Oposição consegue adiar de novo votação das propostas de manobra fiscal para fechar as contas do governo Dilma

Com resistência da oposição e de setores da base aliada, o Palácio do Planalto não conseguiu colocar em votação nesta terça-feira, no plenário do Congresso, a manobra fiscal que recorreu para fechar as contas do ano. Faltou quorum na Câmara.  O presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou no início da noite que a proposta não será apreciada. O peemedebista ainda vai negociar uma nova data, mas a expectativa é de que haja um novo esforço nesta quarta para discutir o projeto de lei que autoriza o governo a descumprir a meta de economia para pagamento de juros da dívida pública em 2014, o chamado superavit primário.

. Ministros da área econômica esperavam que a votação da proposta foi encerrada nesta terça para trazer alívio ao governo. A programação esbarrou nas ações regimentais da oposição que dificultaram a votação dos 38 vetos presidenciais que tinham preferência de votação na sessão do Congresso.
Outro ingrediente foi uma espécie de corpo mole de partidos da base aliada que pretendem prolongar a discussão da matéria para pressionar o governo num momento em que há discussão para a montagem da equipe ministerial do novo mandato da presidente Dilma Rousseff.

. "É absolutamente estranho que a gente assista a um espetáculo de tratoraço no âmbito do Congresso", disse o líder do DEM na Câmara, deputado Mendonça Filho (PE).

. O candidato derrotado do PSDB à Presidência, Aécio Neves (MG) acusou Dilma Rousseffde ter enganado os brasileiros na eleição e de cometer crime de responsabilidade no manejo do Orçamento da União.

. A oposição deflagrou nesta terça as primeiras ações do que promete ser uma "guerra jurídica" para impedir a aprovação da manobra fiscal.

. O PSDB já encaminhou um pedido ao STF (Supremo Tribunal Federal) para suspender a tramitação do projeto no Congresso. 

Por 29 contra 14 (PT, mais Ribeiro, PDT, e Pozzobom, PSDB) Assembléia aprova lei de aposentadoria especial para deputados do RS

Por 29 votos a 14, os deputados estaduais aprovaram na tarde desta terça-feira o projeto de lei complementar que cria um plano de aposentadoria especial para os parlamentares.
Apenas representantes da bancada do PT, um do PDT, Vinicius Ribeiro, e um do PSDB, Jorge Pozzobom, foram contra a proposta

. Pelo plano, um deputado com 35 anos de exercício de mandato e 60 anos de idade terá direito a aposentadoria integral, paga pela Assembleia. Para isso, contribuirá todos os meses com 13,25% do seu subsídio (atualmente de R$ 20.042,34).

Grupo de What’s App de Novo Hamburgo discute Foro de São Paulo com Polibio Braga, Puggina , Simões Pires e Sodermann.

A convite de algumas dezenas de patriotas que se reúnem em rede de What’s App e também em locais de Novo Hamburgo, o editor foi segunda-feira a noite até a chamada Capital Nacional do Calçado para entender melhor como é que esses grupos organizam-se e funcionam em todo o País, mas também para discutir estratégias de ações diante da devassidão produzida pelos sucessivos escândalos produzidos pelos governos do PT.

. O evento também contou com falas do jornalista Gilberto Simões Pires e de Percival Puggina e Ricardo Sodermann, este presidente do Instituto Liberdade.

. Um dos pratos da noite foi o pormenorizado exame do processo de criação, dos fundamentos e das ações do Foro de São Paulo, que está por trás do processo bolivariano de desmoralização das instituições democráticas e de economia de mercado da América Latina, capitaneadas no Brasil por Partido como PT, PCdoB e PDT.

Clique abaixo na imagem a seguir para ouvir e ver o editor contar mais sobre a reunião de Novo Hamburgo. 

Cliente pré-pago da Oi fala no Brasil por R$ 0,50 por dia

A Oi lançou hoje oferta de telefonia móvel pré-paga em que o cliente pode falar por até 300 minutos com celulares e fixos da Oi de todo o Brasil (usando os códigos 31 ou 14), por apenas R$ 0,50 por dia.

. Clientes do serviço pré-pago da Oi podem contratar a oferta ligando para *880. Novos clientes precisam apenas comprar e habilitar um chip da Oi, disponível nas lojas Oi, grandes redes varejistas e bancas de jornal.

Mais informações estão no site: www.oi.com.br/prepago

Examine as avaliações medíocres de Porto Alegre no ranking das 14 principais Capitais

Porto Alegre sob mau tempo.



Examine como anda Porto Alegre entre as 14 principais capitais brasileiras que geram e atraem empresas consideradas de alto potencial - as que crescem mais de 10% ao ano em número de funcionários. A lista é das melhores cidades para empreender. São apenas 35 mil no Brasi, mas elas geram 50% dos novos empregos e representam 15% do PIB. Os indicadores a seguir são da Endeavor. Foi tudo para Exame desta quinzena.

