Ibope mostra que já é maior o número de brasileiros que desaprovam o governo Dilma Roussef

Segundo a pesquisa Ibope de hoje, pela primeira vez o índice dos brasileiros que desaprovam o governo Dilma Roussef superou o índice dos que aprovam:

48% - Desaprovam

47% - Aprovam

Dilma passa por reavaliação médica em SP

A presidente Dilma Rousseff se consultou nesta quinta com o médico Roberto Kalil Filho, em São Paulo. Ela passou por avaliações rotineiras de acompanhamento do tratamento contra um câncer linfático diagnosticado em 2009.

. Os médicos informaram que a presidente fez novas avaliações rotineiras cumprindo o quinto ano de acompanhamento clínico desde o início do seu tratamento contra um câncer

Ibope dá 37% para Dilma, que ainda venceria no primeiro turno

O Jornal da Band anunciou ainda há pouco a última pesquisa do Ibope. O número entre parênteses é a posição de março:

Dilma, 37% (40%)
Aécio, 14% (13%)
Eduardo Campos, PSB, 6% (6%)
Pastor Everaldo, PSC, 12% (3%)

. Dilma Roussef também perdeu posição nos ítens relacionados com a aprovação do seu governo. Bom e ótimo cravaram 34%, contra 36% na posição anterior. Segundo o Instituto Análise, presidente que em abril detém menos de 36% nos dois ítens somados, não ganha eleição.

Morreu Garcia Marques

A notícia foi passada à imprensa internacional pela família. Gabo, como era conhecido pelos parentes e amigos, tinha 87 anos.

. O livro do autor colombiano que fez mais sucesso foi "Cem anos de solidão". Ele foi Prêmio Nobel de Literatura.


Bolsa sobe, satisfeita porque Dilma teria caído em nova pesquisa do Ibope

Ibovespa amplia ganhos com possíveis rumores de que a nova edição da pesquisa eleitoral Ibope vazou e mostrou mais uma queda da presidente Dilma Rousseff na disputa, conforme apontou o analista-chefe da Geral Investimentos, Pedro Galdi.

. O Ibope ficou de divulgar a pesquisa daqui a pouco, as 18yh.


. Às 15h50 (horário de Brasília), o benchmark da bolsa brasileira acumulava ganhos de 1,38%, a 51.906 pontos, impulsionado pela aceleração dos ganhos da Petrobras (PETR3; PETR4), acompanhado por outras estatais e blue chips, que seguem os fortes ganhos dos setores elétrico e siderúrgico desta sessão.

Sedado, em cativeiro no final da vida, morreu Henry Maksoud

A segunda mulher, a enfermeira Georgina, 61 anos, manteria Maksoud sedado e em cativeiro. Ele tinha 84 anos e estava muito doente. 



Depois da denúncia pública feita pelo jornalista Claudio Tognolli, o mesmo que escreveu como ghost writter o livro de Tuma Júnior, o que se esperava eram boas notícias, porque pareceu intolerável para todos a informação revelada de que o antológico ex-proprietário da Hidroservice, do Hotel Macksoud e da revista Visão era mantido sedado em cativeiro.

. Mas a boa notícia não veio, porque nesta tarde de quinta-feira foi confirmado que Henry Maksoud morreu.

. Nas redes sociais, quem partilhou com o empresário seu ideário liberal, registrou o pesar pelo falecimento.
. Sobre a tragédia dos dias finais de Maksoud, leia o post do link a seguir para conhecer os detalhes.

CLIQUE AQUI para ler a denúncia de Tognolli, no texto de Ricardo Setti. A coluna é de ontem.


