Senadora Kátia abreu recebeu doações de grupo investigado pela Polícia Federal

Se não for totalmente "torrada" pela usina de assassinato de reputações do PT, Kátia poderá ser nomeada por Dilma.



Da mesma forma que a provável nova ministra da Agricultura, também Dilma e Tarso receberam doações enormes de empresas (empreiteiras) investigadas pela Polícia Federal. Trading de grãos Fiagril e seu dono repassaram, ao todo, R$ 550 mil para Kátia Abreu neste ano. Leia a reportagem do "Estadão" de hoje. A matéria é visivelmente destinada a '"queimar"a senadora.

Cotada para integrar a equipe da presidente Dilma Rousseff como ministra da Agricultura, a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) recebeu neste ano doações de uma empresa e de seu principal executivo envolvidos na Operação Terra Prometida, da Polícia Federal, que investiga esquema bilionário organizado por fazendeiros e empresários para a venda de terras destinadas à reforma agrária.
De acordo com a prestação de contas enviada ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Kátia Abreu recebeu R$ 350 mil em doações da trading de grãos Fiagril, investigada no escândalo. Desse total, R$ 100 mil foram repassados para a campanha do filho, o deputado Irajá Abreu (PSD-TO), que foi candidato à reeleição. Preso na operação, Marino Franz, presidente da Fiagril e ex-prefeito de Lucas do Rio Verde (TO), também doou R$ 200 mil para a senadora. Ao todo, somando os recursos da empresa e de seu dono, foram repassados R$ 550 mil à campanha de Kátia Abreu.

A doação de Franz à senadora, que disputou a reeleição, foi feita por meio do Comitê Financeiro do PMDB de Tocantins, para quem ele destinou um total de R$ 450 mil. Ainda segundo os dados do TSE, além desses recursos, Franz também repassou R$ 70 mil para candidatos a deputado federal pelo PSDB e pelo PV do Mato Grosso

4 comentários:

Anônimo disse...

Vale nada.

Anônimo disse...

Esta lambança toda no ministerio da agricultura e o ministro Geller gaucho não sabia de nada e os outros.E mais não foi afatado por que os irmaos tavam robando justamente na sua area e ele nao sabia de nada.Bom essa cambada e capaz de botar soda no leite isto e fichinha.

Anônimo disse...

sabia que tinha caroço naquele angu da virada de lado...

a senadora trocou a camisa do time rapidamente, sem nem mesmo que nós, que acompanhamos politica todos os dias, viéssemos a perceber...

e isso se o motivo da virada for só esse ai...

se nao tiver nenhuma outra coisa que ainda nao sabemos...

Anônimo disse...

A JBS FRIBOI DEU 400 MILHÕES para
a campanha politica. Agora querem tirar TODOS OS ABATEDOUROS de
ANIMAIS DO AR, para ficarem donos
do comércio de carnes do BRASIL.
Agora mesmo conseguiu uma MEDIDA
PROVISÓRIA para chegar lá para conseguir fazer do BRASIL UM MONOPÓLIO DE CARNES DE SUA PROPRIEDADE. Aí vai ditar os preços das carnes que quiser.
Pergunta:quem baixou a Medida
Provisória? Claro, quem recebeu a maior parte do dinheiro da JBS
FRIBOI para a campanha eleitoral,
a Dilma do PT.
Algum equivoco? CORRIJAM!