Veja e ouça o discurso integral do senador Aécio Neves

O histórico discurso pronunciado nesta quarta-feira no Senado, coloca o ex-candidato Aécio Neves num novo patamar, o de líder incontestável da oposição brasileira, posição que até agora não foi exercida por ninguém.

. CLIQUE AQUI para ouvir o pronunciamento na íntegra.

Senado muda serviço da dívida dos Estados com a União. RS, o mais endividado, é beneficiado, mas só melhora o estoque.

O Senado Federal aprovou nesta quarta-feira o projeto de Lei Complementar que altera o indexador da dívida dos Estados e municípios com a União, que deve dar um alívio financeiro para os governos regionais mas poderá pressionar ainda mais o caixa do Tesouro Nacional. O projeto foi aprovado sem modificações em relação ao texto que aprovado na Câmara dos Deputados, e agora a matéria segue para sanção da presidente Dilma Rousseff.

. O projeto estabelece que os passivos passem a ser corrigidos pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) mais uma taxa de juros nominal de 4 por cento ao ano ou a taxa Selic, atualmente em 11,25 por cento ao ano, o que for menor.As dívidas dos Estados e municípios são atualmente corrigidas pelo Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI) mais juros que variam de 6 a 9 por cento ao ano, conforme contratos assinados entre os governos regionais e União de 1997 a 1999. 

. Além de modificar o índice de correção dos passivos, o projeto também estabelece a retroatividade, abrindo possibilidade de utilizar a Selic para corrigir o saldo devedor de contratos a partir de sua assinatura até janeiro de 2013.

. Segundo uma fonte do Ministério da Fazenda, a retroatividade reduzirá o estoque da dívida dos Estados e municípios com a União em 59 bilhões de reais, para 441 bilhões de reais. R$ 15 bilhões só para o RS. O  Rio Grande do Sul tomou empréstimo de 9,9 bilhões de reais em abril de 1998. Até dezembro de 2013 tinha pago mais de 16 bilhões de reais e ainda deve mais de 44 bilhões de reais.

- Os contratos de renegociação foram firmados no governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, quando a taxa básica de juros girava em torno de 27 por cento.  Na ocasião, a União assumiu as dívidas dos Estados e municípios, corrigidas por taxas de juros de mercado, em uma renegociação bastante favorável para Estados e municípios. 

Aécio faz discurso duro contra o PT e o governo Dilma. "Diálogo, só depois do Petrolão!, diz o senador do PSDB.

O senador Aécio Neves faz neste momento um duro pronunciamento sobre o resultado das eleições, com críticas ferozes contra o PT e o governo Dilma.

. O líder tucano reservou boa parte do início do seu discurso para denunciar novamente o uso aparelhado dos Correios.

. "Foi uma campanha sórdida, do ódio e da mentira", denunciou Aécio Neves.


. Em seu primeiro discurso na tribuna do Senado após a eleição presidencial, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), derrotado no segundo turno pela presidente Dilma Rousseff (PT), afirmou nesta quarta-feira  que qualquer tipo de diálogo com o governo depende do “aprofundamento” das investigações sobre o suposto esquema de corrupção na Petrobras, que chamou de Petrolão.

. A própria Dilma, além de Lula e o PT, foram denunciados pelos dois principais delatores que já falaram. O caso virou capa da revista Veja da semana passada.

Clique a seguir para ver e ouvir o comentário do editor sobre o discurso do senador Aécio Neves, sob o título O líder que a Nação esperava.

BRF de olho na Doux

A brasileira BRF faz oferta para comprar a Doux.

Burger King já está com um pé no Moinhos Shopping

O Burger King já está com um pé no Moinhos Shopping, Porto Alegre. A rede de lanchonetes tem sede em Miami. São 14 mil lanchonetes em todo mundo, quase todasoperando como franquias.

. A 3G Capital, que controla o Burger King, é a companhia de investimentos dos brasileiros Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Carlos Alberto Sicupira. 

PSDB quer concluir auditoria das eleições em 30 dias

O PSDB cometerá grave erro se não conseguir levantar recursos financeiros e convencer alguma das quatro gigantes da áreas global de auditoria para fazer o serviço. No Brasil, só EY, Deloitte, KPMG e PwC podem realizar alguma coisa decente, dada sua expertise.