Tempo para abertura de negócios
Último lugar, 245 dias

Tempo para obter uma ligação de energia elétrica
8o lugar, 17,5 dias

Conexão por aeroporto (número de vôos recdebidos por ano)
6o lugar, 94.409

Acesso da população à Internet
5o lugar, 68%

M<opbilidade urbgana (parcela da população que leva 30 minutos ou mais para ir ao trabalho)
7o lugar, 45%

Qualificação da mão de obra (proporção com ensino superior)
3o lugar, 29%

Formação de mão de obra qualificada  (nota)
3o lugar, 6,91

Infra e qualidade de vida (nota)
7o lugar, 5,77

Ambiente regulatório (nota)
9o lugar, 5,45

Empreendedorismo (njota de 0 z 10)
11o, 5,11


Porto Alegre ocupa vergonhoso 7º lugar entre as capitais onde vale a pena empreender

O 1º lugar de Floripa não tem nada a ver com a beleza da cidade.



O editor recomenda vivamente a leitura da reportagem de capa da revista Exame desta quinzena, que já está circulando em Porto Alegre. A fotona de capa é Florianópolis, tratada em todo o Brasil como Floripa.

. É a melhor cidade brasileira pare empreender.

. A Endeavor, a pedido de Exame, comparou a capacidade que as 14 principais capitais têm de gerar e atrair empresas consideradas de alto potencial – as que crescem mais de 20% ao ano em número de funcionárias.

. São 35 mil companhias do gênero no País, representando 1,5% cdo universo total. Elas geram, no entanto, 50% dos novos empregos e são responsáveis por 15% do PIB.

. A Endeavor avaliou meia centena de indicadores de capital humano, infraestrutura, qualidade de vida, mercado, acesso a capital, ambiente regulatório, inovação e cultura empreendedora.

Porto Alegre está em inaceitável 7o lugar, num pelotão de cidades que inclui Goiânia, Manaus e até Belém.

. É inaceitável, mas apesar disto o prefeito José Fortunati e o governador Tarso Genro parecem conformados, sem é que conhecem o que acontece na Capital do RS, cada vez mais provinciana e mais atrasada. Isto não é surpreendente para quem sempre clamou mais ativismo empreendedor por parte das retrógradas lideranças políticas e empresariais gaúchas. 

. Eis o ranking (notas de zero a 10)

1) Florianópolis, 7,53
2) São Paulo, 7,46
3) Vitória, 7,16
4) Curitiba, 6,96
5) Brasília, 6,33
6) Belo Horizonte, 6,15
7) Porto Alegre, 5,94
8) Goiânia, 5,91
9) Rio de Janeiro, 5,86
10) Manaus, 5,33
11) Belém, 5,24
12) Recife, 4,83
13) Fortaleza, 4,71
14) Salvador, 4,53

Artigo, Paulo Kons, Brusque, SC - Por que CNBB, ABI e OAB calam tanto diante da monstruosidade da corrupção do Petrolão ?

CLIQUE AQUI para entender a orgem do Petrolão.

Instituições como a CNBB, a ABI e a OAB estão anestesiadas, indiferentes e até insensíveis frente a situação vivida pelo governo central do Brasil, que - segundo respeitadas publicações internacionais - protagoniza o maior escândalo de corrupção da história dos países ditos democrático.

Ao promulgar a Carta Constitucional brasileira, em 5 de outubro de 1988, o presidente da Assembleia Nacional Constituinte, Ulysses Silveira Guimarães, declarou que a nação recebia uma “Constituição Cidadã”. Passados mais de 26 anos, a realidade tem ensinado que a cidadania não é uma outorga, mas uma conquista diária.

Assim, é cidadania reclamar, denunciar e fazer valer os direitos. No plano das relações de natureza privada, nota-se um vigor da população no tocante à reivindicação dos seus direitos, como tem ocorrido nas relações de consumo, relações de trabalho, liberdades individuais e até mesmo na regulação da ordem econômica. Então, por que cada vez mais temos a sensações de que parcela maior da sociedade, organismos da Sociedade Civil e, especialmente, veículos de comunicação social se apresentam anestesiados, indiferentes e até insensíveis frente a situação vivida pelo governo central do Brasil, que - segundo respeitadas publicações internacionais - protagoniza o maior escândalo de corrupção da história dos países ditos democráticos?

Tratando-se da coisa pública, o que se vê é uma verdadeira abdicação desses direitos, como se esta não fosse um bem de todos, construída com o sacrifício comum.

Cito apenas dois exemplos, de centenas de casos:

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Vá esta noite com seus amigos, colegas, conhecidos.
Leve a namorada ou a esposa.
Leve o namorado ou o maridão.
O melhor no gênero segundo Veja.
100 rótulos diferentes de cervejas e chopes artesanais de várias partes do mundo,.
www.biermarkt.com.br

Exportações do Rio Grande do Sul despencam 23,9% no ano

As exportações do Rio Grande do Sul acumularam US$ 16,2 bilhões nos primeiros dez meses do ano, o que significou uma redução de US$ 5,1 bilhões em relação ao mesmo período do ano anterior. Os dados foram divulgados na manhã desta terça-feira (25) pela Fundação de Economia e Estatística (FEE). 

