Ajuris alerta para falta de ação imediata do governo gaúcho no caso da repactuação da dívida com a União

O editor falou esta noite com a Ajuris. Até o momento, o governo estadual não se moveu na mesma direção que resultou em benefício para o governo de Alagoas. As adesões aos aditivos dos contratos das dívidas com a União ainda não saíram, mas o prazo encerra neste domingo. É possível que na reunião de Dilma com os governadores, segunda, o prazo seja adiado e as exigências sejam abrandadas. 

A Ajuris tirou nota esta noite para incentivar o governo gaúcho a interpor rapidamente um pedido de tutela antecipada junto ao STF, visando  livrá-lo das exigências feitas pelo Governo Federal, por meio do Decreto n.º 8.616/2015, impondo que as federações renunciem às decisões anteriores e ações judiciais em trâmite relacionadas ao tema da renegociação da dívida com a União.

O governo estadual possui duas ações sobre o caso e sua renúncia poderia causar uma situação onerosa para o estado. 

O presidente da Ajuris, Eugênio Couto Terra, destaca que o RS precisa ficar atento a essa possibilidade, visto que o prazo estabelecido pelo Decreto para assinatura do aditivo que modifica o indexador da dívida encerra no dia 31 de janeiro. “O Governo do Estado não pode ficar de braços cruzados e precisa agir. A exigência feita pela União é abusiva, pois não é lícito que para exercer um direito - que é repactuar a dívida nos termos da Lei Complementar 148/2014, alterada pela Lei Complementar 151/2015-, se exija a renúncia de outro”, pontou.

Para Eugênio Terra, é importante a mudança do indexador, no entanto, o magistrado ressalta que, conforme o Art. 5º, inciso XXXV da Constituição Federal, “a lei não excluirá da apreciação do Poder Judiciário lesão ou ameaça a direito”.

CLIQUE AQUI para examinar a decisão tomada em favor do governo de Alagoas. 

Dono da Andrade Gutierrez diz que foi chantageado para dar dinheiro sujo para a campanha presidencial de Dilma

Com o título "Mais problemas no horizonte", o site da revista Veja de hoje avisa que a delação de empreiteiro vai envolver dois auxiliares de Dilma no escândalo do petrolão: o ministro Edinho Silva, da Comunicação Social, e Giles Azevedo, assessor especial da presidente. A delação envolve também casos da área de teles, inclusive a questão da Gamecorp, empresa que enriqueceu Lulinha. 

Giles é gaúcho e acompanha Dilma desde os tempos do PDT. Edinho já se explica em outros casos. 

O caso bate diretamente no gabinete da presidente, que terá que se explicar.

O autor da nova dor de cabeça de Dilma e do PT é o conhecido, poderoso e reconhecidamente influente empreiteiro Otávio Azevedo (foto), ex-presidente da Andrade Gutierrez. O que ele já disse aos procuradores do MPF:

- Se a empresa não se engajasse mais efetivamente na campanha petista, seus negócios estariam em risco.

Leia mais:

Em fase de negociação com a Procuradoria Geral da República, o acordo de delação premiada de Otávio Azevedo, ex-presidente da empreiteira Andrade Gutierrez, tem tudo para criar novos embaraços para o Palácio do Planalto e para a presidente Dilma Rousseff. A proposta de acordo, em que Azevedo detalha aquilo que tem para contar às autoridades, envolve dois dos auxiliares mais próximos da presidente da República em uma ofensiva para fazer com que a empreiteira despejasse mais dinheiro na campanha da então candidata petista à reeleição.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

O gaúcho Lamachia será eleito presidente da OAB nacional, neste domingo

Candidato à presidência da OAB nacional por chapa única, o advogado gaúcho Claudio Lamachia será eleito neste domingo. Ex-presidente da Ordem gaúcha, ele tem o apoio formal de todos os 27 presidentes de seccionais da OAB.

Lamachia, que atualmente é vice-presidente nacional da OAB, será o primeiro advogado atuante no Rio Grande do Sul a assumir o comando da entidade em 85 anos de história.

Greve na aviação comercial brasileira poderá sair semana que vem

Aeronautas e aeroviários estão convocando greve nacional para o dia 3 de fevereiro, quarta-feira da semana que vem.

Lula interpela judicialmente pré-candidato tucano à prefeitura de São Paulo

O empresário e apresentador João Dória Júnior, que é pré-candidato à prefeitura de São Paulo pelo PSDB, terá que se explicar na Justiça após chamar o ex-presidente Lula de “canalha”, “sem-vergonha” e “cara de pau”. Em nota veiculada no site do Instituto Lula, os advogados de Lula informam que protocolaram a interpelação judicial contra Dória.