Os tucanos esperam concluir em trinta dias a auditoria nas urnas eletrônicas, autorizada pelo Tribunal Superior Eleitoral nesta terça-feira. O coordenador jurídico do partido, o deputado Carlos Sampaio, diz que os nomes da comissão de peritos vão ser apontados na semana que vem. Segundo ele, o grupo terá de três a cinco pessoas. Os tucanos pretendem indicar para comandar o grupo o professor Diego Aranha, da Unicamp, que encontrou falhas no sistema em um teste público feito em 2012.
Sampaio afirma que a decisão do TSE foi ainda mais favorável aos tucanos do que o partido queria. Isso porque a comissão suprapartidária proposta pelo partido foi transformada pela corte em uma comissão de peritos indicada apenas pelo PSDB. O tribunal considerou que, como a sigla foi a única a subscrever o pedido, não seria possível estender a outros partidos o direito de participar oficialmente da auditoria.

. O coordenador jurídico do PSDB não acredita que o resultado da eleição presidencial tenha sido forjado. Mas afirma que a auditoria será importante para apontar possíveis brechas no sistema e dar uma resposta ao eleitorado. "Fraudes houve. Mas não creio que a ponto de mudar o resultado da eleição. Tanto que deixamos passar o prazo para pedir recontagem", diz o tucano. Por unanimidade, o Tribunal Superior Eleitoral aceitou nesta terça-feira liberar ao PSDB acesso aos arquivos eletrônicos e demais documentos referentes à totalização dos votos da eleição presidencial. Com esses dados, os tucanos poderão realizar uma auditoria própria do resultado.

Posição do editor
O TSE cedeu ao pedido do PSDB e à pressão das ruas, bem ao contrário do que até mesmo alguns dos seus líderes colocaram. A decisão desmoraliza jornalistas, políticos e parlamentares chapas-brancas, que quiseram ridicularizar a manifestação democrática dos tucanos e das ruas. 

Artigo, Elio Gaspari - O Supremo e o bolivarianismo

Noblat, Dora Krammer, Reinaldo e João Roberto Marinho, além de Veja, há muito advertem para o perigo bolivariano

O ministro Gilmar Mendes ergueu um fantasma para mutilar o poder de uma presidente que acaba de ser reeleita

Com sua retórica apocalíptica, o ministro Gilmar Mendes disse ao repórter Valdo Cruz que “é importante que (o Supremo Tribunal Federal) não se converta numa corte bolivariana”. “Isso tem de ser avisado e denunciado". A advertência está relacionada com a eleição de Dilma Rousseff e sua atribuição constitucional de nomear cinco novos ministros para o Supremo Tribunal Federal durante seu mandato. Pelo andar da carruagem, depois de julho de 2016, quando o ministro Marco Aurélio de Mello completar 70 anos, todos os onze juízes do Supremo terão sido nomeados por presidentes petistas.

Para que faça sentido o risco do tribunal “bolivariano” temido por Gilmar Mendes seria necessário admitir que as nomeações de Lula e da doutora Dilma tenham seguido uma linha partidária. Nesse caso, Joaquim Barbosa e Ricardo Lewandowski teriam algo em comum. Noutra dimensão, haveria semelhanças entre o inescrutável Teori Zavascki e Dias Toffoli. Em doze anos, o comissariado preencheu as vagas do Supremo na marca da média da moral vigente, não foi melhor nem pior que seus antecessores.

Não se deve esquecer que se hoje o Supremo tem sete ministros indicados por presidentes petistas (mais uma vaga a ser preenchida pela doutora), isso se deve ao fato de que dois juízes nomeados durante o tucanato abandonaram aquele local de trabalho. Nelson Jobim saiu em 2006, dez anos antes da aposentadoria compulsória, e Ellen Gracie foi-se embora em 2011, doze anos antes.

A tentativa de mutilação dos poderes constitucionais da Presidência

CLIQUE AQUI para ler tudo. Artigo de O Globo de hoje. 

Aécio falará em seguida no Senado. Entusiasmo com senador continua em alta.

A foto ao lado foi obtida por iPhone e remetida por What's App para o editor, o que explica a baixa qualidade técnica. Mais fotos estão no Facebook pessoal do editor. Vá lâ. CLIQUE AQUI. 

Aécio falará dentro de instantes (depois das 15h02min) no Senado.

O senador Aécio Neves lotou ainda há pouco o Auditório Nereu Ramos, Brasília, reunindo os líderes de sete Partidos da base aliada que o apoiou e também dissidentes do PMDB e PP.

. Ele encerrou seu discurso conclamando os aliados fazer "a mais vigorosa oposição a que esse país já assistiu".