. Em decorrência desse resultado, o valor exportado pelo Estado registrou uma evolução (-23,9%) bem inferior à observada no País (-4,2%), com o volume exportado registrando queda de 24,1%, bem abaixo do nacional (-0,2%). No ano, o Estado atingiu a quarta posição entre os maiores estados exportadores — abaixo de São Paulo (22,43%), Minas Gerais (13,02%) e Rio de Janeiro (10,02%) e acima do Paraná (7,36%) —, com 8,46% das exportações nacionais.

. As exportações da indústria de transformação registraram uma queda de US$ 4,5 bilhões no acumulado do ano (-27,7% em valor, -28,7% em volume e 1,3% em preços), enquanto as exportações agropecuárias recuaram US$ 612,3 milhões (-12,3% em valor, -7,2% em volume e -5,6% em preços). Dentre os principais produtos exportados pela agropecuária, destacam-se os grãos de soja, que atingiram o valor de US$ 3,9 bilhões, ou seja, 24,2% do total exportado pelo Estado. 

Vá esta noite com seus amigos, colegas, conhecidos.
Leve a namorada ou a esposa.
Leve o namorado ou o maridão.
O melhor no gênero segundo Veja.
100 rótulos diferentes de cervejas e chopes artesanais de várias partes do mundo,.
www.biermarkt.com.br

Walmart já está com tudo pronto para o maior Black Friday de todos os tempos. Saiba o que está em oferta e quais os descontos.

Todas as lojas Walmart Brasil na região Sul já estão preparadas para promover a maior Black Friday de todos os tempos. A novidade é a oferta de mais de 500 produtos em promoção com descontos de até 70% durante toda a semana. Há quatro anos promovendo o evento no Brasil, a rede vem superando todas as suas expectativas de vendas. Em 2013 registrou, mais uma vez, a maior venda de eletrônicos realizada em um único dia em toda a história do Walmart Brasil. Somente neste setor, a empresa vendeu em um único dia um número maior de tablets do que o comercializado em um mês normal de vendas.

. Para garantir promoções especiais, o Walmart Brasil  iniciou o planejamento do evento há um ano e fechou as negociações com os fornecedores há seis meses.  “Neste ano, com certeza as TVs LED, notebooks, tablets, smartphones e eletroportáteis serão os principais responsáveis pelos bons resultados”, acrescenta Patrícia Alves Nina.

.Todas as seções das lojas estarão com produtos dentro da campanha, incluindo alimentos, itens de bazar e confecção. O parcelamento diferenciado varia de acordo com o item escolhido.

. A Black Friday acontece em todas as lojas do Walmart Brasil (Big, Nacional, Mercadorama, Walmart, TodoDia, Maxxi Atacado, Sam’s Club, Bompreço e Hiper Bompreço). 


Vá esta noite com seus amigos, colegas, conhecidos.
Leve a namorada ou a esposa.
Leve o namorado ou o maridão.
O melhor no gênero segundo Veja.
100 rótulos diferentes de cervejas e chopes artesanais de várias partes do mundo,.
www.biermarkt.com.br

Congresso discute daqui a pouco a LDO que autoriza bagunça das contas públicas no governo Dilma

Começará daqui a pouco, as 15h, a reunião do Congresso (Câmara e Senado) que votará a lei de Diretrizes Orçamentárias, LDO, já com a emenda que muda a Lei de Responsabilidade Fiscal, permitindo ao governo que faça a zorra que bem entender com as contas públicas.

. A oposição tem resistindo ao derrame fiscal e promete fazer mais barulho.


. O relatório do projeto que altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2014, o que permite ao Executivo abandonar a meta fiscal este ano, ao descontar do resultado os investimentos com o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e as desonerações de tributos concedidas ao longo do ano. O projeto segue para o plenário do Congresso, mas será votado após a decisão dos parlamentares sobre vetos da presidente que trancam a pauta de votação.