Os advogados de Lula questionam se é necessário que Dória "ofenda e ataque gravosamente a honra de outrem, sem qualquer respaldo probatório que possa espessar as gravíssimas afirmações?”. "Além de ofender a honra de Lula, Dória ofende o Ministério Público e o Poder Judiciário, apresentando-se como alguém que supostamente teria influência para incluir o ex-presidente num inquérito em que ele não é sequer investigado, transformá-lo em réu e até mesmo levar um juiz federal a condenar um inocente", ressalta o comunicado.

Standard & Poors rebaixa ratings da Vale

A agência de classificação de risco Standard & Poor's rebaixou os ratings em escala global da Vale, de BBB para BBB-, incluindo os ratings de crédito corporativo e os ratings dos bônus emitidos por meio da Vale Canada, da Vale Overseas e da PT Vale Indonesia. A empresa está a um passo de ser classificada como de grau especulativo.

A S&P também revisou a perspectiva do rating brAAA em escala nacional da companhia de estável para negativa.

Apesar da alta de hoje, preço do petróleo registrou queda de 9% no mês

Londres, via WhatsApp

A Bolsa de Nova Iorque fechou o pregão em alta forte de 2,45%, mas no acumulado do mês perdeu mais do que os 6% de alta que conseguiu somar.
No final do dia, o petróleo manteve viés de alta, mas no final da jornada subiu apenas 2,5%. No mês, acumulou perdas de 9%.

Sartori retorna ao Estado e vai ao interior inaugurar Central de Polícia

O governador José Ivo Sartori já voltou de seu cruzeiro no Caribe e, neste sábado, retoma as atividades, inaugurando, em Vacaria, uma nova Central de Polícia. Com ele, estará o decorativo secretário da Segurança Wantuir Jacini.

No prédio, funcionarão as delegacias Regional, de Pronto Atendimento, da Criança e do Adolescente e a Especializada de Atendimento à Mulher, além do Instituto Geral de Perícias e o Consepro. O investimento foi de 347 mil, financiados com recursos do Fundo Estadual de Gestão Patrimonial e do BNDES.

Só assim, mesmo, através de financiamentos, para Sartori concluir uma obra e experimentar a sensação de inaugurar alguma coisa em seu governo.

Federasul lança Carta de Indignação, com recados aos governos federal e estadual

Diretores da Federasul e da ACPA aprovaram nesta sexta-feira, durante encontro em Osório que reuniu cerca de 50 empresários gaúchos, a Carta da Indignação. O texto faz duras críticas à política econômica dos governos federal e estadual.

Leia:

“O Brasil vive uma crise sem precedentes. Atinge a economia, a política, a ética, a moral, a saúde, a segurança, a educação, a infraestrutura e muito mais. Neste momento conturbado, a Federação das Associações Comerciais e de Serviços do Rio Grande do Sul (FEDERASUL) manifesta sua indignação sobre os acontecimentos que inibem e atacam o desenvolvimento e o crescimento sustentável da Nação e do Estado.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Conheça um pedaço do paraíso na terra: o edifício Solaris, na praia de Guarujá

Se a imprensa não tivesse descoberto – e denunciado – a cobertura tríplex do ex-presidente Lula na praia de Guarujá, litoral de São Paulo, seria neste lugar paradisíaco que ele e sua família estariam neste momento, aproveitando as delícias do verão.

O vídeo foi produzido pela Construtora OAS para a campanha de lançamento e venda das unidades residenciais do edifício Solaris, integrante do Condomínio Astúrias, de frente para o mar. E ainda pode ser visualizado no site da empreiteira que, pelo visto, não desistiu de comercializar os apartamentos.

Infelizmente, a empresa não poderá usar como atrativo a mais aos possíveis compradores que eles teriam um vizinho ilustre. Ou, talvez, até seja melhor que não possa.


Lula reage à intimação do MP de São Paulo, que o acusa de lavagem de dinheiro

O Instituto Lula acaba de divulgar uma nota a respeito da intimação do ex-presidente pelo Ministério Público, que o acusa de lavagem de dinheiro ao ocultar a propriedade da cobertura tríplex em um condomínio de luxo na praia de Guarujá. Como não poderia ser diferente, diz assim:

“São infundadas as suspeitas do Ministério Público de São Paulo e são levianas as acusações de suposta ocultação de patrimônio por parte do ex-presidente Lula ou seus familiares. Lula e sua esposa Marisa Letícia nunca esconderam que ela adquiriu, em 2005, uma cota da Bancoop, paga em prestações mensais, que foi declarada no Imposto de Renda. Mas nunca foram proprietários de apartamento em qualquer condomínio da Bancoop ou de suas sucessoras. A verdade ficará clara no correr das investigações”.

