Venda de unidade menor da Taurus para SudMetal gera crítica dura da Ernst & Young.

A venda de uma unidade de equipamentos industriais da Taurus para a Renill Participações, do grupo SüdMetal, tem gerado fortes dores de cabeça para o grupo Taurus, RS, conforme o editor tem registrado com frequência nesta página. Pois agora, segundo revela o repórter Leandro Souza, jornal Valor, a venda foi alvo de críticas por conta da firma de auditoria Ernst & Young (EY), que apontou "distorções relevantes e generalizadas" no negócio.Leia tudo:

Segundo matéria publicada pelo Valor, a transação rendeu uma baixa de R$ 57,8 milhões no balanço do segundo trimestre, além da "conclusão adversa" por conta do auditor contábil.

De acordo com a firma de auditoria, o problema tem a ver com a venda da Taurus Máquinas-Ferramenta, fechada em junho de 2012 por R$ 115,3 milhões. No entanto, em agosto deste ano, o comprador repactuou o contrato, reduzindo o valor pela metade, ficando em R$ 57,2 milhões, cujos números foram contabilizados no segundo semestre de 2013.De acordo com a EY, a Taurus deveria fazer a revisão um ano antes. "Os eventos que levaram a redução do valor original da venda se encontravam substancialmente presentes em 30 de junho de 2012 e a referida perda deveria ter sido reconhecida naquela data", destacou o auditor em seu parecer, conforme relata o Valor.Com isso, a EY decidiu não avalizar as demonstrações de resultados, os fluxos de caixa e as mutações do patrimônio líquido, assim como deu ressalvas ao balanço patrimonial, afirmando que a Taurus não tem previsões para perdas relativas aos R$ 54,4 milhões que ainda tem a receber da SüdMetal. 

A companhia encerrou o segundo trimestre com prejuízo de R$ 101,3 milhões, um revés considerável em relação ao lucro de R$ 9,5 milhões registrado um ano antes.

De acordo com o analista do Valor, opiniões adversas como esta são raras em balanços de companhias abertas. No caso da Taurus, empresa envolvida em níveis de governança e Nível 2 da BM&FBovespa, é ainda mais curioso. 

8 comentários:

Anônimo disse...

TEm que ver quem é o cafetão neste negócio.

Anônimo disse...

Já trabalhei no controle de qualidade da Taurus em PoA no setor de revólveres, acreditem que não existia uma linha de montagem para esse tipo de arma, método de fabricação inventado no início do século passado. Cada funcionário da fabricação montava uma arma da sua maneira, isto é, os ajustes eram feitos artesanalmente, em vez de cada um ser "especialista" por uma parte do revólver. Por exemplo, de cada 100 revólveres só 20 eu conseguia aprovar, mesmo assim com muito esforço. Imagine só devolver 80%. Eram defeitos de todos tipos, um dos principais era o revólver emperrar. Só que, existia pressão para que a gente aprovasse o maior número possível.Eu não consegui aumentar a minha produtividade, pois não conseguia fazer vistas grossas para a quantidade de defeitos apresentados. Resumindo, claro que fui demitido em pouco tempo. Sendo assim, quando vocês virem ou ficarem sabendo de alguém que escapou da morte quando uma arma emperrou, acreditem que não foi obra de Deus, é bem provável que o revólver era Taurus.

Anônimo disse...

Sudmetal é sinônimo de picaretagem.

Anônimo disse...

essa empresa ai FABRICANTE DE ARMAS!! não eh aquela que doou dinheiro para campanha politica de uma certa ministra dos direitos dos manos?

seria mais ou menos como o tal caso do Rei da Espanha, que era presidente de honra da WWF - uma entidade mundial que defende animais - e foi pego em flagrante caçando elefantes na Africa...

coerência, te vejo em 2014...

Anônimo disse...

Südmetal e SM Metalúrgia(Antiga Taurus Máquinas) é apenas um laranja da própria família "taurus" para não pagar os empréstimos do BNDES e dar calote nos funcionários que permaneceram após a venda!

Anônimo disse...

Apreciem a notícia abaixo:
O Projeto Vento, do grupo Süd Metal, pretende instalar na cidade um polo metal mecânico abrindo vagas entre 1.500 a 2.000 vagas diretas de trabalho e outras 5.000 indiretas. Cerca de 80% da mão...(http://portal.cnm.org.br/003/00301009.asp?ttCD_CHAVE=141081), vão picaretear em Osório agora, já não basta Gravataí, Sapiranga, São Leopoldo...

Anônimo disse...

Quando o FDP do Conill vai ser preso ?
Cadeia pra ele seria pouco, deveria voltar a epoca da tortura.
Sugiro colocar ele dentro do forno da fundição ... bem, acho que nao vai dar certo, não tem luz pra ligar os fornos ! kkkk

Porque não investigam o dinheiro que ele tem no exterior ?
E o avião dele que está nos EUA e não traz pra cá pra não ser apreendido ?

Falta voltade de fazer justica nesse país !!

REVOLTANTE


Que Deus faça Justiça !!

Anônimo disse...

Oláaaa,

Será que mais uma vez o povo tem memória curta ?
Ninguem mais revoltado com a Sudmetal ? Todos já receberam os que lhes deviam ?

Acho que está faltando fazer protestos na frente do apartamento dele em POA ou em Brasília !!

Ou vamos deixar mais um FDP impune nesse país !!

Esse merecia virar mulherzinha num presídio !!