Análise, Telmo Schoeller - A realidade econômica e não o cartel é quem torna desertas as licitações do transporte coletivo de Porto Alegre

O tema transporte urbano é um nó que nenhum governante e político deste país tem coragem de enfrentar (e muito menos explicar didaticamente ao povo). Muito simples: os maiores custos de uma empresa de transporte de passageiros são salários e combustível (pneus vem logo a seguir). Salários sobem mais do que a inflação, pois o governo federal e, no caso do RS, também o estadual tem lógica socialista e bolivariana de “distribuição forçada de renda”. Combustíveis apenas ficam temporariamente defasados, mas já tiveram reajustes e de agora em diante inexoravelmente terão muito mais. Adicionalmente, custos de manutenção, comunicações, serviços, aluguéis, etc sobem pelo menos pela inflação, coisa que nenhuma lei consegue segurar.
Em contrapartida a isso, todos os políticos buscam fazer simpatia com o chapeu alheio e querem baixar tarifas de passagens, para sair bem na foto. Mas eles sabem que a conta não fecha e que para evitar que as empresas quebrem ou parem, precisam dar subsídios. Mas negociação pelos subsídios é uma queda de braço que leva meses e acaba não sendo suficiente para fechar o rombo no caixa. Por isso, várias empresas no Brasil já estão entrando na justiça para obtenção de reajustes de tarifa por “desequilibrio econômico de contrato”.
Fazer quebra-quebra ou ficar feliz com a baixa ou contenção dos reajustes (tudo ilusório) é próprio do povo que não enxerga que subsídio é preço de passagem pago através dos impostos. Ou seja, mais uma vez, um “me engana que eu gosto” próprio dos regimes socialistas e totalitários.
..... e aí ainda tem gente pregando “passe livre para estudantes”.... “para idosos”.....”para gestantes”   ..... e daqui a pouco será para o público em geral, com “passagem de graça para todos, em nome da cidadania”... (bolivariana) o que só seria possível com a estatização do transporte coletivo. Lembrando que isso não baixará o CUSTO REAL para o cidadão que apenas pagará TUDO através dos impostos...... enquanto houver vida para ser onerada e expropriada pelo estado  (partidos políticos ???)......
Não vivo a realidade de Porto Alegre, não tenho envolvimento, nem conheço detalhes locais, mas garanto que a incapacidade de atrair interessados é por inviabilidade econômica das condições de licitação, não por formação de cartel. Se as condições fossem adequadas certamente haveria interesados. Investir em ônibus, garagem, oficina, treinamento, etc custa dinheiro..... quem vai pagar ? Pelo menos no meio empresarial está começando a ficar difícil achar otário de plantão para deixar governante feliz. Dinheiro não aguenta desaforo, como já dizia minha vó.

A vida REAL é liberal e capitalista ainda que os socialistas odeiem isso.

Clube da Corrupção aciona STF para tirar juiz Sérgio Moro da Lava Jato.

COMPARTILHAMENTO
O juiz Sérgio Moro, nesta terça, autorizou a entrega para a CPMI da Petrobrás, de todo material no qual se baseou para prender os diretores de 9 empreiteiras.
CLIQUE AQUI para ler a notícia completa.


O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, encaminhou ao juiz Sergio Moro, que julga a Operação Lava Jato, questionamentos que o advogado Fabio Tofic Simantob apresentou à corte sobre políticos citados na investigação. A informação é da Folha de hoje. Para o advogado, que defende Gerson Almada, vice-presidente da Engevix, a PF sabia desde setembro do ano passado que deputados mantinham relações com o doleiro Alberto Youssef, mas o juiz só reconheceu o fato após a operação ter sido deflagrada, em 17 de março deste ano.

. Leia tudo:

. Segundo Simantob, a omissão sobre a presença de políticos visa impedir que o caso seja remetido ao STF. Deputados federais só podem ser investigados pela corte porque gozam de foro privilegiado. Gerson Almada está preso na PF de Curitiba desde o último dia 14 sob acusação de pagar propina para obter contratos na Petrobras.Os políticos que apareceram na apuração em 2013, segundo o defensor, são os deputados André Vargas (sem partido-PR) e Luiz Argôlo (SDD-BA). Ele relaciona dois fatos que comprovariam a omissão: a PF cita o número do telefone de Argôlo em relatório de setembro de 2013 e a entrega de R$ 120 mil ao chefe de gabinete do parlamentar também naquele ano. O advogado diz que o juiz impede réus de citar os nomes de políticos que são acusados de receber propina com o mesmo objetivo: manter o processo sob sua condução.

. Procurado pela Folha, Moro não quis se pronunciar. Em questionamentos similares, ele disse que políticos não são investigados, mas sim o desvio de recursos da Petrobras.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Abaixo veja o vídeo da apreensão de dinheiro vivo – muito dinheiro – na casa do diretor da Queiroz Galvão, preso por ordem do juiz Sérgio Moro. 

Audiência pública discutirá reajuste do salário mínimo estadual do RS

Ampliação do debate sobre o polêmico PL do Executivo foi proposta pelo deputado Frederico Antunes

Os deputados da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa aprovaram por unanimidade na manhã desta terça-feira, em reunião ordinária realizada no Plenarinho do Parlamento gaúcho, requerimento de audiência pública do líder da bancada do PP, deputado Frederico Antunes para debater o Projeto de Lei 222/2014, do Poder Executivo, que propõe reajuste de 16% para o salário mínimo regional.A audiência será realizada na próxima terça-feira (02) a partir das 9h30min na sede do parlamento. Segundo parecer exarado pela Procuradoria-Geral da Casa, a reposição não pode ser autorizada, sob a alegação de que teria sido proposta em período vetado pela legislação eleitoral. 