Esposa de lobista presa há 11 dias parece (ou finge) ter ficado louca

Cristina Mautoni, esposa e sócia do lobista Mauro Marcondes, ambos presos pela Operação Zelotes por envolvimento no esquema de compra de medidas provisórias, tem chamado a atenção dos investigadores da Polícia Federal e dos procuradores do Ministério Público por seu comportamento subitamente estranho.

Ela tem sido vista despenteada e falando de maneira desconexa. Na próxima terça-feira, ela deverá depor a respeito do crime de que é acusada. Para alguns investigadores, Cristina lembra a promotora de Justiça Deborah Guerner, suspeita de participar do mensalão do DEM, que se fingiu de louca após ser presa na Operação Caixa de Pandora, em 2009.

Juiz Sidinei Brzuska manda recado à senadora Ana Amélia

O juiz Sidinei Brzuska (foto), da Vara de Execuções Criminais, ficou sabendo que a senadora Ana Amélia Lemos (PP-RS) apresentou projeto de lei limitando as saídas temporárias dos presídios exclusivamente a réus primários, ao contrário do que acontece hoje, e não gostou. Hoje, ele escreveu um recado à senadora em seu perfil no Facebook:

“Querida Senadora Ana Amélia: aqui em Porto Alegre, na capital do Estado onde a senhora elegeu-se Senadora da República, e inclusive concorreu ao cargo de Governadora do Estado, os presos do semiaberto, e a população ordeira também, não estão preocupados com as SAÍDAS, mas sim com as ENTRADAS temporárias dos presos.

Sim. Os presos não conseguem ENTRAR nas cadeias porque não tem vaga. Temos cinco vezes mais presos soltos que recolhidos, por absoluta falta de espaço. E, se os presos não ENTRAM, eles não precisam de SAÍDAS temporárias. Afinal, seguem livres. Saída para quê?

A crise tá tão braba que até a polícia, quem diria, está invocando dos chamados “Direitos Humanos”, querendo que eu resolva o problema dos presos do semiaberto que estão lá nas Delegacias de Polícia e não conseguem ENTRAR nos estabelecimentos prisionais.

E, como não tem vaga em lugar nenhum, os presos ENTRAM só um pouquinho e logo saem em domiciliar ou tornozeleira eletrônica.

Então, Senadora, acho que tínhamos que fazer alguma coisa aí no Senado da República para que nós pudéssemos facilitar as ENTRADAS dos presos que estão aguardando vaga. Depois que todos entrarem, a gente pensa como dificultar as SAÍDAS.

Que tal?”

Renato Duque, ex-diretor da Petrobras, pode estar negociando delação premiada

Há alguns dias, advogados de réus da Operação Lava Jato vêm especulando que os rumos das investigações da Polícia Federal parecem indicar que o ex-diretor da Petrobras Renato Duque poderia ter fechado um acordo de delação premiada.

Duque chegou a negociar a delação no ano passado, mas a Procuradoria-Geral da República não avançou com o acordo por entender que Duque não pretendia falar tudo o que sabia.

Ontem, o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, em entrevista à imprensa, chamou Duque de colaborador e depois se corrigiu, o que só reforçou a tese dos advogados, que muito têm a temer caso a delação se concretize.

Montadora coreana de tratores instalada em SC tem motivos de sobra para comemorar

Mesmo que o setor agrícola não atravesse seu melhor momento, a montadora sul-coreana de tratores LS Tractor, instalada há dois anos na cidade catarinense de Garuva (a primeira fora da Ásia) só tem a comemorar.

Do plano inicial de atuar em quatro Estados e ter 12 concessionárias em até cinco anos, a empresa já conta, nesse curto período de vida no Brasil, com 45 concessionárias em 14 Estados, que comercializam quatro linhas de produtos e 12 modelos, com potências entre 40 e 105 hp.

Seguindo o conceito coreano de produção, a fábrica, que teve investimento de R$ 150 milhões, utiliza mão de obra de 100 funcionários, tendo sido projetada para produzir 5 mil tratores/ano, número que deve ser alcançado até o final de 2017.

Embora a pretensão seja abastecer o mercado interno, 500 unidades foram exportadas para Moçambique, em 2015. A LS Tractor é uma marca jovem, que teve origem em 2000, desmembrada do conglomerado LG Eletronics.

Advogados petistas articulam manobra para livrar Lula de Moro

Advogados ligados ao PT estão articulando uma ação para tentar tirar das mãos do juiz Sergio Moro a investigação sobre os negócios da Bancoop e da OAS, na nova fase da Operação Lava Jato, denominada Triplo X.

A tese, que será levada aos tribunais superiores, é que os negócios da Bancoop não têm relação direta com os desvios na Petrobras.

Desta forma, dirão, a investigação deveria ser desmembrada, seguindo decisão recente do STF que retirou da alçada de Moro as investigações sobre corrupção no setor elétrico.