FHC é o grande eleitor de Aécio no RS, SC e Paraná

Os dados são do Instituto Paraná Pesquisas, de Murilo Hidalgo, Curitiba. Ele tabulou tudo em cima de entrevistas em SC, PR e RS. O texto a seguir é de Ricardo Setti, no seu blog do site www.veja.com.br

Saiu no Blog da Joice, da prestigiosa jornalista Joice Hasselmann, de Curitiba: o PSDB comemorou levantamento do instituto Paraná Pesquisas nos três Estados do Sul indicando que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso — “escondido” por candidatos em eleições passadas — é um grande eleitor no Sul do país.

. Segundo a pesquisa, o apoio de FHC ao presidenciável Aécio Neves aumentaria em 33,5% a vontade de votar no tucano no Paraná, em 37,9% em Santa Catarina e em 29,4% no Rio Grande do Sul.

. FHC, assim, chega a superar o “Grande Eleitor” Lula em dois Estados e empatar com ele no terceiro: no Paraná, o apoio de Lula a Dilma Rousseff poderia levar 30,9% dos paranaenses a votar na presidente, em Santa Catarina 36,8 dos eleitores e, no Rio Grande do Sul, 31% dos gaúchos. FHC já mostrara a força de seu apoio nas eleições de 2010 em São Paulo, onde o ex-presidente sempre manteve boa popularidade e seu apoio expresso e firme à candidatura do hoje senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB) no horário eleitoral foi considerado fator importante na vitória do tucano.

Grupo do PT recomenda envio do caso André Vargas à comissão de ética do próprio Partido

O PT já não sabe mais o que fazer para se livrar do deputado André Vargas, conforme se percebe pela reportagem a seguir, assinada por Fernando Gallo - O Estado de S. Paulo. No RS, o deputado Elvino Bohn Gass, da corrente xiita DS, chegou a declarar para os jornalsitas: "Ele já devia ter ido embora". Leia a matéria do Estadão:
 
O grupo composto por três integrantes do PT que ouviu as alegações do deputado André Vargas (PT-PR) na última sexta-feira recomendou à Executiva do partido o envio do caso à comissão de ética da sigla. A recomendação foi feita em breve relatório que narra as explicações de Vargas sobre seu envolvimento com o doleiro Alberto Youssef, preso pela Polícia Federal na Operação Lava Jato, que combate a lavagem de dinheiro.

. Na terça-feira, o presidente do PT, Rui Falcão, enviará o relatório com a sugestão dos três integrantes - Alberto Cantalice, Florisvaldo de Souza e Carlos Henrique Árabe - aos demais membros da Executiva, que decidirá sobre o encaminhamento à comissão de ética. Na própria terça, Falcão deverá decidir a data em que convocará o próximo encontro do colegiado.


. O PT pressiona Vargas a renunciar. Líderes petistas, como o próprio Falcão e o líder do partido na Câmara, deputado Vicentinho (PT-SP), têm defendido publicamente que o deputado paranaense abra mão do mandato para estancar a sangria pública a que o partido tem sido submetido.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

DEBATE SOBRE A LEI KISS
Aprovada no dia 27 de dezembro de 2013, a nova lei de prevenção contra incêndios, a chamada Lei Kiss, ainda gera dúvidas nos municípios quanto a sua aplicação.
Para debater este tema tão importante para a sociedade gaúcha, a Famurs realiza no dia 24 de abril, a partir das 9h, um seminário no auditório do Ministério Público, em Porto Alegre. A inscrição gratuita para o evento deve ser feita pelo site

"A imagem do Aécio está construída, a dificuldade é exportá-la", diz marqueteiro

O jornalista Marcos de Moura e Souza, que é da sucursal do jornal Valor em Belo Horizonte, ouviu o publicitário Paulo Vasconcelos, marqueteiro do senador Aécio Neves (PSDB-MG) em sua pré-campanha presidencial, que encerrou terça-feira a primeira fase de seu trabalho para o tucano. Ele finalizou o programa de dez minutos que irá ao ar em rádio e TV e que mostrará com mais detalhes a trajetória de Aécio. É o último programa do horário gratuito antes de a campanha na TV começar, em meados de agosto. A entrevista ajuda a entender melhor que tipo de estratégia o tucano terá que desenvolver para dobrar Dilma e Eduardo Campos. Leia:

