Azenha fecha seu blog, denuncia pressões e ataca Rede Globo por apoio a Serra

O material a seguir replica o que boa parte dos jornalistas alinhados com o PT, seus satélites e aparelhos ongueiros e sindicais publicam há mais de uma semana. Vale a pena ler, porque dá para entender melhor as contradições dessa gente. Este é o objetivo da publicação.

* Clipping do blog de Renato Rovai

Azenha anunciou que vai fechar o Viomundo depois de perder ação na justiça movida pela Globo. É uma notícia-bomba. Uma derrota parcial da luta pela democratização no país. E quando alguém perde, outro alguém ganha. Os vencedores são os grandes grupos econômicos de comunicação, mas também uma boa parte do governo que anda mais preocupada com negócios do que em construir políticas públicas que modifiquem a imensa concentração deste segmento.

(...)

Azenha não está anunciando o fechamento do seu blogue por causa da Secom e do Paulo Bernardo. Mas também não está fazendo isso só por causa da Globo. Se a gente tivesse nesta luta pela democratização da mídia, mas não se sentisse sendo usado, talvez ele não tivesse tomado esta atitude.

Espero que ela ainda reflita e que um movimento cidadão o anime a seguir em frente. 

Azenha nunca teve um centavo de recurso público no seu blogue. E desde que o conheço nunca se mostrou interessado neste tipo de financiamento.    

Mas ele sonhou junto com muitos de nós que teríamos condição de melhorar a correlação de forças da comunicação no Brasil. Imaginou que tínhamos aliados. E ouviu, como eu, discursos de muitos se comprometendo com a causa.

E com o tempo passando, foi percebendo que só estávamos sendo usados. É este o exato sentimento: usados. E talvez essa sua decisão seja um sinal para um movimento que pode se tornar bastante importante. O Azenha não pode ficar sozinho nisso. É hora de refletir!

13 comentários:

Anônimo disse...

Ao injustiçado Azenha

É simples - faça como o Paulo Henrique Amorim, o Luiz Nassif, o Mino Carta, o Emilio Odebrecht, o Eike Batista, o Sérgio Andrade e muitos outros mamadores do dinheiro público menos famosos - arrume sua boquinha na Caixa, na Petrobrás, no BNDES ou no Banco do Brasil.

Além disto, Azenha, você pode também pedir um help para a meia dúzia de seus leitores.

Deve ser lembrado a este R. Rovai, defensor público do Azenha, que quem processou o Azenha foi o jornalista Ali Kamel(pessoa física,) e não a rede Globo. A raiva destes incompetentes contra a Globo é tão grande que o cara mente para sair bonito na foto, como se fosse um justiceiro incompreendido.

Vão chorar na cama, que é lugar quente. Não encham nosso saquinho.

Sds

Surfista Prateado disse...

Os petralhas poderiam se unir todos e EMPREENDER, criando seu próprio grupo de comunicação, correndo os riscos que todos que já estão neste segmento correram. OOOOOPPPSSSS! Empreender? Com seu próprio dinheiro? Ah ah ah, petralhas não sabem fazer isso, só sabem desviar recursos públicos para atenderem suas demandas, fazendo de conta que o fazem em nome do "povo".

Anônimo disse...

Políbio,

Este "sentimento" esta se alastrando silenciosamente nas hostes do PT.

O casamento ainda se mantem, mas o amor acabou. Agora é só interesse economico.

Lentamente o cancer, no PT, vai alastrando-se até a metastase. Morte "a la DEM" é questão de tempo!!

O ID do Lulla já previu isto!!

JulioK

Anônimo disse...

fechou aquela merda?

viva!

menos um esgoto na internet...

Anônimo disse...

que negocio eh esse de "blogue"?

kkkkkk...

eh mais um daqueles traumas de provincianismo agudo que ataca a esquerdalha cafona do pais, como o mano Caê, que se recusa a falar MTV e pronuncia MTevê..

a turma acha que escrever blog deve ser muito imperialista, mesmo que desfrutem de uma ferramente criada pelos americanos...

ô gente que nao cansa de ser ridícula...

Anônimo disse...

"O Azenha não pode ficar sozinho nisso. É hora de refletir"

concordo, deveriam promover um fechamento coletivo dos "blogue" da turma recalcada que foi, tadinhos, usada pelo desgoverno petralha...

que tal um "araquiri" (vou escrever na forma cafonamente abrasileirada para acompanhar os blogueiros provincianos da esquerda) cibernético coletivo de todos os "blogue" da turma?

e devem estar esperando eh por um "movimento $idadão" para salvar aquela porcaria...

Anônimo disse...

FHC, o “imortal” da mídia tucana!

O ex-presidente FHC oficializou na quarta-feira (27) a sua candidatura à cadeira número 36 da Academia Brasileira de Letras (ABL), antes ocupada pelo jornalista e escritor João Scantimburgo, falecido em 22 de março. A carta foi entregue pelo ex-ministro e cupincha Celso Lafer, que ficou famoso por retirar os seus sapatinhos nos aeroportos dos EUA numa prova cabal de servilismo. De imediato, a mídia tucana saldou a iniciativa do “príncipe” dos neoliberais. Para ela, FHC sempre foi um “imortal”.

Em entrevistas bajuladoras, o vaidoso tucano até tentou posar de humilde e afirmou que resistiu à ideia de se candidatar. “Minha reticência foi a de que não sou homem de letras e não queria criar constrangimentos por ter sido presidente da República. Mas agora, passados tantos anos da presidência e mantida, se não mesmo que ampliada, a convicção de vários membros da ABL de que eu deveria juntar-me a eles, acabei por concordar”, afirmou FHC.