Logicamente, o único intuito dos advogados petistas é proteger o ex-presidente Lula, alvo claro da nova investida da Polícia Federal.

Valor faz restrições ao pacote financeiro de R$ 83 bilhões

O jornal Valor de hoje faz corrosiva análise sobre o pacotão de R$ 83 bilhões para aquecimento da economia, via financiamentos bancários mais baratos e de maior prazo, garantindo que a  reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES) __ Conselhão __, não à toa marcado para esta quinta-feira, mostrou o governo em movimento, ainda que nem todos concordem com a velocidade, com a qualidade do combustível, com as configurações do motor ou com o destino que a presidente Dilma Rousseff  reserva ao país

Bolsas da Europa e petróleo operam em alta nesta quinta-feira

Londres, via WhatsApp

As Bolsas da Europa operam em céu de brigadeiro neste momento, quase encerrando seus pregões:
Londres, mais 1,75%
Paris, 1,57%
Frankfurt, 1,30%

Nos EUA, Dow Jones registra alta de 1,33%.

O petróleo Brent, Mar do Norte, assinala nova alta, esta de 4%, valendo agora US$ 34,00 o barril.

Presidiário pede imediato impeachment de Dilma

O jornalista Fábio Góes, Congresso em Foco, informa hoje que o detento que cumpre pena por roubo em São Vicente (SP) acaba de pedir afastamento da presidente. Desta vez, ele acusa Dilma de ter usado dinheiro desviado da Petrobras para se reeleger. 

Escrito à mão, requerimento deve ser arquivado

À moda antiga, ele usou papel, caneta, assinatura e Correios em nome do impeachment, conforme ilustração ao lado.

O pedido partiu da cela 12 da Penitenciária de São Vicente 1, no município de mesmo nome em São Paulo, o segundo mais recente pedido de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. Na Câmara desde o último dia 14, o requerimento escrito à mão é assinado pelo presidiário João Pedro Boria Caiado de Castro, 38 anos, condenado a seis anos e 11 meses de detenção por roubo. A petição é um das dez que ainda aguardam decisão do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

CLIQUE AQUI para ler mais.

Em SC, soldado da PM ganha o dobro do que recebe um soldado da Brigada Militar

Em Santa Catarina, ao contrário do RS, nem mesmo para soldado da PM é permitido disputar vaga sem curso superior. No RS, a BM só faz esta exigência para quem quiser ocupar vaga de oficial. Leonel Lucas, presidente da Associação dos Sargentos, Subtenentes e Tenentes da BM, disse ao editor que reivindica a exigência de curso superior também no RS. 
CLIQUE AQUI para saber quanto recebe mensalmente soldados, cabos, subtenentes e tenentes no RS e como serão os aumentos salariais que terão até 2018.

O editor pesquisou dados sobre a remuneração total de soldados da Brigada Militar e da Polícia Militar de Santa Catarina, daqueles que iniciam a carreira, constatando diferenças oceânicas nos dois casos:

Salários totais

Soldado da Brigada, R$ 2.440,60
Soldado da PM de SC, R$ 4.581,00

Se não receber nenhum aumento além daqueles concedidos por antecipação pelo governo anterior, o soldado da BM receberá em novembro de 2018 o valor de R$ 4.003,40, portanto menos do que percebe hoje um soldado da PM de Santa Catarina.

Os soldados da PM sempre receberam em dia e já sabem quais as datas dos pagamentos salariais de todos os meses deste ano, conforme anunciou na semana passada o governador Raimundo Colombo.

118 km/h em área de 60 km/h: reflexos da falta de educação, punição branda e cidade vazia

O flagrante foi nesta quinta-feira na avenida Assis Brasil. A velocidade: 118 km/h numa área onde só se pode trafegar a 60 km/h.

Conforme a EPTC  quem realiza esse tipo de irresponsabilidade, segundo o artigo 218 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), responde por infração gravíssima e a multa é de R$ 574,62. Também estão previstas a suspensão do direito de dirigir e a apreensão da carteira de habilitação.

"Não é possível tolerar esse tipo de postura. Seguiremos utilizando o radar diariamente, mesmo nas férias, pois ainda há condutores que insistem em colocar a sua vida e, como se não bastasse, a dos demais em risco", afirmou o secretário adjunto da EPTC, Marcelo Soletti.

Triplo X: Ministério Público convoca Lula e dona Marisa para depor sobre triplex no Solaris

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e sua mulher, Marisa Letícia, foram intimados pelo Ministério Público de São Paulo a depor sobre o tríplex no condomínio Solaris, em Guarujá (SP), na condição de investigados.

A informação é do site www.uol.com.br e foi disponibilizada ainda há pouco. Leia tudo.