CLIQUE AQUI para ler mais sobre o ato. 

. Na foto ao lado, acima, o senador está cercado pelo prefeito de Manaus, Artur Virgilio, além da senadora Ana Amélia, PP, e Paulinho da Força, SDD, da direita para a esquerda.

. Desde que voltou a Brasília, ontem, Aécio tem levado multidões ao seu encontro.

. Os discursos e entrevistas do tucano são de forte e contundente crítica ao governo e ao PT, mas rejeitam liminarmente as teses mais caras aos grupos de direita radical, como impeachment e intervenção militar, já que o senador quer disputa política dentro dos quadros democráticos. 

RBS retoma onda de demissões pela Rádio Gaúcha

Desligamentos foram justificados como parte de decisões estratégicas

A Rádio Gaúcha desligou nesta terça-feira três profissionais de seu equipe de reportagem: Álvaro Andrade, Cristiano Goulart e Évelin Argenta. Aos jornalistas, as dispensas foram justificadas como parte de decisões estratégicas para a emissora. Procurada por Coletiva.net, a gerência da Gaúcha afirmou que não comenta as demissões efetuadas. Também não se posicionou sobre os rumores de que mais cortes estariam por acontecer.

. Álvaro Andrade deixou a emissora após quatro anos. Vencedor do concurso Primeira Pauta em 2010, participou da cobertura do resgate dos mineiros no Chile e, após, foi convidado a atuar na Gaúcha. Já Cristiano, que também tem passagem pelo Grupo Bandeirantes, estava havia cerca de dois anos na Gaúcha. 

Entrevista a El PaÍs, Eduardo Cunha - Não fizemos acordo eterno com o PT. Queremos a presidência da Cãmara".

Eduardo Cunha, do PMDB, se articula para assumir a presidência da Câmara. Para ele, a Casa não quer ser liderada por um partido de “posição ideológica forte” e o Congresso Nacional se enche de representantes ultraconservadores.

A entrevista foi concedida a Talita  Bedinelli.

Uma semana depois da eleição que garantiu uma vitória apertada da presidenta Dilma Rousseff, o PT enfrenta agora uma outra disputa árdua. Desta vez, pela presidência da Câmara dos Deputados, que reúne 513 Parlamentares e já começou a presenciar um levante, liderado pelo peemedebista Eduardo Cunha (RJ).

Cunha já recebeu bandeira branca do PMDB, aliado ao Governo, para costurar as alianças necessárias para levá-lo à presidência no início de 2015, desfazendo um acordo entre os dois partidos pela alternância da liderança existente desde 2007. Na última eleição, em 5 de outubro, o PT elegeu a maior bancada da Casa, com 70 deputados, quatro a mais que o PMDB. Os dois partidos, entretanto, diminuíram de tamanho, perderam, ao todo, 23 vagas. “Hoje somos muito menores do que já fomos porque as bancadas diminuíram. O resto da Casa tem que participar. Não adianta eu querer fazer acordo se a Casa não quer”, justifica o parlamentar.

CLIQUE AQUI para ler mais. Vale a pena. 

Análise, Claiton Selistre - Por que a RBS está encolhendo.

Neste artigo publicado ontem no portal Making Of, o jornalista Claiton Selistre, que conheceu as entranhas da RBS, analisa com reveladoras informações o que acontece no mais poderoso grupo de comunicação do Sul. Leia tudo:

A internet provocou uma revolução na vida das pessoas, com forte impacto no meios de Comunicação donos de veículos impressos. Os usuários, até então, exerciam o ato unilateral de ir às bancas ou ligar um aparelho, passaram a ser acesso à geração de conteúdo – postando fotos e textos, opinando sobre tudo e todos. Foi um salto extraordinária para a formação espontânea da maior rede de informação do fundo, sem custo, muito rápido e mais impactante do que os saltos no tempo ocorridos entre a chegada do rádio, na era dos impressos, e da TV,  no auge do rádio.

A RBS, cujos negócios se dividem, principalmente, em televisão, com 18 canais; 24 rádios e 8 jornais, foi atingida fortemente pela nova onda – como grupos no mundo inteiro. O meio jornal caiu vertiginosamente em circulação e em receitas, provocando a aplicação de um remédio amargo para todos - o corte de estruturas, gente e produto, como uma bola de neve: menos recurso, menos gente, menos qualidade, menos comercialização, menos receita, menos recurso para investimento.