. Serão convidados para o debate representações do Governo do Estado; Fiergs; Fecomércio; Farsul; Federasul; CDL/POA, AGV, Sindicatos e representantes dos trabalhadores.

SKF resolve ampliar seus negócios nas áreas de óleo e gás

O grupo SKF, de origem sueca, está querendo aumentar sua participação no mercado de óleo e gás brasileiro e criou uma divisão interna para buscar novos negócios no segmento. O diretor contratado para liderar a área, Ronaldo Farinhas, conta que fizeram um mapeamento do mercado, analisando as oportunidades interessantes para a SKF, e agora estão iniciando o trabalho de aproximação com os potenciais clientes. Hoje, a companhia sueca já é fornecedora da Petrobrás e da Braskem, tendo como seu carro chefe a área de rolamentos e acessórios, mas pretende ampliar o escopo de seus fornecimentos ao mercado de petróleo nacional, com atuação também em serviços, sistemas de lubrificação e mecatrônica, por exemplo. Com a meta de crescer 32% em óleo e gás no país em 2015, uma das apostas será a participação em eventos, como a Brasil Offshore, e a organização de seminários técnicos para empresas específicas.

. O material a seguir é do site Petronotícias, inclusive a entrevista. Leia:

Como a SKF está vendo o mercado de óleo e gás brasileiro atualmente?

A SKF ao longo dos anos vem fornecendo para o mercado de óleo e gás de uma maneira bastante sistemática. O fato é que não existe dentro da corporação um grupo dedicado a esse mercado. Por mais que atendêssemos, principalmente com foco na Petrobrás e na Braskem, não tínhamos esse grupo. Em junho, iniciamos a montagem de uma equipe para isso. Fui contratado para liderar esse grupo primeiramente no Brasil, e depois expandiremos para a América Latina.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

Foi suicídio a causa da morte do filho do jornalista Alexandre Garcia

Foi suicídio a causa da morte de Gustavo Nunes Garcia, 27 anos, filho do jornalista gaúcho Alexandre Garcia. Ele não morava com o pai.

Tarso cria novo factóide: agora vai ao STF contra auxílio-moradia de R$ 4,3 mil para juizes e promotores

Sem mais vontade alguma de governar seu fracassado governo, Tarso Genro dedica suas horas de ócio de final de festa para entupir a Assembléia de projetos, escrever ensaios cada vez melhores para jornais e sites, além de ajuizar ações nos tribunais superiores.

. É seu canto do cisne.

. São factóides em cima de factóides. 

. Nesta terça-feira, o overnador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), confirmou que decidiu tomar uma medida concreta para tentar barrar o pagamento de R$ 4,3 mil de auxílio-moradia a juízes, promotores, desembargadores e procuradores da Justiça estadual. Por meio da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), o governo gaúcho ingressou com duas ações junto ao Supremo Tribunal Federal (STF). Interpôs um agravo regimental e impetrou mandado de segurança contra a decisão do ministro do Supremo Luiz Fux.


. Em setembro, em decisões liminares (provisórias), Fux primeiro concedeu o pagamento do auxílio-moradia a todos os juízes federais do País e, poucos dias depois, estendeu o benefício à Justiça Militar, à Justiça do Trabalho e a magistrados de nove Estados que ainda não recebiam o benefício, entre eles o Rio Grande do Sul.

Levy irá para o ministério da Fazenda nesta quinta-feira

LO anúncio de Joaquim Levy no ministério da Fazenda, Nelson Barbosa no Planejamento e Alexandre Tombini no Banco Central será feito pelo governo na próxima quinta-feira, quase uma semana depois do adiamento da última sexta.

. O  mercado se animou e Ibovespa sobe 1,44% às 11h

Alceu Moreira vê semelhanças entre a Lava-Jato e a Operação Mãos Limpas

Charge de Chico Caruso, O Globo, hoje.

Em artigo que escreveu hoje para o UOL, o governador Tarso Genro analisou a possibilidade do impeachment de Dilma e a extinção do PT e até do PMDB, dizendo o seguinte:

Se o mundo dos partidos e a esfera da política forem destruídos, o que seguirá depois de Dilma não é Aécio nem Marina, mas algum Berlusconi caboclo.

. Tarso refere-se ao que aconteceu depois da Operação Mãos Limpas, que ocorreu na Itália.