Também foram chamados o dono da OAS, Léo Pinheiro —preso na Operação Lava Jato—, e o engenheiro da empreiteira Igor Pontes, que teria participado de uma reforma no imóvel.

O depoimento do ex-presidente foi marcado para o dia 17 de fevereiro, e o pedido foi feito pelo promotor Cássio Conserino, que diz haver indícios de que os investigados tentaram esconder a real identidade do apartamento, situação que configuraria crime de lavagem de dinheiro.

Há dois dias, a 22ª fase da Operação Lava Jato, denominada Triplo X em referência ao tríplex, tinha entre os alvos as transações envolvendo o imóvel.

Em seu despacho sobre a operação, o juiz federal Sergio Moro afirma haver a suspeita de que a empreiteira OAS "teria utilizado o empreendimento imobiliário no Guarujá para repasse disfarçado de propina a agentes envolvidos no esquema criminoso da Petrobras".

Lula e a equipe de advogados dele se reúnem nesta sexta-feira para traçar estratégia de defesa, conforme revelou a Folha.

Outro imóvel ligado a Lula, um sítio em Atibaia que está em nome de sócios de um filho do petista, também está sendo investigado. A Folha revelou nesta sexta que outra empreiteira, a Odebrecht, realizou uma reforma no local.

CLIQUE AQUI para acompanhar o caso, de acordo com cronograma montado pela Folha. 

Sobem custos para Jogos Olímpicos

Parece repeteco. Filme já visto. Notícia requentada. A Autoridade Pública Olímpica (APO) atualizou hoje a Matriz de Responsabilidades dos Jogos Olímpicos 2016. Pela primeira vez, a matriz contabiliza um custo superior a R$ 7 bilhões, com R$ 7,07 bilhões em 47 projetos. Na última atualização, o valor estava em R$ 6,67 bilhões. Segundo o documento, 60% desses investimentos são do setor privado e 40%, recursos públicos.

O presidente da APO, Marcelo Pedroso, explicou que o aumento nos valores se deve à inclusão dos custos de projetos como o fornecimento de energia temporária, que, entre a atualização anterior e esta última, tiveram a execução contratada.

Ah, bom...Se é para energia temporária, então pode.

Opinião do editor - Sartori precisa fazer um urgente cruzeiro pelo Rio Grande

Tudo foi ignorado pelo governo Sartori enquanto o editor era apenas uma voz quase isolada a denunciar diariamente o escandaloso sumiço de brigadianos das ruas gaúchas e também a inapetência da gestão pública estadual na área da segurança pública.
Acontece que tudo começou a mudar quando a RBS postou seus poderosos canhões - jornal ZH, RBS TV e Rádio Gaúcha - para demonstrar que falta vontade política para que o governo entre em campo e defenda os cidadãos indefesos.

O governo começou a se mexer.

É o que se quer.

A Operação Avante, que lançou na quarta-feira a noite, melhorou a percepção da população sobre o reaparecimento dos brigadianos nas ruas.

Mas falta mais.

O governo precisa dizer claramente quais os objetivos que quer alcançar e de que meios usará para alcançar o que quer.

Até que faça isto, espetáculos degradantes como os de arrastões em vagões do metrô e até em edifícios e restaurantes, como ocorreram esta semana, continuarão alarmando e assustando a população ordeira que trabalha e quer justiça e paz.

O governador Sartori, que acaba de fazer um cruzeiro pelo Caribe, deve iniciar outro cruzeiro urgentemente, mas desta vez pelo Rio Grande.

Editorial, Zero Hora - Os arrastões e a impunidade

Duas mazelas da segurança pública no Estado ficaram escancaradas no arrastão de jovens e adolescentes saqueadores que aterrorizou os passageiros do trem metropolitano nesta semana. A primeira é a falta de prevenção e policiamento ostensivo, que facilita a vida dos delinquentes. A segunda é a frouxidão da legislação, que propicia a impunidade e a reincidência. Os arrastões, a que os gaúchos assistiam de longe, como se fossem fenômenos restritos especialmente à paisagem carioca, proliferam pelo país e chegam a Porto Alegre. São uma das provas da falência da segurança pública, pois jovens que agem em grupo expressam total desprezo pelo risco, porque não serão contidos nem ameaçados.

No caso do assalto aos usuários do trensurb, pelo menos 10 criminosos atuaram em conjunto. A ausência de policiais em ambientes públicos assegura o êxito de ações como essa. 

Porto Alegre e a grande maioria das cidades gaúchas não dispõem mais de policiamento ostensivo. Soldados da Brigada Militar são raridade na paisagem do Rio Grande do Sul. O aspecto positivo é que, logo depois da ação, a maioria dos envolvidos foi localizada e presa. Mas é exatamente nesse momento, logo após a prisão dos assaltantes, que se expõe, mais uma vez, uma realidade que frustra assaltados e policiais dedicados à caça de criminosos. Muitos dos detidos são reincidentes.

