Rússia dá ultimat para rendição das tropas ucranianas na Criméia. Depois das 17h, haverá guerra.

Frota do Mar Negro do país de Vladimir Putin deu até as 5h de terça-feira (meia-noite, no horário de Brasília) para as forças ucranianas na Crimeia se renderem ou enfrentarão um ataque militar, informou a agência de notícias Interfax, citando uma fonte do Ministério da Defesa da Ucrânia.;

. A Criméia integra a Ucrânia.

. O presidente da Rússia, Vladimir Putin, enquanto ocupa e avança na Criméia, negocia "conversações" com o Ocidente. 

Maiores de 66 e menores de 15 anos podem resolver problemas de visto para EUA em Porto Alegre

A partir deste mês de março, o processo de pedido de visto para os Estados Unidos será facilitado aos gaúchos que quiserem aterrissar em solo norte-americano. Previsto para iniciar operação no final de março, em prédio localizado na avenida Carlos Gomes, em Porto Alegre, um Centro de Atendimento para Serviços de Visto (CASV) deve acelerar a emissão da primeira solicitação do documento e resolver processos de renovações e outras autorizações onde há isenção de entrevista.

. O CASV de Porto Alegre funcionará a exemplo das unidades de Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo – onde há duas operações do gênero – Belo Horizonte e Recife. Ali são coletadas informações biométricas, como fotos, impressões digitais e demais documentos exigidos na primeira das duas etapas necessárias para a emissão do visto norte-americano. Até que seja instituído o consulado em Porto Alegre, prometido para o final de 2015, a segunda etapa, que consiste de uma entrevista, continuará ocorrendo na embaixada dos Estados Unidos, em Brasília, ou nos consulados já existentes, localizados no Rio de Janeiro, São Paulo e Recife.


. “Mas uma média 20% a 25% dos interessados em viajar para os Estados Unidos resolverá plenamente suas demandas no CASV, porque não precisa passar pela entrevista”, destaca a cônsul dos Estados Unidos para o Rio Grande do Sul, Erin McConaha. Ela se refere às pessoas menores de 16 anos e maiores de 66 anos, que atualmente são isentas de visto para ingresso naquele país, e àquelas que já obtiveram visto anteriormente, e apenas precisam renovar o documento. “Estas categorias irão realizar todo o processo em Porto Alegre, e receber o passaporte pelos Correios”, explica Erin.

Tribunal de Justiça confirma cassação dos direitos políticos de Ary Vannazi, presidente do PT no RS

Saiu no dia 27, quinta-feira, o Acórdão pelo qual a 22a. Câmara Civel do Tribunal de Justiça do RS confirmou por unanimidade a condenação do ex-prefeito de São Leopoldo, RS, e também atual prefeito do PT, Ary Vannazi, que foi denunciado pelo Ministério Público por crime de improbidade administrativa. Na qualidade de prefeito, ele foi acusado de usar dinheiro público para apoiar o IV Fórum da Juventude – Políticas do Mercosul, realizado em 2007.

. Como a decisão judicial é de colegiado e foi tomada por unanimidade, o ex-prefeito e presidente estadual do PDT está desde agora na Lei da Ficha Suja. Isto significa que ele está com os direitos políticos cassados e não poderá disputar as eleições de outubro.

. A apelação cível protocolada por Ary Vannazi foi julgada apenas quatro meses depois da condenação ocorrida em primeiro grau e assinada pela juíza Adriane de Matos Figueiredo. Na 22a. Câmara Cível, o acórdão foi obtido com os votos dos desembargadores Maria Isabel de Azevedo Souza, Carlos Duro e Marilene Bonzanini.,

. Ary Vannazi foi condenado a ressarcir os R$ 33.600,00 que gastou na época, valor que terá que ser atualizado pelo IGP-M a contar da data do evento. Ele também terá que pagar multa equivalente a 10 vezes o valor do seu salário da época. Além disto, teve os direitos políticos cassados por três anos e seu nome será inscrito no Cadastro Nacional dos Condenados por Ato de Improbidade Administrativa.

. O IV Fórum da Juventude só atendeu aos interesses do PT.

