PT muda nome do ex-prefeito Ficha Suja em cima da hora. Juiz confirma legalidade da candidatura adversária de Paulo Kopschina.

No final da tarde de sábado, o juiz eleitoral Geraldo Brandeburski Júnior negou o registro do então candidato petista e confirmou a documentação de Paulo Kopschina (PMDB). 

Numa coletiva de imprensa realizada na tarde deste domingo, a coligação liderada pelo PT anunciou oficialmente os nomes de Luiz Lauermann (PT) e Roque Serpa (PTB) como candidatos à prefeitura no pleito suplementar do dia 3 de março. A mudança foi decidida em uma reunião iniciada na noite de sábado e encerrada na madrugada de domingo. 

. O juiz eleitoral local, cassou pela segunda vez a candidatura do ex-prefeito Tarcisio Zimmerman, que em outubro já tinha sido incluído na Lei da Ficha Suja. Desta vez, ele foi acusado de ter violado novamente a lei e com isto ocasionado a anulação do pleito anterior.

. O adversário, Paulo Kopschina (PMDB), afirma que já esperava este desfecho. "Não foi uma surpresa e não vai mudar em nada nossa campanha que sempre foi propositiva. Vamos nos dedicar mais e mais no corpo-a-corpo para conquistar os votos de indecisos."

4 comentários:

Anônimo disse...

O PT de Novo Hamburgo também vai trocar o símbolo da campanha para uma laranja, pois o candidato a prefeito Lauermann é um laranja do Tarcisio. Nem novohamburguense é! Só falta pedir a anexação de Novo Hamburgo e criar a grande Igrejinha. Nunca subestime a capacidade de piorar as coisas pelo PT, nisso é insuperável!

Anônimo disse...

Com qqr candidato o PT ganha em NHcom os pés nas costas.

Anônimo disse...

Observa-se enorme sede de poder. Candidatos que não largam a boquinha de jeito nenhum. Tendo ou não tendo Lei que os favoreça. Basta protelar na justiça, buscar brechas, dizer que esta sendo injustiçado, que fez tudo certo. É perseguição da oposição. Vale tudo para ficar no poder, até o voto irregular para justificar que o povo o quer.
Se voto representasse dignidade e honestidade Maluf, Collor, e outros já estariam no Céu. O voto é obrigatório, e somos obrigados a votar no candidato A ou B, que se repetem ano após ano. Esta não é uma escolha justa. Se votamos em branco, também não vale nada é ponto pra eles.
Logo se um candidato é ungido pelo voto popular ele não é tão digno ou inocente como querem alguns, são apenas as regras do jogo. Portanto o candidato do PT pensou somente nele, e o povo de Novo Hamburgo esta pagando a conta por tanta insistência.
Rafa.

Anônimo disse...

Pior de tudo é que os bovino de novo hamburgo poderão torna-lo prefeito, e no futuro ficarão sem água que nem SL.
Eduardo Menezes