E o que choca ainda mais é que parte do grupo foi localizada e presa porque continuou circulando pelo centro da Capital. São indivíduos, adultos misturados a adolescentes, com passagens pela polícia ou já condenados, que voltam a agir e logo depois se juntam aos pedestres, com a certeza de que, em algum momento, estarão novamente livres. A reação a episódios como este não depende, portanto, apenas das forças de segurança, mas de toda a estrutura institucional, que envolve legislação, Justiça e sistema carcerário e que continua falhando no enfrentamento da criminalidade.

Orquídea, empresa do RS, lança novidade em biscoitinhos

Praia, chimarrão e biscoitinho. Para quem gosta da combinação no fim de tarde, batendo um papo com os familiares ou vizinhos, agora podem desfrutar do momento de lazer e relaxamento com uma novidade da Orquídea. São os Folhadinhos, que podem ser encontrados em duas versões: doce, que leva uma camada caramelizada e com açúcar, e a  salgada, com sabor gergelim. “Os novos produtos são saudáveis, pois são assados e não fritos. São muito crocantes, ideais para um lanche prático ou para um aperitivo”, explica a supervisora de Marketing da Orquídea, Alessandra Colognese. Os Folhadinhos Orquídea estão disponíveis em embalagens de 150 gramas. “São aerados, em folhas finas de muito sabor e crocância”, acrescenta Alessandra.

Atualmente, a fábrica da Orquídea produz biscoitos doces e salgados, wafers, recheados, sortidos e cookies.  Só em 2015, a empresa registrou crescimento de 20% nesse segmento e lançou novidades como as Rosquinhas com dois sabores no mesmo pacote: Chocolate e Limão e Chocolate e Leite. Também foram disponibilizadas as novas versões de biscoitos cereais - Leite e Granola e Cacau, Mel e Aveia, além dos cookies de Limão e Aveia e Banana e Aveia.

Com mais de 60 anos de história, a Tondo S.A., detentora da marca Orquídea, possui uma das maiores capacidades de moagem do Brasil. Além de unidades fabris em Bento Gonçalves e Caxias do Sul, possui centros de distribuição em Canoas, Garibaldi, Passo Fundo (RS), Itajaí, Florianópolis (SC) e Curitiba (PR). Empresa líder na produção de farinha no RS, a Orquídea está presente nas regiões Sul e Sudeste do Brasil, além de exportar para o Mercosul e o continente Africano. Outras informações sobre a empresa podem ser obtidas no site www.orquidea.com.br.

Dica de especialista: professores podem pedir exclusão do fator previdenciário

Todos os professores possuem o direito de postular judicialmente a exclusão da incidência do fator previdenciário na apuração da renda mensal dos benefícios de aposentadoria, em funções de magistério, com revisão da renda mensal e pagamento das parcelas retroativas. O advogado Alexandre Triches, especialista em Direito Previdenciário é quem alerta e além disso, faz uma retrospectiva histórica.

Em razão das peculiaridades da função, os professores do sistema privado no Brasil possuíam, até 1981, o direito a aposentadoria especial, com redução do tempo necessário para a jubilação em face do desgaste inerente a atividade. Contudo, com o advento da Emenda Constitucional nº 18/81, o direito da aposentadoria especial do professor foi extinto, deixando a categoria dos professores sem a possibilidade da jubilação antecipada.

Foi somente com o advento da Constituição Federal de 1988 que uma aposentadoria diferenciada aos professores foi novamente prevista, não como aposentadoria especial, mas por tempo de contribuição.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Vôos do Salgado Filho impedem que helicóptero da BM tenha autonomia para voar sobre as ilhas

A Polícia Civil realizou ótimas fotos aéreas do litoral gaúcho durante a chamada Operação Netuno. Contudo, pouco foi o material apreendido. O alvo eram traficantes, mas drogas, foram ínfimas as quantidades apreendidas: 215 gramas de crack,10  gramas de cocaína e 17 gramas de crack. Nove pessoas foram presas no começo da ação e três menores apreendidos em  Capão da Canoa, Xangri-Lá e Arroio do Sal. Entre os detidos, de acordo com o Denarc, está o filho de um vereador de Arroio do Sal.

E por falar em sobrevoo, praticamente inócua também foi a ação da Brigada Militar na noite de ontem. Para colocar o seu novíssimo helicóptero em ação, sobrevoaram uma área delicada: as ilhas de Porto Alegre. O detalhe é que ali é praticamente a cabeceira da pista do Aeroporto Internacional Salgado Filho. Com isso, o Koala só pode ficar no ar 10 minutos com seu canhão de luz ajudando na varredura em solo. Depois era preciso sair, dar um tempo para os aviões que pousavam e voltar novamente para mais poucos minutos. Se fosse uma perseguição real a assaltantes seria engraçado. Sem autonomia, fica difícil, ou em uma situação real o tráfico aéreo da Capital ficará fechado até bandidos serem localizados? Questão delicada a se resolver...