. O Tribunal de Justiça aceitou os argumentos do Ministério Público, segundo os quais “o prefeito infringiu direitos e deveres inerentes ao administrador público, considerando que o referido evento era direcionado exclusivamente aos militantes do partido dos Trabalhadores, não possuindo nenhum interesse público”. Neste caso, há clara infringência ao parágrafo 1º do artigo 37 da Constituição Federal, que estabelece o seguinte:

- A publicidade dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos, deverá ter caráter educativo, informativo ou de orientação social, dela não podendo constar nomes, símbolos ou imagens que caracterizem promoção pessoal de autoridades ou servidores públicos.

. O inquérito civil número 000890/2009, deixou claro que “o evento denominado IV Fórum de Juventude Políticas do Mercosul, ao contrário do que afirmado pelo réu, teve cunho partidário”.

. Ao final do encontro, foi tirada uma “Declaração de São Leopoldo”, que apresenta uma agenda de programações futuras, denominada “agenda de lutas”, relacionada diretamente com o Congresso Nacional do Partido dos Trabalhadores, realizado em agosto daquele ano.

. Nos autos comprovou-se que “o Fórum estava sendo organizado pelo PT e era direcionado exclusivamente para os militantes de esquerda”.

. Na época, boletim do gabinete do deputado petista André Vargas, referia-se claramente à Juventude do PT como organizadora do evento.

Incluído na Lei da Ficha Suja, Ary Vannazi perdeu as condições políticas de continuar presidindo o PT do RS

A inclusão do nome do presidente estadual do PT na Lei da Ficha Suja é caso único entre os presidentes de Partidos Políticos do RS. O incidente torna inviável que Ary Vannazi permaneça no cargo. O acórdão dos desembargadores da 22ª. Câmara Cível, assinado na semana passada, caracteriza decisão de colegiado, portanto possui efeito imediato. Mesmo que Vannazi recorra, o recurso não terá efeito suspensivo. Além do mais, é mais do que improvável que ele consiga êxito, porque a questão de mérito não pode mais ser discutida, já que o acórdão foi obtido por unanimidade.

. O ex-prefeito Ary Vannazi também  é investigado no âmbito da chamada Operação Cosa Nostra, um inquérito aberto pela Polícia Civil, que já dura três anos e não parece acabar nunca. O chefe da Polícia Civil no RS é o governador Tarso Genro, do mesmo Partido do presidente do PT.

PSDB gaúcho namora com PP, PMDB e PDT

O PSDB do RS não descartou a possibilidade de aliança com o PP de Ana Amélia, porque está convencido de que José Ivo Sartori vencerá a pré-convenção do PMDB no dia15, saindo como candidato ao Piratini e com isto fechando aliança com Eduardo Campos, PSB.

. Neste caso, o PP teria que fechar com o PSDB para conseguir mais tempo de TV.

. O PSDB negocia também com o PDT, que já acenou com o cargo de vice e coligação na proporcional. 

Saiba tudo sobre as novas jornadas de protesto ocorridas neste domingo na Venezuela

Cartazes como os do lado circulam nas redes sociais de todo mundo, revelando todo o horror da repressão dos tiranos bolivarianos contra o povo desarmado que protesta nas ruas contra a opressão.



Caracas, a capital da Venezuela, teve um domingo de carnaval completamente atípico. A cidade foi tomada por milhares de manifestantes contra o regime comunista de Nicolás Maduro. 

. O texto todo é do blog de Aluizio Amorim:

. Quando os ponteiros dos relógios juntaram-se para marcar meio-dia, iniciava-se uma marcha gigantesca da oposição partindo simultaneamente de quatro pontos da capital venezuelana. E cada uma dessas marchas tinham um tema de protesto: a insegurança, censura, escassez e injustiça, segundo informa o site Actualidad 360.

. Para ver um excepcional conjunto de fotos dessa extraordinária manifestação CLIQUE AQUI. 

É exasperante a incapacidade do governo Dilma de entregar o que promete

Em editorial de hoje, o Estadão diz que exaspera a incapacidade do governo de entregar o que promete. Depois de bravatear a intenção de construir 800 aeroportos regionais, no final de 2012, a presidente Dilma Rousseff se fez de desentendida e disse que, na verdade, a meta eram 270 terminais – um objetivo já bastante ousado. Passado mais de um ano, é claro que nada saiu do papel – mas agora já se sabe que o custo dessa aventura, cuja previsão inicial era de R$ 7,3 bilhões, deverá ser maior.Leia mais:

 Levantamentos feitos pelo governo, conforme revelou o Estado, indicam que os gastos foram subestimados. 

