Líder do deputado-pastor ironiza PT, da tribuna da Câmara: "E o PT,que indicou dois condenados no Mensalão para a Comissão de Justiça ?"

* Clipping www.veja.com.br

Após mais um dia de tumulto na Comissão de Direitos Humanos, o líder do PSC na Câmara, André Moura (SE), reafirmou nesta quarta-feira na tribuna da Casa que o deputado Marco Feliciano (PSC-SP) será mantido no comando do colegiado. Moura, que até agora havia evitado o confronto com os críticos do colega de bancada, aproveitou para atacar diretamente o PT.

. “A posição do PSC é em caráter irrevogável. O Marco Feliciano vai cumprir o seu mandato”, disse o líder, que ironizou a postura dos petistas: “Será que julgar a indicação do PSC do deputado pastor Marco Feliciano é correto para um partido como o PT, que indicou dois mensaleiros condenados pela mais alta corte do país para a Comissão de Constituição de Justiça?”. Ele fazia menção a José Genoino (PT-SP) e João Paulo Cunha (PT-SP).

. Com o apoio incondicional do PSC, a situação não deve mudar. Feliciano não cogita renunciar ao posto e os partidos contrários à permanência do deputado à frente da comissão não têm alternativa regimental para destitui-lo.
(Gabriel Castro, de Brasília)

Um comentário:

Anônimo disse...

Esperamos qne o PSC não se venda por meida duzia de cargos.
Está na hora de haver um contraponto na discurssão sobre os direitos destes que se julgam minonia.
Até parece que todo o PAIS deve se ajoelhar na frente de meia duzia de aloprados petistas.
Está na hofa da petezada reconhecer que eles não são os donos da verdade.
Engaram o Pais com promessas mirabolantes e agora ainda querem tirar o direito dos cidadãos comum terem vida normal.