Folha quer rápida "morte política" de Lula

Com o peso da assinatura do editor-executivo, Sérgio Dávila, o jornal Folha de S. Paulo resolveu distribuir mensagem aos assinante, sugerindo que a "luta de Lula pela sobrevivência política agravaria a crise econômica".

O editor reporta-se  a um artigo escrito pelo colunista Sérgio Malbergier, que afirma: 

- Ele (Lula) vai colocar seu bloco na rua, mesmo gerando mais instabilidade política e turbulência econômica, agravando as crises gêmeas (...). A luta pela sobrevivência política de Lula será dura e cara. Adivinhe quem vai pagar essa conta.

Nos dias 26 e 27 de fevereiro, o PT promete reunir militantes para apoiar Lula, em ato público no Rio. 

Folha de S. Paulo denuncia sítio de luxo que Lula oculta em Atibaia

CLIQUE AQUI para ler toda a reportagem.

Depois da ofensiva do Ministério Público e da Polícia Federal sobre o tríplex do Guarujá que pertence ao ex-presidente mas cuja propriedade foi ocultada, a Folha de S.Paulo de hoje publica reportagem investigatriva sobre outra propriedade, um sitio em Atibaia (SP).

Em reportagem de capa da sua edição de hoje, o jornal usa depoimento da ex-dona de uma loja de materiais de construção e um prestador de serviços, dizendo que a empreiteira Odebrecht realizou a maior parte das obras de reforma do sítio “frequentado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seus familiares ».

O sítio foi transformado em verdadeiro hotel de luxo, inclusive com lago para que o ex-presidente pudesse exercer seu passatempo favorito, que é pescar. 

A primeira denúncia foi feita pela revista Veja, abril do ano passado, conforme farto material informativo publicado pelo editor. CLIQUE AQUI para examinar o que saiu na época. 

Arrastão intensifica-se em casas e apartamentos de Porto Alegre

A sensação de que estão livres da presença policial nas ruas estimulou os assaltantes a invadir casas e apartamentos em Porto Alegre.

A população não está mais protegida sequer dentro de casa e atrás de caros aparatos de vigilância.

O mais novo arrastão ocorreu num prédio do bairro Medianeira, assaltado três vezes em apenas cinco dias. Tudo aconteceu a partir de sábado. 

Os ladrões arrombaram as portas com pé de cabra e levaram tudo que tinha valor em cada apartamento. 

Nem Brigada na rua intimidou cinco bandidos que assaltaram Habib's do Moinhos de Vento

Os bandidos não se intimidaram com a gigantesca Operação Avante, desfechada ontem a noite na Grande Porto Alegre e resoilveram assaltar funcionários e clientes do restaurante Habib´s, localizado no elegante bairro Moinhos de Vento, em  em Porto Alegre. Todos foram rendidos e assaltados por cinco bandidos na noite de quinta-feira. O assalto ocorreu por volta das 21h. 

O Habib's fica na esquina da Avenida Goethe com a Rua Mostardeiro.

Os bandidos efetuaram os roubos e utilizaram um Celta vermelho na fuga

STF vai analisar ação contra saques dos depósitos judiciais

Os depósitos judiciais são alvo de Ação Direta de Inconstitucionalidade que tramita no Supremo Tribunal Federal. O autor é o procurador-geral da república Rodrigo Janot. Segundo ele, não há certeza de que o beneficiário de alvará judicial logre de fato obter imediata liberação dos valores. Se não conseguir, nada lhe restará, a não ser um crédito a ser honrado em futuro incerto – isso depois de anos para obter a satisfação de seu direito no processo originário e no de execução. Janot afirma no documento que a forma de empréstimo compulsório inviabiliza o recebimento dos depósitos pelo cidadão porque depende da real disponibilidade de recursos na conta, uma situação incerta.

A seccional RS da OAB afirma que promoveu ação semelhante em 2013, questionando norma de 2004 que permitia saques do dinheiro de ações judiciais.

Brigada Militar mostra os (bons) resultados da Operação Avante na Grande Porto Alegre

Mais importante foi passar a percepção de que existe segurança e que o povo encurralado não está sozinho. 

A Operação Avante, desfechada ontem a noite por três Comandos diferentes da Brigada Militar e com o apoio de três helicópteros, ajudou a tranquilizar a população da Grande Porto Alegre, já que 17 municípios da área foram selecionados, tudo em função do volume de crimes que ocorrem na região.