. Vasconcelos tem uma longa ficha de trabalhos com tucanos mineiros. E foi o pai de Aécio, Aécio da Cunha, quem o chamou para se envolver para valer pela primeira vez com marketing político. Aos 26 anos, o publicitário coordenou a comunicação da campanha, derrotada, do então senador Itamar Franco ao governo de Minas. Cunha era candidato a vice.
Antes de montar sua agência, a Vitória Comunicação Institucional, com escritórios em Belo Horizonte e em São Paulo, Vasconcelos trabalhou, de 1990 e 1995 na que considera sua "grande escola de propaganda", a DNA Propaganda. Comprada por Marcos Valério em 1998, a agência caiu em desgraça quando mais tarde viu-se que virou peça de engrenagem do mensalão tucano e do mensalão petista.

. Nesta entrevista ao Valor - a primeira à imprensa desde que assumiu o cargo - Vasconcelos diz que o desafio central é ajudar Aécio a tornar-se conhecido nacionalmente e que a imagem que parte do eleitorado já tem dele é de alguém com o carisma de Lula e a eficiência de FHC. Esta é a segunda campanha presidencial de Paulo Vasconcelos. A primeira, em 19989, ele integrou a equipe que ajudou a catapultar, em poucos meses, o alagoano Fernando Collor de Melo dos 2% nas pesquisas para mais de 40% e para a vitória contra Lula.

, A seguir os principais trechos da entrevista que Vasconcelos concedeu na sede da sua agência, em Belo Horizonte:

Valor: Que imagem do candidato Aécio Neves você espera conseguir projetar para o país?
Paulo Vasconcelos: É muito comum você ter governantes no Brasil afora que tenham tido em seus Estados uma boa avaliação. Isso é normal. O que aconteceu com Aécio [que governou Minas entre 2003 e 2010] foi uma coisa fora da regra. Um sujeito que tinha mais de 50 pontos de ótimo e bom e que durante todos os sete anos e meio de governo a pior avaliação que ele deve ter tido foi de 88% e a melhor, acima de 92%. Se metade dessa imagem puder ser levada para a sociedade está bacana demais. Minas é um Brasil multifacetado. Portanto raramente o que dá certo aqui não dá certo fora daqui. A imagem a se construir do Aécio é nenhuma. A dificuldade é exportar essa imagem.
Valor: Que imagem é essa, a de bom gestor?

CLIQUE AQUI para ler tudo. A entrevista ocupa uma página do jornal. 


VBI confirma shopping center de R$ 120 milhões par Santa Maria

Custará R$ 120 milhões o shopping center que a VBI Real Estate construirá em Sant Maria, RS. A VBI confirmou nesta quinta-feira que o empreendimento terá 22 mil m2 de área bruta locável e quase 200 lojas.

. As obras começarão dentro de 980 dias e o shopping abrirá em outubro de 2015.


. A gestora, que fica em SP, administra recursos da ordem de US$ 1 bilhão. 

Acaba greve ilegal da Polícia Militar da Bahia

A Polícia Militar da Bahia (PMBA) encerrou a greve na tarde desta quinta-feira, 17. A decisão foi tomada pela categoria, que permanecia em assembleia no Wet'n Wild desde quarta, 16, e aprovou a negociação com o governo.

. A informação desta tarde é do site do jornal A Tarde, Salvador. 

A bravata insana de Dilma custou este estúpido aumento das tarifas de energia elétrica

Na sua coluna de hoje no site www.veja.com.br, Rodrigo Constantino fala sobre os estúpidos aumen tos das tarifas de energia elétrica em todo o País, inclusive RS (leia nota a seguir) e relembra esta bravata mentirosa e insana que foi feita pela presidente Dilma Roussef:

“Queridas brasileiras e queridos brasileiros,
Acabo de assinar o ato que coloca em vigor, a partir de amanhã, uma forte redução na conta de luz de todos os brasileiros. Além de estarmos antecipando a entrada em vigor das novas tarifas, estamos dando um índice de redução maior do que o previsto e já anunciado. A partir de agora, a conta de luz das famílias brasileiras vai ficar 18% mais barata.

