Alemanha, mas também Porto Alegre, comemoram fim do Muro de Berlim e do comunismo na Europa

Ao lado, o que restou do muro, relíquia do mundo dividido por criminosos comunistas da Alemanha Oriental. 
CLIQUE AQUI para recapturar a história do comunismo implantado a ferro e fogo na Alemanha pela União Soviética.


O mundo todo, exceção feita aos regimes comunistas ainda em vigor - Cube, Vietname e Coréia do Norte - mais seus simpatizantes, inclusive atual governo brasileiro do PT, festeja o fim da guerra fria e do comunismo sob o império soviético. No RS, Porto Alegre, hoje, 15h, manifestantes depositarão coroa de flores em memória dos cidadãos assassinados pelos regimes comunistas. O ato sairá diante do chamado memorial em homenagem ao líder comunista brasileiro Luiz Carlos Prestes, não se sabe por que razão resultou pranteado pelos legisladores e executivos gaúchos. O material a seguir é de O Globo de ontem:

A capital alemã festeja no domingo um quarto de século da queda do Muro de Berlim, mas as comemorações já começaram. Exposições e concertos acontecem até domingo, culminando em uma grande festa na Portão de Brandeburgo, símbolo da união da Alemanha, onde um coral vai cantar Hino à Alegria, de Beethoven. Os festejos também incluem a reabertura do Memorial do Muro de Berlim e um concerto especial da Filarmônica de Berlim.O acontecimento mais esperado para recordar o 9 de novembro de 1989 será a chamada “fronteira luminosa”, formada por 8 mil balões, fará o traçado original do Muro. Eles serão acendidos hoje, formando um muro de luzes e no domingo serão soltos no ar, representando a queda. Os residentes e turistas — são esperados dois milhões de pessoas — poderão fazer visitas guiadas em alemão e inglês organizadas em locais emblemáticos de Berlim, relatando a história do Muro que partiu a capital, e simbolicamente o mundo, no dia 13 de agosto de 1961. Telões gigantes foram instalados para mostrar imagens da época.

Outros verão desde o céu os festejos, graças a voos panorâmicos oferecidos pela companhia Air Berlin.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

2 comentários:

Anônimo disse...

Só mesmo nesta miserável América Latrina, prá um regime genocida como o comunismo prá ainda ter adeptos.

Anônimo disse...

Comunismo e capitalismo são faces da mesma moeda.

Infelizmente, a maioria dos comentaristas do blog do Políbio não conseguem se livrar do binômio direita-esquerda. Quem se beneficia com tudo isso? Elementar: os comunistas e os capitalistas.