A mídia tucana nem citou a célebre frase do ex-presidente: “Esqueçam o que eu escrevi”. Ela também evitou mencionar os escândalos de corrupção contra seu governo – como a compra de votos para a sua reeleição ou o sinistro processo da privataria tucana. A mídia ama FHC, o intelectual que liderou a onda destrutiva e regressiva do neoliberalismo no país. Ela já dá como certa a “imortalidade” de FHC e garante que ele terá a maioria dos 38 votos. Segundo a Folha tucana, esta “promete ser a eleição mais fácil de sua carreira”.

A ABL infelizmente virou um antro conservador, que tudo faz para obter os holofotes da mídia. Um dos últimos “imortais” indicados foi o “calunista” Merval Pereira, o serviçal da Rede Globo famoso por sua “vastíssima” obra literária – que ninguém conhece. No primeiro dia de inscrição para a vaga, a única candidatura apresentada foi a do ex-presidente. Outros interessados podem se inscrever em até 30 dias. Os “imortais” da ABL terão dois meses para eleger o novo membro.

Anônimo disse...

Façamos exatamente o contrário do que a Globo e outros inimigos desejam”:

Por Conceição.....

Desde sexta-feira à noite, quando o Azenha postou Globo consegue o que a ditadura não conseguiu: calar imprensa alternativa, nós conversamos bastante.

Temos várias coisas em comum. A paixão pela reportagem. A indignação com o crescente “jornalixo” brasileiro, que estupra a verdade factual, atenta contra a democracia, criminaliza os movimentos sociais, viola os direitos humanos e a cidadania. A preocupação com a justiça social, dar voz a quem não tem. A defesa do SUS e da saúde pública.

Porém, democraticamente divergimos em relação ao futuro do Viomundo. Sou contra o fim do site. Se a Globo está jogando seus “tomahawk” contra nós e outros jornalistas/blogueiros de esquerda, é porque incomodamos, estamos no caminho certo. Mais um motivo para não jogarmos a toalha.

Lembra-se, Azenha, da petição em favor da pesquisa com células tronco-embrionárias? E do golpe D’Urso?

Em abril de 2007, após o Congresso aprovar e o presidente Lula sancionar, a lei que autorizava esse tipo de pesquisa no Brasil foi parar no Supremo Tribunal Federal (STF). O então subprocurador-geral da República, Cláudio Fonteles, alegou que era inconstitucional. Questionado sobre se sua ação não teria motivação religiosa, o franciscano Fonteles acusou Mayana Zatz de viés judaico.

Diante do silêncio profundo que se seguiu, indignei-me. Na condição de cidadã, redigi um texto, repudiando a desesperada manobra para desviar o foco do debate. O texto acabou virando uma petição que destinei ao STF: Células tronco-embrionárias. Direito à esperança de cura e à liberdade de pesquisa, sim. Ao obscurantismo, não.

Eu ainda não conhecia pessoalmente o Azenha. O Viomundo, no entanto, foi o primeiro veículo a publicar a petição, com este destaque no título: Eu apoio. Ao final, conseguimos 48.519 assinaturas. A petição foi usada pela defesa no julgamento do STF.

Em 26 de setembro de 2007, estreiei no Viomundo, denunciando um dos idealizadores do movimento tucano-direitista Cansei, Luiz Flávio D’Urso, que era presidente da OAB-SP.

D’Urso, além de alardear que o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) apoiava o Cansei, divulgou que o seu presidente havia colocado toda a infraestrutura da entidade para ajudar o movimento. Era mentira.

Em fevereiro de 2008, denunciamos a epidemia midiática de febre amarela. Um verdadeiro crime contra a saúde pública cometido pela velha mídia. O pânico desencadeado pela combinação de má-fé e incompetência de grande parte da imprensa levou milhões de pessoas a se vacinar inutilmente e a correr riscos desnecessários devido aos efeitos colaterais. Duas morreram estupidamente.

Enfim, o Azenha está ameaçando fechar não por causa da Secon e sim por causa da Globo.
Hoje é o Azenha (que o jornaleiro,digo, editor não gosta) que é processado pela Globo, mas amanhã pode ser o Blog do Jornaleiro, digo, editor, aí ele vai abrir o bico reclamar, afinal o referido parece que também não gosta da globo.

Anônimo disse...

a Globo apoiou o Serra?

quando, me conta jornalista azéénha?

mudaram ate a campanha dos 45 anos da emissora por causa da pressão dos petralhas pois achavam que configuraria apoio eleitoral ao partido oposicionista, cujo numero da legenda também eh 45...

Serra era detonado em todos os veiculos da emissora, televisão, radio ou jornal...

o colunismo esquerdista da Globo nao deu vida facil ao tucano...

e agora vem com esse papo de que a emissora privilegiou Serra...

Anônimo disse...

Já o blog do polibio sempre com dinheiro publico.

Anônimo disse...

O mais engraçado é que eles vivem dizendo que a mídia é golpista, que mente e inventa, mas são eles que perdem os processos na justiça.

Anônimo disse...

Por falar em frases celebres.
Pior do que esqueçam o que escrevi é "Eu não sei de nada", uma frase muito usada pelo ALI-BABÁ.

Sergio Oliveira disse...

Já vai tarde. Ele, e os titulares de outros blogues do PIA - Partido da Imprensa Amestrada, durante anos foram "jagunços" da Globo, pois trabalharam lá; agora estão na Record, que quer ser a nova Globo, e não consegue, sendo "jagunços" da mesma e odeiam a Globo. Será que Freud explica?