É a primeira vez que isso ocorre no Brasil, mas não é a primeira vez que o nosso governo toma medidas para baixar o custo, ampliar o investimento, aumentar o emprego e garantir mais crescimento para o país e bem-estar para os brasileiros

CLIQUE AQUI para ler tudo e entender o racionio enviezado e demagógico da presidente. 

Livro "O RS tem saída ?" já está à venda na AGE

O livro do economista Darcy Francisco Carvalho dos Santos  -O RS tem Saída?já está disponível para venda, embora não tenha sido lançado e nem tenha data agendada para sessão de autógrafos.


. Os leitores que quiserem se antecipar, podem conversar com a editora AGE., 3223.9385. R$ 48,00 o exemplar.

Desemprego fica em 5% e tem melhor março da história

A taxa é a menor para o mês desde o início da série histórica iniciada em 2002, segundo a Pesquisa Mensal de Emprego (PME) divulgada pelo IBGE. Em fevereiro a taxa foi 5,1% e 5,7% em março de 2013.

DEBATE SOBRE A LEI KISS
Aprovada no dia 27 de dezembro de 2013, a nova lei de prevenção contra incêndios, a chamada Lei Kiss, ainda gera dúvidas nos municípios quanto a sua aplicação.
Para debater este tema tão importante para a sociedade gaúcha, a Famurs realiza no dia 24 de abril, a partir das 9h, um seminário no auditório do Ministério Público, em Porto Alegre. A inscrição gratuita para o evento deve ser feita pelo site

Entrevista, Pedro Pereira - Os governos do PT do RS são os que mais tungam dinheiro do Caixa Único

ENTREVISTA
Pedro Pereira, deputado do PSDB do RS

O senhor resolveu fazer uma análise sobre os saques no Caixa Único do governo do RS entre 1999 e 2013, compreendendo os governos Olívio Dutra, Rigotto, Yeda e Tarso. O que descobriu ?
Nos governos de Olívio Dutra e Tarso Genro, ambos do PT, foram sacados 65,4% do total de R$ 12,3 bilhões retirados do Caixa Único em 15 anos.

No que foi usado esse dinheiro ?
Esses recursos foram usados para diminuir o desequilíbrio entre receitas e despesas da máquina estatal. Na verdade, ele não foi canalizado para investimentos. Os governos petistas usam esses recursos para bancar seus gastos de custeio em gestão. Eles não se preocupam com o desperdício de dinheiro público.

Como é que foram os saques, governo por governo ?
Olívio, R$ 3,8 bilhões
Rigotto, R$ 2,2 bilhões
Ueda, R$ 1,9 bilhão
Tarso, R$ 4,1 bilhões
São valores corrigidos pelo IGP-DI.

Qual é o impacto disso sobre a vida do povo gaúcho ?

Enquanto o governo retira dinheiro do Caixa Único para bancar seus gastos, a população deixa de ser contemplada com serviços públicos de qualidade. A saúde está um caos, as rodovias estão se deteriorando e o cidadão está cada vez mais inseguro nas ruas. Isso é o reflexo da falta de investimentos, porque o dinheiro não vai pra investimento. 

Esta apresentação sobre a economia brasileira foi feita esta semana em Washington. O editor recomenda.

Carlos Márcio Cozendey, secretário de Relações Internacionais do ministério da Fazenda, fez esta semana a apresentação a seguir sobre cenários da economia brasileira, ao falar pasra o Petersen Institute for International Economics, Washington.

. O título da apresentação:

Brazil in the Global Economy: Where Does This Ship Go?

