Mais Médicos”, um monstrengo jurídico apressado e demagógico, em vigor. O Revalida é atribuição dos Conselhos Regionais de Medicina. A Assembléia pode regrar o caso naquilo que é da sua competência. Além de tudo, os 42 médicos que já atuam no Estado não possuem tutor, conforme manda a lei. Mesmo na MP aprovada ontem pelo Senado, a fiscalização continuará com os CRMs e caberá a eles garantir ou impedir o exercício dos intercambistas. Esses médicos estrangeiros, sem Revalida, são um perigo para a população. Veja este caso de Tramandaí, cuja medicação prescrita pelo intercambista argentino poderia ter matado o paciente.