. Ouvido esta manhã pelo editor, disse o deputado Alceu Moreira, PMDB do RS, falou sobre a Operação Lava-Jato e a Operação Mãos Limpas:

Em muitos aspectos, a Operação Lava-Jato assumiu semelhança impressionante com a Operação Mãos Limpas, ocorrida na Itália. O juiz Sérgio Moro não possui os mesmos poderes de investigador, acusador e julgador, mas a conexão  que existe entre a Justiça Federal, MPF e PF cumprem o mesmo papel. A Operação Mãos Limpas, l982, levou ao fim da chamada Primeira República Italiana e ao desaparecimento de muitos partidos políticos. Alguns políticos e industriais cometeram suicídio quando os seus crimes foram descobertos. Todos os quatro partidos no governo em 1992 - a Democracia Cristã (DC), o Partido Socialista (PSI), o Social-Democrata e o Liberal - desapareceram posteriormente, de algum modo

Tudo pronto para acareação entre Cerveró e Paulinho na semana que vem

Ouvido esta manhã pelo editor:

Deputado Enio Bacci, membro da CPMI da Petrobrás
A reunião desta semana da CPMI não tem grande relevância. O que poderá render bons frutos será a careação que propus entre os ex-diretores da Petrobrás, Nestor Cerveró e Paulo Costa. Vamos ver quem está mentindo.

Artigo, Sérgio Augusto - Suíça Connection (a história de Paulo Francis x Petrobrás)..

O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://alias.estadao.com.br/noticias/geral,suica-connection,1596361Neste artigo para o caderno Aliás, "O Estado de S. Paulo" deste domingo, o jornalsita Sérgio Augusto conta que no dia 14 deu uma de Stanislaw Ponte Preta e gozou, no Twitter, o nome dado à Operação Lava Jato, que alguns ainda grafam com hífen. Ele lembra a história de outro jornalista, Paulo Francis, que há 30 anos denunciou roubalheiras na Petrobrás, sofreu um processo que resultou em indenização de R$ 100 milhões, que o teria matado. Leia tudo:

. Se não havia na história um avião a jato, nem sequer um prosaico ultraleve a ser lavado, a expressão era descabida. Dada sua clara intenção de conotar uma faxina em regra, como a executada nos carros em postos de gasolina, o nome correto seria “lava a jato”.

. Agindo com impressionante competência e rapidez na perseguição aos saqueadores da maior empresa pública do País, a PF tem saldo credor para cometer impunemente mais umas duas ou três mancadas ortográficas. 

. Há quase 20 anos, o jornalista Paulo Francis denunciou, no programa Manhattan Connection, que “todos os diretores da Petrobrás” punham dinheiro na Suíça. Apesar do alerta em off de Lucas Mendes (“olha, que dá processo”), Francis não tirou o dedo do gatilho. Referiu-se a um amigo, advogado, que num almoço com um banqueiro suíço ouvira deste o seguinte comentário: “Bom mesmo é brasileiro, porque esses bilionários árabes depositam US$ 1 milhão, US$ 2 milhões, mas uma semana depois tiram. Os brasileiros põem US$ 50 milhões, US$ 60 milhões e deixam”. Segundo Francis, toda aquela grana era fruto de roubalheira, de superfaturamento. 

. Novo alerta de Lucas, dessa vez gestual (um discreto tapinha no braço direito), novamente ignorado por Francis, que reiterou sua certeza de que a Petrobrás fora dominada “pela maior quadrilha” em atividade numa empresa pública brasileira. 

. Lucas suspeitou certo: deu galho. Não contra a quadrilha vagamente apontada por Francis (o que só poderia ocorrer se o então presidente da Petrobrás, Joel Rennó, tivesse mandado investigar a procedência das acusações e as tivesse comprovado), mas contra o próprio acusador. 

. Sem provas concretas para substanciar sua denúncia, Francis acabou processado por Rennó, no foro de Nova York. Um processo impagável de US$ 100 milhões, ao qual o jornalista ainda se referiria em outra edição do Manhattan Connection, quando citou nominalmente o presidente da Petrobrás e acusou os diretores da estatal de tentarem intimidá-lo e silenciá-lo. 

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Procuradores do MPF embarcam para a Suiça atrás do dinheiro sujo do Petrolão

Da esqueda para a direita, pela ordem: Paulo Costa, Fernando Biano, Marcelo Odebrecht e Renato Duque. A Odebrecht não teve ninguém preso. As investigações sobre o grupo, dono no RS da Brakem e Pólo Petroquímico, correm em processo separado no Rio. 

Investigadores da Operação Lava Jato embarcaram ontem para a Suíça com o objetivo de rastrear a origem dos recursos das contas de Paulo Roberto Costa e Fernando Baiano, além de outras que são atribuídas a Renato Duque.

. No caso de Costa, ele próprio declarou que os "seus" US$ 23 milhões foram pagos pela Odebrecht, de Marcelo Odebrecht; segundo a colunista Monica Bergamo.

. Esta nova fase das investigações, que teria como alvo a maior empreiteira do País, estaria sendo chamada de "Apocalipse".

Justiça bloqueia R$ 30 milhões em contas da Iesa e da Petrobrás para garantir indenizações em Charqueadas

O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Santa Cruz do Sul obteve, no final da tarde desta segunda-feira, o bloqueio de valores existentes em conta corrente e/ou aplicação financeira junto a instituições bancárias que tenham como titulares as empresas Iesa, Consórcio Tupi BV e Petróleo Brasileiro S.A. (Petrobras) até o limite de R$ 30 milhões, via sistema BacenJud.