Eis os resultados mais expressivos, segundo informou ao editor a Brigada Militar:

Pessoas abordadas, 3.019
Veículos abordados, 1.380
Ônibus, 113
Barreiras policiais, 68
Veículos recolhidos, 32
Autos de infração, 43
Armas recolhidas, 9
12 kg de maconha e 70 pedras de craque
R$ 24 mil apreendidos

Trabalho prévio de inteligência determinou a ação logística desenhada para a ação, que contou com tecnologias modernas, como a embarcada em aeronaves.

Intervenção da Rússia força alta de 4% no preço do petróleo, agora em US$ 34,00

Londres, via WhatsApp

O preço do petróleo tipo Brent, Mar do Norte, fechou ontem em US$ 34,00, aumento de 4%. A alta foi resultado da intervenção da Rússia junto aos produtores da OPEP.

Audácia japonesa com juros negativos para conter deflação

Os investidores foram surpreendidos pela decisão do Banco Central do Japão, que cortou a taxa de juros para território negativo hoje. A medida audaciosa teve como objetivo reanimar a economia num cenário em que os mercados voláteis e a desaceleração do crescimento global ameaçam os esforços para superar a deflação.

É a primeira vez que o Japão faz algo semelhante.

No passado, já chegou a reduzir impostos para pessoas físicas, desde que elas usassem o valor deduzido para fazer compras, conforme o próprio editor conferiu em visita a Tóquio, fim da década de 90.

"O importante é mostrar às pessoas que o banco central está comprometido em alcançar inflação de 2% e que vai fazer o que for preciso para alcançar isso", disse o presidente do banco central, Haruhiko Kuroda, em entrevista após a decisão.

As ações asiáticas saltaram, o iene caiu e os títulos soberanos avançaram depois que o Banco do Japão disse que vai cobrar por uma porção das reservas que os bancos deixarem na instituição, uma política agressiva que teve como pioneiro o BCE (Banco Central Europeu).

Uso de FGTS no crédito consignado corrige distorção, diz Fazenda

A possibilidade de o trabalhador usar a multa rescisória do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) como garantia para empréstimos consignados – com parcelas descontadas diretamente no salário – corrige distorções nesse segmento de crédito, informou o Ministério da Fazenda.

Segundo o comunicado do Ministério, apesar de a modalidade ter se expandido de cerca de R$ 10 bilhões em janeiro de 2004 para quase R$ 274 bilhões em dezembro de 2015, o crescimento não foi bem distribuído. Isso porque os trabalhadores do setor público, que têm estabilidade, conseguem muito mais acesso ao crédito consignado do que os do setor privado, cujos juros são mais altos por causa do risco de inadimplência provocado pelo desemprego.

Nos próximos dias, o governo enviará ao Congresso Nacional uma medida provisória que autoriza os trabalhadores a usar parte do saldo da conta vinculada (10%) e toda a multa rescisória do FGTS – paga quando o empregado é demitido sem justa causa – como garantia adicional contra inadimplência. A garantia é usada para cobrir os prejuízos da instituição financeira em caso de calote por parte do mutuário.

Japão fixa juros negativos de 1% para forçar consumo e investimentos. Bolsa de Tóqujio sobe 2,8%.

Londres, via WhatsApp

O Japão adotou hoje uma medida histórica para forçar o consumo e os investimentos, tudo por conta da decisão do Banco Central, fixando juros básicos negativos em 1%.
A Bolsa de Tóquio, não só por isto, fechou em alta de 2,8%.
Na Ásia, Xangai seguiu forte, com alta de 3,09%, seguida de Hong Kong,com mais 2,54%.
A Bolsa de Londres abriu em alta de 1% agora há pouco.
Londres amanheceu nublada, temperatura amena de 11 graus.

Três gigantes da celulose ganharam R$ 28 bi em 2015

Fibria, Klabin e Suzano obtiveram ganhos acumulados em 2015 de 62%, 64% e 59% respectivamente. As três, além de gigantes da celulose no Brasil também são absolutas no mercado de ações.  Juntas, as companhias ganharam 28 bilhões de reais, de acordo com levantamento divulgado pelo portal Exame.com.

A Klabin, somando ao seu desempenho na bolsa, o projeto PUMA, de Ortigueira (PR), lidera o ganho. Passou de 13,91 bilhões em janeiro para 25,38 bilhões em dezembro. Um aumento de 11,46 bilhões. O valor de mercado da Suzano teve um aumento de 7 bilhões de reais e a Fibria, 9,52 bilhões.

Previsão do Tempo: risco de temporais com vento e raios

Esquenta muito nesta sexta-feira e com a umidade presente na atmosfera, nuvens carregadas se formam. Pancadas de chuva da tarde para a noite ocorrem em diversos pontos do Estado. Há risco de temporais isolados com vento intenso e raios.