. O editor viu, analisou, e recomenda vivamente o exame do material, que representa a posição do governo brasileiro.

CLIQUE AQUI para ver e ouvir.

GETMAX 
Servidores de rede, storages, equipamentos de rede, backup, desktops, notebooks e softwares
A Getmax tem 17 anos de vida e é uma revenda corporativa do tipo VAR (Value-Added Reseller). Somos parceiros de empresas como HP, IBM, Cisco e Microsoft. Implementamos projetos e . Temos mais de 300 clientes ativos no RS, SC, PR e SP. Clientes como a Yara Fertilizantes, Eccosalva, Hyundai Elevadores, Aplub/Capemisa, Grupo Isdra, Rede Brasil Gestão de Ativos, Altus Sistemas de Automação, Competence Comunicação, Zanc Assessoria Nacional de Cobranças, Ufrgs, Uniritter, MGrupo, dentre outras.
Sede própria - Rua Dario Pederneiras 498, Petrópolis, Porto Alegre. Fone 3333.3059. E-mail: vendas@getmax.com.br

Campos pede tempo para Ana Amélia

O socialista Eduardo Campos pediu à senadora Ana Amélia que não decida nada sobre coligação nacional por enquanto. Ele avisou que não é certo que o PSB do RS ficará com José Ivo Sartori, PMDB.

. Junto com os socialistas, irá o PPS, e o PPS considera que a melhor opção é a coligação com o PP.


. Além da baixa intenção de votos recolhida por Sartori, o que se percebe é que o PMDB não se entende no RS, do que dá prova a renúncia à renúncia da renúncia empreendida pelo senador Pedro Simon. 

Inflação oficial foi a 0,78% em abril

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15), prévia da inflação oficial, é superior ao observado em março deste ano (0,73%) e em abril do ano passado (0,51%)

Dica de livro - Fuga do Campo 14, a história de um fugitivo do campo norte-coreano de concentração número 14

DICA DE LIVRO
Fuga do Campo 14

Blaine Harden conta a história do norte-coreano Shing Dong-hyuk, nascido e criado dentro de um dos campos de concentração da Coréia do Norte. Ele foi o único que conseguiu fugir do Campo 14, primeiro em direção à China e depois para os Estados Unidos, onde trabalha e vive.
O autor, Blaine Harden, conheceu Shin, convenceu-o a contar sua história e o caso virou um best seller mundial. O autor foi chefe da sucursal do The Washington Post em Tóquio.
Como existe escassa literatura sobre a ditadura dinástica norte-coreana e seus crimes genocidas, o livro é recomendado para quem quer saber mais sobre o País, o único onde sobrevivem campos de concentração. Neles são alojados os inimigos do regime e seus familiares, mesmo nenês como Shing, condenados a viver até morrer em condições de trabalho e de vida de escravidão.

230 páginas
Editora Intrínseca
R$ 21,20
Em Porto Alegre, a Livraria Cultura possui exemplares.

O editor está lendo e recomenda vivamente. 

Procurador do TCU denuncia: "Se a Petrobrás não fosse pública, ela já teria quebrado"

A repórter Laryssa Borges, revista Veja, entrevistou o procurador do Ministério Público do Tribunal de Contas da União há quase duas décadas, Marinus Marsico, que já comprou briga com corruptos que aparelharam o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), enfrentou servidores que insistiam em receber supersalários no Congresso e participou do acordo com o Grupo OK, do senador cassado Luiz Estevão, para reaver 500 milhões de reais desviados do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo. Ele fala sobre os atuais escândalos da Petrobrás:

Há cerca de dois anos, revira cada detalhe da ruidosa compra da refinaria de Pasadena, no Texas, pela Petrobras, um dos mais malsucedidos negócios da história da petrolífera brasileira. Para ele, apesar de o caso Pasadena ser “indefensável”, a Petrobras sofre com desmandos políticos desde o segundo mandato do ex-presidente Lula. “A Petrobras está afundando. Há uma mistura de má gestão com o fato de ter se tornado um braço político do governo. Se a empresa não fosse pública, já tinha quebrado”, disse em entrevista ao site de VEJA.