. A Iesa iria demitir mil trabalhadores da sua planta de Charqueadas, ontem, mas foi proibida de fazer isto por parte da Justiça do Trabalho, que não encontrou ninguém da empresa para entregar a notificação nesta segunda-feira.

. A decisão do bloqueio deve-se às notícias de que os trabalhadores não terão suas indenizações pagas. Seus responsáveis pela planta gaúcha sumiram e seus diretores foram presos na semana passada. Além disto, a Inepar, a controladora, está em recuperação judicial e á beira da falência.

Marfrig quer comprar cinco frigoríficos do grupo gaúcho Mercosul

O Marfrig negocia a compra em definitivo de cindo das seis  unidades de abate do frigorífico do grupo gaúcho Mercosul arrendadas desde o fim de 2009.

Vinícola Aurora entra na Kroger, maior grupo de lojas de conveniência dos EUA

Cinco rótulos da vinícola gaúcha Aurora, Bento Gonçalves, são os primeiros vinhos brasileiros a entrar nessa rede, e estarão nas suas 225 lojas Harris Teeter, que são as unidades especializadas em comidas e bebidas do grupo nos Esados Unidos.A maior vinícola do Brasil acaba de fechar o embarque de cinco de seus rótulos para a Kroger, a maior rede de lojas de conveniência dos EUA. São eles: Brazilian Soul Chardonnay, Brazilian Soul Merlot, Brazilian Soul Premium Selection Tannat e os espumantes já conhecidos dos norte-americanos,  Moscatel e Brut. É a primeira vez que vinhos brasileiros entram na Kroger (grupo presente em 33 estados)

. A vinícola lança naquele mercado sua marca de exportação Brazilian Soul, mas já vem fazendo sucesso na  Europa e Ásia há quase dois anos. 

. Única brasileira com distribuição nacional de seus vinhos nos EUA, a Vinícola Aurora está em 42 estados e em outras grandes redes nacionais como HEB, Publix e Total Wine. “A Kroger dará uma visibilidade ainda maior aos nossos produtos naquele mercado”, afirma Rosana Pasini, gerente de exportações da Vinícola Aurora.  

. A vinícola segue firme como maior exportadora de vinhos do Brasil em 2014. A Aurora exporta para mais de 20 países, nos 5 continentes.

Dentro de uma semana termina prazo para adesão ao Refis da Copa

As adesões ao Refis da Copa só poderão ser feitas até o dia 1o de dezembro.

Inadimplência das empresas cresceu 4,4% em outubro

O Indicador Serasa Experian de Inadimplência das Empresas registrou crescimento de 4,4% em outubro deste ano, na comparação com setembro. O mesmo percentual de aumento (4,4%) foi verificado na variação anual – outubro de 2014 contra o mesmo mês de 2013. No acumulado de janeiro a outubro deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado, o indicador teve alta de 7,1%. 

. De acordo com os economistas da Serasa Experian, a alta da inadimplência das empresas em outubro/14, tanto em relação a setembro/14 quanto à outubro do ano passado decorre dos impactos adversos do binômio estagnação econômica/custo do crédito em ascensão sobre a saúde financeira das empresas. Pois, se por um lado, o enfraquecimento da atividade econômica prejudica a geração e caixa das empresas, por outro, o encarecimento do custo do crédito aumenta as suas despesas financeiras.

Intentona Comunista completará 79 anos no dia 27

Dia 27 será dia de registrar a passagem de mais um aniversário da Intentona Comunista de 1935. Na época, governo Vargas, os comunistas tentaram um golpe militar contra o presidente, líder da Revolução de 1930.

. O chefe do golpe, Luiz Carlos Prestes,foi preso. 

. Um museu para relembrar as vítimas dos comunistas brasileiros está sendo organizado. Site em construção é o seguinte: http://www.museuvitimasdoscomunistas.com.br/

CLIQUE AQUI para saber como foi o golpe militar comunista que queria matar Getúlio Vargas e implantar a ditadura no Brasil.  O material é da Wikipedia.

Kátia Abreu fez escalada de oportunismo político até chegar ao ministério da Agricultura

A senadora Kátia Abreu, que passou pelo DEM e pelo PSD antes de chegar no PMDB, empenhou-se numa discussão pública com Rodrigo Constantino, que assina coluna no site www.veja.com.br

. Rodrigo Constantino criticou com razão a inconstância partidária de Kátia, que é presidente da Confederação Nacional da Agricultura, além de manifestar estranheza e repúdio pela sua colaboração com o que chama de inimigos de classe, no caso o governo do PT.

. A senadora do Tocantins chamou o colunista de "fascista".