Sabendo que deveria crescer além das fronteiras de SC e RS, a RBS fez muitas tentativas para isso: em certa oportunidade, quis entrar no Paraná;  em outra, criou o Canal Rural – voltado para o agronegócio e parabólicas em todos o Brasil. Chegou a comprar uma FM  e iniciar negociações para um jornal, em São Paulo.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Assembléia aguarda Senado e Câmara para investigar Escândalo do Pronaf

Só depois que Senado e Câmara realizarem suas audiências públicas, conforme pedidos de Ana Amélia e Luiz Heinz, é que o deputado Ernane Polo, PP, fará o mesmo na Assembléia do RS.

. Foi o que disse o deputado, hoje, em conversa com o editor.

. Depois que o Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, dia 2 de outubro, suspendeu a realização de mandatos de busca e apreensão em Santa Cruz do Sul, nada mais vazou na PF e no MPF sobre o escândalo que envolve o deputado Bohn Gass, o PT, o MDA e o BB. 6.300 pequenos agricultores do Vale do Rio Pardo foram lesados em operações de empréstimos fraudados.

Fogaça, Ibsen, Schirmer, Mello e Búrigo no grupo do PMDB para a transição

Nesta terça-feira a tarde o editor obteve a informação de que um trio - Fogaça, Ibsen e Schirmer - integrariam a comissão de transição indicada pelo governador José Sartori.

. Foi o combinado na segunda-feira.

. O trio virou quinteto com a incorporação de Carlos Búrigo e Sebastião Mello, segundo informa esta manhã a editora de Política da RBS.

. A única surpresa é Schirmer, porque ele é prefeito de Santa Maria.

RBS insiste, mas Fortunati não consegue consertar ar condicionado das UTIs do HPS

O operoso prefeito José Fortunati já não consegue sequer consertar os aparelhos de ar condicionado das UTIs do HPS, apesar de todas as pressões e denúncias diárias da RBS.

Diretor dos Correios é condenado por usar estatal para campanha de Dilma

Juiz eleitoral de Mato Grosso, Alberto Pampado, condenou o diretor regional dos Correios em Mato Grosso, Nilton do Nascimento, a pagar uma multa de R$ 5 mil pelo uso indevido do cadastro de funcionários da empresa em cartas para pedir votos para a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), além dos candidatos Lúdio Cabral (PT) ao governo do estado, Ságuas Moraes (PT) a deputado estadual além de Wellington Fagundes (PR) ao Senado.

. Em Minas, a Justiça Eleitoral recebeu queixas ainda mais graves, todas encaminhadas pelo PSDB. 

Ernane Polo faz check up durante o dia

O deputado Ernane Polo, PP do RS, passará o dia em check up. São exames de rotina.

Mendes Filho internado em estado crítico na Santa Casa

O ex-deputado Mendes Filho está internado desde sexta-feira na Santa Casa, Porto Alegre, em estado crítico.

TCU julga hoje caso da mini-Pasadena do RS. O negócio envolve BSBios e Petrobrás Biocombustíveis.

Será votado hoje no TCU o relatório da auditoria especial que constatou fraude na venda de 50% da BSBios de Marialva, Paraná, e Passo Fundo, RS, para a Petrobrás Biocombustível.

. O ministro José Jorge acha que houve uma mini-Pasadena.

. A Petrobrás sofreu um prejuizo superior a R$ 200 milhões.

. O presidente da Petrobrás Biocombustíveis que conduziu as compras era o atual ministro Miguel Rosseto, cotado para secretário Geral do novo governo de Dilma e quadro histórico do PT. Ele foi coordenador da campanha da prsidente. 

. O jornal Valor de ontem garante que o esquema de sobrepreço foi confirmado pela auditoria e é bem parecido com o de Pasadena.

. Na época dos primeiros negócios, o editor denunciou o caso e foi ameaçado pela empresa de Passo Fundo.

- Em novembro de 2009, a subsidiária da Petrobrás, a Petrobrás Biocombustível, pagou R$ 55 milhões por uma participação de 50% na usina de Marialva, que tinha sido vendia dois meses antes, integralmente, por FR$ 37 milhões. Em 2011, Rosseto comprou metade da usina de Passo Fundo, do mesmo grupo, pagando R$ 200 milhões. No mercado, usinas do porte podem ser entregues, novinhas, por R$ 180 milhões, segundo informa o deputado Luiz Carlos Heinze. 