. Segundo os técnicos, os projetos não levavam em conta a necessidade de grandes obras em aeroportos chamados “médio-grandes” – casos de Ribeirão Preto e Bauru (SP), Governador Valadares e Patos de Minas (MG), Rondonópolis (MT), Dourados (MS), Caxias do Sul (RS) e Maringá (PR). 


CLIQUE AQUI para ler mais.

INSCREVA-SE AGORA
WORKSHOP "MARKETING POLÍTICO DE OPOSIÇÃO"
Dias 22 e 23 de março, Plaza, Porto Alegre.
9 especialistas contam tudo sobre montagem de comitês, captação de recursos, prestação de contas, estratégias de marketing, rádio, TV, jornal, internet, pesquisas, legislação
Informações: (051) 3061.0741 ou pelo e-mail polibio.braga@uol.com.br
CLIQUE AQUI para examinar toda a programação e saber como se inscrever.

Empreiteira que atrasa obras do Salgado Filho está acostumada a atrasar obras no RS e SC

Além da ampliação do terminal de passageiros do Salgado Filho, em Porto Alegre, a construtora Espaço Aberto tem outras seis obras atrasadas em Santa Catarina, denuncia hoje o jornal Zero Hora, Porto Alegre. Leia mais:

. Conforme reportagem no jornal Diário Catarinense do último domingo, o não cumprimento de prazos, na maioria dos casos, estaria atrelado a aditivos financeiros que resultariam em prejuízos milionários aos cofres públicos.

Cinco dessas obras com entrega adiada resultaram em notificações e advertências, sanções administrativas e multa. Ainda que o prazo final para os dois aeroportos (Porto Alegre e Florianópolis) não tenha se esgotado, a Infraero já aplicou duas sanções na capital catarinense, enquanto em Porto Alegre houve notificação.

. A reportagem revela ainda um acúmulo de atrasos em obras já concluídas. Pelo menos nove projetos que tiveram a mesma empresa como vencedora da licitação não foram entregues na data prometida. Três dos casos chegaram a ser alvo de investigação na Controladoria-Geral da União (CGU), Tribunal de Contas do Estado (TCE) e da União (TCU) e do Ministério Público Federal (MPF).


. A mais emblemática é a obra do Centro Operacional e Administrativo dos Correios, no município catarinense de São José. TCU e CGU apontaram suposto prejuízo de R$ 9,2 milhões por sobrepreço gerado pela renegociação do contrato. Só no primeiro ano, foram feitos quatro aditivos. O atraso na entrega do prédio gerou duas multas que totalizaram R$ 768,7 mil.

CLIQUE AQUI para ler o que disse o empreiteiro para o jornal Zero Hora. 

PF pede investigação contra ministro Manoel Dias, PDT

O jornal O Estado de S. Paulo desta segunda-feira informa que a Polícia Federal concluiu inquérito sobre desvio de recursos do Ministério do Trabalho e pediu a abertura de investigação sobre o titular da pasta, Manoel Dias, no Supremo Tribunal Federal. Conforme relatório concluído na semana passada e remetido à Justiça, há indícios da participação de Dias em esquema para empregar militantes do seu partido, o PDT, como funcionários fantasmas de uma entidade que firmou convênios com o ministério, recebendo R$ 11 milhões. Leia tudo:
A investigação da PF partiu de revelações de um ex-dirigente do PDT em entrevista ao Estado em setembro do ano passado. Ex-presidente da Juventude do partido em Santa Catarina, John Sievers – que à época era presidente do diretório estadual do PDT – contou que em 2008, a mando do ministro Dias, recebia pagamentos mensais da Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Rio Tijucas e Itajaí Mirim (ADRVale), com sede em Brusque (SC) e comandada por pedetistas. Na prática, porém, prestava serviços à Universidade Leonel Brizola, braço da legenda para a formação política da militância.
. "Quem me passou (as orientações) foi o Manoel (Dias). Meu salário foi pago através da ADRVale", afirmou Sievers.
. As afirmações ao Estado foram reiteradas à PF.
CLIQUE AQUI para ler tudo.

INSCREVA-SE AGORA
WORKSHOP "MARKETING POLÍTICO DE OPOSIÇÃO"
Dias 22 e 23 de março, Plaza, Porto Alegre.
9 especialistas contam tudo sobre montagem de comitês, captação de recursos, prestação de contas, estratégias de marketing, rádio, TV, jornal, internet, pesquisas, legislação
Informações: (051) 3061.0741 ou pelo e-mail polibio.braga@uol.com.br
CLIQUE AQUI para examinar toda a programação e saber como se inscrever.

