Ex-prefeito Tarcisio Zimmermann nega fraudes em licitações em Novo Hamburgo

Tarcisio Zimmermann é o do centro À esquerda, o .Toco- Elivir Desiam -  que continua a frente da Fenac em Novo Hamburgo mesmo denunciado pelo MP. Se for condenado poderá devolver até dois milhões de reais aos públicos de Estância Velha

- A nota a seguir é do jornal Correio do Povo de hoje. Ela revela fraudes constatadas na prefeitura de Novo  Hamburgo. Curiosamente, as denúncias só vieram a público duas semanas depois das eleições municipais, que resultaram na vitória do candidato do prefeito agora denunciado publicamente pelo Ministério Público. Leia tudo:

Município teria concentrado fraudes de 30 empresas que podem ter lesado cofres públicos em R$ 8 milhões.

Depois de o Ministério Público apontar Novo Hamburgo como o município com o maior número de licitações fraudadas em um esquema de cartel no setor da construção civil, o ex-prefeito Tarcísio Zimmermann negou nesta quarta-feira ter conhecimento de conluio entre empresários e servidores públicos. Pelo menos seis casos de fraude em obras públicas foram comprovados na cidade do Vale dos Sinos.

O cartel, que segundo o Ministério Público envolve 30 empresas, manipulou os contratos para a reforma de uma ala do Hospital Municipal, a restauração do Lar Casa das Meninas e a construção de casas populares. Zimmermann disse que todos os processos são submetidos a uma comissão isenta da prefeitura. “Temos inúmeras empresas que concorrem para realizar obras públicas, mas temos um critério muito claro. Nós temos um setor de engenharia responsável pelo orçamento da obra e nenhuma é contratada com valor acima do proposto”, sustentou.

O Ministério Público garante haver servidores públicos e parlamentares envolvidos no esquema, que fraudou pelo menos R$ 40 milhões em contratos em seis prefeituras da Região Metropolitana e do Litoral Norte. O órgão vai convocar servidores para prestar depoimento sobre o caso. “Muitos serão convocados a partir da próxima semana. Muita gente não vai dormir hoje”, afirmou o promotor criminal Ricardo Herbstritch. A estimativa é de que os desvios tenham chegado a R$ 8 milhões. 

6 comentários:

Anônimo disse...

E como de hábito, a voz do Rio Grande ( Grupo RBS ) nada fala, nem sobre NH, nem sobre Bento, e muito menos, sobre São Leopoldo.

Assim como o "jornalzinho" de NH, do Grupo Sinos ...

Conclusão : a mídia gaúcha é de uma inutilidade ...

Anônimo disse...

Agora que passaram as eleições o MP vem a público com estas denuncias.
Em NH isto não é novidade, há muito tempo se falava na cidadde de facilidades nas licitações Mas como o MP não é muito rígido com o PT provavelmenter vai ficar como está. Mas nos municipios não petistas que se prepaarem por que a perseguição vai ser grande.

Anônimo disse...

Segundo o MP são vários municipios e não somente NH, além do que os municipios são vitimas.

Anônimo disse...


Nunca vi picareta passar recibo !

Luiz Vargas disse...

As comi$$õe$ dos quadrilheiro$ Petralha$ sempre são "i$$$enta$".

Anônimo disse...

Todos nós sabemos que o Gruposinos subliminarmente apoia a catrefa, basta ver a reportagem de hoje, mas o pior é o promotor esperar a posse ou a eleição para divulgar os fatos para não comprometer a eleição do PT???..ou não? Cabe a pergunta e a suspeita??