Postos já sobem preços da gasolina em Porto Alegre

Já por conta do aumento do preço da gasolina, que no final do mês subirá entre 4% a 5%, muitos postos de combustíveis já promoveram o reajuste em Porto Alegre.

. O preço do litro na capital é de R$ 2,95.

Doleiro confirma que Gleisi, ex-ministra de Dilma, levou R$ 1 milhão da corrupção na Petrobrás

Eles pensam que com a eleição tudo será esquecido. Será ?

A senadora foi chefe da Casa Civil de Dilma até há pouco. Ela foi derrotada nas eleições para o governo do Paraná. 

O doleiro Alberto Youssef afirmou, em sua delação premiada, que repassou R$ 1 milhão do esquema de corrupção na Petrobras para a campanha de Gleisi Hoffmann (PT-PR) ao Senado em 2010. Youssef repetiu o que havia dito o ex-diretor da estatal Paulo Roberto Costa em sua delação premiada. É o que revela reportagem do jornal O Estado de S. Paulo.

Ambos sustentam que o dinheiro partiu de comissão de contratos superfaturados firmados por empresas com a estatal e que o repasse foi  feito a pedido do atual ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, marido de Gleisi. Na época, ele comandava o Ministério do Planejamento.

. O casal nega conhecer Youssef e ter pedido o recurso.

Agora, cabe ao PSDB contratar Price, Deloitte, KPMG ou EY para auditar as eleições do dia 26

A abertura que o TSE aparentemente concedeu ontem a noite ao PSDB para que acesse os dados da votação e da apuração das eleições do dia 26 (leia abaixo) só terá consequência se o Partido contratar uma das quatro grandes empresas auditoras globais para fazer o serviço.

. O TSE abriu a guarda. É uma fresta, mas ele abre caminho para vasculhar o sistema e abrir a caixa preta.

. São elas: Price, Deloitte, KPMG e EY (Ernest Young).

. Só elas possuem expertise mundial para fazer o serviço.

Sob pressão TSE cede dados para PSDB fazer auditoria das eleições

CLIQUE AQUI para ler, também:
"Esqueçam  rixas partidárias, a verdadeira ameaça é o TSE",

Helder Ribeiro, Brasil Post.

As primeiras notícias que o editor recebeu ontem a noite foram de que o TSE tinha acabado de aprovar o pedido do PSDB para que uma comissão da qual fariam parte Partidos, acompanharia a auditoria do sistema eletrônico de votação e apuração usado no dia 26.

Não foi bem isso, mas houve concessão - e pelo menos
algum tipo de resposta à voz rouca das ruas. 

Não houvesse pressão das ruas, PSDB e TSE nada fariam. 

. Por unanimidade, o plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concedeu ao PSDB o direito de acesso aos dados e programas utilizados no processo das mais recentes eleições presidenciais. 

. Entretanto, o principal ponto do pedido dos tucanos, protocolado na última quinta-feira (30) pelo coordenador jurídico do PSDB, deputado federal Carlos Sampaio (SP) – uma autoria dos sistemas de votação e totalização dos votos por uma comissão dos partidos – foi negada. Durante a sua explanação, presidente do TSE Dias Toffoli não escondeu a irritação com a “desconfiança” levantada pelo pedido dos tucanos. Ele citou, por exemplo, que o sistema de votação por urna eletrônica já completou 18 anos e descreveu diversos sistemas de fiscalização e confiabilidade do sistema eleitoral. O ministro destacou ainda que diversas resoluções que dispõem sobre o sistema de votação foram aprovadas com antecedência e que o TSE segue a legislação eleitoral - aprovada pelo Congresso Nacional, ambiente de participação dos partidos políticos.

. "Esta foi a primeira eleição em que não foi necessária a relacração. Foi a primeira em que os programas foram testados e, uma vez lacrados, nos testes efetivados, não foi necessário correção nenhuma", exemplificou Toffoli, em uma descrição extensa sobre os procedimentos da Corte.
Além disso, o ministro comentou ainda que o PSDB não possui legitimidade para criar qualquer comissão de auditoria, assim como não cabia à Corte obrigar os demais partidos a participar de uma comissão de auditoria tomando por base a solicitação de uma única sigla. Por fim, de acordo com Toffoli, a petição dos tucanos "não revela ato concreto nem indício de fraude". Toffoli comunicou que os dados já estavam a disposição dos partidos, do Ministério Público Federal e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O seu voto favorável ao acesso dado ao PSDB aos dados foi seguido pelos ministros Gilmar Mendes, Rosa Weber, Napoleão Nunes Maia Filho, Henrique Neves e Luciana Lóssio.