As denúncias envolvendo a Petrobras, incluindo irregularidades em contratos, não são exatamente uma novidade para o TCU. A Petrobras é uma caixa-preta?

A Petrobras é uma empresa muito difícil de fiscalizar e, com certeza, se fosse mais transparente, se não se preocupasse tanto com essa questão de sigilo comercial, muitas vezes indevido, tenho certeza que esses contratos desastrosos, como o de Pasadena, não teriam ocorrido. Se há dez anos houvesse a possibilidade de a Petrobras ser fiscalizada como deve ser, hoje não teríamos esse tipo de situação. Ela se fecha em um falso argumento de que é uma empresa de mercado e com sigilos comerciais.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Este diretor da Petrobrás passa as tardes falando sobre futebol no Twitter

O trecho a seguir passou até despercebido no meio do artigo que o jornalista Fernando Rodrigues publicou na Folha de ontem, mas ele demonstra de que modo a Petrobrás transformou-se mesmo numa quitanda, um negócio entre familiares, amigos e cupinchas políticos, onde o conhecimento e o mérito não importam. Leia:
Muitos estiveram ou estão na Petrobras por conveniências políticas. Tome-se o caso do ex-presidente da empresa José Eduardo Dutra. Ex-presidente da Petrobrás e também do PT, ele é hoje diretor corporativo e de serviços. Político afável, é comum vê-lo postando no Twitter comentários políticos ou sobre futebol durante o horário de trabalho. Numa empresa organizada, já teria sido demitido há muito tempo, se é que teria sido contratado. 

Mais adiante, o jornalista da Folha diz o que acontecerá com as imagens do desastroso depoimento de Graça Foster no Senado. O leitor ganhará muito se cotejar o que disse a presidente da Petrobrás com o que disse seu ex-colega de diretoria, Nestor Cerveró na Câmara, ontem, day after

Leia: 

 Observado do ângulo eleitoral, o depoimento foi um desastre. As cenas estão gravadas. Voltarão à TV na campanha. Não houve desculpa a respeito da depreciação do valor da Petrobras. Milhares de brasileiros perderam dinheiro ao comprar ações da empresa com o saldo do FGTS. O aspecto principal desse episódio da Petrobras é o dano causado na imagem de boa gestora da presidente Dilma Rousseff. A petista se enredou sozinha em um labirinto sem saída. Disse que sua decisão sobre o mau negócio com a refinaria nos EUA foi tomada sem ter acesso a todas as informações. Mas por que, então, o diretor responsável pela omissão só foi demitido agora se o erro tão grave foi causado em 2006?

Graça Foster não teve uma resposta satisfatória a essa indagação. Seria algo indizível.

Dilma se elegeu em 2010 com dez partidos ao seu lado. Essa gente gosta de dinheiro e de cargos. Lula distribuiu cargos a granel. Dilma sabia de tudo. Inclusive do aparelhamento que persiste dentro da Petrobras.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

PSD gaúcho só topa coligação com Cairoli na cabeça

O presidente do PSD no RS, José Paulo Dornelles Cairoli, disse ao editor que não existe hipótese de abrir mão da condição de cabeça de chapa em qualquer coligação.  

Certo de que PSB foi para o PMDB, PSDB lista nomes para a chapa de Ana Amélia

Convencido de que o PSB já fechou sua aliança com o PMDB, o PSDB do RS prepara-se para oferecer à senadora Ana Amélia um leque de nomes para que ela escolha entre eles seu candidato a vice-governador, que é a posição que querem os tucanos.

. A lista já inclui Vicente Bogo, Marchezan Júnior, José Alberto Wenzel e Lucas Redecker.

. O problema é que o Solidariedade também quer a posição e para isto indicou o deputado Cassiá Carpes.