Na Câmara de Porto Alegre, só Nagelstein apóia Ziukolski

Pelo menos três dos quatro vereadores do PMDB de Porto Alegre apóiam claramente a candidatura de José Ivo Sartori ao Piratini. São eles: Idenir Cechin, professor Garcia e Lourdes Sprenger. Somente o presidente do Partido, Valter Nagelstein, apóia Paulo Ziukolski, mas ainda assim busca manter posição pública de neutralidade, em função do cargo.

. O PMDB de Porto Alegre é o que maior número de delegados terá à pré-convenção do dia 15.

Derrota de Sartori representaria o fim de um ciclo no PMDB do RS

Caso perca a indicação no dia 15, o ex-prefeito José Ivo Sartori será candidato a deputado Federal. Sua derrota representaria o fim de um ciclo de 30 anos no Partido, que sempre foi pautado pelo senador Pedro Simon.

INSCREVA-SE AGORA
WORKSHOP "MARKETING POLÍTICO DE OPOSIÇÃO"
Dias 22 e 23 de março, Plaza, Porto Alegre.
9 especialistas contam tudo sobre montagem de comitês, captação de recursos, prestação de contas, estratégias de marketing, rádio, TV, jornal, internet, pesquisas, legislação
Informações: (051) 3061.0741 ou pelo e-mail polibio.braga@uol.com.br
CLIQUE AQUI para examinar toda a programação e saber como se inscrever.

Deputada Ana Affonso quer privilégio corporativista da licença-maternidade

A deputada gaúcha Ana Affonso e o seu Partido, o PT, pressionam a Assembléia para aprovar imediatamente a mudança do regimento interno, para contemplar o direito à licença-maternidade de deputadas. Ana teve uma filha na quinta-feira, Sophia Affonso Dal Berto. Ela pode pegar licença-saúde de 120 dias, mas quer continuar mantendo o gabinete, os funcionários e os salários.

. O instituto de licença-maternidade não existe na Assembléia Nos moldes desejados por Ana Affonso, ela teria direito a permanecer no cargo, mesmo afastada, por meio ano.

. Trata-se de um privilégio inaceitável.

. O justo seria garantir os salários durante a ausência de meio ano, mas jamais privar o suplente dos seus direitos.


. Aliás, o mesmo instituto da licença-maternidade deveria ser concedido aos deputados, no caso a licença-paternidade.

Governo gaúcho nem sabe quanto custarão as novas obras no Inter, mas continua pressionando os deputados pela aprovação do projeto de renúncia fiscal

Embora ninguém saiba se as chamadas estruturas temporárias que o Internacional deve apresentar para garantir jogos da Copa no seu renovado estádio custarão mesmo R$ 30 milhões, R$ 41 milhões ou R$ 79 milhões, o governo estadual continua pressionando os deputados para conceder-lhe um cheque em branco no valor de R$ 30 milhões, com a justificativa de que será este o valor das despesas. Leia a reportagem as seguir de Zero Hora para entender melhor o imbroglio:

Representantes do governo estadual, da prefeitura e do Inter ainda lutam para reduzir o custo final das estruturas temporárias para os jogos da Copa em Porto Alegre. Hoje, o valor estimado pelas autoridades locais está em R$ 30 milhões.

. O Comitê Organizador Local (COL), entretanto, ainda nem aceitou o desenho que reduziu (e muito) o valor inicial previsto de R$ 79 milhões, e sustenta ser necessário um investimento que gira entre R$ 35 milhões e R$ 41 milhões. Em paralelo a essa indefinição, a área de marketing do Inter já saiu em busca de empresas interessadas em investir nas estruturas a partir da isenção de ICMS prevista em um projeto de lei protocolado na Assembleia Legislativa em regime de urgência. O clube será o responsável direto pela captação dessas empresas, ainda que conte com o auxílio do poder público.


. A proposta está distante de ser votada. Articuladores do governo do Estado tentam um acordo de lideranças para que o projeto vá a plenário mais rápido, mas setores da oposição relutam.

CLIQUE AQUI para saber mais, inclusive para conhecer a lista das chamadas estruturas temporárias.