- A partir de agora, o PSDB pode, ele mesmo, fazer a auditoria com base nos dados entregues. Nas redes sociais, houve uma enxurrada de comentários diversos, uns favoráveis à decisão, outros mais descrentes quanto ao próprio presidente do TSE.

Nova reitora da Universidade Estadual do RS será empossada hoje.

Arisa Araújo da Luz e Eliane Kolchinski, reitora e vice-reitora da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs), eleitas em setembro, serão empossadas nesta quarta-feira.

Prefeito de Livramento invade o estúdio e insulta o jornalista Henrique Bachio

Só agora ganham corpo as informações de que o prefeito de Santana do livramento, Glauber Lima, que é do PT, invadiu os estúdios da Rádio RCC para insultar e agredir o jornalista Henrique Bachio, tudo isto durante cobertura que a emissora fazia das eleições do dia 26.

. O prefeito invadiu a RCC em companhia do seus secretários Mário Santana e Fabrício Perez.

. Ele não gostou do modo como o jornalista referiu-se a comentários que fez por telefone durante a cobertura. O prefeito estava em campanha por Tarso e Dilma. 

. A rádio RCC pertence ao mesmo grupo do jornal diário A Platéia, o mais poderoso de toda a fronteira oeste do RS.


. Em Santana do Livramento, Tarso Genro e Dilma Roussef foram amplamente vitoriosos. 

Entenda tudo sobre a decadência econômica da Venezuela. É este o modelo do PT para o Brasil.

A decadência econômica da Venezuela é consequência direta da política da pior esquerda populista jamais implementada em toda a história latinoamericana, só comparável à degradação ecoômica que o comunismo implementou em Cuba.

. É o chamado modelo bolivariano.

. Países como Bolívia e Equador seguem o mesmo caminho.

. Existem setores enormes dentro do PT que querem fazer o mesmo.

CLIQUEAQUI para saber como é que a Venezuela chegou ao fundo do poço.



A 45 dias do bota-fora, Tarso força empréstimo-jumbo de US$ 1 bi junto ao Banco Mundial

O governador Tarso Genro quer passar para seu sucessor a decisão de apressar imediatamente a tramitação da carta-consulta que protocolou no Banco Mundial para tomar um empréstimo-jumbo de US$ 1 bilhão. A alegação do petista é de que o dinheiro será usado pelo novo governo para investimentos em infraestrutura.

. Há controvérsia.

. A insistência de Tarso a apenas 45 dias do final do seu governo, parece mais ligada à necessidade de fazer caixa a qualquer preço, esgualepando todo o dinheiro que conseguir em despesas de custeio.

. A tábua de salvação do governo petista é a proposta de renegociação de itens sobre o serviço da dívida com a União, que irá hoje a voto no Senado. Se ela contemplar a retroatividade dos benefícios para janeiro do ano passado, será possível novo espaço fiscal para novos empréstimos, porque o atual foi todo usado.


. Também vai depender da sanção de Dilma, que já deixou claro que não quer saber disso.

Carlos Búrigo é o homem forte do governador José Sartori

A série de compromissos que o governador eleito José Sartori cumpriu ontem em Porto Alegre, permitiu constatar que o ex-prefeito Carlos Búrigo será mesmo o homem forte do Piratini. Ao marcar presença em todos os compromissos, ele parece consolidar as especulações de que poderá ser secretário da Fazenda. Búrigo foi secretário de Gestão e Finanças da prefeitura de Caxias. Ele é ex-prefeito de São José dos Ausentes.

. O novo governo poderá usar na Fazenda do Estado o mesmo modelo de Caxias. 

. Os dois encontros mais visíveis de ontem foram com o vice-prefeito Sebastião Mello e com o ex-presidente do Banrisul e atuasl presidente da Federasul, Ricardo Russowsky. Mello é cotado para a equipe de transição e Russowsky poderá voltar ao cargo que ocupou no governo Britto.

Regina, a mulher de Fortunati, foi quem mais gastou para se eleger deputada no RS

A mulher do prefeito José Fortunati, PDT, foi a candidata a deputado estadual que mais gastou para se eleger. Segundo prestação feita junto ao TRE, ela arrecadou R$ 1,4 milhão. Isto significa que cada voto que conquistou, custou o equivalente a R$ 30,00.

. Regina Becker surpreendeu todo mundo ao fazer 46.788 votos.