. O ex-vice-governador Vicente Bogo, que trabalhou com Antonio Britto e marcou sua passagem pelo Piratini com enorme sobriedade, disse ao editor que não se ofereceu, mas que não rejeitaria um convite do PSDB, o seu Partido, para fazer companhia a Ana Amélia na chapa majoritária.  

DEBATE SOBRE A LEI KISS
Aprovada no dia 27 de dezembro de 2013, a nova lei de prevenção contra incêndios, a chamada Lei Kiss, ainda gera dúvidas nos municípios quanto a sua aplicação.
Para debater este tema tão importante para a sociedade gaúcha, a Famurs realiza no dia 24 de abril, a partir das 9h, um seminário no auditório do Ministério Público, em Porto Alegre. A inscrição gratuita para o evento deve ser feita pelo site

Governo Dilma investiu R$ 2,3 bilhões em propaganda no ano de 2013. TV ficou com 65% da verba.

O governo federal gastou R$ 2,3 bilhões para veicular propaganda em 2013. O valor é o maior desde 2000. Os dados são do próprio Palácio do Planalto. Em relação ao ano anterior, os gastos com propaganda cresceram 7,4% reais, portanto acima da inflação.

. O governo é o quarto maior anunciante do Brasil, atrás da Unilever (R$ 4,8 bi), Casas Bahia (R$ 3,4 bilhões) e Laboratório Genomma (R$ 2,5 bilhões)

. A distribuição do dinheiro, por grupos de veículos, foi a seguinte:

TV, 65%
Rádio, 7,6%
Jornais, 7%
Revistas, 6,3%

Internet, 6%. 

CLIQUE AQUI para examinar como foi a evolução dos gastos com propaganda a partir de 2009, por grupo de veículos de comunicação. 

Saiba como o tarifaço de 30,29% nas contas de luz impactará os preços dos produtos e serviços no RS

Ao lado, evolução das tarifas de energia para residências, 2007 a 2014.


Os estúpidos aumentos das tarifas de energia elétrica autorizados pela Aneel com o aval do governo Dilma Roussef começarão ser cobrados neste sábado  na área da AES Sul e chegarão até o índice máximo de 30,29%, conforme informou ontem a tarde esta página.

. O RS possui três grandes distribuidoras de energia elétrica, mas só a AES Sul foi beneficiada neste momento. As oturas duas, RGE e CEEE, também aumentarão suas tarifas, mas em junho e outubro, emplacando 18% e 20% de reajuste.

. O governo federal queria segurar os enormes aumentos de preços a partir do ano que vem, porque desejava ultrapassar a Copa e as eleições, mas não conseguiu fazer isto porque a política que lançou para reduzir tarifas teve êxito no primeiro momento, mas esgualepou as companhias.

. O impacto sobre a inflação não foi medido ainda, embora os novos preços já estejam sendo cobrados em 1/3 do País.

. O certo é que os custos das empresas, sobretudo as eletrointensivas, como as indústrias de plástico e metalmecânicas,  subirão muito, e serão transferidos para os preços dos produtos e serviços, diminuindo a competitividade sobretudo das indústrias e reduzindo ainda mais o consumo.

. Também as despesas das famílias sofrerão forte impacto.

. Nada disto foi medido ainda e se foi medido não é do conhecimento público, sequer da imprensa, que não abordou o assunto até o momento.

. Há um impacto do silêncio em torno do impacto inflacionário.


- Mesmo com os enormes aumentos, as distribuidoras não conseguirão cobrir o rombo das contas que passaram a ter depois que absorveram os custos da nova e irracional política energética implementada por Diolma em 2012.E janeiro de 2013, em função da nova política, o governo anunciou redução de 18% nas contas de luz para residências e de 30% para indústrias. Isto tudo foi anulado agora. É por isto que o governo anunciou que procura alcançar R$ 12 bilhões para as distribuidoras melhorarem seu caixa.