. Kátia Abreu revelou-se oportunista e traiçoeira, abandonando o tom crítico que usou com os governos do PT do início do seu mandato, aliando-se agora aos seus algozes.

Kátia Abreu e Levy enfrentam fortes vetos das alas à esquerda do PT. Levy teria colaborado com a campanha de Aécio.

Sem vetos aparentes, estão confirmados os seguintes nomes para o novo ministério de Dilma:

Miguel Rosseto, secretário Geral
Nelson Barbosa, Planejamento
Armando Monteiro Filho, Desenvolvimento

. Os nomes de Kátia Abreu, Agricultura, e Joaquim Levy, Fazenda, enfrentam fortes obstáculos das alas mais à esquerda do PT e também dos seus aliados sindicalistas e ongueiros.

. Os repórteres Andréia Sadi e Natuza Nery, Folha de São Paulo, revelaram hoje que escolhido por Dilma Rousseff para ocupar o Ministério da Fazenda, Joaquim Levy colaborou informalmente com a campanha de Aécio Neves (PSDB), principal adversário da presidente na disputa eleitoral de 2014.

.; Segundo três integrantes do time do tucano e um parlamentar que acompanhou a campanha de Aécio, a linha direta de Levy era com Armínio Fraga, ex-presidente do BC de Fernando Henrique Cardoso e coordenador do programa econômico tucano.

. "Levy é pupilo do Armínio e foi ouvido na campanha'', disse um aliado da equipe do então presidenciável.

. O ex-secretário do Tesouro, hoje no Bradesco, foi aluno de Armínio. Os dois mantêm uma relação próxima.

Empresa do ex-chefe de governo português preso tem conexão com corrupção no Brasil

O ex-primeiro ministro português José Sócrates, que é socialista, foi preso na sexta-feira em Lisboa por suposta ligação com um caso de fraude fiscal, lavagem de dinheiro e corrupção é presidente do  Conselho Consultivo para a América Latina da farmacêutica Octapharma. A empresa suíça tem envolvimento com a Operação Vampiro da Polícia Federal do Brasil.

. É a primeira vez que um ex-chefe de governo português é preso.


. A empresa suíça teria forjado faturas para o ex-premiê, que chegariam a 20 mil euros por mês.

Relatório da exumação do corpo de Jango será revelado dia 1o de dezembro

Esta manhã, 10h, em Brasília, a ministra Ideli Salvatti anunciará o início da elaboração do relatório final da exumação do corpo do ex-presidente João Goulart. O resultado sairá dia 1o de dezembro.

Assembléia vota hoje projeto que cria aposentadoria especial para deputados gaúchos

Será votado hoje o projeto que cria a aposentadoria especial para os deputados estaduais do RS. As bancadas do PT e do PCdoB resolveram votar contra, mas a maioria já resolveu aprovar tudo.

Mendes Ribeiro Fiolho entra em coma profundo

O ex-ministro gaúcho Mendes Ribeiro Filho está desde ontem em coma profundo na Santa Casa de Porto Alegre. Ele luta contra um câncer desde 2007.

Comissão Mista aprova projeto que altera meta de superávit para 2014

A base governista finalmente conseguiu organizar sua tropa e aprovou na noite desta segunda-feira, na Comissão Mista de Orçamento (CMO), o parecer da medida que permitirá ao governo abandonar a meta fiscal para este ano. Já na madrugada desta terça, todos os 38 destaques apresentados ao relatório do projeto foram rejeitados pela comissão. O relator, Romero Jucá (PMDB-RR), manobrou para que os destaques fossem votados em conjunto, contra a vontade da oposição, que queria a análise individual. Pelo texto aprovado, o Executivo poderá abater da meta de superávit primário fixada para o governo central todos gastos com investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e as desonerações implementadas. O abatimento originalmente previsto era de R$ 67 bilhões e passa a R$ 116,1 bilhões se aprovada a medida. Em documento enviado ao Congresso Nacional, o governo se comprometeu a conseguir R$ 10,1 bilhões de superávit
Para não correr o risco de novamente não alcançar quórum suficiente para a deliberação, como ocorreu na quinta-feira, a base aliada levou à sessão os líderes do PMDB e do PT no Senado e na Câmara, que compareceram acompanhados de correligionários.

. A oposição usou do regimento o quanto pôde para atrasar a votação, mas, após mais de três horas de discussão acalorada entre as partes, o parecer foi aprovado às 23h25.

. Grupos organizados levados ao Congresso Nacional por parlamentares de oposição  fizeram muito barulho do lado de fora da sala onde ocorreu a sessão, mas foram impedidos de acompanhar a reunião.

. O projeto segue agora para apreciação no plenário do Congresso Nacional, mas a pauta está travada por 38 vetos presidenciais pendentes de deliberação. O presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), marcou sessão para esta terça-feira. A oposição prometer obstruir a pauta e usar de todas as manobras regimentais possíveis para atrasar ao máximo a votação da medida.